Você está na página 1de 2

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA


INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA

Campus Uruguaiana

Plano de Aula

Identificação
Professora: ​Gabriella Lopes Andrade
Tema: ​Estruturas de dados: Pilhas, filas, árvores e listas.
Carga horária: ​30 min/a

Contextualização
Esse plano de aula foi elaborado para a turma do curso Técnico em Informática, ofertado pelo
Instituto Federal Farroupilha - Campus Avançado Uruguaiana. Onde profissional técnico em
informática, receberá formação para habilitá-lo “desenvolver programas de computador, seguindo
as especificações e paradigmas da lógica de programação e das linguagens de programação.
Utilizar ambientes para o desenvolvimento de sistemas, sistemas operacionais e banco de dados.
Além disso, o profissional será capaz de realizar testes em programas de computador, registrando
informações que possibilitem a análise dos resultados e realizar a manutenção de programas de
computadores implantados.”1

Identificação dos Pré-Requisitos


Para um melhor desenvolvimento da temática aqui abordada, é desejável um conhecimento prévio
dos seguintes conceitos:
● Algoritmos e Lógica de Programação
● Retorno de funções
● Registros
● Alocação dinâmica
● Linguagem de programação C

Objetivos
Objetivo Geral:
Pretende-se que o aluno seja capaz de projetar representações de dados na memória interna do
computador através de estruturas de dados dinâmicas e implementar operações sobre as
mesmas.
Objetivos Específicos:
● Apresentar aos alunos os conceitos básicos de estruturas de dados dinâmicas e seus usos.
● Apresentar os algoritmos referentes às operações associadas a essas estruturas, os quais
serão apresentados em linguagem de programação C.
● Praticar programação.
● Desenvolver a capacidade de resolver problemas utilizando as estruturas de dados
dinâmicas adequadas aos mesmos.

Recursos

1
Dados disponíveis em: ​http://ug.iffarroupilha.edu.br/site/conteudo.php?cat=37&sub=103
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA

Campus Uruguaiana

● Quadro branco;
● Marcador para quadro branco;
● Projetor multimídia;
● Notebook;

Metodologia/Procedimentos
1. Breve revisão da aula anterior: vetores, matrizes e registros;
2. A partir da revisão, discutir as vantagens e desvantagens dessas estruturas;
3. Apresentação das vantagens do uso de estruturas dinâmicas;
4. Conceitos básicos de listas encadeadas e seus tipos;
5. Estrutura de uma lista simplesmente encadeada e seu funcionamento através de
exemplos;
6. Algoritmos para a realização das operações básicas associadas à listas simplesmente
encadeadas, apresentados na linguagem de programação C;
7. Estrutura de uma fila e seu funcionamento através de exemplos;
8. Uso de listas encadeadas na implementação de filas, na linguagem de programação C;
9. Algoritmos para a realização das operações básicas de uma fila, na linguagem de
programação C;
10. Estrutura de uma pilha e seu funcionamento através de exemplos;
11. Uso de listas encadeadas para a implementação de pilhas, com a linguagem de
programação C;
12. Algoritmos para a realização das operações básicas de uma pilha, na linguagem de
programação C;
13. Conceitos básicos de árvores e seus tipos;
14. Estrutura de árvores binárias e seu funcionamento através de exemplos;
15. Uso de listas encadeadas na implementação de árvores binárias, com a linguagem de
programação C;
16. Algoritmos para a realização das operações básicas de uma árvore binária, na linguagem
de programação C;
17. Encaminhamento das atividades para serem realizadas em casa e da aula seguinte.

Avaliação
A avaliação do aluno será realizada considerando sua participação durante debates e seu
desempenho na execução das tarefas propostas.

Bibliografia
Bibliografia Básica:
CELES, W; CERQUEIRA, R; RANGEL, J. L. ​Introdução a Estruturas de Dados: com técnicas de
programação em C. ​Campus, 2004.
LAUREANO, Marcos A. P. ​Estrutura de Dados com Algoritmo e C.​ Brasport, 2008.
MANZANO, José Augusto N.G. ​Estudo Dirigido De Linguagem C. ​Editora Erica, 6ª edição, 2008.
Bibliografia Complementar:
CORMEN, T; LEISERSON, C; RIVEST, R; STEIN, C. ​Algoritmos: teoria e prática. ​Campus, 2002.
PREISS, B. R. ​Estruturas de Dados e Algoritmos. ​Rio de Janeiro: Campus, 2001.

Você também pode gostar