Você está na página 1de 23

Copyright2010 por

Helton Angelo de Gouvêa.


Capa:
Todos os direitos reservados por:
Igor Braga
A. D. Santos Editora
Fotos: www.sxc.hu
Al. Júlia da Costa, 215
80410-070 - Curitiba - Paraná - Brasil Projeto gráfico e editoração:
+55(41)3207-8585 Manoel Menezes
www.adsantos.com.br Impressão e acabamento:
editora@adsantos.com.br Gráfica Exklusiva

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)


GOUVÊA, Helton Angelo de.
Perversão sexual – Proteja a si mesmo e a sua família! / Helton Angelo de
Gouvêa – Curitiba: A. D. SANTOS EDITORA, 2010. 144 páginas.
ISBN – 978.85.7459-198-8
1. Educação sexual 2. Bíblia 3. Cristianismo
CDD – 230.3
1ª Edição: Abril / 2010 – 2.000 exemplares.
A menos que seja dada outra indicação, todas as citações bíblicas são da versão de João
Ferreira de Almeida. Revista e Atualizada – 2ª edição
Copyright©1995 – Sociedade Bíblica do Brasil

Proibida a reprodução total ou parcial,


por quaisquer meios a não ser em citações breves,
com indicação da fonte.

Edição e Distribuição:
DEDICATÓRIA

D edico este livro ao Senhor e Salvador


Jesus Cristo o qual é responsável por uma
mudança total em minha vida e família.

A Ele toda honra, glória e louvor.

i
ii
AGRADECIMENTOS

A gradeço ao Espírito Santo, que é o meu grande inspirador e


conselheiro em todos os momentos da minha vida. A amada
esposa Sara Gouvêa, minha maior incentivadora e companheira,
ela é um grande e importante dom que recebi de Deus. Sara me
ama, me faz rir, me surpreende com sua honestidade e lealdade e
sempre me apoiou, em todas as situações!
Aos meus pais Gilberto (in memorium) e Cecília, aos meus
irmãos Ronaldo Gouvêa e Rosilene Gouvêa. Meu carinho espe-
cial aos Bispos Cristiano Netto e Claudia Pereira, meus amigos,
líderes espirituais e discipuladores. Aos meus amigos pastores
Claudinei Mendes Bispo, Célia Bispo, Margarida Bispo, Rai-
mundo Gonçalves dos Santos e sua esposa Eronilde dos Santos.
Ainda agradeço a Priscila Laranjeiras e toda equipe da Editora
AD SANTOS por acreditarem nesta obra. Bem como a todos os
membros e discípulos do Corpo de Cristo. Deus abençoe a
todos.

iii
iv
PREFÁCIO

O convite para prefaciar este livro levou-me a experimentar


dois sentimentos agradáveis. De um lado, reconhecendo que o
processo de escrever significa algo mais do que a simples ação de
registrar fatos e experiências vivenciadas; manifesto alegria sin-
cera pela contribuição deste brilhante autor à produção, à siste-
matização e à socialização de mais conhecimentos na área de
como se libertar da perversão sexual.
Por outro lado, ciente de que a responsabilidade de prefa-
ciar um livro constitui uma honra conferida pelo autor para opi-
nar sobre sua obra, não poderia deixar de expressar também o
orgulho que sinto ao ter acompanhado, mais de perto, nos últi-
mos anos, o desenvolvimento ministerial e literário desse amado
discípulo, Helton Angelo.
O assunto abordado é muito atual e eu creio que o autor,
como é de sua índole, mergulhou profundamente em pesquisas
para apresentar um parecer equilibrado e abalizado nos princí-
pios da Palavra de Deus.
Cada livro traz sempre, de forma implícita ou explícita, as
marcas do caráter de quem o escreve. A obra “Perversão sexual”
é, além de tudo, uma iniciativa para despertar o interesse pela
pesquisa e a paciência na busca da verdade que liberta.
O autor de forma bastante determinada e corajosa, se posi-
cionou respeito de assuntos muito polêmicos, a saber, os que
causam desvios na sexualidade humana.

v
Uma obra indispensável para todas as pessoas que desejam
aprender mais nesta área tão importante que tem maculado e
destruído lares, famílias e matrimônios – a sexualidade detur-
pada.
Eu recomendo esta leitura desafiadora, e após a leitura no
mínimo você sairá abastecido de profundos conhecimentos a res-
peito do tema para poder aconselhar pessoas que são reféns do
referido problema.
Um aspecto a destacar é que esta obra foi escrita usando
uma linguagem clara e concisa, que irá falar profundamente a
mente lógica ou emocional de leitor.
Espero que a próxima edição ou a elaboração de um
segundo volume possa vir recheada de depoimentos dos que
leram e aplicaram os princípios ensinados.
Boa leitura,

Bispo Cristiano Netto


Escritor e conferencista
Curitiba – Paraná – Brasil

vi
SUMÁRIO

Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1

Capítulo 1
Pensamentos e Atitudes Impuras . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7

Capítulo 2
Ambientes de Prostituição . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15

Capítulo 3
Corinto uma Cidade Imoral . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23

Capítulo 4
Homossexualismo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29

Capítulo 5
Pornografia e Pedofilia. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41

Capítulo 6
Jezabel e a Sensualidade . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 47

Capítulo 7
Espíritos de Sensualidade e Imoralidade . . . . . . . . . . . . . . . . . 65

Capítulo 8
Assédio Sexual . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 75

Capítulo 9
Diversas Perversões Sexuais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 79

vii
Capítulo 10
O Sexo Dentro do Casamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 113

Aos que estão presos sexualmente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 121

Corrente de Libertação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 125

Oração de Renúncia da Perversão Sexual . . . . . . . . . . . . . . . . 127

Referências Bibliográficas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 135

viii
INTRODUÇÃO

C om uma crise mundial da AIDS com proporções epidêmi-


cas, o mundo tem oportunidade de avaliar novamente uma das
consequências físicas de haver removido as restrições sobre o
comportamento sexual.
Tragicamente, a resposta preferida do mundo não é a de
desencorajar a atividade sexual pecaminosa por intermédio de
um retorno á ordem abençoada, contudo, sim a de encorajar
uma posição tolerante face ao regime falso do diabo, mediante a
disponibilidade ainda maior de contraceptivos baratos ou gratui-
tos; não somente para fins de contracepção, mas também para
limitar a gravidade da transmissão da doença em relações
heterossexuais e homossexuais.
O sistema do mundo só se incomoda com os perigos físicos
do sexo desprotegido. O deus deste mundo (Satanás) cegou de tal
forma os olhos das pessoas que os perigos espirituais do sexo
pecaminoso se tornaram irrelevantes.
Todavia, os perigos espirituais do sexo pecaminoso são
tamanhos que nenhum contraceptivo no mundo jamais poderá
oferecer proteção contra eles.
A espiritualidade contempla duas realizações: vencer o mal
e promover aquilo que é bom na vida e na experiência daquele
que crê em Jesus.
Um é negativo, a anulação do mal, e o outro é positivo,
uma realização das qualidades e realizações sobrenaturais que
pertencem ao modo sobre humano de vida.

1
Meu alvo é levar conhecimento mais alinhado acerca da
importância de mantermos uma relação sexual sadia aos olhos de
Deus e também levar o maior número de pessoas a se libertar do
poder escravizador que o sexo ilícito tem trazido a milhões de
pessoas.
A maior crise na atualidade não é econômica, social ou
política, é moral. Não, está fora das pessoas, mas está no interior
delas. Não está baseada na falta de recursos, porém, principal-
mente na inconsistência de caráter.
Diariamente vemos milhares de famílias levadas ao fra-
casso, principalmente através da ação do espírito de sensualidade
que tem invadido os nossos lares invariavelmente.
Podemos ver isso nitidamente todos os dias, na rua, no
bairro, na cidade onde moramos, nas novelas, nos reality’s
shows, nos filmes e, infelizmente, até nos desenhos animados
que as crianças assistem.
Portanto, é de suma importância aprender a nos proteger-
mos dessa grande investida satânica contra a sociedade. O que
acontece no mundo hoje é reflexo daquilo que acontece no
mundo espiritual, pois os demônios são imorais e asquerosos.
Meu anseio é que você possa refletir nos assuntos
abordados, não se escandalizando com a matéria abordada e, se,
de alguma forma, direta ou indireta tem se envolvido com tais
práticas, arrependa-se perante o Senhor Jesus.
O que é Arrependimento? A palavra grega para arrependi-
mento é metanoia, e o seu significado literal fala de uma mudança
de ideia, uma reversão no pensamento. Porém o modo como a
expressão é empregada na Bíblia deixa claro que o arrependi-
mento é muito mais do que uma simples ou superficial mudança
de opinião sobre alguma coisa. Envolve um jeito totalmente

2
novo de ver a vida, uma mudança fundamental na visão de
mundo, tem um caráter extremamente pessoal e interior. Arre-
penda-se e viva!
Que Deus abençoe sua vida tremendamente.
Helton Angelo

3
4
“ T udo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre,
tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que
for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo
de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas.”

Filipenses 4.8
Capítulo 1

Pensamentos e
Atitudes Impuras

Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria


cobiça, quando esta o atrai e seduz. Tiago 1.14

D evemos observar que é a nossa própria cobiça que nos atrai,


e assim nos desviamos. Quando permitimos que maus pensa-
mentos penetrem em nossa vida, especialmente os imorais, o
espírito de cobiça pode desviar-nos das coisas de Deus. Então
pouco a pouco outros espíritos malignos podem também ocupar
nossa mente e coração.
Nossa mente faz parte da área espiritual que será atacada se
alimentarmos pensamentos de dúvida, incredulidade, controvér-
sia, indecisão e principalmente de imoralidade. Seremos alvos
fáceis. Isso acontece sempre que permitimos que a imoralidade
tome conta de nós.
Uma mente carnal é terreno fértil para pensamentos impu-
ros. Ao lermos livros e revistas pornográficas ou permitirmos que

7
P ERVERSÃO S EXUAL

a mente se corrompa através da abertura dos olhos ou dos ouvi-


dos, pensamentos impuros podem invadi-la, provocando hábitos
deturpados e muitas vezes irreparáveis.
Uma passada de olhos nos álbuns de fotografia, uma boa
folheada em revistas e livros sensuais podem aclarar o espírito de
impureza que age por trás de tais coisas.
Da mesma forma, acessar sites pornográficos ou assistir
esse tipo de vídeos, mesmo parecendo inocente a princípio, nos
induz a pensamentos sexuais fantasiosos, levando-nos à escravi-
dão, ao espírito de luxúria. E isso é apenas o início!
Pessoas com o hábito de assistir a vídeos pornográficos
podem começar dando uma olhada nas prateleiras de revistas de
uma loja e até mesmo numa locadora de vídeos por algum
tempo. Conforme seu desejo vai aumentando, podem aventu-
rar-se a ir para a sessão de filmes proibidos para menores de 18
anos, a uma sala mal iluminada, localizada nos fundos da loca-
dora. E em seguida levar o filme pornográfico escolhido para
casa, para satisfazer a sua fantasia sexual e sua lascívia.
Um pai, padrasto, ou irmão que molesta uma criança terá
uma rotina completamente diferente. Ele poderá (ou não) come-
çar olhando pornografia. Por fim, ele entrará sorrateiramente no
quarto da criança, onde praticará seus atos imorais contra a cri-
ança, movido por sua devassidão.
Devemos lembrar que os demônios são seres espirituais
sem corpos e precisam de um corpo para habitar, não lhes
importa que seja o de um porco, de um cavalo, ou de um ser
humano. Os demônios que agem na área do sexo precisam de
órgãos sexuais para exercitar a luxúria.

8
P ENSAMENTOS E A TITUDES I MPURAS

Quando as pessoas enfatizam demasiadamente a importân-


cia do sexo, o demônio começa a ditar-lhes um estilo de vida, e
logo ficam obcecadas por pensamentos sexuais.
A Bíblia Sagrada indica a maneira correta de viver neste
século manchado pelo pecado, e nos convida, graciosamente, a
nos aproximarmos do Senhor em santidade, com pureza de
mente e com um coração limpo.
Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que
apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável
a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis
com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa
mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e
perfeita vontade de Deus. Romanos 12.1-2
Nossos pensamentos precisam ser trabalhados para não
nos contaminarmos com o lixo das informações recebidas e pro-
cessadas pelo cérebro a cada segundo. A maioria delas é proce-
dente de uma fonte chamada mundo, onde a água disponível
para beber não é nada saudável.
A Palavra de Deus nos diz que o Senhor suprirá cada uma
de nossas necessidades segundo suas riquezas em glória em Jesus
Cristo.
Estes são os pensamentos que nos devem encher a mente
todos os dias, não o lixo e a perversão disseminada diariamente
por Satanás e seus adeptos.

Fantasias Sexuais

U ma pergunta frequentemente feita em meus aconselhamen-


tos é: ter fantasias sexuais, desde que não cometa adultério, é

9
P ERVERSÃO S EXUAL

pecado? Criar fantasias sexuais acerca de um homem ou uma


mulher que não é o seu cônjugue é apenas outro nome para a
velha lascívia que Jesus disse ser equivalente à prática do adulté-
rio – Mateus 5.28.
O Mestre, sem dúvida, deixou bem claro que a integridade
sexual é uma questão muito mais profunda do que simplesmente
evitar o sexo fora do casamento. Ele foi direto ao cerne do pro-
blema ao falar do adultério cometido no coração.
As Escrituras Sagradas recomendam que mantenhamos
nossos pensamentos puros – Filipenses 4.8, levando cativo todo
pensamento à obediência de Cristo – 2 Coríntios 10.5. A mente
é a porta de entrada que dá para o coração e emoções. Se você
aceitar pensamentos impuros ou carnais, eles o farão sentir-se las-
civo. “Porque, como imagina em sua alma, assim é” – Provérbios 23.7.
O exercício da fantasia sexual muitas vezes faz com que a
pessoa passe a “usar” o cônjuge, ao invés de “amá-lo”. Tende tam-
bém a produzir estímulo excessivo e ejaculação antecipada, ao
mesmo tempo em que cria expectativas irreais.
Só porque uma coisa é estimulante, não quer dizer que seja
correta.
Quando permitimos qualquer tipo de atitude mental dis-
torcida como sendo a diretriz de nossas atitudes, com certeza
colheremos hábitos e resultados que danificarão nossa realidade
de vida.

10
P ENSAMENTOS E A TITUDES I MPURAS

Guarde os seus Pensamentos


da Impureza

T ome uma decisão positiva e definitiva no sentido de não tra-


mar pensamentos de impureza moral. “Sobre tudo o que se deve
guardar, guarda o coração (mente). Porque dele procedem às fon-
tes da vida” – Provérbios 4.23.
Devemos não somente ter a determinação de permanecer-
mos puros, porém devemos também “colocar uma sentinela” nos
portões de nossas mentes para mantermos fora os pensamentos
impuros. Já foi dito que “não podemos impedir que os pássaros
voem sobre as nossas cabeças, contudo podemos impedi-los de
fazer um ninho em nossos cabelos”.
Se o inimigo plantar um pensamento impuro em sua
mente, rejeite-o imediata e completamente. Para isso, cingindo o
vosso entendimento – 1 Pedro 1.13. Mas o que significa cingir?
Significa amarrar os pensamentos imorais soltos e exercitar con-
trole sobre eles.
Não permita que a sua mente se torne a lata de lixo do
diabo.
Homens e mulheres de Deus são geralmente atacados por
pensamentos impuros, todavia eles precisam lidar com esses pen-
samentos imediatamente se quiserem permanecer puros.
Você se comprometeu em levar uma vida correta? Então
não pode se dar ao luxo de entrelaçar pensamentos de impureza.
Talvez eles entrem sem ser convidados, mas precisa expulsá-los
como expulsaria um ladrão ou assassino tentando entrar em sua
casa.

11
P ERVERSÃO S EXUAL

Se entrelaçarmos pensamentos de impureza e de enfraque-


cimento moral, damos ao diabo um terreno fértil que poderá
algum dia causar a nossa queda.
Porque do coração (mente) procede maus desígnios,
homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos
testemunhos, blasfêmias. São estas as coisas que
contaminam o homem.
Mateus 15.19-20
Aquele que não está disposto a fazer este compromisso e
não decidir de uma vez por todas “fugir da fornicação”, então
não deve trabalhar em nenhuma área da vida da igreja.

12