Você está na página 1de 3

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ

CENTRO DE CIÊNCIAS
DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA
ÁLGEBRA LINEAR
Prof. Dr. Raimundo Alves Leitão Júnior
Lista 1

ESPAÇOS VETORIAIS

1. Considere o conjunto Rn := {(x1 , . . . , xn ) : xi ∈ R, i = 1, . . . , n} mu-


nido das operações:

a. (x1 , . . . , xn ) + (y1 , . . . , yn ) := (x1 + y1 , . . . , xn + yn ).

b. λ · (x1 , . . . , xn ) := (λx1 , . . . , λxn ).

Verifique que Rn é um espaço vetorial.

2. Mostre que os seguintes subconjuntos são subespaços:

a. W = {(x1 , x2 , x3 , x4 ) : x1 + x2 = 0, x3 − x4 = 0}.
  
a b
b. W = :b=c=0 .
c d

c. W = O conjunto das soluções do sistema (1)


    
2 4 1 x 0
 1 1 2  y  =  0 . (1)
1 3 −1 z 0

3. Considere dois vetores no plano (a, b) e (c, d). Se ad − bc = 0, prove


que eles são LD. Se ad − bc 6= 0, mostre que são vetores LI.

4. Exiba uma base e determine a dimensão dos espaços vetoriais abaixo:

a. M (2 × 3).

b. M (m × n).

c. Matrizes diagonais n × n.

d. V = {(x, . . . , x) : x ∈ R}.

1
e. V = {(x, 2x, 3x) : x ∈ R}.

5. Seja Pn o conjunto dos polinômios com coeficientes reais de grau menor


ou igual a n. Mostre que Pn munido da soma de polinômios e mul-
tiplicação destes por um número real é um espaço vetorial. Calcule
dim Pn .

6. Seja W o subespaço de M (2 × 3) gerado pelos vetores


     
0 0 0 1 0 1
 1 1 , 0 −1
   e  0 0 .
0 0 1 0 0 0
 
0 2
O vetor  3 4  pertence a W ?
5 0

7. Sejam U = [(1, 0, 0)] e W = [(1, 1, 0) , (0, 1, 1)]. Mostre que R3 =


U ⊕ W . Faça uma figura indicando os subespaços U e W .

8. Sejam U e W subespaços vetoriais. Use a equação

dim (U + W ) = dim U + dim W − dim (U ∩ W )

para calcular dim (U ∩ W ) quando U = [(1, 1, 0) , (0, 0, 1)] e W =


[(1, 0, 1) , (0, 1, 1)].

9. Mostre que, se V = W1 + W2 , α = {u1 , . . . , uk } é uma base de W1 e


β = {v1 , . . . , vr } é uma base de W2 , então γ = {u1 , . . . , uk , v1 , . . . , vr }
é uma base de V . Este resultado continua verdadeiro se a soma não
for direta? Justifique.

10. Dado W1 = (x, y, z) ∈ R4 : x + 2y + z = 0 encontre um subespaço




W2 tal que W1 +W2 = R3 . Dê exemplos de W1 e W2 tais que dim W1 =


dim W2 = 2 e W1 + W2 = R3 . A soma é direta?

11. Sejam W1 = (x, y, z, t) ∈ R4 : x + y = 0, z − t = 0 e




W2 = (x, y, z, t) ∈ R4 : x − y − z + t = 0 subespaços de R4 .

a. Determine W1 ∩ W2 .

b. Exiba uma base para W1 ∩ W2 .

c. Determine W1 + W2 .

d. W1 + W2 é soma direta? Justifique.

e. W1 + W2 = R4 ?

2
 √  √ 
12. Sejam β = {(1, 0) , (0, 1)}, β1 = {(−1, 1) , (1, 1)}, β2 = 3, 1 , 3, −1
e β3 = {(2, 0) , (0, 2)} bases de R2 .

a. Encontre as matrizes mudança de base:

i. [I]ββ1 . ii. [I]ββ1 . iii. [I]ββ2 . iv. [I]ββ3 .

b. Quais as coordenadas de v = (3, −2) em relação à base:

i. β. ii. β1 . iii. β2 . iv. β3 .


0 −1
 
13. Mostre que [I]ββ = [I]ββ 0 .

14. Se β 0 é obtida de β, a base canônica de R2 , pela rotação por ângulo


−π
3 , encontre:

a. [I]ββ 0 .
0
b. [I]ββ .

15. Se β é base de um espaço vetorial, qual é a matriz mudança de base


[I]ββ ?