Você está na página 1de 6

PLANO DE ENSINO – PAHC|MAT

CURSO: Arquitetura e Urbanismo


SÉRIE: 2º/ 3º semestre
DISCIPLINA: Projeto arquitetônico (Habitação coletiva)
CARGA HORÁRIA SEMANAL: 3 Horas/aula
CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 Horas
PROFESSOR: Dr. Félix Alves da S Jr
Me. Salime Al Manne
I. EMENTA
Compreensão do projeto arquitetônico da habitação coletiva como síntese
de um conhecimento multidisciplinar, dominando os procedimentos de
análise do programa, das determinações do meio e da cultura construtiva.
II. OBJETIVOS GERAIS
Capacitar o aluno a compreender as diferentes opções de partido
arquitetônico como opções objetivas e determinantes para a elaboração
de projetos de habitação coletiva.
Incentivar o aluno a discutir criticamente as formas de morar e
investigar novas possibilidades para o desenho da habitação coletiva
contemporânea inserido em um dado contexto urbano.
III. OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Capacitar o aluno para projetar unidades habitacionais onde a razão
modular da estrutura determine o seu desenvolvimento espacial.
Capacitar o aluno para projetar edifícios ou blocos de habitação de
pequeno ou médio porte a partir do projeto da unidade habitacional.
IV. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
Estudo e crítica de tipologias habitacionais em projetos já executados
(habitações agrupadas ou isoladas, habitações em lâmina, habitações
entre divisas, blocos de habitação agrupados ou isolados e edifícios
isolados).
Desenvolvimento espacial dos conceitos adquiridos, em projetos de
agrupamentos habitacionais (blocos ou edifícios de habitação coletiva
de pequeno ou médio porte) enfatizando a reflexão sobre o desenho da
unidade habitacional e suas possibilidades de combinação.
Desenvolvimento de unidades habitacionais a partir de um programa
arquitetônico fornecido com incorporação de flexibilidade ao espaço.
Estudo do comportamento do material construtivo do ponto de vista do
conforto ambiental, modulação e sistemas complementares (posição e
características das aberturas, das paredes e das prumadas hidráulicas).
Desenvolvimento de modelos de combinação de unidades habitacionais a
partir do estudo de tipos de circulação vertical (externa pontual ou
linear, enclausurada ou mista) e horizontal (corredor interno ou externo,
pontual ou enclausurada).

1
Projeto Arquitetônico (Habitação Coletiva)
prof.felix.uniplan@gmail.com
salimealmanne@gmail.com
V. ESTRATÉGIA DE TRABALHO
Desenvolvimento de projetos em ateliê com auxílio de aulas expositivas,
seminários de alunos, elaboração constante de modelos tridimensionais
físicos como ferramenta de exploração projetual e visitas técnicas a
edifícios de habitação.
VI. AVALIAÇÃO
O aluno será aprovado quando obtiver a Média de NPI e NPII maior ou
igual a 7,0. Quando não obtiver essa média poderá fazer exame devendo
alcançar média superior ou igual a 5,0. Observar o cronograma de
atividades em anexo, para o descritivo das etapas de trabalho ao longo
do semestre. O trabalho deverá ser desenvolvido individualmente, salvo
as exceções informadas nos roteiros.
VII. FREQUENCIA
A Lei nº 9.394/96, a Resolução CFE nº 04/86 e o Regimento Geral
estabelecem a frequência obrigatória, em cada disciplina, em 75% (setenta
e cinco por cento) das aulas dadas e demais atividades programadas. O
limite de faltas para a nossa disciplina são de 15 faltas por semestre
e o número de aulas por semana são 3.
O aluno poderá dispor do limite permitido de 25% (vinte e cinco por
cento) de faltas para se ausentar por problemas alheios aos previstos
na legislação que disciplina a matéria. Todas as justificativas que
carecerem de amparo legal e/ou que não respeitarem os prazos e condições
estipuladas pelo UNIPLAN não serão aceitas (vide frequência).
Observação para mais informações consultar o manual do aluno, páginas 12 e 13.

VIII. BIBLIOGRAFIA BÁSICA


BONDUKI, Nabil; KOURY, Ana Paula. Os pioneiros da habitação social.
São Paulo: UNESP, 2014. 3 v.

BONDUKI, Nabil. Origens da habitação social no Brasil: arquitetura


moderna, Lei do inquilinato e difusão da casa própria. 6. ed. São
Paulo, SP: Estação Liberdade, 2013. 342 p.

FRENCH, Hilary. Os mais importantes conjuntos habitacionais do séc.


XX. Porto Alegre: Bookman, 2009.
IX. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
BRUNA, Paulo Júlio Valentino. Os primeiros arquitetos modernos:
habitação social no Brasil 1930-1950. São Paulo: EDUSP, 2010.
262p.

NOBRE, Ana Luiza; MILHEIRO, Ana Vaz; WISNIK, Guilherme. Coletivo: 36


projetos de arquitetura paulista contemporânea. : Cosac Naify, 2006.
261 p.

HERTZBERGER, H. Lições de arquitetura. 2. ed. Martins Fontes 272p.

BAKER, Geoffrey H. Le corbusier: uma análise da forma. São Paulo:


Martins Fontes, 1998. 385p.

NEUFERT, Ernst. Arte de projetar em arquitetura. 18. ed. Barcelona:


Gustavo Gili, 2013. xi, 567 p.

2
Projeto Arquitetônico (Habitação Coletiva)
prof.felix.uniplan@gmail.com
salimealmanne@gmail.com
X. CRONOGRAMA DA DISCIPLINA

CRONOGRAMA DE ATIVIDADES - PAHC|MAT_2018.1

MÊS Aula DATA ATIVIDADE


Apresentação do plano de ensino e atividades de trabalho. Aula teórica
A1 07/fev maquetes de papel
FEVEREIRO

A2 14/fev FERIADO (CARNAVAL)


Aula Expositiva: Processo de Projeto em Arquitetura - Atelier para
A3 21/fev desenvolvimento de estudo preliminar
Aula Expositiva: Arquitetura Residencial Coletiva - Atelier para
A4 28/fev desenvolvimento de estudo preliminar
ENTREGA DA ANÁLISE DO TERRENO e Atelier para desenvolvimento de estudo
A5 07/mar preliminar
MARÇO

A6 14/mar Atelier para desenvolvimento de estudo preliminar

A7 21/mar Atelier para desenvolvimento de estudo preliminar

A8 28/mar Atelier para desenvolvimento de estudo preliminar

A9 04/abr Atelier para desenvolvimento de estudo preliminar - ENTREGA DE APS


ABRIL

A10 11/abr ENTREGA DE NP1


A11 18/abr Atividade extra classe (pesquisa de materiais e revestimentos)

A12 25/abr Apresentação da etapa 2 e devolução dos trabalhos de NP1


A13 02/mai Atelier de desenvolvimento do Anteprojeto
A14 09/mai Atelier de desenvolvimento do Anteprojeto
MAIO

A15 16/mai Atelier de desenvolvimento do Anteprojeto


A16 23/mai Atelier de desenvolvimento do Anteprojeto

A17 30/mai Atelier de desenvolvimento do Anteprojeto


A18 06/jun ENTREGA DE NP2
JUNHO

A19 13/jun Publicação das notas de NP2 e devolução dos trabalhos

A20 20/jun EXAME FINAL


ANOTAÇÕES

3
Projeto Arquitetônico (Habitação Coletiva)
prof.felix.uniplan@gmail.com
salimealmanne@gmail.com
OBSERVAÇÕES GERAIS
a. Podem ocorrer modificações nesse plano de ensino, caso ocorram,
estas serão informadas com pelo menos uma semana de antecedência
via e-mail e site do curso.
b. Os trabalhos dos alunos regularmente matriculados nessa disciplina
serão devolvidos durante o semestre diante do recolhimento do
aluno, caso esse não se apresente no período letivo o(s) mesmo(s)
serão encaminhados ao setor responsável devendo ser retirados
nesse.
c. Alunos que não estiverem regularmente matriculados nessa
disciplina não possuem autorização para a realização das
avaliações.
d. Para o desenvolvimento dos trabalhos em sala de aula é necessário
que os alunos tragam todo o material de desenho. Neste semestre o
material básico considerado será:
 Bloco de papel manteiga tamanho A3 com 20 folhas ou rolo de
papel manteiga;
 Papel milimetrado;
 Escalímetro;
 Par de esquadros de acrílico;
 Lapiseiras 0.3, 0.5 e ou 0,9;
 Canetinhas nanquim (0.1 a 1.0 – o aluno deve possuir pelo
menos três espessuras diferentes: uma fina (0.1-0.3); uma
intermediária (0.5) e uma grossa (0.8 – 1.0).
 Material para colorir (marcadores, canetas pincel, hidrocor,
lápis de cor, etc.

4
Projeto Arquitetônico (Habitação Coletiva)
prof.felix.uniplan@gmail.com
salimealmanne@gmail.com
A maquete deve representar a: a vegetação, a topografia, as vias e
ROTEIRO DE AVALIAÇÃO o volume das edificações existentes no entorno.
O que entregar?
E COMPOSIÇÃO DE
A maquete deve ser confeccionada na escala de 1:500 e deve ser
NOTAS monocromática (ou seja não deve ser colorida) e não deve exceder
o tamanho de uma folha A3 (420x297 mm). Os materiais a serem
No final de cada bimestre serão avaliados os trabalhos dos alunos, adotados na confecção da maquete será:
de acordo com a análise individual quanto à participação, interesse
e assiduidade nas assessorias. Os trabalhos da disciplina, serão  Papel Panamá (para a base e para os diferentes
desenvolvidos de modo individual (salvo as exceções definidas níveis);
neste roteiro). As atividades da disciplina serão divididas em duas  Papel craft ou cartão (para as edificações, para as vias
etapas bimestrais. Estas estão descritas adiante. e calçadas).

NP1  APS – 1,0 (ETAPA


INDIVIDUAL)
CONTEXTO | PARTIDO Ver o roteiro disponibilizado na página do curso de arquitetura.
PRELIMINAR |  PARTIDO PRELIMINAR –
ESPECULAÇÃO FORMAL 5,0 (ETAPA INDIVIDUAL)
 CONTEXTO – 2,0 (ETAPA O que é?
EM EQUIPE)  Cada aluno deverá definir o programa de
necessidades básico, a implantação e as plantas
O que é? baixas dos pavimentos térreo e tipo. Para isso o aluno
deverá determinar um pré-dimensionamento das
Análise do entorno e do lote, com a identificação de todas as unidades habitacionais (de 3 e 2 quartos) utilizando
condicionantes presentes. Análise das principais questões uma modulação de 1 x 1. Além da definir as plantas e
topográficas, de insolação e de ventos predominantes. a configuração do conjunto o aluno deverá realizar
Conteúdo mínimo a ser produzido? estudos volumétricos (através de maquetes) da
edificação e do terreno.
 O trabalho deverá ser realizado em duplas ou trios (não Conteúdo mínimo a ser produzido?
serão permitidas outras formas de agrupamento);
 Planta de implantação e do térreo (a planta de
 As análises serão feitas manualmente sobre base
implantação e do térreo devem vir na mesma prancha)
cartográfica digital;
com identificação dos acessos ao lote e a edificação;
 Identificar os seguintes aspectos da área: tipos de uso circulação de pedestre, curvas de nível; etc.
(residencial, comercial, serviço, institucional,
 Planta do pavimento tipo com a identificação dos
multifuncional); condicionantes físicos (dimensão,
ambientes e a locação das esquadrias (portas e
topografia, vegetação existente, edificações existentes,
janelas);
etc); circulações (acessos ao lote, deslocamento de
pedestres e veicular, nome das vias, etc);  Maquete volumétrica do conjunto (em papel craft ou
condicionantes bioclimáticas (ventos dominantes, suprema);
insolação, direção das chuvas, etc); relatório
fotográfico; etc.  Memória de projeto, consiste em todos os croquis
produzidos para o desenvolvimento do projeto. É
 Relatório gráfico de análise (indicação das relativas ao importante que os croquis sejam desenvolvidos
terreno através de diagramas e gráficos); manualmente e devem possuir uma escala (para isso
O que entregar? utilizaremos o papel manteiga em conjunto com o papel
milimetrado). A memória de projeto é essencial para
As equipes devem entregar pranchas em formato A3 com os garantir a avaliação do trabalho e deve ser entregue
conteúdos solicitados no item anterior. Para isso os alunos devem junto com o projeto. As páginas do caderno devem ser
seguir os modelos de referência disponibilizados. Os diagramas de datadas e assinadas pelos professores da disciplina e
análise devem ser produzidos a mão em papel manteiga sobre a devem servir de registro da evolução do projeto. O
base digital dos mapas da área. As pranchas devem ser entregues conteúdo deste material deve conter desde
encadernadas e em papel manteiga na data estipulada no possibilidades de configuração de planta baixa, como
cronograma da disciplina. de cortes, fachadas, perspectivas e volumetrias.
O que entregar?
 MAQUETE – 2,0 (ETAPA
EM EQUIPE)  Os conteúdos solicitados devem ser confeccionados a
mão e em pranchas tamanho A3. A planta baixa de
O que é? implantação com o térreo deve ser produzida na
escala de 1/500, enquanto que a planta baixa do
Cada trio (ou dupla) deverá produzir uma maquete que demonstre pavimento tipo deve ser produzida na escala de 1/200.
as principais características do terreno (topografia, edificações
existentes, etc). Após a sua confecção a maquete deverá ser
trazida para a aula uma vez que esta servirá para o
desenvolvimento do projeto em sala (seja por meio de maquetes
volumétricas ou através de croquis desenvolvidos em sala).
Conteúdo mínimo a ser produzido?

1
Projeto Arquitetônico (Habitação Coletiva)
prof.felix.uniplan@gmail.com
salimealmanne@gmail.com
 A maquete do edifício deve ser produzida na escala de aluno, assim como, a atenção para com as normas de
1/500 e deve ser uma maquete volumétrica (ver acessibilidade (NBR 9050)
referências de estudo) e deve ser posicionada sobre a
maquete do terreno produzida pela equipe. O aluno
deve posicionar a maquete do edifício projetado e
depois fotografar a implantação pretendida. Após a
NP2
fotografar a implantação o aluno deve escolher pelo
menos 12 imagens e organizá-las em uma prancha A3. FORMALIZAÇÃO DA
 Memória do projeto: para a sua produção o aluno deve
utilizar o bloco de papel manteiga (tamanho A3) e deve
PROPOSTA E
produzir no mínimo dez folhas com croquis do projeto.
Todas as folhas devem ser datadas e assinadas por
DETALHAMENTO (10,0)
pelo menos um dos professores, as assinaturas são O que é?
obrigatórias para garantir o acompanhamento do
desenvolvimento do projeto em sala de aula. É  Adequação da proposta às solicitações dos
importante lembrar que trabalhos que não tiverem sido professores (ver as correções e alterações pedidas no
orientados não serão avaliados pelos professores, daí material de NP1), detalhamento da proposta e
a importância de produzir em sala e guardar o material apresentação e discussão do resultado da disciplina no
gerado. É de responsabilidade do aluno solicitar que o final do semestre.
professor assine o material produzido, deste modo, os Conteúdo mínimo a ser produzido?
professores só irão assinar o material no dia da aula.
As folhas devem ser entregues em anexo junto com as  Implantação (cobertura) na escala 1:500, com o
plantas baixas devidamente fixadas. entorno imediato

OBSERVAÇÕES GERAIS  Planta do térreo e de todos os pavimentos na escala


1:250
 Todo material produzido pelo aluno deve ser
 2 cortes (transversal e longitudinal) do conjunto na
identificado com: nome da instituição, curso, turno,
disciplina, período, nome do aluno e matrícula escala 1:250
 2 elevações do conjunto na escala1:250
 Todo material gráfico produzido em pranchas deve
possuir carimbo de identificação e legenda (quando for  Plantas de cada tipologia na escala 1:100
o caso)
 2 cortes (transversal e longitudinal) de cada tipologia na
 Todo os produtos desenvolvidos devem ser entregues escala 1:100
afixados (encadernados ou grampeados) sendo de
responsabilidade do aluno a conferência do conteúdo  2 elevações de cada tipologia na escala 1:100
do material entregue
 2 perspectivas do conjunto
 Não serão permitidas entregas parceladas, uma vez
 Maquete, escala 1/250, incluindo o lote.
entregue não haverá a possibilidade de anexar
posteriormente partes do trabalho O que entregar?
 Não serão permitidas as mudanças de grupos ou  Os conteúdos solicitados devem ser confeccionados a
equipes ao longo dos bimestres mão ou no computador, em pranchas tamanho A2. O
aluno deve organizar o trabalho em no máximo 6
 A avaliação dos alunos será realizada a partir do
pranchas A2 e deve entregar na data estipulada no
cronograma da disciplina. O aluno deve apresentar o
material entregue, em que, serão verificados a resultado final da disciplina através das pranchas
capacidade do aluno de atender as solicitações deste impressas (ou desenhadas) e da maquete produzida. A
roteiro e as especificações de projeto. Além das apresentação será realizada no dia da entrega e
especificações de projeto serão considerados ainda a consistirá na arguição do aluno pelos professores da
capacidade de expressão e representação gráfica do disciplina. Cada aluno terá de 3-5 minutos para
apresentar o projeto

2
Projeto Arquitetônico (Habitação Coletiva)
prof.felix.uniplan@gmail.com
salimealmanne@gmail.com