Você está na página 1de 34

FUNDAMENTOS DE REDES DE COMPUTADORES

AULA 2: MODELO OSI


Professor: LUIZ LEÃO
Fundamentos de Redes de Computadores
Conteúdo Desta Aula

HISTÓRICO
MODELO EM FUNÇÕES DAS
DAS REDES
CAMADAS CAMADAS OSI

1 2 3 4 5

PRÓXIMOS
CLASSIFICAÇÃO MODELO DE PASSOS
DAS REDES REFERÊNCIA OSI

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Histórico das Redes de Computadores Redes de Teleprocessamento

• Anos 60

• No início da informática os computadores eram máquinas enormes,


normalmente conhecidas como Mainframe, que trabalhavam de
forma isolada centralizando o processamento dos dados da
organização.

• Estas máquinas eram acessadas a partir de Terminais, sem


capacidade de processamento, formando as Redes de
Teleprocessamento.

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Histórico das Redes de Computadores Redes de Teleprocessamento

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Histórico das Redes de Computadores Redes de Teleprocessamento

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Histórico das Redes de Computadores Redes de Teleprocessamento

Meios de Armazenamento - Batch

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Histórico das Redes de Computadores Redes de Teleprocessamento

Meio de Comunicações

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Histórico das Redes de Computadores Redes de Teleprocessamento

• O desenvolvimento tecnológico levou à redução de custos do


hardware, levando ao desejo de distribuir o poder computacional que,
até então, ficava centralizado.

• Esta evolução levou a introdução dos microcomputadores no cenário


das empresas.

• Nessa nova estrutura os computadores não se comunicavam uns com


os outros, o que acarretava uma série de problemas com duplicação
de recursos e dificuldades para o compartilhamento de informações.

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Histórico das Redes de Computadores Redes de Teleprocessamento

• Nesse cenário, visando sanar as dificuldades


apresentadas, surgiram as Redes de
Computadores, onde um sistema de
comunicação foi introduzido para interligar os
equipamentos de processamentos de dados
(estações de trabalhos), antes operando
isoladamente com o objetivo de permitir o
compartilhamento de recursos.

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Redes de Computadores

• Redes de Computadores – Conjunto de módulos processadores


interligados por um sistema de comunicação, capazes de trocar
informações e compartilhar recursos;

• Trocar informações através de correio eletrônico, transferência de


arquivos e sistemas de informação, aplicações na internet etc;

• Compartilhar recursos como: impressoras, espaço em disco etc.

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Elementos Comuns de Rede

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Elementos Compartilhados em Rede

Dados Mensagens

Gráficos Impressoras Aparelhos de FAX

Modems Outros Recursos

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Classificação de Redes

• Sistema de Comunicação: É constituído de um arranjo


topológico, interligando vários módulos processadores
por meio de:

1.Enlaces Físicos: Meios de transmissão


2.Protocolos: Conjunto de regras com a finalidade de


organizar a comunicação.

2.1 Elementos chave: Sintaxe, Semântica e
Sincronização.
AULA 2: MODELO OSI
Fundamentos de Redes de Computadores
Classificação de Redes

• Os processadores podem estar ligados por distâncias variadas,



de poucos metros a milhares de Km.

• Uma rede pode ser classificada de acordo com a distância entre


os seus nós processadores:

1. Redes Locais (Local Area Networks – LANs)


2. Redes Metropolitanas (Metropolitan Area Network – MANs)
3. Redes Geograficamente Distribuídas (Wide Area Networks – WANs)

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
LAN (Local Area Networks)

Rede Local, limita-se a


uma pequena região física.
Normalmente utilizadas em
escritórios e empresas
pequenas ou localizadas
perto uma das outras.

LAN

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
MAN (Metropolitan Area Network)

Uma área maior que a


LAN, que pode
contemplar uma
cidade ou um bairro.

Ex: Navegapará

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
WAN (Wide Area Networks)

Rede que integra vários equipamentos em diversas localizações


geográficas, pode envolver países ou, até mesmo, continentes.

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Modelo em Camadas – Analogia

Esquema básico da arquitetura

• Camadas: Serviço, Protocolos e Interfaces

o Serviço: informa “o que” a camada faz, quais suas funções;

o Interface: “como acessar” os serviços, quais os parâmetros e quais os


resultados esperados;

o Protocolos: “de que forma” os serviços são implementados.

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Modelo em Camadas – Analogia

Esquema básico da arquitetura

• Estruturação em camadas (níveis) hierárquicas:

o Camadas são processos que se comunicam com seus equivalentes em


outro computador, através do protocolo da camada.

o A camada "N" se utiliza dos serviços da camada "N-1", através de sua


interface.

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Modelo em Camadas – Analogia

Esquema básico da arquitetura

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Modelo em Camadas – Analogia

Modelo postal

Remetente Destinatário

Escrever carta Ler carta


Envelopar Abrir envelope

Endereçar Ler endereço


Entregar no correio Receber do carteiro

Remessa postal Recebimento postal

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Modelo de Referência OSI

• Open Systems Interconnection

• Modelo baseado em camadas;

• Modelo de referência para interconexão de Sistemas Abertos e os diversos


padrões a ele relacionados foi desenvolvido pela ISO com a finalidade de
desenvolver uma base comum de estudos e criou o RM – OSI (Reference Model –
Open Systems Interconnection);

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Modelo de Referência OSI

• RM – OSI não define a arquitetura de uma rede, ele não especifica a exatidão de
serviços e protocolos. Ele divide os processos de comunicações em camadas e
determina o que cada camada deve fazer;

• Desta forma, dois sistemas distintos podem se comunicar desde que obedeçam
aos padrões em cada uma das camadas predeterminadas;

• O modelo OSI possui 7 camadas.

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Camadas do Modelo OSI

Camada 7 Aplicação
Camada 6 Apresentação
Camada 5 Sessão
Camada 4 Transporte
Camada 3 Rede
Camada 2 Enlace
Camada 1 Físico

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Nível Físico

Aplicação

Apresentação • Transmissão de bits através de um canal de


comunicação.
Sessão
• Características do meio físico e da
Transporte transmissão do sinal:
o Características mecânicas;
Rede o Características elétricas;
o Características funcionais;
Enlace o Características procedurais.

Físico • Não se preocupa com erros.

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Nível de Enlace

Aplicação

Apresentação
• Detecta e, opcionalmente, corrige erros que
Sessão ocorram no nível físico.

Transporte • Transmissão e recepção de quadros


(delimitação).
Rede
• Controle de fluxo.
Enlace

Físico

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Nível de Rede

Aplicação

Apresentação • Roteamento.
Sessão • Serviços.
o Circuito Virtual
Transporte o Com conexão.
o Datagrama
Rede o Sem conexão;
o Não garante a entrega dos pacotes.
Enlace

Físico

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Nível de Transporte

Aplicação

Apresentação

Sessão • Fornece uma comunicação fim a fim (com


confiabilidade):
Transporte o Controle de fluxo;
o Detecção e recuperação de erros fim a fim.
Rede
• Segmentação e remontagem de mensagens.
Enlace

Físico

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Nível de Transporte

Sistema Final A Sistema Final B


Aplicação Aplicação Aplicação

Apresentação Apresentação
Apresentação
Sessão Sessão

Sessão comunicação fim a fim


Transporte Transporte

Transporte Rede Rede Rede Rede

Rede Enlace Enlace Enlace Enlace

Físico Físico Físico Físico


Enlace
Sistema Intermediário
Físico

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Nível de Sessão

Aplicação

Apresentação • Controle de Diálogo


o Pontos de sincronização;
Sessão o Recuperação da sessão em caso de falhas;
o Ex: transferência de arquivos.
Transporte
• Controle de Atividade
Rede o Cada atividade corresponde a uma tarefa que
pode ser interrompida e posteriormente
Enlace retomada;
o Ex: e-mail urgente e normal.
Físico

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Nível de Apresentação

Aplicação

Apresentação

Sessão • Realizar transformação adequadas aos dados,



antes de enviar:
Transporte o Conversão de padrões de terminais e de arquivos;
o Compactação de Dados;
Rede o Criptografia.

Enlace

Físico

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Nível de Aplicação

Aplicação

Apresentação

Sessão • Aplicações Específicas.


o Transferência de arquivos;
Transporte o Correio eletrônico;
o Login remoto;
Rede o Aplicações Multimídias.

Enlace

Físico

AULA 2: MODELO OSI


Fundamentos de Redes de Computadores
Arquitetura OSI

AULA 2: MODELO OSI


VAMOS AOS PRÓXIMOS PASSOS?

Histórico das Redes de


Computadores;

Classificação das Redes;

Modelo em Camadas;

Modelo de Referência OSI;

Funções da Camadas OSI;

Próximos Passos.