Você está na página 1de 34

Universidade de São Paulo

Escola de Engenharia de São Carlos


Departamento de Engenharia Mecânica

SEM5917 - Acústica
Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira

Fonte principal: P.Sas, ISAAC (K.U.Leuven - 2008)


1
Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Introdução: conceitos básicos
Genesis 1-1 “No princípio era o verbo…”

O que é o som?
Como medimos?
Como analizamos?
Como projetamos, modificamos, controlamos?

2
Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Introdução: conceitos básicos
• o som é composto por pequenas flutuações de pressão
em torno de uma posição de equilíbrio, que se propaga
através de um meio elástico

• o meio elástico pode ser gasosos, líquido ou sólido

• toda vibração no meio em que as partículas podem se


mover pode atuar como fonte acústica

• as flutuações de pressão viajam através do meio com


velocidade c, que depende apenas do meio

• ondas longitudinais: velocidade das partículas na


mesma direção da propagação de ondas

• sem transporte de massa ou energia

3
Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Introdução: ondas
• distúrbio ou variação que
atravessa um meio elástico

• o meio sofre alterações locais


quando a onda passa por uma
região, mas as partículas daquela
região não viajam com a onda

• o movimento líquido do meio é


nulo (a não ser que haja
escoamento)

fonte: http://paws.kettering.edu/~drussell/Demos.html

4
Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Introdução: ondas
onda unidimensional (plana) viajando no espaço

Comportamento de um ponto Registro do espaço em um


no domínio do tempo instante de tempo

5
Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Ondas Acústicas: propriedades físicas

c
c f 
f
6
6 Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Ondas Acústicas: propriedades físicas
a velocidade do som c[m/s] depende das
propriedades físicas do meio elástico (gás, líquido
ou sólido)
E RT
c     343 m / s
a maioria dos gases e ar atmosférico seguem as leis  
gerais da termodinâmica
K bulk modulus
no ar à pressão atmosférica, a velocidade do som
E Young modulus
depende principalmente da temperatura (343 m/s
 density
@ 20ºC)
R molar constant
T temperature [Kelvin]
Atenção, há uma distinção clara entre velocidade M molar mass
do som (speed) e a velocidade de partícula v [m/s],  isoentalpic constant
que está associado com o “vai-e-vem” em torno do
ponto de equilíbrio (dimesão em torno de frações
de mm/s a cm/s)

7
Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Ondas Acústicas: freqüência e comprimento de onda

RT E c
c    343 m / sec c f 
  f

8
8 Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Ondas Acústicas: freqüência e comprimento de onda
Faixa de freqüência [Hz]
Fonte Audição
Voz humana 85 ~ 5 000 20 ~ 20 000
Cachorro 450 ~ 1 000 15 ~ 50 000
Gato 780 ~ 1500 60 ~ 65 000
Morcego 10 000 ~ 120 000 1 000 ~ 120 000
Grilo 7 000 ~ 100 000 100 ~ 15 000
Golfinho 2 000 ~ 13 000 150 ~ 150 000
Motor a jato 5 ~ 50 000 -
Carro 15 ~ 30 000 -
Piano 30 ~ 4100 -
La (A4) 440 -
Tomprete 190 ~ 990 -
9
Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Grandezas Básicas
Pressão p(t )
1/ 2
1 t 
p (t )    p ( ) d 
2
valor RMS
T i T 
 p 
escala decibel pref  2.10 Pa , SPL  20 log10 
5 dB
p 
 ref 
 p2 
SPL  10 log10  2 dB
p 
 ref 

10
10 Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Grandezas Básicas

Intensidade Acústica I r (t ) I r (t )  p(t ) ur (t )

velocidade de partícula ur (t )

ur  p c
propagação livre
I  pu  p 2 c

 Ir 
Intensidade Acústica (dB) LI  10 log10  12 dB
2 
 10 W m 

11
11 Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Grandezas Básicas

Potência Acústica (dB) W (t )   I r (t ) d s


s
W
nível LW  10 log10 12
10 Watt

obs: para W = 1Watt LW = 120dB SPL  LI  LW ( S 1m2 )

 I   p2   p2  p
LI  10 log  12   10 log 
12 
 10 log 
 400.10    10 log( ) 2
 SPL
 10   c.10  
12
 2.10 5

12
Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Propagação do som
Fonte Pontual

W
W (t )   I r (t ) dS  I r (t ).S  I r (t ).4r 2
Ir 
s
4r 2
I W
SPL  LI  10 log 12  10 log 12  10 log S  LW  10 log S
10 10
SPL(r  2r0 )  SPL(r  r0 )  6dB campo puramente ativo
13
13 Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Propagação do som
Fonte Pontual
S  4 r 2

-6dB com o dobro da distância

Fonte “Linha”
S  2 rl
-3dB com o dobro da distância

14
14 Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Propagação do som
reflexão – reverberação – ondas estacionárias

15
15 Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Propagação do som
reflexão – reverberação – ondas estacionárias

16
Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Propagação do som
reflexão – reverberação – ondas estacionárias

campo puramente reativo

17
Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Propagação do som: efeitos metereológicos
Efeito do vento

18
18 Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Propagação do som: efeitos meterorológicos
Efeito do temperatura

19
Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Medição do som: bandas de 1/3 de oitavas

20
20 Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Medição do som: filtros A, B, C, D …

21
21 Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Medição do som: percepção humana

22
22 Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Medição do som: outros níveis
Nível Estatístico LN

Nível Equivalente Contínuo L eq


 1 t L / 10 
L eq  10 log10   10 A dt 
T o 

23
23 Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Mecanismos de geração do som:
Ruído Estrutural (structural born)

24
24 Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Mecanismos de geração do som:
Ruído Aéreo (air born)

25
25 Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Mecanismos de geração do som: exemplos

26
26 Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Mecanismos de geração do som: exemplos

27
27 Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Mecanismos de geração do som: exemplos
Eficiência de Radiação

W

 cS v2

28
28 Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Ferramentas de Análise:
Elementos finitos
- acoplado
- desacoplado

Elementos de contorno
- acoplado
- desacoplado
- inverso

29
29 Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Controle Passivo

30
Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Controle Ativo

31
Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Controle Ativo

– feedforward

– feedback

32
Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Controle Ativo
Active headsets

Technofirst active headset


KULeuven active headset

33
Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira
Programa / Avaliação
• Propagação de Ondas – modelo contínuo
• Modelos acústicos de parâmetros concentrados
• Introdução à vibro-acústica
• Métodos numéricos para solução de acúsitca/vibro-acústica
• Controle Passivo de Ruído
• Controle Ativo Acústico/Estrutural
• Instrumentação
• Qualidade Sonora

Avaliação

• Lista de Exercícios
• Trabalho (entrega de relatório/apresentação)

34
Prof. Dr. Leopoldo P. R. de Oliveira

Interesses relacionados