Você está na página 1de 427

300 Cifras para Iniciante

www.300cifras.net

1

ÍNDICE

OBS: Os acordes de Bm7 e F7M estão substituindo as pestanas de Bm e F, portanto, se você deseja tocar com pestana é só modificar.

1 ACORDE

ALCEU VALENÇA Punhal de prata 11

ARETHA FRANKLIN Chain of Fools 12

BEATLES Tomorrow never knows 13

BONNIE «PRINCE» BILLY Madeleine Mary 14

CREEDENCE CLEAR WATER REVIVAL Run Through The Jungle 15

HARRY NILSON

Coconut

16

OHM Yo La Tengo

18

TIM MAIA

Sossego 19

2 ACORDES

BEATLES Don’t Let Me Down 20

BEZERRA DA SILVA Malandragem 21

CÁSSIA ELLER Palavras ao vento 22

EDU RIBEIRO Me namora 23

GABRIEL O PENSADOR Cachimbo da Paz 25

GERALDO VANDRÉ Pra não dizer que não falei das flores 29

INFANTIL Boi da cara preta 30 Borboletinha 30 Cai cai balão 31 Capelinha de melão 31 Carneirinho carneirão 32 Ciranda Cirandinha 33 Marcha Soldado 33

JOÃO DO VALE Carcará 34

JORGE BEN JOR

W Brasil 35

LUAN SANTANA

Te esperando 37

LUIZ GONZAGA

Lá no meu pé de serra 38

MARISA MONTE Pedindo pra voltar 39 Segue o seco 40

NATIRUTS

41

Eu e ela

NEY MATOGROSSO De papo pro ar 42

O RAPPA Cristo e Oxalá 43 Eu quero ver gol 44 Fogo Cruzado 45 Lado B, Lado A 46

PARALAMAS La bella luna

Loirinha Bombril 48

O Beco 49

47

RED HOT CHILLI PEPPERS Scar Tissue 50

SKANK Acima do sol 52 É uma partida de futebol 54

Te ver

56

THALES ROBERTO Deus me ama 57

TIM MAIA Que beleza 58

ULTRAJE A RIGOR Inútil 59

VINÍCIUS DE MORAES Samba da benção 60

2

3 ACORDES

4 NON BLONDES What´s up 61

ALCEU VALENÇA

Solidão 63

ALMIR SATER

A saudade é uma estrada longa 64

Chalana 65

Peão 66

AMADO BATISTA Meu ex-amor 68

BEATLES Dizzy Miss Lizzy 69 Love me do 70

CAETANO VELOSO Atrás do trio elétrico 71

CARLINHOS BROWN Você, o amor e eu 72

CHARLIE BROWN JR Uma criança com seu olhar 73

Zoio d´lula

75

CHRIS ISAAK

Game 76

CIDADE NEGRA

Pensamento 78

CLÁUDIA LEITE

Largadinho 80

CLEMENTINA DE JESUS Marinheiro só 81

FAGNER Cabecinha no ombro 82

FOLCLORE

A canoa virou 83

Mulher rendeira 83

GABRIEL VALIM

Piradinha 84

GILBERTO GIL

A Novidade 85

Esperando na janela 86

INFANTIL

A Dona Aranha 87

Alecrim Dourado 87 Atirei o pau no gato 88 Passa passa gavião 89 Peixe vivo 90 Pintinho Amarelinho 91 Se essa rua fosse minha 92

IVETE SANGALO Arerê 93 Sorte Grande 94

LEGIÃO URBANA

Ainda é cedo

Que país é esse 97

95

LUAN SANTANA Falando sério 98

LUIZ GONZAGA Asa Branca 99 Assum preto 100 Baião da penha 101 Numa sala de reboco 102 Xote ecológico 103

MARISA MONTE Gentileza 104 Não vá embora 105

MARTINHO DA VILA

È devagar devagarinho 107

MICHEL TELÓ Bará, bará 108

NATIRUTS Quero ser feliz também 109 Tenha os olhos sempre abertos 110 Verbalize 111

NEY MATOGROSSO Sangue latino 112

O RAPPA Anjos 113 Ilê Ayê 115 Pescador de ilusões 116 Rodo Cotidiano 117 Tribunal de Rua 118

ORIENTE

O Vagabundo e a dama 120

3

3

PARALAMAS

Alagados 125

Melô do marinheiro

126

O calibre 128

RAUL SEIXAS

Al Capone 129

Rock das Aranhas 131

ROBERTO CARLOS Além do horizonte

Debaixo dos caracois dos seus cabelos 133

Eu sou terrível 135

132

TIM MAIA

A festa do Santo Reis 136

TITÃS

Flores 137

TRIBALISTAS Velha infância 139

ZEZÉ DE CAMARGO E LUCIANO É o amor 141 No dia em que saí de casa 143

4 ACORDES

ALMIR SATER Comitiva esperança 144 Milhões de estrelas 145 Tocando em frente 146 Um violeiro toca 148

ANITTA Blá, blá, blá 149

BEATLES Let it be 150

BOB DYLAN Knocking on heavens 152

CAPITAL INICIAL

À sua maneira

Eu vou estar 154

Fátima 156

O passageiro 158

153

CARLINHOS BROWN Tantinho 160

CÁSSIA ELLER Meu mundo ficaria completo 162

CHARLIE BROWN JR.

Como tudo deve ser 163

Lugar ao sol

Papo reto 167 Só os loucos sabem 168

165

CHEIRO DE AMOR Pense em mim 170

CLARICE FALCÃO

8º Andar 172

De todos os Loucos do Mundo

Eu me lembro

174

173

CPM 22 Um minuto para o fim do mundo

176

CREEDENCE Have you ever seen the rain 178

DANIEL Estou apaixonado 179

EDSON GOMES

Malandrinha 181

FALAMANSA

Confidência 183

FERNANDINHO Caia fogo 184 Grandes coisas 186

Jesus o filhio de deus 187 Nada além do sangue 188

O hino 190

Pra sempre 192

FERNANDO E SOROCABA Paga pau 193

GERALDO AZEVEDO Dona da minha cabeça 195

GILBERTO GIL Esperando na janela 196 Não chore mais 187 Refazenda 199 Vamos fugir 201

GREEN DAY Good riddance 203

GUNS´N ROSES Knocking on heavens doors 152

GUSTTAVO LIMA Fui fiel 204

Inventor dos amores 205 Jejum de amor 206

Tá faltando eu 207

IRA Dias de luta 209 Eu quero sempre mais 210

ISRAEL NOVAES Vó, tô estourado 212

IVETE SANGALO Quando a chuva passar 214

JAMES BLUNT You´re beautiful 216

JOÃO BOSCO E VINÍCIUS Chora me liga 217

JORGE E MATEUS Calma 218

O que é que tem

Os Anjos cantam 220

219

4

JOTA QUEST

O sol

221

KID ABELHA Lágrimas e chuva

LED ZEPPELIN

Dýer maker

223

222

LEGIÃO URBANA Tempo perdido 224

ONZE: 20 Diz pra mim 263

PAULA FERNANDES Não precisa 265 Pra você 266 Um ser amor 267

PINK FLOYD Another brick in the wall 269 Mother 270

4

LUAN SANTANA Amar não é pecado 226

235

PRISCILA ALCÂNTARA Espírito Santo 272

Cantada 227 Chuva de arroz 228 Contas de fadas 229

RAIMUNDOS Pequena Raimunda 273

Garotas não merecem chorar 230 Tanto faz 231

RAUL SEIXAS

Um beijo 233

Mosca na sopa 275

Você não sabe o que é o amor

O

trem das sete 276

LUIZ GONZAGA

Vem morena

236

MARCO E BELUTTI Domingo de manhã

MARISA MONTE Ando meio desligado

237

238

MARRON 5 She will be loved 239

RED HOT CHILLI PEPPERS Don´t forget me 277

ROBERTO CARLOS

Como é grande o meu amor por você 279 Detalhes 280

É proibido fumar Jesus cristo 282

281

SECOS E MOLHADOS

O Vira

283

METALLICA

SKANK

Turn the page 241 Whiskey in the jar 242

Saideira

284

MICHEL TELÓ

Ai se eu te pego 244

Se tudo fosse fácil 245

MUNHOZ E MARIANO Camaro amarelo 246 Sou foda 248

NANDO REIS

A letra A 249

Declaração de amor 250 Mantra 251

STEPPENWOLF Born To Be Wild

286

THALES ROBERTO

Arde outra vez

Dá-me um coração segundo o seu coração 290 Deus de minha vida 291

Eu escolho deus

História escrita pelo dedo de deus 293

Mesmo sem entender

288

292

294

TIM MAIA Gostava tanto de você 296 Você 297

NATIRUTS Natiruts Reggae Power

253

TITÃS

Presente de um beija Flor

255

Pra dizer adeus 298

Você me encantou demais

257

NETO LX Gordinho gostoso 258

O RAPPA

A Minha Alma 259

ZÉ RAMALHO Batendo na porta do céu

Entre a serpente e a estrela 300

Garoto de aluguel 301 Sinônimo 303

299

Mar de Gente

261

ZECA PAGODINHO

Me deixa 262

Caviar 304

5 ACORDES

ADRIANA CALCANHOTO Vambora 305

ALCEU VALENÇA Anunciação 306 Coração bobo 307 Girassol 309 La belle du jour 310

ANITTA

Zen 312

BOB MARLEY Rendemption songs 314

CAETANO VELOSO

Baby 315

CAPITAL INICIAL

Eu nunca disse adeus

316

Não olhe para trás Primeiros erros 319

318

CÁSSIA ELLER

Malandragem

320

CAZUZA Faz parte do meu show

O tempo não pára

322

321

CHARLIE BROWN JR Céu Azul 324 Me encontra 326 Vícios e virtudes 327

CHICLETE COM BANANA Diga que valeu 328

CRISTIANO ARAÚJO Mente pra mim 329

ENGENHEIROS DO HAWAII Até o fim 330

Era um garoto que como eu 332 Eu que não amo você 334

Infinita Highway

Negro Amor

O papa é pop 338

335

337

FERNANDINHO Uma nova história

340

GERALDO AZEVEDO

Sétimo céu

341

GUSTAVO LIMA Se é pra beber eu bebo

Você não me conhece 343

342

HENRIQUE E JULIANO Cuida bem dela 344

IRA Flores em você 345

IVETE SANGALO Flor do reggae 346

JOÃO NETO E FREDERICO

Lê, lê, lê

347

JORGE E MATEUS

A hora é agora

Flor 349 Logo eu 350

348

JOTA QUEST

Dias melhores

351

KID ABELHA Como eu quero 352 Eu tive um sonho 353

LUAN SANTANA

Cê Topa

Escreve aí 355 Tudo o que você quiser

354

357

LUIZ GONZAGA

Baião 358

Respeita Januário

359

MARISA MONTE De mais ninguém 360 Infinito particular 361

MASKAVO

Asas 362

METALLICA The unforgiven II 363

MICHEL TELÓ Implorando pra trair 366

MUNHOZ E MARIANO

Balada louca

367

NANDO REIS De janeiro a janeiro

369

Luz dos olhos

370

O

que eu só vejo em você

371

Pra você guardei o amor NATIRUTS

372

Palmares 1999

373

Surfista do lago Paranoá

375

5

5

6

NIRVANA Come As You Are 376

O RAPPA Súplica Cearense Vapor barato 379

377

PARALAMAS DO SUCESSO

6 ACORDES

CHIMARUTS Versos simples 414

Ela disse adeus

380

PAULA FERNANDES

 

GUNS´N ROSES Sweet child o´mine 415

Eu sem você 381 Pegando em lágrimas

383

INFANTIL

Pássaro de fogo

384

Teresinha de Jesus 416

PSIRICO Lepo lepo 385

KID ABELHA Eu tive um sonho

417

RAIMUNDOS

O RAPPA

A

mais pedida 386

 

Hey Joe 418

Mulher de fases 388 Reggae do maneiro 390

RAUL SEIXAS

Cowboy fora da lei 392

393

Sociedade Alternativa SOS 395

Medo da Chuva

394

PABLO Porque homem não chora 420

PADRE MARCELO ROSSI Sonda-me 421

PINK FLOYD Wish you were here

422

ROUPA NOVA Linda demais 397

SEU JORGE Ela é amiga da minha mulher 423

SKANK

Tanto

399

TIM MAIA

THE CURE

Descobridor dos sete mares 424 Sozinho 425

Boys don´t cry 401

Um dia de Domingo

426

TIÊ

A noite

402

TIM MAIA Acenda o farol

Azul da cor do mar

404

405

Ela partiu

407

Eu amo você 409

TOMATE

Coração

410

ZÉ RAMALHO Jardim das acácias 412

ALCEU VALENÇA Punhal de Prata 1974

Marcha rápida 1
Marcha rápida
1

Tom: E7

(Tom original: F7)

(Intro) E7

 
 
Tom: E7 (Tom original: F7) (Intro) E7   E7 Eu sempre andei descalço No encalço dessa

E7

E7

Eu sempre andei descalço No encalço dessa menina

Eu sempre andei descalço No encalço dessa menina
Eu sempre andei descalço No encalço dessa menina
Eu sempre andei descalço No encalço dessa menina

E a sola dos meus passos Tem a pele muito fina

dessa menina E a sola dos meus passos Tem a pele muito fina 2 1 E7
2
2
1
1

E7

Eu sempre olhei nos olhos Bem no fundo, nas retinas

E a menina dos olhos

Me mata, me alucina

Eu sempre andei sozinho

A mão esquerda vazia

A mão direita fechada

Sem medo por garantia

De encontrar quem me ama Na hora que me odeia Com esse punhal de prata Brilhando na lua cheia

Eu sendo mouro sou um cigano Eu rasgo o oceano Eu quebro esse mar Morena, vem

ARETHA FRANKLIN

Chain of fools

Pop variação 1 1
Pop variação 1
1

Tom: Dm

(Tom original: Cm)

Intro: Dm

Refrão:

Dm Chain, chain, chain Chain, chain, chain Chain, chain, chain Chain of fools

(Chain, chain, chain) (Chain, chain, chain) (Chain, chain, chain)

2 3 1
2
3
1

Dm

For five long years, I thought you were my man But I found out, (yeah), I'm just a link in your chain You got me where you want me

I ain't nothing but your fool

You treated me mean, (ohh), you treated me cruel

Chain, chain, chain, Chain of fools

(Chain, chain, chain)

Every chain, has got a weak link

I might be weak (child), but I'll give you strength (não toca)

You tell me to leave you alone (não toca) My father said, Come on home (não toca) My doctor said, Take it easy

(não toca) Oh, but your lovin? is much too strong (oop, oop, oop, oop) I'm added to your

(oop, oop, oop, oop)

(oop, oop, oop, oop)

(oop, oop, oop, oop)

Dm Chain, chain, chain Chain, chain, chain Chain, chain, chain Chain of fools

(Chain, chain, chain) (Chain, chain, chain) (Chain, chain, chain)

One of these mornings, the chain is gonna break But up until then, I'm gonna take all I can take (Oh yeah)

(refrão repete e termina em fade out)

BEATLES

Tomorrow Never Knows

Rock 1
Rock
1

Tom: C

Intro: C

Intro: C
 
       
     

C

C 3    
3
3
   

Turn off your mind relax and float downstream It is not dying It is not dying

Turn off your mind relax and float downstream It is not dying It is not dying
 
2
2
 
    1
   
1
1
     
     
 
 

Lay down all thoughts, surrender to the void It is shining It is shining

C

That you may see the meaning of within It is being It is being

(solo)

That love is all and love is everyone It is knowing It is knowing

That ignorance and haste may mourn the dead It is believing It is believing

But listen to the colour of your dream It is not living It is not living

Or play the game of existence to the end Of the beginning Of the beginning Of the beginning

Of the beginning Of the beginning Of the beginning Of the beginning

BONNIE «PRINCE» BILLY

Madaleine Mary

1

Tom: Am Intro: Am Refrão: Am Sing a song of Madeleine-Mary 2 A tune that
Tom: Am
Intro: Am
Refrão:
Am
Sing a song of Madeleine-Mary
2
A
tune that all can carry
3
Burly says if we don't sing
Then we won't have anything
1

All the boys on ship set sail

& the mate was Madeleine-Mary

When her eyes did fill with tears

It

was extraordinary

It

was extraordinary

For we none of us could see it For she kept herself kept below And all her feelings private

Sing a song of Madeleine-Mary

A tune that all can carry

Burly says if we don't sing Then we won't have anything

None of us could get a glimpse But all of us did want it At night, above our sleeping heads Our sleeping dreams were haunted

So now my kids you'd like to hear Of one who reached and got her Well if there was well I think He sleeps beneath the water

(refrão)

Sing a song of Madeleine-Mary

A tune that all can carry

Burly says if we don't sing Then we won't have anything

Am

CREEDENCE CLEAR WATER REVIVAL

Run through the jungle

Tom: Dm

Intro: Dm

Rock

WATER REVIVAL Run through the jungle Tom: Dm Intro: Dm Rock 1   Dm Oh thought

1

 
 

Dm Oh thought it was a might mare Though it come so true They told me don't go walking slow The devil's on the loose

       
     
     
  2  
 
2
2
 
     
     
3   1
3
3
 
1
1
 
 

Better run through the jungle Better run through the jungle Better run through the jungle Don't look back to see

Thought I heard a rumbling Calling to my name Two hundred million guns are loaded Satan cries take aim

Better run through the jungle Better run through the jungle Better run through the jungle Don't look back to see

(solo)

Over on the mountain Thunder magic spoke Let the people know my wisdom Fill the land with smoke

Better run through the jungle Better run through the jungle Better run through the jungle Don't look back to see

(solo)

Dm

HARRY NILSON

Coconut

Tom: C7

E]----------------------------------------------------[

B]---1----------1--------1--------------1-----------[

G]------3----------3----------3--------------3------[

D]---------2----------------------2------------------[

A]---3--------------------3--------------------------[

E]------------3-----------------------3---------------[

Intro: C7

C7

Brother bought a coconut, he bought it for a dime His sister had another one, she paid it for the lime

1

3 2 4 1
3
2
4
1

C7

She put the lime in the coconut, she drank 'em both up She put the lime in the coconut, she drank 'em both up She put the lime in the coconut, she drank 'em both up She put the lime in the coconut, she called the doctor, woke him up

And said "Doctor, ain't there nothin' I can take,

I say, Doctor, to relieve this bellyache?

I say, Doctor, ain't there nothin' I can take,

I say, Doctor, to relieve this bellyache? Now let me get this straight

Put the lime in the coconut, you drank 'em both up Put the lime in the coconut, you drank 'em both up Put the lime in the coconut, you drank 'em both up Put the lime in the coconut, you called your doctor, woke him up

And said, "Doctor, ain't there nothin' I can take,

I say, Doctor, to relieve this bellyache?

I say, Doctor, ain't there nothin' I can take,

I say, Doctor, doctor, to relieve this bellyache?"

Put the lime in the coconut, you drink 'em both up Put the lime in the coconut, you drink 'em both up Put the lime in the coconut, you drink 'em both together Put the lime in the coconut, then you feel better Put the lime in the coconut, drink 'em both down Put the lime in the coconut, and call me in the morning

Brother bought a coconut, he bought it for a dime His sister had another one, she paid it for the lime She put the lime in the coconut, she drank 'em both up She put the lime in the coconut, she drank 'em both up She put the lime in the coconut, she drank 'em both up Put the lime in the coconut, she called the doctor, woke him up

And said "Doctor, ain't there nothin' I can take,

I say, Doctor, to relieve this bellyache?

I say, Doctor, ain't there nothin' I can take,

I say, Doctor, doctor, doctor, dooooooc!

1

Put the lime in the coconut, you drink 'em both up Put the lime in the coconut, you drink 'em both up Put the lime in the coconut, you drink 'em both together Put the lime in the coconut, then you feel better Put the lime in the coconut, drink 'em both down Put the lime in the coconut, and call me in the morning

Woo-oo, ain't there nothin' you can take, I said Woo-oo, to relieve your bellyache, you said Woo-oo, ain't there nothin' you can take, I said Woo-oo, to relieve your bellyache, you say

And said "Doctor, ain't there nothin' I can take,

I say, Doctor, to relieve this bellyache?

I say, Doctor, ain't there nothin' I can take,

I say, Doctor, you're such a silly woman!

Put the lime in the coconut, you drink 'em both together Put the lime in the coconut, then you feel better Put the lime in the coconut, drink 'em both down Put the lime in the coconut, and call me in the moo-o-oorning

Yes, you call me in the morning If you call me in the morning I'll tell you what to do If you call me in the morning I'll tell you what to do If you call me in the morning I'll tell you what to do If you call me in the morning I'll tell you what to do If you call me in the morning I'll tell you what to do If you call me in the morning I'll tell you what to do If you call me in the morning I'll tell you what to do

You're such a silly woman Ain't there nothin' you can take

OHM

Yo La Tengo

Tom: D

Intro: D

D

Sometimes the bad guys come out on top

Sometimes the good guys lose We try not to lose our hearts Not to lose our minds

Sometimes the bad days maintain their grip Sometimes the good days fade Hurts the brain to think Hurts the head to drink

Refrão:

But nothing ever stays the same Nothing's explained The higher we go, the longer we fly Cos this is it for all we know So say goodnight to me And lose no more time, no time Resisting the flow

Doodoodoo…

(solo)

Refrão:

But nothing ever stays the same Nothing's explained The longer it takes, the looser the ties Cos this is it for all we know So say goodnight to me

And lose no more time, no time Resisting the flow

Resisting the flow Resisting the flow Resisting the flow… (até acabar)

Pop 1
Pop
1
3 2 1
3
2
1

C

TIM MAIA

Sossego

Tom: C

C7

Ora bolas, não me amole

Com esse papo, de emprego

C7

Pop 1
Pop
1

Pop variação 1

amole Com esse papo, de emprego C7 Pop 1 Pop variação 1 Não está vendo, não

Não está vendo, não estou nessa

 
Não está vendo, não estou nessa  

O

que eu quero?

O que eu quero? 3    
3
3
   

Sossego, eu quero sossego

Sossego, eu quero sossego      
     
  2  
 
2
2
 

C7

C7 4    
4
4
   

O

que eu quero? Sossego (4x)

O que eu quero? Sossego (4x)     1
   
1
1
 
 

C7

Ora bolas, não me amole

Com esse papo, de emprego

C7

Não está vendo, não estou nessa

O que eu quero?

Sossego

C7

O que eu quero? Sossego (19x)

C7

BEATLES

Don´t let me down

Tom: C

(Tom Original: E)

Refrão:

Dm

C

Don't let me down, don't let me down

Dm

C

Don't let me down, don't let me down Dm Nobody ever loved me like she does,

C

Oh she does, yes she does

Dm

And if somebody loved me like she do me

C

Oh she do me, yes she does

Refrão:

Dm

C

Don't let me down, don't let me down

Dm

C

Don't let me down, don't let me down

C

I'm in love for the first time.

G

Don't you know it's gonna n last.

It's a love that lasts forever.

C

It's a love that had no past

Refrão:

Dm

C

Don't let me down, don't let me down

Dm

C

Don't let me down, don't let me down

Dm

And from the first time that she really done me

C

Oh she done me, she done me good Dm

I guess nobody ever really done me

C

Oh she done me, she done me good

Pop Pop variação 1
Pop
Pop variação 1
Dm C
Dm
C

Don't let me down, don't let me down

Dm

C

Don't let me down, don't let me down

2 3 1 Dm 3 2 1
2
3
1
Dm
3
2
1

C

2

BEZERRA DA SILVA

Malandragem dá um tempo

Tom: A

Refrão:

A7

Vou Apertar

D7

Mas não Vou acender agora

A7

Vou Apertar

D7

Mas não Vou acender agora

A7

Se segura malandro

D7

Pra fazer a cabeça tem hora

A7

É, você não está vendo

D7

Que a boca tá assim de corujão

A7

Têm dedo de seta adoidado

D7

Todos afim de entregar os "irmão»

A7

Ô malandragem dá um tempo

D7

Deixa essa par de sujeira ir embora

A7

E é por isso que eu vou apertar

D7

Mas não vou acender agora

Samba

isso que eu vou apertar D7 Mas não vou acender agora Samba (refrão) A7 É que

(refrão)

A7

É que o 281 foi afastado

D7

16 e o 12 no lugar ficou

A7

2

E uma muvuca de espertos demais

D7

Deu mole e o bicho pegou

A7

Quando os "zome" dali grampeiam

D7

O coro come a toda hora

A7

E é por isso que eu vou apertar

D7

Mas não vou acender agora

(refrão)

1 2 A7 2 1 3
1
2
A7
2
1
3

D7

CÁSSIA ELLER

Palavras ao vento

Tom: G

(Tom original: A)

G

C9

Pop

ao vento Tom: G (Tom original: A) G C9 Pop 2 Ando por aí querendo te

2

Ando por aí querendo te encontrar

   
Ando por aí querendo te encontrar    
2
2
 
 

G

  1
 
1
1

Em cada esquina paro em cada olhar

   

C9

C9  
 

Deixo a tristeza e trago a esperança em seu lugar

3 4
3
4
 
 
 

G9

C9

G

Que o nosso amor pra sempre viva

 

Minha dádiva

Minha dádiva

G

C9

   

Quero poder jurar que essa paixão jamais será

2
2
1
1
   
   
     
 

G

 
3 4
3
4
 
 
 

Palavras apenas

C9

Palavras pequenas

G

C9

Palavras

(intro) G9 C9

G

C9

Ando por aí querendo te encontrar

G

Em cada esquina paro em cada olhar

C9

Deixo a tristeza e trago a esperança em seu lugar

G

C9

Que o nosso amor pra sempre viva

G

C9

Palavras apenas

C9

Palavras pequenas

G

C9

Palavras, momento

G

Palavras, palavras

Minha dádiva

C9

G

C9

Palavras, palavras

Quero poder jurar que essa paixão jamais será

G

C9

Palavras ao vento

EDU RIBEIRO

Me namora

Tom: G G C7M Lembro que te vi caminhar G Já havia um brilho no
Tom: G
G
C7M
Lembro que te vi caminhar
G
Já havia um brilho no olhar
C7M
E
junto com o sorriso seu
G
O
teu olhar vem de encontro ao meu
C7M
E
o meu dia se fez mais feliz
G
Mesmo sem você perto de mim
C7M
Mesmo longe de mim
G
C7M
Eu fico o tempo todo a imaginar
G
O que fazer quando te encontrar
C7M
Mas se eu fizer o que vai dizer
G
Será que é capaz de entender
C7M
Mesmo se não for eu vou tentar
G
Vou fazer você me notar
C7M
Por isso eu vim aqui te dizer
Reggae x
Reggae
x

2

2 1 3 G 2 1
2
1
3
G
2
1

C7M

Refrão:

G

Me namora

C7M

Pois quando eu saio sei que você chora

G

E fica em casa só contando as horas

C7M

Reclama só do tempo que demora

G

Abra os braços vem e me namora

C7M

Eu quero dar vazão ao sentimento

G

Mostrar que é lindo o que eu sinto por dentro

C7M

Beleza é essa que eu te canto agora

G

Abra os braços vem e me namora

( G

C7M ) (2x)

G

C7M

Eu penso estar vivendo uma ilusão

G

Sem saber se me quer ou não

C7M

Quem dera se a resposta fosse sim

G

Mas acho que ja nem liga pra mim

C7M

Se for assim o meu coração

G

Sofre só sem você em vão

C7M

Bate mais triste então

G

C7M

Mas ele ainda pode se alegrar

G

Se de repente você reparar

C7M

Que com você também aconteceu

G

E sente amor tão grande quanto o meu

C7M

Abre os olhos veja quem te adora

E

E

G

sonha com você no mundo afora

C7M

volta só pra te dizer

(Refrão)

2 1 3 G 2 1
2
1
3
G
2
1

C7M

GABRIEL PENSADOR

Cachimbo da Paz

Tom: C

Verso 1:

C

Pop

GABRIEL PENSADOR Cachimbo da Paz Tom: C Verso 1: C Pop Pop variação 4 2 A

Pop variação 4

2

Cachimbo da Paz Tom: C Verso 1: C Pop Pop variação 4 2 A criminalidade toma

A

criminalidade toma conta da cidade

A criminalidade toma conta da cidade

A

sociedade põe a culpa nas autoridades Dm

A sociedade põe a culpa nas autoridades Dm      
     
3    
3
3
   

O

cacique oficial viajou pro Pantanal

O cacique oficial viajou pro Pantanal   2  
 
2
2
 

Porque aqui a violência tá demais

Porque aqui a violência tá demais     1
   
1
1
 

C

  C      
     

E

lá encontrou um velho índio que usava um fio dental

E lá encontr ou um velho índio que usava um fio dental

E

fumava um cachimbo da paz Dm

C

O

presidente deu um tapa no cachimbo e na hora

De voltar pra capital ficou com preguiça

 
 

C

  C

Trocou seu paletó pelo fio dental e nomeou

       

O

velho índio pra ministro da justiça Dm

O velho índio pra ministro da justiça Dm      
     
     
     

E

o novo ministro chegando na cidade,

E o nov o ministro chegando na cidade, 3 2  
3
3
2
2
 

Achou aquela tribo violenta demais

Achou aquela tribo violenta demais     1
   
1
1
 

C

  C

Viu que todo cara-pálida vivia atrás das grades

E chamou a TV e os jornais Dm

E disse: "Índio chegou trazendo novidade Índio trouxe cachimbo da paz

Refrão:

C

Maresia, sente a maresia

Dm

maresia, wuh uh wuh wuh uh

C

Maresia, sente a maresia

Dm

maresia, wuh uh wuh wuh uh

C

Apaga a fumaça do revólver, da pistola Manda a fumaça do cachimbo pra cachola Dm Acende, puxa, prende, passa Índio quer cachimbo, índio quer fazer fumaça

Dm

Verso 2:

C

Todo mundo experimenta o cachimbo da floresta Dizem que é do bom, dizem que não presta

Dm

Querem proibir, querem liberar

E a polêmica chegou até o congresso

C

Tudo isso deve ser pra evitar a concorrência

Porque não é Hollywood mas é o sucesso

Dm

2

O

cachimbo da paz deixou o povo mais tranquilo

O cachimbo da paz deixou o povo mais tranquilo

Mas o fumo acabou porque só tinha oitenta quilos

Mas o fumo acabou porque só tinha oitenta quilos      
     
 

C

  C 3    
3
3
   

E

o povo aplaudiu quando o índio partiu pra selva

E o pov o aplaudiu quando o índio partiu pra selva   2  
 
2
2
 

E

prometeu voltar com uma tonelada

     
 
       
     

Dm Só que quando ele voltou "sujou"!!!

Dm Só que quando ele voltou "sujou"!!!     1
   
1
1
 
 

A

polícia federal preparou uma cilada

C

 

C

"O cachimbo da paz foi proibido,

 

Entra na caçamba, vagabundo! Vamô pra DP!

Dm

Dm

Ê,

ê, ê! Índio tá fodido porque lá o pau vai comer!"

     
 
       
     
 

Refrão:

  Refrão:      
     

C

C   2  
 
2
2
 
 

Maresia, sente a maresia

  Maresia, sente a maresia 3   1
3
3
 
1
1

Dm

Dm

maresia, wuh uh wuh wuh uh

C

Maresia, sente a maresia

Dm7

maresia, wuh uh wuh wuh uh

C

Apaga a fumaça do revólver, da pistola Manda a fumaça do cachimbo pra cachola Dm Acende, puxa, prende, passa Índio quer cachimbo, índio quer fazer fumaça

Verso 3:

C

Dm

Na delegacia só tinha viciado e delinquente Cada um com um vício e um caso diferente Dm

Um cachaceiro esfaqueou o dono do bar porque ele Não vendia pinga fiado

C

E

um senhor bebeu uísque demais, acordou com um travesti

E

assassinou o coitado

Dm

Um viciado no jogo apostou a mulher, perdeu a aposta

E ela foi sequestrada

C

Era tanta ocorrência, tanta violência que o índio

Não tava entendendo nada Dm

Ele viu que o delegado fumava um charuto fedorento

E acendeu um "da paz" pra relaxar

C

2

Mas quando foi dar um tapinha Levou um tapão violento e um chute naquele lugar

 
Mas quando foi dar um tapinha Levou um tapão violento e um chute naquele lugar  
3    
3
3
   

Dm Foi mandado pro presídio e no caminho assistiu um Acidente provocado por excesso de cerveja:

Dm Foi mandado pro presídio e no caminho assistiu um Acidente provocado por excesso de cerveja:
     
  2  
 
2
2
 
 

C

   
1
1
 
 

Uma jovem que bebeu demais atropelou Um padre e os noivos na porta da igreja Dm

Uma jov em que bebeu demais atropelou Um padre e os noivos na porta da igreja
     
 

C

 
  C  

E

pro índio nada mais faz sentido

 

Com tantas drogas porque só o seu cachimbo é proibido?

 
 

Refrão:

  Refrão:

C

     
 

Maresia, sente a maresia

  Maresia, sente a maresia      
     

Dm

Dm      
     
 

maresia, wuh uh wuh wuh uh

  maresia, wuh uh wuh wuh uh   2  
 
2
2
 

C

C 3   1
3
3
 
1
1
 

Maresia, sente a maresia

  Maresia, sente a maresia

Dm

maresia, wuh uh wuh wuh uh

C

Apaga a fumaça do revólver, da pistola Manda a fumaça do cachimbo pra cachola Dm Acende, puxa, prende, passa Índio quer cachimbo, índio quer fazer fumaça

Verso 4:

C

Na penitenciária o "índio fora da lei" Conheceu os criminosos de verdade Dm Entrando, saindo e voltando cada vez mais Perigosos pra sociedade

C

Aí, “cumpádi”, rolando

Um sorteio na prisão pra reduzir a superlotação

Dm

Dm

Todo mês alguns presos tem que ser executados

E

o índio dessa vez foi um dos sorteados

C

tentou acalmar os outros presos:

E

"Peraí

,

Dm

vamô fumar um cachimbinho da paz

Eles começaram a rir e espancaram o velho índio até não

poder

C

E antes de morrer ele pensou:

"Essa tribo é atrasada demais Dm Eles querem acabar com a violência,

mas a paz é contra a lei e a lei é contra a paz"

C

E o cachimbo do índio continua proibido

Mas se você quer comprar, é mais fácil que pão Dm Hoje em dia ele é vendido pelos mesmos bandidos que mataram o velho índio na prisão

Refrão:

C

Maresia, sente a maresia

Dm

maresia, wuh uh wuh wuh uh

C

Maresia, sente a maresia

Dm

maresia, wuh uh wuh wuh uh

C

Apaga a fumaça do revólver, da pistola Manda a fumaça do cachimbo pra cachola Dm Acende, puxa, prende, passa Índio quer cachimbo, índio quer fazer fumaça

C7

Maresia, sente a maresia

Dm

maresia, wuh uh wuh wuh uh

obs.: Final segue o padrão do: “Maresia, sente a maresia

2

3 2 1 C 2 3 1
3
2
1
C
2
3
1

Dm

GERALDO VANDRÉ

Pra não dizer que não falei das flores

Tom: Em

Em D Em Caminhando e cantando e seguindo a canção D Em Somos todos iguais,
Em
D
Em
Caminhando e cantando e seguindo a canção
D
Em
Somos todos iguais, braços dados ou não
D
Em
Nas escolas, nas ruas, campos, construções
D
Em
Caminhando e cantando e seguindo a canção
D
Em
Vem, vamos embora, que esperar não é saber
D
Em
Quem sabe faz a hora, não espera acontecer
(2x)
D
Em
Pelos campos há fome em grandes plantações
D
Em
Pelas ruas marchando indecisos cordões
D
Em
Ainda fazem da flor seu mais forte refrão
D
Em
E acreditam nas flores vencendo o canhão
D
Em
Vem, vamos embora, que esperar não é saber
D
Em
Quem sabe faz a hora, não espera acontecer
(2x)
D
Em
Há soldados armados, amados ou não
D
Em
Quase todos perdidos, de armas na mão
D
Em
Nos quartéis lhes ensinam, uma antiga lição
D
Em
De morrer pela pátria, e viver sem razão

Valsa

D Em De morrer pela pátria, e viver sem razão Valsa 2 Em Vem, vamos embora

2

Em

Vem, vamos embora que esperar não é saber

Em

Quem sabe faz a hora, não espera acontecer

D

D

D

Em

Nas escolas, nas ruas, campos, construções

Em

Somos todos soldados, armados ou não

D

Caminhando e cantando, e seguindo a canção

D

Em

D

Em

Somos todos iguais, braços dados ou não

D

Em

Os amores na mente, as flores no chão

D

Em

A certeza na frente, a história na mão

D

Em

Caminhando e cantando, e seguindo a canção

D

Em

Aprendendo e ensinando uma nova lição

1 2 Em 1 3 2
1
2
Em
1
3
2

D

INFANTIL

Boi da Cara Preta

Tom: D

Marcha

INFANTIL Boi da Cara Preta Tom: D Marcha 2 D Boi, boi, boi A 1 Boi

2

D Boi, boi, boi A 1 Boi da cara preta 3 D 2 Pega esta
D
Boi, boi, boi
A
1
Boi da cara preta
3
D
2
Pega esta criança que tem medo de careta
D
D
Não, não, não
A
Não o coitadinho
1
D
2
Ele está chorando, porque ele é bonitinho!
3

A

1 D 2 Ele está chorando, porque ele é bonitinho! 3 A Borboletinha Tom: A E

Borboletinha

Tom: A

E A Borboletinha E tá na cozinha fazendo chocolate A para a madrinha Cu Ti
E
A
Borboletinha
E
tá na cozinha
fazendo chocolate
A
para a madrinha
Cu Ti Cu Tí
E
perna de pau
olho de vidro
A
nariz de pica-pau

Marcha rápida

Cu Ti Cu Tí E perna de pau olho de vidro A nariz de pica-pau Marcha
2 3 1 E 1 1 2 2 3 3
2
3
1
E
1
1
2
2
3
3

A

INFANTIL

Cai, Cai, Balão

Marcha

INFANTIL Cai, Cai, Balão Marcha 2 Tom: D D     Cai, cai, balão, cai, cai,

2

Tom: D

Tom: D

D

   

Cai, cai, balão, cai, cai, balão

Cai, cai, balão, cai, cai, balão    
   
   

A

 
1
1
3
3
 

Aqui na minha mão

 
2
2
   
   

Não Cai não, não cai não, não cai não

D

D

Cai na rua do Sabão

Cai na rua do Sab ão
 
     
   
  1
 
1
1
  2
 
2
2
  3
 
3
3
   
   
 
 

A

  2   3       A Capelinha de Melão Tom: D D A Capelinha

Capelinha de Melão

Tom: D

D A Capelinha de Melão é de São João D É de Cravo é de
D
A
Capelinha de Melão é de São João
D
É de Cravo é de Rosa é de Manjericão
São João está dormindo
A
Não acorda não!
D
Acordai, acordai, acordai, João!

Marcha

São João está dormindo A Não acorda não! D Acordai, acordai, acordai, João! Marcha 1 3
1 3 2 D 1 2 3
1
3
2
D
1
2
3

A

INFANTIL

Carneirinho, carneirão

Tom: D

D A

Carneirinho, carneirão-neirão-neirão

D

Olhai pro céu, olhai pro chão, pro chão

A

Manda o Rei, Nosso Senhor, Senhor, Senhor

D

Para todos se ajoelhar

D A

Carneirinho, carneirão-neirão-neirão

D

Olhai pro céu, olhai pro chão, pro chão

A

Manda o Rei, Nosso Senhor, Senhor, Senhor

D

Para todos se levantar.

D A

Carneirinho, carneirão-neirão-neirão

D

Olhai pro céu, olhai pro chão, pro chão

A

Manda o Rei, Nosso Senhor, Senhor, Senhor

D

Para todos se sentar.

D A

Carneirinho, carneirão-neirão-neirão

D

Olhai pro céu, olhai pro chão, pro chão

A

Manda o Rei, Nosso Senhor, Senhor, Senhor

D

Para todos se levantar.

D A

Carneirinho, carneirão-neirão-neirão

D

Olhai pro céu, olhai pro chão, pro chão

A

Manda o Rei, Nosso Senhor, Senhor, Senhor

D

Para todos se deitar.

Marcha

D A
D
A

2

Carneirinho, carneirão-neirão-neirão

D

Olhai pro céu, olhai pro chão, pro chão

A

Manda o Rei, Nosso Senhor, Senhor, Senhor

D

Para todos se levantar.

1 3 2 D 1 2 3
1
3
2
D
1
2
3

A

INFANTIL

Ciranda cirandinha

Tom: C

Marcha

INFANTIL Ciranda cirandinha Tom: C Marcha C G C Ciranda cirandinha, vamos todos cirandar , G

C

G

C

Ciranda cirandinha, vamos todos cirandar, G

Vamos dar a meia volta, volta e meia vamos dar

C

G

C

O

anel que tú me destes era vidro e se quebrou,

G

C

O

amor que tu me tinhas era pouco e se acabou

3 2 1 C 2 2 1 1 3 3
3
2
1
C
2
2
1 1
3
3

G

2

INFANTIL Marcha 2 Marcha Soldado
INFANTIL
Marcha
2
Marcha Soldado

Tom: A

A

Marcha soldado

E

Cabeça de papel

Quem não marchar direito

A

Vai preso no quartel

O quartel pegou fogo

E

A polícia deu sinal

Acode, acode, acode

A

A bandeira nacional

1 2 3 A 2 3 1
1
2
3
A
2
3
1

E

JOÃO DO VALE

Carcará

Tom: Dm

Dm

Carcará

Lá no sertão É um bicho que avoa que nem avião G É um pássaro
Lá no sertão
É
um bicho que avoa que nem avião
G
É
um pássaro malvado
Tem o bico volteado que nem gavião
Dm
Carcará
G
Quando vê roça queimada
Dm
G
Sai voando, cantando,
Dm G
Carcará
,
Dm
G
Vai fazer sua caçada
Dm
Dm
Dm
Dm
G
Dm
G
Os burrego que nasce na baixada
Dm
Dm
G
Carcará, Pega, mata e come
G
Carcará, não vai morrer de fome
Dm
G
Dm
Carcará, pega, mata e come

G Carcará come inté cobra queimada

G Quando chega o tempo da invernada G

O sertão não tem mais roça queimada

Carcará mesmo assim num passa fome

Carcará, mais coragem do que homem G

Baião

num passa fome Carcará, mais coragem do que homem G Baião Dm G Carcará é malv

Dm

G Carcará é malvado, é valentão G É a águia de do meu sertão G

Dm Dm Dm Dm Carcará G Pega, mata e come Dm Carcará G Dm Carcará
Dm
Dm
Dm
Dm
Carcará
G
Pega, mata e come
Dm
Carcará
G
Dm
Carcará
G
Dm
Carcará
G
Pega, mata e come

Os burrego novinho num pode andá G

Ele puxa o umbigo inté matá

Num vai morrer de fome

Mais coragem do que home

2 3 1 Dm 2 1 3
2
3
1
Dm
2
1
3

G

2

JORGE BEN JOR

W BRASIL

Reggae x
Reggae
x

Tom:

C

C

F7M

C

F7M

C

F7M

C

F7M

Alô alô W/Brasil,

alô alô W/Brasil,

2

C

F7M

C

F7M

C

F7M

C

Jacarezinho,

avião,

Jacarezinho,

avião

F7M

C

F7M

C

F7M

C

Cuidado com o disco voador, tira essa escada daí

Essa

escada é pra ficar aqui fora

 

F7M

C

F7M

C

F7M

C

F7M

C

F7M

Eu vou chamar o síndico Tim Maia!

Tim Maia!

Tim Maia!

Tim Maia!

 

C

F7M

 

C

F7M

C

F7M

C

F7M

O trem corre no trilho da Central do Brasil, o trem corre no trilho da Central do Brasil

 
 

C

F7M

C

F7M

Incluindo paixão antiga e aquele beijo quente que eu ganhei de sua amiga

 
 

C

F7M

C

F7M

 

C

F7M

C

F7M

E

o que que deu, funk na cabeça,

e o que que deu, funk na cabeça

C

F7M

C

F7M

C

F7M

C

F7M

 

Alô alô W/Brasil,

alô alô W/Brasil,

 
 

C

F7M

C

F7M

C

F7M

C

Jacarezinho,

avião,

Jacarezinho,

avião

 

F7M

C

F7M

C

F7M

C

Cuidado com o disco voador, tira essa escada daí

Essa

escada é pra ficar aqui fora

 
 

F7M

C

F7M

C

F7M

C

F7M

C

F7M

Eu vou chamar o síndico Tim Maia!

Tim Maia!

Tim Maia!

Tim Maia!

C

F7M

C

E o que que deu, funk na cabeça,

F7M

C

F7M

C

F7M

e o que que deu, funk na cabeça

C

F7M

C

F7M

Deu no New York Time ,

C

F7M

C

F7M

Fernando o belo não sabe se vai

C

F7M

C

F7M

Participar do próximo campeonato de surf ferroviário

3 2 1
3
2
1

C

3 2 1
3
2
1

F7M

Continuação da letra ( C - F7M ) Mantem o violão sempre igual

Surfista de trem Surfista de trem

Deu no New York Time

A Feira de Acari

É um sucesso

Tem de tudo

É um mistério

Deu no New York Time Dizem que Cabral 1 Descobriu a filial Dizem que Cabral 2 Tentou e se deu mal Dizem que Cabral 1 Descobriu a filial Dizem que Cabral 2 Tentou e se deu mal

Amor! Dor! Dor! Lá da rampa mandaram avisar Que todo dinheiro será devolvido Quando setembro chegar Num envelope azul indigo Num envelope azul indigo Chama o síndico, Tim Maia! Tim Maia!Tim Maia! Tim Maia!

Alô, Alô W o Brasil Alô, Alô W o Brasil

Da Central passando Pela Mangueira Dando uma volta na Pavuna E chegando em Madureira

É lá!Que o samba rola de primeira

É lá!Que o samba rola de primeira

Alô, Alô tia Léia Se tiver ventando muito Não venha de helicóptero Alô, Alô tia Léia Se tiver ventando muito Não venha de helicóptero Alô Alô, W o Brasil Alô Alô, W o Brasil

Se tiver ventando muito Não venha de helicóptero Alô Alô, W o Brasil Alô Alô, W
3
3
2
2
1
1

C

2

3 2 1
3
2
1

F7M

LUAN SANTANA

Te esperando

Tom: G

G

Pop

LUAN SANTANA Te esperando Tom: G G Pop 2 (Repete tudo com o refrão 2x) Mesmo

2

(Repete tudo com o refrão 2x)

Mesmo que você não caia na minha cantada Mesmo que você conheça outro cara

C9

G

Eu vou estar

Na fila de um banco

Um tal de Fernando Um lance, assim, sem graça

G

Mesmo que vocês fiquem sem se gostar Mesmo que vocês casem sem se amar

C9

E depois de seis meses Um olhe pro outro

E aí, pois é, sei lá

G

Mesmo que você suporte este casamento Por causa dos filhos, por muito tempo

C9

Dez, vinte, trinta anos

Até se assustar com os seus cabelos brancos

G

Um dia vai sentar numa cadeira de balanço

Vai lembrar do tempo que tinha vinte anos

C9

Vai lembrar de mim e se perguntar Por onde esse cara deve estar

Refrão:

G

E eu vou estar

C9

Te esperando nem que já esteja velhinha gagá

G

C9

Te esperando

G

Te esperando

2 1 3 4 G 2 1 3 4
2
1
3
4
G
2
1
3
4

C9

Com noventa, viúva, sozinha não vou me importar

C9

Vou ligar, te chamar pra sair namorar no sofá

G

Nem que seja além dessa vida eu vou estar

C9

Te esperando

LUIZ GONZAGA

Lá No Meu Pé de Serra

Xote

LUIZ GONZAGA Lá No Meu Pé de Serra Xote 2 Tom: G Intro: G D (3x)

2

Tom: G Intro: G D (3x) 2 G D 1 Lá no meu pé de
Tom: G
Intro: G D (3x)
2
G
D
1
Lá no meu pé de serra
G
Deixei ficar meu coração
D
3
Ai, que saudades tenho
G
G
Eu vou voltar pro meu sertão
D
No meu roçado trabalhava todo dia
G
Mas no meu rancho tinha tudo o que queria
1
D
3
Lá se dançava quase toda quinta-feira
2
G
Sanfona não faltava e xóte a noite inteira
D
D
O
xóte é bom
,
G
De se dançar
,
D
G
A
gente gruda na cabôcla sem soltar
D
Um passo lá
,
G
Um outro cá
,
D
Enquanto o fole tá tocando,
G
Tá gemendo, tá chorando,
D
G
Tá fungando, reclamando sem parar.

MARISA MONTE

Pedindo pra voltar

Tom: Am

Am

Fica me pedindo pra voltar

E

Am Se quiser que eu volte, voltarei

E

Mas eu só lhe peço uma coisa

Am Não faça novamente o que me fez

E

Am

Enciumava até do meu perfume

E

E dos meus amigos também tinha ciumes

Am

Am

Eu vou lhe beijar mais uma vez

E

Am

Não faça novamente o que me fez

E

E

Am

Tango

Am Am Eu vou lhe beijar mais uma vez E Am Não faça novamente o que
3 2 1 Am 2 3 1
3
2
1
Am
2
3
1

E

2

MARISA MONTE

Segue o Seco

Baião

MARISA MONTE Segue o Seco Baião 2 Tom: A   (Tom original:Bb) A D A oi

2

Tom: A

 

(Tom original:Bb)

A

D

A

oi

oiá

oiá

(4x)

Pode ser lágrimas de São Pedro

 

A

D

A

boiada seca

 

Ou talvez um grande amor chorando

D

Na exurrada seca

A

A trovoada seca

D

Na enxada seca

A

Pode ser o desabotoado céu

D

Pode ser côco derramando

A

D

Segue o seco sem sacar que o caminho é seco

A

sem sacar que o espinho é seco

D

sem sacar que seco é o Ser Sol

A

Sem sacar que algum espinho seco secará

D

A

E a água que sacar será um tiro seco

D

E secará o seu destino seca

A

D

Ô chuva vem me dizer A

A

Se posso ir lá em cima prá derramar você D Ó chuva preste atenção

A

Se o povo lá de cima vive na solidão

D

1 2 3 A D 1 3 2
1
2
3
A
D
1
3
2

D

A

Se acabar não acostumando

D

Se acabar parado calado

A

Se acabar baixinho chorando

D

Se acabar meio abandonado