Você está na página 1de 4

,, cDu ô{6.

8
'.t/

,
NOR}Lq.
PORTUGUESA
- vEsTlARlos
ARMARIos NP.lltr6
. l
D e Í i n i ç ã o , u t i l i z a ç ã oe 1975
DEFIì{ITIVi\ -características

a Déônition,utiÌisstiooct crÉctÉrlstlques
.{rmoires.vestisires.

I - OB.IECTII'O

os tipos r:rais aconseìháveisde armários-vestiários e respectiva


A presente Norma destina-se a deÊnir
aÌgumãs das suas dimensões e a estabeìeceros seus üsposi't'i'os
utiÌização, a frxar os vaìores mí'imos de
complementares.

: - DEFI\'IçÕES

por: @ I
Pilra os fins cIa presente-Norma, entencle"se
inür'iclusl de um só comparti-
2.1 - Armário-r,esiiário tipo A.,ou armário-vestiírio simples: armário
mento. | .
individual de dois compartimentos
ì 3.3 - -{rmário-vestiário tipo B ou armário-vestiário duplo : armário
cont,íguo;, separaclos por pared'e vertical' -:
í

3 -LTrtlz-{çÃ0
I
próprio
a.I - O armário-çestiáriotipo A destirla-se& ser uiilüaclo uos locaisem que não se usevesiuário
não possamresu-Ìtarinconvenientes do seu contactocorüo de usocorreate'
para o trabaÌho,ou, usando-se,

3.1- O armá.rio-vestiáriotipo B destina-sea -ceruti[zaclo nos Ìocaisem que, do contaclo do vestuário


compartimento
de irabalho com o cle uso corrente,possam resuìtar inconvenjentes,guardatido-seno
Ì
mais estreito o vestuário de trabalho.

J.3- Em certos casosparticularesdevem utilizar-sedois armários-r'esiiáriostipo A por-cada utente,


convenientemente afastados,um para a roupa,de trabalho,.outto para a de uso corrente'E o caso,Eor
de
a exenìplo, dos locais em que se elelçam actividaclesque possamimpÌicar consl:urcaçãoda roupa
o banho de chuveiro,
trabalho com substânciasde carácterperigosoou eB que se julgue indjspensti.r'el
ilterponcio-sea cabina de chureiro no trajecto de uur para outro dos armários referidos. -

lj
I
)
{ - CÀRACTERÍSTICAS

4.I - }LTTERI.{I
Os ârrntirios-çesiiários d.erem, de preierência, ser construídos de cÌra.pa,metáÌica. Porém, qtllÌqìler
que seja o maierial utiljzado ni! su& eonstrução, devem ser pinltr,:ì.oscom tinta aderl;-iada',ìaráreÌ e
resisiente -aos d.etergen1ese desinfectantes, ou proteeidas com outro reçestimento de idêni'ica-spfo-
priedades.,
,

.*t
' a
(Cmtintn)

Erlo dadt
pcls
"lécl js
Com r-çìo Pcrtu;:
'l;5olrr:rli:ri:i,'
. 1 " r j r , . r ' : : r l , l Áq í l i . : '
NP-rlt6 (Ì9rõ) p. 2

.::.
Jt\ÍENSÕES
iipo A (fig' 1) devem ser cle-i00ntÌn x
1"- ls dimensõesinteriores mínimas closarruários.-vestiários
480mm X 1700mm'
mínimas em miìÍmetros'
L "otu,s inclicadas represenlam climensões
r Abqrluros. de
I oÍêJomênlo Protê[eiro

r t
3l I
]l
Frll . + - l

Borro
Ê--:----È suporied e
cruzeto /
r
-q
codeodo

I
ì

G
/ \
I

Corie A-A

-7

Ì'4'
Toolhêiro

Iig. 1

(Contínuo)
cDu e{6.8
( r 9 7 5 )p . 3
:j:\P-Ir16

ao vestuáiio de trabaiìo
1.2.2 _ Nos armários-vestiáriostipo B (fig' 2), o compartimento clestinado
o destinadoao vestuário
-*r interioresminimas ae f SOmm X 480 mm X 1700lrtm e
d.eve.teras d-imensões
I
de uso correntecleveter as d.imensõesinteriores mínimas de 300mm x 480 mP x Ì700 mrn'

l r '
r..- TiÍ--ì
#
l:

ii
-------ìl
rl
'|
It

suporte de
cruzelo

Codecdo

3 ADerturss dê
orejcrnento
3
ô
I

Corte A-A

Limites do
prstâ leira _ _ - _ _ _ - -- J- ìl l
rl
ll
T
AI

,I

2 Too{heiro

{ . 9 . 3- N o s - a r r n á r i o s - v e s t i á r i o sc l o s tipos A e B a aliura dcs pés não deve ser inferior a 2t)0 mil.

1 o I fr^^'l--.<-:^.-
-\U5 AIUdIIUJ- tipos A e B cleve existir umtr prateÌeira na parte superior do arnírjo
,-^-!:.í-;^-
Ytr'LIéIIUJ
,ì^-
UUò

e o espaçolir:e acima de'stadeve ter a altura mínima. de 2õ0 nim.

4,3- DÌSPOSITTI'OSCOIPLEIIEì{rARES OBRIG-|TÓRI0S

4.3.1-Barra para suporte de cruzeba para fato, colocada,paraÌelamente ao Ìado menor, e que, nos
armárìos tipo B, pod.e ser apeÌras prerista no comp:ìrt.imento des-.inadoao çestuário de **o corienie-

+.3.2- Dois cabides no compartimento destinado à roupa de trabtriho, nos armários t'ipo B'

4.3.3- Duas séries de aberturas de arejamente, iocaÌizadas,respecfivamente, na parte superior e inferior


cla porta, com & área'mínjma cÌe 3õ cm3 por cada série e dìspostas de urodo que im,ocs.:ibilrten o deçes-
samento do intenor.
:- -----
\
I
N P - r l 1 6 ( Ì 9 7 5 )P . a
,// \
B, a posiçãodo toalheirocleve
.l*-- Toalheiro fixado na face interior da porta. Nos armtírios tipo
ao vestuãrio de uso corrente.
,díresponder ao comparti'rento destinado
- Fechadura, ou fecho . com dispositivo para cadeado'
tt 4.3.-o

{ . 3 . 6- Porttr-etiquetas.

4.{ _ DISPOSITN'OSCO}ÍPLE}IENTARESFACULT.{TN'OS
para caìçado e outros cüspositivos'
Consideram-se fac.uìtativos os suportes para guardr-cÌtuva,

{.5-LIG-{çiro ne EIE}IENTOS
em grupos de duas 9" Ï1i'
4.5.1- Os armários-vestiários tipo A podem ser fabricados oü ligactos,
a sua uti,Ìizaçãocomo armiírio isoÌado'
unidtrcÌes,não sendo aconseìháçel, devido a razões de estabilid.irde,
cÌevem ser mirntidas as d'imer**ões
\-o entanto, qnando ÌigacÌos em grupos de duas ou mais ruridades,
mínjmas interiores recouÌencladas pela presente Norma'
urü-
+.5.: - Os armários-vestiárics tipo B podem ser fabricaclos ou ligaclos em gnrpos cle duas ou mais
'como
ciades, n:as nada obsta à sua uti-lização armáiio isolado.

desmontável e que
+.S.i - Os armiiïios Ìiqad.os clevem ser dòta.los de sistemil cìe Ìigação facihnente
1

'?EuLe rigiclez " "ltobilid'ude ao corlju:rfo' I

uão deve ser pernitida'


1.5.{ -A construção cle armários, mediante a iigação d.e unidadel .sobrepostas,
de acesso ao compaltimento superior.
dad:l a d,iÊcr-tìdir.de

=
a
I

t<

tt-'+-^
.