Você está na página 1de 43

A Unção do Espírito Santo

1
A Unção do Espírito Santo

Projeto e concepção:

Ap. Júnior Leão

É proibida da reprodução parcial ou total sem a permissão escrita do autor, sujeito a


processo judicial.

Ministério Júnior Leão – Manifestando o Peso da Glória de Deus

www.espiritodosenhor.com

2
A Unção do Espírito Santo

Agradecimentos
Quero agradecer sempre e sempre ao Espírito Santo, que por Sua infinita bondade, tem refrigerado a
minha vida com Sua presença, e me bonificado com Sua preciosa unção.

Sem Ti Espírito Santo tudo se torna em ruínas, e mesmo que tudo esteja em ruínas, com a Tua
presença o local se torna em um paraíso. Obrigado, e a honra, força, domínio e poder seja ao nosso
precioso Jesus.

Agradeço a minha filha. Querida o papai é apaixonado por você e aprecia muito quando
juntos buscamos a Deus. Seja sempre desejosa pelas coisas do Espírito, pois você tem visto que é a
maior aventura se juntar a Ele.

Não quero negligenciar ninguém aqui, então, quero agradecer a todas as pessoas que nos apóiam,
(os que nos persegue também, sem vocês eu não teria me derramado mais e mais à comunhão com
Deus.) aos irmãos que nos seguem no twitter, estão conosco no facebook, que estão presentes no
site do Júnior Leão Ministries. Que o Senhor os abençoe poderosamente a todos, transformando a
sequidão em manancial para o louvor da Sua glória.

Prefácio
Quando senti o impulso de escrever este livro, minha real motivação não é apagar os que já
estão em bancas, anunciando o mesmo conteúdo.
Livros poderosos estão a nossa disposição tais como:

A Unção – Benny Hinn


Libere Sua Unção – T.D Jakes e etc.

Possivelmente teremos assuntos similares a esses manuscritos, estaremos abordando um


assunto que é essencial a igreja hoje e a cada cristão como um todo.
A igreja no Brasil, e fora, tem se movido grandemente, e isso alegra meu coração; assim
como Jesus ficou alegre quando os discípulos chegaram e contaram as maravilhas vistas, e então Ele
disse – e faço minhas essas palavras –:

Lucas 10:21 – Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos
sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos; sim, ó Pai, porque assim foi do teu agrado.

3
A Unção do Espírito Santo
Mas tem uma coisa muito importante, e este é o objetivo deste manuscrito, que você deve atentar.
Hoje temos uma grande massa de ministros sem unção, o que resulta em um evangelho sem poder.
Nunca que uma pessoa sem unção poderá demonstrar que o Reino de Deus é chegado.

Jesus, em Seu ministério terreno, sempre abordou a questão primordial de dar-se inteiramente ao
domínio do Espírito Santo. O Espírito Santo é a fonte da unção. A unção é muito fácil de adquirir, e
mais fácil ainda de se perder. Alerto ao leitor:

A unção é o poder de Deus, então, ao ser ungido tome cuidado.

Às futuras paginas que reservei neste livro a você te explicará melhor tudo o que em um
pequeno prefacio te fomentou.
Quer ter unção? Quer ser usado por Deus? Ok! Vamos adiante.

Espírito Santo e Apóstolo Júnior Leão

Capitulo 1
Padrões do Chamado
É notório que hoje os ministérios estão sendo comercializados. Não entendeu? Vou explicar
melhor.
Certa vez estava procurando algumas vertentes sobre apostolado. Impressionantemente fui levado a
um site que em suas palavras “servia a Deus no ministério de consagrar ministros”. Bom, curioso
que sou não resisti e vasculhei o site. Em uma aba do site estava escrito: CONSAGRAÇÃO.

Quando meus dedos me levaram aquela página, pude ver uma série de valores. Todo o
conteúdo daquela página estava voltado a funções ministeriais e suas consagrações.
Lá tinha consagração de apóstolo, profeta, evangelista, pastor, mestre, obreiro, bispo, em fim, só
faltou à consagração de “jumentinho de Balaão”.
4
A Unção do Espírito Santo
Todos esses “cargos” podiam ser arrematados por uma bagatela de aproximadamente 1, 000
reais. Qualquer um que depusesse de 1, 000 reais, poderia comprar o seu “chamado” e assim
ministrar com todas as “regalias” previstas em cada função.

Você pode comprar um cargo desses; é simples, basta disponibilizar essa quantia e pronto,
você será o mais novo apóstolo, profeta e etc.
Apóstolo aonde você quer chegar? É elementar meu caro! Eu quero abrir os seus olhos para a
realidade dos chamados ministeriais hoje. Estamos fazendo o que Pedro recusou-se a fazer, quando
Simão vendo que os apóstolos, ao impor as mãos sobre alguém eram cheios do Espírito Santo. (Atos
8:18-20) Simão ofereceu dinheiro para comprar parte no ministério dos apóstolos. Isso soa família a
você não é? Isso mesmo, muitos estão vendendo dons ministeriais, chamados eclesiásticos ou por
dinheiro, ou por afinidade.

Padrões Usados Para Escolher Alguém

Podem se formar nas mais conceituadas faculdade de teologia, podem ser ungidos com óleo
pelo mais usado dos homens de Deus, mas se Deus não tiver te chamado você apenas atrapalhará o
Reino de Deus.
Como você sabe que tem um chamado? Por que você é filho de pastor?
Por que você, quem sabe, é o dizimista e ofertante mais pesado da igreja?

Ou talvez por que você estudou na faculdade mais cara da cidade, e sabe dominar bem a
oratória. Coitado de você se pensar assim.
Não que Deus não possa chamar um filho de pastor, um dizimista forte ou mesmo um homem que
cursou grandes faculdades, não, isso de modo algum eu estou afirmando. Mas estou afirmando que
Deus não utiliza desses padrões para poder escolher alguém para o ministério, ou qualquer outra
função no corpo.

Necessidade da Unção

Caro leitor, quero que você entenda que, quando falo de unção, não estou me referindo
simplesmente a se por detrás de um púlpito e vociferar a plenos pulmões a palavra de Deus. Entenda
que até mesmo para ornamentar um templo você precisará de uma unção.
Você precisará de unção para reger o coral, para tocar seu instrumento, para levantar as mãos
e adorar a Deus no meio da congregação, precisará de unção para servir em qualquer parte do corpo
de Cristo. Desde o altar, portaria e o mais importante, fora dessas localidades.
Lembrando, Deus não escolhe homens e mulheres por serem mais capacitados, estudados ou
iletrados. Mas, escolhe homens observando o seu coração.

I Samuel 16:7 - Não atentes para a sua aparência, nem para a altura da sua estatura, porque o
tenho rejeitado; porque o Senhor não vê como vê o homem. Pois o homem vê o que está diante dos
olhos, porém o Senhor olha para o CORAÇÃO.

Mediante a conduta do coração, é que Deus escolhe, ou para um dos dons ministeriais, ou para
qualquer outra função do corpo de Cristo. Embora todas as funcionalidades dentro do corpo de
Cristo necessitem da unção do Espírito Santo.

5
A Unção do Espírito Santo
O que você tem a mão? Sabe cantar? Sabe tocar um instrumento? Sabe servir? Sabe socorrer?
Sabe lidar com as pessoas? Utilize estes dons com a unção do Espírito e você verá um grande agir
de Deus.

Capitulo 2
Ficando a par da Unção
Agora que você entendeu os padrões de um chamado, podemos dar continuidade ao assunto
que, acredito eu, você esteja sedento por aprender.

Entendendo a Unção

O que é unção? Como podemos definir de vez o que é unção?


A unção é definida de varias formas, dentre elas:
Medicinalmente, popularmente e espiritualmente.

Embora a forma medicinal e popular não abranger ferrenhamente o que seja unção, (logo por que a
bíblia diz que as coisas do Espírito são discernidas espiritualmente).

Unção é o poder de Deus, e o poder de Deus é a unção. A unção que quero expor aqui não é a
de besuntar alguém com azeite de oliveira. A unção que quero expor aqui é a mesma que desceu
sobre os reis, profetas e sacerdotes. A mesma unção que equipou o precioso Jesus para Sua missão.
E esta unção está disponível para você.

É a unção que dá vida a obra de Deus. Sem a unção, Jesus nunca teria feito o que fez. Posso
ouvir: Apóstolo, cuidado com o que você está dizendo. E é com todo este cuidado, que afirmo a
você: JESUS NUNCA TERIA FEITO O QUE FEZ SEM A UNÇÃO.
Sem a unção o culto virá reunião de associados; o pregador torna-se palestrante de uma
empresa de marketing; o avivalista se torna um vendedor de mercado, que grita, agita e encanta a
todos os que passam ali; o ministério de louvor tornar-se-á uma bandinha de MPB bem esdrúxula; o
chamado tornar-se-á em profissão e as almas em empregados.

Com essa explanação, podemos claramente ver a necessidade de sermos ungidos, e principalmente
nos dias de hoje.

Teresina Trás Consigo Exemplos

Caro leitor, eu moro em uma cidade do Piauí chamada Teresina. Cidade nordestina,
conhecida pelo seu forte calor e seu sol vibrante que faz com que o dia seja radiante de luz e6
A Unção do Espírito Santo
energia. Temos o encontro dos rios Parnaíba e Poty, que se unem e formam um poderoso mover de
águas cinzentas.

Cidade de pessoas calorosa (e isso não se dá pelo calor de quase 45°). Somos um povo
extremamente religioso. Temos os católicos que vez em quando, montam suas caravanas e rumam
para as suas peregrinações em terras nordestinas mais abaixo do Piauí.
Temos os umbandistas, que permeia as margens do Poty, oferecendo seus sacrifícios à iemanjá.
E temos os cristãos, alguns unidos, outros alto-suficientes, outros mais ainda sem direção.
Mas de uma coisa eu afirmo, temos uma massa de mais de um milhão de habitantes necessitados do
Espírito Santo.
Temos alguns templos grandes, temos alguns templos cheios. Mas a minha pergunta é:

Até quando vamos associar “poder de Deus” com igreja cheia, carro novo, televisão de ultima
geração?

Até quando apenas um punhado de cristão contidos nessa cidade buscará a face de Deus para
um despertar do Espírito Santo?
Temos vários lideres, mas se juntarmos todos eles, e somar a unção na vida de cada um, a
sombra de Pedro á colocaria no chinelo? E falo isso a nível nacional.

Como minha alma fica abatida, em ver inúmeros pastores que poderia ser potências nas mãos de
Deus, mas simplesmente por seu achismo ignoram este assunto que abordo com vocês, e se tornam
em pistolas de água podendo ser canhões municiados de unção.

A Unção Trás Necessidade de Santidade

Uma vez conversei com um pastor local sobre a realidade da igreja. Na época eu congregava
em outra igreja. E ali, sentados a beira de um calor escaldante, dissertávamos sobre a situação da
igreja local.

Indaguei a questão da santidade; porque estávamos tento uma epidemia de impureza e esfriamento
na congregação. Muitas das irmãs estavam com roupas escandalosas, sem falar na inimizade que
imperava ali.

Para minha surpresa, e acredito que para a sua também, o pastor da congregação local fitou-
me os olhos e sorrindo me disse:

- Não devemos olhar para isso. A igreja é assim mesmo. Se formos nos preocupar com isso não
serviremos a Jesus.

Naquele estante eu parei, sorri de volta pra ele, mas na verdade eu queria era chorar diante de
tão infame comentário.
Quer dizer que não podemos fazer nada a não ser fechar os olhos; quem sabe colocar uma folinha de
parreira, perfumar com um óleo aromático e estará tudo bem diante de Deus.

Aquele pastor estava seco mais do que as pessoas que faziam parte de sua congregação, e por
incrível que parece, hoje ainda é do mesmo jeito. Estava mais desprovido da unção do Espírito
Santo do que o cristão mais fraco na igreja.
7
A Unção do Espírito Santo
A unção traz a realidade da nossa necessidade de Deus, e sede por santidade. Em capítulos
mais adiante abordarei claramente sobre este quesito.
Não obstante, uma irmã diácona da congregação, convidou-o a uma conversa particular. E ali,
diante dos olhos dele, ela derramou seu coração.

Dizia que queria fazer algo para mudar a situação da igreja, pois estava de mais, queria que algo
fosse feita por seu pastor. Nem precisa colocar aqui que a resposta para aquela pobre (não no
sentindo completo da palavra) foi à mesma que ele me deu:

- Não podemos fazer nada; pois se olharmos para isso, nunca serviremos ao Senhor Jesus.

Raciocine comigo! Na época em questão eu era apenas uma criança. Tinha meus 14 ou 15
anos de idade, no entanto, era totalmente cônscio da realidade da igreja em sua falta de santidade. E
o que mais eu poderia fazer, se o meu próprio pastor dizia isso?

Poderia ter me enclausurado em uma vida totalmente frívola. Graças a Deus que não fiz isso. Eu
queria conhecer e queria que as pessoas conhecessem o Deus que eu havia visto na primeira vez que
entrei naquele lugar.

Mas parece que o pastor que tinha vindo fazer a campanha tinha levado a presença do Espírito Santo
com ele.

Querido leitor, a unção é a porta de entrada para inúmeras dádivas celestiais e dentre elas está à
santidade.
A unção é a linha de prata que nos conduz a mais santidade e mais intimidade com Deus.
Aplicando essas palavras, lembro-me de uma ministração em que o palestrante disse:

Certa vez um irmão chegou a mim e disse que me ensinaria algo a respeito da unção. Então ele
disse:

- Pastor, preste bem atenção a está realidade que falarei ao senhor!


- Tudo bem, estou prestando!
- Pastor no Reino de Deus é o seguinte: “Uns são, e outros não são”.

Se estivesse no dia em questão teria fitado os olhos no moço e dito:

- “Não foi carne e nem sangue que te revelou isso, mas o Pai que está nos céus falou por teu
intermédio.”
Entenda algo! O motivo pelo qual não estamos vendo os milagres que a bíblia relata, é porque nos
falta a unção. Falta-nos a compreensão, de que precisamos ter um relacionamento fixo com o
Senhor, e não de honrarias e diplomas.

A unção é o veiculo que manifesta as obras do Senhor. Acredito que você está disposto a entrar
neste veiculo não?
Guarde isso na tábua do seu coração:

8
A Unção do Espírito Santo
O individuo por mais teológico que seja, por mais velho que seja no ministério, por mais cursos e
diplomas que tenha, por maior que seja sua congregação; sem unção é como um canhão sem
munição, para nada serve.

A unção é a nossa munição. É com ela que aniquilamos o poder do diabo neste mundo.

Capitulo 3
Arrependimento
Em quase todos os meus livros eu separo um capitulo para falar de arrependimento. Agora
que passamos pela introdução; que você conheceu um pouco da minha cidade (mais não é tudo, pois
existem muitos adoradores e pastores ungidos aqui), aprendeu que a unção é nosso combustível e
que ela trás a tona a necessidade de santidade, podemos então falar de arrependimento.

Mensagem Foco

Caro amigo (a), a mensagem foco deste livro é unção correto? O que fez você gastar seu
precioso dinheiro comprando este exemplar foi porque queria conhecer sobre a unção; pois bem,
nunca você obterá unção sem antes passar pelo altar do arrependimento.

Quem produz a unção é o Espírito Santo e o mesmo só pode habitar um cristão se o mesmo
arrepender-se de seus pecados.
Posso ouvir as vozes: Mas eu sou um cristão, já me arrependi.
Quando foi isso? No dia em que você “aceitou a Jesus”?

Ok! Mas deixe-me mexer um pouco com você. Sua confissão valeu apenas para aquele dia. Todos
os dias nós devemos negar o nosso “eu” e tomar nossa cruz. Continuemos. Você abandonou o
pecado? Você, desde então, tem subjugado o pecado, ou ainda cai, nos mesmos erros vis que antes?
João Batista e Jesus, não obstante os apóstolos também anunciaram o evangelho de
arrependimento, pois o Reino de Deus havia chegado.
Como se defini arrependimento? Como podemos tirar proveito desta palavra?

9
A Unção do Espírito Santo
Arrepender – Ter pesar de faltas ou delitos cometidos; contrição, desistência de causa feita ou
empreendida.

Quantos de nós vamos à frente do altar e declaramos Jesus como nosso salvador; então voltamos
para casa e começamos a viver uma vida seca.

Ouvimos falar que Jesus liberta do pecado, mais ainda continuamos a pecar os mesmo
pecados, ou até mesmo piores pecados do que antes. E então vivemos enclausurados em uma
masmorra chamada R-E-L-I-G-I-O-S-I-D-A-D-E.

Nós estamos quase que todos os dias na igreja, chorando um pouco, tomando Santa Ceia, falando
em línguas, profetizando e quando voltamos para casa à tristeza do pecado se apodera de nós. Não
conseguimos dar bom testemunho, somos frios, caímos literalmente da graça, quando vamos orar a
Deus sentimos que Ele está a quilômetros de distancia e assim abandamos o habito de orar sem
cessar.

Religiosidade

Desculpa a sinceridade, mas, muitos estão apenas cobrindo seus pecados com folha de parreira na
igreja. E isso se dá desde o altar até a portaria.

Nós vemos os irmãos precisando de ajuda e temos a condição de ajudar e negamos-lhes o socorro.
Estamos no altar pregando santidade quando na verdade nunca nem mesmo vivemos 10% dela.
Tudo isso porque não queremos nos arrepender. Tudo isso por que achamos que uma folha de
parreira vai acertar tudo.

Abra os olhos meu amigo (a), Jesus pregou uma mensagem de arrependimento para uma
nação inteira. Agora abra mais ainda os olhos para o que eu vou falar. Jesus está buscando um,
apenas um, que prepare com o caminho dEle com a mensagem do arrependimento.

Estamos tão longe do cristianismo verdadeiro que se Paulo tivesse a oportunidade de ver hoje
como estamos ele se derramaria em lagrimas, pegarias os lideres e proclamaria um jejum em
arrependimento, exortaria com a mais dura palavra e então deixaria de molho por um tempo para
aprendermos o que é realmente ser um cristão.
Este é um tempo em que afligimos o Espírito Santo com nossos pecados de estimação. Cuidamos
tão bem das coisas que nos fazem correr para longe de Deus.

Glória a Deus porque nem todos se dobraram diante de baal. Ainda existem os que vivem suas vidas
em santidade e fogem do pecado e a esses o Senhor confia a Sua unção.

Arrependendo-se

Para ter a unção do Espírito Santo é preciso quebrar todo e qualquer vinculo com o pecado. E
é aqui onde muitos dos que me mandam emails, mensagens, muitos dos que me abordam nos cultos
e nas ruas caem. Pois não querem viver uma vida de renuncia e de cruz.

Antes de nos dar a unção o Senhor nos dá uma cruz, e esta cruz nos da Deus e então podemos
caminhar em santidade com Ele aqui nesta terra.
10
A Unção do Espírito Santo

Porque fugir da cruz? Porque temos medo da cruz de Cristo? Não sabeis que é lá que encontramo-
nos com o Senhor e Salvador Jesus? Deixe de buscar a Jesus em lugares externos e busque o na
cruz, não cravado nela, mas além dela.

Lucas 9:23 – Em seguida dizia a todos: Se alguém, quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome
CADA DIA a sua cruz, e siga-me.

Meu irmão (ã), essa ação é diária. Temos que abandonar de vez o pecado, virar as costas para e
nunca mais voltar-nos. E então tomemos nossa cruz e seguimos a Jesus.

Talvez o seu futebol seja importante para você; você passa a tarde inteira com seus amigos correndo
atrás de uma bola tentando colocar ela no gol. Isso é pecado? Depende!
Talvez sua novela seja importante para você; você se assenta diante da TV e ali fica por horas e
mais horas assistindo a programação. Isso é pecado? Depende!

Talvez seus amigos da escola, aqueles mais descolados, sejam importantes para você; você se
assenta a roda deles e diante de toda imoralidade você responde com um sorriso ou com uma frase
apoiando o escárnio deles. Isso é pecado? Julgue você mesmo pela palavra de Deus se é. (Salmos
1).

Renúncia

Uma vida de renuncia é o que Jesus quer. Renunciar algumas regalias pode não ser atrativo a você,
mas ao renunciar essas coisas supérfluas seremos recompensados com o tesouro dos céus.
Abandone de vez o pecado, quebre agora o vinculo com ele, arrependa-se diante de Deus e
assuma sua filiação e viva a santidade.
A santidade não é conquistada, ela é apenas vivida. Quando o pecador nasce de novo, a sua natureza
pecaminosa é aniquilada e é posto um novo espírito nele, e juntamente com este novo espírito o
Espírito Santo.

Então os dois tornam-se um, e precisamos adestrar nossa alma a se inclinar para as coisas do
espírito. (1 Coríntios 6:17 – Romanos 8:5)
Não a nada mais exultante do que ter o Espírito Santo morando dentro do seu espírito. Antes do
arrependimento seu espírito estava morto. Mais a partir do momento em que você rompeu com o
pecado, o Espírito Santo injeta vida ao seu espírito e vem habitar ali para sempre.

O seu desejo já não vai mais ser os prazeres que este mundo tem a oferecer, mas será o de se
encontrar com o Espírito Santo todos os dias. A unção nunca virá sem que primeiro você conheça a
presença do Espírito Santo.
Então, e somente então, é que você desfrutará do fluir da unção do Espírito em sua vida.

Mas lembre-se, isso é uma ação diária. Tomar a cruz e negar o seu “eu” é uma ação diária.

Capitulo 4
O Caminho da Unção
11
A Unção do Espírito Santo
Bom, acabamos de ler uma poderosa mensagem (mais um puxão de orelha), para nos
mantermos limpos diante de Deus, negar nosso eu e tomar nossa cruz diariamente. Agora vou
abordar uma ação que também é diária na vida do cristão.
Sem ela nunca, e isso é em toda a extensão da palavra, nunca, você obterá a unção que flui da
pessoa do Espírito Santo.

Apóstolo trace pra mim o caminho que devo seguir, me diga o que eu tenho de fazer para adquirir a
unção do Espírito Santo.
Está certo, farei isso.

Mergulhando a Fundo na Oração

Como vai sua vida de oração? Quanto tempo você costuma passar com o Senhor?
Ninguém pode falar com Deus a menos que ore. Em toda a bíblia, nenhuma pessoa falou com Deus
sem que não tenha sido pela oração.
Quando ouvimos falar dos homens e mulheres de Deus que fizeram historia no mundo,
marcaram sua geração; conseguimos ouvir o sussurrar do Espírito: Tudo isso se deu por meio da
oração.

Querido discípulo, você já com toda certeza deve ter visto inúmeras vezes os profetas falarem:
“Vive o Senhor, cuja face eu estou...”
Você sabe realmente o que quer dizer isso?
Estar constantemente na face do Senhor é ter seu coração voltado a Ele. É dedicar o seu
tempo - e digo todo o seu tempo - a Ele.
Você não pode falar com o Senhor somente quando julga ser necessário. Darei um exemplo:

As pessoas geralmente se aproximam de Deus quando as coisas estão feias. Quando o carro
quebra, o aluguel atrasa, não tem dinheiro para comprar comida, roupa e por ai vai. Mas quando isso
é suprido, elas simplesmente fecham o véu e seguem vivendo suas vidas medíocres.

Nunca que você deverá fazer isso. Devemos seguir o exemplo de Jesus.
Jesus acordava cedo e subia ao monte para orar; vez em quando Jesus se afastava dos discípulos e
procurava um local calmo para orar.

O ministério de Jesus foi um ministério vitorioso por causa da unção e a unção vem com o passar
tempo com o Senhor.
Jesus era tão sedento pelo Pai, que passava a noite inteira em Sua presença. O que você acha
que Jesus estava querendo dizer aos seus discípulos quando Ele os despedia a fim de orar?

Ele estava mostrando pelo exemplo o que um verdadeiro filho de Deus deve fazer.

Discípulo, se você quer provar da unção do Espírito, se você quer fluir nesse poder glorioso,
primeiro você deve conhecer a presença dEle. E isso só é possível por meio da oração.

Todos os dias, nós temos uma missão a fazer. Todos os dias ao acordar, nós devemos levar este
corpo cativo até a cruz e ali o pregarmos. E isso só é possível por meio da oração.

Pagando o Preço
12
A Unção do Espírito Santo

Existe um preço a ser pago pela unção. E este preço é crucificar a carne todos os dias e
apresentar-se diante de Deus diariamente.
Deus não ungirá vasos cheios de si, mas ungi vasos vazios de si e sedentos por Ele.

Como anda sua bússola? Ela está apontando para a presença de Deus? Sabemos que a bússola
aponta para o norte, e a oração aponta para Deus.
A menos que você esteja disposto há passar um tempo considerável na presença de Deus nunca
fluirá na unção. Antes de tudo, quero por meio do Espírito te ajudar em uma algo que pode afetar o
seu relacionamento com Ele.

Não se aproxime do Espírito Santo por interesse no poder dEle. Isso seria o mesmo que ser
amigo de uma pessoa apenas por que ela tem um vídeo-game. A presença de Deus e o poder de
Deus são duas coisas diferentes. Embora ambas estejam interligadas.

Em Salmos 63 encontramos a seguinte passagem:

Ó Deus, tu és o meu Deus; de madrugada te buscarei; a minha alma tem sede de ti; a minha carne
te deseja muito em uma terra seca e cansada, onde não há água.

Davi escreveu este salmo quando estava no deserto de Judá. E sabemos que no deserto não
tem água, exceto pelos oásis, que são poucos.
Estava Davi em um deserto e subitamente ele associa o deserto consigo mesmo.

Ele começa a olhar aquela terra seca e rachada e se identifica com ela.

Vejamos aqui alguns pontos cruciais para nossa jornada diária a presença de Deus.
...de madrugada te buscarei... Davi não limitava sua busca a Deus apenas no templo. Davi
não limitava sua busca a Deus apenas nos cultos de reavivamento, ou campanhas e congressos. Davi
não buscava a Deus somente quando ia pregar.

...a minha alma tem sede de ti... A alma é o centro das emoções. Lembra quando eu disse que
o nosso espírito renasce quando nos arrependemos? Então, nosso espírito não precisa ser renovado,
avivado, mudado, ungido ou coisas do tipo. Por que na verdade o espírito está pronto. O que na
verdade deve ser renovada, restaurada, avivada, inflamada e outras mais é a alma. Apóstolo e o
corpo? O corpo deve morrer mesmo.

Quando nossa alma se sujeita ao domínio do espírito, e o espírito que estou falando não é o
Espírito Santo, mas o nosso espírito mesmo. Pois agora, não existe mais o Espírito Santo e meu
espírito, mas agora, os dois são um.
Então a cada dia devemos nos submeter ao nosso espírito, que é onde encontramos o Espírito Santo,
para podemos gozar de uma comunhão diária com o Senhor.

Quando nossa alma está inflamada de sede e fome por Deus ela se renderá de braços aberto
ao nosso espírito. E estaremos diariamente bebendo do Espírito Santo, pois Ele é a fonte que não se
acaba, e essa fonte está dentro de nosso espírito, aleluia. Meu Deus do céu, você consegue
compreender isso? Tem uma fonte dentro de você.

13
A Unção do Espírito Santo
Você realmente entendeu o que eu disse? O Espírito Santo está dentro do seu espírito, Ele
está habitando o seu espírito. Em fim o plano de Deus está em andamento na sua vida.

...a minha carne te deseja muito em uma terra seca e cansada, onde não há água... Amados,
aqui está uma verdade importante para nós.

Buscando com o Espírito

Nunca seremos saciados na carne. A nossa carne à medida que nossa alma for se submetendo
ao novo senhor (que é o espírito) será mortificada. Então você entenderá que a carne nada pode
diante de Deus.

Infelizmente hoje muitos vivem na carne. Oram, dormem, acordam, vivem, jejuam, adoram,
ofertam, amam, lêem a bíblia, tudo na carne.
E quando fazemos isso estamos apenas ficando secos e cansados. Oramos e não somos respondidos,
adoramos e o fogo não desce. Tudo isso acontece para que nenhuma carne se glorie na presença de
Deus. (I Co 1:29.

A carne não pode manter um relacionamento com Deus. Na verdade Deus não está
interessado na carne, Ele quer crucificar ela. Depois a carne será transformada, mas somente na
ressurreição.

...para ver a tua fortaleza e a tua glória, como te vi no santuário... Davi desejava ardentemente um
encontro com o Senhor. A fortaleza descrita aqui é o nosso espírito, pois é onde o Espírito Santo
habita, e a glória nada mais é que o próprio Espírito Santo. E tudo isso ocorre dentro do santuário.
Que santuário é esse? Você! Você é o santuário.

Entrando na Presença de Deus

Quando entramos na presença de Deus geralmente começamos com nossas falhas:

Deus me perdoa, me purifica, me lava, desculpa Senhor, sou tão falho, Ó pecador terrível eu sou...

Quando entramos no santuário que a bíblia declara nos deparamos com o átrio. O átrio era o local
onde os sacrifícios do povo eram apresentados a Deus. Era ali um local de luta contra o pecado.
Naquele momento os judeus sacrificavam os seus cordeiros para expiação de seus pecados.

Por isso quando iniciamos a nossa oração sempre temos a tendência de pedir e pedir perdão
repetidamente.
Devemos apresentar nossas falhas diante de Deus, mas a oração não se limita a somente isso.

E se continuarmos seremos guiados para o Lugar Santo (alma). Quando o sacerdote, após
sacrificar os holocaustos entrava pela porta, a porta era uma cortina que dava acesso ao lugar santo.
E todos os dias, nós devemos ir além da porta.

Ali no Lugar Santo existiam os 12 pães da proposição que eram trazidos todos os dias, e junto à
mesa tinha um candelabro.

14
A Unção do Espírito Santo
Este candelabro aponta para o Espírito Santo, pois no Lugar Santo apenas á luz do candelabro é que
poderia alguém mover-se ali.
E somente por meio do Espírito Santo é que podemos ir mais além, até o Santo dos Santos.

Resumindo, entramos no átrio onde sacrificamo-nos, crucificamos nossa carne e só então passamos
pela porta, e no Lugar Santo encontramos o Espírito Santo, possivelmente nos emocionaremos,
louvaremos ao Senhor com todo nosso ser.

Mas a partir do momento em que atravessarmos a “vida” que era outra cortina que separava o Lugar
Santo do Santos dos Santos é que nos deparamos com a presença de Deus maciça.

Ali dificilmente falaremos algo. Pois seremos advertidos:

Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus. (Sl 46:10)

No átrio minha carne falava com o Senhor, no Lugar Santo a minha alma está inteiramente
comovida a Ele, mas no Santo dos Santos é o meu espírito que fala com Ele.
E isso não se discerne á nível da carne, e nem da alma, é o nível do espírito. Aleluia.

Um Silêncio Santo

Um silêncio santo tomará conta de você. É neste momento em que você deve aquietar-se,
acomodar-se a presença de Deus. Não é preciso palavras!? Pra que palavras neste momento?!

Só precisamos permanecer quietos e participar do Senhor à medida que Ele participa de nós. Isso é
profundo.

Isso não se dá em apenas 10 ou 30 minutos de oração, mas de uma busca incessante, investimento
de horas na presença do Senhor, buscando encontrar-se com Ele.

E quando o tivermos buscado de todo o coração o encontraremos, e quando o encontrarmos, nos


calemo-nos e observemos á advertência do sábio:

Eclesiastes 5:2 – Não te precipites com a tua boca, nem o teu coração se apresse a pronunciar
palavra alguma na presença de Deus.

Aprenda algo agora! Essa experiência é para todos os cristãos.

Deus escolheu isso para todos os seus filhos, embora alguns deles não se dispõem o bastante para
buscá-lo de todo o coração, mas se a menos O buscarem provaram dessa benção maravilhosa.

Experimentarão uma dimensão real do cristianismo. Suas vidas serão impactados por um poder, um
poder real, vivo e tangível.

15
A Unção do Espírito Santo

A Nossa Luta Diária

Sua alma enfrentará uma guerra diária, independente do nível de intimidade que você esteja,
haverá uma guerra pela preferência de sua alma.

De um lado a carne dirá:

Venha, vamos assistir TV; fiquemos na internet; saiamos para encontrarmos com os nossos amigos,
eles estarão indo á um show ótimo; Venha, passemos o dia conversando com alguns conhecidos.

E o Espírito dirá:

Venha, vamos nos encontrar com o Senhor. Vamos desfrutar da presença gloriosa dEle. Venha, hoje
aprenderemos mais sobre Ele, estaremos mais ligados a Ele.

E quem fica no meio desse campo de batalha é a alma. A preferência dela resultará em algo, e está
escrito em Romanos 8:6:

Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz.

A carne é inimiga ferrenha do espírito. Ela não gosta de orar, de jejuar, ler a bíblia, ir à igreja. Ela
gosta de comidas, bebidas, farras, distrações...
A carne é fraca em seus devaneios, ela não é fixa, está sempre mudando de opinião. Uma hora isso a
satisfaz, outra hora aquilo á satisfará.

Mas o espírito é centrado, ele é fixo, tem um objetivo:


Proporcionar à alma a estatura perfeita de Cristo.

O espírito do homem já está pronto, e a sua alma deve ser renovada constantemente, diariamente
somos transformados de glória em glória na mesma imagem, pelo Espírito do Senhor. II Co 3:18

Quando sua alma se habitua a esse processo DIÁRIO, até que se achegue a unidade da fé e do
pleno conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem feito, á medida da estatura da plenitude
de Cristo. Ef 4:13

Então podemos cantar:

O brilho da tua glória aquece o meu coração.


Mudando minha historia, trazendo uma nova unção.

16
A Unção do Espírito Santo

Capitulo 5
Mantenha Ligado
A nossa comunhão com o Espírito Santo deve ser diária; nossa trilha no Caminho, Verdade e
Vida devem ser diárias; nossa cruz e autonegação devem ser diárias; Mantermos esse fluir do
Espírito em nossas vidas deve ser diária.

Manter ligado? Como assim? O que realmente você quer dizer?


Possivelmente você já ascendeu um fogo, e por mais lenha que você tenha colocado o fogo
consumou tudo não foi?
Então você tem duas opções; deixar queimar até não sobrar mais nada, ou alimentar mais e mais o
fogo para que ele não pare.

Isso é deixar ligado o fluir. Após meu encontro com o Espírito Santo foi notado uma mudança
drástica na minha vida, principalmente no meu temperamento.

Eu sou um homem de temperamento forte, às vezes sou áspero e a minha certeza quando Deus fala
comigo deixa transparecer como se fosse orgulho.

No dia em questão eu fui impactado pela glória de Deus. Não foi nenhum método, nenhuma
artimanha, foi sim, a glória de Deus que me tocou. E foi tremendo. Apaixonante.
Estive na presença de Deus tempo bastante para todos notarem que havia estado face a
face com Ele. A minha forma de falar ficou muito diferente. Eu possuo um timbre de voz potente.
Mas neste dia eu estava calmo, na verdade calmo até de mais.

Parecia que eu estava dopado, mas estava consciente do que acontecia ao meu redor.
Ao passar do tempo fui percebendo essa sensação indo embora. Quando percebi isso rapidamente
corri para o quarto e iniciei mais uma busca pelo meu Amado. Claro que eu não deveria esperar
sentir o efeito da unção evaporar para ir buscar, mais aquilo foi um aviso.

Em minhas orações o Espírito me disse: Mantenha ligada o fluir da unção.


Isso é tudo; quando você se deparar com a glória de Deus deixe o interruptor ligado. Sua vida será
muito diferente.
Na bíblia podemos ver um homem que manteve o interruptor ligado constantemente e provou de
uma comunhão invejável com o Senhor.

Ao Exemplo de Enoque

Enoque foi um homem integro que viveu sua vida inteira em um dilema:
Honrar a Deus Todos os Dias da Sua Vida.
17
A Unção do Espírito Santo

Ele decidiu viver inteiramente a comunhão. Claro que ele possuía uma vida normal, ou seja,
tinha filhos, era casado, tinha sua casa, possivelmente seu campo de lavoura.

Mas Enoque tinha mais do que isso. Enoque tinha o que sinceramente eu busco todos os dias
e o que você vai buscar todos os dias. Enoque participava de uma comunhão diária e doce com o
Senhor.
Enoque não se envolvia com assuntos que não fossem do Senhor, Enoque não perdia o seu
precioso tempo com coisas vãs. Enoque não dependia de ninguém a não ser da presença de Deus.

Creio eu que o Senhor passeava literalmente com Enoque. Imagine esse nível de intimidade. Nossa
é glorioso. Ter a realidade do Deus Todo-Poderoso ao nosso lado e diariamente é um luxo que todos
podemos ter.

Enoque era um homem de caráter. E isso abre um parêntese para falar de caráter. A unção do
Espírito Santo é dada somente a homens e mulheres que tem um caráter fidedigno. Não um caráter
formado por você mesmo, mas um caráter que o Espírito forjará em você por meio de lutas e
provações.

Entenda, Enoque era um homem dominado, e dominado quer dizer realmente dominado. Para
algumas pessoas é difícil aceitar o termo de que o Espírito Santo ás quer dominar.

Exemplo de Ser Dominado

Aprendi essa lição bem cedo e posso dizer que é maravilhoso. Ser guiado pelo Espírito Santo
é emocionante. Uma vez estava em casa quando de repente senti vontade de sair, precisávamos
comprar uma tinta e então aproveitei a oportunidade para sair.
Após resistência de minha esposa querendo que eu não saísse, pois estava de jejum, quando
ela vacilou, eu peguei o dinheiro e sai pela rua para comprar a tinta.
Passando por uma rua, que não seria a que eu iria dobrar, o Espírito Santo falou para dobrar. Nossa,
eu quase que podia tocar nEle. E indo de cabeça baixa, perdido no Espírito. Rapidamente Ele
moveu-se em mim e disse: Olhar para a esquerda.
Voltei-me rapidamente para a esquerda, e meu olhar cruzou com um de outro rapaz que estava no
bar bebendo.

Então o Espírito disse: Vá até ele, diga para sair dali, o diabo quer tentar contra a vida dele.
Sabe, não é muito normal você chegar ao meio de um bar e chamar uma pessoa que você nem
conhece e dizer essas coisas. Eu relutei um pouco, mas o Espírito quase me empurrou para lá. Eu
vibrava do alto da cabeça até os pés.

O rapaz meio desconfiado de minha aproximação ficou atento a mim. Eu por vez cheguei
calmo e meio temeroso, afinal eu podia ser até linchado pelo povo que estava lá. Aproximei-me dele
e disse o que o Espírito me havia dito.

E para minha surpresa disse mais coisas. Ele estava ali por que sua esposa o havia abandonado, e
levado os seus filhos com ele. Ele muito amargurado acabou caindo da fé e se entregado a depressão

18
A Unção do Espírito Santo
e ao álcool. Quando falei tudo isso, o povo me olhava com os olhos arregalados e ele chorava
confirmando tudo.

Terminei de dizer o que tinha de dizer, e fui para a loja comprar a tinta. Minha cabeça estava
a mil. Pensei minuciosamente no que acabara de acontecer, e então aprendi a deixar o interruptor
acesso. A manter constantemente o fluxo da unção.
Dias depois vi o mesmo homem só que agora estava regenerado. Estava ativo na obra de Deus e
tudo na vida dele restaurado.
O Motivo Pelo Qual Você Será Ungido

Você quando for ungido, não pense que será para simplesmente dizer que é ungido, mas será ungido
para trabalhar, para servir, para ir atrás dos perdidos. Mais somente depois de um caráter formado é
que o Senhor o ungirá.

Essa foi uma das experiências que tive com o Espírito Santo por ter dado o controle da minha
vida a Ele. Imagina o que Ele fará com a sua.

Mas antes Ele vai trabalhar no seu caráter. Vemos em toda a bíblia que homens com o caráter fixo
eram ungidos e permaneciam ungidos pelo Espírito.

Temos Enoque que foi um homem de caráter e atingiu testemunho de que Agradara ao
Senhor.
Davi foi um homem de caráter que mesmo com seu erro em matar Urias e tomar sua mulher como
esposa, arrependeu-se e alcançou testemunho do Senhor de Homem Segundo o Coração de Deus.
Jó era um homem integro e de caráter, e foi reconhecido como Justo por Deus.
Abraão teve caráter e alcançou testemunho de Amigo de Deus, Pai da fé.

Noé foi justo e recebeu a divina revelação de construir uma arca, pois viria chuva sobre a
terra e mataria a todos, menos a Noé e sua família, por causa do testemunho dele.
Elizeu tinha tanto caráter que não aceitou os presentes de Naamã por sua cura.

Daniel foi homem integro e escolheu não se corromper com os manjares do rei, alcançando
testemunho de justo diante do Senhor.
A lista é grande. Poderíamos falar de muitos outros, que com um caráter irrepreensível, foram
ungidos por Deus. Deus não confia Sua unção à pessoa em que Ele não pode confiar.

Faça essa pergunta a você: Pode o Senhor Confiar a Sua Unção a Mim? A unção não é pra
brincar, privar ou desdenhar. Estamos tratando do poder de Deus. O mesmo poder que criou o
mundo, que fez o mar, as estrelas, que fez os cegos enxergarem, que fez Jesus andar sobre as águas.
É deste poder que estamos a falar.

O seu caráter vai designar a unção que virá sobre sua vida. Lembrando que seu caráter por interferir
ou ajudar nesse fluir.

Resultado de Uma Pessoa Sem Caráter

Temos um exemplo na bíblia de um jovem que servia ao profeta Elizeu que não tinha um
caráter favorável e resultou em uma desgraça horrenda não só para ele, mas para a sua família.
19
A Unção do Espírito Santo

O seu nome era Geazi. Estava à companhia de um homem que tinha uma unção altamente poderosa,
um homem que constantemente estava diante da face do Senhor, e acabou com sua vida por causa
do desvio de caráter.

Quando Naamã foi curado da lepra, ofereceu varias riqueza a Eliseu, ao qual, de súbito recusou.
Mas Geazi que assistia de perto logo imaginou que a unção daria a ele lucro. Um conselho que dou
a você, nunca, nunca desrespeite a unção do Senhor.
Geazi esperou que Naamã se distanciasse e indo a seu encontro solicitou uma parte do tesouro.

Veja bem, Geazi utilizou o nome do profeta Elizeu, pois ele afirmou que Elizeu havia se
arrependido e o mandando para pegar alguma coisa.
Claro desrespeito a unção que havia na vida de Eliseu. (II Rs5: 23)

Observe agora o que resultou a Geazi e sua família:

Eliseu, porém, lhe disse: Porventura não foi contigo o meu coração, quando aquele homem voltou
do seu carro ao teu encontro? Era isto ocasião para receberes prata e roupa, olivais e vinhas,
ovelhas e bois, servos e servas?
Portanto a lepra de Naamã se pegará a ti e à tua descendência para sempre. Então Geazi saiu da
presença dele leproso, branco como a neve.
(II Reis 5:26-27)

Quando a unção é tratada levianamente o resultado é catastrófico. Geazi condenou a si e a


sua descendia com um ato leviano. Não cometa o mesmo erro.
Podemos também falar no caso de Ananias e Safira, que mentiram contra o Espírito Santo. O
desrespeito a unção que havia na vida de Pedro e colheram a morte. Mais outra vez advirto a você,
cuidado para não tratar a unção do Espírito Santo L E V I A N A M E N T E.

Os Jovens de Hoje

Eu conheço varias pessoas que já se aproximaram de mim para serem amigos do Espírito
Santo, mas simplesmente pelo desejo de ser usado por Ele. Um relacionamento iniciado pelos
motivos errados acabará errado, e muito mais aproximar-se do Espírito visando o seu poder, vai
resultar em frustração.

Vários jovens que me enviam emails e me param nos lugares fazendo a mesma pergunta:

“Como Posso Ser Amigo do Espírito Santo?”

Todos desejam ser ungidos, todos estão sendo sinceros, mas poucos querem pagar o preço, poucos
se comprometem, poucos se disponibilizam em obediência e renuncia.

Por que então que eles não conseguem o que querem? Porque são apressados. Querem
começar a orar e já sentir o céu abalar o quarto deles, querem no primeiro momento da presença do
Senhor saírem por ai ministrando aquilo que ainda não tem. E então se frustram e abandonam a
busca, abandonam a idéia de ser amigo do Espírito Santo.

20
A Unção do Espírito Santo
Eu não tenho coragem de dar um carro na mão da minha filha de 3 anos de idade, pois ela
pode se matar e ainda outros.
Somos muito apressados. Queremos uma formula mágica que venhamos a tomar e em um instante
sermos amigo do Espírito Santo como se fossemos há anos e receber a unção poderosa dEle
operando em nossa vidas.

Quantos jovens me perguntam isso, e eu começo logo pelo preço da unção para conscientizar
eles de que a coisa é séria, e então começam a buscar freneticamente ao Senhor, e uns acham que já
estão “podendo” e sai por ai tacando a mão na cabeça de um e de outro invocando a unção e nada
acontece.
Outros não satisfeitos com a resposta vão á outros homens dotados da mesma unção que
minha vida e recebem a mesma resposta e assim deixam de lado.

Literalmente somos preguiçosos, e queremos tudo o mais rápido possível. Vivemos em um


mundo de correria. Chegamos pra Deus e estipulamos logo o horário pra Ele. E sabe o que Deus
faz? Simplesmente passa e rejeita a tua oração. Ou você dá inteira atenção ao Senhor, ou então não
dê.
Deus não se serve de restos!

Uma vez o Espírito Santo me disse uma frase que ficou gravada comigo.

Arrependimento gera santidade, santidade gera intimidade e intimidade gera poder.

O Espírito Santo não atropela as normas. Claro que Ele pode te transformar em um piscar de
olhos e já te colocar por detrás de um púlpito, ou colocar um instrumento nas tuas mãos e te usar,
mas antes de tudo isso Ele trabalhará no seu caráter.
Qual é a sua conduta diária perante os homens e Deus?

Será que os amigos da escola, do trabalho, os visinhos te vê seriamente?


Será que o teu fruto atrai as pessoas a Jesus ou afastam elas?
Tuas palavras são temperadas com sal ou com fel?
Está doendo? É eu sei como é isso!
Sermos confrontados é difícil. Quando o Espírito mostra que somos irreverentes, soberbos,
desligados das coisas do alto, inadequados para o título de cristãos, isso machuca o “eu”. Mas como
já disse, o Senhor quer crucificar essa carne.
Antes de alcançar a unção, primeiro alcance o nível de cristão. Nível de cristão? Sim, nível
de cristão. Nunca ouviu falar?
É assim, um cristão verdadeiro ele imita a Jesus, e Jesus foi um homem de extrema obediência e
devoção.
Se você não faz as mesmas coisas de Jesus você não é digno de dizer que é um cristão. Para ser
cristão devemos seguir os mesmos passos de Jesus. Constantemente orando e com um caráter
irreprochável.

Então, é difícil ou é fácil? É impossível! Ninguém consegue ser como Cristo. Nunca existiu homem
ou mulher que conseguisse essa façanha sem uma pessoa.
Vários homens e mulheres deixaram o Espírito Santo viver essa vida dentro deles, e eles tornaram-
se cristãos verdadeiros. Homens que morreram para si mesmos foram renascidos pelo Espírito para
viver uma vida igualzinha a de Jesus.
21
A Unção do Espírito Santo

Você está preparado? Você deve ser um cristão primeiro. Aceitar morrer para si mesmo e
viver para Cristo? Então crucifique essa carne que para nada serve, e isso faça em oração, jejum e
leitura da palavra.

Quero finalizar este capitulo novamente com advertências, e irei usar duas:

1. Nunca trate levianamente a unção do Espírito e respeite a unção que está na vida do seu tutor
espiritual.
2. Nunca aceite dinheiro em troca da unção, ou acabará como Geazi.

Você foi avisado, e o Senhor não o terá por inocente se o fizer.

Capitulo 6
Vários Modos de Servir
A unção que o Senhor confia ao homem deve ser usada para o fim que foi designado. Seja
para ministrar as massas, ou conduzir o povo a adorar, ou mesmo a simplesmente ficar no banco do
templo adorando.
Como no capítulo anterior vimos que devemos manter ligado o fluir, ter um caráter irreprochável,
respeitar a unção e devemos utiliza - lá para o devido fim, aprenderemos aqui que somos ungidos
não simplesmente para derrubar pessoas, mas para servir em algum lugar no corpo de Cristo.

O motor de uma moto não fará o carro andar, e o motor de um carro em uma moto, ficará
desproporcional a capacidade da moto.
Ou seja, um não fará o certo efeito no outro. Quando todas as peças estão colocadas no seu devido
lugar em um relógio, pode ele então marcar as horas certas e ser útil a quem o possui.

O que eu quero dizer com isso? É simples. Não tente dar um passo além do que o Espírito
disser para você dar.

Falei aqui, que tem varias pessoas que são apressadas e atropelam a ação do Espírito Santo nas suas
vidas e correm para longe da vontade de Deus. Essas pessoas não têm a paciência de esperar o
momento certo para serem usadas por Deus e criam casos onde praticamente obrigam Deus a usá-
las e quando Deus não as usa se frustraram.
Tenha paciência a sua vez vai chegar. Não é apressando que você vai operar no nível certo de
unção. Nem todos estão preparados para subir no altar e ministrar as massas de sedentos.
Às vezes a pessoa mal tem uma unção que a sustenta diante do Senhor, como pode pensar
em ministrar sobre uma congregação?
Veja bem, não estou dizendo aqui que você deve ficar estagnado na obra de Deus. Você pode dar
seu testemunho pessoal, anunciar o reino de Deus as pessoas, mas não tente passar da linha
vermelha sem que o Espírito Santo dê o sinal.

Atravessando a Linha Vermelha

Para a sua melhor compreensão eu vou dar um exemplo claro do que seja a “Linha
Vermelha”.
22
A Unção do Espírito Santo
Era uma manhã, eu haveria de ministrar. O culto seguia conforme a vontade do Espírito, desde os
louvores, as oportunidades e tudo o mais. Ministrei a palavra que foi carregada de uma unção
sobrenatural.

Chamei a frente às pessoas que queria ser tocadas pelo Espírito Santo. Todos vieram à frente
e então começamos a adorar a Jesus pelo Espírito. De repente, e muito rápido, o Espírito me disse
para tocar em três pessoas ali.
Obedeci ao comando, e as três vieram ao chão, saturadas pelo poder de Deus. Aleluias, eu exclamei;
e então sai a impor as mãos nas pessoas.
Nossa eu já estava em frangalhos quando ninguém mais caia ou demonstrava alguma
manifestação da unção na vida delas; parecia que a presença e a unção estavam escorrendo. Bem
quieto me coloquei no meu lugar e de olhos fechados indagando o que estava acontecendo o
Espírito Santo falou ao meu espírito:
- Eu disse para você tocar somente em três, e você tocou em mais. Agora vá e toque todas.

À medida que ia tocando nas pessoas umas caiam, outras explodiam em um choro frenético,
outras caiam de joelhos. Normalmente as curas ocorrem neste momento.
Foi algo glorioso poder cooperar com o Espírito. Mas veja, eu atravessei a linha vermelha sem ter
recebido ordem e o resultado foi absolutamente nada. Temos de aprender que cooperamos com o
Espírito, e não Ele que coopera conosco.

A unção obedece apenas aos comandos do Espírito e nunca ao comando do portador. Então
meus queridos leitores existem varias formas de serviços. E para tudo devemos ter paciência.
Chegará o dia que você será usado com grande poder, mas para isso você deve esperar. E o que eu
faço nesse período? Aplique-se a buscar ao Senhor, a meditar na palavra dEle para apresentar-se
aprovado a Ele.

Exemplo de Davi

Você conhece a historia de Davi? Linda não é?! Bom, podemos tirar bastante mantimento
para nossa vida nos episódios da historia de Davi.
A historia de Davi é relatada em 1 Samuel.

Davi era um jovem pequeno, tocador de harpa, adorador apaixonado pelo Senhor. Nas partes em
que passava com as ovelhas ele entoava louvores de amor e paixão ao Senhor.
Davi cativou o coração de Deus com a comunhão. Era um jovem sedento por Deus, e sua sede foi
tamanha que foi cheio pelo Espírito do Senhor.

Primeira Unção

Em 1Samuel 16:13 diz que, quando Samuel o ungiu o Espírito do Senhor se apoderou de
Davi. Davi teve a partir dali sua vida dominada pelo Espírito. Eu oro para que isso aconteça com
você. Observe bem.
Samuel foi ordenado pelo Senhor a ungir um menino da família de Jessé o belemita, pois entre os
filhos dele havia um rei.

Samuel vai até a casa de Jessé, havendo achado Davi o ungi diante de todos e do Senhor.
23
A Unção do Espírito Santo

Agora vejamos o que esta unção trouxe para a vida dele.

Ele foi dominado pelo Espírito de Deus

Este é o maior desejo de Deus concernente a unção na sua vida. Romanos 8:14: Pois todos
os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus.
Gálatas 5:18 – mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei.

Ele serviu ao rei Saul

Essa primeira unção deu regalia á Davi de tocar para o rei Saul e limpar seu escudo (as suas
armas). (I Sm 16:21-23)

Davi ajuda no exercito

Davi ficava alternando em sua casa e na casa de Saul. Um dia o seu pai o envia para levar
mantimento a fim de saber como iam seus filhos.
Davi chegar ao arraial e se depara com a afronta de Golias. Golias era um homem de quase 4
metros, a couraça que envolvia seu tórax era de 72,5 kg, a ponta da lança dele era de 10,6 kg, o seu
helmo era de 4,5 kg, suas caneleiras eram de 9 kg, o peitoral era de 9kg. O homem era uma muralha
altamente fortificada.

Ao escutar a afronta proferida conta o exercito de Israel o pequeno Davi foi à luta contra o
filisteu. Saul não podia consentir no ato de Davi, por que Davi ainda era muito jovem.
Então Davi lhe conta às experiências que aconteceu depois da unção que Samuel o ungiu. Davi por
varias vezes matou leões e ursos que pegavam as ovelhas de seu pai e os matava de mãos limpas.

Isso é treinamento. O Espírito colocará situações para que você exercite a sua unção.

Como sempre haverá intervenções humanas, dogmas humanos, invenções diabólicas, o rei Saul vem
com suas tradições, doutrinas e outras mais para Davi. Ele tenta de certa forma corromper a pureza
de Davi ministrar, oferecendo sua armadura e material bélico. Davi recusa a oferta para poder
ministrar como havia ministrado antes.

Saul representa neste momento a distrações, oportunidades fáceis de desviar do propósito certo.
Ora, Davi já havia matado ursos e leões, o que seria um gigante todo cercado de ferro e bronze?
Davi não aceitou essas “facilidades” e optou em seguir os comandos que lhe havia sido dada pelo
Espírito.

Diante de tudo isso Saul permite que Davi lute com o filisteu e sabemos o desfecho. Davi derruba
Golias com uma pequena pedra e uma funda e o degola com sua própria espada.

Aproveitando o gancho aqui, quero falar algo importante. Algo simples, sem brilho e sem muita
atenção foi o que derrotou Golias.
Não foi uma espada, uma lança, uma flecha ou qualquer outro material bélico, mas uma simples
funda e uma pequena pedra.
24
A Unção do Espírito Santo

O reino de Deus, os comandos do Eterno, a unção do Espírito Santo é simples, são coisas simples.
De tão simples, os homens inventam algo em cima para poder dar certo “brilho”.

Não troque os comandos e diretrizes do Espírito por indagações humanas.

Após o ocorrido, Saul toma Davi para morar na casa dele. O que você acha que Davi estava fazendo
ali?
Aprendendo a reinar. Aprendendo o que um rei deveria fazer. Ele estava em experiência de campo
agora. Mas para tudo isso teve um tempo devido.

Davi começou a subir. De harpista e limpador de escudo para uma espécie de tenente-coronel sobre
os soldados.
Mas lembrando que Davi não deixou de operar no oficio de harpista e limpador de armas.
Continuava ali constantemente ajudando ao rei.

Segunda Unção de Davi

II Samuel 2:4 - Então, vieram os homens de Judá e ungiram ali a Davi rei sobre a casa de Judá.

Essa segunda unção trouxe sobre Davi a autoridade de uma cidade. Varias pessoas estavam agora
debaixo da unção que estava sobre Davi. Davi adquiriu varias vitorias ao longo do tempo.

E em o tempo da segunda unção até a terceira, Davi continuou recebendo treinamento. Davi estava
reinando em uma pequena porção. O Senhor o testando para ver se podia confiar a colocá-lo sobre
uma nação.

Terceira Unção de Davi

II Samuel 5:3 – Assim, pois, todos os anciãos de Israel vieram ao rei, a Hebrom; e o rei Davi fez
com eles aliança em Hebrom, perante o Senhor; e ungiram a Davi rei sobre Israel.

Viram como vale à pena esperar e não querer colocar a coroa na cabeça antes do tempo?!

Em todo este tempo Davi permaneceu aprendendo, fluindo na unção do Senhor. Neste tempo
Davi não ficava se reclamando por que não era logo posto como rei absoluto, mas servia à medida
que lhe era conferida a unção. Com este exemplo aprendemos ricamente o valor de ser paciente no
Senhor.

Salmos 37:7 – Descansa no Senhor e espera nele; não te indignes por causa daquele que prospera
em seu caminho, por causa do homem que executa astutos intentos.
Capitulo 6
Crescendo na Unção

25
A Unção do Espírito Santo
Quando você tornar esse encontro com o Senhor diário e constante no seu dia a dia
certamente Ele te ungirá. Mas calma, com já falei antes, você deve esperar os comandos do Senhor,
pois a unção só obedece aos comandos espirituais.

Jesus comparou o Espírito Santo com água. Podemos ver na passagem em questão uma mensagem
oculta que é revelada aos pequeninos. Observemos:

João 7:37-39:
E, no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: Se alguém tem sede,
que venha a mim e beba.
Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre. E isso disse ele
do Espírito, que haviam de receber os que nele cressem; porque o Espírito Santo ainda não fora
dado, por ainda Jesus não ter sido glorificado.

Encontramos várias chaves aqui. Isso é tremendo.


Ninguém tomou a iniciativa de ir até Jesus e dizer:
- Jesus, alivia a minha sede, por favor.
O próprio Jesus se levantou e gritou a todos que estavam ali:
Se alguém tem sede, que venha a mim e beba.

Jesus está clamando isso no Brasil, na Alemanha, EUA, África e todas as nações: Quem tem
sede venha e beba.
A sede por Deus é o que nos faz aproximar-se dEle. E Jesus disse á quem tivesse sede, que viesse a
Ele e então, e somente então, poderia beber.

Muitas pessoas estão chegando perto de Jesus sem sede. Ora, então como poderão beber? Bebe
apenas quem tem sede, quem não tem apenas perde tempo.

Isso abre um parêntese rapidinho aqui. Jesus estava entrando na cidade quando de repente alguém o
toca e a unção sai dEle para a pessoa que O havia tocado. Jesus parou, voltou-se e perguntou:

- Quem me tocou?

Então Pedro disse que havia uma grande multidão que o apertava e o tocava. Mas Jesus afirmou:
Alguém me tocou. A mulher então tomou coragem e falou que havia sido ela, e a conseqüência
daquele toque foi à cura dele. (Mc 5:30).

Águas Jorrando Dentro de Você

Vamos à lição? Havia inúmeras pessoas ali, todas com suas necessidades e anseios. Todos
estavam tocando em Jesus. Mas por que somente quando a mulher tocou nEle é que parou e
perguntou quem O havia tocado? A resposta é simples. Muitos tocam Jesus, mas poucos extraem
virtude dEle. Aquela mulher estava sedenta, seu desejo era apenas um:
“Quero tocá-lo, preciso tocá-lo, Ele é a fonte...”
Ela foi com sede a fonte, e a fonte a saciou. Aleluias. Imagine o que Ele não fará com você se você
for com a mesma sede que essa mulher.

26
A Unção do Espírito Santo
Tem sede? Vai a Jesus. Como? Orando. Quanto tempo? O tempo que precisar. Pare de criar idéias e
formulas de como o Espírito Santo deve tocar você. Ele sabe como fazer o trabalho dEle, o seu é
apenas ter sede e ir até a fonte.

Teve sede, foi à fonte e bebeu? Agora creia na Fonte e então algo acontecerá. Isso é
emocionante! Se você crer na Fonte, na linda e preciosa Fonte, do seu interior vai brotar um rio de
águas vivas.

Você consegue compreender a imensurável revelação que tem aqui?!


Meu Deus do céu isso é tremendo e eu só tenho a dizer: Aleluias e faz em mim Senhor.

A bíblia está dizendo, mas precisamente o Senhor Jesus, que se crermos nEle, nós seriamos
uma fonte também. Nós O teríamos jorrando sempre e sempre. Já não haveria mais necessidade de
buscar em qualquer outro lugar, mas de apenas nos voltarmos para o nosso interior e beber e dar de
beber.
Isso é crescer na unção. Quando no começo você deverá buscar a Fonte, encontrando ela
você bebe e então começa a crer na Fonte, ela vai pra dentro de você e começa a jorra para sempre.
Que você receba a revelação poderosa do Espírito Santo contida aqui. Apenas tenha sede, vá até a
Fonte, beba e creia que você terá uma Fonte que jorra para a vida eterna.

Deixando o Fluxo Livre

Mas se você cortar o fluxo na água, então ela para. E você vai ficar seco novamente. Não
interrompa o fluxo. Como eu interrompo o fluxo? Pecado, negligencia a presença dEle, frivolidade.
Tudo isso são impurezas que bloqueiam o fluxo da água viva.

Mantenha sua vida separada, consagrada. Aplique-se mais e mais a palavra de Deus que é por meio
dela que a santificação é possível.
João 17:17 – Santifica-os na verdade, a tua palavra é a verdade.

Aqui ambas as palavras santifica o homem, tanto a logos (bíblia) como a rhema (palavra dita
naquele momento).

Habitue-se ao jejum. A carne vai lutar muito para que você não jejue, mas quem disse que você é
escravo dela agora? Simplesmente diga não a ela e pronto. A carne vai ter que jejuar querendo ou
não.

Esteja em comunhão com pessoas que tenha intimidade com Deus. Quando duas brasas se
juntam o fogo aumenta. Claro que você não deve desprezar as pessoas que não tem intimidade com
o Senhor, mas deve admoestar, deve guiá-la assim como você está sendo. Quanto mais brasas se
juntarem maior será o fogo.

Aprenda algo, de preciosa importância para sua vida:


Existe um tempo entre receber, manter e manifestar essa unção. È aqui onde muitos, mas muitos
mesmo acabam atropelando as coisas. Não queria ser adulto antes do tempo. Curta com o Senhor os
momentos que Ele lhe der, isso é o fluir da unção.

Ninguém corre sem que primeiro engatinhe.


27
A Unção do Espírito Santo

Israel nos dá um Ótimo Exemplo

Quando o povo de Israel estava vagueando no deserto o Senhor providenciou para eles uma
comida. Está comida devia ser colhida logo cedo de manhã e deveria ser o suficiente para a pessoa
se alimentar naquele dia, não podia guardar para o amanhã. Exceto no sábado quando era o dia de
dedicação do Senhor, então o povo de Israel tinha autoridade para guardar o maná de um dia para o
outro.

Em Êxodo 16:4-5 diz: Então, disse o Senhor a Moisés: Eis que vos farei chover pão dos
céus, e o povo sairá e colherá cada dia a porção para cada dia, para que EU VEJA SE ANDA EM
MINHA LEI OU NÃO.
E acontecerá, ao sexto dia, que prepararão o que colherem; e será o dobro do que colhem cada
dia.

Este era o ordenado do Senhor para o povo. Todos os dias deveriam acordar cedo para
pegarem a porção certa para cada um. Quando o povo adormecia e acordava pela manhã o pão dos
céus, o maná estava depositado do lado de fora da casa deles, o único trabalho era catar a
quantidade necessária e então no próximo dia repetir.
O Senhor estipulou que cada cabeça, cada pessoa, deveria pegar um gômer.

Se o individuo tinha em sua família 10 pessoas, eles pegariam 10 gômer. Cada gômer é equivalente
a 360 litros.
Antes de continuarmos observe algo interessante. Antes de o maná cair, primeira coisa que
caia era o orvalho. O orvalho teve função primordial antes que o maná caísse. Se o maná caísse na
terra como ela estava ele derreteria e se perderia.
Quando o orvalho do Senhor (Espírito Santo) vier sobre você, então, e somente então, o maná
(unção) poderá permanecer em você.

Profundo não é?! Glória a Deus.


Bom, cada homem ou mulher só podia pegar 360 litros de maná. Mas o povo era teimoso, no
entanto uns pegaram mais e outros pegaram menos. Porém, era medida a quantidade de cada pessoa.
O maná não sobejava e nem faltava.
Isso abre espaço para mais uma revelação poderosa. Cada cristão, independente de qual seja
sua função no corpo de Cristo deve ter o nível certo de unção para aquilo. Nem de mais e nem de
menos. O Senhor estipula o nível de unção para cada um. Apóstolo, mas você disse que quanto mais
perto do Senhor mais unção eu terei. Sim eu disse. Mais será até a medida. Deus não desperdiça a
unção, e nem deixa faltar para aqueles que buscam.
Pra confortar seu coração, existe um nível chamado de “Espírito Sem Medida”, ai meu amigo (a) o
negócio fica sério. Operar neste nível é literalmente ser Cristo na terra. Não me divindade, mas em
personalidade e caráter. Shuuuuuuu!

Muitas pessoas acordam e em vez de pegar seus 360 litros de maná, só pega 50 litros. E o
Senhor fica chamando a pessoa para pegar a quantidade certa. Amigo (a), a cada dia existe um nível
de unção para você. Todos os dias essa unção deve ser renovada, e tudo na medida certa.

28
A Unção do Espírito Santo
O maná de ontem não serve para hoje. A unção de ontem só serviu para ontem, a de hoje
servirá apenas para hoje. Assim como um carro deve trocar seu óleo após alguns km’s rodados,
assim nós devemos renovar a unção do Espírito Santo todos os dias. Como já falei, a unção que
recebemos hoje (se buscarmos, é claro) só vai servir para lubrificar nosso motor naquele dia. A
unção tem prazo de validade, apenas 24 horas, passando isso ela cria bicho e cheira mal.

Vs19 – E disse-lhes Moisés: ninguém deixe dele para amanhã. Eles, porém, não deram ouvidos a
Moisés; antes, alguns deles deixaram dele para o dia seguinte; e aquele criou bichos e cheirava
mal; por isso, indignou-se Moisés contra eles.

Pegando um Pouco Mais

Quando nós entramos no ministério, é preciso um pouco mais de maná (unção). Quando
chegava à sexta-feira o povo acordava cedinho, e pegava uma quantidade á mais para o sábado.

Cada um ficava livre para cozer no forno, ou na água. Quando chega o período ministerial na
vida de uma pessoa, o maná (unção) colhido na sexta-feira é modificado. Vemos que o maná era
comido da mesma forma como descia do céu. Ninguém fazia um cozido de maná, somente na sexta-
feira é que eles cozinhavam a sua moda para comerem no dia do sábado.

O que tiramos disso? Quando colocamos os pés no ministério precisaremos de uma unção
mais densa. Precisaremos do “cozido da unção”. Essa unção dura mais, mas ainda continuaremos á
renovar ela dia após dia. A unção que temos para servir ao Senhor em adoração, em comunhão com
os irmãos, em fim, para mantermos a unidade não é a mesma unção que é utilizada no ministério.
Precisamos de uma unção mais forte para lutar contra os poderes das trevas, as doenças, a
incredulidade de uma geração pervertida. E isso se dá quando nós “cozemos o maná” para o sábado.
O sábado era dia de dedicação total a Deus. Em quanto que de domingo a sexta o povo tinha sua
vida normal, mas precisavam do maná para ter forças durante todo o dia. Quando iniciava o sábado
(que era ainda na sexta-feira) o povo fazia um cozido do maná. Com certeza era uma comida mais
forte, mas consistente.

Assim acontece conosco que estamos no ministério. O nosso “maná é cozido”, é mais
consistente do que o maná, pelas razões que já citei a cima. Podemos ver isso claramente na vida de
vários homens de Deus. Benny Hinn, Andres Bisonni, Ricardo Rodrigues, Claudio Freidzon, Cash
Luna, Randy Clark e outros, vemos o “maná cozido” na vida deles. Pois é algo mais consistente,
mais denso. Não se preocupe, se você tiver um chamado para pregar o evangelho desta forma o “seu
maná vai ter de ser cozido”.

A cada dia o que você deve continuar fazendo é pegar seu maná, a quantidade certa, nem mais nem
menos. E continuar servindo ao Senhor, ajudando o seu mentor espiritual. E quando você estiver
preparado para “cozer seu maná” você estará preparado. Amém? Seja paciente, e descubra qual é o
seu chamado no Senhor.

29
A Unção do Espírito Santo

Capitulo 7
Aprendendo com Elias e Eliseu
Temos uma saga emocionante na historia de Elias e Eliseu. Eu quero aqui poder refutar uma
“doutrina” que está sendo pregada por alguns. Algumas pessoas afirmam que a unção pode ser
transferida. Ok! Mais qual o tipo de unção é transferível?

Eles utilizam essa passagem para dizer que se alguém servir a eles, os mesmo podem impor
as mãos e transferir uma “unção” para eles “continuarem o ministério”. Bom, que a unção é
transferível ela é, mas que um homem pode escolher para quem ela vai ser transferida isso não
existe.

Não encontramos em nenhuma parte da bíblia versículos que apóiam a “herança paterna
espiritual”. Não existe essa historia de eu escolher uma pessoa que me agrada e treinar ela para
assumir meu chamado simplesmente por que eu quero aquela pessoa.

Ouvi um pastor pregar isso, e quando fui mostrar-lhe que estava errado expulsou-me da sua
igreja. Afirmou que queria apenas pessoas que obedecessem rigorosamente ao que ele falava.

Desculpa a franqueza, mas se o camarada prega uma mentira, deveria eu seguir? Uma
mensagem pregada errada não deveria ser posta em julgamento? Se até as mensagens que estão
corretas devem passar por julgamento minucioso da palavra de Deus, quanto mais uma mensagem
baseada em falácias de líderes que estão fazendo discípulos de si mesmos e não de Jesus.
Atos 17:11 – Ora, estes eram mais nobres do que os de Tessalônica, porque receberam a palavra
com toda avidez, examinando diariamente as Escrituras para VER SE ESTAS COISAS ERAM
ASSIM.

O problema é que hoje o povo empurra pra dentro do “bucho” toda coisa que sai do altar.
Francamente sejamos como os de Beréia, que foram chamados de nobres, por examinarem as
Escrituras.

Então não existe esta historia de que se você servir bem ao pastor, ele vai compensar você
com uma unção ministerial. Isso é mentira.
E é o motivo de muitas igrejas estarem acabadas, na podridão. Imagina se um bombeiro passasse
um receituário para você, ou um medico fosse tentar levantar um prédio para você morar?

Não existe a menor coerência nisso tudo. Um médico deve ficar no consultório, o bombeiro no
quartel e o pedreiro levantando o prédio.
Agora vamos aprender com a vida de Elias e Eliseu uma lição poderosa, tanto para refutar
essa idéia de “unção paterna” como aprendendo a receber a unção caso você tenha um ministério
qualificado em apóstolo, profeta, evangelista, pastor e mestre.

30
A Unção do Espírito Santo
Elias foi um profeta, tesbita e morador de Gileade. A unção que estava sobre Elias era
enorme. Os céus obedeciam a sua voz, milagres extraordinários eram feitos, rios se abriam e outras
coisas mais. Era notório o “maná cozido” na vida de Elias. Mas o Senhor estava perto de tomar
Elias para junto dEle. E então o Senhor disse:

E o Senhor lhe disse: Vai, volta pelo teu caminho para o deserto de Damasco, vem e unge a Hazael
rei sobre a Síria.
Também a Jéu, filho de Ninsi, ungirás rei de Israel e também Eliseu, filho de Safate, de Abel-Meolá,
ungirás profeta no teu lugar.

Elias não escolheu ao acaso a Eliseu, mas o próprio Deus deu ordenado para Elias. Elias
deveria tomar Eliseu consigo e treiná-lo. Não foi escolha de Elias tomar Eliseu. Aprenderam? Vou
repetir.

ELIAS NÃO ESCOLHEU A ELISEU, MAS O SENHOR ESCOLHEU A ELISEU.


Elias foi apenas o instrumento utilizado para “afiar” a Eliseu. Este deve ser o dever de todo líder;
afiar aqueles a quem o Senhor chamou para o ministério.

Bom, derrubamos de vez a história de que se um líder escolher uma pessoa por que ela o
serve bem, ou obedece ele cegamente pode impor as mãos sobre o servo e delegar um chamado sem
que Deus o tenha ordenado.

Eliseu serviu a Elias, observou de perto a cada movimento de Elias. O seu modo de buscar a
Deus, a forma como lidar com as situações que sobrevinham, Eliseu observava e aprendia.

Elizeu chamado por Deus para ser profeta no lugar de Elias, aprendeu a arte de servir a Deus com
sinceridade e de apenas falar o que o Senhor mandara. Eliseu, porém havia de pagar o preço pela
unção. E pagando o preço da unção poderia pedir ousadamente:

“Haja porção dobrada de teu espírito sobre mim.”

Quantos concordam que o espírito de Elias nada pôde fazer durante seu ministério? E
quantos concordam que o Espírito Santo foi o operador na vida de Elias? Então o que se passa aqui?
Estaria Eliseu pedindo a unção de Elias, ou a unção do Espírito Santo que estava sobre Elias?

Em outras palavras, Eliseu pediu apenas duas vezes mais unção do que tinha sobre Elias. Ele
havia pagado o preço, e podia pedir a unção.

Elias disse que Eliseu tinha pedido uma coisa dura; a palavra usada aqui é quashah que quer
dizer duro, árduo, severo.

O que Eliseu na verdade pediu a Deus por meio de Elias, afinal de contas Elias era um
intermediador entre os homens e Deus, (Hoje temos apenas um intermediador que é Jesus. E quando
chegamos para Ele e pedimos unção, ou unção dobrada é uma coisa dura que pedimos.)

Eliseu queria apenas trabalhar mais do que Elias. Quero dupla porção do teu espírito, quero
trabalhar mais do que você trabalhou; quero fazer mais por esse povo do que você fez.

31
A Unção do Espírito Santo
Ao pedir isso, Eliseu tinha de ver Elias subir aos céus, caso não visse não receberia a unção. Isso
nos move a ter os olhos fitos em Jesus, a não deixar Jesus por nada, caso contrário, à unção não
pode vir sobre nós.

Elias não ia a lugar algum sem que Eliseu não fosse atrás. Eliseu não perderia a oportunidade
de receber a unção e operar em um nível ainda maior do que Elias.

Quando temos um chamado, ou percebido por nós mesmo, ou percebido por algum homem de
Deus, devemos ter um tutor espiritual para nos ajudar. Eliseu aceitou isso de Elias e recebeu a unção
dobrada.

Meu Chamado

Quando recebi o meu chamado eu só tinha 13 anos de idade. Acabara de me converter.


Estávamos em um domingo pela manhã na igreja, e sentimos o desejo de orar. Começamos a adorar
a Deus ali e eu me perdi na adoração.

Quando me dei conta estava chorando compulsivamente e então ouvi o Senhor falar comigo.
Vale lembrar que eu acabara de me converter, nem sabia como identificar a voz de Deus, nem sabia
que Deus podia falar assim com uma pessoa. Ouvi o Senhor falar:

- Júnior; estou te levantando sobre o Brasil com uma grande unção. Irás revolucionar esta terra e
te levarei as nações.

Ao falar isso para as pessoas que estavam ali comigo, um deles se levantou furioso dizendo
que Deus não faria aquilo e que nunca que me usaria. Como Deus vai revolucionar o Brasil e
através de um homem, e esse homem sendo tu? Dizia ele.

Ele me fez acreditar que Deus não havia falado comigo, como novo convertido aceitei isso.
Mas sempre algo me falava que aquilo era verdade e que seria feito assim como me havia dito.

Dois anos depois o Senhor falou comigo novamente acerca do meu chamado. Desta vez usou
um de seus servos; esse pastor nem era da cidade, era de outro estado. Finalizando a campanha na
igreja eu fui pedir oração a ele, pois estava passando por sérias tribulações.
Na época em questão eu estava com 15 anos. Ao me aproximar dele, pedi oração, e quando
ele impôs as mãos sobre mim para orar, rapidamente tirou a mão e me perguntou:

- Você tem vontade de ser pregador?

Eu meio atônito respondi:

- Sim!

Pois, assim diz o Senhor:

-“Em 5 anos, você será levantado na unção do Senhor para anunciar o evangelho, e atingir as
nações.”

32
A Unção do Espírito Santo
Quando ele terminou de orar parecia que 1, 000 kg havia saído das minhas costas. Em
exatamente 5 anos, sai da igreja onde me congregava a mando do Senhor e iniciei um ministério
próprio.

Quero que você saiba que nunca tive um mentor espiritual que me ajudasse. Graças a Deus
que o Senhor me ajudou por meio do Seu Espírito e usou alguns de seus servos para me instruir.
Mas acredito que tudo seria diferente se eu tivesse um mentor espiritual para me ajudar. Não que
esteja alguma coisa errada, mas é muito bom crescer com um mentor espiritual.

Havia o pastor da congregação, mas sem querer menosprezar, eu não queria ser igual a ele.
Eu queria ver milagres, pessoas cheias do Espírito Santo, pessoas sendo salvas a montes.

E sinceramente, o líder que eu tinha em vista não era o pastor que estava me pastoreando. Sempre
fomos muito diferentes. Eu sempre fui inquieto, corria de um lado para o outro, pregando aqui,
pregando ali.

Não demorou em o Senhor me ungir com uma pequena unção. Está pequena unção fez toda uma
diferença na minha vida naquela época. Varias pessoas eram curadas, demônios expulsos.

3 Homens e um Propósito

Falando assim eu sinto um pouco de saudade daquele tempo. Éramos três garotos. Márcio,
Rafael e eu.

O Márcio era capaz de me tirar do serio com a falta de sabedoria da palavra. Como discutíamos nós
três sobre as coisas de Deus.

Éramos meninos, sim éramos meninos, mas tínhamos mais do que simples meninos, tínhamos uma
fome e uma sede por Deus que os outros jovens não tinham.

Varias vezes nos reuníamos para buscar ao Senhor, e Deus se fazia presente nas orações.
Começávamos a buscar e rapidamente ouvíamos as pedradas sobre a igreja. E quando cada pedra
batia no teto gritávamos:

Glóooooooria a Deeeeeeuuuusssss!!!

Ai de quem tivesse jogando pedra pensando que pararíamos por uma pedra no teto da igreja.
Esses momentos nos trouxeram varias experiências. Ficávamos a manhã toda na igreja orando, à
tarde separávamos para evangelizar, e no finalzinho da tarde íamos à igreja para orar mais um
pouco, voltávamos rapidamente para casa a fim de banhar e regressar a igreja para o culto.

Todos os dias nós estávamos no culto, orando, adorando. Neste tempo a igreja passou por um
grande avivamento. Havia sempre alguém nos procurando para orar por suas mazelas e expulsar
alguns demônios.

Éramos conhecidos como os caça demônio. Eu sempre fui o mais ousado, o Márcio era o

33
mais cabeça dura e o Rafael, há o Rafael, era o cabeça da turma. Era o mais velho e sempre vinha
A Unção do Espírito Santo
com uma palavra para nós. Certa vez fomos a uma praça e lá ele queria por que queria que
pregássemos para ele. Foi muito divertido. Não sei se eles se lembram desses momentos. Hoje cada
um tem o seu ministério.
Por incrível que pareça, ainda hoje guardo uma mensagem que o Rafael que hoje é pastor da
igreja do Evangelho Quadrangular junto com o Márcio. Ele me disse:

- Deus está te levantando sobre essa terra com uma forte unção profética.

Esse ocorrido foi no dia que eu fui cheio do Espírito Santo e falei em línguas estranhas. Foi poder
neste dia.
Tínhamos um propósito, e esse era ser como os apóstolos de antes. Queríamos ver os demônios
loucos, as doenças sendo curadas, almas sendo salvas, e vimos tudo isso.

Alguns achavam que éramos loucos, outros achavam que éramos os “santarrões”, alguns
tinham um respeito por nós. Más todos, todos reconheciam a unção sobre nossas vidas.

Éramos unidos, sempre trabalhávamos na igreja, sendo para evangelizar, ornamentar ela, ou mesmo
em algum trabalho duro de reforma do templo. Estávamos sempre lá.

Lembro-me de uma vez que o Márcio e eu estávamos orando na igreja. Estava na época do
Encontro com Deus, um evento do movimento G12. E tinha a marcara de um demônio na secretária.
Eu, desinquieto que era, peguei a marca e coloquei e rumei para o altar onde o Márcio orava
fervorosamente.

E lá estava o Márcio, orando com sua voz grossa e rouca.

- Satanás, eu não tenho medo de ti. Eu vou contra ti em nome de Jesus.

Eu quis saber se o homem falava a verdade e com a máscara no rosto fiquei debruçado no púlpito.
Assim ele seguia a sua oração, repreendendo e desafiando o diabo.

Em um momento, em quanto ele estava repreendendo o diabo, ele abriu os olhos e me viu olhando
pra ele com uma marcara horrível. Ele deu grito mais ou menos assim:
- SATANÀAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAS.

Ele deu um pulo pra traz com o coração na boca. Tirei a mascara morrendo de rir. Ele me deu uma
bronca mais nada muito grave.
Como disse, éramos 3 homens e um desejo, fazer valer a palavra de Deus.

Minha companhia era eles dois, e eu era a companhia deles 2. Sempre andávamos juntos.
E agradeço a Deus por ter tido amigos assim na minha caminhada. Não tinha um tutor espiritual que
me orientasse na obra de Deus, mas tive amigos que me ajudaram a buscar a Deus.

Caminhada no Ministério

Porém houve o tempo de seu irmão Júnior alçar voou e cumprir seu ministério. Abri um
ministério que denominei como Catedral dos Milagres de Deus. Não podia pensar em um nome
mais humilde?
34
A Unção do Espírito Santo

Sei que iniciamos essa obra e eu pastora Valéria. Vários altos e baixos, muitas pessoas nos
amaldiçoando nos chamando de rebelde e outros nomes que não posso colocar aqui.

Sei que não desistimos, continuamos e equipamos um local para receber a sua capacidade
máxima de 50 irmãos. Treinamo-los na intimidade com o Espírito Santo.

Infelizmente tivemos de fechar a congregação, pois o dono do local havia necessidade de


voltar para o mesmo. Assim a obra Catedral dos Milagres de Deus fechou.
Eu meio desorientado recebi orientação de onde menos esperava. De um pastor lá de Minas
Gerais, o qual nunca havia visto o rosto.

Pastor Wagner falou comigo dizendo para abri a obra. Pensei comigo: Como ele sabe que
está fechada?

Bom; conversa vai, conversa vem. Nasceu o Centro de Adoração e Avivamento. Hoje estamos
ministrando e vivendo no poder do Espírito Santo.

Muitas coisas te esperam quando você entrega sua vida no domínio do Espírito Santo, e Ele sempre
irá te treinar e testar.

Capitulo 8
O Estigma da Unção
Quando somos ungidos por essa unção real, como chama o Benny Hinn, somos puxados,
amassados, exprimidos de todas as formas de criticas, calunias e resistências.

Não se engane a unção tem o seu estigma. Todos os homens que foram ungidos por Deus provaram
do estigma da unção.
35
A Unção do Espírito Santo

Jeremias foi ungido profeta pelo Senhor e a sua unção trouxe o seu estigma. Quantas vezes
Jeremias foi resistido, humilhado, apanhou, sofreu e foi preso?

A unção tem o seu estigma. Quando você nos vê ministrando sob o poder de Deus e vê as pessoas
caindo cheias do Espírito, sendo curas, libertas, almas sendo salvas, aquilo é apenas o glamour do
ministério.

O que acontece nos bastidores é o que nos distingue do falso. O que acontece nos bastidores
é realmente o que nos identifica com o Mestre.

Para que homem mais perseguido do que Jesus? Não existia um lugar que Ele fosse que uma
pessoa não o achasse e o testasse e o incitasse a tropeçar. Até de belzebu ele foi chamado. No
entanto continuava a fazer a obra de Deus com excelência.

Dias atrás estava em um site de vídeo, e vi um vídeo que tinha por titulo a unção de Marcos
Feliciano. Quando coloquei para assistir, era uma charge grotesca de alguns homens de Deus.
Confesso que ri muito, pois era coisas que foi difícil segurar o riso.

Entrei em contato com Wagner Brook e mostrei o vídeo a ele. Estávamos rindo do ocorrido,
mas com uma certeza, esperando a nossa vez. Não demorou muito e o que tem de vídeo afirmando
que o pastor Wagner Brook é um hipnotizador, que é um falso profeta, que é isso e aquilo.

A unção tem o seu estigma, grave isso. Como em uma de suas ministrações ele mesmo
afirma que, quem quer unção deve preparar o lombo pra apanhar.

Quantas pessoas iam ao culto de Kathryn Kuhlman para tentar pegar ela em alguma falha, e
assim ridicularizar a unção que havia na vida dela nos jornais, revistas e televisões. O que leva um
homem a escrever um livro como “O Mundo Confuso de Benny Hinn”??

O que leva uma pessoa a pegar vídeos de ministrações do poder de Deus e ridicularizar a ação do
Espírito de Deus, simplesmente por que não “entendem” e não “aceitam” essa ação.

Deixa-me dizer uma coisa, se nós entendêssemos tudo o que a bíblia nos diz então Deus seria
limitado. E se não entendemos alguma coisa referente a essa ação do Espírito é por que não somos
espirituais o bastante para “DISCERNIR”.

Mais fique calmo o estigma vem, mas a unção vai aumentando cada vez mais. Quanto maior
a perseguição, maior o nível de unção derramado na vida do individuo.
O que devemos fazer quando o estigma vem? Apenas continuar no propósito. Nada de
revidar, a menos que o Espírito diga a você que o faça. Quantas pessoas colocavam o dedo no meu
rosto e dizia:

- Eu não concordo com seu ministério. Você é um rebelde, você é um endemoninhado. Suas curas
não vêm de Deus.

Inúmeras pessoas já me confrontaram cara a cara e a única coisa que o Espírito me dizia era:

36
A Unção do Espírito Santo
- Silêncio. Deixai-os são cegos guiando cegos.

Eu tinha vontade de me defender, de levantar a mão e ver a pessoa cair no chão e rolar até ficar roxa
de tanta unção para demonstrar que era verdade. Mas bem cedo aprendi uma coisa:

“A unção na vida do individuo não é para provar que ele é de Deus, mas para provar a veracidade
da palavra de Deus.”

A unção vem pra confirmar a palavra e não para confirmar que uma obra, ou ministério é de Deus.

Apóstolo mais é difícil, sim eu sei que é difícil. Mas não podemos nos vangloriar em uma coisa que
não é nossa. O que devemos fazer então?
Ouvir a voz do Espírito Santo dizendo:

- Grande é o teu galardão no reino de Deus.

Nada mais. Mas apóstolo é a obra de Deus. Sim, é a obra de Deus. Então que Deus defenda a
Sua obra. O que você tem que fazer é simplesmente obedecer a Ele e deixe que essas pessoas se
entendam com Ele.

O tempo que você perde tentando provar que é um homem ou mulher de Deus é o tempo em que
você prova que nunca fora ungido. Quem tem não tem que provar que têm. Se tiver de provar é sinal
que não tem.

Muitos homens são perseguidos, e isso resultando em um peso de glória em seus ministérios.
Tamanha é a perseguição sobre o ministério de Benny Hinn, no entanto quando aquele homem
convida as pessoas a entregar seus corações a Jesus, podemos ver milhares correndo desesperado
para aceitarem a Jesus como seu salvador.

È o estigma da unção! E este estigma é recompensado com mais unção. Eterno peso de glória!
Quero que você grave isso. Eterno Peso de Glória.

“Você corre para alcançar uma coroa incorruptível e não um reconhecimento barato neste
mundo.”

Capitulo 10
Perdendo a Unção
37
A Unção do Espírito Santo
Não existe nada que você possa fazer para Deus te amar menos, ou para Ele te amar mais.
Embora, tudo o que fazemos resulta em algo, e esse algo vem envolto de respostas aos nossos atos,
sejam bons ou maus.

Não Confunda Unção Com Amor

Nunca podemos confundir unção com amor.


O amor dEle é para toda a humanidade, unção é para os fieis e íntimos dEle.
Vejamos um versículo que nos acalenta grandemente:

Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome,


ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?
Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem principados, nem, coisas
presentes, nem futuras, nem potestades, nem altura, nem a profundidades, nem qualquer outra
criatura nos poderá separa do amor de Deus, que está em Cristo Jesus Nosso Senhor. Romanos
8:35,38-39

Não existe absolutamente nada que pode nos separa do amor de Cristo, mais da unção nós temos
varias coisas que pode.
Assim como um pai não dá o carro na mão de um filho que não sabe dirigir, mas somente depois de
confiar que ele pode manusear o veiculo, assim o nosso Deus faz para conosco.

É difícil receber a unção, ou seja, temos testes e mais testes e mais testes até sermos ungidos
para ministrar; porém quando somos ungidos nunca podemos respirar aliviados, pois perder ela é
muito fácil.

A mínima colocação do “eu” corta o fluxo da unção, podendo ser restabelecida com o
reconhecimento do erro. Porém, quero chamar á atenção de você para nunca, jamais, em hipótese
alguma perder a unção definitivamente.

Apóstolo, eu posso perder a unção definitivamente? Sim!


Vejamos um homem do antigo testamento que provou de um profundo ministério do Espírito Santo,
no entanto negligenciou a Ele e tornou-se como nunca fora ungido.

Saul é o exemplo mais tangível que posso utilizar. Por que Saul perdeu a unção? Porque
desobedeceu. Mas quero te levar a uma revelação mais profunda. Samuel, o profeta, era uma
espécie de muleta para Saul. Mesmo sendo ungido, mesmo tendo sido transformado pelo Espírito
Santo, Saul era um homem inoperante nas questões espirituais.
Saul fora ungido rei sobre Israel, mas em nada conheceu ao Senhor.
Observemos a diferença do reinado de Saul para o de Davi. Ambos escolhidos por Deus para reinar
sobre Israel. A bíblia fala de momentos lindos e profundos que Davi passou com Deus; mas e Saul?

Não existe evidencia de que Saul esteve orando, adorando ou louvando a Deus, exceto quando o
Espírito desceu sobre ele no dia da sua unção e depois quando foi quere prender a Davi.

Qual era o relacionamento de Saul com Deus? Saul nem ao menos buscava a Sua face. Porém
Davi era constantemente achado desejando a presença do Senhor.

38
A Unção do Espírito Santo
Ora mais, Davi sacrificou diante do Senhor seus holocaustos, Saul, porém no seu primeiro
holocausto foi rejeitado. Por quê?

Saul nunca buscou um relacionamento direto com Deus, Saul estava interessado apenas em seus
próprios interesses e provou isso em I Samuel 13, dois anos após ter sido ungido perante o Senhor.

Se Saul tivesse um relacionamento com Deus teria acatado as ordens que Samuel entregou, mas
não, ele preferiu fazer “o que achava ser necessário”.

O propósito deste capítulo é salientar uma coisa importante:

“O ônus da questão, não é ter ou não ter a unção na sua vida, mas sim, perder a unção que fora
depositado em você.”

Caráter

Como já falei antes, Deus ungi pessoas com caráter. Mas, mesmo os de caráter que
receberam a unção podem cair da graça e perdê-la.
Vemos isso em Saul, Sansão, Judas e alguns do nosso tempo atual.

Podemos ver claramente, que o motivo que levou essas pessoas a perder a unção foi à
desobediência.
Saul deixou de cumprir as ordens de Deus guardando a vida de Agague rei de Amaleque e
reservando o melhor dos animais para supostamente oferecer sacrifício a Deus, desobedecendo a
Deus e ainda por cima criando desculpa para sua desobediência. O estado de Saul agora é: ...como
se nunca fora ungido com óleo. (II Samuel 1:21)

Sansão foi claramente advertido de não contar seu segredo a ninguém. Vindo, pois Dalila
seduziu o infeliz que acabou contando o segredo da sua força. E então Sansão provou de algo
terrível:

E disse ela: Os filisteus vêm, sobre ti, Sansão. E despertou do seu sono e disse: Sairei ainda esta
vez com dantes e me livrarei. Porque ele não sabia que já o Senhor se tinha retirado dele.

A desobediência de Sansão tornou o homem mais forte do universo em um mero escravo dos
homens aquém ele havia feito tremer de medo.
Aqueles que tentavam apagar o fogo de suas vinhas, que tentaram fazer um portão novo pra Gaza,
aqueles que tiveram altas baixas em seu contingente agora estavam ali, segurando em cadeias a um
homem cego e sem identidade.

Desobedecer a Deus não custa apenas à unção, mas nossa identidade.


Sansão, o filho do sol, antes temido por todos, agora um objeto de escárnio em uma nação pagã.
Eles clamavam:

- Onde está sua força agora Sansão?


- Podes agora, desafiar nossos deuses Sansão?

39
Saul, pobre coitado, perdeu a direção de tudo. Saindo a unção, um espírito imundo habitou nele.
A Unção do Espírito Santo
Quando perdemos a unção que o Espírito nos dá, Seu lugar é substituído por um espírito imundo. E
então perdemos a nossa identidade.

Saul perseguiu a Davi, fez muitas loucuras, até mesmo matar sacerdotes e consultar uma bruxa. O
seu fim foi trágico.
Tudo resultado de desobedecer a Deus.

Propósito da Unção

A unção nos é conferida para realizarmos a obra de Deus com evidências de algo genuíno e
verdadeiro. O que diriam se disséssemos que Jesus cura e as pessoas não forem curados? Jesus
liberta! E as pessoas continuam presas. Jesus Salva! E nós mesmo nem temos a certeza de nossa
salvação?

A unção vem pra autenticar isso, e a partir do momento que o individuo deixa de seguir as
ordenanças de Deus para seguir o seu próprio intuito, a unção é cortada. Assim como quando você
não paga a conta de luz e água elas são privadas de você, do mesmo modo é a unção.

Quando não a utilizamos para o fim próprio dela de imediato é cortado o fluxo.
Assim foi com Saul e Sansão. Ambos com uma missão e ambos com seus preceitos errôneos.

Custa alguma coisa obedecer a Deus? Não temos nada sobre nós que possamos dizer:

- Isso foi porque eu fiz isso e aquilo.


Então se não é nosso, devemos utilizar como o Dono quer.

Vou lhes contar uma historia:

Havia certo homem, rico e cheio de empregados na sua empresa. Um dia ele precisou
comprar algumas coisas para a empresa, a fim de ampliar ela e melhorar um pouco o visual.
Bom, ele chamou a dois empregados, e a cada um confiou uma fortuna de 5 milhões de reais. E
então os despediu com a seguinte afirmação:

- Todos os dias vocês me liguem para saber como gastar esse dinheiro.

Todos os dias os empregados ligavam para saber o que o chefe queria que fosse feito. E eram
dadas algumas ordens a cerca do que comprar.
Mais ao passar de uma semana, um de seus empregados achando que poderia dar uma
incrementada, afinal de contas ele queria mostrar que era utilizável na empresa. Saiu comprando o
que achava que seria necessário para o novo visual da empresa.

Alguns lençóis da Índia, tapetes da Pérsia, marfim, objetos folheados a ouro, sofás
impecáveis e matérias para escritório de ultima geração.
O chefe preocupado com o dinheiro que investira, soube que o empregado havia gastado com coisas
que não estava na lista. Então ligou para o gerente do banco e mandou cancelar a conta do
empregado, retendo o seu dinheiro.

40
A Unção do Espírito Santo
O empregado achou estranho, acreditando que já acabara com as compras voltou para a
empresa.
Chegando o dia dos dois se apresentarem ao chefe, o que havia gasto o dinheiro apenas com aquilo
que o chefe lhe dissera, foi promovido à presidente de uma das filiais da empresa, tendo o seu
salário rigorosamente aumentado, um mês de férias com tudo pago para ele e a família para onde
quisessem ir.

O empregado que havia dado uma incrementada no negocio, pensou:

- Se este que fez apenas o que o chefe mandou imagina eu, que fiz mais além.

Chegou à vez do empregado “incrementador”. O chefe olhando profundamente nos olhos


perguntou:

- O que te havia eu dito para fazer?

Ele respondeu:

- Ligar para o senhor para receber as ordenanças para as compras.

- E o que fizestes? Disse o chefe.

- Certo, vamos lá. Disse o empregado. Batendo palmas uma enxurrada de pessoas entrando e saindo
e depositando objetos dos mais caros, e utensílios preciosos próximo ao chefe.

Lençóis, sofás, utensílios, muita coisa foi depositada ao chefe. Terminando de trazer tudo o
empregado então disse:

- Vistes o que fiz? Com teu dinheiro comprei tudo isso; então o que vou receber?
Nesta hora, entra dois policiais na sala de reunião e prende o empregado “incrementador”.

- O que está havendo? Diz o empregado.


- Você violou as minhas ordens, gastando desordenadamente o meu dinheiro. Sinto muito, mas você
terá de pagar pelo seu erro.
Você está demitido da empresa, terá de pagar com os gastos desnecessários.

E então o empregado saiu dali preso e humilhado, em quanto o que fez apenas o que o seu chefe
havia feito, foi bonificado e honrado, e não somente ele, mas sua família também.

Esta história, embora seja uma tese criada por mim, é bem real no meio do Reino de Deus.
Nós queremos incrementar com aquilo que não é nosso, em quanto o que devemos fazer é apenas
obedecer ao que nos é ordenado.
O que não teria ganhado o empregado se tivesse feito apenas o que lhe fora dito? Assim como o
outro que teve honras e foi promovido, o mesmo aconteceria com ele, mas achou que poderia
“incrementar” e recebeu um castigo por seu ato imprudente.

41
A Unção do Espírito Santo
Queridos, estamos falando do Reino de Deus, da obra do Senhor. Devemos fazer apenas
aquilo que nos é ordenado. Somente o Senhor sabe como guiar a Sua obra. Por acaso temos visão
igual Ele, ou pensamentos igual ao dEle?

Saul fez além do que lhe haviam dito para fazer, e perdeu o seu reinado. Que isso sirva de exemplo
para você.

O obedecer é melhor do que sacrificar.

Sobre o Autor

Júnior Leão é ministro, escritor, conferencista internacional, apóstolo de Cristo a igreja e


como ele mesmo gosta de dizer que é o maior titulo que ele tem um adorador.

Tem ministrado poderosamente na unção do Espírito Santo, levando em uma unção de


despertamento espiritual para essas verdades. Levantando por meio da unção do Espírito uma
geração de pessoas perdidamente apaixonadas pela presença gloriosa do Senhor Jesus.

Recebeu seu chamado ainda novo, desenvolveu a medida que o Espírito lhe permitia que avançasse,
e ministra sobre controle do Espírito para as massas sedentas.

Atualmente o apóstolo Júnior Leão tem dedicado sua vida a proclamar o evangelho, sonhando com
um projeto chamado Centro de Adoração e Avivamento para Teresina e em Concretizar uma
revelação dada por Deus sobre um congresso denominado Despertar do Espírito. Ambos os sonhos
são interdenominacionais e sem ovações a igrejas (denominação), nome de pastores.

Júnior Leão vive inteiramente da obra e seu maior desejo é liberar a unção apostólica que o Espírito
tem dado ao seu ministério.

42
A Unção do Espírito Santo

Notas Finais

Acessem o nosso site www.espiritodosenhor.com , siga-nos no Twitter @apostolojunior

Convites e dúvidas favor entrar em contato pelo site do ministério Júnior Leão.

43