Você está na página 1de 17

O DIREITO PRECISA

DO SEU TALENTO.

SIMULADO
1 2 3 SUPER
POR QUE FAZER O SIMULADO?
BEM-VINDO AO Essa é a forma mais simples para você testar seus conhecimentos, pois

SIMULADO 1
é possível reproduzir as mesmas condições do dia da prova e identificar
pontos de melhoria para a 1ª Fase do Exame de Ordem. Vamos lá?

DO XXV EXAME - Escolha um lugar silencioso e sem ninguém por perto. É importante não
DE ORDEM pedir ajuda, nem consultar qualquer material.

- O simulado é um aliado estratégico para sua aprendizagem. Concentre-


-se e não tenha medo de errar.
Vai realizar a prova
- Após a prova, confira a análise do seu desempenho e aperfeiçoe os
objetiva da 1ª fase do estudos.
XXV Exame de Ordem?
DURANTE O SIMULADO, NÃO ESQUEÇA:
Então, intensifique a sua
preparação com os quatro
simulados do CERS e Administre o tempo – Gerencie as questões e o tempo
acompanhe a evolução do que leva para respondê-las. Essa avaliação é importante
seu desempenho até o dia da para que sobre minutos ao final da prova e você não seja
surpreendido pelo relógio.
prova, em 8 de abril de 2018.

Identifique obstáculos – Não conseguiu responder alguma


questão ou errou várias do mesmo assunto/disciplina? Tudo
isso faz parte do aprendizado. O importante é identificar os
temas com mais dificuldade e tirar todas as dúvidas após o
simulado e antes do Exame.

Controle o nervosismo – Claro que o dia da prova é dife-


rente, mas seguir à risca todas as recomendações do Simu-
lado faz você entrar no clima da avaliação e perceber o que
pode levar à desconcentração. Tente manter o equilíbrio e
não deixar o nervosismo tomar conta.

A cada simulado, reavalie todos os tópicos acima e acompanhe sua evolu-


ção. Confie em você e acredite que a vitória está cada vez mais próxima. O
Direito precisa do teu talento.

Vamos juntos!

ALUNO OAB CERS DIFERENCIAIS SOU ALUNO NÃO SOU


OAB CERS ALUNO OAB CERS

TEM MUITO MAIS QUESTÕES REAIS

VANTAGENS!
ESTATÍSTICAS EM GRÁFICOS

RANKING

QUER TER ACESSO AO SUPER SIMULADO


GESTÃO DE TEMPO EM
E APRIMORAR SUA PREPARAÇÃO PARA O PLATAFORMA INTERATIVA
XXV EXAME DE ORDEM?
GABARITO

Adquira já os cursos Teórico, Questões SIMULADO EM PDF


ou seus Combos e faça este mesmo
CORREÇÃO EM VÍDEO
simulado com estatísticas que lhe
mostrarão sua performance por ANÁLISE DE DESEMPENHO POR
disciplina e por matéria! DISCIPLINA E POR CONTEÚDO
SIMULADO 1

ESTATUTO E ÉTICA podem ter repercussão no meio jurídico, todas es-


Paulo Machado sas vinculadas ao seu escritório de advocacia.
Consoante as normas aplicáveis, é correto afirmar
01. Renato, advogado em início de carreira, é con- que:
tactado para defender os interesses de Rodrigo, que
está detido em cadeia pública. Dirige-se ao local onde A) a participação em programa televisivo está vedada
seu cliente está retido e busca informações sobre aos advogados.
sua situação, recebendo como resposta do servidor B) a publicidade, como narrada, é compatível com as
público que estava de plantão que os autos do inqué- normas do Código de Ética.
rito estariam conclusos com a autoridade policial e, C) o advogado, no caso, deveria se limitar ao aspecto
por isso, indisponíveis para consulta e que deveria o educacional e instrutivo da atividade profissional.
advogado retornar quando a autoridade tivesse libe- D) programas televisivos são franqueados aos advogados,
rado os autos para realização de diligências. inclusive para realizar propaganda dos seus escritórios.
À luz das normas aplicáveis,
03. Fábio, advogado com mais de dez anos de efetiva
A) o advogado, diante do seu dever de urbanidade, atividade, obtém a indicação e passa a ser Conselhei-
deve aguardar os atos cabíveis da autoridade policial. ro de Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro.
B) o acesso aos autos, no caso, depende de procuração Diante disso, à luz das normas estatutárias ocorrerá:
e de prévia autorização da autoridade policial.
C) no caso de réu preso, somente com autorização do juiz A) o cancelamento da inscrição como advogado.
pode o advogado acessar os autos do inquérito policial. B) a suspensão até que cesse a incompatibilidade.
D) o acesso aos autos de inquérito policial é direito do C) o licenciamento do profissional.
advogado, mesmo sem procuração ou conclusos à au- D) a passagem para a reserva do quadro de advogados.
toridade policial.
04. O tema “advogado empregado” é tratado pela
02. Mauro, advogado com larga experiência profis- Lei 8.906/94 e também pelo Regulamento Geral. As-
sional, resolve contratar com emissora de televisão, sinale a opção incorreta em relação ao assunto:
um novo programa, incluído na grade normal de ho-
rários da empresa, cujo título é “o Advogado na TV”, A) Compete a sindicato de advogados e, na sua fal-
com o fito de proporcionar informações sobre a car- ta, a federação ou confederação de advogados, a re-
reira, os seus percalços, suas angústias, alegrias e presentação destes nas convenções coletivas cele-
comprovar a possibilidade de sucesso profissional. bradas com as entidades sindicais representativas
No curso do programa, inclui referência às causas dos empregadores, nos acordos coletivos celebrados
ganhas, bem como àquelas ainda em curso e que com a empresa empregadora e nos dissídios coleti-

INTENSIVO +
RESOLUÇÃO
DE QUESTÕES
OBJETIVAS E INTERDISCIPLINARES

210 HORAS
AULA
BÔNUS:
+ REVISAÇO ONLINE
AULAS INTERATIVAS AULA MOTIVACIONAL COM O SIMULADOS
DE REFORÇO PROF. GUILHERME MIZIARA ONLINE

ESTUDE acesse
AGORA CERS.COM.BR
SIMULADO 1

vos perante a Justiça do Trabalho, aplicáveis às rela- 07. Em relação às incompatibilidades e impedimen-
ções de trabalho. tos dos advogados, assinale a opção correta.
B) Em caso de dedicação exclusiva, serão remuneradas
como extraordinárias as horas trabalhadas que excede- A) O impedimento é a proibição total para o exercício da
rem a jornada normal de 6 horas diárias. atividade de advocacia, como é o caso dos membros do
C) Os honorários de sucumbência, por decorrerem pre- Poder Legislativo;
cipuamente do exercício da advocacia e só acidental- B) Os militares do Exército são impedidos de advogar
mente da relação de emprego, não integram o salário contra a União, mas não, contra as entidades da admi-
ou a remuneração, não podendo, assim, ser considera- nistração federal indireta;
dos para efeitos trabalhistas ou previdenciários. C) Os professores de direito nas universidades públicas
D) Os honorários de sucumbência dos advogados em- federais não são impedidos de advogar contra a União;
pregados constituem fundo comum, cuja destinação é D) Os técnicos de atividade judiciária do Tribunal de Jus-
decidida pelos profissionais integrantes do serviço jurí- tiça Estadual podem exercer a advocacia, menos contra
dico da empresa ou por seus representantes. o Estado.

05. Francisco, advogado, dirige-se, com seu cliente, 08. Assinale a opção correta de acordo com o Esta-
para participar de audiência em questão cível, de- tuto da Advocacia.
signada para a colheita de provas e depoimento pes-
soal. O ato fora designado para iniciar às 13 horas. A) O advogado estrangeiro não pode em nenhuma hi-
Como é de praxe, adentraram o recinto forense pótese se inscrever nos quadros da OAB;
com meia hora de antecedência, sendo comunica- B) O advogado deve promover a inscrição suplementar
dos pelo Oficial de Justiça que a pauta de audiências nos conselhos seccionais em cujos territórios tenha atu-
continha dez eventos e que a primeira havia inicia- ação em mais de 5 causas por ano;
do às dez horas, já caracterizado um atraso de uma C) O exercício de atividade incompatível em caráter
hora, desde a audiência inaugural. definitivo implica a licença do profissional, restauran-
A autoridade judicial encontrava-se presente no do-se o número da inscrição anterior após a cessação
foro desde as nove horas da manhã, para despa- da incompatibilidade;
chos em geral, tendo iniciado a primeira audiência D) A aprovação em concurso da Defensoria Pública Fe-
no horário aprazado. Após duas horas de atraso, deral autoriza a obtenção da inscrição como advogado
Francisco informou, por escrito, ao Chefe do Cartó- sem que o interessado se submeta ao Exame de Ordem.
rio Judicial, que, diante do ocorrido, ele e seu cliente
estariam se retirando do recinto. 09. Carlos Dias, advogado que atua exclusivamente
Diante do narrado, à luz das normas estatutárias: em Belo Horizonte–MG, onde tem seu domicílio pro-
fissional e inscrição principal, foi procurado por um
A) qualquer atraso superior a uma hora justifica a retira- cliente para patrocínio de uma ação de despejo, na
da do recinto, pelo advogado. justiça estadual em Salvador–BA. Com base nessa
B) o advogado deveria, no caso narrado, peticionar ao situação hipotética, assinale a opção correta:
Magistrado e retirar-se do recinto.
C) o atraso que justifica a retirada do advogado está con- A) O advogado poderá atuar desde que haja prévia co-
dicionado à ausência da autoridade judicial no evento. municação à OAB/BA, em até cinco dias, a partir da sua
D) meros atrasos da autoridade judicial não permitem a primeira atuação neste estado;
retirada do advogado do recinto. B) É proibida a atuação do advogado sem a prévia ins-
crição suplementar na OAB/BA;
06. Em que caso o advogado pode ser suspenso pre- C) O advogado poderá atuar na causa sem prévia ins-
ventivamente, de acordo com a legislação aplicável crição na OAB/BA e sem comunicar o fato à OAB/MG;
ao exercício da advocacia? D) A atuação regular do advogado em Salvador depen-
de de prévia autorização do Presidente da OAB/BA.
A) Apenas depois do julgamento do recurso de ofício
pelo conselho seccional onde tiver a inscrição principal, 10. Acerca do processo disciplinar, marque a alter-
com o resultado obtido por maioria simples; nativa correta.
B) pelo presidente da seccional onde tiver a inscrição
principal, que recorrerá de ofício ao tribunal de ética A) O processo disciplinar na OAB tramita em sigilo, só
e disciplina; tendo acesso as partes, seus advogados e a autoridade
C) apenas em procedimento originário no Conselho Fe- judiciária competente.
deral da OAB por maioria de 3/5 de seus membros; B) Os prazos, em regra, são de 20 dias.
D) pelo tribunal de ética e disciplina do conselho seccio- C) O processo tem início somente por meio de repre-
nal onde tenha inscrição principal, depois de ouvido em sentação do cliente do advogado.
sessão para a qual deverá ser notificado a comparecer. D) Cabe recurso diretamente ao Conselho Federal das
decisões proferidas pelo Tribunal de Ética e Disciplina.
SIMULADO 1

FILOSOFIA A) deve ter declarada a perda da nacionalidade brasilei-


Bernardo Montalvão ra por ter obtido, a partir de requerimento seu, a nacio-
nalidade estrangeira.
11. Qual o princípio geral de direito sustentado por B) somente não perderia a nacionalidade brasileira caso
Kant e que identifica a sua obra? fosse naturalizado estrangeiro por força de lei do res-
pectivo País, sem qualquer requerimento nesse sentido.
A) princípio da equidade; C) somente não perderia a nacionalidade brasileira se
B) princípio da Tolerância; estivesse no estrangeiro, de maneira impositiva, a servi-
C) imperativo categórico; ço da República Federativa do Brasil.
D) princípio da responsabilidade. D) não perderá a nacionalidade brasileira, pois a natura-
lização foi imposta, pela norma estrangeira, como con-
12. Qual autor sustenta como fundamento do orde- dição para permanência no território do respectivo País.
namento jurídico a norma de reconhecimento?
15. Sobre as Emendas Constitucionais e o seu pro-
A) Bobbio; cesso de elaboração é correto afirmar que:
B) Herbert Hart;
C) Kelsen; A) emenda constitucional não pode ser promulgada du-
D) Gustav Radbruch rante o estado de sítio.
B) emenda constitucional não pode modificar a organi-
zação de poderes constante da constituição, ainda que
DIREITO CONSTITUCIONAL o faça sem abolir ou sem ser tendente a abolir a sepa-
Flavia Bahia ração dos poderes.
C) emenda constitucional pode modificar a forma fede-
13. Do art. 1º, parágrafo único, da CRFB/88, extraí- rativa de Estado e os princípios regentes da República.
mos que a soberania é popular, ou seja, o titular do D) emenda constitucional pode violar direitos
Poder Constituinte é o povo, e é ele que deve exercer fundamentais.
a sua vontade política, diretamente ou indiretamen-
te, de acordo com o modelo de democracia partici- 16. Os remédios constitucionais judiciais são conside-
pativa adotado pelo Brasil. Sobre os direitos políti- rados instrumentos importantes de proteção aos di-
cos ativos e passivos, assinale a alternativa correta: reitos fundamentais garantidos pelo ordenamento ju-
rídico. Sobre o tema, assinale a alternativa incorreta:
A) A alistabilidade é garantida mediante processo de
aquisição de direitos políticos perante a Justiça Eleitoral, A) A jurisprudência do STF tem permitido a utilização do
sendo um direito político passivo. mandado de segurança para coibir atos praticados no
B) Qualquer cidadão poderá, com base no art. 14 da processo de aprovação de leis e emendas que não es-
Lei 1.079/1950, denunciar o Presidente da República tejam em harmonia com o processo legislativo constitu-
ou Ministro de Estado, por crime de responsabilidade, cional, desde que a ação seja proposta por parlamentar.
perante a Câmara dos Deputados, sendo também uma B) Em razão da natureza personalíssima da ação, somen-
forma de manifestação do povo na formação da vonta- te o titular do dado pode ajuizar o habeas data, seja pes-
de política do país. soa natural ou jurídica, nacional ou estrangeira. Para fins
C) As inelegibilidades absolutas são restrições existen- de preservação da memória do de cujus, a jurisprudên-
tes para certos pleitos eleitorais e determinados man- cia admite a impetração da ação pelos seus herdeiros.
datos, cujo núcleo principal está presente no texto C) No mandado de injunção o sujeito passivo será a
constitucional em seu art. 14, § 5º (reeleição), § 6º (de- pessoa estatal que tenha o dever de elaborar a norma
sincompatibilização) e § 7º (inelegibilidade reflexa). regulamentadora e está em mora, seja autoridade, ór-
D) A Constituição traz expressamente a necessidade de gão ou entidade responsável.
desincompatibilização para quem pretende se reeleger D) A propositura da ação popular é exclusiva do cidadão,
(recondução para o mesmo cargo). que em regra geral é o brasileiro nato e naturalizado de-
vidamente alistado, em gozo de seus direitos políticos.
14. Marco é brasileiro nato e vive há quinze anos em Pessoas jurídicas podem eventualmente ajuizar a ação.
um determinado País da Europa. Em determinado
momento, foi editada uma lei nesse País que exigia 17. De acordo com o art. 58, § 3º da CRFB/88: “As co-
a naturalização dos estrangeiros ali residentes há missões parlamentares de inquérito, que terão po-
mais de dez anos para que pudessem permanecer deres de investigação próprios das autoridades judi-
em seu território. Em razão dessa exigência, Mar- ciais, além de outros previstos nos regimentos das
co requereu e teve deferida a nacionalidade desse respectivas Casas, serão criadas pela Câmara dos
País. À luz da sistemática constitucional, é correto Deputados e pelo Senado Federal, em conjunto ou
afirmar que Marco: separadamente, mediante requerimento de um ter-
ço de seus membros, para a apuração de fato deter-
SIMULADO 1

minado e por prazo certo, sendo suas conclusões, se claratório, quanto à constitucionalidade de determina-
for o caso, encaminhadas ao Ministério Público, para da lei ou ato normativo federal sobre o qual existiam
que promova a responsabilidade civil ou criminal sérias divergências jurisprudenciais, afastando-se a in-
dos infratores.” Sobre o tema, é correto dizer que: segurança jurídica gerada pela emissão de decisões ju-
diciais contraditórias.
A) Em nome do princípio da separação de poderes a
CPI não poderá praticar atos protegidos pela reser- 19. Sobre o processo legislativo, marque a alterna-
va de jurisdição, como por exemplo, requisitar aos ór- tiva correta:
gãos públicos documentos e informações necessárias
à investigação. A) Na lei delegada, fruto de delegação imprópria, a reso-
B) As CPIs podem colher depoimentos, ouvir indiciados lução que autoriza a edição da lei delegada não deter-
e inquirir testemunhas. mina a sua apreciação pelo Congresso Nacional antes
C) O magistrado não pode ser convocado para falar em da sua publicação.
sede de CPI, ainda que para tratar de questões admi- B) A medida provisória é uma espécie normativa se-
nistrativas e não jurisdicionais, sob pena de ofensa ao cundária, com força de lei ordinária. É, portanto, nor-
princípio da separação de poderes. ma precária, pois se não for convertida em lei ordinária
D) De acordo com a orientação jurisprudencial, não é pelo Congresso Nacional, deixará de produzir os seus
permitida a participação de advogado perante a CPI efeitos jurídicos.
para assistir o investigado e com ele comunicar-se du- C) O processo legislativo ordinário poderá ser desenca-
rante o curso de seu depoimento. deado pelo Presidente da República ao solicitar urgên-
cia na aprovação de projetos de sua iniciativa, conforme
18. Controlar a constitucionalidade das leis consis- estabelece o art. 64, § 1º da CRFB/88.
te na verificação de sua compatibilidade material e D) As leis complementares e ordinárias complementam
formal para com a Constituição Federal. É pelo con- a Constituição, realizando no ordenamento infraconstitu-
trole de constitucionalidade que se avalia se o con- cional disposições do comando do texto constitucional.
teúdo, a essência da normas e/ou se o processo le- Ambas são atos normativos primários, pois retiram seu
gislativo realizado para a sua elaboração estão de fundamento jurídico de validade diretamente da Consti-
acordo com o que determina a Constituição. tuição e não guardam relação de hierarquia entre si.
Marque a alternativa incorreta no que tange ao con-
trole de constitucionalidade brasileiro:
DIREITOS HUMANOS
A) O juiz pode, de ofício, reconhecer a inconstitucionali- Flavia Bahia
dade da lei nas causas oferecidas para seu julgamento,
salvo o STF, em sede de recurso extraordinário, tendo 20. Sobre o Pacto de São José da Costa Rica, assinale
em vista a necessidade de prequestionamento como a alternativa correta.
requisito de admissibilidade do recurso.
B) A observância da cláusula da reserva de plenário A) As penas privativas de liberdade devem ter por fina-
não é necessária na hipótese de reconhecimento da lidade essencial a reforma e a readaptação social dos
constitucionalidade das leis. Tal cláusula deve ser res- condenados.
peitada apenas em sede de controle concentrado de B) São vedados os trabalhos ou serviços normalmente
constitucionalidade. exigidos de pessoa reclusa em cumprimento de senten-
C) No julgamento das ações do controle concentrado ça ou resolução formal expedida pela autoridade judici-
de constitucionalidade não há dilação probatória, ou ária competente.
seja, não há fase instrutória como no processo comum. C) Considera-se como trabalho forçado o serviço exigi-
D) A finalidade da ação declaratória de constituciona- do em casos de perigo ou de calamidade que ameacem
lidade é a de obter do STF uma decisão de cunho de- a existência ou o bem-estar da comunidade.

INTENSIVO

100 HORAS
AULAS REVISAÇO AULA MOTIVACIONAL
SIMULADOS
INTERATIVAS ONLINE COM O PROF.
AULA DE REFORÇO AO VIVO GUILHERME MIZIARA
ONLINE

ESTUDE acesse
AGORA CERS.COM.BR
SIMULADO 1

D) a pena de trabalhos forçados será vedada unicamente a de extradição em liberdade, com retenção do docu-
menores de vinte e um anos e a maiores de setenta anos. mento de viagem ou outras medidas cautelares neces-
sárias, até o julgamento da extradição ou a entrega do
21. No que se refere à Declaração Universal dos Di- extraditando, se pertinente, considerando a situação
reitos Humanos, assinale a alternativa correta. administrativa migratória, os antecedentes do extradi-
tando e as circunstâncias do caso.
A) Medidas degradantes podem ser utilizadas para impe- B) O prazo de vigência da medida de impedimento vin-
dir a depredação do patrimônio público quando se reve- culada aos efeitos da expulsão será proporcional ao
larem a única maneira de se preservar o interesse social. prazo total da pena aplicada e nunca será superior ao
B) A apreensão de bem alheio não precisa ser formal- dobro de seu tempo.
mente justificada quando estiver evidente que o bem C) Não se procederá à expulsão quando o expulsando
apreendido possa vir a ser utilizado para prejudicar a tiver filho brasileiro que esteja sob sua guarda ou de-
continuidade do serviço público. pendência econômica ou socioafetiva ou tiver pessoa
C) Toda pessoa, vítima de perseguição, tem o direito de brasileira sob sua tutela; e tiver cônjuge ou companhei-
procurar e de gozar asilo em outros países. Esse direi- ro residente no Brasil, sem discriminação alguma, reco-
to pode ser invocado em caso de perseguição legitima- nhecido judicial ou legalmente.
mente motivada por crimes de direito comum. D) Não se procederá a extradição na circunstância de ser
D) Todo homem tem capacidade para gozar os direitos o extraditado casado com brasileira ou ter filho brasileiro.
e as liberdades estabelecidos nessa Declaração, não se
podendo fazer nenhuma distinção fundada na condição 24. Segundo a lei de migração 13.445/2017 e o De-
política, jurídica ou internacional do país ou território a creto 9.199/2017 que a regulamenta, assinale a al-
que pertença uma pessoa, quer se trate de um terri- ternativa incorreta:
tório independente, sob tutela, sem governo próprio,
quer sujeito a qualquer outra limitação de soberania. A) O visto é o documento que dá a seu titular o direito
de ingresso em território brasileiro.
22. No que tange ao Tribunal Penal Internacional e B) Ao solicitante que pretenda ingressar ou permanecer
o Estatuto de Roma, há um grande desafio hoje em em território nacional poderá ser concedido visto: de vi-
nosso país. Como não podia ser assinado com reser- sita, temporário, diplomático, oficial e de cortesia.
vas, há muitas normas no Estatuto que diferem do C) O prazo de validade do visto de visita será de um ano,
tratamento jurídico pátrio. e, exceto se houver determinação em contrário do Mi-
Sobre a questão, é incorreto afirmar: nistério das Relações Exteriores, permitirá múltiplas en-
tradas no País enquanto o visto estiver válido. Nas hipó-
A) O Estatuto prevê a irrelevância da qualidade oficial, teses em que houver reciprocidade de tratamento, em
ou seja, não há imunidades ou prerrogativas garantidas termos definidos por comunicação diplomática, o visto
aos agentes políticos, apesar da Constituição Federal de visita poderá ter prazo de validade de até dez anos.
conceder de imunidades a várias autoridades. D) O visto não será concedido a quem, no momento de
B) O Estatuto prevê que os crimes de competência do solicitação do visto, comportar-se de forma agressiva, in-
Tribunal são prescritíveis, da mesma forma que a Cons- sultuosa ou desrespeitosa para com os agentes do ser-
tituição Federal, não havendo incongruência quanto a viço consular brasileiro. A não concessão de visto não
prescritibilidade dos mesmos. impede a apresentação de nova solicitação, desde que
C) É possível, de acordo com o Estatuto, a pena de pri- cumpridos os requisitos para o tipo de visto pleiteado.
são perpétua, se o elevado grau da ilicitude do fato e as
condições pessoais do condenado o justificarem. Entre-
tanto, a Carta Constitucional veda tal pena. DIREITO TRIBUTÁRIO
D) A Corte, sediada em Haia, tem competência para jul- Josiane Minardi
gar os chamados crimes contra a humanidade, assim
como os crimes de guerra, de genocídio e de agressão. 25. Assinale a alternativa correta.

A) Ao fato gerador, é aplicada a legislação vigente à épo-


DIREITO INTERNACIONAL ca do lançamento.
Bruno Viana B) A cobrança do tributo é uma atividade administrativa
discricionária.
23. Segundo a lei de migração 13.445/2017, que C) Ao fato gerador, é aplicada a legislação vigente à épo-
substitui o Estatuto do Estrangeiro e jurisprudência ca de sua ocorrência.
do STF sobre a saída do estrangeiro, assinale a alter- D) As taxas e contribuições de melhoria são tributos
nativa incorreta: não vinculados a uma atuação estatal.
A) O Supremo Tribunal Federal, ouvido o Ministério Pú-
blico, poderá autorizar prisão albergue ou domiciliar ou 26. A respeito das normas do Código Tributário Na-
determinar que o extraditando responda ao processo cional (CTN), assinale a opção correta.
SIMULADO 1

A) A conversão de depósito em renda é causa de sus- rir um terreno para instalar uma unidade operacio-
pensão do crédito tributário. nal ambiental e indicou, para ser desapropriado, o
B) Os dispositivos de lei relativos à instituição de impos- imóvel de um desafeto seu. O terreno pertencente
to sobre o patrimônio ou a renda passam a vigorar no- a esse desafeto, embora não apresentasse nenhum
venta dias após a publicação da lei. problema aparente que impedisse a aquisição, não
C) O estabelecimento de diferença tributária entre bens de era o que melhor preenchia as características pro-
qualquer natureza, em razão de sua procedência ou de seu curadas pela Administração, tais como localização,
destino, é proibido aos estados, ao DF e aos municípios. dimensão, declividade, etc., inclusive porque enca-
D) A capacidade tributária passiva depende da capaci- receria a obra. Não obstante, o diretor insistiu e o
dade civil das pessoas naturais. terreno acabou sendo adquirido, por ordem emana-
da por aquela autoridade. O ato administrativo:
27. Dos tributos abaixo listados, indique aquele pode
ser cobrado pela União, pelos Estados, pelo Distrito Fe- A) foi regularmente editado, pois respeita a autoridade
deral ou pelos âmbito de suas respectivas atribuições: competente para sua emissão.
B) possui vício de competência posto que o administra-
A) Imposto sobre operações de crédito, câmbio e segu- dor, quando agiu para atendimento de propósitos pes-
ro, ou relativas a títulos ou valores mobiliários. soais, tornou-se autoridade incompetente para decidir.
B) Imposto sobre a transmissão "inter vivos", a qualquer C) é eivado de vício de motivo, visto que esse é inexis-
título, por ato oneroso, de bens imóveis, por natureza ou tente, podendo ser sanado caso o terreno adquirido
acessão física, e de direitos reais sobre imóveis, exceto os acabe por ser utilizado pela Administração, ainda que
de garantia, bem como cessão de direitos a sua aquisição. por valor superior ao pretendido pela Administração.
C) Contribuição para o custeio do serviço de iluminação D) é eivado de vício de desvio de finalidade, uma vez
pública. que o terreno foi adquirido para fins de desagradar de-
D) Contribuição de melhoria, decorrente de públicas. safeto da autoridade que o emitiu, tendo inclusive one-
rado a Administração.
28. De acordo com o texto constitucional, em rela-
ção às limitações do poder de tributar, é vedado à 31. A Administração pública promoveu licitação
União, aos Estados e aos Municípios: para registro de preços, e, homologado o resultado
do certame, o fornecedor mais bem classificado foi
A) instituir tributos, inclusive taxas e contribuições so- convocado para assinar a ata de registro de preços
bre patrimônio, renda ou serviços uns dos outros. no prazo e condições estabelecidos no instrumen-
B) instituir impostos sobre livros, jornais, periódi- to convocatório. Durante a execução contratual, o
cos, assim como o papel e o prédio destinados à sua preço registrado tornou-se superior ao praticado no
impressão. mercado por motivo superveniente, razão pela qual
C) instituir tributos, inclusive taxas e contribuições, so- o órgão gerenciador convocou o fornecedor para
bre templos de qualquer culto. negociar a redução dos preços aos valores pratica-
D) utilizar tributos com efeito de confisco. dos no mercado. Nessa hipótese, de acordo com o
Decreto nº 7.892/2013, o fornecedor:

DIREITO ADMINISTRATIVO A) deve, obrigatoriamente, aceitar reduzir seus preços


Matheus Carvalho aos valores praticados pelo mercado.
B) pode recusar-se a reduzir seus preços aos valores
29. Em importante julgamento proferido pelo Su- praticados pelo mercado, sendo liberado do compro-
premo Tribunal Federal, foi considerada inconstitu- misso assumido, sem qualquer penalidade.
cional lei que destinava verbas públicas para o cus- C) pode recusar-se a reduzir seus preços aos valores
teio de evento cultural tipicamente privado, sem praticados pelo mercado, sendo liberado do compro-
amparo jurídico-administrativo. Assim, entendeu a misso assumido, mas sofrerá penalidade de multa, haja
Corte Suprema tratar-se de favorecimento a segui- vista o desrespeito ao ajuste firmado, bem como aos
mento social determinado, incompatível com o inte- princípios que norteiam as licitações.
resse público e com princípios que norteiam a atua- D) pode recusar-se a reduzir seus preços aos valores pra-
ção administrativa, especificamente, o princípio da: ticados pelo mercado, no entanto, não será liberado do
compromisso assumido, sob pena de caracterizar resci-
A) presunção de legitimidade restrita. são unilateral do contrato administrativo pelo contratado.
B) motivação.
C) impessoalidade. 32. Francisco é Analista Judiciário de determinado
D) continuidade dos serviços públicos. Tribunal Regional do Trabalho e, em maio desse
ano, pretende sair de férias, haja vista que terá pre-
30. O diretor de uma repartição pública aproveitou- enchido os requisitos legais para tanto. A propósito
-se da necessidade da Administração pública adqui- do tema e nos termos da Lei nº 8.112/1990,
SIMULADO 1

A) admite-se levar à conta de férias as faltas ao serviço, DIREITO AMBIENTAL


justificadas e não justificadas. Frederico Amado
B) Francisco fará jus a trinta dias de férias, que podem
ser acumuladas, até o máximo de dois períodos, no 35. Sobre a responsabilidade civil por danos am-
caso de necessidade do serviço, ressalvadas as hipóte- bientais, assinale a alternativa CORRETA:
ses em que haja legislação específica.
C) as férias não poderão ser parceladas, sendo obriga- A) A obrigação de reparar o dano ambiental é prop-
tório o gozo do período inteiro das férias sob pena de ter rem, sendo transferida ao novo proprietário de
responsabilidade do servidor. boa-fé.
D) as férias não podem ser interrompidas, salvo única e B) Não se admite a inversão do ônus da prova da prova
exclusivamente por motivo de necessidade do serviço na ação de reparação do dano ambiental por falta de
declarada pela autoridade máxima do órgão ou entidade. previsão legal.
C) A responsabilidade civil por dano ambiental pode ser
33. A imputação por ato de improbidade pela autorida- objetiva ou subjetiva, a depender.
de responsável pelo inquérito pode incluir, nas hipó- D) O prazo prescricional para a reparação do dano am-
teses de enriquecimento ilícito ou prejuízo ao erário, biental é vintenário.

A) proposta de integral ressarcimento dos danos, desde 36. Acerca das normas ambientais na Constituição
que a caracterização do ato de improbidade tenha se Federal de 1988, assinale a alternativa CORRETA:
dado mediante conduta dolosa.
B) requerimento para imediata indisponibilidade dos A) Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente
bens do agente público ao qual foi imputada sanção de equilibrado, bem público dominical e essencial à sadia
improbidade, a fim de que possa haver a necessária in- qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à co-
denização nos casos de ato de improbidade em quais- letividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as
quer de suas modalidades. presentes e futuras gerações
C) proposta de cumulação com sanções de outra na- B) Compete aos estados legislar sobre águas e energias.
tureza, com exceção de condenações criminais, cuja C) A Floresta Amazônica brasileira, a Mata Atlântica, a
natureza se assemelha à da improbidade, impedindo Serra do Mar, o Pantanal Mato-Grossense e a Zona Cos-
dupla imputação. teira são patrimônio nacional, e sua utilização far-se-á,
D) solicitação de indisponibilidade de bens do indicia- na forma da lei, dentro de condições que assegurem a
do ao Ministério Público, para garantir que seja possível preservação do meio ambiente, inclusive quanto ao uso
a recomposição do patrimônio público ou a restituição dos recursos naturais.
dos valores percebidos a título de enriquecimento ilíci- D) São indisponíveis as terras devolutas ou arrecada-
to, em havendo condenação. das pela União, por ações discriminatórias, necessárias
à proteção dos ecossistemas naturais.
34. Em caso de recurso administrativo interposto pe-
rante autoridade incompetente, a legislação prevê que:
DIREITO CIVIL
A) o recurso seja remetido à autoridade competente. Luciano Figueiredo
B) a autoridade competente seja indicada ao recorren-
te, sendo-lhe devolvido o prazo para recurso. 37. Segundo o Código Civil:
C) o seguimento do recurso seja negado.
D) o recurso seja conhecido, embora deva ser A) No direito nacional é possível a disposição, gratuita
desprovido. ou onerosa, do próprio corpo, no todo ou em parte,
para após a morte, objetivando finalidade científica
ou altruísta.

ESTÁ PROCURANDO CURSOS


PARA A 2ª FASE DA OAB XXV?
AGUARDE OS LANÇAMENTOS DO CERS
COM VANTAGENS EXCLUSIVAS PARA VOCÊ!
SIMULADO 1

B) Promessa de compra e venda de imóvel, cujo valor DIREITO CIVIL


ultrapasse a trinta vezes o maior salário mínimo vigente Roberto Figueiredo
no país, tem forma livre.
C) A prescrição e a decadência não correrá em face dos 40. No que se refere ao direito possessório, é corre-
relativamente incapazes. to afirmar que:
D) Admite-se a renúncia à decadência legal. Todavia, é
nula a renúncia à prescrição. A) Não induzem a posse os atos de mera permissão ou
tolerância assim como não autorizam a sua aquisição os
38. Sobre o direito das famílias, assinale a alterna- atos violentos ou clandestinos, senão depois de cessar
tiva correta: a violência ou clandestinidade.
B) Ao possuidor é vedado intentar ação de esbulho ou
A) O pacto antenupcial é o mecanismo jurídico para es- de indenização contra terceiro que recebeu a coisa es-
colha do regime de bens. Este ato pode ser realizado bulhada sabendo que o era.
por instrumento público ou particular e apenas produ- C) O possuidor de boa-fé responde pela perda ou dete-
zirá seus efeitos após o casamento. rioração da coisa a que não der causa.
B) O desrespeito às causas suspensivas do casamento D) O possuidor de boa-fé terá direito as benfeitorias ne-
ocasionam a incidência do regime de separação obriga- cessárias, mas não às voluntárias e às úteis.
tória de bens.
C) O separado de fato não poderá ter união estável com 41. Sobre o tema do condomínio, assinale a alterna-
terceiro. Com efeito, apenas será viável a união estável tiva correta:
após a dissolução do casamento anterior.
D) O casamento, o concubinato e a união estável do A) Pode haver, em terrenos, partes designadas de lotes
devedor de alimentos gera a extinção da obrigação que são propriedade exclusiva e partes que são pro-
alimentar. priedade comum dos condôminos, havendo expressa e
recente disciplina no Código Civil sobre este tema.
39. João é casado com Maria. Não tiveram filhos e B) O Código Civil em vigor não disciplina o tema do con-
não elegeram regime de bens no casamento. Maria domínio por lotes.
tem seus pais vivos, Caio e Ana. Conhecedor do fato C) O tema do condomínio por lotes é objeto apenas e
de que Maria faleceu e deixou como patrimônio R$ legislação extravagante.
600.000,00 (seiscentos mil reais), o qual foi integral- D) O Condomínio por lotes possui disciplina autônoma,
mente adquirido na constância do casamento, assina- de modo que não se aplica ao mesmo, no que couber, o
le a assertiva que revela a correta divisão sucessória: disposto sobre condomínios edilícios.

A) Haja vista a ausência de escolha do regime de bens,


aplicar-se-á a comunhão parcial. Assim, João recebe- DIREITO CIVIL
rá R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) à título de mea- Cristiano Sobral
ção. O restante do patrimônio haverá de ser igualmente
dividido entre Caio, Ana e João, em cotas iguais de R$ 42. A transmissibilidade de obrigações pode ser re-
100.000,00 (cem mil reais). alizada por meio do ato denominado cessão, por
B) Haja vista a ausência de escolha do regime de bens, meio da qual o credor transfere seus direitos na re-
aplicar-se-á a comunhão universal. Assim, João receberá lação obrigacional a outrem, fazendo surgir as figu-
R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) à título de meação. ras jurídicas do cedente e do cessionário.
O restante do patrimônio será dividido igualmente en- Constituída essa nova relação obrigacional, é corre-
tre Caio e Ana, recebendo cada um R$ 150.000,00 (cen- to afirmar que:
to e cinquenta mil reais), sem participação de João, que
não concorrerá por conta do regime de bens. A) os acessórios da obrigação principal são abrangidos
C) Haja vista a ausência de escolha do regime de bens, na cessão de crédito, salvo disposição em contrário.
aplicar-se-á a comunhão parcial. Tendo em vista o re- B) o cedente responde pela solvência do devedor, não
gime de bens, aliado ao fato de que todo o patrimônio se admitindo disposição em contrário.
fora adquirido na constância do casamento, João deve- C) a transmissão de um crédito que não tenha sido cele-
rá receber toda a herança, sem nenhuma participação brada única e exclusivamente por instrumento público
de Caio e Ana. De fato, estes apenas concorreriam caso é ineficaz em relação a terceiros.
houvesse bens particulares. D) o devedor não pode opor ao cessionário as exceções
D) Haja vista a ausência de escolha do regime de bens, que tinha contra o cedente no momento em que veio a
aplicar-se-á a comunhão parcial. Assim, no caso em ter conhecimento da cessão.
análise o patrimônio deve ser igualmente dividido entre
João, Caio e Ana, em cotas igualitárias. Cada um haverá 43. Daniel, morador do Condomínio Raio de Luz,
de receber R$ 200.000,00 (duzentos mil reais). após consultar a convenção do condomínio e cons-
tatar a permissão de animais de estimação, realizou
SIMULADO 1

um sonho antigo e adquiriu um cachorro da raça C) deve representar ao Ministério Público para efeito
Beagle. Ocorre que o animal, muito travesso, pre- das ações de perda ou suspensão do poder familiar,
cisou dos serviços de um adestrador, pois estava após esgotadas as possibilidades de manutenção da
destruindo móveis e sapatos do dono. Assim, Daniel criança ou do adolescente junto à família natural;
contratou Cleber, adestrador renomado, para um D) deve, com a prévia autorização do Ministério Públi-
pacote de seis meses de sessões. Findo o período co, dispor sobre a participação de criança e adolescente
do treinamento, Daniel, satisfeito com o resultado, em espetáculos públicos e seus ensaios, bem como em
resolve levar o cachorro para se exercitar na área de certames de beleza, em sua área territorial;
lazer do condomínio e, encontrando-a vazia, solta a
coleira e a guia para que o Beagle possa correr livre- 45. João Gabriel, de 11 anos, irá viajar ao Nordeste
mente. Minutos depois, a moradora Diana, com 80 em companhia de seu tio materno, maior. O Comis-
(oitenta) anos de idade, chega à área de lazer com sário de plantão no aeroporto, ao ser chamado pela
seu neto Theo. Ao perceber a presença da octoge- empresa de aviação, esclarece que tal viagem:
nária, o cachorro pula em suas pernas, Diana perde
o equilíbrio, cai e fratura o fêmur. Diana pretende A) deve ser autorizada, pois a criança está em compa-
ser indenizada pelos danos materiais e compensada nhia de colateral maior do 3º grau;
pelos danos estéticos. B) deve ser permitida apenas com autorização dos pais,
Com base no caso narrado, assinale a opção correta. com firmas reconhecidas;
C) deve ser permitida com autorização de pelo menos
A) Há responsabilidade civil valorada pelo critério sub- um dos pais, com firma reconhecida;
jetivo e solidária de Daniel e Cleber, aquele por culpa D) somente pode ser autorizada pelo Juiz de Direito, vis-
na vigilância do animal e este por imperícia no adestra- to que se trata de criança;
mento do Beagle, pelo fato de não evitarem que o ca-
chorro avançasse em terceiros.
B) Há responsabilidade civil valorada pelo critério obje- DIREITO DO CONSUMIDOR
tivo e extracontratual de Daniel, havendo obrigação de Cristiano Sobral
indenizar e compensar os danos causados, haja vista a
ausência de prova de alguma das causas legais exclu- 46. Acerca da disciplina jurídica da proteção contra-
dentes do nexo causal, quais sejam, força maior ou cul- tual do consumidor, assinale a opção correta.
pa exclusiva da vítima.
C) Não há responsabilidade civil de Daniel valorada A) A lei confere ao consumidor a possibilidade de desis-
pelo critério subjetivo, em razão da ocorrência de for- tir do contrato, no prazo máximo de quinze dias a con-
ça maior, isto é, da chegada inesperada da moradora tar do recebimento do produto, no caso de contratação
Diana, caracterizando a inevitabilidade do ocorrido, com de fornecimento de produtos ocorrida fora do estabe-
rompimento do nexo de causalidade. lecimento empresarial.
D) Há responsabilidade valorada pelo critério subjetivo B) Reputam-se nulas de pleno direito as cláusulas con-
e contratual apenas de Daniel em relação aos danos so- tratuais relativas ao fornecimento de produtos e servi-
fridos por Diana; subjetiva, em razão da evidente culpa ços que infrinjam normas ambientais ou possibilitem a
na custódia do animal; e contratual, por serem ambos violação dessas normas.
moradores do Condomínio Raio de Luz. C) A garantia contratual exclui a garantia legal, desde
que conferida mediante termo escrito que discipline,
de maneira adequada, a constituição daquela garan-
ECA tia, bem como a forma, o prazo e o lugar para o seu
Cristiane Dupret exercício.
D) A lei limita a 10% do valor da prestação as multas de
44. Conselho Tutelar é o órgão permanente e au- mora decorrentes do inadimplemento de obrigações no
tônomo encarregado pela sociedade de zelar pelo seu termo, no caso de fornecimento de produtos que
cumprimento dos direitos da criança e do ado- envolva concessão de financiamento ao consumidor.
lescente. Nesse contexto, de acordo com a Lei nº
8.069/90, o Conselho Tutelar: 47. Eliane trabalha em determinada empresa para
a qual uma seguradora apresentou proposta de se-
A) é composto por servidores públicos municipais pre- guro de vida e acidentes pessoais aos empregados.
viamente aprovados em concurso público de provas ou Eliane preencheu o formulário entregue pela segu-
de provas e títulos, de acordo com a natureza e a com- radora e, dias depois, recebeu comunicado escrito
plexidade do cargo; informando, sem motivo justificado, a recusa da se-
B) é órgão do Poder Judiciário que tem por finalidade guradora para a contratação por Eliane. Partindo da
atender as crianças e adolescentes em estado de vulne- situação fática narrada, à luz da legislação vigente,
rabilidade social, aplicando medidas de proteção e me- assinale a afirmativa correta.
didas socioeducativas;
SIMULADO 1

A) Eliane pode exigir o cumprimento forçado da obri- B) Os diretores serão nomeados no ato constitutivo da
gação nos termos do serviço apresentado, já que a sociedade, sem limitação de tempo, e somente poderão
oferta obriga a seguradora e a negativa constituiu ser destituídos por deliberação de acionistas que repre-
prática abusiva pela recusa infundada de prestação sentem no mínimo dois terços do capital social.
de serviço. C) O diretor destituído ou exonerado continua, durante
B) Trata-se de hipótese de aplicação da legislação con- dois anos, responsável pelas obrigações sociais contraí-
sumerista, mas, a despeito das garantias conferidas ao das sob sua administração.
consumidor, em hipóteses como a narrada no caso, é D) A assembleia geral não pode, sem o consentimento
facultado à seguradora recusar a contratação antes da dos diretores, mudar o objeto essencial da sociedade,
assinatura do contrato. prorrogar-lhe o prazo de duração, aumentar ou diminuir
C) Por se tratar de contrato bilateral, a seguradora po- o capital social, criar debêntures, ou partes beneficiárias.
deria ter se recusado a ser contratada por Eliane nos
termos do Código Civil, norma aplicável ao caso, que as- 49. Beta Bolsas e Sapatos LTDA, por enfrentar forte
segura que a proposta não obriga o proponente. crise econômico-financeira, teve sua falência decre-
D) A seguradora não está obrigada a se vincular a Elia- tada. Dentre os seus credores está sua ex-funcioná-
ne, já que a proposta de seguro e acidentes pessoais ria, Fabiana Pereira, que objetiva receber o paga-
dos empregados não configura oferta, nos termos do mento de alguns salários atrasados, devidos antes
Código do Consumidor. da decretação da falência. Precisando rapidamen-
te do dinheiro, Fabiana cedeu seus créditos por um
valor menor a Pedro Castelo Branco. Considerando
DIREITO EMPRESARIAL tais informações, é correto afirmar que o referido
Francisco Penante crédito se classifica como:

48. Francisco Dias, Aline Prado e Norberto Gonçal- A) Quirografário.


ves pretendem constituir sociedade empresária B) Com privilégio especial.
em comandita por ações para atuar no seguimento C) Com privilégio geral.
de venda de suplementos alimentares. Em comum D) Subordinado.
acordo, ficou acertado que Francisco Dias seria o
sócio diretor, ao passo que Aline Prado e Norber- 50. Pear Informática S.A. e Companhia Grape de
to Gonçalves seriam sócios acionistas. Com base no Tecnologia resolvem se unir para formar a socie-
narrado, marque a alternativa incorreta. dade Fruit Salad Eletrônicos S.A.. As duas socieda-
des iniciais foram extintas e sucedidas nos direitos
A) Francisco Dias responderá solidária e ilimitadamente e obrigações por esta última. A operação societária
pelas obrigações sociais. realizada configura:
SIMULADO 1

A) Transformação. 54. Renato Saraiva é advogado atuante na comarca


B) Fusão. de Recife/PE e teve que praticar ato processual cujo
C) Cisão. prazo se venceu numa sexta-feira. Ocorre que, em
D) Incorporação. aludida data, o expediente forense foi encerrado
duas horas antes do horário normal. Considerando
51. Pedro Henrique, em 15 de Setembro de 2017, a situação hipotética, é correto afirmar:
emitiu cheque em favor de Jéssica Nogueira que,
com o aval de Lucas Castro, o endossou para Edite A) Renato Saraiva poderá protocolar sua petição até a
Lira. O cheque foi apresentado para pagamento na terça-feira seguinte, uma vez que o prazo processual se
mesma praça da emissão em 20 de Outubro de 2017 prorrogará automaticamente.
por Edite Lira, sendo devolvido por insuficiência de B) Renato Saraiva poderá protocolar sua petição até a
fundos. Com tais informações, a portadora do che- segunda-feira seguinte, desde que seja dia útil, uma vez
que pode promover a execução em face de: que o prazo processual se prorrogará automaticamente.
C) Renato Saraiva poderá protocolar sua petição até
A) Pedro Henrique, Jéssica Nogueira e Lucas Castro. a sexta-feira, sendo intempestiva se protocolada após
B) Jéssica Nogueira, apenas. este dia.
C) Pedro Henrique, apenas. D) Renato Saraiva poderá protocolar sua petição até a
D) Lucas Castro, apenas. sexta-feira, durante o horário de expediente forense,
uma vez que o prazo processual somente se prorro-
52. Carlos Amaral, fluente em inglês e alemão, pre- garia acaso o expediente forense tivesse sido iniciado
tende regularizar a sua atuação como intérprete após o horário normal.
comercial perante o Registro Público de Empresas
Mercantis. À espécie de registro dos auxiliares do 55. Após submeter-se a cirurgia, realizada no âmbi-
comércio como Carlos Amaral se dá o nome de: to do hospital Saúde & Vida, Maria resolve ajuizar
ação para ressarcimento por danos materiais, mo-
A) Averbação. rais e estéticos em face do médico responsável e do
B) Arquivamento. hospital, em litisconsórcio passivo, sob a alegação
C) Matrícula. de que a mesma teria ficado com deformidade em
D) Autenticação. seu corpo, causada pela intervenção cirúrgica. In-
frutífera a tentativa de autocomposição, o Hospital
apresenta a contestação no prazo legal, apontando
PROCESSO CIVIL que a cirurgia teria sido realizada na mais perfeita
André Mota conformidade e que os danos apresentados pela
autora não são decorrentes da cirurgia mas, sim,
53. O advogado Alberto Matos foi procurado para de um problema de ordem genética. O médico não
ajuizar demanda judicial. Ocorre que há urgência contestou a ação. Neste caso,
contemporânea ao ajuizamento da ação e o seu
cliente ainda não está de posse de toda documen- A) o médico será considerado revel, sendo-lhe aplica-
tação que pretende exibir para a demonstração do dos os efeitos materiais da revelia.
seu direito. Assim, o Advogado negou-se em ajuizar B) o médico será revel, mas a contestação apresentada
a demanda, explicando ao seu cliente que seria im- pelo hospital lhe aproveitará, sendo-lhe apenas aplica-
possível efetuar a juntada posterior de documen- dos os efeitos processuais da revelia.
tos. Considerando a situação hipotética, assinale a C) o médico será considerado revel, sendo-lhe aplica-
alternativa correta: dos os efeitos materiais e processuais da revelia.
D) considerado o estado de revelia de um dos réus, o
A) O advogado agiu corretamente, uma vez que a prova juiz poderá julgar antecipadamente a lide.
documental somente poderia ser trazida na petição ini-
cial, sob pena de preclusão.
B) O advogado agiu errado, uma vez que a prova docu- PROCESSO CIVIL
mental pode ser trazida aos autos a qualquer momen- Sabrina Dourado
to, até a prolação da sentença.
C) O advogado agiu errado, uma vez que se trata da hi- 56. Nos termos do NCPC, NÃO cabe agravo de ins-
pótese de tutela antecipada requerida em caráter an- trumento contra as decisões interlocutórias que
tecedente e a petição inicial poderá ser aditada após o versarem sobre:
deferimento da medida, ocasião em que poderão ser
juntados novos documentos. A) incidente de desconsideração da personalidade
D) O advogado agiu corretamente, uma vez que a tu- jurídica;
tela de urgência necessita de prova documental B) rejeição do pedido de gratuidade da justiça ou acolhi-
pré-constituída. mento do pedido de sua revogação;
SIMULADO 1

C) exibição ou posse de documento ou coisa; 60. O Código Penal, em seu artigo 107, prevê uma
D) aceitação da alegação de convenção de arbitragem. relação de causas de extinção de punibilidade, den-
tre as quais se destaca a prescrição. A doutrina tra-
57. Assinale a alternativa correta quanto ao institu- dicionalmente define prescrição como a perda pelo
to da reconvenção previsto no novo Código de Pro- Estado do direito de aplicar sanção penal adequada
cesso Civil: ou de executá-la em razão do decurso do tempo.
Sobre o tema, de acordo com as previsões do Códi-
A) A desistência da ação ou a ocorrência de causa extin- go Penal e a jurisprudência majoritária do Superior
tiva que impeça o exame de seu mérito obsta ao pros- Tribunal de Justiça, é correto afirmar que:
seguimento do processo quanto à reconvenção.
B) A reconvenção não pode ser proposta pelo réu em A) o oferecimento da denúncia é causa interruptiva da
litisconsórcio com terceiro. prescrição;
C) Na ação monitória admite-se a reconvenção, sendo B) o maior de 60 anos terá o prazo prescricional com-
vedado o oferecimento de reconvenção à reconvenção. putado pela metade;
D) A reconvenção não pode ser proposta contra o au- C) o início do cumprimento da pena interrompe o prazo
tor e terceiro da prescrição da pretensão punitiva;
D) a pronúncia é causa interruptiva da prescrição, ainda
58. Em relação aos prazos processuais é CORRETO que o Tribunal do Júri venha a desclassificar o crime em
afirmar: sessão plenária;

A) Os atos processuais serão realizados em dias úteis, 61. Mauro e Fernando, mediante emprego de simu-
das oito às dezoito horas. lacro de arma de fogo, abordaram o casal Paulo e
B) Sendo dependente de autorização judicial, as cita- Lucia, que conversavam na porta de um caixa ele-
ções, intimações e penhoras poderão realizar-se no pe- trônico. Após anunciarem o assalto, subtraíram os
ríodo de férias forenses. relógios de cada uma das vítimas, bem como a bol-
C) A prática eletrônica de ato processual pode ocorrer sa de Lucia e a mochila de Paulo. Empreenderam os
em qualquer horário até as 24 (vinte e quatro) horas do agentes fuga de imediato, vindo a ser presos 30 mi-
último dia do prazo. nutos após os fatos, tendo em vista que os policiais
D) O horário vigente no juízo perante o qual o ato deve saíram à procura dos agentes a partir da descrição
ser praticado não será considerado para fins de atendi- de suas características pelas vítimas. Diante desse
mento do prazo. quadro fático, o Ministério Público, atento à juris-
prudência atualmente prevalente nos Tribunais Su-
periores, deverá denunciar Mauro e Fernando pela
DIREITO PENAL prática de:
Cristiane Dupret
A) um crime de roubo majorado pelo concurso de agen-
59. No dia 11/01/2013, Jean, nascido em 10/01/1995, tes, consumado;
praticou um crime de furto simples, razão pela qual B) dois crimes de roubo majorados pelo concurso de
foi denunciado como incurso nas sanções do Art. agentes, consumados;
155, caput, do Código Penal. Em 25/01/2013, foi a C) dois crimes de roubo duplamente majorados pelo
inicial acusatória recebida, não sendo cabível a sus- concurso de agentes e pelo emprego de arma de
pensão condicional do processo. Após o regular pro- fogo, tentados;
cessamento do feito, diante da confissão de Jean, foi D) dois crimes de roubo majorados pelo concurso de
o mesmo condenado à pena mínima de um ano de agentes, tentados;
reclusão, sendo a sentença condenatória publicada
em 01/03/2015 e transitando em julgado. Jean dá 62. Um funcionário público apropria-se de valores
início ao cumprimento da pena em 02/01/2017. particulares, dos quais tinha posse em razão do car-
Considerando a situação exposta, assinale a afirma- go, em proveito próprio. Posteriormente, acometi-
tiva correta. do por um conflito moral, arrepende-se e, antes do
recebimento da denúncia, por ato voluntário, resti-
A) Ocorreu a prescrição da pretensão punitiva do Esta- tui os valores indevidamente apropriados e repara
do, devendo ser reconhecida a extinção da punibilidade. totalmente os danos decorrentes de sua conduta.
B) A condenação foi indevida, pois Jean não era imputá- De acordo com o Código Penal, a hipótese será de:
vel na data dos fatos.
C) Ocorreu a prescrição da pretensão executória do Esta- A) causa de inadequação típica pelo arrependimento
do, devendo ser reconhecida a extinção da punibilidade. eficaz.
D) Não ocorreu a extinção da punibilidade, pois não foi B) desistência voluntária com exclusão da tipicidade.
ultrapassado o prazo de quatro anos entre os marcos C) arrependimento posterior que extingue a
interruptivos da prescrição. punibilidade.
SIMULADO 1

D) causa de diminuição de pena pelo arrependimento patrimônio estadual, indicam o envolvimento de


posterior. determinado Deputado Estadual, licenciado do seu
cargo, para exercer a função de Secretário de Saúde
63. João e José decidem praticar um crime de roubo, do Estado de São Paulo.
que ocorreria com a subtração do veículo automo- Qual o órgão jurisdicional competente para o pro-
tor de Maria, vizinha de João. A grande dificuldade cesso e julgamento no caso concreto?
do plano criminoso estava no local em que seria es-
condido o veículo antes de ser desmontado para a A) O Juiz Federal local em que praticada a conduta, dian-
venda das peças. te da ausência de foro por prerrogativa de função ora
João e José procuraram Marcus, primo de José e pro- exercido pelo agente.
prietário de uma oficina mecânica, e perguntaram B) O Superior Tribunal de Justiça, pelo foro por prerroga-
se ele teria interesse em guardar o carro no esta- tiva de função relativo ao cargo de Deputado Estadual.
belecimento por uma semana. Marcus concordou, o C) O Tribunal Regional Federal, pelo foro por prerrogati-
acordo foi sacramentado e, então, o crime de roubo va de função relativo ao cargo de Secretário de Estado.
foi praticado. D) O Tribunal Regional Federal, pelo foro por prerroga-
Considerando apenas os fatos descritos, Marcus tiva de função relativo ao cargo de Deputado Estadual.
responderá criminalmente pelo crime de:
67. John, portador de maus antecedentes, foi de-
A) roubo majorado. nunciado pela prática do crime de receptação co-
B) receptação simples. metido em 10.05.2017. Considerando a pena co-
C) favorecimento real minada ao delito, o juiz concedeu a liberdade
D) receptação qualificada. provisória ao agente, permitindo que ele respon-
desse ao processo em liberdade. Ocorre que, no
64. Patrick, valendo-se de sua conta no Instagram, dia 23.05.2017, John foi, novamente, preso em fla-
publicou declaração de natureza discriminatória em grante pela prática de um crime de roubo, na mes-
relação aos homossexuais, de forma genérica, sem ma cidade, sendo tal prisão devidamente converti-
ofender a honra de qualquer pessoa determinada. da em preventiva. No dia 26.05.2017 determinou o
Tal ação configura: juiz, nos autos da ação penal pela prática do crime
de receptação, a citação de John para apresenta-
A) conduta atípica; ção de resposta à acusação. Nesse caso, deverá ser
B) crime de injúria; realizada a citação:
C) crime de injúria racial;
D) crime de preconceito de raça, cor, etnia ou religião; A) por edital, pois o réu apenas se encontra preso em
virtude de ação penal diversa.
B) por carta precatória, pois o réu está na penitenciária
PROCESSO PENAL e não em sua residência.
Ana Cristina Mendonça C) pessoal, pois o réu se encontra preso no momento
da realização do ato.
65. Felipe foi acusado de cometer delito com pena D) por edital, considerando que o réu não será encon-
cominada inferior a dois anos, ocorrendo a lavra- trado em seu endereço residencial.
tura de termo circunstanciado e remessa imediata
para os Juizados Especiais. Tendo o réu compareci- 68. Wendel foi vítima de um delito de dano, crime
do e se declarado inocente, apresentando defesa, este de ação penal privada. Em razão disso, ofere-
houve declaração de incompetência e remessa a ceu queixa crime, de maneira regular, em desfavor
uma Vara Criminal de competência comum. de Rômulo, autor dos fatos. Após o recebimento da
Pode-se concluir que: queixa, intimados para audiência de instrução e jul-
gamento, o querelante e seu advogado não compa-
A) a decisão do Juiz está correta, vez que, diante da de- receram, de maneira injustificada. O magistrado en-
fesa do réu, somente a Vara Criminal pode instruir o tendeu por bem intimar o querelante para justificar
processo. a ausência, mas este se manteve inerte por 30 dias.
B) a decisão do Juiz não está correta diante da pena Diante disso, deverá o juiz da causa reconhecer a:
cominada.
C) os Juizados Especiais não admitem prova testemunhal. A) decadência, que poderá ocorrer em ações penais de
D) os Juizados Especiais são competentes para julgar natureza pública condicionada à representação e de na-
crimes de maior potencial ofensivo. tureza privada;
B) prescrição, que, em tese, poderá ocorrer em crimes
66. Provas concretas recolhidas durante investiga- cuja ação penal seja de qualquer natureza;
ção realizada para apurar desvio de verbas do Sis- C) perempção, que só poderá ocorrer em ações penais
tema Único de Saúde, ainda não incorporadas ao de natureza privada;
SIMULADO 1

D) decadência, que só poderá ocorrer em ações penais B) não há previsão constitucional para direitos do traba-
de natureza privada; lhador doméstico, cabendo à Consolidação das Leis do
Trabalho regulamentá-los.
69. Consta na denúncia que Marcelo teria, mediante C) há igualdade de direitos entre o trabalhador com vín-
ameaça, subtraído o celular da vítima Débora, próxi- culo empregatício permanente e o trabalhador avulso.
mo a um ponto de ônibus. Ainda segundo a inicial, D) não há qualquer previsão constitucional para a pro-
Marcelo teria praticado a conduta sozinho, e feito uso teção do trabalhador em face da automação, bem
de arma de fogo. Consta, por fim, que fugira numa como de seguro contra acidentes de trabalho a cargo
moto. Na audiência de instrução, uma testemunha do empregador.
fez chegar ao conhecimento das partes que a moto
utilizada pelo réu era produto de furto. Encerrada 72. Considerando-se que a CLT prevê requisitos
a instrução, o Ministério Público aditou a denúncia, para a configuração da relação de emprego, é um
acrescentando a ela a imputação pela suposta práti- dos elementos essenciais da relação entre empre-
ca do delito de receptação. Neste caso, o juiz deverá: gado e empregador, previsto na CLT:

A) absolver sumariamente o acusado, por falta de justa A) a eventualidade na prestação dos serviços.
causa para o aditamento. B) o trabalho do empregado sujeito a controle de
B) receber o aditamento e levar os autos conclusos para horário.
o sentença. C) a remuneração paga por produtividade e desempe-
C) rejeitar o aditamento, pois trata-se de imputação au- nho do empregado.
tônoma e a instrução criminal do processo original já D) a pessoalidade na prestação dos serviços.
está concluída.
D) receber o aditamento e designar, de pronto, interro- 73. Os contratos individuais de trabalho, quanto à
gatório do réu para manifestação sobre os novos fatos. duração, classificam-se em contratos por prazo de-
terminado ou indeterminado. Sobre eles, é correto
afirmar que:
DIREITO DO TRABALHO
Rafael Tonassi A) o prazo indeterminado para a contratação é a regra,
constituindo-se em exceção legal a contratação por pra-
70. Em relação às limitações de idade para o traba- zo determinado.
lho, é correto afirmar que há proibição de B) o contrato por prazo determinado poderá ser firma-
do por mero ajuste de vontade das partes, independen-
A) trabalho penoso aos menores de dezesseis anos. temente de sua finalidade.
B) trabalho na condição de aprendiz após os dezoito C) os contratos por prazo determinado poderão ser fir-
anos. mados por, no máximo, quatro anos, sendo possíveis
C) qualquer trabalho, inclusive na condição de aprendiz, duas prorrogações dentro desse prazo.
aos menores de dezesseis anos. D) o contrato a termo na modalidade de contrato de ex-
D) trabalho noturno, insalubre e perigoso aos menores periência não poderá ultrapassar 120 dias, podendo ser
de dezoito anos. estipulado por até quatro períodos de 30 dias cada um.

71. Em relação aos direitos dos trabalhadores previs- 74. Para que as alterações das condições dos con-
tos na Constituição Federal, é correto afirmar que: tratos individuais de trabalho sejam consideradas
lícitas é necessário que:
A) há previsão apenas de direitos trabalhistas ao em-
pregado urbano, não sendo contemplado o trabalhador A) sejam comunicadas por escrito pelo empregador ao
rural cujos direitos estão previstos em lei específica. empregado.

REVISAÇO
ONLINE
09 HORAS
24/03 PLANTÃO DOWNLOAD DE
A PARTIR DE DÚVIDAS AULA PELO APLICATIVO
AULA
DAS 08H ONLINE CERS NO BOLSO

SAIBA acesse
MAIS CERS.COM.BR
SIMULADO 1

B) decorram de mútuo consentimento, independente- D) A atualização dos créditos decorrentes de condena-


mente de prejuízo. ção judicial não será feita pela Taxa Referencial (TR), di-
C) decorram de mútuo consentimento e delas não de- vulgada pelo Banco Central do Brasil.
corram prejuízos nem para o empregado, nem para o
empregador. 78. No tocante as audiências no processo do traba-
D) decorram de mútuo consentimento e delas não de- lho, considere:
corram prejuízos diretos ou indiretos ao empregado.
A) É tolerado o atraso de cinco minutos das partes no
75. Nos contratos de trabalho regidos pela CLT, horário de comparecimento às audiências.
após cada período de 12 meses de vigência do con- B) Ainda que ausente o reclamado, presente o advoga-
trato de trabalho, considerando-se as faltas injusti- do na audiência, serão aceitos a contestação e os docu-
ficadas no respectivo período aquisitivo, o emprega- mentos eventualmente apresentados.
do terá direito a férias, na proporção de: C) Na hipótese de ausência do reclamante em audiên-
cia una, este será condenado ao pagamento das custas,
A) 30 dias corridos, quando não houver faltado ao ser- salvo se beneficiário da justiça gratuita.
viço mais de 5 vezes. D) Na hipótese de ausência do reclamante em audiên-
B) 22 dias corridos, quando houver tido de 6 a 20 faltas. cia una, este será condenado ao pagamento das custas,
C) 18 dias corridos, quando houver tido de 21 a 25 ainda que beneficiário da justiça gratuita, salvo se com-
faltas. provar, no prazo de quinze dias, que a ausência ocor-
D) 14 dias corridos, quando houver tido de 26 a 30 reu por motivo legalmente justificável. O pagamento
faltas. das custas não é condição para a propositura de nova
demanda.

PROCESSO DO TRABALHO 79. Acerca do depósito recursal assinale a alterna-


Aryanna Linhares tiva correta:

76. No tocante aos honorários periciais e advocatí- A) O valor do depósito recursal será reduzido pela me-
cios no processo do trabalho, assinale a alternativa tade para entidades sem fins lucrativos, empregadores
correta. domésticos, microempreendedores individuais, micro-
empresas e empresas de pequeno porte.
A) Ao advogado, ainda que atue em causa própria, se- B) Não são isentos do depósito recursal os beneficiários
rão devidos honorários de sucumbência, fixados entre da justiça gratuita, as entidades filantrópicas e as em-
o mínimo de 5% e o máximo de 20% sobre o valor que presas em recuperação judicial.
resultar da liquidação de sentença, do proveito econô- C) O depósito recursal não poderá ser substituído por
mico obtido ou não, não sendo possível mensurá-lo, so- fiança bancária ou seguro garantia judicial.
bre o valor atualizado da causa. D) O depósito recursal será feito na conta do trabalha-
B) Na hipótese de procedência parcial, o juízo arbitrará dor vinculada ao FGTS e corrigido com os mesmos índi-
honorários de sucumbência recíproca, vedada a com- ces da poupança.
pensação entre os honorários.
C) A responsabilidade pelo pagamento dos honorários 80. Assinale a alternativa incorreta:
periciais é da parte sucumbente na pretensão objeto da
perícia, salvo se beneficiária da justiça gratuita. Entre- A) Na reclamação o pedido deverá ser certo, determina-
tanto, deverá ter obtido créditos em juízo capazes de do e com indicação de seu valor.
suportar a referida despesa, ainda que em outro pro- B) Oferecida a contestação, ainda que eletronicamente,
cesso, caso contrário, a União responderá pelo encargo. o reclamante não poderá, sem o consentimento do re-
D) Os honorários periciais não podem ser parcelados. clamado, desistir da ação.
C) O processo de homologação de acordo extrajudicial
77. No tocante à execução trabalhista, assinale a al- terá início por petição conjunta, sendo obrigatória a re-
ternativa correta. presentação das partes por advogado comum.
D) A decisão judicial transitada em julgado somente
A) Sendo ilíquida a sentença exequenda, ordenar-se-á, poderá ser levada a protesto, gerar inscrição do nome
previamente, a sua liquidação, que poderá ser feita por do executado em órgãos de proteção ao crédito ou no
cálculo, por artigos ou por arbitragem. Banco Nacional de Devedores Trabalhistas (BNDT), nos
B) Elaborada a conta e tornada líquida, o juízo deverá termos da lei, depois de transcorrido o prazo de qua-
abrir às partes prazo comum de oito dias para impugna- renta e cinco dias a contar da citação do executado, se
ção fundamentada com a indicação dos itens e valores não houver garantia do juízo.
objeto da discordância, sob pena de preclusão.
C) A execução inicia-se de ofício no processo do
trabalho.