Você está na página 1de 51

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Os termos da seguinte sequência numérica, a seguir, foram obtidos e

organizados de acordo com uma lei de formação.

2, 3, 6, 7, 22, 23, ...

De acordo com essa lei, qual será o nono termo dessa sequência?

a-112.b-88.c-164.d-288.E-342.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Assinale a alternativa correta no que diz respeito à característica legal
dos atos de improbidade administrativa.

a-Dependem da ocorrência de dolo do agente.

b-Só podem ser praticados por servidor público.

c-Dependem da ocorrência de enriquecimento ilícito.

d-Não são capazes de ensejar perda da função pública, mas apenas suspensão dos direitos políticos.

e-Podem ser praticados por empregado de sociedade de economia mista.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Sobre a utilização do planejamento na atividade escolar, está
INCORRETAa alternativa:

a-o plano é um guia, mas deve possibilitar flexibilidade.

b-deve haver coerência entre objetivos gerais e específicos.

c-é obrigatória a coerência com a realidade na qual será aplicado o planejamento.

d-não é possível haver inversões na ordem sequencial adotada.

e-há o plano da escola, o plano de ensino e o plano de aula.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - Segundo Gandin, o planejamento participativo, como instrumento e
metodologia, isto é, como processo técnico, abre espaços para a dimensão política. As questões da qualidade, da missão e,
obviamente, da participação são especialmente valorizadas. Mais do que isso, assumem um caráter de proposta de futuro para a
instituição que se planeja, onde deve estar contido um ideal do campo de ação da instituição. Ainda segundo o autor, o
planejamento participativo parte do pressuposto e do entendimento sobre o nosso mundo, em que é fundamental a ideia de que a
nossa realidade é:

a-determinada pelo sistema econômico e que não há espaço para transformações profundas e democráticas.

b-injusta e de que essa injustiça se deve à falta de participação em todos os níveis e aspectos da atividade humana.

c-participativa, na medida do possível social e político, e de acordo com a legislação constitucional vigente.

d-altamente competitiva, em que os cidadãos de maior dificuldade e empenho serão recompensados pelos seus méritos.

e-construída sob alicerces político partidários e segue as determinações abusivas das instituições fazendárias.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - O Corretor Ortográfico do Microsoft Office Word 2007 identifica
palavras grafadas incorretamente, formatando as palavras com:

a-fonte azul sublinhada.B-negrito.C-realce amarelo.


d-sublinhada com linha ondulada vermelha.E-tachado.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - A licitação na modalidade de pregão poderá ser adotada para a
aquisição de bens e serviços comuns, assim entendidos aqueles:

a-cujo valor unitário não supere a fração de 1/10 do salário mínimo vigente.

b-que forem assim discricionariamente considerados pela autoridade licitante, considerados seus padrões tecnológicos.

c-cujos padrões de desempenho e qualidade possam ser objetivamente definidos pelo edital, por meio de especificações usuais
no mercado.

d-cuja tecnologia seja comum e usual no mercado, mesmo que não possam ser objetivamente definidos seus padrões de
desempenho e qualidade.

e-cujos valores possam ser prévia e objetivamente definidos pelo edital, por meio de cotação oficial.

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - “Se é verdade que, numa boa parte da vida, comi o pão que o Diabo
amassou, devo admitir, hoje, vendo de longe, que foi melhor comer isso que nada.” A palavra grifada “melhor”, de acordo com o
sistema ortográfico, contém:

a-polifonia- B-hiato c-dígrafo d-ditongo e-tritongo

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - Tanto Piaget quanto Vygotsky sugerem, de maneira firme em seus estudos, a
intervenção pedagógica desafiadora, seguindo o princípio de que o único bom ensino é o que acompanha o desenvolvimento dos
alunos, salientando a importância da confiança mútua e da reciprocidade do pensamento educador/educando.

Dessa forma, os dois estudiosos fundamentam o papel insubstituível do educador na construção do conhecimento:

a-apresentando estudos e pesquisas que comprovam biologicamente a necessidade de socialização dos educandos.

b-manifestando a ideia da relação necessária de afeto e estudo como pontos fundamentais para o aprendizado.

c-demonstrando a importância do caráter preponderantemente informativo nos processos de memorização.

d-argumentando que o desenvolvimento humano se dá somente na presença de outros seres humanos da mesma idade.

e-defendendo a importância da interação como desencadeadora dos processos de aprendizagem e desenvolvimento.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - “À revelia de toda conversa pedagógica, as coisas mudam sob a batuta do
mercado. Infelizmente, estamos inseridos em sociedades que se movem pelo mercado. É forçoso reconhecer que a educação
voltou a ser considerada importante, não por causa da construção e fortalecimento da cidadania” (Pedro Demo), mas porque:

a-faz parceria com instituições privadas. B-não discute os seus objetivos filosóficos.

c-é útil à competitividade globalizada. D-está digitalmente atualizada.

e-participa ativamente da UNESCO.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - Em 1936, Maria Montessori, em seu livro “Em Família”, afirmava que só existe
uma maneira de ensinar, que é:

a-suscitando o mais profundo interesse no estudante e, ao mesmo tempo, uma atenção viva e constante.

b-com disciplina, rigor e atenção aos valores sociais e éticos, além da preparação íntegra dos professores.
c-nos anos iniciais, na própria família e, a partir dos 4 ou 5 anos, frequentando um jardim de infância.

d-através do modelo de conduta, que é a criança observando os adultos e se espelhando em sua rotina.

e-desenvolvendo a pedagogia da pergunta, que supõe que os alunos sejam atentos e curiosos.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - O Parecer CNE/CEB 11/2010, de 7/7/2010, que norteia as diretrizes
curriculares nacionais gerais para a educação básica, em seu Art. 29, que trata da Educação Especial, instrui que se trata de um
âmbito educacional transversal a todos os níveis, etapas e modalidades de ensino, é parte integrante da educação regular,
devendo ser:

a-reconhecida como uma situação educativa extraordinária.

b-objeto de estudo por parte da equipe técnico pedagógica.

c-compreendida e discutida pelo coletivo de professores.

d-prevista no projeto político-pedagógico da unidade escolar.

e-acompanhada por uma equipe especializada da SME.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - O Corretor Ortográfico do Microsoft Office Word 2007 identifica palavras
grafadas incorretamente, formatando as palavras com:

a-fonte azul sublinhada.B-negrito.C-realce amarelo.

d-sublinhada com linha ondulada vermelha.E-tachado.

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Em uma cesta há seis tipos diferentes de frutas: maçã, banana, laranja,
goiaba, morango e manga. Uma menina retirou, uma após a outra, seis frutas dessa caixa, sendo cada uma de um tipo diferente.
Sabemos ainda que:

⇒ a 1ª fruta retirada não era uma banana.


⇒ a 3ª fruta retirada era um morango.
⇒ a laranja foi a penúltima a ser retirada.
⇒ a goiaba foi retirada depois da maçã.
⇒ a manga foi a 2ª fruta a ser retirada

Seguindo essa lógica, qual é, aproximadamente, a probabilidade da sexta e última fruta retirada pela menina ter sido uma goiaba?

a-50%. B-33,33%. C-75%. D-20%. E-25%.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - “A maior parte da aprendizagem ocorre casualmente e, mesmo, a maior parte
da aprendizagem intencional não é resultado de uma instrução programada. As crianças normais aprendem a sua primeira língua
casualmente, ainda que mais rapidamente quando seus pais se interessam. A maioria das pessoas que aprende bem outra língua,
conseguem-no por causa de circuntâncias especiais e não de aprendizagem sequencial. Vão passar algum tempo com seus avós,
viajam ou se enamoram de um estrangeiro. A influência na leitura é também, quase sempre, resultado de atividades
extracurriculares. A maioria das pessoas que lê muito e com prazer, crê que aprendeu isso na escola; conscientizadas, facilmente
abandonam essa ilusão. (...)”

Essa crítica radical à instituição escolar é feita por:

a-Sutherland Neill, em “Summerhill”. b-McLuhan, autor de “O meio é a mensagem”.

c-Ivan Illich, em seu livro “Sociedade sem Escolas”. d-Lauro de Oliveira Lima, no “Mutações em Educação”.

e-Paulo Freire, em “Educação e Mudança”.


Tragédia em Mariana

“A tragédia que iniciou com o rompimento da barragem de rejeitos de minérios em Mariana-MG e se estendeu até o Leste do
Espírito Santo, mar adentro, nos faz refletir quais ações poderiam ter sido executadas para evitar esse desastre. A maioria dos
especialistas afirma que rompimentos de barragens são eventos muito lentos, que sinais já haviam sido detectados sobre o
problema em Mariana. Todos dizem que houve negligência e consequentemente o desastre; agora, a maioria das informações
sobre o que realmente aconteceu não foram ainda disponibilizadas, mesmo após tantos dias. Ao olharmos para o estado da
Bahia, temos vinte e quatro barragens de rejeitos semelhantes à Barragem do Fundão. E com informações de que quatro delas
apresentam dano potencial elevado, sendo duas localizadas no município de Jacobina e duas em Santa Luz, estando todas sob
constante vigilância da Departamento Nacional de Produção Mineral.” (http://www.tribunafeirense.com.br/noticias/11162/por-
pedroamerico-lopes-e-preciso-aprender-com-os-desastres.html)

leia o texto relacionado com a questão

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - Qual a função da linguagem predominante no texto?

a- Referencial b- Expressiva c-Conativa d- Poética e-Fática

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional 9.394/96 ao tratar
da proposta pedagógica da escola, também denominada de Projeto Político Pedagógico, determina:

I. A participação dos profissionais da educação na elaboração da proposta pedagógica.

II. A elaboração e execução da proposta pedagógica pelos estabelecimentos de ensino.

III. A participação e execução da proposta pedagógica pelos pais e comunidade.

IV. Os estabelecimentos de ensino devem informar aos pais e/ou responsáveis legais sobre a execução da proposta pedagógica.

Estão corretas:

a- Todas. b-I, II, III. c- I apenas. d- II apenas. e-I, II, IV.

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Com relação às teorias pedagógicas, marque a alternativa referente à
tendência pedagógica que defendia as seguintes ideias: “a escola está voltada para a formação de atitudes, razão pela qual deve
estar preocupada com os problemas psicológicos e não com os pedagógicos ou sociais; o objetivo do trabalho escolar se esgota
nos processos de melhor relacionamento interpessoal, como condição para o crescimento pessoal; a motivação resulta do desejo
de adequação pessoal na busca da autorrealização; privilegia-se a autoavaliação”.

a-Tendência Progressista Crítico-Social dos Conteúdos b-Tendência Progressista Libertadora

c-Tendência Liberal Tradicional d-Tendência Liberal Renovada Progressivista

e-Tendência Liberal Renovada Não-diretiva

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - De acordo com Libâneo, a didática trata dos objetivos, condições e
meios de realização do processo de ensino, unindo meios pedagógico-didáticos a objetivos sócio-políticos. Neste sentido,

a-Os conteúdos devem ser trabalhados de forma acrítica e inflexível para não intervir no produto.

b-O ensino deve ser planejado a partir de propósitos claros sobre a sua finalidade, tendo em vista que os alunos estão sendo
preparados para viverem em sociedade.

c-As questões de ordem social sempre prevalecem sobre as de ordem pedagógica.


d-Os planejamentos indicam a necessidade de serem neutros e escolarizados.

e-Os estudantes são vistos enquanto seres passivos, daí porque a facilidade de aprendizagem.

A entrada dos prisioneiros foi comovedora (...)

Os combatentes contemplavam-nos entristecidos. Surpreendiam-se; comoviam-se. O arraial, in extremis, punha-lhes


adiante, naquele armistício transitório, uma legião desarmada, mutilada faminta e claudicante, num assalto mais
duro que o das trincheiras em fogo. Custava-lhes admitir que toda aquela gente inútil e frágil saísse tão numerosa ainda dos
casebres bombardeados durante três meses. Contemplando-lhes os rostos baços, os arcabouços esmirrados e sujos, cujos
molambos em tiras não encobriam lanhos, escaras e escalavros – a vitória tão longamente apetecida decaía de súbito.
Repugnava aquele triunfo. Envergonhava. Era, com efeito, contraproducente compensação a tão luxuosos gastos de
combates, de reveses e de milhares de vidas, o apresamento daquela caqueirada humana – do mesmo passo angulhenta e
sinistra, entre trágica e imunda, passando-lhes pelos olhos, num longo enxurro de carcaças e molambos... Nem um rosto viril, nem
um braço capaz de suspender uma arma, nem um peito resfolegante de campeador domado: mulheres, sem-número de mulheres,
velhas espectrais, moças envelhecidas, velhas e moças indistintas na mesma fealdade, escaveiradas e sujas, filhos escanchados
nos quadris desnalgados, filhos encarapitados às costas, filhos suspensos aos peitos murchos, filhos arrastados pelos braços,
passando; crianças, sem-número de crianças; velhos, sem-número de velhos; raros homens, enfermos opilados, faces túmidas e
mortas, de cera, bustos dobrados, andar cambaleante. (CUNHA, Euclides da. Os sertões: campanha de Canudos.Edição Especial.
Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1980.)

leia o texto relacionado com a questão

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - “...a vitória tão longamente apetecida decaía de súbito .” A partir da
leitura do trecho e observando o ponto de vista dos soldados vitoriosos, é correto afirmar que eles:

a-Envergonharam-se ao ver a fragilidade do inimigo.

b-Surpreenderam-se por terem munição suficiente durante três meses.

c-Admitiram a incapacidade de lutar contra um inimigo desarmado.

d-Comoveram-se com os casos de mutilação que encontraram antes da luta.

e-Desistiram de lutar, mesmo antes da rendição, só ao avistar a condição da tropa inimiga.

A hora da estrela

Maio, mês das borboletas noivas flutuando em brancos véus. Sua exclamação talvez tivesse sido um prenúncio do que ia
acontecer no final da tarde desse mesmo dia: no meio da chuva abundante encontrou (explosão) a primeira espécie de
namorado de sua vida, o coração batendo como se ela tivesse englutido um passarinho esvoaçante e preso. O rapaz e ela se
olharam por entre a chuva e se reconheceram como dois nordestinos, bichos da mesma espécie que se farejam. Ele a olhara
enxugando o rosto molhado com as mãos. E a moça, bastou-lhe vê-lo pra torná-lo imediatamente sua goiabada-com-queijo. Ele...
Ele se aproximou e com voz cantante de nordestino que a emocionou, perguntou-lhe:
– E se me desculpe, senhorinha, posso convidar a passear? [...] Eles não sabiam como se passeia. Andaram sob a chuva grossa
e pararam diante da vitrine de uma loja de ferragem onde estavam expostos atrás do vidro canos, latas, parafusos grandes e
pregos. [...] , Da segunda vez em que se encontraram caía uma chuva fininha que ensopava os ossos. Sem nem ao menos se
darem as mãos caminhavam na chuva que na cara de Macabéa parecia lágrimas escorrendo. Da terceira vez que se encontraram
– pois não
é que estava chovendo? – o rapaz, irritado e perdendo o leve verniz de finura que o padrasto a custo lhe ensinara, disse-lhe:

– Você também só sabe é chover!

– Desculpe.

Mas ela já o amava tanto que não sabia mais como se livrar dele, estava em desespero de amor. Numa das vezes em que se
encontraram ela afinal perguntou-lhe o nome. – Olímpico de Jesus Moreira Chaves – mentiu ele porque tinha como sobrenome
apenas o de Jesus, sobrenome dos que não têm pai. Fora criado por um padrasto que lhe ensinara o modo fino de tratar pessoas
para se aproveitar delas e lhe ensinara como pegar mulher.[...] Olímpico de Jesus trabalhava de operário numa metalúrgica e ela
nem notou que ele não se chamava de “operário” e sim de “metalúrgico”. Macabéa ficava contente com a posição social dele
porque também tinha orgulho de ser datilógrafa, embora ganhasse menos que o salário mínimo. Mas ela e Olímpico eram alguém
no mundo. “Metalúrgico” e “datilógrafa” formavam um casal de classe. [...]

A hora da estrela LISPECTOR, Clarice. . Rio de Janeiro: Rocco, 1998. p. 42-45. (Fragmento) englutido: engolido

leia o texto relacionado com a questão

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Qual a função sintática do QUE em “[...] Fora criado por um padrasto
que lhe ensinara [...]”?

A-sujeito. B-objeto direto. C-objeto indireto. D-adjunto adnominal.

E- complemento nominal

leia o texto A hora da estrela relacionado com a questão: (FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - A figura de
linguagem presente em “[...] e se reconheceram como dois nordestinos [...]” (§ 1) é:

A- prosopopeia. B-comparação. C-sinestesia.

D-hipérbole. E-metáfora.

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - A Lei nº 8.069/1990 que trata dos direitos da Criança e do
Adolescente determina que é dever do Estado assegurar, EXCETO:

A-Comunicar ao Conselho Tutelar os casos de maus tratos envolvendo os estudantes.

B-Progressiva extensão da obrigatoriedade e gratuidade do ensino médio.

C-Ensino fundamental obrigatório e gratuito.

D-Atendimento educacional especializado aos deficientes, preferencialmente, na rede regular de ensino.

E-Atendimento no ensino fundamental com programas suplementares de material didático-escolar, transporte, alimentação e
assistência à saúde.

leia o texto relacionado A hora da estrela com a questão: (FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Assinale a
alternativa cujo termo destacado possui classe gramatical DIFERENTE da dos demais.

A-[...] bichos da mesma espécie QUE se farejam. [...]” B-[...] ela nem notou QUE ele não se chamava [...]”

C- [...] Fora criado por um padrasto QUE lhe ensinara [...]”

D-[...] mãos caminhavam na chuva QUE na cara de Macabéa parecia lágrimas escorrendo.”

E-[...] sobrenome dos QUE não têm pai. [...]”


Mania de perseguição

Não sei se sou azarado ou sortudo. Se é verdade que, numa boa parte da vida, comi o pão que o Diabo amassou, devo admitir,
hoje, vendo de longe, que foi melhor comer isso que nada. De qualquer modo, por esta ou por outra razão qualquer, ando com
uma espécie de miniparanoia, considerando-me, mais que os outros, vítima frequente da Lei de Murphy. Por exemplo: no
momento mesmo em que, aproveitando que os carros vêm longe, atravesso a rua, tem sempre um outro cara que decide
atravessar, no mesmo instante, em sentido contrário e na minha direção! Sou então obrigado a desviar dele e já aí os carros se
aproximaram ameaçadoramente, deixando-me assustado e tenso. Por que isso?! Querem outro exemplo? Digamos que eu esteja
com pressa e caminho velozmente pela calçada da Avenida Copacabana: surgirá um minha frente um sujeito empurrando
vagarosamente uma carrocinha de sorvete e, se tento ultrapassá-lo pela direita, ele vira para a direita; se tento pela esquerda, ele
vira para a esquerda! Parece perseguição, penso comigo, esforçando-me para afastar a ideia maluca de que sou perseguido por
alguma entidade maligna. Isso me faz lembrar o caso de um sujeito que não saía de casa com medo de sofrer algum acidente
fatal. Um dia ele saiu e foi vítima de uma bala perdida. Nada a ver comigo, que estou sempre na rua, como já se viu. E, se é na
rua que essas coisas me acontecem, nem por isso penso em me trancar em casa. Mas, voltando à paranoia, meu carro agora deu
para furar o pneu. Faz seis meses, fui visitar um amigo em Santa Teresa e deixei o carro junto ao meio-fio. Quando voltava para
casa, percebi que o pneu estava vazio e tive que trocá-lo sem ajuda de ninguém, pois era tarde da noite e a rua estava deserta.
Pois bem, a mesma coisa aconteceu-me semana passada, mas com uma pequena diferença: chovia, ou melhor, caía um pé-
d’água. A Cláudia estava comigo e tínhamos ido ao lançamento do livro de um amigo no Leblon. Para chegar à livraria já foi um
desespero, porque, além de chover, era no começo da noite: engarrafamento para todos os lados. É verdade que eu, mais uma
vez, errei o caminho, e por isso nos metemos numa enrascada ainda maior. Na hora de estacionar, claro, não havia lugar. Dei
outra volta no quarteirão e consegui finalmente uma vaga para deixar o carro. exatamente lá havia um prego à minha espera. A
caminho de casa, mal andamos cinco quarteirões, percebi que uma das rodas da frente apresentava algum problema... - Pneu
furado de novo?! – pensei comigo. Não acredito! Parece perseguição! Meu impulso foi encostar o carro em qualquer lugar,
abandoná-lo ali e seguir para casa de táxi. Mas logo pensei nas consequências futuras e me submeti: parei o carro e tratei e trocar
o pneu furado. É aquele negócio: afrouxa os parafusos, levanta o carro com o macaco, tira o pneu furado... Só que, quando
peguei o estepe, verifiquei que ele também estava vazio. - Não acredito – gritei – e sentei no meio-fio, a ponto de começar a
chorar. A chuva começou a cair mais forte ainda. Foi quando apareceram sete pessoas vestidas de vermelho. Uma delas
aproximou-se de mim e perguntou se eu precisava de ajuda. - Somos os Anjos da Guarda – disse-me ele. E de fato no peito de
cada um deles havia a inscrição “Anjos da Guarda”. Esses anjos providenciais foram comigo até um posto de gasolina que havia a
quatro esquinas dali, enchemos o estepe e voltamos sorrindo debaixo do aguaceiro. Eles puseram o pneu no lugar, guardaram o
furado e as ferramentas na mala do carro. - Tudo pronto, amigo. Apertei-lhes a mão, mas a minha vontade era beijá-los, um a um.
- Estamos sempre nas ruas para combater o crime e prestar socorro a quem necessite, disse o que falava português, porque os
demais falavam espanhol e japonês. Sem acreditar direito no que acabara de acontecer, entrei no carro e tomei o rumo de casa. -
Foi muita sorte – disse Cláudia. - Mas tenho que tomar cuidado – respondi. Todo mundo só tem direito a um anjo da guarda. Eu
acabo de dispor de sete. Estourei minha cota! GULLAR, Ferreira. Ferreira Gullar: crônicas para jovens / seleção, prefácio e
notas bibliográficas Antonieta Cunha. – 1ª ed. – São Paulo: Global, 2011. (Coleção Crônicas para jovens).

leia o texto relacionado Mania de perseguição com a questão: (FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - Leia o
trecho e, em seguida, responda. “Não sei se sou azarado ou sortudo.” Em relação a essa declaração do início da narrativa, é
CORRETO afirmar o seguinte:

A- Há um torvelinho de confusão nessa declaração, sintoma claro de que o narrador estava desnorteado em face dos
episódios de azar de que estava sendo vítima.

B- Irascível, o narrador faz um jogo de palavras para demonstrar, ao leitor, sua raiva.

C-Tal declaração atesta, visivelmente, a ignorância do narrador em relação ao estado de consciência de si mesmo.

D- É razoável a ilação de que o narrador faz alusão à recorrência dos transtornos dos episódios envolvendo-o e também ao
providencial socorro praticado pelos “Anjos da Guarda”.

E- Trata-se de um recurso empregado pelo narrador para atrair a atenção do leitor, seduzindo-o a ler a narrativa.

1-D, 2D, 3E, 4C, 5B, 6C, 7B, 8A , 9B, 10D

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - A Educação de Jovens e Adultos (EJA) tem como propósito reparar uma
dívida social com os que não tiveram domínio da escrita e leitura como bens sociais, na escola ou fora dela, e tenham sido a força
de trabalho empregada na constituição de riquezas do Brasil. Ser privado deste acesso é, de fato, a perda de um instrumento
imprescindível para uma presença significativa na convivência social contemporânea. Assinale a afirmativa INCORRETA:

a. A educação de jovens e adultos deverá articular-se, preferencialmente, com a educação profissional.


b. Os conhecimentos e habilidades adquiridos pelos educandos por meios informais serão aferidos e reconhecidos mediante
exames.
c. Os sistemas de ensino manterão cursos e exames supletivos, que compreenderão a base nacional comum do currículo,
habilitando ao prosseguimento de estudos em caráter regular.
d. O Poder Público viabilizará, preferencialmente, o acesso do trabalhador na escola, somente quando estiver atendido, estimulará a
permanência, mediante ações integradas e complementares entre si.
e. Os sistemas de ensino assegurarão gratuitamente aos jovens e aos adultos, que não puderam efetuar os estudos na idade
regular, oportunidades educacionais apropriadas, consideradas as características do alunado, seus interesses, condições de vida
e de trabalho, mediante cursos e exames.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Segundo Cunha (2006), “É a pertinência em relação à complexidade
dos desafios culturais, de modos de vida e de comportamentos assimilados e transmitidos na vivência histórica e cotidiana
marcada pela lógica comunicacional da rede hipertextual, da multiplicidade, da interatividade, da imaterialidade, d a v i r t u a l i d a
d e , d o t e m p o r e a l , d a multissensorialidade e da multidirecionalidade que definem o conceito de:

A- sociocultura. B- intercultura. C-multicultura. D- cybercultura. E-semicultura.

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - Quanto à matriz curricular, as Diretrizes Curriculares Nacionais para a
Educação Básica, propõem enquanto critérios de organização:

A- Duração mínima anual de 200 dias letivos, sendo 20 desses dedicados a atividades extraclasse

B- Destinação de pelo menos 20% do total da carga horária anual aos programas e projetos interdisciplinares eletivos criados pela
escola.

C- Obrigatoriedade de 180 dias letivos de aulas, respeitando-se o calendário agrícola.

D- Destinação de pelo menos 30% do total da carga horária anual aos programas e projetos interdisciplinares eletivos criados pela
escola.

E-Organização e programação prioritariamente em forma de eixos e séries.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - As ideias de Anísio Teixeira influenciaram todos os setores da educação no
Brasil e no sistema educacional da América Latina. Entre as suas contribuições, pode-se citar a criação do Centro Educacional
Carneiro Ribeiro, em Salvador (que ainda existe até os dias atuais). O Centro foi a primeira experiência brasileira de promoção de
educação:

A- infantil baseada em jogos. B- cultural e profissional para jovens. C-para as classes populares.

D- inclusiva para adultos E-especial para crianças.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - As tendências pedagógicas definem o papel do homem e da educação
no mundo, na sociedade e na escola, o que repercute na prática docente em sala de aula graças a elementos constitutivos que
envolvem o ato de ensinar e de aprender. Entre elas encontramos uma, em que o teórico destaca: “o educador já não é o que
apenas educa, mas o que, enquanto educa, é educado, em diálogo com o educando que, ao ser educado, também educa”. Para o
autor a dialogicidade é a essência de uma educação libertadora. Além disso, outras características são necessárias para que ela
se concretize tais como: colaboração, união, organização e síntese cultural. Assinale a alternativa que aponta o autor dessa
concepção educacional.

A- Pedro Demo. B-José Libâneo. C-Paulo Freire. D-Fernando Becker. E-Jean Frenet.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - Leia o seguinte fragmento da Resolução no 4, de 13 de julho de 2010, que
define as diretrizes curriculares nacionais gerais.

I a Educação Infantil, que compreende: a Creche, englobando as diferentes etapas do desenvolvimento da criança até 3 (três)
anos e 11 (onze) meses; e a Pré-Escola, com duração de 2 (dois) anos.

II o Ensino Fundamental, obrigatório e gratuito, com duração de 9 (nove) anos, é organizado e tratado em duas fases: a dos 5
(cinco) anos iniciais e a dos 4 (quatro) anos finais.
III o Ensino Médio, com duração mínima de 3 (três) anos. Estas são as etapas previstas para a(o):

A- Pedagogia Privada. B-Currículo Federal. C-Ensino Público. D- Educação Básica.

E- Escola Urbana.

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - Para Vasconcellos (2010) o Projeto Político Pedagógico é constituído
por três partes, que se articulam entre si: Marco Referencial, Diagnóstico e Programação. O Marco Referencial é a tomada de
posição da instituição e é composto por três grandes partes, são elas:

A- Marco Situacional, Marco Filosófico e Marco Operativo.

B- Marco Situacional, Marco Diagnóstico e Marco Operativo.

C- Marco Referencial, Marco Operativo e Marco Situacional.

D- Marco Doutrinal, Marco Filosófico e Marco Operativo.

E- Marco Doutrinal, Marco Filosófico e Marco Situacional.

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - Leia as definições abaixo, em seguida marque a alternativa correta.

I. A educação é o seu objeto de estudo. Busca descrever e explicar sua natureza, seus determinantes, suas finalidades, seus
processos e modos de atuar numa determinada sociedade.

II. Ocupa-se com a efetivação da tarefa de ensinar. Ela investiga os fundamentos, condições e modos de realização da instrução e
do ensino. A ela cabe converter os objetivos sócio-políticos e pedagógicos em objetivos de ensino, selecionar conteúdos e método
em função desses objetivos, estabelecer os vínculos entre ensino e aprendizagem tendo em vista o desenvolvimentos das
capacidades mentais dos alunos.

III. Corresponde a toda modalidade de influências e inter-relações que convergem para a formação de traços da personalidade
social e do caráter, implicando uma concepção de mundo, ideais, valores, modos de agir que se traduzem em convicções
ideológicas, morais, políticas, princípios de ação frente a situações e desafios da vida prática.

As definições acima correspondem, respectivamente, à:

A- educação, instrução e pedagogia. B-didática, pedagogia e educação.

C-pedagogia, didática e educação. D-pedagogia, instrução e didática.

E-pedagogia, instrução e educação.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - As ideias de Anísio Teixeira influenciaram todos os setores da educação no
Brasil e no sistema educacional da América Latina. Entre as suas contribuições, pode-se citar a criação do Centro Educacional
Carneiro Ribeiro, em Salvador (que ainda existe até os dias atuais). O Centro foi a primeira experiência brasileira de promoção de
educação:

A- infantil baseada em jogos. B-cultural e profissional para jovens. C-para as classes populares.

D- inclusiva para adultos E- especial para crianças.

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - A Lei de diretrizes e bases 9.394/96, no que diz respeito a gestão
democrática determina que:

A- Cabe aos sistemas de ensino definir as normas de gestão democrática do ensino público e privado na educação básica, de
acordo com suas peculiaridades.

B- Competem às escolas privadas e públicas a elaboração de um modelo próprio de gestão democrática.


C- Cabe aos sistemas de ensino definir as normas de gestão democrática do ensino público na educação básica, de acordo com
suas peculiaridades.

D- Cada modalidade e nível de ensino deve seguir um modelo adequado de gestão.

E- Sejam realizadas eleições diretas para gestor escolar nas escolas públicas e privadas de todo sistema de ensino.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Segundo o Regime Jurídico Estatutário dos Servidores Públicos do
Município de Cacoal – RO, é vedado ao servidor público:

A- guardar sigilo sobre assuntos da repartição.

B- ausentar-se do serviço, mesmo que autorizado por seu superior imediato.

C- representar contra ilegalidade ou abuso de poder.

D- ser assíduo ao serviço.

E-promover manifestação de apreço no recinto d a repartição.

leia o texto relacionado Tragédia em Mariana com a questão: (IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - “agora,
a maioria das informações sobre o que realmente aconteceu não foram ainda disponibilizadas” Em qual das alternativas o trecho
acima está reescrito sem alteração do sentido inicial ou desobediência das normas gramaticais vigentes?

A- “por isso, a maioria das informações sobre o que realmente aconteceu não foram ainda disponibilizadas”

B-“nem sempre, a maioria das informações sobre o que realmente aconteceu não foram ainda disponibilizadas”

C- “como sempre, a maioria das informações sobre o que realmente aconteceu não foram ainda disponibilizadas”

D- “portanto, a maioria das informações sobre o que realmente aconteceu não foram ainda disponibilizadas”

E-“entretanto, a maioria das informações sobre o que realmente aconteceu não foram ainda disponibilizadas”

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Marque a alternativa referente ao teórico que defendeu a ideia de que “a
aprendizagem deveria se aproximar ao máximo da vida prática do aluno e, portanto, a escola deveria preparar seus alunos para a
vida democrá- tica, para a participação social, dando preferência à aprendizagem por descoberta”.

A- Burrhus Frederic Skinner B- Jean Piaget C- John Dewey

D- Lev Vygotsky E- Sigmund Freud

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - Tanto Piaget quanto Vygotsky sugerem, de maneira firme em seus estudos, a
intervenção pedagógica desafiadora, seguindo o princípio de que o único bom ensino é o que acompanha o desenvolvimento dos
alunos, salientando a importância da confiança mútua e da reciprocidade do pensamento educador/educando. Dessa forma, os
dois estudiosos fundamentam o papel insubstituível do educador na construção do conhecimento:

A- apresentando estudos e pesquisas que comprovam biologicamente a necessidade de socialização dos educandos.

B-manifestando a ideia da relação necessária de afeto e estudo como pontos fundamentais para o aprendizado.

C- demonstrando a importância do caráter preponderantemente informativo nos processos de memorização.

D- argumentando que o desenvolvimento humano se dá somente na presença de outros seres humanos da mesma idade.
E- defendendo a importância da interação como desencadeadora dos processos de aprendizagem e desenvolvimento.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Entendendo a globalização como um fenômeno multifacetado, com
dimensões econômicas, sociais, políticas, culturais, religiosas e jurídicas interligadas de forma complexa, Sousa Santos (2002),
vale examinar que consequências tal processo provoca na educação. Alça-se flexibilidade à condição de mola-mestra do sistema.
Atacam-se a rigidez da burocracia e os prejuízos de uma rotina cristalizada. Essas modificações na esfera do trabalho, em nível
global, refletem-se no redimensionamento do:

A- plano nacional de educação. B-trabalho pedagógico. C- índice de desenvolvimento humano.

D-plano municipal de educação. E- sistema de ensino.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - A avaliação é parte integrante e fundamental do processo educativo.
Por meio dela, o professor fica sabendo como está a aprendizagem dos alunos e obtém indícios para refletir e melhorar a sua
própria prática pedagógica. Assinale a alternativa que foge ao padrão indicado para a atual prática avaliativa.

A- Avaliar por um trabalho em grupo. B- Usar a auto avaliação.

C- Avaliar o processo educacional. D- Observar a participação na aula. E- Privilegiar testes e provas.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Segundo Vasconcellos (2002), Projeto Político Pedagógico é “a
sistematização, nunca definitiva, de um processo de Planejamento Participativo, que se aperfeiçoa e se concretiza na caminhada,
que define claramente o tipo de ação educativa que se quer realizar. É um importante caminho para a construção da identidade da
instituição. É um instrumento teórico-metodológico para a intervenção e mudança da realidade. É um elemento de organização e
integração da atividade prática da instituição nesse processo de transformação.” Os processos envolvidos na elaboração de um
Projeto Político-Pedagógico são os de:

A- observação, investigação e sistematização. B- avaliação, cooperação e negociação.

C- participação, cooperação e sistematização. D- avaliação, interação e negociação.

E- participação, mobilização e negociação.

A entrada dos prisioneiros foi comovedora (...)

Os combatentes contemplavam-nos entristecidos. Surpreendiam-se; comoviam-se. O arraial, in extremis, punha-lhes adiante,


naquele armistício transitório, uma legião desarmada, mutilada faminta e claudicante, num assalto mais duro que o das trincheiras
em fogo. Custava-lhes admitir que toda aquela gente inútil e frágil saísse tão numerosa ainda dos casebres bombardeados
durante três meses. Contemplando-lhes os rostos baços, os arcabouços esmirrados e sujos, cujos molambos em tiras não
encobriam lanhos, escaras e escalavros – a vitória tão longamente apetecida decaía de súbito. Repugnava aquele triunfo.
Envergonhava. Era, com efeito, contraproducente compensação a tão luxuosos gastos de combates, de reveses e de milhares de
vidas, o apresamento daquela caqueirada humana – do mesmo passo angulhenta e sinistra, entre trágica e imunda, passando-
lhes pelos olhos, num longo enxurro de carcaças e molambos... Nem um rosto viril, nem um braço capaz de suspender uma arma,
nem um peito resfolegante de campeador domado: mulheres, sem-número de mulheres, velhas espectrais, moças envelhecidas,
velhas e moças indistintas na mesma fealdade, escaveiradas e sujas, filhos escanchados nos quadris desnalgados, filhos
encarapitados às costas, filhos suspensos aos peitos murchos, filhos arrastados pelos braços, passando; crianças, sem-número
de crianças; velhos, sem-número de velhos; raros homens, enfermos opilados, faces túmidas e mortas, de cera, bustos dobrados,
andar cambaleante. (CUNHA, Euclides da. Os sertões: campanha de Canudos.Edição Especial. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1980.)

leia o texto relacionado com a questão: (IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - No último parágrafo do
texto:

A- O autor empregou o recurso estilístico da repetição para enfatizar a dramaticidade na descrição dos prisioneiros.

B- O autor optou por frases indicativas de ação (orações), a fim de caracterizar a lentidão dos movimentos dos rendidos.

C- A predominância de sentenças nominais se deu pela opção do autor em enfatizar a rápida rendição dos derrotados.
D- Ao ressaltar o tom lento e arrastado do caminhar dos prisioneiros, o autor cria uma quebra de expectativa em relação ao início
do texto, no qual somos levados a acreditar que a luta se reiniciaria.

E- O excesso de adjetivação cria uma atmosfera de fantasia, tornando difícil o leitor identificar traços de verossimilhança.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - Os três anos iniciais do Ensino Fundamental devem assegurar:

A a alfabetização e o letramento.

B o desenvolvimento das diversas formas de expressão, incluindo o aprendizado da Língua Portuguesa, da Literatura, da Música
e demais Artes, da Educação Física, assim como o aprendizado da Matemática, de Ciências, de História e de Geografia.

C a continuidade da aprendizagem, tendo em conta a complexidade do processo de alfabetização e os prejuízos que a repetência
pode causar no Ensino Fundamental como um todo e, particularmente, na passagem do primeiro para o segundo ano de
escolaridade e deste para o terceiro. (Parecer CNE/CEB 11/2010)

Para tanto, é necessário considerar os três anos iniciais do Ensino Fundamental voltados para ampliar as oportunidades de
sistematização e aprofundamento das aprendizagens básicas, imprescindíveis para o prosseguimento dos estudos, a todos os
alunos. E, ainda, devem ser considerados como:

A- um bloco pedagógico ou um ciclo sequencial não passível de interrupção.

B- séries que determinam uma duração e se completam nelas mesmas.

C- conjuntos de atividades que se complementam numa continuidade curricular.

D- um grupamento com projetos específicos lúdicos e de socialização.

E- um ciclo para atendimento dos alunos com dificuldades de aprendizagem.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Gradativamente, a escola vai se convertendo em um “espaço de
síntese”, Libâneo (2004).Aescola de hoje não pode limitar-se a passar informação sobre as matérias, a transmitir o conhecimento
do livro didático. Ela é urna síntese entre a cultura experienciada que acontece na cidade, na rua, nas praças, nos pontos de
encontro, nos meios de comunicação, na família, no trabalho etc. e a cultura formal que é o domínio dos conhecimentos, das
habilidades de pensamento. O valor da aprendizagem escolar, com a ajuda pedagógica do professor, está justamente na sua
capacidade de introduzir os alunos nos significados da cultura e da ciência por meio de mediações: Formativas e informativas.

A- linguísticas e cognitivas. B- cognitivas e interacionais. C- informativas e interacionais.

D- formativas e cognitivas.

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Em 1534, o rei D. João III dividiu o Brasil em Capitanias Hereditárias. O que
hoje é o território fluminense ficou dividido entre duas Capitanias: de São Tomé, pertencente a Pero de Góis de Silveira, e a de
São Vicente, pertencente a Martim Afonso de Souza. Sobre os aspectos históricos do atual Estado do Rio de Janeiro, assinale a
alternativa incorreta:

A- Pero de Góis deu início a ocupação denominada Vila da Rainha, próxima ao Rio Itabapoana, origem do município de São João
da Barra. Ajudados pelos índios goitacazes, os colonos prosperaram o povoamento.

B- Em 1555, os franceses, liderados por Nicolau Durand de Villegagnon, deram início à invasão a Baía de Guanabara no Rio de
Janeiro, tendo o apoio dos índios tamoios.

C- A Capitania de São Vicente estendia-se do Rio Macaé até o atual estado do Paraná, e foi ocupada principalmente na parte sul
do que hoje é o atual estado de São Paulo.

D- O Governador Geral à época, Mem de Sá, enviou em 1560, uma expedição para lutar contra a invasão francesa.

E- Em 1º de março de 1565, foi fundada por Estácio de Sá, a Cidade do Rio de Janeiro, localizada entre os morros Cara de Cão e
Pão de Açúcar.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - Leia o seguinte fragmento da Resolução no 4, de 13 de julho de 2010, que
define as diretrizes curriculares nacionais gerais.
I a Educação Infantil, que compreende: a Creche, englobando as diferentes etapas do desenvolvimento da criança até 3 (três)
anos e 11 (onze) meses; e a Pré-Escola, com duração de 2 (dois) anos.

II o Ensino Fundamental, obrigatório e gratuito, com duração de 9 (nove) anos, é organizado e tratado em duas fases: a dos 5
(cinco) anos iniciais e a dos 4 (quatro) anos finais.

III o Ensino Médio, com duração mínima de 3 (três) anos. Estas são as etapas previstas para a(o):

A- Pedagogia Privada. B- Currículo Federal. C-Ensino Público.

D- Educação Básica. E- Escola Urbana.

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - A avaliação educacional se configura como um momento importante da
prática pedagógica. Marque a alternativa que não condiz com o pensamento atual sobre o processo avaliativo.

A- A escola, os docentes, os discentes e os pais e/ou responsáveis necessitam da comprovação apenas quantitativa dos
resultados do ensino e da aprendizagem para analisar e avaliar o trabalho desenvolvido.

B- A avaliação é uma tarefa didática necessária e permanente do trabalho docente, que deve acompanhar passo a passo o
processo de ensino e aprendizagem.

C- A avaliação é uma tarefa complexa que não se resume à aplicação de provas, atribuição de notas e classificação dos alunos.

D- A avaliação cumpre funções pedagógico-didáticas, de diagnóstico e de controle em relação às quais se recorre a instrumentos
de verificação do rendimento escolar.

E- A avaliação é uma apreciação qualitativa sobre dados relevantes do processo de ensino e aprendizagem que auxilia o docente
a tomar decisões sobre o seu trabalho.

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - Paulo Freire anuncia a solidariedade enquanto compromisso histórico de
homens e mulheres, como uma das formas de luta capazes de promover e instaurar a "ética universal do ser humano". Nesse
sentido, o referido educador NÃO:

A- Condena a exploração da força de trabalho do ser humano.

B- Rejeita as manifestações discriminatórias de raça, de gênero, de classe.

C- Defende a ética do mercado.

D- Advoga pela postura na qual quando não se aceita a concepção pedagógica deste ou daquela autora, deve se expor aos
alunos as razões pelas quais se opõe a ela. Dessa forma o preparo científico do professor ou da professora deve coincidir com
sua retidão ética.

E- Defende que a luta dos professores em defesa de seus direitos e de sua dignidade deve ser entendida como um momento
importante de sua prática docente, enquanto prática ética.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - Segundo Gandin, o planejamento participativo, como instrumento e
metodologia, isto é, como processo técnico, abre espaços para a dimensão política. As questões da qualidade, da missão e,
obviamente, da participação são especialmente valorizadas. Mais do que isso, assumem um caráter de proposta de futuro para a
instituição que se planeja, onde deve estar contido um ideal do campo de ação da instituição. Ainda segundo o autor, o
planejamento participativo parte do pressuposto e do entendimento sobre o nosso mundo, em que é fundamental a ideia de que a
nossa realidade é:

A- determinada pelo sistema econômico e que não há espaço para transformações profundas e democráticas.

B- injusta e de que essa injustiça se deve à falta de participação em todos os níveis e aspectos da atividade humana.

C- participativa, na medida do possível social e político, e de acordo com a legislação constitucional vigente.

D- altamente competitiva, em que os cidadãos de maior dificuldade e empenho serão recompensados pelos seus méritos.
E-construída sob alicerces político partidários e segue as determinações abusivas das instituições fazendárias.

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - A avaliação institucional externa assume no contexto educacional a
função de:

A- Orientar a prática docente, através da análise de especialistas e de dicas sobre como ensinar.

B- Oferecer um panorama do desempenho educacional da escola e possibilitar aos gestores a implementação de políticas
públicas.

C- Orientar o coordenador da escola sobre a formação didática e teórica dos docentes.

D- Classificar as escolas e premiar os gestores e coordenadores pedagógicos com maior proficiência.

E- Apontar as fragilidades da instituição para que estas se tornem autônomas e busquem resolver seus problemas internos e
externos através da aquisição de recursos próprios.

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Uma grande rede de lanchonetes que possui 25 lojas espalhadas pelo país
e que funciona todos os sete dias da semana (“de segunda a domingo”), contratou 26 novos funcionários. Com relação aos novos
contratados, o que é necessariamente verdade?

A- Exatamente quatro deles começarão a trabalhar em um mesmo dia da semana.

B- Apenas sete começarão a trabalhar na mesma semana.

C- Ao menos três começarão a trabalhar numa sexta feira.

D- Ao menos dois dos novos contratados irão trabalhar em uma mesma loja.

E- No máximo oito dos novos contratados começarão a trabalhar em uma mesma loja.

leia o texto relacionado A entrada dos prisioneiros foi comovedora (...) com a questão

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - “...a vitória tão longamente apetecida decaía de súbito .” A partir da
leitura do trecho e observando o ponto de vista dos soldados vitoriosos, é correto afirmar que eles:

A- Envergonharam-se ao ver a fragilidade do inimigo.

B- Surpreenderam-se por terem munição suficiente durante três meses.

C- Admitiram a incapacidade de lutar contra um inimigo desarmado.

D- Comoveram-se com os casos de mutilação que encontraram antes da luta.

E- Desistiram de lutar, mesmo antes da rendição, só ao avistar a condição da tropa inimiga.

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - De acordo com Libâneo, a didática trata dos objetivos, condições e
meios de realização do processo de ensino, unindo meios pedagógico-didáticos a objetivos sócio-políticos. Neste sentido,

A- Os conteúdos devem ser trabalhados de forma acrítica e inflexível para não intervir no produto.

B- O ensino deve ser planejado a partir de propósitos claros sobre a sua finalidade, tendo em vista que os alunos estão sendo
preparados para viverem em sociedade.

C- As questões de ordem social sempre prevalecem sobre as de ordem pedagógica.

D- Os planejamentos indicam a necessidade de serem neutros e escolarizados.


E- Os estudantes são vistos enquanto seres passivos, daí porque a facilidade de aprendizagem.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Referente aos métodos de ensino, é correto afirmar que estes:

A- independem de objetivos gerais e conteúdos.

B- restringem-se a conjuntos de procedimentos que serão utilizados.

C- regulam as formas de interação entre ensino e aprendizagem.

D- atendem exclusivamente aos objetivos específicos.

E- independem dos objetivos imediatos da aula.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Segundo Rangel e Freire , “Mídias não constituem um mal a ser
combatido, mas um espaço de linguagem a ser habitado [...]” A utilização das mídias digitais no processo educativo, de modo
produtivo, auxilia o estudante no desenvolvimento do pensamento:

A- complexo. B- formatado. C- compartimentado. D- linear. E- fragmentado.

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Uma canoa todos os dias tem dois trajetos a percorrer. De um ponto P de
uma margem para dois pontos distintos, A e B, na outra margem do rio. As distâncias, em linha reta, entre esses pontos são: PA =
60 m, PB = 40 m e AB = 53 m. Qual é a medida que mais se aproxima do valor do menor ângulo formado pelos trajetos PA e PB?

A- 45°. B- 30°. C- 90°. D- 75°. E- 60°.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Assinale a alternativa correta no que diz respeito à característica legal
dos atos de improbidade administrativa.

A- Dependem da ocorrência de dolo do agente. B-Só podem ser praticados por servidor público.

C- Dependem da ocorrência de enriquecimento ilícito.

D- Não são capazes de ensejar perda da função pública, mas apenas suspensão dos direitos políticos.

E- Podem ser praticados por empregado de sociedade de economia mista.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - “O conceito de „Educação em Rede‟ envolve um desenho curricular flexível,
sintetizado na expressão vigotskiana ensinar/aprender e na postura freiriana de sermos eternos aprendizes. A primeira, porque se
refere ao processo no qual nos incluímos como aprendizes num contexto global de relações dialógicas.” (Margarita Gomez). A
segunda, porque:

A- reconhecemos que a aprendizagem formal e obrigatória se esgota ao final dos anos escolares de estudos.

B- não há aprendizagem sem planificação e dependerá sempre do grupo de alunos com o qual se está lidando.

C- existem objetivos a serem alcançados e que estão sujeitos a circunstâncias que não se pode prever nem controlar.

D- temos certeza de que não sabemos tudo, nem ignoramos tudo, mas que podemos saber mais em comunhão.

E- acreditamos que aprender pela vida inteira é uma situação que surge em decorrência do contexto econômico e social.

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - Quanto à matriz curricular, as Diretrizes Curriculares Nacionais para a
Educação Básica, propõem enquanto critérios de organização:
A- Duração mínima anual de 200 dias letivos, sendo 20 desses dedicados a atividades extraclasse.

B- Destinação de pelo menos 20% do total da carga horária anual aos programas e projetos interdisciplinares eletivos criados pela
escola.

C- Obrigatoriedade de 180 dias letivos de aulas, respeitando-se o calendário agrícola.

D- Destinação de pelo menos 30% do total da carga horária anual aos programas e projetos interdisciplinares eletivos criados pela
escola.

E- Organização e programação prioritariamente em forma de eixos e séries.

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - São diretrizes do Plano Nacional de Educação (PNE), aprovado pela Lei Nº
13.005, de 25 de junho de 2014, exceto:

A- Superação das desigualdades educacionais, com ênfase na promoção da cidadania e na erradicação de todas as formas de
discriminação.

B- Diminuição das taxas de analfabetismo; particularização do atendimento escolar; promoção do princípio da gestão autocrática
da educação pública.

C- Formação para o trabalho e para a cidadania, com ênfase nos valores morais e éticos em que se fundamenta a sociedade.

D- Estabelecimento de meta de aplicação de recursos públicos em educação como proporção do Produto Interno Bruto - PIB, que
assegure atendimento às necessidades de expansão, com padrão de qualidade e equidade.

E- Promoção dos princípios do respeito aos direitos humanos, à diversidade e à sustentabilidade socioambiental.

leia o texto relacionado A hora da estrela com a questão

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - A figura de linguagem presente em “[...] e se reconheceram como dois
nordestinos [...]” (§ 1) é:

A- prosopopeia. B- comparação. C- sinestesia. D- hipérbole. E-metáfora.

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - A Filosofia, ao promover uma reflexão sobre a realidade escolar, contribui
com a ação pedagógica. Marque a alternativa referente ao filósofo que defendia a ideia “de valorização da experiência no
processo do conhecimento; de que há duas fontes possíveis para as ideias - a sensação e a reflexão; de que o conhecimento só
começa após a experiência sensível e, portanto, a mente humana se comportaria como uma ‘tábua rasa’, onde seriam feitas
constantes impressões”.

A- René Descartes B- John Locke C- Immanuel Kant D- Augusto Comte Jean-Jacques Rousseau

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - É característica forte da tendência liberal tecnicista, subordinar a
educação:

A- à sociedade. B- ao aluno. C- ao docente. D- à crítica de conteúdos. E- à crítica social.

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - Para Vasconcellos (2010) o Projeto Político Pedagógico é constituído
por três partes, que se articulam entre si: Marco Referencial, Diagnóstico e Programação. O Marco Referencial é a tomada de
posição da instituição e é composto por três grandes partes, são elas:

A- Marco Situacional, Marco Filosófico e Marco Operativo.

B- Marco Situacional, Marco Diagnóstico e Marco Operativo.


C- Marco Referencial, Marco Operativo e Marco Situacional.

D- Marco Doutrinal, Marco Filosófico e Marco Operativo.

E- Marco Doutrinal, Marco Filosófico e Marco Situacional.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - “À revelia de toda conversa pedagógica, as coisas mudam sob a batuta do
mercado. Infelizmente, estamos inseridos em sociedades que se movem pelo mercado. É forçoso reconhecer que a educação
voltou a ser considerada importante, não por causa da construção e fortalecimento da cidadania” (Pedro Demo), mas porque:

A- faz parceria com instituições privadas. B- não discute os seus objetivos filosóficos.

C- é útil à competitividade globalizada. D- está digitalmente atualizada.

E- participa ativamente da UNESCO.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Novas formas de organizar o trabalho pedagógico da escola têm sido
experimentadas, apontando para um horizonte de democratização do espaço escolar. Em muitos locais, tem-se procurado
programar um processo democrático de gestão, valorizando e incentivando as iniciativas das unidades escolares no que se refere
à democratização do espaço escolar. Destacam-se, nesse processo, dentre outros, a criação do Projeto Político-Pedagógico e da
efetivação de:

A- regimento escolar, conselho de classe, representante de turma e conselho de pais e mestres.

B- conselho escolar, regimento escolar, grêmio estudantil e associação de pais e mestres.

C- conselho escolar, conselho de classe, grêmio estudantil e associação de pais e mestres.

D- avaliação institucional, conselho de classe, grêmio estudantil e conselho de pais e mestres.

E- conselho gestor, conselho de classe, conselho estudantil e conselho de pais.

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - Acerca dos princípios norteadores da Educação Básica, o PNEDH
aponta que:

A- Deve-se garantir o acesso e a permanência, principalmente das crianças da Educação infantil.

B- Cabe à escola oferecer condições para que o deficiente seja matriculado em salas específicas para que não seja discriminado.

C- A prioridade do acesso e permanência na Educação Básica é do Ensino Fundamental.

D- As condições de acesso, permanência e conclusão devem ser garantidas a todos(as) na educação infantil, ensino fundamental
e médio.

E- A prioridade do acesso e conclusão deve ser dada aos estudantes do ensino médio para que estes ingressem na universidade

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Segundo Cunha (2006), “É a pertinência em relação à complexidade
dos desafios culturais, de modos de vida e de comportamentos assimilados e transmitidos na vivência histórica e cotidiana
marcada pela lógica comunicacional da rede hipertextual, da multiplicidade, da interatividade, da imaterialidade, d a v i r t u a l i d a
d e , d o t e m p o r e a l , d a multissensorialidade e da multidirecionalidade que definem o conceito de:

A- sociocultura. B- intercultura. C- multicultura. D- cybercultura. E- semicultura.

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Marque a alternativa referente ao teórico que defendeu a ideia de que “a
escola, como todas as outras instituições sociais, atua no cotidiano dos homens, e é a partir da dicotomia ‘mudança versus
conservação’ que ela deve ser analisada; além disso, a alienação e os preconceitos também se destacam como dois elementos
básicos que contribuem para a reprodu- ção da sociedade capitalista no cotidiano”.

A- Karl Marx B- Auguste Comte C- Max Weber D- Émile Durkheim E- Karl Mannheim

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - O Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos (PNEDH),
apoiado em documentos nacionais e internacionais, foi lançado em 2003. No que concerne à Educação Básica, o PNEDH indica a
necessidade de uma ação pedagógica conscientizadora e libertadora voltada para:

A- A construção de indivíduos autônomos, a meritocracia e a valorização das individualidades.

B- O respeito e valorização da diversidade, os conceitos de sustentabilidade e a formação da cidadania ativa.

C- O acúmulo dos conteúdos historicamente construídos, a valorização docente e as redes individuais.

D- A valorização das maiorias e políticas compensatórias para as minorias.

E-A valorização dos grupos minoritários e a criação de espaços específicos para atender os excluídos socialmente.

leia o texto relacionado A hora da estrela com a questão

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Assinale a alternativa cujo termo destacado possui classe gramatical
DIFERENTE da dos demais.

A- “[...] bichos da mesma espécie QUE se farejam. [...]” B- “[...] ela nem notou QUE ele não se chamava [...]”

C- “[...] Fora criado por um padrasto QUE lhe ensinara [...]”

D- “[...] mãos caminhavam na chuva QUE na cara de Macabéa parecia lágrimas escorrendo.”

E- “[...] sobrenome dos QUE não têm pai. [...]”

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - Para Celso Vasconcellos, o coordenador pedagógico deve ser mais educador,
menos burocrata e controlador. Os conflitos não devem ser resolvidos com o poder autoritário. Educação é, antes de tudo,
envolvimento e compromisso. Para tanto, o autor reconhece que um caminho mais adequado de relacionamento com os
professores é:

A- criar um ambiente de amizade e confiança. B-decidir coletivamente o que vai ser feito.

C- propiciar momentos de confraternização. D-participar de dinâmicas de grupo.

E- apresentar exemplos de outras escolas .

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - “O conceito de „Educação em Rede‟ envolve um desenho curricular flexível,
sintetizado na expressão vigotskiana ensinar/aprender e na postura freiriana de sermos eternos aprendizes. A primeira, porque se
refere ao processo no qual nos incluímos como aprendizes num contexto global de relações dialógicas.” (Margarita Gomez). A
segunda, porque:

A- reconhecemos que a aprendizagem formal e obrigatória se esgota ao final dos anos escolares de estudos.

B- não há aprendizagem sem planificação e dependerá sempre do grupo de alunos com o qual se está lidando.

C- existem objetivos a serem alcançados e que estão sujeitos a circunstâncias que não se pode prever nem controlar.

D- temos certeza de que não sabemos tudo, nem ignoramos tudo, mas que podemos saber mais em comunhão.

E- acreditamos que aprender pela vida inteira é uma situação que surge em decorrência do contexto econômico e social.
leia o texto relacionado A entrada dos prisioneiros foi comovedora (...) com a questão

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - No último parágrafo do texto:

A- O autor empregou o recurso estilístico da repetição para enfatizar a dramaticidade na descrição dos prisioneiros.

B- O autor optou por frases indicativas de ação (orações), a fim de caracterizar a lentidão dos movimentos dos rendidos.

C- A predominância de sentenças nominais se deu pela opção do autor em enfatizar a rápida rendição dos derrotados.

D- Ao ressaltar o tom lento e arrastado do caminhar dos prisioneiros, o autor cria uma quebra de expectativa em relação ao início
do texto, no qual somos levados a acreditar que a luta se reiniciaria.

E-O excesso de adjetivação cria uma atmosfera de fantasia, tornando difícil o leitor identificar traços de verossimilhança.

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - Ao objetivar a inclusão social, a educação escolar deve estar
fundamentada, EXCETO:

A- Homogeneidade B- Diversidade C- Pluralidade D- Sustentabilidade E- Cidadania

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - De acordo com Moreira , “Ao invés de apresentar uma teoria da
aprendizagem, Rogers propõe uma série de princípios de aprendizagem.” Sobre esses princípios de Rogers, é correto afirmar que:

A- o conteúdo trabalhado não necessita fazer sentido para o aluno.

B- a aprendizagem significante se limita ao aumento de conhecimento.

C- são idênticos aos da teoria da aprendizagem significativa de Ausubel.

D- todo sujeito tem potencial e desejo natural para aprender.

E- a aprendizagem que envolve mudança não gera resistência pelo aluno.

leia o texto relacionado Mania de perseguição com a questão

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - “Pois bem, a mesma coisa aconteceu-me semana passada,...” / “É
aquele negócio: afrouxa os parafusos, levanta o carro com o macaco, tira o pneu furado... Só que, quando peguei o estepe,
verifiquei que ele também estava vazio.” Considerando as expressões destacadas, assinale a opção CORRETA:

A- São expressões que destoam do quadro expressivo geral reinante no texto.

B- O narrador, ao se exceder no emprego de expressões orais, tornou o texto ininteligível.

C- O demasiado uso de expressões comunicativas formais faz o texto parecer muito erudito.

D- O narrador, ao usar tais expressões, acabou se distanciando do leitor no processo interlocutório.

E- São recursos expressivos, utilizados pelo narrador, que potencializam os traços da oralidade e da informalidade, que
aproximam o falante do leitor como se estivessem numa conversa ou num bate papo.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Segundo disposto na Constituição Federal, em caso de iminente perigo
público:

A- a autoridade competente poderá usar de propriedade particular, assegurada ao proprietário indenização ulterior, se houver
dano.
B- a autoridade competente poderá usar de propriedade particular, assegurada ao proprietário prévia indenização.

C- qualquer um do povo poderá usar de propriedade particular, assegurada ao proprietário indenização ulterior, se houver dano.

D- qualquer um do povo poderá usar de propriedade particular, não lhe sendo exigível indenização ulterior ao proprietário.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - Segundo José Morán, a educação por meio da internet caracteriza-se por ser
aberta, por definir um novo paradigma que busca educar para saber compreender, sentir, comunicar-se e agir melhor, integrando
a comunicação pessoal, a comunitária e a tecnológica. Implica, ainda, em:

A- pouco controle por parte do professor, indisciplina, desrespeito e acesso a sites inadequados e utilização de celulares.

B- falta de concentração, escrita resumida e com erros de ortografia, imagens excessivas e informação em tempo real.

C- aprendizagem cooperativa, pesquisa em grupo, troca de mensagens e visitas a sites com propostas educativas.

D- possibilidade de aprendizagem de outras línguas, pesquisas imediatas, referências superficiais e, às vezes, equivocadas.

E- comunicação com pessoas de outros países, colaboração em trabalhos acadêmicos, cursos à distância e utilização de fones.

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - Para Vasconcellos (2010) o Projeto Político Pedagógico é constituído
por três partes, que se articulam entre si: Marco Referencial, Diagnóstico e Programação. O Marco Referencial é a tomada de
posição da instituição e é composto por três grandes partes, são elas:

A- Marco Situacional, Marco Filosófico e Marco Operativo.

B- Marco Situacional, Marco Diagnóstico e Marco Operativo.

C- Marco Referencial, Marco Operativo e Marco Situacional.

D- Marco Doutrinal, Marco Filosófico e Marco Operativo.

E- Marco Doutrinal, Marco Filosófico e Marco Situacional.

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - Paulo Freire anuncia a solidariedade enquanto compromisso histórico de
homens e mulheres, como uma das formas de luta capazes de promover e instaurar a "ética universal do ser humano". Nesse
sentido, o referido educador NÃO:

A- Condena a exploração da força de trabalho do ser humano.

B- Rejeita as manifestações discriminatórias de raça, de gênero, de classe.

C- Defende a ética do mercado.

D- Advoga pela postura na qual quando não se aceita a concepção pedagógica deste ou daquela autora, deve se expor aos
alunos as razões pelas quais se opõe a ela. Dessa forma o preparo científico do professor ou da professora deve coincidir com
sua retidão ética.

E- Defende que a luta dos professores em defesa de seus direitos e de sua dignidade deve ser entendida como um momento
importante de sua prática docente, enquanto prática ética.

leia o texto relacionado A hora da estrela com a questão

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - “[...] Sua exclamação talvez tivesse sido um prenúncio do que ia
acontecer no final da tarde desse mesmo dia: no meio da chuva abundante encontrou (explosão) a primeira espécie de namorado
de sua vida, o coração batendo como se ela tivesse englutido um passarinho esvoaçante e preso. [...]” Com relação aos
componentes desse fragmento do texto, é correto afirmar que:

A- as duas ocorrências do pronome possessivo SUA referem-se a um elemento imediatamente anterior.


B- a palavra SE é um pronome apassivador.

C- a expressão “NO FINAL DA TARDE” é uma circunstância de tempo.

D- a preposição presente em “DE sua vida” indica finalidade.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Com base na LDBEN , marque a alternativa correta referente à
educação especial.

A- O sistema de ensino deve garantir terminalidade específica para a conclusão do Ensino Fundamental.

B- A oferta especializada dessa modalidade tem início aos seis anos de idade.

C- É uma modalidade de educação oferecida somente na rede regular de ensino.

D- O serviço de apoio especializado para atender essa demanda é disponível exclusivamente nas classes especiais.

E- A nomenclatura atualizada em 2013 na Lei passa para: “educandos portadores de necessidades especiais”.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - Os três anos iniciais do Ensino Fundamental devem assegurar:

A a alfabetização e o letramento.

B o desenvolvimento das diversas formas de expressão, incluindo o aprendizado da Língua Portuguesa, da Literatura, da Música
e demais Artes, da Educação Física, assim como o aprendizado da Matemática, de Ciências, de História e de Geografia.

C a continuidade da aprendizagem, tendo em conta a complexidade do processo de alfabetização e os prejuízos que a repetência
pode causar no Ensino Fundamental como um todo e, particularmente, na passagem do primeiro para o segundo ano de
escolaridade e deste para o terceiro. (Parecer CNE/CEB 11/2010)

Para tanto, é necessário considerar os três anos iniciais do Ensino Fundamental voltados para ampliar as oportunidades de
sistematização e aprofundamento das aprendizagens básicas, imprescindíveis para o prosseguimento dos estudos, a todos os
alunos. E, ainda, devem ser considerados como:

A- um bloco pedagógico ou um ciclo sequencial não passível de interrupção.

B- séries que determinam uma duração e se completam nelas mesmas.

C- conjuntos de atividades que se complementam numa continuidade curricular.

D- um grupamento com projetos específicos lúdicos e de socialização.

E- um ciclo para atendimento dos alunos com dificuldades de aprendizagem.

leia o texto relacionado A hora da estrela com a questão

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Em “Maio, MÊS DAS BORBOLETAS NOIVAS FLUTUANDO EM
BRANCOS VÉUS. [...]” o trecho destacado marca:

A- intercalação do adjunto adverbial. B- um comentário acessório.

leia o texto relacionado A entrada dos prisioneiros foi comovedora (...) com a questão

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - A condição em que se encontravam os prisioneiros:

A- Absolve os poderes públicos da responsabilidade sobre as populações que se rebelam.


B- Aponta mais para uma questão social e não militar.

C- Implica na necessidade de desmilitarização de diversos setores da sociedade.

D- Denuncia que os crimes de guerra não são revelados até que estejam prescritos.

E- Revela que a pobreza extrema e a fome sempre suscitam nas populações vitimadas o desejo de guerrear.

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Com relação às teorias pedagógicas, marque a alternativa referente à
tendência pedagógica que defendia as seguintes ideias: “a escola está voltada para a formação de atitudes, razão pela qual deve
estar preocupada com os problemas psicológicos e não com os pedagógicos ou sociais; o objetivo do trabalho escolar se esgota
nos processos de melhor relacionamento interpessoal, como condição para o crescimento pessoal; a motivação resulta do desejo
de adequação pessoal na busca da autorrealização; privilegia-se a autoavaliação”.

A- Tendência Progressista Crítico-Social dos Conteúdos

B- Tendência Progressista Libertadora C- Tendência Liberal Tradicional

D- Tendência Liberal Renovada Progressivista E- Tendência Liberal Renovada Não-diretiva

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - As diretrizes e bases da educação nacional estão expressas na Lei
9.394/96. Considerando que a referida Lei utiliza os termos etapas e modalidades, relacione:

(I) Etapa
(II)Modalidade

( ) Ensino Médio ( ) Educação Especial ( ) Educação Infantil ( ) Ensino Fundamental

A sequência correta é:

A- I, I, I, II B- II, II, I, II C- I, II, I, I D-II, II, II, I E-II, I, II, I

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Quais são as versões do Windows 7 disponíveis no mercado?

A- Starter, Home Basic, Home Premium B- Starter, Home Basic, Home Premium, Professional

C- Starter, Home Basic, Home Premium, Professional, Ultimate

D- Enterprise, Ultimate, Professional, Home Premium, Home Baisc, Starter

E- Professional, Enterprise

Tragédia em Mariana

“A tragédia que iniciou com o rompimento da barragem de rejeitos de minérios em Mariana-MG e se estendeu até o Leste do
Espírito Santo, mar adentro, nos faz refletir quais ações poderiam ter sido executadas para evitar esse desastre. A maioria dos
especialistas afirma que rompimentos de barragens são eventos muito lentos, que sinais já haviam sido detectados sobre o
problema em Mariana. Todos dizem que houve negligência e consequentemente o desastre; agora, a maioria das informações
sobre o que realmente aconteceu não foram ainda disponibilizadas, mesmo após tantos dias. Ao olharmos para o estado da
Bahia, temos vinte e quatro barragens de rejeitos semelhantes à Barragem do Fundão. E com informações de que quatro delas
apresentam dano potencial elevado, sendo duas localizadas no município de Jacobina e duas em Santa Luz, estando todas sob
constante vigilância da Departamento Nacional de Produção Mineral.”

(http://www.tribunafeirense.com.br/noticias/11162/por-pedroamerico-lopes-e-preciso-aprender-com-os-desastres.html)

leia o texto relacionado com a questão. (IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - Em qual das alternativas
houve erro na colocação pronominal:
A- “Desconhecido pela maioria dos turistas, um impressionante caldeirão de chamas amarelo brilhante e sem fumaça nunca se
apaga.”

B- “Delicadeza é aquilo que nos alcança sem nos tocar. É a melodia que nos embala mesmo em silêncio. É quando a boca
empresta um sorriso aos olhos sem que nenhuma cobrança seja feita.”

C- “Concentre-se naquilo que você é bom, delegue todo o resto.”

D- “Ao final, se chegou ao livro digital, com textos e dezenas de imagens coloridas.”

E- “Em se tratando de ato infracional com reflexos patrimoniais, a autoridade poderá determinar, se for o caso, que o adolescente
restitua a coisa”

leia o texto relacionado A entrada dos prisioneiros foi comovedora (...) com a questão

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - “...a vitória tão longamente apetecida decaía de súbito .” A partir da
leitura do trecho e observando o ponto de vista dos soldados vitoriosos, é correto afirmar que eles:

A- Envergonharam-se ao ver a fragilidade do inimigo.

B- Surpreenderam-se por terem munição suficiente durante três meses.

C- Admitiram a incapacidade de lutar contra um inimigo desarmado.

D- Comoveram-se com os casos de mutilação que encontraram antes da luta.

E- Desistiram de lutar, mesmo antes da rendição, só ao avistar a condição da tropa inimiga.

leia o texto relacionado A hora da estrela com a questão

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Em uma das alternativas a seguir, o termo destacado funciona como
agente do termo anterior.Assinale-o.

A- com voz cantante (§ 3) B- de operário (§ 13) C- por um padrasto (§ 12)

D- em desespero (§ 10) E- numa metalúrgica (§ 13)

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - A morte de Hugo Chávez, presidente da Venezuela, em março de 2013,
abre um período de incertezas não só para o país, mas também para outras nações latino-americanas que seguiam de perto as
políticas desenvolvidas pelo líder venezuelano. Apesar das incertezas e dos questionamentos sobre o processo eleitoral naquele
país, um novo presidente foi eleito em abril de 2013. O presidente eleito da Venezuela é:

A- Henrique Capriles. B- Evo Morales. C- Nicolás Maduro.

D- Juan Manoel Santos. E- José Mujica.

leia o texto relacionado A hora da estrela com a questão

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Há desvios da norma culta no texto. Assinale a alternativa que indica
um deles.

A- Em lugar de TALVEZ TIVESSE SIDO (§ 1), deveria estar escrito TIVESSE SIDO TALVEZ.

B- Deveria haver uma vírgula depois do termo “Da segunda vez em que se encontraram [...]” (§ 6)

C- Assim como no período anterior, o verbo da oração “Mas ela e Olímpico eram alguém no mundo. [...]” (§ 13) deveria estar no
imperfeito do subjuntivo.

D- O vocativo SENHORINHA (§ 4) deveria estar, obrigatoriamente, no início da frase.


E- O vocábulo PRENÚNCIO (§ 1) não deveria estar acentuado.

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - Acerca dos princípios norteadores da Educação Básica, o PNEDH
aponta que:

A- Deve-se garantir o acesso e a permanência, principalmente das crianças da Educação infantil.

B- Cabe à escola oferecer condições para que o deficiente seja matriculado em salas específicas para que não seja discriminado.

C- A prioridade do acesso e permanência na Educação Básica é do Ensino Fundamental.

D- As condições de acesso, permanência e conclusão devem ser garantidas a todos(as) na educação infantil, ensino fundamental
e médio.

E- A prioridade do acesso e conclusão deve ser dada aos estudantes do ensino médio para que estes ingressem na universidade
e se sintam incluídos socialmente.

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - Em qual dos trechos a seguir a flexão do verbo reflete um uso
adequado da língua:

A- “Enquanto a campanha de vacinação contra o H1N1 não começa, especialistas recomendam que a população se precavenha
redobrando os cuidados com a higiene e evitando aglomerações e o contato com muitas pessoas.”

B- “Cinco pássaros receberam transmissores para monitorar sua adaptação à vida selvagem e se obter financiamento para cinco
novos transmissores, dez novos pássaros serão libertados.”

C- “A mulher requereu o benefício em abril de 2014. Ela apresentou diversos atestados médicos que comprovavam sua situação
delicada e seu histórico de risco, mas o pedido foi indeferido.”

D- “‟A polícia interviu nos confrontos entre adeptos ingleses, russos e franceses‟, disse o chefe local da polícia, que teve de
dispersar os apoiantes das duas seleções e cidadãos franceses pelo terceiro dia consecutivo.”

E- “A cada dois meses acumulados, ele sugere que investidor se presentei com algo que deseja, para se sentir motivado a manter
a reserva.”

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - A Lei nº 10.639/2003, torna obrigatório o estudo da História e Cultura
Afro Brasileira e Africana:

A- Nos estabelecimentos oficiais de ensino e nas comunidades indígenas e quilombolas.

B- Na Educação infantil e ensino fundamental de escolas públicas.

C- Nos estabelecimentos de ensino fundamental e médio, públicos e privados.

D- Nas escolas confessionais e de movimentos populares.

E- Em todos os níveis e modalidades de ensino através da criação de uma nova disciplina curricular.

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - Acerca da oferta da Educação Básica para a população do campo, a
Lei nº 9394/1996, Lei de Diretrizes e Base da Educação Nacional assegura no artigo 28 que:

A- Todas as escolas do campo devem ofertar o ensino em tempo integral.

B- O calendário escolar deve ser igual ao calendário das escolas urbanas para que todos os estudantes tenham as mesmas
oportunidades de ensino.

C- Sejam construídas escolas de referência nucleando-se todas as escolas rurais em seu entorno.
D- O fechamento das escolas do campo seja realizado considerando-se a justificativa apresentada pela secretaria de educação, a
análise do diagnóstico do impacto dessa ação e a manifestação da comunidade escolar.

E- O fechamento das escolas do campo seja efetuado gradativamente, visando-se oferecer escolas com maior estrutura nos
centros urbanos que atendam toda a população rural.

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - A Filosofia, ao promover uma reflexão sobre a realidade escolar, contribui
com a ação pedagógica. Marque a alternativa referente ao filósofo que defendia a ideia “de valorização da experiência no
processo do conhecimento; de que há duas fontes possíveis para as ideias - a sensação e a reflexão; de que o conhecimento só
começa após a experiência sensível e, portanto, a mente humana se comportaria como uma ‘tábua rasa’, onde seriam feitas
constantes impressões”.

A- René Descartes B- John Locke C- Immanuel Kant

D- Augusto Comte E- Jean-Jacques Rousseau

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - “À revelia de toda conversa pedagógica, as coisas mudam sob a batuta do
mercado. Infelizmente, estamos inseridos em sociedades que se movem pelo mercado. É forçoso reconhecer que a educação
voltou a ser considerada importante, não por causa da construção e fortalecimento da cidadania” (Pedro Demo), mas porque:

A- faz parceria com instituições privadas. B- não discute os seus objetivos filosóficos.

C- é útil à competitividade globalizada. D- está digitalmente atualizada.

E- participa ativamente da UNESCO.

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Com relação às Estratégias estabelecidas pelo Plano Nacional de Educa-
ção (PNE), aprovado pela Lei Nº 13.005, de 25 de junho de 2014, marque a alternativa correta.

A- Desativar salas de recursos multifuncionais de forma a promover a formação continuada de professores(as) para o atendimento
educacional especializado em escolas urbanas inclusivas, do campo e indígenas.

B- Promover a busca ativa de crianças e adolescentes fora da escola, em parceria com órgãos públicos de assistência social,
saúde e proteção à infância, adolescência e juventude.

C- Definir, em regime de colaboração apenas entre os Estados e os Municípios, metas de expansão das respectivas redes
públicas de educação infantil segundo padrão nacional de qualidade, sem considerar as peculiaridades locais.

D- Garantir a fruição de bens e espaços culturais, de forma regular, bem como a ampliação da prática desportiva, desvinculada do
currículo escolar.

E- Atender às escolas do campo e de comunidades indígenas e quilombolas na oferta de educação em tempo integral, com base
em consulta prévia e informada, desconsiderando-se as peculiaridades locais.

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - A educação inclusiva tem suas bases firmadas no princípio da
inclusão, para o qual:

A- As escolas de educação infantil devem priorizar o atendimento às pessoas com deficiência e altas habilidades.

B- As escolas devem acomodar todas as crianças, independente das condições físicas, intelectuais, emocionais, sociais e
linguísticas.

C- As escolas devem selecionar as crianças com poucas condições de aprendizagem para atendê-las em turmas específicas.

D- A inclusão diz respeito especificamente às crianças que possuem algum tipo de deficiência.

E- Todas as crianças nascem com as mesmas condições e cabe à escola desenvolvê-las de forma homogênea.
(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - As pesquisas mais recentes em desenvolvimento cognitivo e
neuropsicologia sugerem que as habilidades cognitivas são bem mais diferenciadas e mais específicas do que se acreditava e
questiona a tradicional visão da inteligência, visão que enfatizava s o m e n t e a s h a b i l i d a d e s l i n g u í s t i c a e lógico-
matemática, mensuradas através de testes psicométricos. Acredita-se, hoje, que o sistema nervoso seja altamente diferenciado e
que diferentes centros neurais processem diferentes tipos de informação favorecendo múltiplas inteligências. Assinale o teórico
responsável pelas pesquisas citadas no enunciado.

A- Jean Piaget. B- Levi Vygotsky. C- Alexander Luria.

D- Howard Gardner. E- Henri Wallon.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - O mesmo processo de mutação social que constitui a “sociedade
escolarizada”, ou seja, a educação escolar como ferramenta essencial para a sobrevivência do indivíduo moderno no mundo
(habilidades, conhecimentos e saberes, competência para uma melhor participação na esfera pública e afirmação de sua
autonomia como sujeito), produz uma enorme crise das possibilidades de mobilidade social ascendente via escola pela escassa
capacidade de absorção no mundo do trabalho dessa população escolarizada. Segundo Sposito (2006), as transformações
estruturais nas últimas três décadas provocaram, entre outros efeitos:

A- frustração e subemprego. B- desassalariamento e desemprego.

C- migração e desassalariamento. D- frustração e migração. E- desemprego e frustração.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - É característica forte da tendência liberal tecnicista, subordinar a
educação:

A- à sociedade. B- ao aluno. C- ao docente. D- à crítica de conteúdos. E- à crítica social.

leia o texto relacionado A entrada dos prisioneiros foi comovedora (...) com a questão

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - Em qual das alternativas abaixo NÃO há um par de sinônimos?

A- Armistício – destruição B- Claudicante – manco C- Reveses – infortúnios

D- Fealdade – feiúra E- Opilados – desnutridos

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - “Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco
a sociedade muda”. Com essa afirmação, Paulo Freire quis dizer que:

A- A educação não vai resolver todos os problemas estruturais de uma dada sociedade, como a desigualdade social, por exemplo,
mas ela é parte fundante desse processo de transformação.

B- É preciso apostar e investir prioritariamente na educação para que a sociedade se transforme do ponto de vista social e
cultural.

C- Existem outros setores prioritários de investimento, tais como a economia, por exemplo, e por consequência do
desenvolvimento desse setor a educação se transforma.

D- O desenvolvimento econômico de uma sociedade depende prioritariamente dos investimentos em educação.

E- A educação seria a principal via revolucionária para romper com a sociedade capitalista e se construir o socialismo.

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - “Se é verdade que, numa boa parte da vida, comi o pão que o Diabo
amassou, devo admitir, hoje, vendo de longe, que foi melhor comer isso que nada.” A primeira expressão sublinhada contém:

A- um campo semântico denotativo B- uma locução de transfiguração da realidade


C- um efeito semântico de conotação D- uma expressão surrealista E- uma construção de sentido indecifrável

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - A educação está vinculada em cada época a uma visão de homem e
de sociedade. O movimento Escola Nova teve suas ideias representadas no Manifesto dos pioneiros da educação nova lançado
em 1932, propondo que:

A- Para uma educação de qualidade social os empresários deveriam investir mais nas escolas públicas.

B- O centro do processo educativo seria o docente, uma vez que este era detentor do conhecimento.

C- A educação é um direito social de cada indivíduo e por isso essencialmente pública.

D- O indivíduo é o centro do processo educativo, partindo-se de uma doutrina de individualismo libertário.

E- O ensino fundamental deveria ser técnico e profissionalizante.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - “Todo sistema de ensino institucionalizado visa, em alguma medida, realizar
de modo organizado e sistemático a inculcação dos valores dominantes e reproduzir as condições de dominação social que estão
por trás de sua ação pedagógica.” (Alberto Tosi)

Essa afirmação é baseada nas ideias de Bourdieu e Passeron, da década de 70, na França. A atualidade da formulação pode ser
confirmada quando a desigualdade já está definida pelo(pela):

A- sistema de cotas. B- mercado de trabalho. C- preconceito social.

D- estrutura curricular. E- seleção escolar.

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - De acordo com o Parecer do Conselho Nacional de Educação/Câmara
de educação Básica (CNE/CEB) 11/2000, a Educação de Jovens e Adultos (EJA) possui as seguintes funções:

I. Possibilitar aos indivíduos novas inserções no mundo do trabalho, na vida social, nos espaços da estética e na abertura dos
canais de participação.

II. Restaurar um direito negado: o direito a uma escola de qualidade. Não se deve confundir essa função com a noção de
suprimento.

III. Propiciar a todos a atualização de conhecimentos por toda a vida tendo como base o caráter incompleto do ser humano cujo
potencial de desenvolvimento e de adequação pode se atualizar em quadros escolares ou não escolares. As funções acima
citadas são, respectivamente:

A- equalizadora, suplementar e qualificadora. B- equalizadora, reparadora e qualificadora.

C- reparadora, equalizadora e qualificadora. D-suplementar, equalizadora e qualificadora.

E- suplementar, reparadora e equalizadora.

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Com relação à Lei Nº 11.494, de 20 de junho de 2007, que regulamenta o
Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – FUNDEB,
marque a alternativa correta.

A- Pelo menos 60% (sessenta por cento) dos recursos anuais totais dos Fundos serão destinados ao pagamento da remuneração
dos profissionais do magistério da educação básica em efetivo exercício na rede particular.

B- Considera-se profissionais do magistério da educação apenas os profissionais que oferecem suporte pedagógico direto ao
exercício da docência: direção ou administração escolar, orientação educacional e coordenação pedagógica.

C- O acompanhamento e o controle social sobre a distribuição, a transferência e a aplicação dos recursos dos Fundos serão
exercidos apenas no âmbito da União, por conselhos instituídos especificamente para esse fim.
D- A atuação dos membros dos conselhos dos Fundos é considerada atividade de relevante interesse social e, portanto, será
remunerada.

E- O Ministério da Educação atuará na realização de estudos técnicos com vistas na definição do valor referencial anual por aluno
que assegure padrão mínimo de qualidade do ensino.

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Com relação à Lei Nº 11.494, de 20 de junho de 2007, que regulamenta o
Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – FUNDEB,
marque a alternativa correta.

A- Compete apenas à União desenvolver programas de apoio ao esforço para conclusão da educação básica dos alunos
regularmente matriculados no sistema público de educação.

B- A União desenvolverá e apoiará políticas de estímulo às iniciativas de melhoria de qualidade do ensino, em especial aquelas
voltadas para a exclusão de crianças e adolescentes em situação de risco social.

C- Os Estados, o Distrito Federal e os Municípios deverão implantar Planos de Carreira e remuneração dos profissionais da
educação básica.

D- O poder público deverá fixar, em lei específica, até 31 de agosto de 2007, somente o piso salarial profissional estadual para os
profissionais do magistério público da educação básica.

E- A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios deverão assegurar no financiamento da educação básica a melhoria da
qualidade do ensino, de forma a garantir padrão máximo de qualidade definido nacionalmente.

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Marque a alternativa referente ao teórico que defendeu a ideia de que “a
aprendizagem deveria se aproximar ao máximo da vida prática do aluno e, portanto, a escola deveria preparar seus alunos para a
vida democrá- tica, para a participação social, dando preferência à aprendizagem por descoberta”.

A- Burrhus Frederic Skinner B- Jean Piaget C- John Dewey

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Uma canoa todos os dias tem dois trajetos a percorrer. De um ponto P de
uma margem para dois pontos distintos, A e B, na outra margem do rio. As distâncias, em linha reta, entre esses pontos são: PA =
60 m, PB = 40 m e AB = 53 m. Qual é a medida que mais se aproxima do valor do menor ângulo formado pelos trajetos PA e PB?

A- 45°. B- 30°. C- 90°. D- 75°. E- 60°.

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9.394/1996)
aborda critérios de verificação do rendimento escolar, considere as afirmações e julgue-as:

I. obrigatoriedade de estudos de recuperação, de preferência paralelos ao período letivo, para os casos de baixo rendimento
escolar, a serem disciplinados pelas instituições de ensino em seus regimentos.

II. avaliação contínua e cumulativa do desempenho do aluno, com prevalência dos aspectos quantitativos e dos resultados ao
longo do período.

III. possibilidade de aceleração de estudos para alunos com atraso escolar.

IV. possibilidade de avanço nos cursos e nas séries mediante verificação do aprendizado.

A- I, II, III e IV estão corretas. B- I, II e III estão corretas. C- I, II e IV estão corretas.

D- I, III e IV estão corretas. E- I e III estão corretas.

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - De acordo com o Parecer do Conselho Nacional de Educação/Câmara
de educação Básica (CNE/CEB) 11/2000, a Educação de Jovens e Adultos (EJA) possui as seguintes funções:
I. Possibilitar aos indivíduos novas inserções no mundo do trabalho, na vida social, nos espaços da estética e na abertura dos
canais de participação.

II. Restaurar um direito negado: o direito a uma escola de qualidade. Não se deve confundir essa função com a noção de
suprimento.

III. Propiciar a todos a atualização de conhecimentos por toda a vida tendo como base o caráter incompleto do ser humano cujo
potencial de desenvolvimento e de adequação pode se atualizar em quadros escolares ou não escolares.

As funções acima citadas são, respectivamente:

A- equalizadora, suplementar e qualificadora. B- equalizadora, reparadora e qualificadora.

C- reparadora, equalizadora e qualificadora. D- suplementar, equalizadora e qualificadora.

E- suplementar, reparadora e equalizadora.

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Com relação à Constituição da República Federativa do Brasil de 1988,
marque a alternativa correta.

A- A União aplicará, anualmente, nunca menos de 25%, da receita resultante de impostos, compreendida a proveniente de
transferências, na manutenção e desenvolvimento do ensino.

B- Os Estados, o Distrito Federal e os Municípios aplicarão, anualmente, 18%, no mínimo, da receita resultante de impostos,
compreendida a proveniente de transferências, na manutenção e desenvolvimento do ensino.

C- Os recursos públicos serão destinados às escolas públicas, e, em nenhuma hipótese, poderão ser dirigidos a escolas
comunitárias, confessionais ou filantrópicas, definidas em lei.

D- Serão fixados conteúdos mínimos para o ensino fundamental, de maneira a assegurar formação básica comum e respeito aos
valores culturais e artísticos, nacionais e regionais.

E O ensino fundamental regular será ministrado na língua oficial do Brasil, cabendo às comunidades indígenas e quilombolas se
adequarem aos processos próprios de aprendizagem baseados exclusivamente na língua portuguesa.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Novas formas de organizar o trabalho pedagógico da escola têm sido
experimentadas, apontando para um horizonte de democratização do espaço escolar. Em muitos locais, tem-se procurado
programar um processo democrático de gestão, valorizando e incentivando as iniciativas das unidades escolares no que se refere
à democratização do espaço escolar. Destacam-se, nesse processo, dentre outros, a criação do Projeto Político-Pedagógico e da
efetivação de:

A- regimento escolar, conselho de classe, representante de turma e conselho de pais e mestres.

B- conselho escolar, regimento escolar, grêmio estudantil e associação de pais e mestres.

C- conselho escolar, conselho de classe, grêmio estudantil e associação de pais e mestres.

D- avaliação institucional, conselho de classe, grêmio estudantil e conselho de pais e mestres.

E- conselho gestor, conselho de classe, conselho estudantil e conselho de pais.

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Dentro do gerenciador de arquivos (Windows Explorer), ao acessar a pasta,
minhas imagens, e executar o comando Ctrl+A, o usuário irá:

A- Apagar todos os arquivos B- Enviar arquivos para impressão

C- Selecionar todos os arquivos D- Copiar todos os arquivos


E- Renomear todos os arquivos

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - A Lei no 9394/96, Lei de Diretrizes e Base da Educação Nacional,
determina que o estudante seja atendido por programas suplementares de material escolar, transporte, alimentação e assistência
à saúde:

A- Apenas no Ensino Fundamental. B- No Ensino Fundamental e Médio.

C- Na Educação Infantil e Ensino Fundamental. D- Em todas as etapas da Educação Básica.

E- Nas séries iniciais do Ensino Fundamental e na Educação Especial.

leia o texto relacionado Mania de perseguição com a questão: (FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) -
Considerando o texto em sua totalidade, é CORRETO afirmar:

A- É uma narrativa que tematiza o deletério universo das angústias que tomam conta do homem contemporâneo.

B- O quadro cênico traçado traz à luz, no plano central da temática focalizada, o frenesi e a balbúrdia que o trânsito das grandes
cidades impõe às populações dos grandes centros urbanos.

C- Trata-se de narrativa curta em que se monta um quadro cênico composto de fatos prosaicos que podem ocorrer naturalmente
no cotidiano do homem atual.

D- O texto enseja um ato reflexivo sobre a agitada vida do homem nas grandes cidades.

E- O texto traz a transfiguração da realidade moderna, com fatos surrealistas e inverossímeis.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Referente aos métodos de ensino, é correto afirmar que estes:

A- independem de objetivos gerais e conteúdos. B- restringem-se a conjuntos de procedimentos que serão utilizados.

C- regulam as formas de interação entre ensino e aprendizagem.

D- atendem exclusivamente aos objetivos específicos. E- independem dos objetivos imediatos da aula.

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - A Educação Especial é uma modalidade de ensino que pode ser
definida como:

A- Modalidade de educação escolar oferecida, exclusivamente, na educação infantil e na educação profissional.

B- Modalidade de educação escolar oferecida preferencialmente na rede regular de ensino, para educandos com deficiência,
transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação.

C- Modalidade de educação escolar oferecida, exclusivamente, na rede regular de ensino, para educandos com deficiência,
transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação.

D- Modalidade de educação escolar oferecida, preferencialmente, na Educação Básica, para educandos com deficiência,
transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação.

E- Modalidade de educação escolar oferecida, exclusivamente, na Educação Básica, para educandos com deficiência, transtornos
globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Segundo o Regime Jurídico Estatutário dos Servidores Públicos do
Município de Cacoal – RO, é vedado ao servidor público:

A- guardar sigilo sobre assuntos da repartição. B- ausentar-se do serviço, mesmo que autorizado por seu superior imediato.
C- representar contra ilegalidade ou abuso de poder. D- ser assíduo ao serviço.

E- promover manifestação de apreço no recinto da repartição.

leia o texto relacionado A hora da estrela com a questão

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Há desvios da norma culta no texto. Assinale a alternativa que indica
um deles.

A- Em lugar de TALVEZ TIVESSE SIDO (§ 1), deveria estar escrito TIVESSE SIDO TALVEZ.

B- Deveria haver uma vírgula depois do termo “Da segunda vez em que se encontraram [...]” (§ 6)

C- Assim como no período anterior, o verbo da oração “Mas ela e Olímpico eram alguém no mundo. [...]” (§ 13) deveria estar no
imperfeito do subjuntivo.

D- O vocativo SENHORINHA (§ 4) deveria estar, obrigatoriamente, no início da frase.

E- O vocábulo PRENÚNCIO (§ 1) não deveria estar acentuado.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Pensando a didática relacionada com as tendências pedagógicas,
temos, na Escola Nova, a didática denominada ativa. É característica da didática ativa o:

A- foco nos conhecimentos sistematizados. B- direcionamento do ensino.

C- foco na orientação da aprendizagem. D- caráter normativo. E- professor controlador da aprendizagem.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - Leia o seguinte fragmento da Resolução no 4, de 13 de julho de 2010, que
define as diretrizes curriculares nacionais gerais.

I a Educação Infantil, que compreende: a Creche, englobando as diferentes etapas do desenvolvimento da criança até 3 (três)
anos e 11 (onze) meses; e a Pré-Escola, com duração de 2 (dois) anos.

II o Ensino Fundamental, obrigatório e gratuito, com duração de 9 (nove) anos, é organizado e tratado em duas fases: a dos 5
(cinco) anos iniciais e a dos 4 (quatro) anos finais.

III o Ensino Médio, com duração mínima de 3 (três) anos. Estas são as etapas previstas para a(o):

A- Pedagogia Privada. B- Currículo Federal. C- Ensino Público.

D- Educação Básica. E- Escola Urbana.

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - O planejamento é um meio de programar as ações docentes que inclui a
previsão das atividades didáticas, a coordenação face aos objetivos propostos e a revisão no decorrer do processo de ensino.
Mas também um momento de pesquisa e reflexão ligado à avaliação. A respeito desse tema, assinale a alternativa correta.

A- O planejamento é sempre um momento individual de elaboração e análise da realidade em suas condições concretas.

B- O planejamento atende às funções: a) diagnóstico e análise da realidade escolar; b) definição de objetivos e metas; c)
determinação de atividades e tarefas a serem desenvolvidas.

C- Planejar é buscar alternativas para a solução de problemas e de tomadas de decisões, não sendo necessária a revisão dos
planos e projetos pedagógicos.

D- O planejamento não deve estar ligado a exigências sociais e a experiência de vida dos alunos. Mas na concepção de
aprendizagem como mudança de comportamento, operacionalização de objetivos e uso de procedimentos científicos.
E- No planejamento o que se planeja são atividades de ensino e de aprendizagem, fortemente determinadas por uma neutralidade
e objetividade educativa envolvendo valores, atitudes, conteúdos, modos de agir dos educadores que atuam na escola.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - As Diretrizes Curriculares da Educação Básica se posicionam sobre a
avaliação da aprendizagem e a organização curricular. Com base nesse documento, identifique a alternativa correta.

A- A progressão continuada é compreendida nas organizações curriculares como promoção automática.

B- Escolas que possuem organização por série podem adotar, no Ensino Fundamental, a progressão automática.

C- O conhecimento é concebido como processo de interrupções sequenciais, devendo ser preferencialmente organizado por
séries.

D- A promoção e a classificação devem ser adotadas desde o primeiro ano/série/ciclo do Ensino Fundamental.

E- A progressão torna-se exclusivamente parcial, preservando a sequência do currículo e as normas do sistema de ensino.

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - Para Pedro Demo (2003), a pesquisa como princípio educativo deve
superar a dicotomia entre ensino e pesquisa, “quem ensina carece pesquisar; quem pesquisa carece ensinar. Professor que
apenas ensina jamais o foi. Pesquisador que só pesquisa é elitista explorador, privilegiado e acomodado”. Nesse sentido,
identifique a afirmação INCORRETA:

A- A educação não pode recair na condição de transmissão, reprodução, mas deve aparecer como ambiente de instrução criativa
através da pesquisa que contém o seu valor educativo, para além da descoberta científica.

B- Quem pesquisa apenas produz. Quem não pesquisa, mas ensina, é capaz de produzir instrumentos e procedimentos de
comunicação que dialogam com a realidade da escola.

C- O professor atual, a partir de uma proposta emancipadora, tem que ser pesquisador, socializador de conhecimentos e
motivador da construção do novo pesquisador no aluno.

D- A socialização do saber é parte integrante da construção do conhecimento.

E- Teoria e Prática estão no mesmo patamar de importância, pois nada é mais essencial para uma teoria do que a prática e vice-
versa.

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - A incorporação de brincadeiras, jogos e brinquedos na prática
pedagógica pode desenvolver diferentes atividades que contribuem para inúmeras aprendizagens e para a ampliação da rede de
significados construtivos, tanto para crianças como para os jovens. Na educação de modo geral, e principalmente na Educação
Infantil, o brincar é um potente veículo de aprendizagem experiencial, visto que permite, através do lúdico, vivenciar a
aprendizagem como processo:

A- cognitivo. B- psicossocial. C- interativo. D- social. E- afetivo.

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - Leia o trecho adiante transcrito e, em seguida, responda: “De qualquer
modo, por esta ou por outra razão qualquer, ando com uma espécie de miniparanoia, considerando-me, mais que os outros,
vítima frequente da Lei de Murphy.” Justifique a acentuação gráfica registrada na palavra espécie:

A- polissílabo átono B- paroxítona terminada em ditongo decrescente

C- oxítona terminada em IE D- paroxítona terminada em ditongo crescente E- proparoxítona

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Martins , ao discutir uma tendência atual do processo didático e da
interação professor X aluno, afirma: “Com efeito, o processo didático do aprender a aprender assume orientação diferente da
abordagem do movimento da Escola Nova.” O aprender a aprender, na vertente atual, possui foco no aluno como:

A- receptor da própria aprendizagem. B- responsável pela aquisição de competências.


C- repositório de conhecimentos teóricos. D- autor de seu saber teórico e não do saber fazer.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - “À revelia de toda conversa pedagógica, as coisas mudam sob a batuta do
mercado. Infelizmente, estamos inseridos em sociedades que se movem pelo mercado. É forçoso reconhecer que a educação
voltou a ser considerada importante, não por causa da construção e fortalecimento da cidadania” (Pedro Demo), mas porque:

A- faz parceria com instituições privadas. B- não discute os seus objetivos filosóficos.

C- é útil à competitividade globalizada. D- está digitalmente atualizada.

E- participa ativamente da UNESCO.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - “O conceito de „Educação em Rede‟ envolve um desenho curricular flexível,
sintetizado na expressão vigotskiana ensinar/aprender e na postura freiriana de sermos eternos aprendizes. A primeira, porque se
refere ao processo no qual nos incluímos como aprendizes num contexto global de relações dialógicas.” (Margarita Gomez). A
segunda, porque:

A- reconhecemos que a aprendizagem formal e obrigatória se esgota ao final dos anos escolares de estudos.

B- não há aprendizagem sem planificação e dependerá sempre do grupo de alunos com o qual se está lidando.

C- existem objetivos a serem alcançados e que estão sujeitos a circunstâncias que não se pode prever nem controlar.

D- temos certeza de que não sabemos tudo, nem ignoramos tudo, mas que podemos saber mais em comunhão.

E- acreditamos que aprender pela vida inteira é uma situação que surge em decorrência do contexto econômico e social.

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - Para Celso Vasconcellos, o coordenador pedagógico deve ser mais educador,
menos burocrata e controlador. Os conflitos não devem ser resolvidos com o poder autoritário. Educação é, antes de tudo,
envolvimento e compromisso. Para tanto, o autor reconhece que um caminho mais adequado de relacionamento com os
professores é:

A- criar um ambiente de amizade e confiança. B- decidir coletivamente o que vai ser feito.

C- propiciar momentos de confraternização. D- participar de dinâmicas de grupo.

E- apresentar exemplos de outras escolas.

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - As contribuições dos estudos relacionados aos paradigmas educacionais
modernos e contemporâneos podem ser agrupados nas seguintes ideias:

I. O impacto da linguagem da informática na reorganização dos saberes e das disciplinas acadêmicas.

II. A hipótese do fim das metanarrativas e suas implicações na articulação entre fins e valores da educação.

III. As formas atuais de legitimação do conhecimento, o papel das universidades, das empresas e das instituições financiadoras de
pesquisa nesse processo.

IV. A construção de novas subjetividades e as possibilidades nela inscritas de democratização da sociedade. Entendendo por
democracia não tanto seu aspecto formal, mas a possibilidade efetiva de a maioria da população participar das decisões que
orientam as políticas públicas. Estão corretas:

A- II, III. B-I, II, III. C- I, II, IV. D- II, III, IV. E- I, II, III, IV.
(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - De acordo com Libâneo (1986) e Luckesi (2010), a história da educação
brasileira é marcada pela influência de concepções pedagógicas diversas. Essas, por sua vez podem ser agrupadas em duas
pedagogias: a Liberal e a Progressista. A partir das definições abaixo, assinale a alternativa que elenca as pedagogias
progressistas.

I. O aluno é considerado sujeito da aprendizagem e o que o professor tem que fazer é colocar o aluno em situações propícias para
que, partindo de suas necessidades e interesses, possa buscar por si mesmo seus conhecimentos e experiências. Centra-se nas
questões cognitivas e psicológicas.

II. Vivência grupal, sem qualquer forma de poder, relação de não diretividade e projeto auto gestionário. O professor pode se
colocar a serviço do aluno, sem impor suas ideias e os alunos são livres para, inclusive não responder ao professor.

III. O professor transmite a matéria e o aluno recebe, aprende e fixa as informações. Ambos são passivos frente ao conhecimento.
Os materiais didáticos são instrucionais, pautados na racionalização do ensino, este por sua vez, pode se organizar por módulos.

IV. A atividade de ensinar é centrada no professor que expõe e interpreta a matéria. O aluno é, assim um recebedor da matéria e
sua tarefa é decorá-la.

V. Os conteúdos são denominados temas geradores extraídos da problematização da vida do aluno. O método básico é o diálogo,
o professor e os alunos são sujeitos do ato de conhecimento. Incentiva-se o engajamento político.

VI. Valorização da escola como instrumento de apropriação dos saberes e conhecimentos historicamente acumulados, porém
contextualizados e ressignificados frente às realidades sociais de modo que permita uma formação crítica para se assumir um
papel ativo no conjunto das lutas sociais. O professor é mediador do conhecimento e o aluno participa ativamente do processo.

A- I, II, V, VI B- I, V, VI C- II, V, VI D- V, VI E- I, II, III, IV

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - No contexto de uma educação para a diversidade, alguns princípios
devem nortear a prática de ensino, uma vez que possibilitam a aprendizagem em qualquer contexto educacional. Dentre estes
princípios temos:

I. Negociação de objetivos.
II. Práticas homogeneizadoras.
III. Colaboração e apoio mútuo.
IV. Avaliação permanente.
V. Aprendizagem ativa e significativa.

Estão corretas:

A- III, IV e V. B- I, II, III e IV. C- I, III, IV, V. D- III e IV. E- Todas.

A entrada dos prisioneiros foi comovedora (...)

Os combatentes contemplavam-nos entristecidos.


Surpreendiam-se; comoviam-se. O arraial, in extremis, punha-lhes
adiante, naquele armistício transitório, uma legião
desarmada, mutilada faminta e claudicante, num assalto mais
duro que o das trincheiras em fogo. Custava-lhes admitir que
toda aquela gente inútil e frágil saísse tão numerosa ainda dos
casebres bombardeados durante três meses. Contemplando-lhes
os rostos baços, os arcabouços esmirrados e sujos, cujos
molambos em tiras não encobriam lanhos, escaras e escalavros
– a vitória tão longamente apetecida decaía de súbito.
Repugnava aquele triunfo. Envergonhava. Era, com efeito,
contraproducente compensação a tão luxuosos gastos de
combates, de reveses e de milhares de vidas, o apresamento
daquela caqueirada humana – do mesmo passo angulhenta e
sinistra, entre trágica e imunda, passando-lhes pelos olhos, num
longo enxurro de carcaças e molambos...

Nem um rosto viril, nem um braço capaz de suspender uma


arma, nem um peito resfolegante de campeador domado:
mulheres, sem-número de mulheres, velhas espectrais, moças
envelhecidas, velhas e moças indistintas na mesma fealdade,
escaveiradas e sujas, filhos escanchados nos quadris
desnalgados, filhos encarapitados às costas, filhos suspensos
aos peitos murchos, filhos arrastados pelos braços, passando;
crianças, sem-número de crianças; velhos, sem-número de
velhos; raros homens, enfermos opilados, faces túmidas e
mortas, de cera, bustos dobrados, andar cambaleante.

(CUNHA, Euclides da. Os sertões: campanha de Canudos.Edição Especial. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1980.)

1. Código da questão: Q18661Ca

Clique aqui e leia o texto relacionado com a questão

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - “...a vitória tão longamente apetecida decaía de súbito .” A partir da
leitura do trecho e observando o ponto de vista dos soldados vitoriosos, é correto afirmar que eles:

a. Envergonharam-se ao ver a fragilidade do inimigo.


b. Surpreenderam-se por terem munição suficiente durante três meses.
c. Admitiram a incapacidade de lutar contra um inimigo desarmado.
d. Comoveram-se com os casos de mutilação que encontraram antes da luta.
e. Desistiram de lutar, mesmo antes da rendição, só ao avistar a condição da tropa inimiga.

Resposta do gabarito: a

Sua resposta: b

2. Código da questão: Q30872Ca

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - A avaliação educacional se configura como um momento importante da
prática pedagógica. Marque a alternativa que não condiz com o pensamento atual sobre o processo avaliativo.

.A escola, os docentes, os discentes e os pais e/ou responsáveis necessitam da comprovação apenas quantitativa dos resultados
do ensino e da aprendizagem para analisar e avaliar o trabalho desenvolvido.

a. A avaliação é uma tarefa didática necessária e permanente do trabalho docente, que deve acompanhar passo a passo o processo
de ensino e aprendizagem.
b. A avaliação é uma tarefa complexa que não se resume à aplicação de provas, atribuição de notas e classificação dos alunos.
c. A avaliação cumpre funções pedagógico-didáticas, de diagnóstico e de controle em relação às quais se recorre a instrumentos de
verificação do rendimento escolar.
d. A avaliação é uma apreciação qualitativa sobre dados relevantes do processo de ensino e aprendizagem que auxilia o docente a
tomar decisões sobre o seu trabalho.

Resposta do gabarito: b

Sua resposta: a

3. Código da questão: Q9612Ca

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - O Corretor Ortográfico do Microsoft Office Word 2007 identifica palavras
grafadas incorretamente, formatando as palavras com:

.fonte azul sublinhada.

a. negrito.
b. realce amarelo.
c. sublinhada com linha ondulada vermelha.
d. tachado.

Resposta do gabarito: d

Sua resposta: c

4. Código da questão: Q18695Ca

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - Acerca da oferta da Educação Básica para a população do campo, a
Lei nº 9394/1996, Lei de Diretrizes e Base da Educação Nacional assegura no artigo 28 que:

.Todas as escolas do campo devem ofertar o ensino em tempo integral.

a. O calendário escolar deve ser igual ao calendário das escolas urbanas para que todos os estudantes tenham as mesmas
oportunidades de ensino.
b. Sejam construídas escolas de referência nucleando-se todas as escolas rurais em seu entorno.
c. O fechamento das escolas do campo seja realizado considerando-se a justificativa apresentada pela secretaria de educação, a
análise do diagnóstico do impacto dessa ação e a manifestação da comunidade escolar.
d. O fechamento das escolas do campo seja efetuado gradativamente, visando-se oferecer escolas com maior estrutura nos centros
urbanos que atendam toda a população rural.

Resposta do gabarito: d

Sua resposta: e

5. Código da questão: Q9617Ca

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Segundo Rangel e Freire , “Mídias não constituem um mal a ser
combatido, mas um espaço de linguagem a ser habitado [...]” A utilização das mídias digitais no processo educativo, de modo
produtivo, auxilia o estudante no desenvolvimento do pensamento:

.complexo.

a. formatado.
b. compartimentado.
c. linear.
d. fragmentado.

Resposta do gabarito: a

Sua resposta: c

6. Código da questão: Q18681Ca

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - As diretrizes e bases da educação nacional estão expressas na Lei
9.394/96. Considerando que a referida Lei utiliza os termos etapas e modalidades, relacione:
(I) Etapa
(II)Modalidade

( ) Ensino Médio
( ) Educação Especial
( ) Educação Infantil
( ) Ensino Fundamental

A sequência correta é:

.I, I, I, II

a. II, II, I, II
b. I, II, I, I
c. II, II, II, I
d. II, I, II, I

Resposta do gabarito: c

Sua resposta: a

A entrada dos prisioneiros foi comovedora (...)

Os combatentes contemplavam-nos entristecidos.


Surpreendiam-se; comoviam-se. O arraial, in extremis, punha-lhes
adiante, naquele armistício transitório, uma legião
desarmada, mutilada faminta e claudicante, num assalto mais
duro que o das trincheiras em fogo. Custava-lhes admitir que
toda aquela gente inútil e frágil saísse tão numerosa ainda dos
casebres bombardeados durante três meses. Contemplando-lhes
os rostos baços, os arcabouços esmirrados e sujos, cujos
molambos em tiras não encobriam lanhos, escaras e escalavros
– a vitória tão longamente apetecida decaía de súbito.
Repugnava aquele triunfo. Envergonhava. Era, com efeito,
contraproducente compensação a tão luxuosos gastos de
combates, de reveses e de milhares de vidas, o apresamento
daquela caqueirada humana – do mesmo passo angulhenta e
sinistra, entre trágica e imunda, passando-lhes pelos olhos, num
longo enxurro de carcaças e molambos...

Nem um rosto viril, nem um braço capaz de suspender uma


arma, nem um peito resfolegante de campeador domado:
mulheres, sem-número de mulheres, velhas espectrais, moças
envelhecidas, velhas e moças indistintas na mesma fealdade,
escaveiradas e sujas, filhos escanchados nos quadris
desnalgados, filhos encarapitados às costas, filhos suspensos
aos peitos murchos, filhos arrastados pelos braços, passando;
crianças, sem-número de crianças; velhos, sem-número de
velhos; raros homens, enfermos opilados, faces túmidas e
mortas, de cera, bustos dobrados, andar cambaleante.

(CUNHA, Euclides da. Os sertões: campanha de Canudos.Edição Especial. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1980.)

Código da questão: Q18662Ca

Clique aqui e leia o texto relacionado com a questão

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - No último parágrafo do texto:


a.O autor empregou o recurso estilístico da repetição para enfatizar a dramaticidade na descrição dos prisioneiros.

b. O autor optou por frases indicativas de ação (orações), a fim de caracterizar a lentidão dos movimentos dos rendidos.
c. A predominância de sentenças nominais se deu pela opção do autor em enfatizar a rápida rendição dos derrotados.
d. Ao ressaltar o tom lento e arrastado do caminhar dos prisioneiros, o autor cria uma quebra de expectativa em relação ao início do
texto, no qual somos levados a acreditar que a luta se reiniciaria.
e. O excesso de adjetivação cria uma atmosfera de fantasia, tornando difícil o leitor identificar traços de verossimilhança.

Resposta do gabarito: a

Sua resposta: c

A hora da estrela

A hora da estrela

Maio, mês das borboletas noivas flutuando


em brancos véus. Sua exclamação talvez tivesse sido
um prenúncio do que ia acontecer no final da tarde
desse mesmo dia: no meio da chuva abundante
encontrou (explosão) a primeira espécie de
namorado de sua vida, o coração batendo como se
ela tivesse englutido um passarinho esvoaçante e
preso. O rapaz e ela se olharam por entre a chuva e se
reconheceram como dois nordestinos, bichos da
mesma espécie que se farejam. Ele a olhara
enxugando o rosto molhado com as mãos. E a moça,
bastou-lhe vê-lo pra torná-lo imediatamente sua
goiabada-com-queijo.

Ele...

Ele se aproximou e com voz cantante de


nordestino que a emocionou, perguntou-lhe:
– E se me desculpe, senhorinha, posso
convidar a passear? [...]

Eles não sabiam como se passeia. Andaram


sob a chuva grossa e pararam diante da vitrine de
uma loja de ferragem onde estavam expostos atrás
do vidro canos, latas, parafusos grandes e pregos.

[...]

Da segunda vez em que se encontraram caía


uma chuva fininha que ensopava os ossos. Sem nem
ao menos se darem as mãos caminhavam na chuva
que na cara de Macabéa parecia lágrimas
escorrendo.

Da terceira vez que se encontraram – pois não


é que estava chovendo? – o rapaz, irritado e
perdendo o leve verniz de finura que o padrasto a
custo lhe ensinara, disse-lhe:

– Você também só sabe é chover!

– Desculpe.

Mas ela já o amava tanto que não sabia mais


como se livrar dele, estava em desespero de amor.
Numa das vezes em que se encontraram ela
afinal perguntou-lhe o nome.

– Olímpico de Jesus Moreira Chaves – mentiu


ele porque tinha como sobrenome apenas o de
Jesus, sobrenome dos que não têm pai. Fora criado
por um padrasto que lhe ensinara o modo fino de
tratar pessoas para se aproveitar delas e lhe ensinara
como pegar mulher.[...]

Olímpico de Jesus trabalhava de operário


numa metalúrgica e ela nem notou que ele não se
chamava de “operário” e sim de “metalúrgico”.
Macabéa ficava contente com a posição social dele
porque também tinha orgulho de ser datilógrafa,
embora ganhasse menos que o salário mínimo. Mas
ela e Olímpico eram alguém no mundo. “Metalúrgico”
e “datilógrafa” formavam um casal de classe. [...]

A hora da estrela

LISPECTOR, Clarice. . Rio de Janeiro: Rocco, 1998. p. 42-45. (Fragmento)

englutido: engolido

1. Código da questão: Q9595Ca

Clique aqui e leia o texto relacionado com a questão

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Sobre o fragmento “Mas ela já o amava tanto que não sabia mais como
se livrar dele [...]” (§ 10), pode-se afirmar que:

a. a segunda oração é uma consequência da primeira.


b. a primeira oração estabelece uma condição em relação à segunda.
c. a primeira oração é uma explicação da segunda.
d. as orações mostram ações que se aproximam pela relação temporal.
e. as orações estão ligadas por conectores circunstanciais.

Resposta do gabarito: a

Sua resposta: a

2. Código da questão: Q30879Ca

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - As ideias de Anísio Teixeira influenciaram todos os setores da educação no
Brasil e no sistema educacional da América Latina. Entre as suas contribuições, pode-se citar a criação do Centro Educacional
Carneiro Ribeiro, em Salvador (que ainda existe até os dias atuais). O Centro foi a primeira experiência brasileira de promoção de
educação:

.infantil baseada em jogos.

a. cultural e profissional para jovens.


b. para as classes populares.
c. inclusiva para adultos
d. especial para crianças.

Resposta do gabarito: b
Sua resposta: e

3. Código da questão: Q9643Ca

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - A avaliação é parte integrante e fundamental do processo educativo.
Por meio dela, o professor fica sabendo como está a aprendizagem dos alunos e obtém indícios para refletir e melhorar a sua
própria prática pedagógica. Assinale a alternativa que foge ao padrão indicado para a atual prática avaliativa.

.Avaliar por um trabalho em grupo.


a. Usar a auto avaliação.
b. Avaliar o processo educacional.
c. Observar a participação na aula.
d. Privilegiar testes e provas.

Resposta do gabarito: e

Sua resposta: a

1. Código da questão: Q30877Ca

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - Leia o texto

Um aluno de 16 anos frequenta a mesma escola desde a 1ª série (o que acontece por três anos consecutivos). Na 3ª série foi
novamente reprovado. Atualmente, está cursando a 5ª série pela terceira vez, sem expectativa de aprovação. É considerado um
aluno difícil, que demonstra total desinteresse pela sala de aula, só quer brincar. Implica o tempo todo com os outros colegas, não
faz nada em aula, não entrega os trabalhos solicitados. No primeiro conselho de classe deste ano, os professores, questionados
sobre o aluno, disseram: “Ah, esse deixa pra lá, não quer saber de nada, vai ficar a vida toda na quinta série!”

Numa aproximação maior com a produção do aluno, foi percebido que o mesmo tem defasagem na alfabetização, isto é, escreve
em nível silábico-alfabético e desconhece os processos de multiplicação e divisão.

Para Jussara Hoffmann:

a. situações como a apresentada carecem de uma análise mais teórica e profunda para direcionar com mais objetividade as
possíveis soluções.
b. o aluno deveria ter sido encaminhado para o posto de saúde com um relatório feito pelos professores indicando um tratamento
psicológico.
c. a equipe técnico-pedagógica da escola deveria ter feito testes com o aluno para que ele não avançasse nas séries sem domínio
dos conteúdos.
d. casos como o relatado deveriam ser contemplados com a cultura, as artes e os esportes, de maneira que o aluno se sentisse
acolhido e aceito no ambiente escolar.
e. questões atitudinais, fatores emocionais, de saúde e familiares não são razões únicas e não explicam todas as questões de
dificuldades na aprendizagem.

Resposta do gabarito: e

Sua resposta: e

2. Código da questão: Q30889Ca

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - Tanto Piaget quanto Vygotsky sugerem, de maneira firme em seus estudos, a
intervenção pedagógica desafiadora, seguindo o princípio de que o único bom ensino é o que acompanha o desenvolvimento dos
alunos, salientando a importância da confiança mútua e da reciprocidade do pensamento educador/educando.

Dessa forma, os dois estudiosos fundamentam o papel insubstituível do educador na construção do conhecimento:
.apresentando estudos e pesquisas que comprovam biologicamente a necessidade de socialização dos educandos.

a. manifestando a ideia da relação necessária de afeto e estudo como pontos fundamentais para o aprendizado.
b. demonstrando a importância do caráter preponderantemente informativo nos processos de memorização.
c. argumentando que o desenvolvimento humano se dá somente na presença de outros seres humanos da mesma idade.
d. defendendo a importância da interação como desencadeadora dos processos de aprendizagem e desenvolvimento.

Resposta do gabarito: e

Sua resposta: a

3. Código da questão: Q18666Ca

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - Em qual dos trechos a seguir a flexão do verbo reflete um uso
adequado da língua:

.“Enquanto a campanha de vacinação contra o H1N1 não começa, especialistas recomendam que a população se precavenha
redobrando os cuidados com a higiene e evitando aglomerações e o contato com muitas pessoas.”

a. “Cinco pássaros receberam transmissores para monitorar sua adaptação à vida selvagem e se obter financiamento para cinco
novos transmissores, dez novos pássaros serão libertados.”
b. “A mulher requereu o benefício em abril de 2014. Ela apresentou diversos atestados médicos que comprovavam sua situação
delicada e seu histórico de risco, mas o pedido foi indeferido.”
c. “‟A polícia interviu nos confrontos entre adeptos ingleses, russos e franceses‟, disse o chefe local da polícia, que teve de dispersar
os apoiantes das duas seleções e cidadãos franceses pelo terceiro dia consecutivo.”
d. “A cada dois meses acumulados, ele sugere que investidor se presentei com algo que deseja, para se sentir motivado a manter a
reserva.”

Resposta do gabarito: c

Sua resposta: c

A hora da estrela

A hora da estrela

Maio, mês das borboletas noivas flutuando


em brancos véus. Sua exclamação talvez tivesse sido
um prenúncio do que ia acontecer no final da tarde
desse mesmo dia: no meio da chuva abundante
encontrou (explosão) a primeira espécie de
namorado de sua vida, o coração batendo como se
ela tivesse englutido um passarinho esvoaçante e
preso. O rapaz e ela se olharam por entre a chuva e se
reconheceram como dois nordestinos, bichos da
mesma espécie que se farejam. Ele a olhara
enxugando o rosto molhado com as mãos. E a moça,
bastou-lhe vê-lo pra torná-lo imediatamente sua
goiabada-com-queijo.

Ele...

Ele se aproximou e com voz cantante de


nordestino que a emocionou, perguntou-lhe:
– E se me desculpe, senhorinha, posso
convidar a passear? [...]
Eles não sabiam como se passeia. Andaram
sob a chuva grossa e pararam diante da vitrine de
uma loja de ferragem onde estavam expostos atrás
do vidro canos, latas, parafusos grandes e pregos.

[...]

Da segunda vez em que se encontraram caía


uma chuva fininha que ensopava os ossos. Sem nem
ao menos se darem as mãos caminhavam na chuva
que na cara de Macabéa parecia lágrimas
escorrendo.

Da terceira vez que se encontraram – pois não


é que estava chovendo? – o rapaz, irritado e
perdendo o leve verniz de finura que o padrasto a
custo lhe ensinara, disse-lhe:

– Você também só sabe é chover!

– Desculpe.

Mas ela já o amava tanto que não sabia mais


como se livrar dele, estava em desespero de amor.
Numa das vezes em que se encontraram ela
afinal perguntou-lhe o nome.

– Olímpico de Jesus Moreira Chaves – mentiu


ele porque tinha como sobrenome apenas o de
Jesus, sobrenome dos que não têm pai. Fora criado
por um padrasto que lhe ensinara o modo fino de
tratar pessoas para se aproveitar delas e lhe ensinara
como pegar mulher.[...]

Olímpico de Jesus trabalhava de operário


numa metalúrgica e ela nem notou que ele não se
chamava de “operário” e sim de “metalúrgico”.
Macabéa ficava contente com a posição social dele
porque também tinha orgulho de ser datilógrafa,
embora ganhasse menos que o salário mínimo. Mas
ela e Olímpico eram alguém no mundo. “Metalúrgico”
e “datilógrafa” formavam um casal de classe. [...]

A hora da estrela

LISPECTOR, Clarice. . Rio de Janeiro: Rocco, 1998. p. 42-45. (Fragmento)

englutido: engolido

1. Código da questão: Q9598Ca

Clique aqui e leia o texto relacionado com a questão

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Assinale a alternativa cujo termo destacado possui classe gramatical
DIFERENTE da dos demais.

a. “[...] bichos da mesma espécie QUE se farejam. [...]”


b. “[...] ela nem notou QUE ele não se chamava [...]”
c. “[...] Fora criado por um padrasto QUE lhe ensinara [...]”
d. “[...] mãos caminhavam na chuva QUE na cara de Macabéa parecia lágrimas escorrendo.”
e. “[...] sobrenome dos QUE não têm pai. [...]”

Resposta do gabarito: b
Sua resposta: a

2. Código da questão: Q30873Ca

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Com relação à Constituição da República Federativa do Brasil de 1988,
marque a alternativa correta.

.A União aplicará, anualmente, nunca menos de 25%, da receita resultante de impostos, compreendida a proveniente de
transferências, na manutenção e desenvolvimento do ensino.

a. Os Estados, o Distrito Federal e os Municípios aplicarão, anualmente, 18%, no mínimo, da receita resultante de impostos,
compreendida a proveniente de transferências, na manutenção e desenvolvimento do ensino.
b. Os recursos públicos serão destinados às escolas públicas, e, em nenhuma hipótese, poderão ser dirigidos a escolas
comunitárias, confessionais ou filantrópicas, definidas em lei.
c. Serão fixados conteúdos mínimos para o ensino fundamental, de maneira a assegurar formação básica comum e respeito aos
valores culturais e artísticos, nacionais e regionais.
d. O ensino fundamental regular será ministrado na língua oficial do Brasil, cabendo às comunidades indígenas e quilombolas se
adequarem aos processos próprios de aprendizagem baseados exclusivamente na língua portuguesa.

Resposta do gabarito: d

Sua resposta: c

3. Código da questão: Q19547Ca

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - Releia o trecho e responda: “Isso me faz lembrar o caso de um sujeito
que não saía de casa com medo de sofrer algum acidente fatal.” A relação que a construção sublinhada estabelece com a
construção antecedente é uma relação de:

.tempo

a. explicação
b. negação
c. concessão
d. finalidade

Resposta do gabarito: b

Sua resposta: e

4. Código da questão: Q9619Ca

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Martins , ao discutir uma tendência atual do processo didático e da
interação professor X aluno, afirma: “Com efeito, o processo didático do aprender a aprender assume orientação diferente da
abordagem do movimento da Escola Nova.” O aprender a aprender, na vertente atual, possui foco no aluno como:

.receptor da própria aprendizagem.

a. responsável pela aquisição de competências.


b. repositório de conhecimentos teóricos.
c. autor de seu saber teórico e não do saber fazer.
d. assimilador de conteúdo crítico.

Resposta do gabarito: b

Sua resposta: d

5. Código da questão: Q9612Ca

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - O Corretor Ortográfico do Microsoft Office Word 2007 identifica palavras
grafadas incorretamente, formatando as palavras com:

.fonte azul sublinhada.

a. negrito.
b. realce amarelo.
c. sublinhada com linha ondulada vermelha.
d. tachado.

Resposta do gabarito: d

Sua resposta: c

A hora da estrela

A hora da estrela

Maio, mês das borboletas noivas flutuando


em brancos véus. Sua exclamação talvez tivesse sido
um prenúncio do que ia acontecer no final da tarde
desse mesmo dia: no meio da chuva abundante
encontrou (explosão) a primeira espécie de
namorado de sua vida, o coração batendo como se
ela tivesse englutido um passarinho esvoaçante e
preso. O rapaz e ela se olharam por entre a chuva e se
reconheceram como dois nordestinos, bichos da
mesma espécie que se farejam. Ele a olhara
enxugando o rosto molhado com as mãos. E a moça,
bastou-lhe vê-lo pra torná-lo imediatamente sua
goiabada-com-queijo.

Ele...

Ele se aproximou e com voz cantante de


nordestino que a emocionou, perguntou-lhe:
– E se me desculpe, senhorinha, posso
convidar a passear? [...]

Eles não sabiam como se passeia. Andaram


sob a chuva grossa e pararam diante da vitrine de
uma loja de ferragem onde estavam expostos atrás
do vidro canos, latas, parafusos grandes e pregos.

[...]
Da segunda vez em que se encontraram caía
uma chuva fininha que ensopava os ossos. Sem nem
ao menos se darem as mãos caminhavam na chuva
que na cara de Macabéa parecia lágrimas
escorrendo.

Da terceira vez que se encontraram – pois não


é que estava chovendo? – o rapaz, irritado e
perdendo o leve verniz de finura que o padrasto a
custo lhe ensinara, disse-lhe:

– Você também só sabe é chover!

– Desculpe.

Mas ela já o amava tanto que não sabia mais


como se livrar dele, estava em desespero de amor.
Numa das vezes em que se encontraram ela
afinal perguntou-lhe o nome.

– Olímpico de Jesus Moreira Chaves – mentiu


ele porque tinha como sobrenome apenas o de
Jesus, sobrenome dos que não têm pai. Fora criado
por um padrasto que lhe ensinara o modo fino de
tratar pessoas para se aproveitar delas e lhe ensinara
como pegar mulher.[...]

Olímpico de Jesus trabalhava de operário


numa metalúrgica e ela nem notou que ele não se
chamava de “operário” e sim de “metalúrgico”.
Macabéa ficava contente com a posição social dele
porque também tinha orgulho de ser datilógrafa,
embora ganhasse menos que o salário mínimo. Mas
ela e Olímpico eram alguém no mundo. “Metalúrgico”
e “datilógrafa” formavam um casal de classe. [...]

A hora da estrela

LISPECTOR, Clarice. . Rio de Janeiro: Rocco, 1998. p. 42-45. (Fragmento)

englutido: engolido

1. Código da questão: Q9595Ca

Clique aqui e leia o texto relacionado com a questão

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Sobre o fragmento “Mas ela já o amava tanto que não sabia mais como
se livrar dele [...]” (§ 10), pode-se afirmar que:

a. a segunda oração é uma consequência da primeira.


b. a primeira oração estabelece uma condição em relação à segunda.
c. a primeira oração é uma explicação da segunda.
d. as orações mostram ações que se aproximam pela relação temporal.
e. as orações estão ligadas por conectores circunstanciais.

Resposta do gabarito: a

Sua resposta: d
2. Código da questão: Q19554Ca

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - A Educação Especial é uma modalidade de ensino que pode ser
definida como:

.Modalidade de educação escolar oferecida, exclusivamente, na educação infantil e na educação profissional.


a. Modalidade de educação escolar oferecida preferencialmente na rede regular de ensino, para educandos com deficiência,
transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação.
b. Modalidade de educação escolar oferecida, exclusivamente, na rede regular de ensino, para educandos com deficiência,
transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação.
c. Modalidade de educação escolar oferecida, preferencialmente, na Educação Básica, para educandos com deficiência, transtornos
globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação.
d. Modalidade de educação escolar oferecida, exclusivamente, na Educação Básica, para educandos com deficiência, transtornos
globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação.

Resposta do gabarito: b

Sua resposta: e

1. Código da questão: Q30863Ca

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Com relação às Metas estabelecidas pelo Plano Nacional de Educação
(PNE), aprovado pela Lei Nº 13.005, de 25 de junho de 2014, marque a alternativa correta

a. Universalizar, até 2016, a educação infantil na pré-escola para as crianças de 4 (quatro) a 5 (cinco) anos de idade e ampliar a
oferta de educação infantil em creches.
b. Universalizar o ensino fundamental de 9 (nove) anos para toda a população de 5 (cinco) a 14 (quatorze) anos e garantir que 100%
dos alunos concluam essa etapa na idade recomendada, até o último ano de vigência deste PNE.
c. Universalizar, até 2016, o atendimento escolar para toda a população de 15 (quinze) a 17 (dezessete) anos e elevar, até o final do
período de vigência deste PNE, a taxa líquida de matrículas no ensino médio para 100%.
d. Universalizar, para a população de 3 (três) a 18 (dezoito) anos com deficiência, o acesso à educação básica e ao atendimento
educacional especializado, com a garantia apenas do sistema educacional inclusivo.
e. Oferecer, no mínimo, 75% das matrículas de educação de jovens e adultos, nos ensinos fundamental e médio, na forma integrada
à educação profissional.

Resposta do gabarito: a

Sua resposta: e

2. Código da questão: Q30875Ca

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - É comum se encontrarem nas escolas duas maneiras de organização das
turmas. Ou agrupam os alunos por faixa etária, ou agrupam de acordo com a série em que os alunos se encontram. De acordo
com Lúcia Moysés, a segunda opção permite interações mais ricas, mas:

.necessitam de maior controle disciplinar e de organização na sala de aula.

a. requerem do professor um preparo em saber lidar com tarefas diversificadas.


b. dependem da arrumação dos alunos juntando os mais calmos com os mais agitados.
c. demandam um compromisso e um acompanhamento maior do professor.
d. carecem de professores auxiliares e de apoio de toda a equipe pedagógica.

Resposta do gabarito: b
Sua resposta: b

A entrada dos prisioneiros foi comovedora (...)

Os combatentes contemplavam-nos entristecidos.


Surpreendiam-se; comoviam-se. O arraial, in extremis, punha-lhes
adiante, naquele armistício transitório, uma legião
desarmada, mutilada faminta e claudicante, num assalto mais
duro que o das trincheiras em fogo. Custava-lhes admitir que
toda aquela gente inútil e frágil saísse tão numerosa ainda dos
casebres bombardeados durante três meses. Contemplando-lhes
os rostos baços, os arcabouços esmirrados e sujos, cujos
molambos em tiras não encobriam lanhos, escaras e escalavros
– a vitória tão longamente apetecida decaía de súbito.
Repugnava aquele triunfo. Envergonhava. Era, com efeito,
contraproducente compensação a tão luxuosos gastos de
combates, de reveses e de milhares de vidas, o apresamento
daquela caqueirada humana – do mesmo passo angulhenta e
sinistra, entre trágica e imunda, passando-lhes pelos olhos, num
longo enxurro de carcaças e molambos...

Nem um rosto viril, nem um braço capaz de suspender uma


arma, nem um peito resfolegante de campeador domado:
mulheres, sem-número de mulheres, velhas espectrais, moças
envelhecidas, velhas e moças indistintas na mesma fealdade,
escaveiradas e sujas, filhos escanchados nos quadris
desnalgados, filhos encarapitados às costas, filhos suspensos
aos peitos murchos, filhos arrastados pelos braços, passando;
crianças, sem-número de crianças; velhos, sem-número de
velhos; raros homens, enfermos opilados, faces túmidas e
mortas, de cera, bustos dobrados, andar cambaleante.

(CUNHA, Euclides da. Os sertões: campanha de Canudos.Edição Especial. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1980.)

1. Código da questão: Q18663Ca

Clique aqui e leia o texto relacionado com a questão

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - Em qual dos trechos foi empregada palavra ou expressão em sentido
conotativo?

a. “A entrada dos prisioneiros foi comovedora”


b. “Nem um rosto viril, nem um braço capaz de suspender uma arma, nem um peito resfolegante...”
c. “Era, com efeito, contraproducente compensação a tão luxuosos gastos de combates...”
d. “...os arcabouços esmirrados e sujos...”
e. “faces túmidas e mortas, de cera, bustos dobrados, andar cambaleante”

Resposta do gabarito: e

Sua resposta: b

2. Código da questão: Q19546Ca


(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - Leia o trecho adiante transcrito e, em seguida, responda: “De qualquer
modo, por esta ou por outra razão qualquer, ando com uma espécie de miniparanoia, considerando-me, mais que os outros,
vítima frequente da Lei de Murphy.” Justifique a acentuação gráfica registrada na palavra espécie:

.polissílabo átono

a. paroxítona terminada em ditongo decrescente


b. oxítona terminada em IE
c. paroxítona terminada em ditongo crescente
d. proparoxítona

Resposta do gabarito: d

Sua resposta: d

3. Código da questão: Q30870Ca

(IBEG - 2016 - Prefeitura de Mendes/RJ - Pedagogo) - Marque a alternativa referente ao teórico que defendeu a ideia de que “a
aprendizagem deveria se aproximar ao máximo da vida prática do aluno e, portanto, a escola deveria preparar seus alunos para a
vida democrá- tica, para a participação social, dando preferência à aprendizagem por descoberta”.

.Burrhus Frederic Skinner

a. Jean Piaget
b. John Dewey
c. Lev Vygotsky
d. Sigmund Freud

Resposta do gabarito: c

Sua resposta: b

4. Código da questão: Q19565Ca

(FACET - 2016 - Prefeitura de Sobrado/PB - Pedagogo) - De acordo com o Parecer do Conselho Nacional de Educação/Câmara
de educação Básica (CNE/CEB) 11/2000, a Educação de Jovens e Adultos (EJA) possui as seguintes funções:

I. Possibilitar aos indivíduos novas inserções no mundo do trabalho, na vida social, nos espaços da estética e na abertura dos
canais de participação.

II. Restaurar um direito negado: o direito a uma escola de qualidade. Não se deve confundir essa função com a noção de
suprimento.

III. Propiciar a todos a atualização de conhecimentos por toda a vida tendo como base o caráter incompleto do ser humano cujo
potencial de desenvolvimento e de adequação pode se atualizar em quadros escolares ou não escolares.

As funções acima citadas são, respectivamente:

.equalizadora, suplementar e qualificadora.

a. equalizadora, reparadora e qualificadora.


b. reparadora, equalizadora e qualificadora.
c. suplementar, equalizadora e qualificadora.
d. suplementar, reparadora e equalizadora.

Resposta do gabarito: b

Sua resposta: b

5. Código da questão: Q9623Ca

(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - Novas formas de organizar o trabalho pedagógico da escola têm sido
experimentadas, apontando para um horizonte de democratização do espaço escolar. Em muitos locais, tem-se procurado
programar um processo democrático de gestão, valorizando e incentivando as iniciativas das unidades escolares no que se refere
à democratização do espaço escolar. Destacam-se, nesse processo, dentre outros, a criação do Projeto Político-Pedagógico e da
efetivação de:

.regimento escolar, conselho de classe, representante de turma e conselho de pais e mestres.

a. conselho escolar, regimento escolar, grêmio estudantil e associação de pais e mestres.


b. conselho escolar, conselho de classe, grêmio estudantil e associação de pais e mestres.
c. avaliação institucional, conselho de classe, grêmio estudantil e conselho de pais e mestres.
d. conselho gestor, conselho de classe, conselho estudantil e conselho de pais.

Resposta do gabarito: c

Sua resposta: c

6. Código da questão: Q30892Ca

(UFF - 2016 - Prefeitura de Niterói/RJ - Pedagogo) - Leia o seguinte fragmento da Resolução no 4, de 13 de julho de 2010, que
define as diretrizes curriculares nacionais gerais.

I a Educação Infantil, que compreende: a Creche, englobando as diferentes etapas do desenvolvimento da criança até 3 (três)
anos e 11 (onze) meses; e a Pré-Escola, com duração de 2 (dois) anos.

II o Ensino Fundamental, obrigatório e gratuito, com duração de 9 (nove) anos, é organizado e tratado em duas fases: a dos 5
(cinco) anos iniciais e a dos 4 (quatro) anos finais.

III o Ensino Médio, com duração mínima de 3 (três) anos.

Estas são as etapas previstas para a(o):

.Pedagogia Privada.

a. Currículo Federal.
b. Ensino Público.
c. Educação Básica.
d. Escola Urbana.

Resposta do gabarito: d

Sua resposta: c
A entrada dos prisioneiros foi comovedora (...)

Os combatentes contemplavam-nos entristecidos.


Surpreendiam-se; comoviam-se. O arraial, in extremis, punha-lhes
adiante, naquele armistício transitório, uma legião
desarmada, mutilada faminta e claudicante, num assalto mais
duro que o das trincheiras em fogo. Custava-lhes admitir que
toda aquela gente inútil e frágil saísse tão numerosa ainda dos
casebres bombardeados durante três meses. Contemplando-lhes
os rostos baços, os arcabouços esmirrados e sujos, cujos
molambos em tiras não encobriam lanhos, escaras e escalavros
– a vitória tão longamente apetecida decaía de súbito.
Repugnava aquele triunfo. Envergonhava. Era, com efeito,
contraproducente compensação a tão luxuosos gastos de
combates, de reveses e de milhares de vidas, o apresamento
daquela caqueirada humana – do mesmo passo angulhenta e
sinistra, entre trágica e imunda, passando-lhes pelos olhos, num
longo enxurro de carcaças e molambos...

Nem um rosto viril, nem um braço capaz de suspender uma


arma, nem um peito resfolegante de campeador domado:
mulheres, sem-número de mulheres, velhas espectrais, moças
envelhecidas, velhas e moças indistintas na mesma fealdade,
escaveiradas e sujas, filhos escanchados nos quadris
desnalgados, filhos encarapitados às costas, filhos suspensos
aos peitos murchos, filhos arrastados pelos braços, passando;
crianças, sem-número de crianças; velhos, sem-número de
velhos; raros homens, enfermos opilados, faces túmidas e
mortas, de cera, bustos dobrados, andar cambaleante.

(CUNHA, Euclides da. Os sertões: campanha de Canudos.Edição Especial. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1980.)

1. Código da questão: Q18659Ca

Clique aqui e leia o texto relacionado com a questão

(IDHTEC - 2016 - Prefeitura de Itaquitinga/PE - Pedagogo) - É correto afirmar que:

a. Foi natural que com tamanha resistência ainda houvesse tantos combatentes saindo dos casebres após a rendição.
b. Os bombardeios demonstraram a ineficiência dos soldados que foram ali combater, pois não deram os resultados esperados.
c. Foi triste ver que o inimigo contra o qual lutavam não oferecia perigo e estavam desarmados.
d. Todo fim de combate é deprimente, pois percebe-se que em ambos os lados só há soldados frágeis e mutilados.
e. Um assalto gerou o combate, daí a desproporcionalidade da reação dos soldados.

Resposta do gabarito: c

Sua resposta: b

2. Código da questão: Q9632Ca


(FUNCAB - 2013 - Prefeitura de Cacoal/RO - Pedagogo) - O Bullying não é uma ação que está inserida apenas no âmbito escolar,
podendo ocorrer em distintos contextos de inserção dos sujeitos, tais como: no espaço do trabalho, nas relações familiares, nas
forças armadas, prisões, condomínios residenciais, clubes e asilos, entre outros contextos sociais aos quais os indivíduos
pretendam fazer parte ou que já estejam inseridos. Esse fenômeno vai além das brincadeiras de crianças e adolescentes, são
práticas e ações violentas que ocorrem por tempo prolongado, de forma repetida, gerando desequilíbrio físico, psicológico e social
entre os indivíduos; caracteriza-se por conter em sua ação:

.autoritarismo.
a. preconceito.
b. homofobia.
c. intolerância.
d. intencionalidade.

Resposta do gabarito: e

Sua resposta: c