Você está na página 1de 210

eOftVJt

SOCi
n,,» preparamos
que n '^°"t®údos
para exclusivos
você no nosso portal
efetuar odownload do livro digital
oa coleção que adota, acesse
www.moderna.com.br/ac/livroportal
®siga as instruções.
CODICO DE ACESSO:

P
SOCIEDADE EM MOVIMENTO 7
CIÊNCIAS SOCIAIS

Eduardo Guimarães ütair Fernandes de Oliveira


Afrânio Silva
Doutor em Saúde Coletiva (Ciências Humanas e Doutor em Ciências Sociais pela Universidade
Mestre em Ciência Política pela Universidade Fede
Saúde) pela Universidade do estado do Rio de Ja do estado do Rio de Janeiro. Professor da Uni
ral do Rio de Janeiro. Professor deSociologia do Co
neiro. Bacharel e licenciado em Ciências Sociais versidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Coor
légio Pedro IIeda Seeduc. Pesquisador do Ibam.
pela Universidade do estado do Rio de Janeiro. denador do Leafro.

Bruno Campos Professor de Sociologia do ColégioPedro II.


Raphael M. C. Corrêa
Bacharel e licenciado em Ciências Sociais pela Uni Fátima Ferreira Doutor em Ciência Política pela Universidade do
versidade Federal do Rio de Janeiro, Professor pós- Doutora em Educação pela Universidade Estácio estado do Rio de Janeiro. Mestre em Planejamen
-graduado de Sociologia das redes pública epriva de Sá, Mestre em Ciências Sociais (Sociologia) toUrbano eRegional pela Universidade Federal do
da do estado do Rio de Janeiro.
pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Ba Rio de Janeiro, Bacharel e licenciado em Ciências
Bruno Loureiro
charel e licenciada em Ciências Sociais pela Uni Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janei
versidade do estado do Rio de Janeiro. Professo ro, Professor deSociologia do Colégio Pedro II.
Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade ra de Sociologia do Colégio Pedro II.
Federal do Rio de Janeiro. Professor de Sociolo Rodrigo Paín
gia das redes pública eprivada do estado do Rio Lier Pires Ferreira Doutor em Ciências pelo Curso de Pós-Gradua-
de Janeiro,
Doutor em Direito pela Universidade do estado ção em Desenvolvimento, Agricultura e Socie
Cassia Miranda
do Rio de Janeiro, Mestre em Relações Inter dade (Estudos Internacionais Comparados) pela
nacionais pela Pontifícia Universidade Católica Universidade Federal Rural do Rio deJaneiro. Pro
Mestre em Filosofia pela Pontifícia Universidade do Rio de Janeiro. Bacharel em Direito pela fessor da rede pública do estado do Rio de Janeiro,
Católica do Rio de Janeiro. Bacharel elicenciada Universidade Federal Fluminense. Bacharel e
em Ciências Sociais pela Universidade Federal do licenciado em Ciências Sociais pela Universi Rogério Lima
Rio de Janeiro. Professora de Sociologia da rede dade Federal Fluminense. Professor de Socio Doutor em Ciências Humanas (Sociologia) pela
pública do estado do Rio de Janeiro. logia do Colégio Pedro II. Professor do luperj e Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professor
do Ibmec/RJ. de Sociologia do Colégio Pedro II,
Clarissa Tagliari Santos
Mestre em Sociologia (Antropologia) pela Univer Marcelo Costa Vinícius Mayo Pires
sidade Federal do Rio de Janeiro. Bacharel elicen Mestre em Sociologia (Antropologia) pela Uni Mestre em Sociologia (Antropologia) pela Uni
ciada em Ciências Sociais pela Universidade Fede versidade Federal do Rio de Janeiro. Professor versidade Federal do Rio de Janeiro, Professor
ral do Rio de Janeiro. Professora de Sociologia do de Sociologia do Colégio Pedro II e da Faetec. deSociologia do Colégio Pedro II.
Colégio PedroII,

ivro do

1- edição
§ rofessor
Venda proibida

^MODERNA
© 2014 Afrânio Silva, Bruno Campos. Bruno Loureiro. Cassia Miranda.
ClarissaTagliari Santos. Eduardo Guimarães, Fátima Ferreira, Liar Pires Ferreira,
Marcelo Costa. Otair Fernandes de Oliveira, Raphael M. C. Corrêa,
Rodrigo Pain, Rogério Lima. Vinicius Mayo Pires

MODERNA

Coordenação editorial: Cesar Brumini Deliore


Edição de texto; Siomara Spinola
Coordenação de design e projetos visuais: Sandra Botelho de Carvalho Homma
Projeto gráfico: Daniel Messias. Everson de Paula. Rafael Mazzari
Capa: Criação: Sandra Botelho de Carvalho Homma
Produção e direção de arte: Everson de Paula
Finalização: Otávio dos Santos
Foto: Desfile de bonecos gigantes no carnaval de Olinda (PE. 2005),
© Hans von Manteuffel/Opçéo Brasil Imagens
Coordenação de produção gráfica: André Monteiro, Maria de Lourdes Rodrigues
Coordenação de arte: Maria Lúcia F Couto. PatriciaCosta, Wilson Gazzoni Agostinho
Edição de arte: Alan Dainovskas Dourado
Editoração eletrônica: Grapho Editoração
Edição de infografia: WilliamTaciro. MauroCésar Brosso. Alexandre Santana de Paula
Ilustrações: Alexandre Affonso, Eduardo Francisco. GuilhermeCasagrandi.
Klayton Luz, Ronaldo Barata
Cartografia: Anderson de Andrade Pimentel. Fernando José Ferreira,
Guilherme Luciano
Coordenação de revisão: Elaine C. dei Nero
Revisão: Cánta Negromonte, Laila D, Santocchi, Márcia Leme, Renatoda Rocha,
Salete Brentan.Tatiana Malheiro. Viviane! Mendes
Coordenação de pesquisa iconográfíca: Luciano Baneza Gabarron
Pesquisa iconográfica: Camila DAngelo. Etoile Shaw. Odete Ernestina Pereira
Coordenação de bureaw. Américo Jesus
Tratamento de imagens:Arieth Rodrigues, Bureau São Paulo, Marina M, Buzzinaro.
Resolução Artee Imagem
Pré-impressão: Alexandre Petreca. Everton L.de Oliveira Silva, Fábio N, Precendo,
Hélio P de Souza Filho, Mareio H. Kamoto, Rubens M. Rodrigues, Vitória Sousa
Coordenação de produção industrial: Wilson Aparecido Troque
impressão e acabamento: EGB-Editora Gráfica Bernardi Ltda.

f
Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
(Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)

Sociedade em movimento, - ! ed. - São Paulo :


Moderna, 2014.

Obra em 4 v. para alunos do 6° ao 9=ano.


Vários autores.
Bibliografia

1, Ciências sociais (Ensino fundamental).

14-03676 CDD-372

índicespara catálogo sistemático:


1, Ciências sociais : Ensino fundamental 372

ISBN 978-85-16-09441-6 (LA)


ISBN 978-85-16-0g442-3(LP)

Reprodução proibida. An tSddoCódigo Penal e Lei 9,610 de 19de ievereiro de 1998


Todos os direitos reservados
EDITORA MODERNALTDA,
Rua PadreAdelirio, 758- Belenzinho
SãoPaulo - SP- Brasil - CEP 03303-904
Vendas e Atendimento Tel 10.. _11) 2602-5510
Fax (0__11| 2790-1501
www.moderna.com br
2014
Impresso no Brasil

13579 io 8 6 4 2
rezado aluno,
Na escola, você aprende a exercitar seu direito à diferença, ao
mesmo tempo que toma contato com os mais variados aspectos
da nossa sociedade e da nossa cultura. Este livro tem o objetivo
de contribuir para a compreensão das sociedades e das cultu
ras para além do senso comum, pois é apenas ao compreender
como seformam os valores que orientam a ação dos indivíduos
nas diferentes sociedades que nos tornamos capazes de desen
volver uma visão crítica do mundo e nos posicionar de forma
autônoma e criativa.
As Ciências Sociais vão ajudá-lo a entender como a nossa
sociedade se constrói sobre identidades plurais. O enten
dimento das diferenças culturais, livre de preconceitos, é
fundamental para a construção de uma sociedade justa e
igualitária. Compreender as causas das questões sociais
é oprimeiro passo para a criação de um mundo diferente.
Esperamos que os debates promovidos ao longo deste
livro ajudem-no a rever antigas idéias e formular novas
questões sobre a realidade social. Esse novo olhar para
o mundo passará a fazer parte do seu dia a dia.

Desejamos a você um ótimo estudo!

Os autores
ORGANIZACAO DO LIVRO

Seu livro está organizado em


9 unidades, que apresentam a
seguinte estrutura: abertura,
capítulos, seções ü estranho
familiar, Visões de mundo
e Direito é direito, mais
Atividades e Indicações.

ABERTURA DE UNIDADE
Um pequeno texto apresenta o
assunto que será desenvolvido
na unidade.

As questões propostas em
Começando a unidade
relacionam os elementos
da abertura da unidade
com o que você já sabe
sobre o assunto.

Os objetivos da unidade
listam as habilidades que
você vai adquirir após o
estudo dos conteúdos nela
apresentados.

f Milíncufturalmo e
tra/isformaçâo cultural

CAPÍTULOS
No glossário você encontra
Cada unidade é composta explicações sobre as
de dois capítulos, que palavras destacadas no
desenvolvem os conteúdos texto.
de modo claro e organizado,
integrando texto e imagens.
Ilustrações, fotos, charges,
gráficos e outros elementos
visuais exemplificam
e complementam os
conteúdos desenvolvidos
na unidade.

O ESTRANHO FAMILIAR
Aseção apresenta fatos
sociológicos ocorridos em
diferentes sociedades e
momentos históricos que
se contrapõem à nossa
realidade, provocando certo
estranhamento. As atividades
valorizam a cultura da
diversidade e da tolerância.
Explorando o cotidiano
Propostas de pesquisa
que estimulam
ATIVIDADES a construção do
Revisão e compreensão conhecimento a partir
da sua realidade.
Atividades de releitura
e fixação dos principais
conteúdos da unidade.
O que pensamos sobre
Temas para discussão
em forma de debates ou
Interpretação e prática seminários que estimulam
Questões de interpretação a reflexão crítica, a
e aplicação de conceitos das elaboração de argumentos
Ciências Sociais estudados e a exposição de seus
conhecimentos.
na unidade, com apoio de
textos complementares e
elementos visuais.
Obter informações
Questões de releitura e
VISÕES DE MUNDO fixação das principais idéias
apresentadas no texto.
Textos citados com
pequena introdução
contextualizadora
estimulam a leitura e a Interpretar
compreensão de texto. Questões para você
relacionar, interpretar e
avaliar as informações
contidas no texto.

Refletir
Sugestões de reflexão,
pesquisa ou elaboração
artística relacionam
o texto da seção ao
conteúdo da unidade.
DIREITO E DIREITO
Aseção trata do
conjunto de normas e m
direitos presentes na INDICAÇÕES
sociedade para você Sugestões de leituras,
desenvolver uma
vídeos e sites comentadas
postura cidadã crítica. complementam o conteúdo
da unidade.

fniMir • dMt «n «Mhm:


iRsfik •mtnUtOMi mUiM.
Eh Multimídia interativa
INTERAÇÃO Hip-hop
Atividade de encerramento
do volume, com orientações T
de realização, que
desenvolve as capacidades
de avaliação, criação e
proposição, preparando
Conteúdo digital
você para um papel de
protagonista na sociedade Indica vídeos, animações e
em que vive, outros recursos no livro digital.
SUMARIO
J

UNIDADE 1 Os significados de cultura 10

CAPÍTULO 1- Aprodução da cultura . 12


• Os usos do termo cultura no cotidiano, 12
• O estranho familiar - Raio-X do cidadão norte-americano 15
B 0 significado de cultura para as Ciências Sociais, 16 - A cultura
como prática: cultura popular e cultura erudita, 18

CAPÍTULO 2 - Cultura e interpretação do mundo social 20


• Afunção da cultura nas sociedades humanas, 20 - A cultura
como experiência cotidiana, 21 - Acultura como elemento
de organização social, 22 - Acultura e a decodificação do
mundo, 23 - A cultura e os sistemas simbólicos, 24 - Afinal,
qual é o papel da cultura nas sociedades humanas?, 25
• Atividades 26
• Visões de mundo - A cultura condiciona nossa visão de mundo 28
• Direito é direito - Patrimônio imaterial da cultura brasileira 30
• Indicações 31

UNIDADE 2 Identidades sociais 32

CAPÍTULO 3 - Identidade e alteridade 34


• Aconstrução da identidade, 34 - Identidade e cultura, 35 - Interação
social e a construção da identidade, 35 - Identidade e a descoberta
da alteridade, 36
• O estranho familiar - Coréia do Sul lidera cirurgias para
"ocidentalizar" traços do rosto 39

CAPÍTULO 4 - Estereótipo, preconceito e discriminação 40


• Identidade e valor, 40 - Discriminação e segregação, 43 - Existe
preconceito e discriminação no Brasil?, 44
• Atividades 46
• Visões de mundo - Identidade 48
• Direito é direito - Leis e discriminação: avanços e desafios 50
• Indicações 51
UNIDADE 3 Encontros culturais 52

CAPÍTULO 5 - Etnocentrismo, diversidade e


relativísmo cultural 54
3 Oque é a cultura?, 54 - Abiologia, a geografia e a cultura, 54 - Ageografia
determina a cultura?, 54 - Abiologia determina a cultura?, 56-0
etnocentrismo, 57-0 relativismo cultural, 59
• O estranho familiar - "Pés de lótus" 61

CAPÍTULO 6 - Multiculturalismo e transformação


cultural 62
• A dinâmica cultural, 62

• Atividades 66
• Visões de mundo - Beijos e abraços 68
• Direito é direito - Conhecimentos tradicionais e proteção do
patrimônio cultural 70
• Indicações 71

UNIDADE 4 Culturas no Brasil 72

CAPÍTULO 7 - Formações culturais brasileiras 74


a Um país plural, 74
• Oestranho familiar - Feijoada: breve história de uma
Instituição comestível 79

CAPÍTULO 8 - Expressões culturais no Brasil 80


• Origens coloniais das expressões culturais, 80 - Exemplos de
expressões culturais brasileiras, 82
• Atividades 86
• Visões de mundo - Pra que discutir com Madame 88
• Direito é direito - A diversidade nos currículos escolares 90
• Indicações 91

UNIDADE 5 Estratificação e desigualdade social 92

mumotçAo
oesiBUALOAcrc
CAPÍTULO 9 - Estrutura social e a produção
soaRL
das desigualdades 94
a Estrutura social, 94 - Desigualdade real de oportunidades e condições, 97
• Oestranho familiar - Família avança no ritmo do
progresso do Brasil 99
CAPÍTULO 10 - Estratificação social: castas, estamentos
e classes 100
• Estratificação social e a produção das desigualdades, 100 - Formas de
estratificação social, 101
Atividades 104
Visões de mundo - Alagados 106
Direito é direito - Trabalho doméstico 108
Indicações 109

UNIDADE 6 Raça, etnia e desigualdade 110

CAPÍTULO 11 - Aidéia de raça e etnia 112


• Raças humanas: construção social, 112 - Etnia: combate ao racismo
e valorização da diversidade cultural, llò
• Oestranho familiar - Aprova do lápis, os "brancos de honra"
e outros absurdos do "apartheid" 117

CAPÍTULO 12 - Desigualdade étnico-racial no Brasil 118


• Desigualdades e relações raciais no Brasil, 118 - As cores da
desigualdade, 119 - Combate às desigualdades étnico-raciais: ações s
afirmativas, 121

• Atividades 124 •5;

• Visões de mundo - Pesquisa da UFSCar aponta desigualdade


racial na ação da PM 126
• Direito é direito - Ações afirmativas nas universidades públicas 128
• Indicações 129 I
.1

UNIDADE? Gênero e sexualidade 130

CAPÍTULO 13 - Sexualidade e gênero 132


• As noções de "sexo" e "gênero", 132 - Relações de gênero e a dominação
masculina, 133 - Identidade de gênero, 135
• Üestranho familiar - Meninos e meninas aprendem tarefas
domésticas na escola: aula obrigatória na Suécia 137

CAPÍTULO 14 - Desigualdades de gênero no Brasil 138


• Divisão desigual do trabalho doméstico, 138 - Mulheres no mercado de
trabalho, 140 - Mulheres na política, 141 - Vidas divididas, 142
• Atividades 144
• Visões de mundo - 0 feminismo: valeu a pena, sim! 146
• Direito é direito - Lei Maria da Penha 148
• Indicações 149
UNIDADES Economia e sociedade 150

CAPÍTULO 15 - Aprodução e distribuição da riqueza 152


• A produção da riqueza, 152 - Adistribuição da riqueza no mundo, 156
• O estranho familiar - Desigualdades sociais nos Estados Unidos:
como é o "sonho americano"? 157

CAPÍTULO 16 - Desigualdade econômica e pobreza


no Brasil 158
• Entendendo a pobreza, 158 - Adesigualdade econômica, 160
• Atividades 166
• Visões de mundo - Vidas secas 168
• Direito é direito - 0 Programa Bolsa Família 170
• Indicações 171

UNIDADE 9 Questões sociais nas cidades 172

CAPÍTULO 17 - Habitação, segregação e violência 174


• Para pensar a cidade, 174 - A cidade nas Ciências Sociais, 174 -
Segregação residencial, 176 - Violência na cidade, violência da cidade, 178
• O estranho familiar - Protesto de sem-teto atrai a classe
média francesa 179

CAPÍTULO 18-0 direito à cidade 180


• Aurbanização, 180 - Urbanização e capitalismo, 181 - Aluta pela
cidade, 182 - Oque fazer?, 183
• Atividades 184
• Visões de mundo - Apalavra é: gentrificação 186
• Direito é direito - Política urbana 188
• Indicações 189

InterAção - Projetar a cidade dos sonhos:


utopia, sustentabllldade e cidadania 190

Referências bibliográficos 192