Você está na página 1de 2

EQUIPES PARA O DESENVOLVIMENTO DO SER

Equipe de Socialização
Esta equipe propõe o desenvolvimento de competências voltadas para as relações intra e
interpessoais traduzidas por atividades que fortalecem a confiança, a integração, a solidariedade, a
flexibilidade na relação com as mudanças e o respeito às ações que alimentam a convivência grupal.

Os estudantes que participam desta equipe terão como atribuição principal desenvolver
dinâmicas de acolhimento, individual e coletivo, que possibilitem alcançar os propósitos acima
descritos e aperfeiçoem os vínculos afetivos entre eles e com o mediador.

Equipe de Coordenação
Esta equipe proporciona o desenvolvimento de competências direcionadas para a gestão, o
que envolve organização, liderança, iniciativa, ousadia, autonomia, proatividade, colaboração e
assertividade.

Os participantes desta equipe contribuem com o mediador para a organização do


planejamento das atividades diárias. A equipe divulga a agenda do dia, zela para que o tempo
pedagógico seja bem aproveitado, organiza os materiais antes e depois da sua utilização e verifica o
funcionamento da TV e do DVD para exibição dos programas.

Todas essas atividades deverão valorizar e envolver a participação consciente de todos os


estudantes, criando uma corresponsabilidade com a ação pedagógica e a construção do grupo de
aprendizagem.

Equipe de Síntese
Tem como propósito o fortalecimento das competências de síntese, precisão, objetividade,
coerência, coesão, focos principais e discernimento para estabelecer prioridades.

Os participantes desta equipe exercitam essas competências por meio de registros que
destacam pontos relevantes das aprendizagens construídas, sistematizando as e socializando-as por
meio de diferentes linguagens. Tem, ainda, como função a construção da memória intelectual do
grupo de aprendizagem. Com isso, fortalece o processo de compreensão dos novos conceitos e
mantém o foco no compartilhamento das aprendizagens mais relevantes.

Equipe de Avaliação
Esta equipe tem a função de desenvolver a observação, a análise crítica e a autocrítica com
vistas a qualificar o processo de aprendizagem.

Os estudantes desta equipe observam, registram e emitem um juízo de valor sobre o que
foi trabalhado, os materiais utilizados, a dinâmica do mediador e a participação do grupo.

Essa prática torna o processo mais qualitativo, uma vez que estimula uma reflexão crítica
sobre o processo de aprendizagem e fortalece a corresponsabilidade de todos em relação aos
resultados. Pode, ainda, gerar indicadores que revelem a necessidade de revisão, valorizando os
ganhos obtidos tanto do ponto de vista cognitivo quanto relacional.
MEMORIAL DO ESTUDANTE
O Memorial do Estudante é um procedimento metodológico utilizado na sala de
aula para registro das vivências do cotidiano escolar.

Por meio dele, os estudantes reúnem e apresentam informações, evidências


concretas e dados específicos sobre a qualidade do ensino e o impacto da aprendizagem.

É um excelente instrumental para os estudantes descobrirem seus crescimentos, ou


não, como aprendizes, pessoas e profissionais, e, ainda, avaliarem seus desempenhos em
sala de aula.

O Memorial do Estudante deverá conter:


Índice

Quem sou eu?

Nesta parte, o estudante vai se identificar, escrevendo sobre si, seus sonhos, suas
atividades, família, comunidade, escola, tudo que ele considerar significativo para sua identificação.
Pode ser colocado uma fotografia sua, fazer um desenho ou colar uma gravura. O importante é se
identificar com o que escolheu para sua autorrepresentação.

Anotações

É tudo o que o estudante quiser escrever sobre o seu dia a dia na sala de aula. Suas
responsabilidades como estudante, sua participação nas aulas, seus comentários sobre as atividades
desenvolvidas na sala de aula, sobre tudo o que ele considerar importante para seu crescimento
como pessoa, estudante e profissional.

Além de escrever, o estudante pode usar desenhos, gravuras, fotos, letras de música e
poesia, etc. Ou seja, tudo que o ajude a registrar o que aprendeu.

Apêndice

É a parte extra do Memorial. Para formá-lo, o estudante pode juntar outros materiais que
considerar importantes para complementar o que registrou no Memorial.