Você está na página 1de 1

À DGP – EBSERH Sede

Considerando a Norma Operacional DGP Nº 01/2017 Movimentação de


Pessoal, com vigência a partir de 09/01/2017 data de sua publicação, considerando o
item 3.2 que relata sobre a Movimentação do Empregado e seu item 3.2.2 que versa
sobre a movimentação a pedido do empregado e considerando o item 3.2.2.2 que cita
a modalidade de concurso interno que estabelecerá os critérios para a movimentação
a pedido.
Solicitamos por meio desse, esclarecimentos e prováveis datas para a
realização de tal certame interno, visto que a referida Norma Operacional citada
revoga a norma anterior (DGP 06/2015) e com isso não temos nenhuma diretriz em
vigência que normatize a transferência a pedido do funcionário, excetuando-se as
modalidades de permuta, tendo que procurar pares nas Redes Sociais e nas outras
filiais, quando isso ocorre as permutas são autorizadas, mas ocorre em sua maioria a
falta de isonomia tendo em vista que os pares formados na maioria das vezes e
consequentemente os transferidos/permutados, não obedeceram, obedecem ou
obedecerão a classificação dos possíveis elegíveis no concurso a ser organizado pela,
a outra modalidade de transferência/permuta usada por alguns é a judicial que em
alguns casos estão sendo revogadas e causando desgaste desnecessário para ambas
as partes.
Que esse possível concurso interno seja um instrumento isonômico para as
transferências e permutas através de pares por triangulações ou até envolvendo mais
funcionários como ocorreu na PME piloto de 2015/2016.
Faço lembrar que em alguns casos onde haja transferência pela referida NO,
principalmente estados vizinhos ou próximos haverá desoneração da folha de
pagamento no que tange ao ressarcimento do Auxílio Transporte para os que usam
ônibus interestaduais e passarão a usar intermunicipais ou apenas urbanos.
Sem mais e no aguardo de uma resposta e resolução aos anseios dos
solicitantes e demais empregados que desejam transferências.

Atenciosamente,