Você está na página 1de 2

MANUAL DE CULTIVO DE PIMENTAS NUCLEARES

Esta é uma pimenta de origem tropical. Para ter uma boa germinação elas necessitam de cuidados e
regras de calor!!! As sementes não vão germinar, ou vão demorar muito e germinar pouco se a
temperatura não for apropriada (entre 22º e 30º graus) sendo a ideal 26º. Se a temperatura passar de 30º
elas vão cozinhar e morrer com 0% germinação. Faça a germinação na sombra ou em local fechado com
a temperatura citada acima, suas mudas só vão receber raios solares durante meio período quando
atingirem 4 folhas e raios solares definitivos com 6 a 8 folhas.

Dicas:

Se a temperatura local não e correta para a germinação, cobrir as sementes com um vidro ou com
plástico de garrafas pets cortadas, fazendo efeito mini estufa.
• 1 - Sementes (retiradas dos frutos) Recomendamos submergir as sementes em solução contendo: 1
copo d’agua(250 ml) mineral com 5 gotas de *hidrosteril ou similar por 15 minutos. Mexer a água
suavemente com uma colher ou palito de madeira, previamente desinfetados, para ter certeza que as
sementes estão sendo impregnadas pela solução.
Após os 15 minutos, lavar as sementes com água mineral, colocando as em um coador, e enxugando por
pelo menos 5 ou 6 vezes.

• 2 – Sementes (nossas):Deixar as sementes em molho em ÁCIDO GIBERÉLICO (GA3)1 ml em meio litro


de agua mineral por 24 horas antes de plantar(esse produto acelera a germinação). Se não tiver o GA3,
deixe as sementes em molho em água mineral por 48 horas antes de plantar.

• 3 – Plante cada sementes em saquinhos/copinhos ou bandejas(células próprias) individuais assim não


vão sofrer no momento do transplante ao solo ou vasos maiores. A germinação deve ocorrer dos 14 aos
60 dias ou ainda depois se as condições não são perfeitas.
Sempre utilize SUBSTRATO FINO, não terra pesada (o substrato se compra nas lojas de plantas).
Substrato de floreiras é o melhor, mas qualquer outro serve. O substrato permite melhor unidade e
areação das sementes, o que é fundamental na germinação. Coloque as sementes acima do substrato, e
cubra só com 1 cm de substrato.
Se não conseguir o substrato, use terra leve e fina para não dificultar a emergência das sementes.

• 4 - Quando as mudinhas atingirem entre 7 e 10cm(ou 8 a 10 folhas), transplantar com cuidado, sem
mexer nas raízes. As mudas adaptam-se bem ao plantio em vasos, que devem ter no mínimo 20 a 40
litros.

• 5 - Se plantadas em canteiros, devem obedecer a uma distância mínima de 100 cm entre as plantas.
Aconselho fazer uma adubação de reforço, em cobertura, na fase de frutificação, para dar suporte a carga
de frutos. Continue fertilizando as plantas de acordo com as recomendações dos fabricantes dos
fertilizantes, mas evite adubos muito ricos em nitrogênio, eles tendem a estimular o crescimento em
detrimento à resistência das plantas.

• 6 - Nos cultivos comerciais e orgânicos, é importante efetuar pulverizações preventivas contra doenças.
A calda bordalesa pode ser utilizada em ambos os tipos de cultivo e previne doenças fúngicas.
Fique de olho nas pragas e remova manualmente todas que você enxergar, para evitar as grandes
infestações.

• 7 - MUITO IMPORTANTE: Se você quer ter pimentas PURAS e ARDIDAS. Não pode cultivar outras
espécies juntas, para evitar a Polinização cruzada, tem que cultivar ela sozinha ou isolada a 8 km de cada
espécie.

• 8 - DICA IMPORTANTE: Reduzir a irrigação ao máximo à medida que as pimentas vão amadurecendo,
para ter pimentas ainda mais ardidas.

• 9 - As Pimentas Nucleares não gostam do cloro. Se sua água encanada tem muito cloro, não molhe as
plantas com ela. Use água de chuva, água mineral ou use um anticloro (para aquários).

Em caso de duvidas contate o Sr.Fabio Tuma de 4ª a 6ª feira a tarde que ele estará a disposição para
ajudar!!