Você está na página 1de 5

UERJ

“Outras formas e espaços existem nos movimentos culturais, campesino,


sindical, comunitário, nas lutas contra o racismo, o machismo, a homofobia e
muitas outras. Sem falar nos espaços criados pelo governo, as várias
conferências, dos mais variados temas, em que precisamos participar cada vez
mais, levar a cara e a voz da juventude. Sem falar, é claro, no voto, de que não
podemos abrir mão.”
THIAGO FRANCO
Presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas - UBES

“A participação política possibilitou que eu pudesse ter uma leitura crítica da


sociedade, que eu conseguisse perceber coisas como as campanhas políticas,
que não são contos de fadas. Consigo, com a base que adquiri e a minha
experiência no movimento social, ter uma visão política sobre a realidade, sobre
o momento em que vivemos, as eleições. Principalmente hoje, consigo trabalhar
para que as pessoas próximas a mim também tenham esse olhar crítico e
estejam preparadas para fazer suas escolhas.”
EMERSON QUARESMA
23 anos, repórter do jornal A Crítica e articulador da rede
Sou de Atitude no Amazonas
www.joveneslac.org

De modo geral, estes depoimentos se referem ao mesmo tema. Mais


especificamente, entretanto, pode-se dizer que eles possuem a seguinte
característica em comum:

a) o relato de experiências pessoais


b) o interesse pelo processo eleitoral
c) a defesa das especificidades dos jovens
d) a diversidade das frentes de participação

Enem

A figura abaixo é parte de uma campanha publicitária.

Com Ciência Ambiental, n.o 10, abr./2007.


Essa campanha publicitária relaciona-se diretamente com a seguinte afirmativa:

a) O comércio ilícito da fauna silvestre, atividade de grande impacto, é uma


ameaça para a biodiversidade nacional.
b) A manutenção do mico-leão-dourado em jaula é a medida que garante a
preservação dessa espécie animal.
c) O Brasil, primeiro país a eliminar o tráfico do mico-leão-dourado, garantiu a
preservação dessa espécie.
d) O aumento da biodiversidade em outros países depende do comércio ilegal
da fauna silvestre brasileira.
e) O tráfico de animais silvestres é benéfico para a preservação das espécies,
pois garante-lhes a sobrevivência.

Enem
Álcool: O mundo de olho em nossa tecnologia

- Ah, fico meio encabulado em ter de


comer com a mão diante de tanta
gente!

Folha de S. Paulo, 25 mar. 2007.

Confrontando-se as informações do texto com as da charge acima, conclui-se


que

a) a charge contradiz o texto ao mostrar que o Brasil possui tecnologia avançada


no setor agrícola.
b) a charge e o texto abordam, a respeito da cana-deaçúcar brasileira, duas
realidades distintas e sem relação entre si.
c) o texto e a charge consideram a agricultura brasileira avançada, do ponto de
vista tecnológico.
d) a charge mostra o cotidiano do trabalhador, e o texto defende o fim da
mecanização da produção da cana-de-açúcar no setor sucroalcooleiro.
e) o texto mostra disparidades na agricultura brasileira, na qual convivem alta
tecnologia e condições precárias de trabalho, que a charge ironiza.
Enem

Analise as seguintes avaliações de possíveis resultados de um teste na Internet.

Veja. 8 jul. 2009. p.102 (adaptado).

Depreende-se, a partir desse conjunto de informações, que o teste que deu


origem a esses resultados, além de estabelecer um perfil para o usuário de sites
de relacionamento, apresenta preocupação com hábitos e propõe mudanças de
comportamento direcionadas

a) ao adolescente que acessa sites de entretenimento.


b) ao profissional interessado em aperfeiçoamento tecnológico.
c) à pessoa que usa os sites de relacionamento para complementar seu círculo
de amizades.
d) ao usuário que reserva mais tempo aos sites de relacionamento do que ao
convívio pessoal com os amigos.
e) ao leitor que se interessa em aprender sobre o funcionamento de diversos
tipos de sites de relacionamento.
BRASIL. Ministério da Saúde, 2009 (adaptado).

O texto tem o objetivo de solucionar um problema social,

a) descrevendo a situação do país em relação à gripe suína.


b) alertando a população para o risco de morte pela Influenza A.
c) informando a população sobre a iminência de uma pandemia de Influenza A.
d) orientando a população sobre os sintomas da gripe suína e procedimentos
para evitar a contaminação.
e) convocando toda a população para se submeter a exames de detecção da
gripe suína.

(Enem - Adaptada)

Romanos usavam redes sociais há dois mil anos, diz livro

Ao tuitar ou comentar embaixo do post de um de seus vários amigos no


Facebook, você provavelmente se sente privilegiado por viver em um tempo na
história em que é possível alcançar de forma imediata uma vasta rede de
contatos por meio de um simples clique no botão “enviar”. Você talvez reflita
sobre como as gerações passadas puderam viver sem mídias sociais,
desprovidas da capacidade de verem e serem vistas, de receber, gerar e
interagir com uma imensa carga de informações. Mas o que você talvez não
saiba é que os seres humanos usam ferramentas de interação social há mais de
dois mil anos. É o que afirma Tom Standage, autor do livro Writing on the Wall –
Social Media, The firs 2000 Years (Escrevendo no mural – mídias sociais, os
primeiros 2 mil anos, em tradução livre).
Segundo Standage, Marco Túlio Cícero, filósofo e político romano, teria
sido, junto com outros membros da elite romana, precursor do uso de redes
sociais. O autor relata como Cícero usava um escravo, que posteriormente
tornou-se seu escriba, para redigir mensagens em rolos de papiro que eram
enviados a uma espécie de rede de contatos. Estas pessoas, por sua vez,
copiavam seu texto, acrescentavam seus próprios comentários e repassavam
adiante. “Hoje temos computadores e banda larga, mas os romanos tinham
escravos e escribas que transmitiam suas mensagens”, disse Standage à BBC
Brasil. “Membros da elite romana escreviam entre si constantemente,
comentando sobre as últimas movimentações políticas e expressando opiniões”.
Além do papiro, outra plataforma comumente utilizada pelos romanos era
uma tábua de cera do tamanho e da forma de um tablet moderno, em que
escreviam recados, perguntas ou transmitiam os principais pontos da acta
diurna, um “jornal” exposto diariamente no Fórum de Roma. Essa tábua, o “iPad
da Roma Antiga”, era levada por um mensageiro até o destinatário, que
respondia embaixo da mensagem.
NIDECKER, F. Disponível em: www.bbc.co.uk. Acesso em 7 nov. 2013 (adaptado).

No texto é possível encontrar uma comparação entre tecnologias de


comunicação antigas e atuais. No que tange ao gênero discursivo do cotidiano
mensagem, identifica-se como característica que perdura ao longo dos tempos
o(a)

a) compartilhamento de informações.
b) necessidade de respostas imediatas.
c) intervenção de outros no texto original.
d) recorrência de seu uso entre membros da elite.