Você está na página 1de 40

HIDROLOGIA

UFPEL
HIDROLOGIA
UFPEL Bacia Hidrográfica
HIDROLOGIA
UFPEL
HIDROLOGIA
UFPEL
HIDROLOGIA
UFPEL
Bacia Hidrográfica
HIDROLOGIA
Bacia Hidrográfica
UFPEL
HIDROLOGIA
UFPEL
Bacia Hidrográfica – DELIMITAÇÃO DO DIVISOR DE ÁGUA
HIDROLOGIA
Bacia Hidrográfica – delimitação do divisor de água
UFPEL
HIDROLOGIA
Bacia Hidrográfica – delimitação do divisor de água
UFPEL
HIDROLOGIA
UFPEL
HIDROLOGIA
Bacia Hidrográfica – delimitação
UFPEL
Características físicas da bacia

Delimitação da bacia hidrográfica:


-A linha passa pelas elevações
periféricas

-Sempre ortogonal às curvas de nível

- Cruza apenas uma vez o curso


d’água (no exutório)
HIDROLOGIA
UFPEL

Sub - bacia
HIDROLOGIA
Bacia Hidrográfica
UFPEL

Divisor:
 divisor superficial x divisor subterrâneo

Características da Bacia Hidrográfica:


• Área de drenagem
• Comprimento
• Declividade
• Curva hipsométrica
• Forma
• Cobertura vegetal e uso do solo
• ……
HIDROLOGIA
Bacia Hidrográfica
UFPEL
HIDROLOGIA
UFPEL
Características físicas da bacia
O principal interesse em estudar a bacia hidrográfica é de que suas
características constituem um sistema natural de transformação de
chuva em vazão.

ENTRADA SISTEMA SAÍDA


(chuva) (bacia) (vazão na foz)
HIDROLOGIA
UFPEL

Características físicas da bacia


Algumas convenções importantes em hidrologia:
HIDROLOGIA
UFPEL Área da Bacia Hidrográfica

• Característica mais importante da bacia

• Reflete o volume total de água que pode ser


gerado potencialmente na bacia
• Bacia impermeável e chuva constante:
• Q=P.A
• Se A = 60 km2 (60 milhões de m2)
• e P = 10 mm/hora (2,7 . 10-6 m/s)
• Q = 166 m3/s
HIDROLOGIA
UFPEL Área da Bacia Hidrográfica
• Uma vez definidos os contornos (divisor), a área pode ser
calculada por uma integral numérica (SIG) ou por métodos
manuais (planímetro, contagem, pesagem).
HIDROLOGIA
UFPEL
Comprimento da Bacia Hidrográfica

 Comprimento da bacia

 Comprimento do rio
principal
• Os comprimentos da bacia e do
rio principal são importantes para
a estimativa do tempo que a
água leva para percorrer a bacia.
HIDROLOGIA
UFPEL

Medição do comprimento de um rio

• CAD
• SIG – Sistema de Informação Geográfica
• Curvímetro
HIDROLOGIA
UFPEL

Declividade da Bacia Hidrográfica

• Diferença de altitude entre o início e o fim da


drenagem dividida pelo comprimento da drenagem.

• Tem relação com a velocidade com a qual ocorre o


escoamento.

• Equação de Manning: V proporcional a S0.5


HIDROLOGIA
UFPEL

Ponto mais baixo:


20 m

Ponto mais alto:


300 m

Comprimento drenagem = 7 km
Declividade = 0,04 m/m ou 40 m por km
HIDROLOGIA
UFPEL
Perfil Longitudinal
Valores típicos:
Baixa declividade: alguns cm por km
Alta declividade: alguns m por km
Perfil típico:
Altitude do leito

alto médio baixo

Distância ao longo do rio principal


HIDROLOGIA
UFPEL Tempo de concentração

• Tempo necessário para que a água precipitada no ponto


mais distante da bacia escoe até o ponto de controle,
exutório ou local de medição.

• Relação com:
 Comprimento da bacia (área da bacia)
 Forma da bacia
 Declividade da bacia
 Alterações antrópicas
 Vazão (para simplificar não se
considera)
HIDROLOGIA
UFPEL Tempo de concentração

• Fórmulas empíricas para tempo de concentração

• Kirpich
0 , 385
L 
3
tc  57   
 h 

tc = tempo de concentração em minutos


L = comprimento do talvegue (km)
h = diferença de altitude ao longo do talvegue (m)
HIDROLOGIA
UFPEL Tempo de concentração
• Estimativa do tempo de concentração para bacias maiores;
• Equação de Watt e Chow, publicada em 1985 (Dingman, 2002)

0 , 79
 L 
t c  7,68   0,5 
S 
• onde tc é o tempo de concentração em minutos; L é o
comprimento do curso d’água principal em Km; e S é a declividade
do rio curso d’água principal (adimensional).
• Esta equação foi desenvolvida com base em dados de bacias de
até 5840 Km2.
HIDROLOGIA
UFPEL Efeito do tempo de concentração
• Mesma área, tempo de concentração
diferente
tempo

P bacia com alto tempo de concentração


bacia com baixo tempo de concentração
Q
HIDROLOGIA
UFPEL Forma da bacia hidrográfica
• Avaliação qualitativa
• Avaliação quantitativa
– índice de compacidade
– índice de conformação ou fator de forma
HIDROLOGIA
UFPEL

Exemplos: Alongadas

São Francisco

Outras:
Tietê;
Paranapanema;
Tocantins.
HIDROLOGIA
Exemplos: Circular
UFPEL

Taquari Antas - RS

Rio Itajaí - SC
HIDROLOGIA
UFPEL Efeito da forma da bacia

Mesma área, forma diferente

tempo

P bacia alongada
bacia circular
Q
HIDROLOGIA
UFPEL
Índice de conformação
ou fator de forma:

IA L 2

L  I alto: cheias mais rápidas

 I baixo: cheias mais lentas


HIDROLOGIA
UFPEL
Índice de compacidade

 Relação entre o perímetro


da bacia e o perímetro que a
bacia teria se fosse circular.

K = 0,28 P / A0.5

mede mais ou menos a mesma


coisa que o fator de forma
HIDROLOGIA
UFPEL Ordem do curso d’água principal
Ordem de Strahler
• Um curso d’água a partir da nascente é de
ordem 1

• Quando dois cursos de ordem 1 se


encontram formam um curso de ordem 2

• Quando dois cursos de ordem 2 se


encontram formam um curso de ordem 3

• e assim por diante…


HIDROLOGIA
UFPEL
Bacia hidrográfica – fatores que influenciam no escoamento
Cobertura Vegetal

 Florestas: maior interceptação; maior profundidade de raízes.

 Maior interceptação = escoamento demora mais a ocorrer.

 Maior profundidade de raízes = água consumida pela


evapotranspiração pode ser retirada de maiores profundidades do
solo.
HIDROLOGIA
UFPEL Bacia hidrográfica – fatores que influenciam no escoamento
Uso do solo
 Substituição de florestas por lavoura/pastagens
 Urbanização: telhados, ruas, passeios, estacionamentos e até pátios de
casas
 Modificação dos caminhos da água
• Aumento da velocidade do escoamento (leito natural rugoso x
leito artificial com revestimento liso)
• Encurtamento das distâncias até a rede de drenagem (exemplo:
telhado com calha)
 Agricultura = compactação do solo
• Redução da quantidade de matéria orgânica no solo
• Porosidade diminui
• Capacidade de infiltração diminui
• Raízes mais superficiais: Consumo de água das plantas diminui
HIDROLOGIA
Bacia hidrográfica – fatores que influenciam no escoamento
UFPEL
Uso do solo / vegetação
Solo nú Solo vegetado

Tipos de solos

 Solos arenosos = menos escoamento superficial


 Solos argilosos = mais escoamento superficial
 Solos rasos = mais escoamento superficial
 Solos profundos = menos escoamento superficial
HIDROLOGIA
UFPEL Bacia hidrográfica – fatores que influenciam no escoamento

Geologia
 Rochas do sub-solo afetam o comportamento da bacia
hidrográfica.

 Rochas porosas tem a propriedade de armazenar grandes


quantidades de água (rochas sedimentares – arenito).

 Rochas magmáticas tem pouca porosidade e armazenam


pouca água, exceto quando são muito fraturadas.

 Bacias com depósitos calcáreos tem grandes cavidades


no sub-solo onde a água é armazenada.
HIDROLOGIA
UFPEL
Bacia hidrográfica – fatores que influenciam no escoamento

Rede de Drenagem

 Densidade da Rede
de Drenagem:
• Controlada pela
Geologia e pelo Clima

 Forma da Rede de
Drenagem:
• Controlada pela
Geologia
HIDROLOGIA
UFPEL