Você está na página 1de 3

Introdução à Filosofia

Prof. Deyvison Lima


Horário: 3ª e 5ª, das 16 às 18 horas
Consultas: a combinar com o professor
__________________________________________________________________________________

Ementa 1. Conceito de Filosofia 2. Problemas iniciais levantados pela Filosofia 3. Processo histórico e
dialético de desenvolvimento da Filosofia

Objetivos 1. Levar o aluno a ter conhecimento da origem, do aprimoramento e do desenvolvimento


da Filosofia. 2. Capacitar o aluno a ter condições para um reflexão sobre os problemas levantados pela
Filosofia. 3. Abordar brevemente as diversas concepções das correntes filosóficas antigas, modernas e
contemporâneas.

__________________________________________________________________________________

O curso trata da introdução à filosofia desde um ponto de vista temático. Esta disciplina tem por
objetivo a apresentação de problemas filosóficos, ressaltando o exercício de ferramentas formais da
análise de textos, bem como o desenvolvimento de habilidades discursivas (exposição e discussão).
Desde a pergunta elementar sobre a natureza e origem da filosofia, suas características são expostas
através das relações entre conceitos fundamentais como mito e Logos, physis e nomos, norma e
violência, pensamento e mundo, verdade e erro, liberdade, justiça, etc., ou ainda nos paradigmas que
de maneira didática, embora demasiadamente escolar, dá as coordenadas do movimento do
pensamento: do ser ao sujeito, do sujeito à linguagem.
A abordagem pretende demonstrar a crise permanente da filosofia e, por isso, não oferece uma visão
de desenvolvimento histórico ou de soluções previsíveis. Pelo contrário, evidencia as rupturas e
indeterminações do pensamento, o caminho cruzado que constitui a filosofia e suas bordas com outras
formas de saberes, tais como, o senso comum, a religião, a ciência, as artes. Apesar de se configurar
como uma disciplina de introdução geral à filosofia, as discussões são encaminhadas para as
especificidades do curso, no caso, em ciências sociais e humanas, o que justifica as preferências
temáticas. As aulas serão expositivas, pontuadas com leituras de textos selecionados. A avaliação
resultará de quatro critérios: 1) Participação em sala de aula - 20%; 2) Apresentação de textos e
protocolos de aulas – 20%; 3) Avaliações escritas – 40%; 4) Ensaio de conclusão do curso – 20%.
Programa do Curso

Semana 1 (27/fevereiro e 1°/março) – Introdução ao curso: o que é Filosofia? Texto:


DELEUZE, G.; GUATTARI, F. O que é a filosofia? São Paulo: Editora 34, 2010, p. 7-136.

Semana 2 (6 e 8/março) – Texto:


DELEUZE, G.; GUATTARI, F. O que é a filosofia? São Paulo: Editora 34, 2010, p. 7-136 (cont.).

Semana 3 (13 e 15/março) – Textos:


HEIDEGGER, Martin. O que é isto, a filosofia? São Paulo: Abril Cultural, 1979, p. 7-24.
HEIDEGGER, Martin. Introdução à filosofia. São Paulo: Martins Fontes, 2009, p. 1-27.
Semana 4 (20 e 22/março) – Textos:
NIEZTSCHE, F. A filosofia na época trágica dos gregos. São Paulo: Ed. Elfos, 2000.
COLLI, Giorgio. O nascimento da filosofia. São Paulo: Editora Unicamp, 1988.
GADAMER, H-G. El inicio de la filosofía occidental. Barcelona: Paidós, 1999, p. 5-20.

Semana 5 (27 e 29/março) – Textos:


ARENDT, Hannah. A condição humana. Rio de Janeiro: Forense, 2007, p. 31-88.
LIMA VAZ, H. Escritos de Filosofia II. São Paulo: Loyola, 1988, p. 11-78.
VERNANT, J. P. As Origens do Pensamento Grego. Rio de Janeiro: Difel, 2002.

Semana 6 (3 e 4/abril) – Textos:


LIMA VAZ, H. Escritos de Filosofia II. São Paulo: Loyola, 1988, p. 135-180.
MCKIRAHAN, R. D. “O debate nomos-physis”, In: A filosofia antes de Sócrates. São Paulo: Paulus,
2013, p. 659-693.

Semana 7 e 8 (10, 12, 17 e 19/abril) – Textos:


PLATÃO. Teeteto - Crátilo. In: Diálogos de Platão, Trad.: Carlos Alberto Nunes. Belém: UFPA, 2001.
PLATÃO, Fédon. 3ª. ed. Trad. Carlos Alberto Nunes. Belém, PA: UFPA, 2011.
SANTOS, Luiz H. L “Harmonia essencial”. In: A crise da razão. São Paulo/Brasília/Rio de Janeiro: Cia.
das Letras, p. 437-446.
OLIVEIRA, Manfredo. “Filosofia: lógica e metafísica”. In: Metafísica Contemporânea, Petrópolis:
Vozes, 2007, p. 161-183.

Semana 9 e 10 (24, 26/abril; 3 de maio) – Textos:


ARISTÓTELES. Ética a Nicômaco, livros 1 a 3 (até III, 8). São Paulo: Atlas.
LIMA VAZ, H. Escritos de Filosofia II. São Paulo: Loyola, 1988, p. 11-78.
GADAMER, H.G. Verdade e método I. (Parte 2, II, a, b). Petrópolis: Vozes, 1997, p. 400-436.
GADAMER, H.G. “Problemas da razão prática”. In: Verdade e método II. Petrópolis: Vozes, 1997, p.
369-380.
MACINTYRE, A. Depois da virtude. Bauru: Edusc, 2001, cap. 3 (4 e 5), 9 , 14, 15.

1ª avaliação parcial – 3/maio

Semana 11 e 12 (8, 10, 15 e 17/maio)


DESCARTES, René. Meditações metafísicas. São Paulo: Martins Fontes, 2005.
DOMINGUES, Ivan. O grau zero do conhecimento. São Paulo: Loyola, 1991, p. 13-125.
HEIDEGGER, Martin. Ser e Verdade. Petrópolis: Vozes, 2007, p. 43-60.

Semana 13-14 (22, 24, 29/maio)

KANT, I. Fundamentação da Metafísica dos Costumes. Lisboa: Edições 70, 2002, seções 1 e 2.
RAWLS, John. Uma teoria da justiça. São Paulo: Martins Fontes, 2008, cap. I e III (excertos)
ALMEIDA, Guido. “Moralidade e racionalidade na teoria moral kantiana”. In: Kant no Brasil. Daniel
Omar Perez (Org.), p. 167-180.

Semana 15-16 (5, 7, 12 e 14/junho)


HEGEL, G. F. W. Filosofia do direito, Divisão, §33, pp. 77-78; Terceira Parte. Eticidade, §142-157, pp.
167-173. São Leopoldo: Editora Unisinos, 2010.
HONNETH, Axel. Luta por reconhecimento. São Paulo: Editora 34, 2009, p. 32-123.
WALZER, M. Esferas da justiça. São Paulo: Martins Fontes, 2003, p. 1-38, 429-441.
BEISER, F.C. “Hegel e o problema da metafísica”. In: Hegel. São Paulo: Ideias&ideias, 2014, p. 9-36.

Semana 17-18 (19, 21, 26 e 28/junho)


NIETZSCHE, F. Genealogia da moral. São Paulo: Cia. das Letras, 2003.
BENJAMIN, Walter. “Sobre a crítica do poder como violência”. In: O anjo da história. Belo
Horizonte: Autêntica, p. 59-82, 2012.
AGAMBEN, Giorgio. Estado de exceção. São Paulo: Boitempo, 2004.

Semana 19 (3 e 5/julho)
2ª. Avaliação, entrega de trabalhos e exame final.

Bibliografia Geral

ARENDT, H. Entre o passado e o futuro. São Paulo: Perspectiva, 1997.

BORHEIM, Gerd. Os Filósofos Pré-Socráticos. São Paulo: Ed. Cultrix, 1985.

CHATELET, François. História da Filosofia. [ Tomos I-X ]. Rio de Janeiro: Jorge Zahar eEd.

JÄGER, Werner. PAIDEA. A formação do homem grego. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

KIRK, & RAVEN. Os Filósofos Pré-Socráticos.Lisboa: Fundação Calouste Gulbekian, 1982.

MARCONDES, D. Iniciação à história da Filosofia. Rio de Janeiro: Zahar, 1997.

REALE, Giovanni. História da Filosofia. [Tomos I-V ]. São Paulo. Ed. Paulus, 1990.

Teresina, 26 de fevereiro de 2018

______________________________

Deyvison Rodrigues Lima

Prof. Adjunto do Departamento de Filosofia UFPI