Você está na página 1de 4

Retificador mecânico I - Bloco com uma superfície retificada

Retificadora (generalidades)

É uma máquina que está preparada para a usinagem por abrasão (retificação) de
materiais ou peças, que se encontram no estado natural ou tratados termicamente, por
meio de uma ferramenta chamada rebolo. O fato de que esta ferramenta de trabalho
seja de cortes múltiplos e que se podem montar no eixo correspondente, rebolos de
distintos tipos e formas, dão a retificadora características especiais e uma vantagem
sobre outras máquinas - ferramentas (limadora, torno, fresadora), como a de poder dar
às superfícies já trabalhadas por estas uma usinagem mais precisa e um acabamento
fino.

Classificação

Quanto ao sistema de movimento


Retificadoras com movimentos manuais.
Retificadoras com movimento semi-automático.
Retificadoras com movimento automático.

Quanto a operações que realiza

Retificadoras planas Retificadoras cilíndricas Retificadoras especiais


SENAI 7
Retificador mecânico I - Bloco com uma superfície retificada

Constituição

A retificadora se compõe basicamente das seguintes partes:


1. Base.
2. Mesa de trabalho ou porta-peça.
3. Cabeçote porta rebolo.
4. Sistema de movimento.

Base

É fundida, sólida e bem proporcionada com grande superfície de apoio. É a parte por
meio da qual a máquina se apoia ao piso, e que serve de sustentação aos demais
órgãos da máquina.

As guias de deslocamento da mesa e cabeçote excedem o comprimento de trabalho


impedindo assim a flexão destes; as guias são: prismáticas, planas ou ambas
combinadas e são perfeitamente ajustadas a mão; sua lubrificação pode ser
automática ou não.

Mesa de trabalho ou porta - peça

Serve de apoio a peças que vão ser trabalhadas, diretamente montadas sobre ela ou
através de acessórios de fixação.

É construída em ferro fundido, possui nervuras e uma superfície plana finamente


acabada com ranhuras para a colocação dos parafusos de fixação. Em sua parte
inferior está fixada uma cremalheira para receber o movimento manual e os suportes
para a fixação do sistema de movimento automático, com as guias de deslizamento.
Na frente apresenta uma ranhura longitudinal onde se alojam os topes móveis para
limitar o curso da mesa.

Cabeçote porta - rebolo

É uma das partes mais importantes da máquina, pois serve de suporte do eixo porta -
rebolo o qual recebe movimento através do motor.

8 SENAI
Retificador mecânico I - Bloco com uma superfície retificada

É fabricado de ferro fundido. O assentamento do eixo pode ser sobre buchas de


bronze ou rolamentos. Possui um sistema de lubrificação que pode ser forçado, ou em
banho de óleo. Na parte que possui as guias de deslizamento também se encontram a
porca para o sistema de movimento manual e os suportes para a fixação do sistema de
movimento automático.

Sistema de movimento

Manual – Os movimentos das mesas e o cabeçote porta-rebolo se efetuam por meio


de parafusos e porcas e/ou engrenagem e cremalheira.

Semi-automático – Estes movimentos são comandados unicamente por sistema


hidráulico, mecânico e manual combinados.

Automático – Os movimentos são comandados unicamente por sistema hidráulico,


elétrico e mecânico ou todos combinados.

Características
As características mais comuns destas máquinas são:
 Dimensões da mesa
 Curso máximo longitudinal
 Curso máximo transversal
 Velocidades do cabeçote porta - rebolo
 Dimensões do rebolo
 Potência dos motores
 Capacidade de trabalho
 Dimensões e peso da máquina

Acessórios normais
 Rebolo
 Jogo de chaves de serviço
 Equipamento para balancear rebolo
 Porta diamante para retificar o rebolo
 Flange porta - rebolo
 Extrator para polias e flanges
 Polias do motor do cabeçote porta - rebolo

SENAI 9
Retificador mecânico I - Bloco com uma superfície retificada

Condições de uso e manutenção

Sendo que a retificadora é uma máquina idealizada para realizar trabalhos de grande
precisão, sua fabricação é feita com muito cuidado, o qual motiva um elevado custo;
portanto, se deduz a necessidade de conservá-la em condições ótimas de uso. Isto se
consegue da seguinte maneira:
a. Mantenha seu mecanismo bem acoplado
b. Lubrifique as superfícies de rotação e deslizamento
c. Revise periodicamente o filtro da bomba do circuito hidráulico
d. Renove o fluido de corte quando não se encontra em condições normais,
procurando mantê-lo em bom estado de limpeza
e. Renove semestralmente o óleo do cabeçote porta - rebolo e anualmente o óleo
do sistema hidráulico
f. Fazer o aquecimento prévio do sistema hidráulico antes de iniciar qualquer
trabalho.

10 SENAI