Você está na página 1de 3

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO-UEMA

NÚCLEO DE TECNOLOGIAS PARA EDUCAÇÃO-UEMANET


UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL-UAB

CURSO: Licenciatura em Música ANO: 2018


PROFESSOR: Daniel Lemos Cerqueira

IDENTIFICAÇÃO:
CARGA HORÁRIA: 60h
DISCIPLINA: Métodos e Técnicas de Pesquisa em Música

EMENTA: Normalização de trabalhos científicos. Métodos e técnicas de pesquisa em Música e


Educação. Estudo e elaboração de projetos de pesquisa. Problemas, hipóteses e variáveis.
Revisão Bibliográfica. Ética na pesquisa.
OBJETIVO GERAL:
 Compreender os principais métodos de pesquisa adotados na área de Música.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
 Refletir sobre o conceito de “pesquisa científica”;
 Compreender os procedimentos para revisão de literatura;
 Compreender formas adequadas de leitura analítica;
 Desenvolver habilidades voltadas à redação acadêmica;
 Identificar os principais métodos de pesquisa científica;
 Compreender os métodos científicos de seu interesse;
 Elaborar um problema e uma hipótese;
 Redigir as principais partes de um projeto de pesquisa.
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:
Unidade I – Introdução à Pesquisa Científica
Unidade II – Leitura e Redação Acadêmica
Unidade III – Métodos de Pesquisa
Unidade IV – Projeto de Pesquisa
METODOLOGIA DE ENSINO:
A disciplina será ministrada em ambiente virtual e através de encontros presenciais com os
tutores dos respectivos polos, baseando-se na leitura e redação de textos. Haverá um fórum
virtual para debate, uma atividade à distância, uma atividade extra, um trabalho presencial e
prova(s) durante o semestre. O e-book da disciplina, os livros digitalizados e as atividades estarão
disponíveis no AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem), cabendo ao estudante garantir o acesso
à internet.
RECURSOS DIDÁTICOS:
Utilizaremos e-book, duas videoaulas, livros digitalizados, arquivos com as atividades e
ferramentas disponíveis no Moodle.
AVALIAÇÃO:
As provas presenciais serão: 1) primeira chamada; 2) segunda chamada e 3) Final. As atividades à
distância consistem em: participação no fórum virtual e realização da atividade no AVA, que valerá a
primeira nota; e um trabalho a ser apresentado no polo, que valerá a segunda nota, e a prova presencial,
a terceira nota. Caso o estudante não consiga atingir a média mínima para aprovação no semestre, será

1
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO-UEMA
NÚCLEO DE TECNOLOGIAS PARA EDUCAÇÃO-UEMANET
UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL-UAB

possível fazer uma prova final.

REFERÊNCIAS BÁSICAS:

APRESENTAÇÃO. Produção de: Daniel Lemos Cerqueira. Direção de: Nilra Barros. São Luís:
UEMAnet, 2017. 1 videoaula ( 02:02 min.).

CERQUEIRA, D. L. Métodos e técnicas de pesquisa em Música. São Luis: UEMAnet, 2017.

INICIAÇÃO à Pesquisa em Música. Produção de: Daniel Lemos Cerqueira. Direção de: Nilra Barros.
São Luís: UEMAnet, 2017. 1 videoaula ( 04:18 min.).

REFERÊNCIAS COMPLEMENTARES:

AMARAL, K. F. Pesquisa em Música e Educação. São Paulo: Edições Loyola, 1991.

BAIMA, G. M. N.; PAIVA, I. G.; LOPES, B. F. Manual para Normalização de Trabalhos Acadêmicos.
2a ed. São Luís: Uema, 2014.

BORGDORFF, H. O conflito das faculdades: sobre teoria, prática e pesquisa em academias


profissionais de artes. Traduzido por Daniel Cerqueira. Opus, v. 23, n. 1, p. 314-323, abr/2017.

BORGDORFF, H. The conflict of the faculties: Perspectives on Artistic Research and Academia.
Amsterdã: Leiden University Press, 2012.

BUDASZ, R. (org.). Criação Musical e Tecnologias: teoria e prática interdisciplinar. Goiânia:


ANPPOM, 2010.

BUDASZ, R. (org.). Pesquisa em Música no Brasil: métodos, domínios, perspectivas. Goiânia:


ANPPOM, 2009.

CASTAGNA, P. A Musicologia Enquanto Método Científico. Revista do Conservatório, n. 1, p. 7-31,


2008.

DESCARTES, R. Discurso do método. Traduzido por Maria Ermantina Galvão. São Paulo: Martins
Fontes, 2001.

ECO, U. Como se Faz uma Tese em Ciências Humanas. 21 ed. São Paulo: Perspectiva, 2008.

FIGUEIREDO, C. A. Música sacra e religiosa brasileira dos séculos XVIII e XIX: Teorias e práticas
editoriais. 2a ed. Rio de Janeiro: Edição do autor, 2017.

FONSECA, J. J. S. Metodologia da Pesquisa Científica. Fortaleza: CE/UECE, 2002.

2
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO-UEMA
NÚCLEO DE TECNOLOGIAS PARA EDUCAÇÃO-UEMANET
UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL-UAB

GERHARDT, T. E.; SILVEIRA, D. T. (org.). Métodos de Pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS,
2009.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6a ed. São Paulo: Atlas, 2008. Disponível em
<https://ayanrafael.files.wordpress.com/2011/08/gil-a-c-mc3a9todos-e-tc3a9cnicas-de-pesquisa-
social.pdf>. Acesso em 2 fev. 2018.

KÖCHE, J. C. Fundamentos de Metodologia Científica: Teoria da ciência e iniciação à pesquisa.


Petrópolis: Vozes, 2011. Disponível em <https://www.scribd.com/doc/192008010/Fundamentos-
de-Metodologia-Cien-Jose-Carlos-Koche-pdf>. Acesso em 2 fev. 2018.

LÓPEZ-CANO, R.; OPAZO, U. S. C. Intestigación artística em música: Problemas, métodos,


experiencias y modelos. Barcelona: ESMUC, 2014.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de Metodologia Científica. 5 ed. São Paulo: Atlas,
2003. Disponível em <https://www.scribd.com/doc/237629448/tecnicas-de-pesquisa-marconi-
lakatos-pdf>. Acesso em 2 fev. 2018.

OLIVEIRA, M. F. Metodologia Científica: um manual para a realização de pesquisas em


administração. Catalão: UFG, 2011.

PENNA, M. Construindo o primeiro projeto de pesquisa em educação e música. 2 ed. Porto Alegre:
Sulina, 2017.

PRODANOV, C. C.; FEITAS, E. C. Metodologia do Trabalho Científico: Métodos e Técnicas de


Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. 2a ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

SANTOS, B. S. Um Discurso sobre as Ciências. 5 ed. São Paulo: Cortez, 2008. Disponível em
<https://edisciplinas.usp.br/mod/resource/view.php?id=1001432>. Acesso em 2 fev. 2018.

SEEGER, A. Etnografia da música. Traduzido por Giovanni Cirino. Cadernos de Campo, São Paulo,
n. 17, p. 1-348, 2008.

TOMÁS, L. A Pesquisa Acadêmica na Área de Música: um estado da arte (1988-2013). Porto


Alegre: ANPPOM, 2015.

VOTRE, S. J.; PEREIRA, V. C. Redação de textos acadêmicos. Rio de Janeiro: Fundação Cecierj,
2010.