Você está na página 1de 30

Tema 3 – Ênfase nos movimentos

identitários: uma questão de


gênero, etnia e geracional
Professora Ma. Laura
Santos
Objetivos da Aula

•  Discorrer sobre os principais Movimentos


identitários e culturais e as redes temáticas
relacionadas a eles.
Para início de conversa
•  Deve-se compreender o que vem a ser
gênero: grupo da classificação dos seres
vivos que reúne espécies vizinhas, aparen-
tadas, afins, por apresentarem entre si se-
melhanças constantes:
o lobo é uma espécie
do gênero “canis”;
todas as espécies de
roseiras são agrupa-
das no gênero “rosa”.
Movimentos identitários

•  O movimento de gênero, afro-brasileiros,


indígena, jovens, idosos são considerados
movimentos identitários e culturais.
.
A trajetória das Redes de mobilização
•  Os principais passos populares nas últimas
décadas dos movimentos sociais no Brasil,
presentes constantemente em acontecimentos
históricos,
principalmente no âmbito
das conquistas sociais.
•  O significado dos Movimentos identitários e
culturais.
•  C o m o s e d i v i d e m o s m o v i m e n t o s
identitários e culturais.
•  Identitários: relativo à identidade (ex:
construção identitária.

http://www.google.com.br/search?q=Movimentos+étnico-raciais
•  As redes temáticas dos Movimentos de
gêneros.

https://www.google.com.br/search?hl=pt-BR&site=imghp&tbm=isch&source=hp&biw
•  As redes temáticas dos Movimentos étnico-
raciais

https://www.google.com.br/search?hl=pt-BR&site
Continuando
O florescimento de movimentos sociais e
culturais – feminismo, ambientalismo, defesa
dos direitos humanos, das liberdades sexuais
etc.
•  [...] – tiveram um
importante papel na
conformação da
sociedade atual,
reagindo de múltiplas
formas contra o uso
arbitrário da autorida-
de, se revoltaram contra a injustiça e
procuraram a liberdade necessária para a
experimentação pessoal. (CASTELLS,1999, p.
83),
Movimento de gênero
•  Movimento das mulheres: esse
movimento leva adiante campanhas e lutas
nas quais as questões e exigências estão
centradas nas mulheres.
Movimentos homossexual
•  O movimento homossexual tem demandas
específicas e diferentes dos movimentos
nucleados na perspectiva de gênero, que
trata mais das relações sociais entre
homens e mulheres.
Movimentos de jovens
•  Gerou inúmeras mobilizações culturais,
especialmente na área da música, tais
como: rap, punk, hip-hop, na cultura de
rua como o break, o grafite, enfocando
temas de protesto.
•  Paradigma – mobilizar as pessoas –
mobilizar corpos, emoções, pensamentos e
ação de forma a provocar mudanças nos
hábitos e no comportamento dos indivíduos
[...] colaborando para desenvolver um
“espírito comunitário”.
(Gohn, 2012, p. 106)
Movimentos dos Idosos
•  Tem um olhar atento à questão social no
Brasil, do ponto de vista das gerações e
suas idades, revela uma intensa rede de
mobilizações que não existia antes. Parte
destas mobilizações é
produzida pela própria
sociedade civil.
Movimentos étnico- racial

•  Movimento afrodescendente: deixou de


ser, nos últimos anos, apenas o movimento
de manifestações culturais para ser também
o movimento de construção de identidade
e luta contra a
discriminação racial.
•  Trata de temas tão polêmicos como o da
existência ou não do conceito de raça e de
racismo.
•  Esta particularidade é entendida como
singularidade de um grupo social.

.
Movimento indígena
•  Em pleno século XXI, uma grande maioria
de brasileiros ignora a imensa diversidade
de povos indígenas que vivem no país.
No Brasil,
historicamente, a
maioria da população
indígena foi eliminada ou
confi-nada em áreas não
urbanizadas/
industrializadas.
•  Em vários países da America Latina que não
tiveram escravidão de origem africana, a
maioria dos pobres das cidades e vilarejos,
assim como no campo, na atualidade, é
indígena ou descendente direto destes. (cf.
Gohn, 2012).
.
Agora é a sua vez

Atividade 1

Em que tipo de
movimento o movi-
mento de mulheres e
feminista se situam?
Resposta
•  No movimento identitário e cultural porque
confere aos seus participantes uma
identidade centrada em fatores biológicos,
étnicos, raciais, ou geracionais.

Como também teve “um


importante papel na
conformação da
sociedade atual,
•  reagindo de múltiplas formas contra o uso
arbitrário da autoridade, se revoltaram
contra a injustiça e procuraram a liberdade
necessária para a experimentação pessoal”.
(Castells, 1999, p. 83).
Atividade 2

•  Como o conceito de raça historicamente foi


desenhado na realidade brasileira?

•  Resposta: O conceito
de raça na realidade
brasileira não passou
por todo processo de
discussão que
permeou a Europa
e America do Norte, pois aqui de acordo com os
estudos de Oracy Nogueira, Florestan Fernandes
agregava um componente de classe no qual foram
desconstruídas a ideia de uma sociedade que vivia
a democracia racial e que o processo de
embranquecimento mudaria ao longo dos tempos
as características físicas de seus moradores.
Atividade 3

•  Segundo dados do Censo IBGE (2010),


quantas etnias ou povos indígenas existem
no Brasil?

Resposta: Existem no Brasil,


com base nos dados do
Censo IBGE (2010), 238
povos indígenas.
Finalizando
•  Embora esses movimentos sociais fossem
em princípio culturais e independentes das
transformações econômicas e tecnológicas,
seu espírito libertário influenciou, de forma
considerável, a mudan-
ça para os usos indi-
vidualizados e descen-
tralizados da tecno-
logia. (Castells, 1999)
Você compreendeu como se dividem os
movimentos identitários e culturais e, ao
observá-los, aprendeu quais são as redes
temáticas dos movimentos de gêneros e
movimentos étnico-raciais .
•  Você aprendeu que os
movimentos identitá-
rios e culturais são os
movimentos de gênero
e étnico- racial.
A partir da discussão de hoje você será capaz
de responder:
•  Que significado tem os Movimentos
identitários e culturais?

•  Como se dividem os
movimentos identi-
tários e culturais?
•  Quais são as redes temáticas dos
Movimentos de gêneros?
•  Quais são as redes temáticas dos
Movimentos étnico-raciais?