Você está na página 1de 4

11 - MAPA DE CONFIGURAÇÃO 3.

2 - MENU PRINCIPAL DE SELEÇÃO E PROGRAMAÇÃO DOS


PARÂMETROS
O menu principal de seleção é acessado pressionando-se a tecla
por 3 segundos. Através das teclas ou percorrem-se as opções:
B14 4203 167 OPE
OPERR Permite o acesso ao menu dos parâmetros de operação.
Rev. 3 04/15 ConF Permite o acesso ao menu dos parâmetros de configuração.
OFF Permite colocar o controlador no modo de controle OFF (controle desligado).
REG Permite colocar o controlador no modo de controle automático.
tunE Permite ativar a função de Auto-tune ou Self-tune.
OPLO Permite colocar o controlador no modo de controle manual e, portanto,
programar o valor da potência de controle % que irá operar na saída
I.REG através das teclas e .
Uma vez selecionado o menu desejado, pressionar a tecla para confirmar.
CONTROLADOR ELETRÔNICO DIGITAL As seleções OPER e ConF acessam submenus que possuem outros
parâmetros:
MICROPROCESSADO OPER - Menu de parâmetros de operação: normalmente contém os
modelo HW4300 parâmetros de programação dos Set Point, mas pode conter
Manual de Instalação todos os parâmetros desejados (ver nota no Mapa de Configuração).
ConF - Menu de parâmetros de configuração: contém todos os
parâmetros de operação e de configuração (configuração de
Manual de Instruções completo disponível no site: alarmes, controles, entradas, saídas, etc.).
www.coel.com.br/pdf/m_hw4300_r1.pdf Obs.: No Mapa de Configuração (página 4) são mostrados todos os
parâmetros disponíveis.

1 - INSTALAÇÃO NO PAINEL 4 - PARÂMETROS

A COEL reserva-se no direito de alterar quaisquer dados deste impresso sem prévio aviso
1.1 - INSTALAÇÃO INICIAL Sub menu do SET POINT ySP
nSP Número de Set Point programáveis la4
1. Fazer uma abertura no painel com as medidas indicadas na figura 2. SPAt Set Point ativo l a nSP
2. Inserir o instrumento nesta abertura e fixar com a presilha de fixação SP1 Set Point 1 SPLL a SPHL
fornecida. SP2 Set Point 2 SPLL a SPHL
3. Evitar colocar a parte interna do instrumento em locais sujeitos à SP3 Set Point 3 SPLL a SPHL
alta umidade e sujeira que possam provocar condensação ou SP4 Set Point 4 SPLL a SPHL
penetração de partículas e substâncias condutoras. SPLL Set Point mínimo -1999 a SPHL
4. Assegurar que o instrumento tenha uma ventilação apropriada e SPHL Set Point máximo SPLL a 9999
evitar a instalação em painéis que contenham dispositivos que possam
levá-lo a funcionar fora dos limites de temperatura especificados. Sub menu da ENTRADA yInP
tc Termopar
5. Instalar o instrumento o mais distante possível de fontes que possam
Rtd Termoresistência/Termistores
gerar distúrbios eletromagnéticos como: motores, contadores, relés, HCFG Tipo de sinal de entrada I Transdutor com sinal normalizado
eletroválvulas, etc. UoLt Tensão
O instrumento é plug-in, portanto pode ser removido de sua caixa pela parte SER Sinal proveniente da linha serial
frontal. Ao efetuar esta operação, é recomendável desenergizar o instrumento. Termopar J J /IR.J -160 a 1000 °C / -160.0 a 999.9 °C
Termopar K CRAl lR.CA -270 a 1370 °C / -199.9 a 999.9 °C
CRAl/lR.CA
2 - FUNÇÕES DO FRONTAL Termopar S S -50 a 1760 °C / -50.0 a 999.9 °C
Termopar B b +72 a 1820 °C / +72.0 a 999.9 °C
1 - Tecla : utilizada para acessar a Termopar E E -150 a 750 °C / -150.0 a 999.9 °C
HW4300
programação dos parâmetros de tc
Out
Termopar L L -150 a 900 °C / -150.0 a 900.0 °C
funcionamento e para confirmar 1
Out Termopar N n -270 a 1300 °C/ -199.9 a 999.9 °C
PV
2
a seleção. AT-ST
Out
3 Termopar R R -50 a 1760 °C / -50.0 a 999.9 °C
2 - Tecla : utilizada para decre- SV
Out
4 Termopar T t -270 a 400 °C / -199.9 a 400.0 °C
SET
mento dos valores a serem progra- Tipo de Termopar C C 0 a 2320 °C / 0.0 a 999.9 °C
mados e para selecionar os parâ- SEnS sensor PT100 (IEC) Pt1 -200 a 850 °C / -99.9 a 850.0 °C
metros. Sendo mantida pressio- da Rtd PTC (KTY81-121) Ptc -55 a 150 °C / -55. a 150.0 °C
nada dentro do modo de progra- Figura 1 entrada NTC (103-AT2) ntc -50 a 110 °C / -50.0 a 110.0 °C
mação, permite passar ao nível de programação anterior até sair do 0 a 50 mV 0.50
modo de programação. Quando não está em modo de programação, 0 a 60 mV 0.60 -1999 a 9999 °C
permite a visualização da corrente medida na entrada TAHB no display SV. 12 a 60 mV 12.60
3 - Tecla : utilizada para incremento dos valores a serem programados e UoLt 0 a 5 V 0.5 -199.9 a 999.9 °C
para selecionar os parâmetros. Sendo mantida pressionada dentro do 1a5V 1.5
modo de programação, permite passar ao nível de programação anterior 0 a 10 V 0.10 -19.99 a 99.99 °C
até sair do modo de programação. Quando não está em modo de 2 a 10 V 2.10
programação, permite a visualização da potência da saída no display SV. 0 a 20 mA 0.20 -1.999 a 9.999 °C
I
4 - Tecla : tecla de funcionamento programável através do parâmetro. 4 a 20 mA 4.20
USRb
“USRb
USRb”. Pode ser configurada para: ativar a função Auto-tune ou REFL Coeficiente de reflexão para sensores infravermelhos 0.10 a 1.00
Self-tune, colocar o instrumento em controle manual, silenciar o SSC Limite inferior da escala p/ entrada de sinal UoLt
UoLt/I I -l999 a FSC
alarme, mudar o Set Point ativo e desativar o controle. FSC Limite superior da escala p/ entrada de sinal UoLt
UoLt/I I SSC a 9999
5 - LED OUT1: indica o estado da saída OUT1 tc Rtd
tc/Rtd 0 = 1 °C / F
1 = 0.1 °C / F
6 - LED OUT2: indica o estado da saída OUT2
0=1
7 - LED OUT3: indica o estado da saída OUT3 dP Ponto decimal
UoLt / I / SER 1 = 0.1
8 - LED OUT4: indica o estado da saída OUT4
2 = 0.01
9 - Display SV: indica normalmente o valor do Set Point ativo, pode ser
3 = 0.001
diSP
configurado através do parâmetro “diSP
diSP” para mostrar outras variáveis.
Unit Unidade de medida da C
°C
10 -LED AT/ST: aceso, indica a função Self-tune ativa; piscando, indica tc / Rtd
temperatura F
°F
a função Auto-tune ativa. FiL Filtro digital de entrada OFF a 20.0 (s)
11 - Display PV: indica normalmente o valor de processo. OFSt Offset da medida -l 999 a 9999
12 - LED SET: piscando, indica a entrada no modo de programação. Rot Rotação da reta de medida 0.000 a 2.000
COELMATIC Ltda. Condição de erro que leva o instru- OR overrange ou ruptura do sensor
FÁBRICA: Alameda Cosme Ferreira, 5021 - B. São José - Manaus - AM - Brasil - CEP 69083-000 3 - PROGRAMAÇÃO InE mento a fornecer na saída a potên- UR underrange ou ruptura do sensor
59.001.007

Depto. Comercial: Al. Vicente Pinzón, 146 - 9º a. - São Paulo - SP - Brasil - Cep 04547-130 - Fone Fax: (011) 2066-3211 cia programada no parâmetro OPE OuR overrange, underrange, ou ruptura do sensor
Assist. Técn./Exped.: R. Casa do Ator, 685 - Cep 04546-002 - São Paulo - SP - Brasil - Fone: (011) 3848-3311 - Fax: (011) 3848-3301 3.1 - PROGRAMAÇÃO DO SET POINT
OPE Potência da saída no caso de erro de medida -100 a 100 %
Representantes e distribuidores em todo o Brasil e América Latina. Pressionar a tecla , o display indicará “SPn n = Set Point ativo) e o
SPn” (n
SPn
info@coel.com.br www.coel.com.br (Continua na próxima página)
valor programado, que pode ser modificado através das teclas e .
4/4 1/4
(Continuação da página anterior) (Continuação)
Sub menu dos PARÂMETROS RELATIVOS À INTERFACE DO USUÁRIO yPAn 8 - DADOS TÉCNICOS
noF a entrada digital não executa nenhuma função o alarme estará ativo quando, em condições de saída
noF A tecla não executa nenhuma função
fechando o contato da entrada digital, é possível resetar 1 lREG ativa, a corrente medida na entrada TAHB for
Aac inferior ao valor programado no parâmetro IHbL
tunE Ativa/desativa o Auto-tune ou o Self-tune. Vca/Vcc 24
um alarme memorizado Alimentação (±10 %)
o alarme estará ativo quando, em condições de saída REG
Possibilita passar o controle de automático (REG
REG) para manual Vca 100 a 240
fechando o contato da entrada digital, é possível silenciar OPLO (OPLO
OPLO
OPLO) e vice-versa.
ASi 2 lREG não ativa, a corrente medida na entrada TAHB Função da Freqüência da rede Hz 48 a 62
um alarme ativo
for superior ao valor programado no parâmetro IHbH
IHbH. USRb Aac Possibilita resetar um alarme memorizado
fechando o contato da entrada digital, é possível congelar tecla Consumo aproximado VA 10
HOLd o alarme estará ativo quando, em condições de saída ASi Possibilita silenciar um alarme ativo
a indicação do display J (-160 a +1000 °C / -256 a +1832 °F)
HbF Função do HB lREG ativa, a corrente medida na saída TAHB for inferior CHSP Possibilita selecionar um dos 4 Set Point memorizados.
Função da fechando o contato da entrada digital, é possível passar do K (-270 a +1370 °C / -454 a +2498 °F)
DIF entrada OFF 3 ao valor programado no parâmetro IHbL ou quando, em REG
Possibilita passar o controle de automático (REG
REG) para
modo de controle automático (REG REG
REG) ao de controle desativado OFF S (-50 a +1760 °C / -58 a +3200 °F)
condições da saída lREG não ativa, a corrente medida for OFF
desativado (OFF
OFF) e vice-versa
digital OFF
(OFF
OFF) e vice-versa B (72 a +1820 °C / 162 a +3308 °F)
com pulsos de no mínimo 1 segundo na entrada digital, é
superior ao valor programado no parâmetro IHbH (ou OFF Display apagado
CHSP os dois casos precedentes). E (-150 a +750 °C / -252 a +1382 °F)
possível selecionar um dos 4 Set Point memorizados Pou Potência de controle
Variável termopares L (-150 a +900 °C / -252 a +1652 °F)
fechando o contato da entrada digital, é selecionado como ativo o alarme estará ativo quando a corrente medida na en- SP.F Set Point ativo
trada TAHB for inferior ao valor programado no parâ- visualizada N (-270 a +1300 °C / -454 a +2372 °F)
SP1.2 o Set Point 2, e abrindo o contato da entrada digital, é seleciona-
diSP no display SP.o Set Point operativo quando existem rampas ativas R (-50 a +1760 °C / -58 a +3200 °F)
do como ativo o Set Point 1. Está função é valida quando nSP = 2 4 metro lHbL ou quando a corrente medida for superior
AL1 Valor do alarme 1 Entradas T (-270 a +400 °C / -454 a +752 °F)
fechando o contato da entrada digital, é selecionado como ati-
ao valor programado no parâmetro lHbH Independen- SV
temente do estado da saída 1REG
1REG. AL2 Valor do alarme 2 C ( 0 a +2320 °C / 32 a +4208 °F)
vo o Set Point 2 com lógica direta (resfriamento), e abrindo o
HE.Co IHbL Valor inferior do alarme de HB c/ a saída lREG ativada 0.0 a IFS AL3 Valor do alarme 3 sensores infravermelhos com
contato da entrada digital, é selecionado como ativo o Set Point linearização J ou K
1 com lógica reversa (aquecimento). Está função é valida quando nSP = 2 IHbH Valor superior do alarme HB c/ a saída lREG desativada IHbL a IFS HbA Corrente medida pela entrada TAHB
sinais analógicos (0 a 50 ; 0 a 60 ; 12 a 60 mV)
O Set Point ativo pode ser modificado, enquanto os valores de
Obs.: é possível habilitar mais de um alarme em uma mesma saída (ex.: SE alarme não podem sinais normalizados (0/4 a 20 mA ; 0/1 a 5 V ; 0/2 a 10 V)
Sub menu das SAÍDAS yO1 yO2 yO3 yO4 Edição do
LbA + Hb + AL1 ). O Set Point ativo não pode ser modificado, enquanto termoresistência Pt100 (-200 a +850 °C / -328 a +1562 °F)
O1F Função da saída 1 1.REG = Saída de controle primária Edit Set Point AE os valores de alarme podem. ou PTC (-55 a +150 °C / -67 a +302 °F)
O2F Função da saída 2 2.REG = Saída de controle secundária ativo e
ALno = Saída de alarme normalmente aberta alarmes SAE O Set Point ativo e os valores de alarme podem ser modificados termistores NTC (-50 a +110 °C / -58 a +230 °F)
O3F Função da saída 3 ALnc = Saída de alarme normalmente fechada Sub menu do CONTROLE yREG amperímetro (50 mA no máximo)
SAnE O Set Point ativo e os valores de alarme não podem ser modificados.
O4F Função da saída 4 OFF = Saída desativada Pid ação simples (aquecimento) ou ação dupla digital entrada digital com varias funções
(aquecimento/resfriamento)
Ao
AoRR 1 Inicio da escala da saída analógica 1 0 = (0 mA) Sub menu da COMUNICAÇÃO SERIAL ySER Impedância de entrada 0/4 a 20 mA (51 ohms)
On.FA ON/OFF com histerese assimétrica
Ao
AoRR 2 Inicio da escala da saída analógica 2 N0_0 = (4 mA) Add Endereço de cada unidade 0 a 255 do sinal normalizado 0/2 a 10 V (1 Mohms)
Cont Tipo de controle On.FS ON/OFF com histerese simétrica
1.REG = Saída de controle primária baud Baud rate da porta serial 1200 / 2400 / 9600 / 19.2 / 38.4 1 ou 0.1 (para sensores de temperatura)
Função da saída nR ON/OFF a zona neutra (aquecimento/ Resolução graus
Ao1F analógica 1 2.REG = Saída de controle secundária Acesso da programação LoCL programável pelo teclado 1 ; 0,1 ; 0,01 ; 0,001 (para sinais
resfriamento) analógicos e normalizados)
R.inP = Retransmissão da medida PACS pela porta serial
LoRE programável pelo teclado ou linha serial
R.ERR = Retransmissão do erro (SP - PV) 3 Pt controle PID para acionamento de válvula Precisão de indicação % ± 0,15 do fundo de escala da faixa
R.SP = Retransmissão do Set Point ativo motorizada a 23 °C disponível ao sensor ±1 dígito
Ao2F Função da saída R.SER = Saída controlada através da porta serial do instrumento Lógica da saída de HEAt saída com lógica reversa (aquecimento) Desvio máx. fundo esc. ppm/°C 130
analógica 2 OFF = Saída desativada Func 5 - INDICAÇÕES DE ERRO
controle CooL saída com lógica direta (resfriamento) Desvio máx. início esc. µ V/°C 1
Ao1L Limite mínimo da saída analógica 1 -1999 a Ao1H Histerese do controle ON/OFF (cont. ON/OFF) ou tem-
HSEt 0 a 9999 até 4 saídas (relé SPST 5A@250 Vca ou
Ao2L Limite mínimo da saída analógica 2 -1999 a Ao2H peratura limite para finalizar o Soft-Start (cont. PID) Erro Motivo Ação saídas tensão para acionamento de
Ao1H Limite máximo da saída analógica 1 Ao1L a 9999 ---- Interrupção do sensor chave estática 14 Vcc/20 mA) ou
OFF Auto-tune desabilitado Saídas 2 saídas analógicas (0/4 a 20 mA)
Ao2H Limite máximo da saída analógica 2 Ao2L a 9999 o Auto-tune será ativado sempre que o instrumento for uuuu Variável medida abaixo dos limites Verificar a correta conexão do alimentação auxiliar 12 Vcc/20 mA
1
ligado e o valor do processo for inferior a 50% do Set Point do sensor (underrange) sensor com o instrumento e se o PID ou ON-OFF (ação simples ou dupla)
Sub menu dos ALARMES yAL1 yAL2 yAL3 para Func = HEAt ou superior a 50% do Set Point para
Variável medida acima dos limites do mesmo funciona perfeitamente. Controle lógica ou PID para acionamento de válvula
Func = CooL
CooL. oooo motorizada
OuT1 / OuT2 / OuT3 / sensor (overrange)
OAL_ Saída correspondente ao sinal de alarme o Auto-tune será ativado automaticamente. O valor do elétrica 100.000 operações (com carga máxima)
OuT4 / OFF Auto-tune não exeqüível porque o Colocar o instrumento em controle Vida útil dos relés
processo deve ser inferior a 50% do Set Point para Func = HEAt mecânica 1.000.000 operações
LoAb absoluto de mínima 2 ou superior a 50% do Set Point para Func = CooL CooL. Uma valor de processo é menor (resfriamen- OFF
desativado (OFF
OFF) e sucessivamente
HiAb absoluto de máxima REG Tempo de amostragem ms 130
vez terminada a sintonização, automaticamente o instru- ERAt to) ou maior (aquecimento) que 50 % em controle automático (REG REG)
Display 2 c/ 4 dígitos cada e 7 mm de altura
LHAb absoluto de janela mento passará o parâmetro Auto = OFF OFF. do Set Point ou a função Soft Start para fazer desaparecer o erro.
AL_t Tipo de alarme operação 0 a +55 °C
LodE relativo de mínima está ativa Tentar repetir o Auto-tune após
Auto Habilitação do o Auto-tune será ativado manualmente, através da seleção
verificar a causa do erro.
Temperatura armazenamento - 10 a +60 °C
HidE relativo de máxima auto-tune “tunE” no menu principal ou através da tecla programa
LHdE relativo de janela da anteriormente (“US US
USR Rb ” = tunE
tunE). Neste caso, o Auto-tune Tentar repetir o Auto-tune após Umidade relativa do ar % 30 a 95 (sem condensação)
0 comportamento normal 3
será iniciado sem que seja verificada alguma condição de noAt Auto-tune não finalizado após 12 h verificar o funcionamento do Conexões elétricas terminais com parafusos 2,5 mm2
valor de processo. Recomenda-se utilizar esta opção ativando sensor e da carga. Caixa plástica “plug-in” policarbonato V0 (auto-extinguível)
1 não ativo na energização o Auto-tune quando o valor de processo estiver o mais afastado
2 com retardo Interrupção da malha de controle Recolocar o instrumento no modo Grau de proteção frontal IP54 com guarnição
possível do Set Point, sendo preferível respeitar esta con-
3 não ativo na energização, com retardo dição para melhor execução do Auto-tune FAST. LbA (Alarme de controle aberto - REG
de controle (REG
REG) após verificar o Peso aproximado gramas 190
4 com memória o Auto-tune será ativado automaticamente ao final do
Loop Break) funcionamento do sensor e da Dimensões mm 48 x 48 padrão DIN profundidade 98
ciclo de Soft-Start e estando com um valor de processo carga. encaixe em painel em abertura de
5 não ativo na energização, com memória Instalação 45,5 x 45,5 mm
6 com retardo e memória 4 menor que 80% do SP. Se ao final do tempo de Soft-Start EREP Possível anomalia na memória EEPROM Pressionar a tecla .
Configuração do a temperatura do processo for maior que 80% do SP, o Grau de poluição 2
Ab_ 7 não ativo na energização, c/ retardo e memória.
Categ. de instalação II
funcionamento do alarme 8 instrumento não executará o Auto-tune. Em condições de erro de medida, o instrumento fornecerá na saída
com inibição
SELF Habilitação do Self-tune no / YES OPE Prot. contra choques elétr. frontal em classe II
9 não ativo na energização, com inibição a potência programada no parâmetro “OPEOPE” e ativará os alarmes
Pb Banda proporcional 0 a 9999 (°C/°F) Tipo de interface serial RS 485 isolada
10 com inibição e retardo AL_i
AL_i” estiverem programados = YES
desejados se os parâmetros “AL_i YES.
Int Tempo de integral 0FF a 9999 (segundo) Protoc. de comunic. MODEBUS RTU (JBUS)
11 não ativo na energiz. c/ inibição e retardo
dER Tempo de derivada 0FF a 9999 (segundo) Velocidade de trans- baud 1200 a 38400
12 com inibição e memória 6 - DIMENSÕES (mm) missão serial
13 não ativo na energiz. c/ inibição e memória
FuOc Fuzzy overshoot control 0.00 a 2.00
14 com retardo, inibição e memória tcR1 Tempo de ciclo da saída 1.REG 0.1 a 130.0 (segundo)
15 não ativo na energiz. c/retardo,inibição e memória PRAt Relação de potência entre 2.REG 1.REG
2.REG/1.REG 0.01 a 99.99 9 - ESQUEMA ELÉTRICO
AL_ Valor do alarme AL_L a AL_H tcR2 Tempo de ciclo da saída 2.REG 0.1 a 130.0 (segundo)
AL_t = LHAb
Valor inf. do alarme de janela quando (AL_t LHdE
LHAb/LHdE
LHdE) RS Reset manual -100 a 100 (%)
AL_L -l 999 a AL_H
AL_t = LoAb
Valor mín. selec. quando (AL_t HiAb
LoAb/HiAb LodE
HiAb/LodE HidE
LodE/HidE
HidE) tco
tcoRR Tempo de curso do acionamento 4 a 1000 (segundo)
AL_t = LHAb
Valor sup. do alarme de janela quando(AL_t LHdE
LHAb/LHdE
LHdE) SH
SH--I Valor mínimo de controle 0 a 10.0 (%)
AL_H AL_L a 9999
AL_t = LoAb
Valor mín. selec. quando (AL_t HiAb
LoAb/HiAb LodE
HiAb/LodE HidE
LodE/HidE
HidE) no (posição atual)
Posicionamento da válvula na
HAL_ Histerese do alarme OFF a 9999 PoSI energização do instrumento oPEn (máxima abertura)
AL_d Retardo na ativação do alarme OFF a 9999 (s) cLoS (máximo fechamento)
AL_i Ativação do alarme em caso de erro de medida no / YES SLoR Velocidade da primeira rampa 0.00 a 99.99 InF (unid/min)
99.99/InF
Du
DuRRt Tempo de duração do patamar 0.00 a 99.59
99.59/InF (h. min)
Sub menu do ALARME DE LOOP BREAK yLbA SLoF Velocidade da segunda rampa 0.00 a 99.99
99.99/InF (unid/min)
OuT1 Ro1.L Potência mínima na saída 1.REG 0 a R o1.H (%)
OuT2 R o1.H Potência máxima na saída 1.REG R o1L a 100 (%)
OLbA Saída correspondente ao sinal do alarme LbA OuT3 Ro2.L Potência mínima na saída 2.REG 0 a R o2.H (%)
OuT4 R o2.H Potência máxima na saída 2.REG R o2L a 100 (%) 10 - INFORMAÇÕES PARA PEDIDO
OFF
th R1 Limite de potência ao qual a saída -100 a 100 (%) Figura 2
LbAt Temporização do alarme LbA OFF a 9999 (s) thR
1REG começa a operar
Limite de potência ao qual a saída
Sub menu do ALARME DE QUEIMA DE RESISTÊNCIA yHb th
thRR2 -100 a 100 (%)
2REG começa a operar 7 - MODELOS DISPONÍVEIS
OuT1
Velocidade de variação da potência
OuT2 OPS1 1 a 50 / InF (%/segundo)
na saída 1REG
OHb Saída correspondente ao sinal de alarme Hb OuT3 HW4300/L-4Q 100 a 240 Vca HW4300/S-4Q 100 a 240 Vca
Velocidade de variação da potência
OuT4 OPS2 1 a 50 / InF (%/segundo)
na saída 2REG HW4300/L-3QCSI 100 a 240 Vca HW4300/L-3CSI 24 Vca/Vcc
OFF
St.P Potência do Soft-Start -100 a 100 (%)
IFS Limite superior da escala de corrente 0.0 a 100.0 HW4300/2L-3CSI 100 a 240 Vca HW4300/2L-3CSI 24 Vca/Vcc
SS.t Tempo do Soft-Start OFF 0.01 a 7.59 (h.min)
OFF/0.01
continua
2/4 3/4
(Continuação da página anterior) (Continuação)
Sub menu dos PARÂMETROS RELATIVOS À INTERFACE DO USUÁRIO yPAn 8 - DADOS TÉCNICOS
noF a entrada digital não executa nenhuma função o alarme estará ativo quando, em condições de saída
noF A tecla não executa nenhuma função
fechando o contato da entrada digital, é possível resetar 1 lREG ativa, a corrente medida na entrada TAHB for
Aac inferior ao valor programado no parâmetro IHbL
tunE Ativa/desativa o Auto-tune ou o Self-tune. Vca/Vcc 24
um alarme memorizado Alimentação (±10 %)
o alarme estará ativo quando, em condições de saída REG
Possibilita passar o controle de automático (REG
REG) para manual Vca 100 a 240
fechando o contato da entrada digital, é possível silenciar OPLO (OPLO
OPLO
OPLO) e vice-versa.
ASi 2 lREG não ativa, a corrente medida na entrada TAHB Função da Freqüência da rede Hz 48 a 62
um alarme ativo
for superior ao valor programado no parâmetro IHbH
IHbH. USRb Aac Possibilita resetar um alarme memorizado
fechando o contato da entrada digital, é possível congelar tecla Consumo aproximado VA 10
HOLd o alarme estará ativo quando, em condições de saída ASi Possibilita silenciar um alarme ativo
a indicação do display J (-160 a +1000 °C / -256 a +1832 °F)
HbF Função do HB lREG ativa, a corrente medida na saída TAHB for inferior CHSP Possibilita selecionar um dos 4 Set Point memorizados.
Função da fechando o contato da entrada digital, é possível passar do K (-270 a +1370 °C / -454 a +2498 °F)
DIF entrada OFF 3 ao valor programado no parâmetro IHbL ou quando, em REG
Possibilita passar o controle de automático (REG
REG) para
modo de controle automático (REG REG
REG) ao de controle desativado OFF S (-50 a +1760 °C / -58 a +3200 °F)
condições da saída lREG não ativa, a corrente medida for OFF
desativado (OFF
OFF) e vice-versa
digital OFF
(OFF
OFF) e vice-versa B (72 a +1820 °C / 162 a +3308 °F)
com pulsos de no mínimo 1 segundo na entrada digital, é
superior ao valor programado no parâmetro IHbH (ou OFF Display apagado
CHSP os dois casos precedentes). E (-150 a +750 °C / -252 a +1382 °F)
possível selecionar um dos 4 Set Point memorizados Pou Potência de controle
Variável termopares L (-150 a +900 °C / -252 a +1652 °F)
fechando o contato da entrada digital, é selecionado como ativo o alarme estará ativo quando a corrente medida na en- SP.F Set Point ativo
trada TAHB for inferior ao valor programado no parâ- visualizada N (-270 a +1300 °C / -454 a +2372 °F)
SP1.2 o Set Point 2, e abrindo o contato da entrada digital, é seleciona-
diSP no display SP.o Set Point operativo quando existem rampas ativas R (-50 a +1760 °C / -58 a +3200 °F)
do como ativo o Set Point 1. Está função é valida quando nSP = 2 4 metro lHbL ou quando a corrente medida for superior
AL1 Valor do alarme 1 Entradas T (-270 a +400 °C / -454 a +752 °F)
fechando o contato da entrada digital, é selecionado como ati-
ao valor programado no parâmetro lHbH Independen- SV
temente do estado da saída 1REG
1REG. AL2 Valor do alarme 2 C ( 0 a +2320 °C / 32 a +4208 °F)
vo o Set Point 2 com lógica direta (resfriamento), e abrindo o
HE.Co IHbL Valor inferior do alarme de HB c/ a saída lREG ativada 0.0 a IFS AL3 Valor do alarme 3 sensores infravermelhos com
contato da entrada digital, é selecionado como ativo o Set Point linearização J ou K
1 com lógica reversa (aquecimento). Está função é valida quando nSP = 2 IHbH Valor superior do alarme HB c/ a saída lREG desativada IHbL a IFS HbA Corrente medida pela entrada TAHB
sinais analógicos (0 a 50 ; 0 a 60 ; 12 a 60 mV)
O Set Point ativo pode ser modificado, enquanto os valores de
Obs.: é possível habilitar mais de um alarme em uma mesma saída (ex.: SE alarme não podem sinais normalizados (0/4 a 20 mA ; 0/1 a 5 V ; 0/2 a 10 V)
Sub menu das SAÍDAS yO1 yO2 yO3 yO4 Edição do
LbA + Hb + AL1 ). O Set Point ativo não pode ser modificado, enquanto termoresistência Pt100 (-200 a +850 °C / -328 a +1562 °F)
O1F Função da saída 1 1.REG = Saída de controle primária Edit Set Point AE os valores de alarme podem. ou PTC (-55 a +150 °C / -67 a +302 °F)
O2F Função da saída 2 2.REG = Saída de controle secundária ativo e
ALno = Saída de alarme normalmente aberta alarmes SAE O Set Point ativo e os valores de alarme podem ser modificados termistores NTC (-50 a +110 °C / -58 a +230 °F)
O3F Função da saída 3 ALnc = Saída de alarme normalmente fechada Sub menu do CONTROLE yREG amperímetro (50 mA no máximo)
SAnE O Set Point ativo e os valores de alarme não podem ser modificados.
O4F Função da saída 4 OFF = Saída desativada Pid ação simples (aquecimento) ou ação dupla digital entrada digital com varias funções
(aquecimento/resfriamento)
Ao
AoRR 1 Inicio da escala da saída analógica 1 0 = (0 mA) Sub menu da COMUNICAÇÃO SERIAL ySER Impedância de entrada 0/4 a 20 mA (51 ohms)
On.FA ON/OFF com histerese assimétrica
Ao
AoRR 2 Inicio da escala da saída analógica 2 N0_0 = (4 mA) Add Endereço de cada unidade 0 a 255 do sinal normalizado 0/2 a 10 V (1 Mohms)
Cont Tipo de controle On.FS ON/OFF com histerese simétrica
1.REG = Saída de controle primária baud Baud rate da porta serial 1200 / 2400 / 9600 / 19.2 / 38.4 1 ou 0.1 (para sensores de temperatura)
Função da saída nR ON/OFF a zona neutra (aquecimento/ Resolução graus
Ao1F analógica 1 2.REG = Saída de controle secundária Acesso da programação LoCL programável pelo teclado 1 ; 0,1 ; 0,01 ; 0,001 (para sinais
resfriamento) analógicos e normalizados)
R.inP = Retransmissão da medida PACS pela porta serial
LoRE programável pelo teclado ou linha serial
R.ERR = Retransmissão do erro (SP - PV) 3 Pt controle PID para acionamento de válvula Precisão de indicação % ± 0,15 do fundo de escala da faixa
R.SP = Retransmissão do Set Point ativo motorizada a 23 °C disponível ao sensor ±1 dígito
Ao2F Função da saída R.SER = Saída controlada através da porta serial do instrumento Lógica da saída de HEAt saída com lógica reversa (aquecimento) Desvio máx. fundo esc. ppm/°C 130
analógica 2 OFF = Saída desativada Func 5 - INDICAÇÕES DE ERRO
controle CooL saída com lógica direta (resfriamento) Desvio máx. início esc. µ V/°C 1
Ao1L Limite mínimo da saída analógica 1 -1999 a Ao1H Histerese do controle ON/OFF (cont. ON/OFF) ou tem-
HSEt 0 a 9999 até 4 saídas (relé SPST 5A@250 Vca ou
Ao2L Limite mínimo da saída analógica 2 -1999 a Ao2H peratura limite para finalizar o Soft-Start (cont. PID) Erro Motivo Ação saídas tensão para acionamento de
Ao1H Limite máximo da saída analógica 1 Ao1L a 9999 ---- Interrupção do sensor chave estática 14 Vcc/20 mA) ou
OFF Auto-tune desabilitado Saídas 2 saídas analógicas (0/4 a 20 mA)
Ao2H Limite máximo da saída analógica 2 Ao2L a 9999 o Auto-tune será ativado sempre que o instrumento for uuuu Variável medida abaixo dos limites Verificar a correta conexão do alimentação auxiliar 12 Vcc/20 mA
1
ligado e o valor do processo for inferior a 50% do Set Point do sensor (underrange) sensor com o instrumento e se o PID ou ON-OFF (ação simples ou dupla)
Sub menu dos ALARMES yAL1 yAL2 yAL3 para Func = HEAt ou superior a 50% do Set Point para
Variável medida acima dos limites do mesmo funciona perfeitamente. Controle lógica ou PID para acionamento de válvula
Func = CooL
CooL. oooo motorizada
OuT1 / OuT2 / OuT3 / sensor (overrange)
OAL_ Saída correspondente ao sinal de alarme o Auto-tune será ativado automaticamente. O valor do elétrica 100.000 operações (com carga máxima)
OuT4 / OFF Auto-tune não exeqüível porque o Colocar o instrumento em controle Vida útil dos relés
processo deve ser inferior a 50% do Set Point para Func = HEAt mecânica 1.000.000 operações
LoAb absoluto de mínima 2 ou superior a 50% do Set Point para Func = CooL CooL. Uma valor de processo é menor (resfriamen- OFF
desativado (OFF
OFF) e sucessivamente
HiAb absoluto de máxima REG Tempo de amostragem ms 130
vez terminada a sintonização, automaticamente o instru- ERAt to) ou maior (aquecimento) que 50 % em controle automático (REG REG)
Display 2 c/ 4 dígitos cada e 7 mm de altura
LHAb absoluto de janela mento passará o parâmetro Auto = OFF OFF. do Set Point ou a função Soft Start para fazer desaparecer o erro.
AL_t Tipo de alarme operação 0 a +55 °C
LodE relativo de mínima está ativa Tentar repetir o Auto-tune após
Auto Habilitação do o Auto-tune será ativado manualmente, através da seleção
verificar a causa do erro.
Temperatura armazenamento - 10 a +60 °C
HidE relativo de máxima auto-tune “tunE” no menu principal ou através da tecla programa
LHdE relativo de janela da anteriormente (“US US
USR Rb ” = tunE
tunE). Neste caso, o Auto-tune Tentar repetir o Auto-tune após Umidade relativa do ar % 30 a 95 (sem condensação)
0 comportamento normal 3
será iniciado sem que seja verificada alguma condição de noAt Auto-tune não finalizado após 12 h verificar o funcionamento do Conexões elétricas terminais com parafusos 2,5 mm2
valor de processo. Recomenda-se utilizar esta opção ativando sensor e da carga. Caixa plástica “plug-in” policarbonato V0 (auto-extinguível)
1 não ativo na energização o Auto-tune quando o valor de processo estiver o mais afastado
2 com retardo Interrupção da malha de controle Recolocar o instrumento no modo Grau de proteção frontal IP54 com guarnição
possível do Set Point, sendo preferível respeitar esta con-
3 não ativo na energização, com retardo dição para melhor execução do Auto-tune FAST. LbA (Alarme de controle aberto - REG
de controle (REG
REG) após verificar o Peso aproximado gramas 190
4 com memória o Auto-tune será ativado automaticamente ao final do
Loop Break) funcionamento do sensor e da Dimensões mm 48 x 48 padrão DIN profundidade 98
ciclo de Soft-Start e estando com um valor de processo carga. encaixe em painel em abertura de
5 não ativo na energização, com memória Instalação 45,5 x 45,5 mm
6 com retardo e memória 4 menor que 80% do SP. Se ao final do tempo de Soft-Start EREP Possível anomalia na memória EEPROM Pressionar a tecla .
Configuração do a temperatura do processo for maior que 80% do SP, o Grau de poluição 2
Ab_ 7 não ativo na energização, c/ retardo e memória.
Categ. de instalação II
funcionamento do alarme 8 instrumento não executará o Auto-tune. Em condições de erro de medida, o instrumento fornecerá na saída
com inibição
SELF Habilitação do Self-tune no / YES OPE Prot. contra choques elétr. frontal em classe II
9 não ativo na energização, com inibição a potência programada no parâmetro “OPEOPE” e ativará os alarmes
Pb Banda proporcional 0 a 9999 (°C/°F) Tipo de interface serial RS 485 isolada
10 com inibição e retardo AL_i
AL_i” estiverem programados = YES
desejados se os parâmetros “AL_i YES.
Int Tempo de integral 0FF a 9999 (segundo) Protoc. de comunic. MODEBUS RTU (JBUS)
11 não ativo na energiz. c/ inibição e retardo
dER Tempo de derivada 0FF a 9999 (segundo) Velocidade de trans- baud 1200 a 38400
12 com inibição e memória 6 - DIMENSÕES (mm) missão serial
13 não ativo na energiz. c/ inibição e memória
FuOc Fuzzy overshoot control 0.00 a 2.00
14 com retardo, inibição e memória tcR1 Tempo de ciclo da saída 1.REG 0.1 a 130.0 (segundo)
15 não ativo na energiz. c/retardo,inibição e memória PRAt Relação de potência entre 2.REG 1.REG
2.REG/1.REG 0.01 a 99.99 9 - ESQUEMA ELÉTRICO
AL_ Valor do alarme AL_L a AL_H tcR2 Tempo de ciclo da saída 2.REG 0.1 a 130.0 (segundo)
AL_t = LHAb
Valor inf. do alarme de janela quando (AL_t LHdE
LHAb/LHdE
LHdE) RS Reset manual -100 a 100 (%)
AL_L -l 999 a AL_H
AL_t = LoAb
Valor mín. selec. quando (AL_t HiAb
LoAb/HiAb LodE
HiAb/LodE HidE
LodE/HidE
HidE) tco
tcoRR Tempo de curso do acionamento 4 a 1000 (segundo)
AL_t = LHAb
Valor sup. do alarme de janela quando(AL_t LHdE
LHAb/LHdE
LHdE) SH
SH--I Valor mínimo de controle 0 a 10.0 (%)
AL_H AL_L a 9999
AL_t = LoAb
Valor mín. selec. quando (AL_t HiAb
LoAb/HiAb LodE
HiAb/LodE HidE
LodE/HidE
HidE) no (posição atual)
Posicionamento da válvula na
HAL_ Histerese do alarme OFF a 9999 PoSI energização do instrumento oPEn (máxima abertura)
AL_d Retardo na ativação do alarme OFF a 9999 (s) cLoS (máximo fechamento)
AL_i Ativação do alarme em caso de erro de medida no / YES SLoR Velocidade da primeira rampa 0.00 a 99.99 InF (unid/min)
99.99/InF
Du
DuRRt Tempo de duração do patamar 0.00 a 99.59
99.59/InF (h. min)
Sub menu do ALARME DE LOOP BREAK yLbA SLoF Velocidade da segunda rampa 0.00 a 99.99
99.99/InF (unid/min)
OuT1 Ro1.L Potência mínima na saída 1.REG 0 a R o1.H (%)
OuT2 R o1.H Potência máxima na saída 1.REG R o1L a 100 (%)
OLbA Saída correspondente ao sinal do alarme LbA OuT3 Ro2.L Potência mínima na saída 2.REG 0 a R o2.H (%)
OuT4 R o2.H Potência máxima na saída 2.REG R o2L a 100 (%) 10 - INFORMAÇÕES PARA PEDIDO
OFF
th R1 Limite de potência ao qual a saída -100 a 100 (%) Figura 2
LbAt Temporização do alarme LbA OFF a 9999 (s) thR
1REG começa a operar
Limite de potência ao qual a saída
Sub menu do ALARME DE QUEIMA DE RESISTÊNCIA yHb th
thRR2 -100 a 100 (%)
2REG começa a operar 7 - MODELOS DISPONÍVEIS
OuT1
Velocidade de variação da potência
OuT2 OPS1 1 a 50 / InF (%/segundo)
na saída 1REG
OHb Saída correspondente ao sinal de alarme Hb OuT3 HW4300/L-4Q 100 a 240 Vca HW4300/S-4Q 100 a 240 Vca
Velocidade de variação da potência
OuT4 OPS2 1 a 50 / InF (%/segundo)
na saída 2REG HW4300/L-3QCSI 100 a 240 Vca HW4300/L-3CSI 24 Vca/Vcc
OFF
St.P Potência do Soft-Start -100 a 100 (%)
IFS Limite superior da escala de corrente 0.0 a 100.0 HW4300/2L-3CSI 100 a 240 Vca HW4300/2L-3CSI 24 Vca/Vcc
SS.t Tempo do Soft-Start OFF 0.01 a 7.59 (h.min)
OFF/0.01
continua
2/4 3/4
11 - MAPA DE CONFIGURAÇÃO 3.2 - MENU PRINCIPAL DE SELEÇÃO E PROGRAMAÇÃO DOS
PARÂMETROS
O menu principal de seleção é acessado pressionando-se a tecla
por 3 segundos. Através das teclas ou percorrem-se as opções:
B14 4203 167 OPE
OPERR Permite o acesso ao menu dos parâmetros de operação.
Rev. 2 10/08
ConF Permite o acesso ao menu dos parâmetros de configuração.
OFF Permite colocar o controlador no modo de controle OFF (controle desligado).
REG Permite colocar o controlador no modo de controle automático.
tunE Permite ativar a função de Auto-tune ou Self-tune.
OPLO Permite colocar o controlador no modo de controle manual e, portanto,
programar o valor da potência de controle % que irá operar na saída
I.REG através das teclas e .
Uma vez selecionado o menu desejado, pressionar a tecla para confirmar.
CONTROLADOR ELETRÔNICO DIGITAL As seleções OPER e ConF acessam submenus que possuem outros
parâmetros:
MICROPROCESSADO OPER - Menu de parâmetros de operação: normalmente contém os
modelo HW4300 parâmetros de programação dos Set Point, mas pode conter
Manual de Instalação todos os parâmetros desejados (ver nota no Mapa de Configuração).
ConF - Menu de parâmetros de configuração: contém todos os
parâmetros de operação e de configuração (configuração de
Manual de Instruções completo disponível no site: alarmes, controles, entradas, saídas, etc.).
www.coel.com.br/pdf/m_hw4300_r1.pdf Obs.: No Mapa de Configuração (página 4) são mostrados todos os
parâmetros disponíveis.

1 - INSTALAÇÃO NO PAINEL 4 - PARÂMETROS

A COEL reserva-se no direito de alterar quaisquer dados deste impresso sem prévio aviso
1.1 - INSTALAÇÃO INICIAL Sub menu do SET POINT ySP
nSP Número de Set Point programáveis la4
1. Fazer uma abertura no painel com as medidas indicadas na figura 2. SPAt Set Point ativo l a nSP
2. Inserir o instrumento nesta abertura e fixar com a presilha de fixação SP1 Set Point 1 SPLL a SPHL
fornecida. SP2 Set Point 2 SPLL a SPHL
3. Evitar colocar a parte interna do instrumento em locais sujeitos à SP3 Set Point 3 SPLL a SPHL
alta umidade e sujeira que possam provocar condensação ou SP4 Set Point 4 SPLL a SPHL
penetração de partículas e substâncias condutoras. SPLL Set Point mínimo -1999 a SPHL
4. Assegurar que o instrumento tenha uma ventilação apropriada e SPHL Set Point máximo SPLL a 9999
evitar a instalação em painéis que contenham dispositivos que possam
levá-lo a funcionar fora dos limites de temperatura especificados. Sub menu da ENTRADA yInP
tc Termopar
5. Instalar o instrumento o mais distante possível de fontes que possam
Rtd Termoresistência/Termistores
gerar distúrbios eletromagnéticos como: motores, contadores, relés, HCFG Tipo de sinal de entrada I Transdutor com sinal normalizado
eletroválvulas, etc. UoLt Tensão
O instrumento é plug-in, portanto pode ser removido de sua caixa pela parte SER Sinal proveniente da linha serial
frontal. Ao efetuar esta operação, é recomendável desenergizar o instrumento. Termopar J J /IR.J -160 a 1000 °C / -160.0 a 999.9 °C
Termopar K CRAl lR.CA -270 a 1370 °C / -199.9 a 999.9 °C
CRAl/lR.CA
2 - FUNÇÕES DO FRONTAL Termopar S S -50 a 1760 °C / -50.0 a 999.9 °C
Termopar B b +72 a 1820 °C / +72.0 a 999.9 °C
1 - Tecla : utilizada para acessar a Termopar E E -150 a 750 °C / -150.0 a 999.9 °C
HW4300
programação dos parâmetros de tc
Out
Termopar L L -150 a 900 °C / -150.0 a 900.0 °C
funcionamento e para confirmar 1
Out Termopar N n -270 a 1300 °C/ -199.9 a 999.9 °C
PV
2
a seleção. AT-ST
Out
3 Termopar R R -50 a 1760 °C / -50.0 a 999.9 °C
2 - Tecla : utilizada para decre- SV
Out
4 Termopar T t -270 a 400 °C / -199.9 a 400.0 °C
SET
mento dos valores a serem progra- Tipo de Termopar C C 0 a 2320 °C / 0.0 a 999.9 °C
mados e para selecionar os parâ- SEnS sensor PT100 (IEC) Pt1 -200 a 850 °C / -99.9 a 850.0 °C
metros. Sendo mantida pressio- da Rtd PTC (KTY81-121) Ptc -55 a 150 °C / -55. a 150.0 °C
nada dentro do modo de progra- Figura 1 entrada NTC (103-AT2) ntc -50 a 110 °C / -50.0 a 110.0 °C
mação, permite passar ao nível de programação anterior até sair do 0 a 50 mV 0.50
modo de programação. Quando não está em modo de programação, 0 a 60 mV 0.60 -1999 a 9999 °C
permite a visualização da corrente medida na entrada TAHB no display SV. 12 a 60 mV 12.60
3 - Tecla : utilizada para incremento dos valores a serem programados e UoLt 0 a 5 V 0.5 -199.9 a 999.9 °C
para selecionar os parâmetros. Sendo mantida pressionada dentro do 1a5V 1.5
modo de programação, permite passar ao nível de programação anterior 0 a 10 V 0.10 -19.99 a 99.99 °C
até sair do modo de programação. Quando não está em modo de 2 a 10 V 2.10
programação, permite a visualização da potência da saída no display SV. 0 a 20 mA 0.20 -1.999 a 9.999 °C
I
4 - Tecla : tecla de funcionamento programável através do parâmetro. 4 a 20 mA 4.20
USRb
“USRb
USRb”. Pode ser configurada para: ativar a função Auto-tune ou REFL Coeficiente de reflexão para sensores infravermelhos 0.10 a 1.00
Self-tune, colocar o instrumento em controle manual, silenciar o SSC Limite inferior da escala p/ entrada de sinal UoLt
UoLt/I I -l999 a FSC
alarme, mudar o Set Point ativo e desativar o controle. FSC Limite superior da escala p/ entrada de sinal UoLt
UoLt/I I SSC a 9999
5 - LED OUT1: indica o estado da saída OUT1 tc Rtd
tc/Rtd 0 = 1 °C / F
1 = 0.1 °C / F
6 - LED OUT2: indica o estado da saída OUT2
0=1
7 - LED OUT3: indica o estado da saída OUT3 dP Ponto decimal
UoLt / I / SER 1 = 0.1
8 - LED OUT4: indica o estado da saída OUT4
2 = 0.01
9 - Display SV: indica normalmente o valor do Set Point ativo, pode ser
3 = 0.001
diSP
configurado através do parâmetro “diSP
diSP” para mostrar outras variáveis.
Unit Unidade de medida da C
°C
10 -LED AT/ST: aceso, indica a função Self-tune ativa; piscando, indica tc / Rtd
temperatura F
°F
a função Auto-tune ativa. FiL Filtro digital de entrada OFF a 20.0 (s)
11 - Display PV: indica normalmente o valor de processo. OFSt Offset da medida -l 999 a 9999
12 - LED SET: piscando, indica a entrada no modo de programação. Rot Rotação da reta de medida 0.000 a 2.000
COELMATIC Ltda. Condição de erro que leva o instru- OR overrange ou ruptura do sensor
FÁBRICA: Avenida dos Oitis, 505 - Distrito Industrial - Manaus - AM - Brasil - CEP 69075-000 3 - PROGRAMAÇÃO InE mento a fornecer na saída a potên- UR underrange ou ruptura do sensor
59.001.007

Vendas/Administração: Rua Clélia, 1810 - São Paulo - SP - Brasil - Cep 05042-001 - Fone Fax: (011) 2066-3211 cia programada no parâmetro OPE OuR overrange, underrange, ou ruptura do sensor
Assist. Técn./Exped.: Rua Clélia, 1810 - Cep 05042-001 - São Paulo - SP - Brasil - Fone: (011) 2066-3211 3.1 - PROGRAMAÇÃO DO SET POINT
OPE Potência da saída no caso de erro de medida -100 a 100 %
Representantes e distribuidores em todo o Brasil e América Latina. Pressionar a tecla , o display indicará “SPn n = Set Point ativo) e o
SPn” (n
SPn
info@coel.com.br www.coel.com.br (Continua na próxima página)
valor programado, que pode ser modificado através das teclas e .
4/4 1/4

Você também pode gostar