Você está na página 1de 7

2º Congresso de Pesquisa Científica : Inovação, Ética e Sustentabilidade

Sustentabilidade nas organizações:


Uma questão de competitividade

João Felipe Martins Bolzan (Engenharia de Produção - UNIVEM - Marília/SP)


Email: joaofelipe@hotmail.com

Orientadora: Profa. Ms. Vânia Érica Herrera (UNIVEM - Marília/SP)

RESUMO
A reflexão sobre o tema sustentabilidade vem crescendo e se tornando muito
importante no cenário mundial devido à necessidade de preservação do meio am-
biente. O objetivo geral do presente trabalho é analisar, compreender e divulgar a
forma como grandes organizações se posicionam com relação ao desenvolvimento
sustentável e quais seus benefícios ao meio ambiente, apresentando casos reais da
importância da sustentabilidade nas organizações e seus impactos em competitivi-
dade e lucros das empresas. Para tal, será realizada uma ampla pesquisa bibliográ-
fica em livros, revistas, artigos de periódicos e artigos de congressos acadêmicos,
para referenciar a sustentabilidade que tem como objetivo procurar satisfazer as
necessidades presentes de produção e consumo, sem comprometer a capacidade
das gerações futuras de suprir suas próprias necessidades. Para evidenciar tal con-
ceito, o presente trabalho terá abordagem de pesquisa qualitativa e, segundo pro-
cedimento técnico, com uma pesquisa bibliográfica.

PALAVRAS-CHAVE
Sustentabilidade. Organizações. Meio Ambiente.

126
Anais de Trabalhos Premiados

INTRODUÇÃO ambiente, que, segundo Araújo (2006), é composta


por ações que as organizações realizam, visando à
Atualmente, o tema desenvolvimento sus-
redução de impactos ambientais e à promoção de
tentável tem se evidenciado de forma crescente no
programas sociais que se mantêm economicamente
cenário econômico mundial, existindo em todo o
viáveis no mercado.
mundo uma concordância quanto à importância de
se minimizar a poluição ambiental e os desperdícios,
reduzindo o índice de pobreza e desigualdade social. 1. SUSTENTABILIDADE
As preocupações com a sustentabilidade chegam ao
1.1 Origem da palavra sustentável
setor empresarial, que passam a buscar, de forma si-
multânea, ser eficiente em termos econômicos, op- A palavra sustentável é originada do latim:
tando por práticas mais responsáveis de negócios. “sus-tenere” e significa sustentar, suportar ou man-
Segundo Barbiere et al (2010), incentivar a ter. É utilizada, na língua inglesa, desde o século
inovação da gestão na Sustentabilidade Corporativa XIII, mas, somente a partir dos anos 1980, o termo
está diretamente relacionado com a competitivida- “sustentável” realmente começou a ser utilizado
de futura do negócio, sendo necessário, por parte com maior frequência (KAMIYAMA, 2011). Conso-
da organização, um acompanhamento por meio dos lida-se o conceito de desenvolvimento sustentável:
indicadores sustentáveis, compondo essa uma nova “o atendimento das necessidades do presente sem
prática organizacional. comprometer a possibilidade de as gerações futuras
Ainda segundo Barbiere et al (2010), a evo- atenderem às suas próprias necessidades” (PINTO
lução do tema sustentabilidade, em relação à sua et al., 2011).
necessidade para a sociedade, passa a ser impor-
tante para as indústrias, nas quais se têm ostentado, 1.2 Empresa sustentável
de maneira integrada, os três pilares de estratégia, De acordo com Barbieri e Cajazeira (2009),
que contemplam as dimensões econômica, social e empresa sustentável é aquela procura incorporar os
ambiental, tendo como desafio para as organizações conceitos e objetivos relacionados com o desenvolvi-
mensurar a gestão adequada a cada um desses pi- mento sustentável em suas políticas e práticas de for-
lares, devendo apresentar proximidade às expectati- ma consistente. O objetivo da empresa com respon-
vas organizacionais e considerar ainda importantes sabilidade social é contribuir de forma efetiva para
aspectos mercadológicos e socioambientais. o desenvolvimento sustentável. Para a empresa, a
O objetivo específico do presente trabalho incorporação desses objetivos significa obter estraté-
é poder, pela pesquisa, analisar incentivos a novas gias de negócios e atividades que consigam atender
tecnologias que empresas nacionais e internacionais às necessidades das empresas atuais, sustentando e
vêm efetuando atualmente no conceito de sustenta- aumentando os recursos humanos e naturais que se-
bilidade, demonstrando o impacto tanto financeiro rão necessários no futuro.
quanto competitivo das empresas e os benefícios ao
meio ambiente, sendo que o objetivo é, exclusiva- 1.3 Indicadores de desenvolvimento sustentável
mente, didático para apresentação das empresas no Os indicadores de desenvolvimento susten-
presente trabalho. tável surgiram com o objetivo de mensurar e esta-
O trabalho em questão tem abordagem de belecer padrões para a análise do desenvolvimento
pesquisa qualitativa que pretende descrever a com- sustentável na esfera ambiental, econômica e social,
plexidade de determinados problemas e a interação como forma de proporcionar uma base sólida para
entre as variáveis constituintes. Já o procedimento a tomada de decisão em todos os níveis e contribuir
técnico baseia-se na pesquisa bibliográfica, que é de- para a auto-adaptação dos sistemas adotados para o
senvolvida a partir de material já elaborado, consti- desenvolvimento sustentável (PINTO et al., 2011).
tuído, principalmente, de livros e artigos científicos Os indicadores de desempenho ambiental
(DIEHL e TATIM, 2004). fazem análise da eficiência da organização em re-
A justificativa do trabalho é mostrar os be- lação aos desempenhos operacional e gerencial. Os
nefícios e a importância do desenvolvimento sus- indicadores de desempenho operacional abrangem
tentável, na indústria, para a preservação do meio os principais aspectos ambientais da empresa, como
127
2º Congresso de Pesquisa Científica : Inovação, Ética e Sustentabilidade

o consumo de energia, de água, de matérias-primas midores estão mais atentos e este ponto.
e insumos; emissões atmosféricas, ruídos e vibra- Segundo Pinheiro (2006), a responsabilida-
ções, lançamento de efluentes líquidos e geração de de pelo desenvolvimento sustentável do planeta está
resíduos, entre outros. Já os indicadores de desem- repartida entre governos, organizações, sociedade,
penho gerencial fornecem informações referentes à mas as ações das organizações na preservação am-
capacidade e aos esforços da empresa para gerenciar biental são muito importantes; lembrando que as in-
treinamentos, requisitos legais, custos e compras, dústrias possuem recursos financeiros e tecnológicos
documentação e ações preventivas ou corretivas que com capacidade institucional e visão de longo prazo
influenciam o desempenho ambiental da empresa. para poder solucionar seus problemas ambientais.
Com problemas ambientais, a expansão da
2. INICIATIVAS DE ORGANIZAÇÕES AO consciência coletiva com relação ao desenvolvimento
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E SEUS sustentável e à complexidade das atuais demandas
BENEFÍCIOS AO MEIO AMBIENTE ambientais que a sociedade transfere às organiza-
ções, surge um novo posicionamento por parte das
Para se alcançar a sustentabilidade, é ne- organizações em face de tais questões sustentáveis
cessário e importante conservar o meio ambiente, (TACHIZAWA, 2002).
controlando o crescimento populacional, diminuin-
do o consumismo, os valores culturais e transformar 2.1 Empresa Sadia investe em compostagem para
os pensamentos econômicos de que, se ganhando resíduos industriais
lucro individual, se obtém prejuízo coletivo (FER- A preocupação ambiental referente à des-
NANDEZ, 2005). O tema sustentabilidade, com su- tinação de resíduos fez a Sadia, na sua unidade em
porte empresarial, ganha importância internacional, Lucas do Rio Verde (MT), investir na margem de
pois empresas que contribuem para a criação de um R$ 1 milhão em uma moderna e inovadora técnica
modelo-referência de desenvolvimento sustentável de compostagem para resíduos industriais. A auto-
leva em consideração fatores sociais, ambientais e mática compostagem instalada tem capacidade de
econômicos. processar até 30 m³ de resíduos por dia, reduzindo
Nesse contexto, a indústria desempenha custos e obtendo uma maior produção de adubo or-
importante papel para o desenvolvimento econômi- gânico. Os resíduos orgânicos e as cinzas da estação
co, como ferramenta relevante para o atendimento às de tratamento de efluentes são transformados em
necessidades da população, à ampliação de sua base compostos orgânicos utilizados em uma área de re-
de crescimento junto com a geração de emprego. No florestamento de 205 hectares pertencente à Sadia
entanto, as atividades industriais e as atividades hu- no município.
manas, de uma forma ampla, podem ser constituídas Segundo a empresa, o investimento trouxe
de fatores que prejudicam o meio ambiente, caso não benefícios ao meio ambiente, como redução a de odo-
sejam administradas de forma adequada. res e conversão de resíduos orgânicos que poderiam
De acordo com Laville (2009), as adequa- causar poluição de solo ambiental em um produto
ções pelas quais as empresas passaram nos últimos com alto valor agregado.
anos, devido à globalização e às inovações tecnoló-
gicas, foram acompanhadas pelos avanços no acesso 2.2 Empresa Whirlpool Latin America reduz
à informações pela sociedade como um todo e pelo o descarte de resíduos
grande aumento no nível de conscientização dos A Whirlpool Latin America, com a preocu-
clientes, exigindo mais de produtos e serviços, consi- pação ambiental na destinação de resíduos, de 2002
derando também a imagem da empresa. a 2011, reduziu o descarte de resíduos enviados para
O sucesso da empresa não mais está ligado aterro em 57%, na unidade Joinville (SC), provenien-
apenas à capacidade de produção, cada vez mais ga- tes das operações realizadas na planta. Com novos
nha evidência a participação de atuação nas esferas projetos implantados em 2011, a empresa deixou de
sociais e ambientais. Alguns ajustes nos preços de descartar, reciclando e reutilizando materiais, uma
produtos relacionados a questões ambientais podem margem de 87 toneladas de resíduos para aterros sa-
ser prejudiciais para as organizações, pois os consu- nitários.
128
Anais de Trabalhos Premiados

Um dos projetos implantados foi a higieni- 2.4 Iniciativa da empresa Eletrolux é


zação de (Equipamento de Proteção Individual) EPIs, premiada pela ONU
como luvas e mangas de proteção. Os equipamentos, A Eletrolux foi premiada pela Organização
que antes eram descartados, são levados para em- das Nações Unidas (ONU), em parceria com a Asso-
presa especializada, onde, limpos, podem ser reuti- ciação Internacional de Relações Públicas (IPRA), na
lizados por mais vezes, economizando 2,5 toneladas Turquia, pela iniciativa do projeto Vac From the Sea,
de materiais de julho a novembro de 2011. que tem como objetivo ampliar a conscientização
O processos de nanocerâmica implantados pela escassez global de plásticos reciclados.
contribuíram para a redução de resíduos na unida- O projeto visa a ampliar a visibilidade para
de, eliminando cerca de 54 toneladas de borra por as soluções de gestão do planeta em relação aos plás-
ano, substituindo a aplicação do fosfato no proces- ticos, com a produção de aspiradores de pó, utilizan-
so de pré-tratamento de chapas de aço. A empresa do 100% de material reciclado. Para a empresa, os
também passou a utilizar gás natural na queima das valores são comprovados por meio de suas ações,
caldeiras e aquecedores, economizando, para o meio e o desenvolvimento de produtos, a sustentabilida-
ambiente, oito toneladas de borra de óleo por ano, de e a comunicação precisam ser integrados, tendo
demonstrando que a empresa está atenta a todas as como meta a produção de aspiradores de pó exclusi-
possibilidades de investimentos e inovações para se vamente com material reciclado, pelo fato de existir
tornar cada vez mais sustentável, reduzindo custos e uma grande quantidade de detritos plásticos flutu-
preservando o meio ambiente. ando nos oceanos.

2.3 Empresa Wisewood Soluções Ecológicas 2.5 Empresa OMO aposta na tecnologia
investe em produtos ecologicamente corretos dos concentrados para um planeta mais limpo
Seguindo o intuito de produzir produtos A OMO investiu R$ 30 milhões na migração
éticos em prol do desenvolvimento sustentável, do detergente em pó para líquido concentrado, que
a Wisewood Soluções Ecológicas criou paletes prevê a redução de 130 mil toneladas na emissão de
ecologicamente corretos, utilizando o que seria CO2, ou seja, 37 mil carros a menos nas ruas. O lança-
eliminado no meio ambiente e causando danos à mento faz parte do plano global de sustentabilidade
natureza, que servirá para transportar cargas em chamado de “Por Um Planeta Mais Limpo”, que pre-
empilhadeiras. vê um plano de ações de longo prazo que engloba o
Para a fabricação da madeira plástica, lançamento de produtos sustentáveis, realizando as
utilizando o fornecimento incomum de matéria- adaptações nos processos de fabricação das unida-
prima, como aparas de fraldas descartáveis, fo- des brasileiras e incentivando melhorias de hábitos
lhas, resíduos plásticos recicláveis, tubo de creme dos consumidores.
dental, garrafas plásticas e embalagens tetra park, Estudos da OMO prevêem um consumo
em vez de se juntarem ao lixo nas casas dos bra- significativamente menor de água, embalagens e
sileiros, ganham novos destinos e servem como transporte na produção, pelo fato de que, nos Esta-
matéria-prima, tornando-se produtos valorizados dos Unidos, a entrada do detergente líquido resultou
para a fabricação de paletes e produtos eticamente em uma economia por ano de mais de 11 milhões de
corretos e sustentáveis. litros de água, 30 mil litros de Diesel, um milhão de
Segundo a empresa, os paletes foram proje- gramas de resina plástica, sendo que, na área de dis-
tados para substituir os tradicionais de madeira, com tribuição, houve redução de mais de 16 mil paletes,
melhor custo benefício, apresentando maior durabi- um milhão de caixas de papelão e mil horas usadas
lidade e menor peso, sendo, ainda, imune a pragas e para descarregamento de caminhões.
fungos, não soltando farpas e absorvendo melhor a
umidade, conseguindo resistir à corrosão, podendo 2.6 Empresa KMA Korin lança compostadores
ser trabalhados com as mesmas ferramentas usadas de resíduos orgânicos
nos paletes de madeira natural. Ademais, ao final da A KMA Korin Meio Ambiente, empresa es-
vida útil, o produto pode ser reciclado para a fabri- pecializada em oferecer soluções especializadas em
cação de um novo palete. biotecnologias, que tem na sua composição micror-
129
2º Congresso de Pesquisa Científica : Inovação, Ética e Sustentabilidade

ganismos degradadores naturais, formados pelo ace- corretos. A solução permite aperfeiçoar o processo
lerador de compostagem, acelerador este que funcio- de cura, onde, sob a ação do calor, o produto sofre
na antecipando a decomposição de resíduos sólidos um processo de reticulação interna, resultando em
orgânicos, transformando-os em adubo, sendo que pó, para ser utilizado como pintura em acabamento
a prática ajuda a destinar corretamente este resíduo final. Este importante benefício, aliado à ausência de
ao evitar sua acumulação em aterros, podendo ser corrente elétrica para a aplicação do revestimento e
utilizados com estercos de animais, restos vegetais menor tempo de processo, resulta em menor consu-
de culturas agrícolas, do preparo de alimentos e de mo de energia, acarretando o controle automático e
podas de parque e jardins, se tornando uma ferra- a redução das etapas do processo produtivo, geran-
menta essencial utilizada na destinação adequada de do diminuição de consumo de água. Além disso, a
resíduos orgânicos. solução ainda garante menor resistência à corrosão
O biorremediador minimiza o impacto ne- e alto desempenho.
gativo causado por poluentes orgânicos líquidos e A nova tecnologia aumenta a produtivida-
sólidos e pode ser utilizado como resíduos agroin- de das operações de manufatura e pode ser utilizada
dustriais, indústrias alimentícios e esgotos domésti- em vários setores na indústria, automotivo, estru-
cos, também em fossas sépticas, caixas de gordura, turas metálicas, chassis, nos interiores dos veículos,
criação de animal, aquicultura, restos de alimentos, polias, componentes de suspensão, refrigeradores,
podendo, ainda, ter utilidade em áreas verdes e jar- fogões, lavadoras, motores elétricos, compressores,
dins, obtendo a possibilidade de realizar uma desti- móveis de aço, máquinas agrícolas e construção ci-
nação correta dos resíduos orgânicos. vil, entre outros.

2.7 Empresa Hydronorth investe em produtos 2.9 Grupo Hunter Douglas investe forros
sustentáveis para a construção civil em fibra mineral
A empresa beneficia o meio ambiente fa- Com foco na conservação do meio ambien-
bricando tintas, resinas, texturas e vernizes, utili- te, o Grupo Hunter Douglas investe em forros de fi-
zando produtos com baixo índice de (compostos bra mineral, compostos por produtos especialmente
orgânicos voláteis) VOC, sendo ecologicamente desenvolvidos e fabricados com matéria-prima bios-
sustentáveis para a construção civil, composto por solúvel e compostos naturais, atendendo aos parâ-
tintas ecológicas acrílicas de alto desempenho, mas- metros internacionais de sustentabilidade, oferecen-
sas, revestimento acrílico, esmaltes à base de água, do diversos benefícios: alto desempenho acústico,
deixando seus produtos sem odor três horas após redução de ruído, alta resistência à umidade relativa
aplicação, alta luminosidade, proporcionando am- do ar (até níveis de 95%) e ação bactericida, tendo
plitude aos ambientes e consequente economia de refletância luminosa de até 90%, ampliando o rendi-
energia elétrica. mento da iluminação do ambiente.

2.8 Empresa Henkel lança tecnologia de 2.10 Empresa Durr constrói planta de pintura
revestimento orgânico favorável ao meio ambiente na China
A Henkel, empresa do setor de adesivos O grupo alemão Durr de engenharia de má-
e selantes e tratamentos de superfícies, lançou, no quinas e instalações industriais foi contratado para
Brasil, uma tecnologia de revestimento orgânico co- construir o protótipo chamado “Oficina de Pintura
nhecida como auto-deposição. A nova tecnologia é favorável ao meio ambiente”, para uma empresa em
ecologicamente correta, isenta de metais pesados, Shenyang, na China. O objetivo foi empregar inova-
VOCs (compostos orgânicos voláteis) ou HAPs (hi- ções tecnológicas existentes para construir a planta
drocarbonetos aromáticos policíclicos) e solventes, de pintura mais ecologicamente correta do mundo.
atendendo às diversas e rigorosas exigências am- De acordo com o projeto, na área de pré-
bientais. tratamento, a pintura é realizada por imersão rota-
Segundo a empresa, as vantagens sustentá- tiva. Com isso, o movimento rotativo da carroceria
veis da utilização desta tecnologia tornam os proces- dispensa as rampas de entrada e saída do tanque de
sos produtivos das indústrias mais ecologicamente imersão. Este fato efetua uma significante economia
130
Anais de Trabalhos Premiados

de espaço, reduzindo também o consumo de energia, com a responsabilidade social imposta pela necessi-
trabalhando com menor volume de banho químico. dade de que o desenvolvimento do planeta ocorresse
Outra característica técnica do projeto é o de forma sustentável foi considerada um problema,
processo de pintura totalmente automático, pois, na chegando, ao longo dos anos, a ser absorvida como
fase de secagem, sendo as cabines de pintura equi- estratégia empresarial para obter lucros e melhor a
padas com uma inovadora tecnologia do sistema de imagem das organizações.
separação a seco, que não requer o uso de água, nem
de produtos químicos, economizando, desta forma,
60% da energia pela recirculação do ar.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Com o presente trabalho, pode-se identificar


a importância de expor que, dentro dos princípios de REFERÊNCIAS
sustentabilidade, não se podem separar as questões
sociais das questões ambientais, que, segundo Araú- ARAÚJO, C. G. et al. Sustentabilidade Empresarial:
jo (2006), quando uma organização é ecologicamente Conceito e Indicadores, III Convibra, 2006.
sustentável, ela também estará atuando de maneira
socialmente responsável. BACKER, P. Gestão ambiental: a administração ver-
O objetivo fundamental de qualquer orga- de. 2ed. Rio de Janeiro: Qualitymark. 2002.
nização é obter o maior lucro possível e, com mu-
danças no sentido global, em termos de muitos pro- BARBIERI, J. C.; CAJAZEIRA, J. E. R. Responsabili-
blemas relacionados ao meio ambiente, as empresas dade social empresarial e empresa sustentável: da
começam a ter que se adequar a essa responsabilida- teoria à prática. São Paulo: Saraiva, 2009.
de; e comprovados os ganhos em competitividade,
as indústrias atualmente vêm incentivando projetos BARBIERI, J. C. et al. Inovação e Sustentabilidade:
e processos com produtos voltados ao desenvolvi- Novos Modelos e Proposições. Revista RAE, FGV,
mento sustentável pelo ganho econômico, social e 2010.
ambiental.
Como se pode concluir, o conceito de de- Curtas. Meio Ambiente Industrial. São Paulo: Ed
senvolvimento sustentável está intimamente liga- Tocalino, edição 89, janeiro/fevereiro 2011.
do às dimensões ambientais, econômicas e sociais,
e todas as empresas pesquisadas no presente estu- Curtas. Meio Ambiente Industrial. São Paulo: Ed
do caminham na direção da excelência de atuação, Tocalino, edição 92, julho/agosto 2011.
mantendo-se características de sustentabilidade, via
indicadores, com o objetivo de se alcançar o ponto de Curtas. Meio Ambiente Industrial. São Paulo: Ed
equilíbrio entre essas dimensões. Tocalino, edição 95, janeiro/fevereiro 2012.
O trabalho em questão proporcionou,
assim, evidenciar o que afirma Barbieri e Cajazeira DIEHL, A. A.; TATIM, D. C. Pesquisa em ciências
(2009), que uma empresa sustentável procura sociais aplicadas: métodos e técnicas. São Paulo:
incorporar os conceitos e objetivos relacionados com Prentice Hall, 2004.
o desenvolvimento sustentável e a responsabilidade
social em suas políticas, estratégias de negócios e FERNANDEZ, F. Aprendendo a lição de Chapo
práticas de modo consistente. Canyon: do desenvolvimento a uma vida sustentá-
Pode-se observar, por fim, que as empresas vel. Revista Reflexão, São Paulo, v. 6, n. 15, p. 13-19,
pesquisadas estão atuando em segmentos altamente 2005.
competitivos, dirigindo seus esforços no sentido de
corrigir desperdícios, melhorar produtos e aprimo- KAMIYAMA, A. Desenvolvimento sustentável. In:
rar processos. No início, essa adaptação forçada para SÃO PAULO (ESTADO). SECRETARIA DO MEIO
131
2º Congresso de Pesquisa Científica : Inovação, Ética e Sustentabilidade

AMBIENTE/COORDENADORIA DE BIODIVERSI- SACHS, I. Desenvolvimento incidente, susten-


DADE E RECURSOS NATURAIS. Agricultura sus- tável e sustentado. Rio de Janeiro: Editora Gara-
tentável. São Paulo: SMA, 2011. mond, 2004.

MÜLLER, A. C. Hidrelétricas, meio ambiente e de- SEVERINO, A. J. Metodologia do trabalho científi-


senvolvimento. Makron Books. São Paulo. 1995. co. São Paulo: Cortez, 2000.

PINHEIRO, M. D. Ambiente e Construção Susten-


tável. Instituto do Ambiente. Amadora, 2006. TACHIZAWA, T. Gestão ambiental e responsabili-
dade social corporativa: estratégias de negócios fo-
PINTO, B. D. L. et al. Indicadores de desenvolvimen- cadas na realidade brasileira. São Paulo: Atlas, 2002.
to sustentável para caracterização de melhoria con-
tínua em processos de certificação ambiental. Meio LAVILLE, E. A empresa verde. 1. ed. São Paulo:
Ambiente Industrial, São Paulo, ed. 92, ano XVI, p. OTE, 2009.
18-28, 2011.

132