Você está na página 1de 3
Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Toledo

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Toledo

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Toledo

PLANO DE ENSINO

CURSO

Graduação em Engenharia de Bioprocessos

MATRIZ

9

FUNDAMENTAÇÃO

LEGAL

Resolução nº. 066/2010 do COEPP de 14 de maio de 2010

DISCIPLINA/UNIDADE CURRICULAR

CÓDIGO

PERÍODO

 

CARGA HORÁRIA (aulas)

 

História da técnica e da tecnologia

HU40B

AT

AP

APS

AD

APCC

Total

34

00

02

00

00

36

AT: Atividades Teóricas, AP: Atividades Práticas, APS: Atividades Práticas Supervisionadas, AD: Atividades a Distância, APCC: Atividades Práticas como Componente Curricular.

PRÉ-REQUISITO

Sem pré- requisito

EQUIVALÊNCIA

 

OBJETIVOS Buscar relacionar os períodos que marcaram a evolução da técnica e da tecnologia, fazer a leitura critica de práticas e conceitos estabelecidos na sociedade, compreendendo os reflexos da técnica e a revolução tecnológica das últimas décadas.

EMENTA Técnica, progresso e determinismo tecnológico; tecnologia e ciência no Renascimento; tecnologia, Iluminismo e Revolução Industrial; tecnologia e modernidade; tecnologia e modernidade no Brasil; tecnociência.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

 

ITEM

EMENTA

 

CONTEÚDO

1

Técnica, progresso e determinismo tecnológico

Os conceitos de técnica e tecnologia; Os conceitos de determinismo tecnológico; Os primeiros modelos sociais.

2

Tecnologia e ciência no Renascimento

O

homem, ser socialmente organizado;

As descobertas tecnológicas.

   

Os paradigmas da natureza;

3

Iluminismo e Revolução Industrial

A

sociedade industrial;

Os reflexos tecnológicos na sociedade.

4

Tecnologia e modernidade

O avanço técnico - cientifico;

A Segunda Guerra Mundial e suas influências na tecnologia.

5

Tecnologia e modernidade no Brasil

A evolução técnica do Brasil;

As disparidades tecnológicas das regiões Brasileiras.

6

Tecnociência

A

técnica e a ciência e uma abordagem atual e prática.

PROFESSOR

TURMA

Luiz Adriano Gonçalves Borges

BP24

ANO/SEMESTRE

2017/2º

AT

30

CARGA HORÁRIA (aulas)

AP

APS

AD

APCC

Total

00

02

00

00

32

AT: Atividades Teóricas, AP: Atividades Práticas, APS: Atividades Práticas Supervisionadas, AD: Atividades a Distância, APCC: Atividades Práticas como Componente Curricular.

DIAS DAS AULAS PRESENCIAIS

 

Dia da semana

Segunda

Terça

Quarta

Quinta

Sexta

Sábado

Número de aulas no semestre

       

15

 

PROGRAMAÇÃO E CONTEÚDOS DAS AULAS (PREVISÃO)

 

Dia/Mês ou

 

Número

Semana ou

 

Conteúdo das Aulas

de

Período

 

Aulas

 

11/08

Apresentação do plano de ensino

2

18/08 e

conceito de técnica e tecnologia;

 

25/08

Os conceitos de determinismo tecnológico;

O desenvolvimento das forças produtivas e a Revolução industrial;

4

 

A primeira revolução industrial: o nascimento da fábrica;

 
 

1/09

Segunda revolução industrial: mudança técnica no sistema industrial moderno;

4

 

O

homem, ser socialmente organizado;

As descobertas tecnológicas;

 

15/09

A

sociedade industrial;

2

 

22/09

Os paradigmas da natureza; Os Reflexos tecnológicos na sociedade;

 
 

O avanço técnico cientifico século XX;

2

 

A segunda Guerra Mundial e suas influências na tecnologia;

 
 

29/09

A divisão Internacional do Trabalho;

2

 

A evolução técnica do Brasil;

 

6/10

 

Prova 1

2

 

20/10

Preparação para o debate

2

 

27/10

 

Debate

2

 

10/11

Organização dos trabalhos de APS e dúvidas/ trabalho em sala

2

 

17/11

Apresentação seminário

2

 

24/11

Atividades Práticas Supervisionadas (horas/aula) (conforme instrução normativa 01/10 - PROGRAD):

2

 

Apresentação seminário. Entrega do relatório da pesquisa;

 

1/12

Prova substitutiva

 
 

8/12

   

PROCEDIMENTOS DE ENSINO

 

AULAS TEÓRICAS

 

Aulas expositivas e dialogadas.

 
 

As aulas serão ministradas utilizando-se de quadro, textos, análise de vídeos com o uso de multimídias em sala de aula.

 

AULAS PRÁTICAS

 

Não há.

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

 
 

Consistirá em escolher uma grande invenção tecnológica e dissertar sobre o seu contexto e seus impactos sociais, baseado em artigos acadêmicos

 

ATIVIDADES A DISTÂNCIA

 

Não há.

ATIVIDADES PRÁTICAS COMO COMPONENTE CURRICULAR

Não há.

PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO

A avaliação será composta por: provas, atividades e APS.

Nota 1 (Trabalhos em sala+debate) valendo 30%

Trabalhos realizados somente em sala de aula, podendo ser oral ou escrito. Os mesmos somente poderão ser entregues (no caso do trabalho escrito) ou avaliados (no caso do trabalho oral) no dia da realização (Obs: os acadêmicos que não estiverem presentes não poderão entregar posteriormente o trabalho, tão pouco a realização oral quando o mesmo ocorrer).

Nota 2 Prova escrita (P): consistirá de questões dissertativas valendo 40% da nota.

 

Prova escrita (P): consistirá de um artigo elaborado com base no estudo de caso empreendendo os conceitos

analisados em sala de aula, pelos grupos selecionados

O mesmo deverá seguir os critérios estabelecidos

previamente pelo professor da disciplina. O peso do artigo equivale a 70% da nota do segundo bimestre.

Trabalho (APS): será elaborado um trabalho de estudo de caso de uma invenção. Após, deverão apresentar

seminário sobre os resultados alcançado, e constará das atividades práticas supervisionadas. O peso desse item é de 30% da Nota Final.

A

previsão das datas para as avaliações será:

Prova escrita (P 1 ): 6/10

Atividades Práticas Supervisionadas (APS): apresentação de seminário nas datas acordadas pelos grupos com entrega de relatório até dia 1/12.

Caso o aluno tenha faltado alguma avaliação terá que seguir as normativas ditas pela a Instituição para a realização da segunda chamada.

Para a recuperação de nota será aplicada uma prova escrita substitutiva, contendo toda a disciplina do período letivo, substituindo a nota da prova (100% na Nota Final). Esta recuperação será aplicada no dia 8/12.

 

REFERÊNCIAS

Referências Básicas:

KUHN, Thomas S. A estrutura das revoluções científicas. 9. ed. São Paulo, SP: Perspectiva, 2005. 260 p.

ESTUDOS de história e filosofia das ciências: subsídios para aplicação no ensino. São Paulo: Livraria da Física, c2006. 381 p. :

Tecnologia & Humanismo, Curitiba , 1986-.

SINGER. Paul. Globalização e Desemprego: diagnóstico e alternativas. São Paulo: contexto, 1998.

Referências Complementares:

CADERNOS de gênero e tecnologia. Curitiba: CEFET-PR, UTFPR, 2005-. V

GONÇALVES, Gilberto Cunha et al. Aprendizes artífices do século XXI. Toledo, PR: GFM, 2009. 246 p.

SANTOS, Milton e SILVEIRA, Maria Laura. O Brasil- Território e sociedade no início do século XXI. Rio de

Janeiro- São Paulo: Record, 2006.

HARVEY, David. Condição pós-moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural . 23. ed.

São Paulo, SP: Loyola, 2012. 348 p.

HOBSBAWM, E. J. Era dos extremos: o breve século XX, 1914-1991. 2. ed. São Paulo, SP: Companhia das

Letras; 1995. 598 p.

ORIENTAÇÕES GERAIS

 

O

conteúdo deste plano de ensino consiste em uma previsão e poderá sofrer adequações durante o semestre,

tanto em nível de conteúdo como em nível de avaliações.

 

A

comunicação do docente com os alunos se dará por meio da ferramenta Moodl e .

Assinatura do Professor

Assinatura do Coordenador do Curso