Você está na página 1de 18

Cartilha de Boas Práticas para Consultores

Versão
1.0

Cartilha de Boas Práticas para


Classificação: Confidencial Data de
– Acesso Restrito a Consultores Elaboração
Consultores 16.02.2016

Data de revisão
13/04/2016

SUMÁRIO

1. Introdução ............................................................................................................. 3
2. Utilização das Marcas da Hinode pelos Consultores ....................................... 4
a) Conceito de marca e proteções aplicáveis ....................................................... 4
b) As marcas da Hinode e formas de apresentação .............................................. 6
3. Divulgação e venda dos produtos Hinode ........................................................ 6
a) Anúncios .............................................................................................................. 6
b) Venda direta ........................................................................................................... 9
4. Boas práticas para divulgação das marcas e dos produtos ............................ 9
5. Divulgação inadequada em meios eletrônicos e recomendações para
correção ...................................................................................................................... 12
6. Consequências da divulgação inadequada dos produtos e da marca
Hinode ......................................................................................................................... 17
7. Contato ................................................................................................................ 18

2
Versão
1.0

Cartilha de Boas Práticas para


Classificação: Confidencial Data de
– Acesso Restrito a Consultores Elaboração
Consultores 16.02.2016

Data de revisão
13/04/2016

1. Introdução

Por meio da presente Cartilha de Boas Práticas para Consultores (doravante simplesmente
“Cartilha”), a Larrus’s Indústria e Comércio de Cosméticos LTDA. (doravante “Hinode”)
indica as melhores e mais adequadas formas de divulgação dos produtos da marca
HINODE em meios eletrônicos (portais de conteúdo em geral, aplicativos e páginas em
redes sociais, a estes não se limitando), por parte dos Consultores.

Para fins deste documento, são entendidos como Consultores Independentes,


constituindo o público alvo desta Cartilha, todos os que possuam relação comercial
expressamente formalizada com a Hinode, através do Contrato de Credenciamento
para Revenda dos Produtos da marca Hinode.

Na atividade de Consultor Independente da Hinode, o uso de meios eletrônicos deve se


limitar à divulgação dos produtos Hinode, salvo no caso da loja on-line oficial, nos termos
da presente Cartilha, devendo a comercialização dos produtos, em regra, ser concretizada
por meio do contato entre o Consultor e o consumidor final.

Ao receber a presente Cartilha, os Consultores encontram-se plenamente cientes das boas


práticas da Hinode em meio eletrônico, bem como da adequada identidade visual das
marcas da empresa, comprometendo-se a respeitar, em sua integralidade, os termos
desta Cartilha, cientes, ainda, do valor e da importância que a marca possui à empresa,
sob pena de ser penalizado, no caso de violação.

3
Versão
1.0

Cartilha de Boas Práticas para


Classificação: Confidencial Data de
– Acesso Restrito a Consultores Elaboração
Consultores 16.02.2016

Data de revisão
13/04/2016

2. Utilização da Marca Hinode pelos Consultores Independentes

a) Conceito de marca e proteções aplicáveis

A marca pode ser entendida como o sinal visual que identifica no mercado os produtos
ou serviços de um determinado fornecedor, distinguindo-os de outros semelhantes,
disponibilizados ou prestados por fornecedores concorrentes1.

Desta forma, a marca tem por objetivo identificar determinado fornecedor diante do
público consumidor, sendo de fundamental importância para a atividade comercial de
qualquer empresa, na medida em que permite aos consumidores associarem os
produtos ou serviços de um fornecedor a ele próprio.

Assim, o uso indevido de marcas prejudica: i) a empresa dela detentora (no presente
caso, a Hinode); ii) o Consultor, que pode deixar de concretizar vendas; e iii) o próprio
consumidor, na medida em que este pode não ter plena ciência do fornecedor do
produto ou serviço adquirido (especialmente na situação em que marcas distintas são
exibidas em conjunto), sendo o uso inadequado passível de gerar confusão ao
consumidor.

Neste sentido, o uso adequado e correto da marcas Hinode é de grande relevância não
apenas à empresa, mas também aos consumidores e a todos os Consultores
Independentes.

1 Conforme definição apresentada pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial: “Marca é um sinal
aplicado a produtos ou serviços, cujas funções principais são identificar a origem e distinguir produtos ou
serviços de outros idênticos, semelhantes ou afins de origem diversa”. (Disponível em
4
Versão
1.0

Cartilha de Boas Práticas para


Classificação: Confidencial Data de
– Acesso Restrito a Consultores Elaboração
Consultores 16.02.2016

Data de revisão
13/04/2016

Importante apontar que, no Brasil, as marcas correspondem a direitos garantidos pela


Constituição Federal2, além de se encontrarem protegidas pela Lei nº 9.279/1996,
conhecida como Lei de Propriedade Industrial. Referida Lei determina que as marcas
são passíveis de proteção por meio de registro no Instituto Nacional da Propriedade
Industrial (INPI)3, sendo garantido ao titular da marca registrada o direito de utilizá-la
com exclusividade, bem como de licenciar a marca e zelar por sua integridade ou
reputação4.

A Hinode possui registrada no INPI a sua marca que utiliza no desenvolvimento de suas
atividades empresariais, nas classes necessárias a seu negócio.

Isto significa que a Hinode possui direitos e, portanto, exclusividade, sobre a utilização
da palavra “Hinode”, independentemente da forma de utilização ou do local em que
esta esteja inserida. Portanto, a marca e logotipo HINODE somente poderão ser utilizados
mediante prévia e expressa autorização da Hinode e de acordo com os
critérios estabelecidos pela empresa.

http://manualdemarcas.inpi.gov.br/projects/manual/wiki/02_O_que_%C3%A9_marca#2-O-que-%C3%A9-
marca. Acesso em 16.02.2016).
2 Constituição Federal: “Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza,

garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à
liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: (...) XXIX - a lei assegurará aos
autores de inventos industriais privilégio temporário para sua utilização, bem como proteção às criações
industriais, à propriedade das marcas, aos nomes de empresas e a outros signos distintivos, tendo em vista o
interesse social e o desenvolvimento tecnológico e econômico do País”.
3 Lei nº 9.279/1996: “Art. 129: A propriedade da marca adquire-se pelo registro validamente expedido,

conforme as disposições desta Lei, sendo assegurado ao titular seu uso exclusivo em todo o território
nacional, observado quanto às marcas coletivas e de certificação o disposto nos arts. 147 e 148”.
4 Lei nº 9.279/1996: “Art. 130: Ao titular da marca ou ao depositante é ainda assegurado o direito de: I - ceder

seu registro ou pedido de registro; II - licenciar seu uso; III - zelar pela sua integridade material ou reputação”.

5
Versão
1.0

Cartilha de Boas Práticas para


Classificação: Confidencial Data de
– Acesso Restrito a Consultores Elaboração
Consultores 16.02.2016

Data de revisão
13/04/2016

A utilização da marca Hinode pelo Consultor Independentedeve sempre prezar pela boa
imagem e reputação da empresa junto ao mercado e aos clientes, devendo ser
vinculada apenas a produtos fornecidos pela Hinode e a informações oficiais, sendo
respeitada a legislação brasileira, conforme indicado nesta Cartilha.

b) A marca Hinode e formas de apresentação

Para que a marca possa desempenhar plenamente sua função de identificação de serviços
e fornecedores junto a seu público-alvo, é necessário que esta mantenha sua
padronização, pela qual se torna reconhecida no mercado. Ou seja, a apresentação da
marca deve sempre respeitar sua identidade visual, desenvolvida e aprovada por seu
titular.

3. Divulgação e venda dos produtos Hinode

a) Anúncios

A criação de anúncios publicitários para divulgação da marca e dos produtos Hinode é


fundamental para que a empresa seja cada vez mais respeitada e reconhecida no
mercado. Para tanto, o conteúdo dos anúncios deve, além de atrair o público-alvo,
promover a marca de forma ética, digna e respeitosa.

A marca e os produtos Hinode podem ser divulgados por meio de anúncios e


campanhas idealizadas, elaboradas e veiculadas pela própria Hinode, sempre de acordo
com as orientações previstas no Manual de Negócios.

6
Versão
1.0

Cartilha de Boas Práticas para


Classificação: Confidencial Data de
– Acesso Restrito a Consultores Elaboração
Consultores 16.02.2016

Data de revisão
13/04/2016

Ainda com relação aos anúncios, convém observar que a apresentação de ofertas ao
público vincula a empresa ao que foi divulgado, cabendo a esta arcar com o que foi
oferecido, conforme disposto no Código do Consumidor5.

Por isso, é vedado divulgar quaisquer valores e promoções comerciais que não tenham
sido previamente autorizados e transmitidos oficialmente pela Hinode, sendo possível a
responsabilização do Consultor em caso da circulação de quaisquer anúncios incorretos
ou inverídicos. Os anúncios, pois, somente devem incluir informações extraídas dos canais
oficiais da Hinode, sendo eles www.hinode.com.br e página oficial da Hinode no
Facebook.

Ademais, a divulgação dos produtos Hinode deve observar os direitos de terceiros quando
de sua elaboração. Toda criação intelectual, como fotos, imagens, ilustrações e demais
obras artísticas ou literárias, constitui objeto de proteção dos Direitos Autorais,
disciplinados na Lei n.º 9.610/1998. Dentre as prerrogativas conferida por tais direitos,
é possível ao titular dos direitos sobre a obra usufruir, com exclusividade, dos
benefícios, sejam estes morais e/ou patrimoniais, oriundos da exploração da obra.

Os produtos da marca Hinode não devem ser vinculados a fotos, imagens, ilustrações
e quaisquer outras obras intelectuais, sobre as quais não haja autorização expressa do
criador e/ou titular para divulgação.

Ainda, pela legislação brasileira, a veiculação de retratos, fotos e imagens em que


terceiros são expostos nos anúncios também está condicionada à prévia autorização. O
direito de imagem é reconhecido como um direito da personalidade, de acordo com a

5 Código de Defesa do Consumidor: “Art. 30. Toda informação ou publicidade, suficientemente precisa,
veiculada por qualquer forma ou meio de comunicação com relação a produtos e serviços oferecidos ou
apresentados, obriga o fornecedor que a fizer veicular ou dela se utilizar e integra o contrato que vier a ser
celebrado”.
7
Versão
1.0

Cartilha de Boas Práticas para


Classificação: Confidencial Data de
– Acesso Restrito a Consultores Elaboração
Consultores 16.02.2016

Data de revisão
13/04/2016

Constituição Federal6 e com o Código Civil7. Nesse sentido, a utilização da imagem de


terceiros estará sempre condicionada à prévia autorização destes, não sendo sequer
necessária a produção de provas ou comprovação de prejuízos para que surja o dever
de indenizar, caso não haja tal consentimento, podendo tanto a Hinode quanto o
Consultor serem responsabilizados pelos danos decorrentes do uso não autorizado da
imagem8.

O mesmo se aplica com relação ao nome da pessoa, que, de acordo com o disposto no
Código Civil9, não pode ser utilizado para fins comerciais sem prévia autorização, da
mesma forma que sua imagem.

Por isso, os produtos Hinode somente podem ser acompanhados da imagem e do nome
de pessoas que efetivamente tenham autorizado tal vinculação e utilização para fins
comerciais, como no caso dos materiais promocionais oficiais, desenvolvidos pela Hinode,
que obtém prévia autorização dos atores e modelos contratados para suas
campanhas, para a divulgação de seu nome e de sua imagem.

6 Constituição Federal: “Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza,
garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à
liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: (...) X - são invioláveis a
intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano
material ou moral decorrente de sua violação; (...) XXVIII - são assegurados, nos termos da lei: a) a proteção
às participações individuais em obras coletivas e à reprodução da imagem e voz humanas, inclusive nas
atividades desportivas; b) o direito de fiscalização do aproveitamento econômico das obras que criarem ou de
que participarem aos criadores, aos intérpretes e às respectivas representações sindicais e associativas”.
7 Código Civil: “Art. 11. Com exceção dos casos previstos em lei, os direitos da personalidade são

intransmissíveis e irrenunciáveis, não podendo o seu exercício sofrer limitação voluntária. (...) Art. 20. Salvo
se autorizadas, ou se necessárias à administração da justiça ou à manutenção da ordem pública, a
divulgação de escritos, a transmissão da palavra, ou a publicação, a exposição ou a utilização da imagem de
uma pessoa poderão ser proibidas, a seu requerimento e sem prejuízo da indenização que couber, se lhe
atingirem a honra, a boa fama ou a respeitabilidade, ou se se destinarem a fins comerciais”.
8 Súmula 403 STJ: “Independe de prova ou prejuízo a indenização pela publicação não autorizada da imagem

de pessoa com fins econômicos ou comerciais”.


9 Código Civil: “Art. 18. Sem autorização, não se pode usar o nome alheio em propaganda comercial”.

8
Versão
1.0

Cartilha de Boas Práticas para


Classificação: Confidencial Data de
– Acesso Restrito a Consultores Elaboração
Consultores 16.02.2016

Data de revisão
13/04/2016

b) Venda direta

A existência de anúncios veiculados pelos Consultores Independentes na internet, bem


como a distribuição de catálogos e folhetos, correspondem a alguns dos principais
meios utilizados pela Hinode para que seu público-alvo seja informado sobre produtos e
novidades disponibilizados pela empresa.

Deve ficar claro, no entanto, que, de acordo com o modelo de negócio adotado pela
Hinode, com o qual o Consultor concordou com as condições estabelecidas no Contrato
de Credenciamento de Distribuição para revenda dos produtos da marca Hinode, a
comercialização on-line destes somente pode se dar através da loja virtual disponibilizada
pela Hinode para cada consultor independente.

4. Boas práticas para divulgação das marcas e dos produtos

• Divulgação e comercialização de produtos da Hinode


 A marca Hinode poderá ser utilizada apenas vinculada a produtos Hinode,
ou seja, somente quando há a divulgação exclusiva de produtos fornecidos
pela empresa, seja por meio de sites, blogs ou páginas em redes sociais.
 A utilização da marca deve respeitar a identidade visual da Hinode,
indicada pela empresa.
 É expressamente vedada a utilização de qualquer imagem, marca, logo ou
termo associado à Hinode que direcione o usuário a catálogos e/ou venda
de cosméticos de outra empresa que não seja a própria Hinode.
 É vedada a utilização das marcas da Hinode em links que direcionem a
páginas que divulguem e/ou comercializem produtos ou serviços de
quaisquer terceiros, mesmo que não concorrentes da Hinode.

9
Versão
1.0

Cartilha de Boas Práticas para


Classificação: Confidencial Data de
– Acesso Restrito a Consultores Elaboração
Consultores 16.02.2016

Data de revisão
13/04/2016

 Ainda, é vedada a utilização das marcas e dos produtos Hinode junto a


qualquer imagem, marca, logo, termo ou produto de outra empresa,
concorrente direta ou não da Hinode.

• Divulgação e comercialização de produtos


 Quando da divulgação de produtos pela internet, o Consultor responsável
deve se identificar, inserindo seu nome e seu número de ID para ciência
de usuários e possíveis novos Consultores, informando-os claramente que
a página não pertence e não é mantida pela Hinode.
 Todo material de divulgação utilizado pelo Consultor deve ser obtido
através dos canais oficiais da HINODE.
 É expressamente vedada a comercialização de produtos da marca Hinode
através de sites de leilão, descontos ou lojas virtuais que não seja a Loja
virtual disponibilizada ao consultor pela Hinode.
 Salvo no portal oficial, é expressamente vedada a comercialização de
produtos Hinode por meios eletrônicos, seja site ou e/ou aplicativos.
 É vedada a vinculação da imagem e/ou do nome de terceiros, que não
expressamente autorizem tal utilização, aos produtos e marcas da Hinode,
em qualquer material de divulgação.

• Links Patrocinados
 É vedado o uso de links patrocinados, como, por exemplo, o serviço Google
AdWords, pelo Consultor para a divulgação de páginas destinadas a expor
produtos Hinode e/ou as vantagens de se tornar um Consultor.
 Assim, como regra, a marca Hinode não pode ser utilizada pelos
Consultores em links patrocinados, de modo a não gerar concorrência
desproporcional entre Consultores da Hinode.

10
Versão
1.0

Cartilha de Boas Práticas para


Classificação: Confidencial Data de
– Acesso Restrito a Consultores Elaboração
Consultores 16.02.2016

Data de revisão
13/04/2016

• Redes Sociais

 É vedada a divulgação de qualquer promoção ou distribuição de prêmios


em redes sociais relacionadas à marca Hinode, que não tenham sido
obtidas através dos canais oficiais da Hinode.

• Outras considerações
 Qualquer uso da marca Hinode pelo Consultore deve respeitar a legislação
brasileira, bem como a moral e os bons costumes geralmente aceitos. Ainda,
o Consultor se compromete a zelar, na utilização das marcas, pela imagem
e pelo bom nome da Hinode no mercado e perante os consumidores.
 O Consultor se compromete a garantir a clareza e veracidade das
informações, especialmente em relação à apresentação de campanhas que
utilizem o nome e a marca Hinode.
 É vedada a inserção de imagens, fotos, ilustrações e quaisquer outras
criações intelectuais que não sejam disponibilizadas pela Hinode, de
autoria do Consultor ou com relação a qual não haja autorização expressa
do respectivo autor para utilização em anúncios que contenham a marca e
os produtos da Hinode.
 É vedado ao Consultor realizar qualquer distribuição de prêmios, por meio
de sorteios, concursos ou qualquer outra modalidade, diante da legislação
específica aplicável à distribuição gratuita de prêmios e às possíveis
sanções aplicáveis.

11
Versão
1.0

Cartilha de Boas Práticas para


Classificação: Confidencial Data de
– Acesso Restrito a Consultores Elaboração
Consultores 16.02.2016

Data de revisão
13/04/2016

 Qualquer uso da marca Hinode não expressamente autorizado pela Hinode


junto ao Consultor ou não previsto nesta Cartilha deverá ser interpretado
como irregular.

5. Divulgação inadequada em meios eletrônicos e recomendações para


correção

De modo a melhor ilustrar as condições em que a divulgação da marca Hinode é


vedada, nos termos indicados no Item 5 acima, destacam-se, a seguir, algumas situações
em que há a utilização indevida da marca da empresa. Os casos abaixo indicados são
meramente exemplificativos, não exaurindo todas as hipóteses de ocorrência de utilização
indevida das marcas e de divulgação incorreta dos produtos da Hinode.

Assim, entre outras situações, o Consultor deve se abster de divulgar a marca e


os produtos da Hinode nos seguintes casos:

• Veiculação de anúncio no qual há produtos da Hinode, associados à imagem de


produtos de outras empresas, atuantes no mesmo ramo comercial:

12
Versão
1.0

Cartilha de Boas Práticas para


Classificação: Confidencial Data de
– Acesso Restrito a Consultores Elaboração
Consultores 16.02.2016

Data de revisão
13/04/2016

Adequação aos termos desta Cartilha: É vedada a divulgação dos produtos da Hinode
por meio de montagens desenvolvidas pelo Consultor, que incluam imagens de produtos
de outras empresas, bem como menções a tais empresas.

• Utilização de anúncios que contenham fotos de terceiros sem a devida


autorização:

Adequação aos termos desta Cartilha: É vedado qualquer material desenvolvido


pelos Consultores para divulgação da Hinode que contenha a imagem de pessoas
(públicas ou não) que não tenham concedido sua autorização para referido uso comercial.

13
Versão
1.0

Cartilha de Boas Práticas para


Classificação: Confidencial Data de
– Acesso Restrito a Consultores Elaboração
Consultores 16.02.2016

Data de revisão
13/04/2016

• Divulgação de anúncios que apresentam ilustrações elaboradas por terceiros sem


autorização:

Adequação aos termos desta Cartilha: Como ilustrações, imagens e fotografias são
obras protegidas pelo Direito do Autor, não é possível ao Consultor utilizar imagens
desenvolvidas por terceiros, salvo mediante a prévia e expressa autorização do titular.

• Divulgação de informações que podem criar aos novos consultores, expectativas


irreais ou que poderão não ser concretizadas:

14
Versão
1.0

Cartilha de Boas Práticas para


Classificação: Confidencial Data de
– Acesso Restrito a Consultores Elaboração
Consultores 16.02.2016

Data de revisão
13/04/2016

Adequação aos termos desta Cartilha: Quaisquer materiais sobre possíveis


margens de lucro devem ser acompanhados da informação de que se tratam de
expectativas de lucro, que podem ou não serem alcançadas.

• Comercialização de produtos Hinode por meios eletrônicos:

Adequação aos termos desta Cartilha: A Hinode autoriza a divulgação de sua


marca e de seus produtos por meio eletrônico, somente através da Loja Virtual
disponibilizada ao Consultor Independente.

• Vinculação da marca da Hinode a marcas de concorrentes, para desvio de


consultores:
15
Versão
1.0

Cartilha de Boas Práticas para


Classificação: Confidencial Data de
– Acesso Restrito a Consultores Elaboração
Consultores 16.02.2016

Data de revisão
13/04/2016

Adequação aos termos desta Cartilha: Os anúncios que tenham por objetivo captar
novos consultores não podem fazer menção e uso da imagem a marcas de terceiros,
vez que tal prática constitui utilização indevida de marca, podendo, ainda, acarretar
em prática de concorrência desleal.

16
Versão
1.0

Cartilha de Boas Práticas para


Classificação: Confidencial Data de
– Acesso Restrito a Consultores Elaboração
Consultores 16.02.2016

Data de revisão
13/04/2016

6. Consequências da divulgação inadequada dos produtos e da marca


Hinode

Em caso de uso da marca ou divulgação e revenda de produtos da marca Hinode e


Fornecedores Homologados, pelo Consultor Independente, em desacordo com as
condições estabelecidas nesta Cartilha, a Hinode se reserva no direito de, a seu
exclusivo critério, encerrar ou suspender temporariamente a relação estabelecida com
o Consultor, independentemente de aviso prévio.

O Consultor Independente se encontra desde já ciente de que tais sanções poderão ser
aplicadas sem prejuízo de outras penalidades previstas no Instrumento Particular de
Credenciamento de Distribuição para revenda dos produtos da marca Hinode e/ou de
eventuais indenizações cabíveis, decorrentes da violação dos direitos de propriedade
intelectual da Hinode.

17
Versão
1.0

Cartilha de Boas Práticas para


Classificação: Confidencial Data de
– Acesso Restrito a Consultores Elaboração
Consultores 16.02.2016

Data de revisão
13/04/2016

7. Contato

A presente Cartilha tem como objetivo orientar os Consultores e esclarecer eventuais


dúvidas que estes possuam com relação à política de divulgação da marca e dos produtos
Hinode, de modo a preservar a boa relação entre as partes.

Caso o Consultor ainda possua dúvidas acerca da adequada divulgação da marca e dos
produtos fornecidos pela Hinode, poderá contatar a Hinode através do Fale Conosco ou
através do 0800 1 446633, para região metropolitana, o contato é (11) 4020-2424, de
modo a preservar o bom relacionamento entre a Hinode e o Consultor, é recomendável
que este sempre contate a Hinode, previamente à divulgação dos produtos e da marca,
em caso de quaisquer dúvidas relacionadas à referida utilização.

18