Você está na página 1de 54

Campanha de Jejum e Oraçao

De 1 a 30 de julho de 2017

Aperfeiçoando a Unidade

Imagens meramente ilustrativas – Você pode fazer o download deste arquivo em PDF, imprimir e encadernar.
Material para uso dos pastores, líderes e membros das Igrejas Batistas Independentes

Todos direitos em língua portuguesa reservados e protegidos pela Lei 9.610, de 19/02/1998. É expressamente
proibida a reproduçao ou transmissao do conteudo total ou parcial deste livro, por quaisquer meios (eletronicos,
mecanicos, fotograficos, gravaçao e outros), sem previa autorizaçao, por escrito, do autor e/ou da Éditora Batista
Independente, a nao ser em citaçoes breves e em resenhas.

Arte da capa e cartaz: Élisandra Bueno - elisandrabueno@hotmail.com

Ficha catalográfica elaborada pela bibliotecária


Tatiana Santana Matias CRB 8/8303

M528t Melo, Elton Batista de.


Trinta dias de jejum e oração para o realinhamento
denominacional / Elton Batista de Melo. – Campinas:
Editora Batista Independente, 2017.
57 p. : Il. ; 21 cm

ISBN: 978-85-61632-29-8

1. Oração. 2. Jejum. 3. Cristianismo. I. Editora Batista


Independente.

CDD – 220

Encontre subsídios e outros textos no site do autor, em www.alcancevitoria.com.br/not/848-neemias


Fone: 41 99890- 9040 email: palestranteeltonmelo@gmail.com
Curitiba, junho de 2017

Éditora Batista Independente,


Campinas, junho de 2017
Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

Sumário

1 – Apresentação do projeto ........................................................................................................................................................ 5


1.2 Cronograma do projeto...................................................................................................................................................... 6
1.2 – Recomendações ................................................................................................................................................................. 6
1.3 - Estratégia de execução: ................................................................................................................................................... 7
1.4 - Resumo dos temas semanais e diários ..................................................................................................................... 8
2- Esboços de mensagens........................................................................................................................................................... 12
A SOLUÇÃO SEMPRE PASSA PELA INTERVENÇÃO DIVINA ................................................................................... 12
ESTRATÉGIAS DIVINAS PARA A REALIZAÇÃO DA OBRA. ....................................................................................... 14
ESTRATÉGIAS DIVINAS PARA LIDAR COM A OPOSIÇÃO E CONFLITOS ........................................................... 16
PRIORIDADES DIVINAS PARA O POVO DE DEUS ........................................................................................................ 18
COMPROMISSADOS PARA UMA GRANDE OBRA ......................................................................................................... 20
3 - Devocionais Diários................................................................................................................................................................ 24
1º dia – Como reagimos diante de um problema? ...................................................................................................... 24
2º dia – o problema é meu .................................................................................................................................................... 25
3º dia – Assembleia de pecadores ..................................................................................................................................... 26
4º dia – Procurando onde caíram ...................................................................................................................................... 27
5º dia – Confiança em suas promessas ............................................................................................................................ 28
6º dia – O conflito entre o querer e o fazer .................................................................................................................... 29
7º dia – Neemias, um homem fiel, ensinável e disponível ....................................................................................... 30
8º dia – Cuidado, sempre tem gente contra. .................................................................................................................. 31
9º dia – Falando com firmeza e sabedoria. .................................................................................................................... 32
10º dia – Toda ajuda é bem-vinda. .................................................................................................................................... 33
11º dia – Envolvidos numa mesma causa....................................................................................................................... 34
12º dia – Cuide do que já foi feito ...................................................................................................................................... 35
13º dia – Nem tudo são flores.............................................................................................................................................. 36
14º dia – Restaurando a dignidade ................................................................................................................................... 37
15º dia – Reagindo conforme os valores do Reino ..................................................................................................... 38
16º dia – O furdunço tá montado ....................................................................................................................................... 39
17º dia – Coração derretido ................................................................................................................................................. 40
18º dia – Tá aborrecido? Agora é tarde!.......................................................................................................................... 41

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 3


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade
19º dia – Mantenha o foco..................................................................................................................................................... 42
20º dia – Gente sofisticada não grita mas detona ....................................................................................................... 43
21º dia – Olha o toco! .............................................................................................................................................................. 44
22º dia – O líder é o exemplo para todos!....................................................................................................................... 45
23º dia – Organizar ao invés de improvisar .................................................................................................................. 46
24º dia – Cada pessoa no seu devido lugar .................................................................................................................... 47
25º dia – Cada pessoa sendo usada por Deus no seu lugar de ajuntamento ................................................... 48
26º dia – O reavivamento vem pela Palavra .................................................................................................................. 49
27º dia – A alegria do Senhor é a nossa força ............................................................................................................... 50
28º dia – Celebração da Santidade .................................................................................................................................... 51
29º dia – Deus leva a sérios nossos votos....................................................................................................................... 52
30º dia – Primeiro a Casa de Deus ..................................................................................................................................... 53
4 - Conclusão ................................................................................................................................................................................... 54
5 - Referencial Bibliográfico ...................................................................................................................................................... 54

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 4


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

1 – APRESENTAÇÃO DO PROJETO

30 DIAS DÉ JÉJUM É ORAÇAO PARA o


realinhamento denominacional
“... o Deus dos céus é quem nos dará bom êxito; nós, seus servos,
nos disporemos e reedificaremos...”. (Neemias 2.20a. - RA)

Precisamos realinhar os princípios denominacionais! Émbora com mais de 60 anos, nossa


denominaçao tem passado por algumas situaçoes onde o nosso grau de unidade,
comprometimento, aliança e harmonia tem sido relegados a um segundo plano. Nossos pastores
tem olhado com carinho para suas igrejas, e louvamos ao Senhor por isso, mas temos perdido a
capacidade de articulaçao, de enfrentamento conjunto da crise, levando-nos a que cada
pastor/líder, foque somente nos resultados imediatos para sua frente de “batalha”. Émbora
tenhamos mais de 450 igrejas e um bom numero de congregaçoes e campos missionarios, a nossa
falta de unidade se faz notar na falta de objetivos claros e visíveis para toda a denominaçao.

Tal qual a necessidade de realinhar (reerguer) os muros de Jerusalem, assim estamos nos
tambem. Somos povo de propriedade exclusiva de Deus, temos maravilhosas e grandes
promessas de Deus para nossas Igrejas, no entanto, estamos refens de nos mesmos, das nossas
limitaçoes, das nossas falhas e da nossa maneira independente de ser. Ainda nao
compreendemos que somos independentes apenas no nome, mas interdependentes uns dos
outros. Diante disso, o inimigo tem tirado proveito, nao temos alcançado as vidas que o Senhor
tem para nos, temos crescido bem abaixo da media de outras organizaçoes, temos nos
apequenados. Podemos nos conformar, lamentar e chorar, como Hanani descreveu a vergonhosa
situaçao de Jerusalem a Neemias, ou podemos, a exemplo de Neemias, clamar ao Deus do Ceus
por uma estrategia, recursos, vigor e sabedoria para reconstruir os nossos muros assolados.

Andrew Murray (1828-1917), disse certa vez que “... saber falar com Deus excede a competência
humana de falar com os homens”. Tudo começa na oraçao. Nao uma oraçao qualquer, mas uma
oraçao com um proposito claro, definido, ou seja, sabendo o que esperamos, o que o Senhor ira
fazer. Oraçao e, portanto, muito mais que conhecer a vontade de Deus, mas clamar para que ele
intervenha e cumpra em nos e atraves de nos a sua vontade para este mundo. Assim como o
Senhor levantou e capacitou Neemias para um grande desafio, ele tambem levantara e capacitara
nossos pastores, líderes e membros para que façamos a diferença. Ha uma grande tarefa a ser
feita. Os recursos sao limitados, nosso povo e pouco, mas podemos afirmar como Neemias: “... o
Deus dos céus é quem nos dará bom êxito; nós, seus servos, nos disporemos e reedificaremos...”.
(Neemias 2.20a. - RA)

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 5


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade
1.2 Cronograma do projeto

Tarefa Data de conclusão Responsável Observações


Oraçao da Liderança pela 1 a 30 de junho Pr. Marcos Élias CIBI/UMBI/JUNTAS
efetividade da Campanha nas
Igrejas
Divulgaçao LT 20 de maio Heber
Divulgaçao Mídia 30/5 a 30/6 Élisandra Amato
Énvolvimento dos pastores 30/5 a 30/6 UMBI – Pr. Paulo
Giovani
Énvolvimento das Regionais 30/05 a 30/6 CIBI – Pr. Marcos
Élias
Cartaz / relogio de Oraçao 25/05 a 15/06 Élisandra Amato /
Heber - LT
Gravaçao de vídeos 30/05 a 20/06 ?
Preparaçao devocional diario 20/05 a 20/06 Pr. Élton Melo
Acompanhamento das Igrejas 30/06 a 10/07 CIBI
participantes
Início dos 30 dias 1/07 – Sabado Igrejas Teremos 5 domingos
Termino: 30/07 - Domingo Igrejas
Relatorio Final 2 a 10/08 CIBI
Recebimento de Testemunhos 2 a 10/08 ÉBI - LT
Reuniao de avaliaçao De 1 a 29 de agosto Diretoria da CIBI
Publicaçao dos Resultados e 20/08 ÉBI-LT LT de Setembro
testemunhos Élisandra Amato

1.2 – Recomendações

Precisamos fazer esta campanha com muita intensidade e foco! Para consegui realizar esta
Campanha com efetividade, nos precisamos que os diretores da CIBI, UMBI e das entidades se
coloquem em oraçao, durante todo o mes de junho. Afinal, se precisamos da colaboraçao dos
pastores, das regionais e da membresia, precisamos que o Senhor lhes prepare os coraçoes.
Diante disso, nosso envolvimento e unidade na antecipaçao desta campanha, serao os alicerces
fundamentais para alcançar os resultados esperados.

Foco da oração pré-campanha:


a) Que o Senhor gere entre nos (pastores e líderes) unidade de pensamento e direçao;
b) Que o Senhor gere nos nossos pastores o desejo de superar obstaculos e alcançar bons
resultados;
c) Que o Senhor gere na membresia a sede e fome de avivamento pela Palavra de Deus;
d) Que o Senhor disponibilize para nos líderes os recursos para levar este desafio adiante;
e) Para que haja testemunhos efetivos de soluçao aos problemas estruturais da
denominaçao / Igrejas.

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 6


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade
1.3 - Estratégia de execução:

1. Semanalmente os pastores das Igrejas Batistas Independentes poderao ministrar dentro


do tema da semana, conforme a direçao do Éspirito Santo para a sua comunidade local.
Serao 5 domingos em julho.

2. Sugerimos que os pastores implantem um relogio de oraçao na Igreja local, buscando que
tenhamos 24 horas de oraçao, durante o período de 1 a 30 de julho. (24 x 30 = 720 horas
de oraçao em cada Igreja).

3. Diariamente os pastores tem uma indicaçao de leitura bíblica e o devocional preparado


pelo pastor Élton Melo. Mas o pastor local pode e esta liberado para fazer o seu devocional
em conformidade com a sua realidade local, dentro do tema estabelecido. Cremos que
quanto mais pessoal for o envolvimento do pastor local, maior sera o envolvimento da
membresia e consequentemente, os resultados da unidade.

4. Pedimos que os pastores veiculem nas suas redes sociais o logotipo da campanha com a
hastag #somostodoscibi, para que todos possam acompanhar as iniciativas de cada
pastor.

5. Ém funçao dos altos custos, nao teremos cartazes impressos, mas o pastor pode anunciar
isso nos cultos que antecedem a campanha e, tambem durante os 30 dias da campanha –
o importante e que a membresia perceba que estamos realizando esta campanha todos
juntos. Use o projetor da Igreja, as redes sociais, etc. A arte do cartaz esta disponível em
http://www.ebi.org.br/pdf/neemias2017.jpg

6. A arte da capa esta disponível para baixar em:


http://www.ebi.org.br/pdf/capa_cibi2017_book.png e
http://www.ebi.org.br/pdf/capa_cibi2017_asp.png

7. Éste manual com os devocionais nao sera impresso. É esta disponível em PDF no site da
Éditora, no seguinte endereço: http://www.ebi.org.br/pdf/cibi2017_neemias.pdf

8. Faça o download do material e imprima numa impressora jato de tinta ou laser, se preferir,
para ficar mais bonito, coloque um espiral com capas de plastico.

9. Ao final da campanha, compartilhe conosco o que aconteceu aí Igreja local. Énvie a notícia,
relate o que o Senhor fez e vamos juntos glorificar ao nosso Deus. Énvie para a redaçao do
Jornal Luz nas Trevas: redator@ebi.org.br

10. Para correçoes, comentarios e outras sugestoes, entre em contato com o pastor Élton
Melo, presidente da Éditora Batista Independente, pelo e-mail: presidente@ebi.org.br

#SOMOSTODOSCIBI

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 7


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade
1.4 - Resumo dos temas semanais e diários
PRIMEIRA PARTE - 1 A 7 DE JULHO
A SOLUÇÃO SEMPRE PASSA PELA INTERVENÇÃO DIVINA
“O Deus dos céus fará que sejamos bem-sucedidos. Nós, os seus servos,
começaremos a reconstrução”. Neemias 2.20 -
DIA TEXTO RESUMO
1 1.1 – 1.4 Éntender o que acontece precede a nossa busca para a
soluçao dos problemas diante de Deus – Importancia
de parar para ouvir as pessoas, compreender bem o
problema, suas causas e seu estado atual, para poder
orar com propriedade.
2 1.5 - 1.7 Confissao do nosso pecado – Por tras de uma crise,
quase sempre ha um pecado que precisa ser
confessado diante de Deus – Neemias nos mostra que
estamos no mesmo barco e, que o pecado tambem e de
todos: nos pecamos
3 9.1 – 9.15 Neemias e todo o povo participam deste grandioso
momento e de confissao, arrependimento e adoraçao
ao Senhor
4 9.16 – 9.38 Éles fazem uma retrospectiva historia para entender
onde erraram o proposito do Senhor
5 1.8 – 1.11 Confiança nas promessas do Senhor. Éle e justo e
jamais permite algo em nossa vida sem uma causa
justa. Da mesma forma, ele tambem tem promessas
para solucionar os problemas – Devemos pedir de
acordo com as suas promessas
6 2.1 – 2.4 Durante 120 dias, Neemias busca ao Senhor para ter
uma estrategia para falar com o Rei, para ter um plano
exequível e para saber exatamente o que fazer
7 2.5 – 2.9 Deus cria a oportunidade, mas devemos estar prontos e
preparados para aproveita-las. No momento certo
Neemias sabia o que devia ser pedido.

Motivos De Oraçao:
1. Orar pedindo perdao pelos pecados da Igreja, sua falta de açao diante da grande
comissao;
2. Orar pedido perdao pelos pecados dos líderes da Igreja que nao foram fieis para com
os pactos e acordos com a denominaçao;
3. Orar pedindo perdao pela infidelidade e falta de confiança nas promessas do Senhor
4. Orar para que o Senhor nos de sabedoria para aproveitar a oportunidade e restaurar
o que estiver quebrado.

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 8


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

SEGUNDA PARTE - 8 A 14 DE JULHO


ESTRATÉGIAS DIVINAS PARA A REALIZAÇÃO DA OBRA

"Lembrem-se de que o Senhor é grande e temível, e lutem por seus irmãos, por seus
filhos e por suas filhas, por suas mulheres e por suas casas". Neemias 4.14

DIA TEXTO RESUMO


8 2.11 – 2.16 Preparar em oraçao, no secreto, ver, estudar os
detalhes e buscar o conselho de Deus antes de
anunciar o que fazer ao povo.
9 2.17 – 2.20 O líder precisa ser o maior motivador do grupo –
nenhum grupo ira mais longe que a visao e a
direçao do líder.
10 3.1 – 3.15 Cada família ficou responsavel por parte do muro
e pelas portas – divisao do trabalho, envolvimento
de todos da Igreja
11 3.16 – 3.32 Todos os líderes estavam comprometidos,
inclusive os levitas, sacerdotes e governadores.
12 4.16 – 4.23 Trabalhar e vigiar, juntar os esforços,
planejamento e execuçao planejada, zelar para
nao perder o que ja foi feito
13 5.6 - 5.13 Reaçao do líder diante do conflito – pacificador,
proativo
14 7.4 – 7.73 Confiar em Deus diante da intimidaçao, das
propostas indecentes, das alianças impensadas.

Motivos De Oraçao:
1. Orar e aguardar a direçao clara de Deus antes de sair fazendo coisas de qualquer
jeito;
2. Orar para que o Senhor motive os pastores e os líderes da Igreja
3. Orar pela unidade da igreja local, da regional e da Nacional
4. Orar confiando no Senhor e ter a disposiçao de fazer exatamente como ele ordenar,
fugindo de propostas indecentes e/ou caminhos alternativos.

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 9


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

TÉRCÉIRA PARTÉ - 15 A 21 DÉ JULHO

ESTRATÉGIAS DIVINAS PARA LIDAR COM OPOSIÇÕES E CONFLITOS

“Do lugar de onde ouvirem o som da trombeta, juntem-se a nós ali. Nosso Deus
lutará por nós! ” Neemias 4.20
DIA TEXTO RESUMO
15 2.10,19; 4.1-6; Zombaria, descredito,
16 4.7 – 4.9 Confusao
17 4.10 – 4.23 Ataque, violencia, medo
18 5.1 – 5.13 Conflito na distribuiçao de renda, alimento
19 6.1 – 6.16 Acusaçoes, mentiras, intimidaçao
20 6.17 – 6.19 Fofocas, líderes com ma influencia, Líderes
incoerentes
21 13.1 – 13.9 Pessoas em pecado exercendo o ministerio

Motivos De Oraçao:
1. Pedir sabedoria para lidar com conflitos e intimidaçoes;
2. Perceber as artimanhas do inimigo para tentar parar a obra e seus obreiros
3. Orar pedindo coerencia entre o que falamos e o que fazemos;
4. Orar para Deus mostrar e extirpar pessoas em pecado, exercendo o ministerio

QUARTA PARTÉ - 22 A 30 DÉ JULHO

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 10


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

PRIORIDADES DIVINAS PARA O POVO DE DEUS

"Podem sair, e comam e bebam do melhor que tiverem, e repartam com os que
nada têm preparado. Este dia é consagrado ao nosso Senhor. Não se entristeçam,
porque a alegria do Senhor os fortalecerá". Neemias 8.10

DIA TEXTO RESUMO


22 5.14 – 5.19 O líder e o exemplo para todo o povo.
23 7.1 – 7.4 Guardar as portas, por as pessoas para trabalhar
no lugar certo
24 7.61 – 7.65 Cada um deve exercer a sua vocaçao, mas alem da
boa vontade, o chamado tem que ser autentico.
25 11.1 – 11.36 Cada pessoa sendo usada por Deus no seu lugar
de ajuntamento
26 8.1 - 8.8 Restabelecimento da Palavra no culto ao Senhor
27 8.9 – 8.18; 12.27 Celebrar com alegria ao Senhor
– 12.31
28 9.1 – 9.5 Celebrando a santidade do Senhor
29 9.38 – 10.31 Acordo, pacto, aliança - Deus leva nossos pactos,
acordos e alianças (votos e compromissos) a serio
e espera que sejamos capazes de os cumprir
30 10.32 – 10.39; Prioridade na manutençao do serviço da casa de
13.11 – 13.31 Deus

Motivos De Oraçao:
1. Pedir que o Senhor capacite os líderes para serem bons exemplos para o rebanho;
2. Que o Senhor nos ensine a ser gratos pelo que ja temos;
3. Que o Senhor gere temor, para que vivamos em santidade dentro da Igreja, da
sociedade e sermos fieis com os acordos com a nossa denominaçao;
4. Orar para que o Senhor renove a aliança entre a membresia (comunhao)
5. Orar para que o ministerio e todos que nele servem, compreendam e pratiquem a
missao dada pelo Senhor a sua Igreja, que e de ser um local de instruçao e
crescimento espiritual, para que o povo de Deus possa fazer a diferença no mundo.

A seguir são apresentados cinco esboços de mensagens (uma para cada domingo de julho) como
sugestão aos pastores das igrejas participantes. Lembrando que cada pastor tem a liberdade de
trabalhar os seus sermões, conforme a aplicação para a Igreja local.

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 11


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

2- ESBOÇOS DE MENSAGENS

Primeira Semana – domingo 02/07/2017


A SOLUÇÃO SEMPRE PASSA PELA INTERVENÇÃO DIVINA
Pr. Paulo Giovani, presidente da UMBI

“O Deus dos céus fará que sejamos bem-sucedidos. Nós, os seus


servos começaremos a reconstrução”. Neemias 2.20

Introdução: O maior desafio do ser humano é lutar contra a sua natureza, ou seja, olhar para as
situações adversas através de suas possibilidades. Pois quando está diante de uma tarefa, ou deseja
fazer algo, dimensiona as dificuldades a enfrentar ou não, com base apenas em sua capacidade. Mas
sempre haverá uma saída, por mais que a situação seja desafiadora e às vezes pareça ser impossível,
porém não é maior que o Deus dos céus. Para que se entenda que a solução sempre passa pela
intervenção divina é necessário:
1. Disposição diante dos desafios. “Nós, os seus servos começaremos a reconstrução”
a) Disposição nada mais é do que mudança de comportamento para mudar o quadro
desfavorável, e para isto precisa haver:
i. Ação. I Samuel 17.32 - E Davi disse a Saul: Não desfaleça o coração de ninguém por
causa dele; teu servo irá, e pelejará contra este filisteu - II Reis 7: “Se dissermos:
Entremos na cidade, há fome na cidade, e morreremos aí; e se ficarmos aqui, também
morreremos. Vamos nós, pois, agora, e passemos para o arraial dos sírios; se nos
deixarem viver, viveremos, e se nos matarem, tão somente morreremos”.
ii. Resiliência. I Samuel 17.49: “E Davi pôs a mão no alforje, e tomou dali uma pedra e com
a funda lha atirou, e feriu o filisteu na testa, e a pedra se lhe encravou na testa, e caiu
sobre o seu rosto em terra”.

O povo viu a mão do Senhor sobre eles quando se disponibilizaram para reconstrução.
Precisamos ter bom ânimo diante dos desafios (Jo 16.33).

2. Reconhecimento da limitação humana. “O Deus dos céus nos fará com que sejamos bem-
sucedidos”.

Ao mesmo tempo em que precisa de disposição para agir, não deve ser esquecida a limitação
humana. Deus pela sua misericórdia sempre agiu através do homem, mesmo falho; mas Deus em
seu amor restaura e concede uma nova oportunidade. É necessário entender que Deus manifesta
seu poder na fraqueza humana. A tendência humana é exaltar o EU. Eu fiz, eu construí, eu ajudei
etc... Através de atitudes que é se manifesta o reconhecimento da limitação humana. Vejamos
pelo menos duas:
a) Humildade. É necessário reconhecer a limitação. Neemias é um exemplo disto. Ele não
estava confiado na sua experiência, ou na carta que o rei lhe deu para conseguir passagem

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 12


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade
aos governadores do Trans-Eufrates ou para Asafe, guarda da floresta do rei. Tanto é que,
quando recebeu a notícia a respeito da situação do povo, ele se dispôs a jejuar e orar ao
Deus dos Céus (Ne 1.4).
2 Crônicas 7.14: “E o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e
buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e
perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra”.
b) Oração. Hoje o maior desafio encontrado pelas igrejas é com o culto de oração. São os
cultos menos frequentados, as justificativas são várias. O povo acha que não precisa orar,
pois na sua ótica conseguem tudo com as forças de seus braços, e o pior de tudo é que
alguns se acostumaram a viver sem oração, não acham necessário.
Muitos pensam que é necessário orar somente quando estão em busca de alguma vitória.
Orar é falar com Deus, confessando as falhas, exaltando seu nome e dizer: “ Senhor eu
dependo de ti”. Registro uma frase dita pelo Pr. Pedro Mendes: “Orar dá certo”!
Mateus 21.22 – “E, tudo o que pedirdes na oração, crendo, o recebereis”.
Lucas 6.12 – “E aconteceu que naqueles dias subiu ao monte a orar, e passou a noite em
oração a Deus”.

3. Convicção da ação divina.


O que levou Neemias enfrentar o desafio foi a convicção de que o Senhor os faria bem-
sucedidos. Se ele fosse olhar somente na perspectiva humana com certeza desanimaria.
Mas sua convicção que Deus lhes faria bem-sucedido é algo que serve como exemplo.
Quantos projetos, sonhos idealizados para a obra de Deus que não saem do papel por que
falta a convicção de que Ele é que faz o homem bem-sucedido. Precisa haver esta
convicção: “estou fazendo uma grande obra”.
Neemias sempre lembrou o povo de que eles não estavam sozinhos:
a) Neemias 2.20 – “Então lhes respondi, e disse: O Deus dos céus é o que nos fará
prosperar...”
b) Neemias 4.14 – “E olhei, e levantei-me, e disse aos nobres, aos magistrados, e ao restante
do povo: Não os temais; lembrai-vos do grande e terrível Senhor”,
c) Neemias 4.20 – “ No lugar onde ouvirdes o som da buzina, ali vos ajuntareis conosco.
Deus pelejará por nós”.
d) Neemias 6.16 – “...porque reconheceram que o nosso Deus fizera esta obra”.

Como falta esta convicção em nossos dias, e reconhecimento de que o sucesso na obra de Deus não
depende da capacidade humana!

Conclusão
Quando há o entendimento de que a solução para todas as dificuldades passa pela intervenção divina,
sempre haverá disposição para agir, mesmo reconhecendo a limitação humana, pois há convicção da
ação divina. Quero desafiá-lo a buscar a solução em Cristo, mas faça a sua parte. Nosso desafio como
denominação para o mês de julho é jejuar e orar, buscando a unidade e o realinhamento de nossa
Denominação, procurando manter nossa identidade. Entendemos que precisamos da ação do Senhor
para alcançar nossos objetivos. O Deus dos Céus nos fará bem-sucedidos! Portanto, precisamos agir,
nos humilhar, orar, e o Deus dos Céus pelejará por nós.

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 13


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade
ESBOÇO DE MENSAGEM PARA 09/07/2017

ESTRATÉGIAS DIVINAS PARA A REALIZAÇÃO DA OBRA.


Pr. Marcos Elias, presidente da CIBI

“Então eu disse aos nobres, aos oficiais e ao restante do povo: A


obra é grande e extensa, e estamos separados, distantes uns dos
outros, ao longo do muro”. Ne 4.19.

Introdução: No trabalho que Neemias coordenou da reedificação dos muros de Jerusalém, ele
precisou usar muitas estratégias a fim de envolver e unir todo o povo neste propósito. Havia forte
oposição de fora e de dentro. Uma baixa estima predominava em grande parte do povo, dificultando
ainda mais a tarefa. Mais do que estratégias humanas era preciso buscar ao Senhor a fim de que sob
sua orientação em cada passo e decisão servissem de motivação para a obra. Diante desta situação,
aprendemos as seguintes lições:

1- Despertar o povo para a realidade:


a) “Então eu disse: ” Essa expressão revela a atitude de Neemias em chamar a atenção de todo
o povo. Nobres, oficiais e o restante do povo, todos são chamados e despertados para a
necessidade de envolverem-se na obra.
b) O líder precisa ser o maior motivador do grupo. Nenhum grupo irá mais longe que a visão e a
direção do líder.
c) Às vezes somos levados a pensar que o trabalho a ser desempenhado é somente para os
líderes. Pastores, evangelistas, missionários etc.
d) Na obra do Senhor há lugar para todos trabalharem, indistintamente de possuir um cargo.
Todos nós temos uma função a desempenhar e é isso que determina o sucesso do trabalho.
e) Quando todos se envolvem e se unem em torno de um propósito as dificuldades são
superadas mais rapidamente. Um dos fatores que influenciou no sucesso da obra de
reconstrução dos muros de Jerusalém foi que todos se envolveram e trabalharam
arduamente.
f) Precisamos encarar a batalha como nossa. A responsabilidade é de cada um de nós
independente de cargos ou funções que exercemos.
g) Quando todo o povo se unir, envolver e trabalhar conseguiremos avançar muito mais levando
o evangelho de Jesus em todos os lugares necessitados da salvação.
h) Que o Senhor nos desperte e anime o seu povo.

2- Separados e distantes um dos outros: De que forma estamos?


a) Neemias disse ao povo que a obra era grande e extensa. Assim, havia necessidade de o povo
manter-se unido e coeso.
b) Mas não era isso o que estava acontecendo. Pelo contrário, eles estavam separados e distantes
um dos outros.
c) Podemos hoje estar separados nos propósitos estabelecidos como denominação, nas
contribuições para a manutenção dos projetos missionários, vivendo cada um a sua realidade
sem importar-se com o outro.
CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 14
Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade
d) Nenhuma obra poderá avançar se os trabalhadores estiverem separados e distantes.
e) Ao constatar que esta era a realidade do povo, Neemias orientou-os a se unirem num mesmo
lugar. É uma estratégia de guerra. Um exército unido é mais forte.
f) O que tem nos unido? O que tem nos motivado para nos unirmos mais? Porque estamos tão
separados e distantes um dos outros?
g) O Senhor Jesus é o que nos une! A igreja é o corpo de Cristo onde cada membro tem a sua
importância. Jesus disse: As portas do inferno não prevalecerão contra a minha igreja.
h) Que todas as barreiras que tem nos separado como denominação caiam por terra em nome
de Jesus!
i) Que o Senhor no levante como um exército forte e unido seguindo os seus passos de vitória
proclamando a grande salvação.

3- Trabalhar e vigiar.
a) Diante da ameaça dos inimigos de atacarem a Israel para impedir a reconstrução dos muros
de Jerusalém, Neemias tomou algumas providencias que não impediram a continuidade do
trabalho. Ne 4.16.
b) Metade dos homens fazia o trabalho enquanto a outra permanecia armada vigiando. Uma
coisa não anula a outra. Muitas vezes ficamos paralisados diante de ameaças e ataques do
inimigo.
c) A obra do Senhor não avança se ficamos parados e contemplativos esperando o que irá
acontecer.
d) A atitude de Neemias e seus trabalhadores nos ensinam que nem sempre teremos as
melhores condições para trabalhar.
e) Além disso, precisamos de sabedoria e coragem para enfrentar as adversidades e continuar o
trabalho. A obra não pode parar.
f) Os missionários estão nos campos de frente da batalha. Precisamos apoiá-los através das
orações e contribuições para o sustento.
g) Há muitas vidas a ser conquistadas para Cristo e o inimigo de nossas almas procura de todas
as formas impedir. Que faremos?
h) Não somos daqueles que retrocedem, mas sim avançamos na direção da vitória em nome de
Jesus. Nosso Deus lutará por nós!

Conclusão: Que o Senhor abençoe o seu povo. Que cada pastor, líder e todos os membros da igreja
do Senhor se unam em torno do Senhor dos Exércitos, Jesus Cristo. Que aquilo que nos separa
deixando-nos distantes caia por terra. Que a obra do Senhor continue avançando resgatando vidas
para o reino de Deus. Amém.

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 15


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade
ESBOÇO DE MENSAGEM PARA 16/07/2017

ESTRATÉGIAS DIVINAS PARA LIDAR COM A OPOSIÇÃO E CONFLITOS


Pr. Vilson Weiss, presidente da CIBILA

Do lugar de onde ouvirem o som da trombeta, juntem-se a nós


ali. Nosso Deus lutará por nós! " Neemias 4.20

Texto Bíblico: Neemias 4.1-15; 6.15-16

Introdução: Neemias comanda a reconstrução dos muros de Jerusalém com recursos escassos, com
grandes dificuldades e limitações. Não era tarefa fácil, mas também não era impossível. Já durante o
andamento do trabalho, começam a surgir opositores que querem embargar a obra, eram pessoas
que não queriam ver os muros restaurados. Além disso, os conflitos internos também vêm à tona,
revelando uma realidade social muito injusta (Ne.5). Porém, estas dificuldades, não se tornaram
impedimentos, para a execução do plano de recuperação dos muros caídos.

Diante dos desafios do povo de Deus, sempre surgirão situações que se opõe aos objetivos. Também
não é incomum surgirem conflitos no meio do povo de Deus. Tais situações não devem paralisar o
povo de Deus, muito menos separar a igreja. Aprendemos, com o relato da reconstrução dos muros
de Jerusalém, que Deus quer auxiliar seu povo, com estratégias infalíveis, a enfrentar oposições e
conflitos, conseguindo realizar o propósito colocado pelo Senhor no coração do seu povo.
Vejamos:

1– Manter o foco na realização do propósito. (Ne. 4.6)


Havia um só propósito no qual o povo estava envolvido. A oposição visava desviar a atenção do alvo
e desmotivar o empenho pelo objetivo a ser alcançado. Para manter o foco era necessário:
a. Ânimo para trabalhar com afinco e dedicação. (4.6)
b. Permanecer alerta – dando atenção especial as “brechas”. (4.13)
c. Encorajamento. Incentivo para enfrentar a oposição confiando em Deus (4.14).

2 – Diálogo para resolver os impasses (Ne. 5.1-13).


a. O caminho da humildade. Arrogância e opressão no meio do povo de Deus causa conflito. O
exemplo começa pela liderança (Ne.5.14-15).
b. É importante saber ouvir aos outros sobre as suas “dores”.
c. Interesses individuais, que prejudicam o propósito comum, devem ser abandonados.
d. Reconhecer o problema e admitir a necessidade de mudança.
e. Buscar solução nos princípios da Palavra de Deus.

3 – Discernir espiritualmente investidas maldosas (Ne.6.12).


A intenção, com os convites, a carta e os falsos “profetas”, era afastar Neemias da reconstrução dos
muros. Ele foi pressionado de várias formas para “largar” a obra. Mas, ele entendeu que não era Deus
que estava usando estas pessoas. Deus quer conceder discernimento ao seu povo, em especial, para
as lideranças, para que saibam se posicionar.
CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 16
Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade
a. Perceber a astúcia e a malícia. Manter a determinação de não abandonar a obra (Ne.6.3).
b. Permanecer firme com a verdade. Fofocas e mentiras são artimanhas malignas para
prejudicar o andamento da obra. (Ne.6.5-8)
c. Saber distinguir as “vozes” que se ouve. Neemias reconheceu a falsidade das palavras
“proféticas”. Deus não muda de palavra, nem muda os seus planos.
d. Quando existem dificuldades e/ou oposição, não quer dizer, de que o que está sendo feito
não é de Deus.

Neemias permanece firme enfrentando oposição, ameaças, calúnias, falsos profetas e conflitos
internos, tomando posição firme diante das investidas, sabendo que o Senhor estava nesse projeto.

Conclusão: A obra de Deus sempre enfrentou oposição. Quando as dificuldades e os obstáculos


dividem as pessoas e as fazem desistir, o propósito comum não é realizado. Isto também é verdade
na igreja local, bem como, na denominação. Somente reconstruiremos o que nos une, como
Denominação, se cada um fizer a sua parte, vencendo a oposição e resolvendo os conflitos que
surgem no nosso meio, mantendo-nos focados no propósito, tendo diálogo constante e
discernimento. São estratégias divinas para andarmos juntos cumprindo nossa missão como igreja e
denominação.

Ênfase da mensagem:
A mensagem tem como objetivo, nos levar a reflexão sobre a realidade das oposições que a obra de
Deus sempre enfrenta. Por outro lado, também refletir a respeito dos conflitos nas igrejas locais, bem
como na denominação. Diante destas situações adversas, a ênfase da reflexão está em apontar
caminhos para enfrentar oposições e conflitos, sem nos afastarmos uns dos outros, ao contrário,
buscarmos a solução em Deus e na sua palavra para que possamos andar juntos na restauração da
unidade, danificada pelo inimigo, através do egoísmo, orgulho, falta de perdão entre outros.

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 17


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade
ESBOÇO DE MENSAGEM PARA 23/07/2017

PRIORIDADES DIVINAS PARA O POVO DE DEUS

Pr. José Tomaz Rodrigues Lima,


Coordenador Programa Harmonia e Aliança

“Então eu disse aos nobres, aos oficiais e ao restante do povo: A


obra é grande e extensa, e estamos separados uns dos outros,
ao logo do muro. Do lugar de onde ouvirem o som da trombeta,
juntem-se a nós ali. Nosso Deus lutará por nós! ” (Ne 4.19-20).

INTRODUÇÃO: Esses dois versículos indicam o início de muitas ações práticas que serão
desenvolvidas, sob o comando de Neemias, para a reconstrução do muro da cidade de Jerusalém.
Proferidas as primeiras palavras de reconhecimento da situação miserável em que se encontrava o
povo, tanto física como espiritualmente, Neemias agora vai conduzir um verdadeiro mutirão de
reerguimento material, social e religioso. Para isso, é preciso deixar bem claras algumas PRIORIDADES,
que também significam a postura correta, diante dos desafios da tarefa. Nas palavras de Neemias,
essas prioridades podem ser resumidas em três tópicos:

1- RECONHECER a extensão da obra!


a. É muito importante, e mesmo necessário, ter consciência do tamanho (e da grandeza) de uma
tarefa.
b. E como já foi indicado na introdução, para além da reconstrução física, material de que trata
o texto, o ânimo do povo precisava ser restaurado, a vida espiritual necessitava ser
restabelecida.
c. Muitas vezes tem sido assim na história do povo de Deus: situações de dificuldades e
sofrimentos, que atingem a vida material e social, podem tornar-se a oportunidade para uma
restauração mais ampla, incluindo a vida espiritual.
d. O povo de Deus na época de Neemias estava precisando disso. E quanto a nós, Igreja da Nova
Aliança, que diremos a respeito disso?

2- DETECTAR uma triste (e perigosa) realidade: o afastamento uns dos outros!


a. Muito mais perigosa do que a distância medida em metros ou quilômetros, é o afastamento
dos propósitos em comum, no contexto da obra de Deus;
b. Aa distância de ideias e motivações quando se trata de realizar a tarefa missionária, no âmbito
da Igreja local, bem como na esfera denominacional.
c. A UNIDADE de pensamento e de sentimento, à luz de várias afirmações bíblicas, deve ser
considerada, efetivamente, uma prioridade divina (Sl 133; João 17.20-22).

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 18


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade
3- ALIANÇAR-SE um ao outro.
a. Aqui, neste tópico, mais do que simplesmente estar junto, trata-se de estar aliançado um
com o outro (uns com os outros) numa PARCERIA de trabalho.
b. Aliança é um entrelaçamento de ideias e práticas, um comprometimento a fim de que
determinado objetivo seja alcançado.
c. A divisa, o lema “Juntos podemos mais” é uma realidade! E aliança é harmonia.
d. Daí o programa da CIBI “Harmonia e Aliança “, que promove encontros em nível de Regiões
por todo o território nacional, estimulando nossos líderes e Igrejas para o precioso alvo da
UNIDADE!

Conclusão. Sem dúvida, o Senhor Deus quer que o seu povo leve a sério essas prioridades de que
falamos nesta mensagem. Reconhecer a extensão da obra; detectar a realidade do afastamento e
entrar em aliança uns com os outros para realizar a tarefa de realinhamento de nosso esforço em
parceria para promover o Reino de Deus, com dedicação e alegria!

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 19


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade
ENCERRAMENTO DA CAMPANHA
ESBOÇO DE MENSAGEM PARA 30/07/2017

COMPROMISSADOS PARA UMA GRANDE OBRA

Pr. Elton Batista de Melo,


Presidente da Editora Batista Independente

“Em vista disso tudo, estamos fazendo um acordo, por escrito, e


assinado por nossos líderes, nossos levitas e nossos sacerdotes".
Neemias 9.38

INTRODUÇÃO: O Senhor leva muito a sério o que nós nos comprometemos diante dele. Embora seja
um Deus amoroso e paciente, também é um Deus justo que não se deixa escarnecer. Estamos
colhendo hoje, o que plantamos ontem (Gálatas 6.7), e amanhã colheremos o que semeamos nestes
últimos 30 dias. Por mais que o Senhor nos ame, como parte do seu povo, suas promessas só podem
vir sobre nós se cumprimos com a nossa parte no acordo.
Para você ser bem-sucedido na vida, é importante que você tenha compromisso com o que acredita
(sua fé), e estar comprometido significa ir até às últimas consequências naquilo que o Senhor lhe
requer. Você já teve ter ouvido esta estória:

Esta é uma história de quatro pessoas: TODO MUNDO, ALGUÉM, QUALQUER UM e NINGUÉM.
Havia um trabalho importante a ser feito e TODO MUNDO tinha certeza de que ALGUÉM o faria.
QUALQUER UM poderia tê-lo feito, mas NINGUÉM o fez. ALGUÉM se zangou porque era um trabalho
de TODO MUNDO. TODO MUNDO pensou que QUALQUER UM poderia fazê-lo, mas NINGUÉM
imaginou que TODO MUNDO deixasse de fazê-lo. Ao final, TODO MUNDO culpou ALGUÉM quando
NINGUÉM fez o que QUALQUER UM poderia ter feito.

Esta estória ilustra bem o que acontece em muitas igrejas, empresas, famílias. Um deixa para o outro
e o resultado é que nada acontece. Os pactos são importantes pois reforçam a necessidade de
compromisso recíproco para uma causa comum. Queridos, quando o povo de Deus se une num
mesmo propósito de servi-lo, este povo se torna imbatível. O que podemos aprender com esta
experiência?

1 – Os líderes devem dar exemplo.


a. Quando o exemplo quando vem de cima o povo tem maior facilidade em seguir. O voto que o
povo fez, teve a iniciativa dos líderes, (governador, sacerdotes, levitas e autoridades);
b. A liderança política e espiritual está na vanguarda, em destaque nessa aliança com o Senhor.
Os líderes estão à frente; são exemplo e modelo para o povo.
c. Neemias, o governador de Judá dá um passo à frente e oferece exemplo para que os demais
o sigam. Seguem-se os sacerdotes, os levitas, e os chefes de famílias e, finalmente, o resto
do povo

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 20


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade
d. Homens, mulheres e crianças assumiram o compromisso de andarem com Deus, de
obedecem a Palavra de Deus.
e. Jonathan Edwards aos 20 anos de idade, assumiu um compromisso por escrito com Deus, de
que viveria para a sua glória;
f. Os grandes avivamentos surgiram quando o povo entrou em aliança com Deus para o
buscar, para o conhecer, para o obedecer.
g. Vivemos hoje uma espiritualidade centrada no homem, no que podemos receber de Deus.
Precisamos voltar-nos para Deus, isto é, busca-lo pelo que ele é e não apenas por aquilo que
ele pode nos dar.
h. Este acordo visava corrigir e unir o povo para alcançarem plenamente as bênçãos do Senhor
e envolvia quatro áreas significativas:
i. Submissão à Palavra de Deus – Ou seguimos o que diz a Palavra de Deus, ou ela não
passará de um “amuleto” para ser colocado na entrada da nossa casa. A Palavra de
Deus é viva, eficaz e faz a diferença em nossa vida. Somos o povo da Palavra.
ii. Fim dos casamentos mistos (santidade) – O povo de Deus não é racista u exclusivista,
mas o princípio aqui é se livrar do jugo desigual. Quantos problemas há na família, nas
sociedades por conta do jugo desigual? Deus deseja que o seu povo seja exclusivo dele,
que qualquer união, sociedade ou parceria, esteja debaixo da sua soberana vontade.
Somente devemos ter comunhão com aqueles que levam Deus a sério (Ef 5.11). Não
pode haver comunhão onde não há verdade. Precisamos nos lembrar que “as más
conversações corrompem os bons costumes e que estamos no mundo, mas não somos
do mundo”. O ecumenismo é um engano de satanás. A questão é fidelidade espiritual.
iii. Observância do dia do descanso. Na era da pósmodernidade a ideia de um dia de
descanso para todos, acabou ficando fora de moda. Hoje muitos não descansam, pois
seguem uma rotina estressante. Se você for a um Shopping num domingo à tarde, por
exemplo, ele estará lotado. As pessoas perderam a noção de parar para descansar o
corpo. Mas a observância do dia do descanso, não era apenas para o corpo, e sim de
um dia dedicado o Senhor. Era o dia para cultuá-lo livre de qualquer outra
preocupação. Assim devemos também hoje voltar a cultuar ao Senhor. O religioso
frequenta à Igreja, assiste a um culto. O Cristão verdadeiro, participa ativamente e
oferece um culto vivo ao Senhor!
iv. Serviço a Deus por meio de dízimo e ofertas. Hoje as pessoas vivem correndo atrás
das últimas novidades e muitos estão atolados em dívidas. Precisamos resgatar o
princípio da “mordomia”: tudo que temos não é nosso. Deus confiou em nossas mãos
para administrarmos, e devemos administrar bem, com isso não devemos sonegar o
que devemos devolver para casa do Senhor e dessa forma não estaremos retendo as
bênçãos de Deus em nossas vidas. Somos abençoados e devemos abençoar, pois, a
obra de Deus é completa quando recebemos as bênçãos e somos abençoadores. Isso
vale para o compromisso da Igreja para com a sua denominação, através do Plano
Cooperativo. Compreenda que:
• O dízimo é a primeira parte (primícias) e não sobra;
• O dízimo precisa ser trazido à sua Igreja (o lugar onde você é alimentado
espiritualmente) e não administrado segundo o seu critério pessoal
• Os dízimos são necessários para a manutenção do ministério pastoral e a Igreja
tem a sua estrutura para administrar os dízimos, buscando ampliar a Obra;
• Nossos dízimos e ofertas precisam ser administrado com transparência;
• Todos devem ser dizimistas fiéis (inclusive os pastores);
• Reter o dízimo, além de roubar a Deus, desampara a sua casa.

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 21


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

2- Compromisso firmado na Palavra


a. O Salmo 119.105 nos mostra que a Palavra de Deus é “lâmpada para os meus pés e luz para
o meu caminho. ” O reverendo Hernandes Dias Lopes, afirma que a Igreja de hoje tem três
problemas: misticismo, liberalismo e ortodoxia morta e que todos eles ocorrem por
desobediência à Palavra.
b. Tudo começa com a fome da Palavra de Deus. Nestes dias, tem muita teoria e pouca
revelação. Há muita gente se contentando com mensagens paliativas e sem profundidade;
c. Precisamos compreender que o estudo da Bíblia e oração produzirão confissão, choro pelo
pecado, alegria da obediência e acerto de vida com Deus.
d. Nossa prática diária da vida cristã precisa estar embasada na Palavra e não nas nossas
experiências místicas;
e. Quando o povo se volta para a Palavra há grandes mudanças na sociedade;
f. Não há mudanças sem a palavra. Todos os avivamentos foram fruto da Palavra e produziram
um retorno ao valor da Palavra de Deus;
g. A Palavra de Deus nos mostra a doutrina e o conhecimento da Palavra deve produzir em
nós transformação prática – ou somos cristãos praticantes, ou não somos nada.
h. O acordo buscava manter a pureza, integridade e obediência à palavra de Deus.
i. Grandes avivamentos surgem quando o povo renova a aliança com Deus para o buscar,
conhecer e obedecer.

3 – Compromisso firmado no coração


a. O decreto firmado pelo povo era por escrito, e hoje também temos nossos acordos por escrito;
b. Mas devemos sempre ir além do papel e tinta. Devemos firmar o acordo com o coração, isto
é 100% intencionados em cumprir
c. Em Provérbios 3.1, somos advertidos a não esquecer da Palavra do Senhor, a guarda-las no
coração.
d. No Salmo 119.11, o salmista diz que escondeu a sua palavra no coração para não pecar contra
o Senhor – esconder aqui, tem o sentido de não permitir que a Palavra sofra influência dos
valores do mundo.
e. Do coração procedem as saídas da vida. O nosso coração precisa estar 100% nas mãos do
Senhor.

CONCLUSÃO

Não podemos ser cristãos nominais e não podemos servir a Deus de qualquer maneira. Como Jesus,
Neemias mostrou-se também muito zeloso quando a necessidade de santidade no ministério da
igreja (líderes e povo). A igreja evangélica brasileira vive um período de crise espiritual, onde os
muros da fé cristã estão arruinados. O fundamento da doutrina bíblica tem sido substituído por
modismos e crendices distanciados da Palavra de Deus, movimentando um fabuloso comércio de
indulgências e bênçãos

Deus está levantando homens e mulheres que não se dobram diante dessas distorções. Por isso nós
não podemos fazer concessões em relação à verdade. Como Neemias precisamos ser sensíveis à
causa do Senhor, permanecendo fiéis a sua Palavra, priorizando a oração, e buscando aprofundar o
nosso relacionamento com Deus, nas mais diversas áreas da nossa vida: santificação, vida conjugal,
amizades, trabalho, contribuição e caráter.

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 22


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade
Que aliança a nossa igreja deve assumir com Senhor, com a nossa denominação e com a sociedade
do nosso entorno? Quais as implicações dessa aliança para que a nossa Igreja seja relevante?
Vamos priorizar o que Deus prioriza. Estamos na última hora da colheita. Vamos fazer o que é certo.

A seguir, o pastor Elton Melo apresenta 30 devocionais diários que podem ser usados por qualquer
membro da Igreja. Acompanhe a leitura diária, tire um TSD – Tempo a Sós com Deus, reflita e
escreva na coluna da direita o que o Espírito Santo lhe fala sobre o tema em questão. Para facilitar
a sua busca, eu deixei algumas perguntas, mas você pode (e deve), fazer as suas próprias perguntas.
Ache as suas respostas e desfrute do que o Senhor tem para a sua vida!

Fique à vontade para fazer a sua releitura dos textos indicados. Uma melhor compressão do texto
bíblico pode ser através da leitura de comentários bíblicos. Para facilitar, disponibilizei um
comentário em: http://www.alcancevitoria.com.br/bibliologia/850-neemias-comentado

CIBI 2017 Programaçao da Campanha Pag. 23


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

3 - DEVOCIONAIS DIÁRIOS

1º dia – Como reagimos diante de um Minhas anotações:


problema? Como está a sua família, seu emprego, seus
negócios? Vai tudo bem? Como está a sua vida com
Leitura: Neemias 1.1-4 ____/____/____
Deus? O que você vai fazer diante do quadro da sua
Em 538 a.C., no primeiro ano do reinado de Ciro, foi vida? Se acomodar ou buscar em Deus a solução?
autorizado que em torno de 50 mil judeus
regressassem sob a liderança de Zorobabel para
Escreva abaixo, o seu problema, aquele que você
reconstruir o altar e o templo do Senhor em precisa de fato resolver. Esse será o seu alvo para os
Jerusalém (Ed 2.64). Posteriormente, um outro próximos 30 dias. Com a ajuda de Deus, nós vamos
grupo voltou com Esdras que assumiu o sacerdócio e conseguir!
para a restauração do culto ao Senhor. Mas a
situação de Jerusalém e o seu povo, estava crítica.
No mês de Quisleu1 de 446 a.C, Neemias recebeu a
visita de seu irmão e mais alguns amigos que
relataram a triste realidade da cidade de Jerusalém e
o seu povo. O templo estava restaurado, mas a
cidade estava largada, seus muros e portas ainda
continuavam destruídas pelo fogo. O povo passando
por dificuldades e humilhações.
O versículo 4 diz que ao ouvir esta notícia, Neemias
sentou, chorou e lamentou. Como você tem reagido
diante dos seus problemas? Com choro, com
lamentações ou agido loucamente, tentando uma
saída heroica?
Neemias nos ensina que por pior que seja a notícia,
Deus ainda pode mudar o quadro. Ele podia ficar no
lamento, na justificativa do por que não podia
resolver nada, e até mesmo podia dizer que o
problema não era seu, enfim, apenas ficar triste com
a notícia e logo em seguida continuar a sua vida, mas
ele resolveu ser proativo: ele resolveu buscar a
solução!
O que acontece conosco quando levamos um
problema a Deus? Neemias logo iria descobrir.
Neemias fez mais do que simplesmente colocar um
problema diante de Deus. Ele resolveu jejuar, isto é,
se colocar na brecha pelo seu povo. Assim Neemias
estava dizendo para o Senhor que o problema
também era dele. Jejuar é um ato de mortificar a
nossa vontade pessoal e de alguma forma, dizer a
Deus o quanto estamos comprometidos e
dependentes dele para uma solução.
Que nestes próximos 30 dias, você compreenda que
Deus usará a sua vida de uma forma especial.

1 Quisleu - pelo calendário lunar hebraico, corresponde aos dias entre novembro e dezembro.
CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 24
Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

2º dia – o problema é meu Minhas anotações:


Leitura: Neemias 1.5-7 ____/____/____ Escreva como você contribuiu para o problema
relatado na página anterior. Quais as
Neemias nos ensina a orar com as motivações consequências que você está colhendo agora? Você
corretas: foi ativo ou passivo? Se você tivesse feito de outra
forma, o resultado seria diferente? Se você tivesse
1. Reconhecendo quem Deus é;
feito alguma coisa, poderia ter ajudado? Qual foi a
2. Reconhecendo o nosso pecado; sua falha?
3. Reconhecendo que ele cumpre a sua Palavra;
4. Reconhecendo o poder das suas promessas;
5. Reconhecendo que só o Senhor pode mudar e Se tiver dificuldade de escrever, ore. O Espírito
resolver a situação, isto é, que sem ele, nós nada Santo nos ajuda nas nossas fraquezas.
podemos fazer.
Por que você, sua igreja, sua família, seu emprego,
sua empresa, sua cidade, seu pais, está passando por
esta realidade que te deixa triste? Será que houve
algum pecado, alguma falha?
Muitas pessoas vivem a procurar culpados pelos
seus erros. Essas pessoas sempre culpam alguém,
mas Neemias nos ensina que o problema não é
quem falhou, mas que todos falhamos. Ele se inclui
no pecado do seu povo.
Ele nos ensina que interceder não é apenas pedir
uma solução, mas também se colocar como parte do
problema. Tudo tem uma causa. A menos que
estejamos dispostos a trazer a causa diante do
Senhor e nos incluirmos nela, não podemos ir
adiante com a nossa intercessão.
Pecado de omissão é tão grave quanto pecado de
ação. Pare de ser omisso em relação aos problemas
e passe a ser um agente ativo.

É melhor confessar e clamar ajuda do que continuar


transferindo a culpa ou procurando culpados.
Reconheça e diga em voz alta: Nós pecamos, ou, eu
também contribuo para este pecado.

Acesse o comentário bíblico:


http://www.alcancevitoria.com.br/bibliologia/850-neemias-comentado

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 25


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

3º dia – Assembleia de pecadores Minhas anotações:


Leitura: Neemias 9.1-15 ____/____/____ Há em sua vida, algo que você fez, ou deixou de
fazer que trouxe um grave prejuízo para alguém?
Vamos dar um corte e ler este texto. Está Você construiu sua vida sobre o alicerce correto, ou
acontecendo um culto ao Senhor. Isso aconteceu no usou da esperteza humana e com isso, deixou gente
dia 31 de outubro, no sétimo mês. Agora todo o detonada para trás?
povo está reunido, em jejum, vestidos com pano de Confessar nosso pecado é muito mais do que fazer
saco, em sinal de humilhação e jogando terra sobre uma listinha. É ter disposição para reparar o erro,
sua cabeça. Durante três horas, o povo ouviu a se necessário publicamente, e ter a convicção de
leitura e explanação da Palavra. Depois durante mais nunca mais contribuir para aquele pecado
três horas, confessaram seu pecado diante de Deus. novamente.
Se for difícil, ou se a reparação do seu erro, lhe
Hoje nosso culto ao Senhor está mais para fast-food
trouxer mais problemas, peça ao Espírito Santo
do que para comida feita no fogão e lenha. uma estratégia e resolva isso, o mais rápido
Perdemos a paciência, queremos tudo rápido, somos possível. Lembre-se: tão importante que confessar o
incapazes de fazer uma oração de cinco minutos. pecado do passado, é a disposição de mudar
radicalmente. Mude!
A nossa oração deve sempre ser uma resposta
coerente à exposição da Palavra de Deus. Muita
gente não presta atenção na ministração da Palavra
e, como resultado, não alinha a sua oração com o
que Deus está falando. O resultado são as orações
decoradas, desprovidas de sentimento, meras
palavras religiosas.
Dos versículos 5 a 37, eles oram engrandecendo o
Nome do Senhor, relembram os feitos do Senhor
pelo seu povo, agradecem pelo suprimento no
deserto, reconhecem o pecado em suas vidas, mas
também lembram da misericórdia do Senhor nos
dias do deserto e também no cativeiro. Eles sabem
agora porque estão sofrendo. Essa oração não é
agradável de se ouvir, mas é essencial se queremos
que o Senhor entre com sua providência.
Será que na sua empresa, na sua família, na sua
cidade não tem alguma brecha aberta no passado,
pela qual ainda clama o sangue derramado, o
pecado não confessado? O pecado tem um efeito
(consequências), sobre nossas vidas, que podem
passar gerações. Não, não se trata de “desenterrar
defunto”, nem de fazer regressão ou de combater as
maldições hereditárias, mas o pecado aberto, isto é
não confessado, ainda clama, a exemplo do sangue
de Abel.
O pedido de perdão deve sempre vir acompanhado
de uma ação de restituição. Não é simplesmente
pedir perdão e virar as costas. Há que se restituir.
Isso não é esforço humano para pagar o pecado (ele
já foi pago na cruz do calvário por Cristo). Mas o
pedido de perdão deve nos levar a uma mudança de
mente e atitude, para nunca mais pecar naquele
ponto. Isso é arrependimento.

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 26


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

4º dia – Procurando onde caíram Minhas anotações:


Leitura: Neemias 9.16-38 ____/____/____ Ao fazer a sua retrospectiva, anote com clareza, o
que você errou. Quais as falhas que você cometeu,
Vamos dar “nomes aos bois”! Neste momento da quais princípios da Palavra você não observou.
oração, o povo começou a recontar a história para
Não se preocupe em quem foi culpado. A questão
perceber onde foi que erraram. No Salmo 90.12, o
não é quem foi, mas como você reagiu aos
salmista nos dias que devemos contar os nossos dias acontecimentos.
para que alcancemos corações sábios.
Faça também uma lista das boas coisas que o
Falar é bom. De vez em quando reconte a sua Senhor te deu, mesmo no período que você errou.
história. Não conte só os feitos positivos, conte Agradeça, pois a misericórdia triunfou sobre o juízo.
também as “besteiras” que você fez, as decisões
equivocadas da sua vida. Tem muita gente que não
gosta de lembrar do seu passado. Mas fingir que não
aconteceu nada, não resolve. Os erros do passado
precisam estar claros em nossas mentes, como
ensinamentos para não cairmos mais naquela
situação. Veja o que eles reconheceram sobre o
passado do seu povo:
1. Foram orgulhosos e teimosos
2. Não deram atenção à lei do Senhor;
3. Conscientemente desobedeceram;
4. Rapidamente se esqueceram dos milagres
recebidos em seu favor;
5. Rebelaram-se contra a liderança do Senhor;
6. Quiseram voltar ao Egito ao invés de continuar
caminhando para Canaã;
7. Fizeram um ídolo e o nomearam seu deus;
8. Mataram os profetas; cometeram blasfêmias ao
Nome do Senhor;
9. Passada a aflição e a intervenção do Senhor,
voltavam à vida de pecado.
Mesmo assim, o Senhor foi misericordioso com eles.
Fez sinais prodígios e maravilhas, deu-lhes a terra
que manava leite e mel, deu-lhes casas, reinos,
riqueza e terras férteis, chuvas e colheitas, comeram
até se fartar, engordaram e desfrutaram das muitas
bênçãos. Não há Deus tão maravilhoso como o
nosso Deus. E ele ainda trabalha para aquele que
nele espera.
Meu amigo, quem sabe você precisa fazer hoje uma
retrospectiva da sua vida. Olhar para trás não é
perda de tempo. Serve para realinhar o nosso
coração ao Senhor.
Deus não pega atalhos, nem “passa a mão na
cabeça” dos seus filhos. O que o homem semear isto
ele colhe. Mas ainda assim, o Deus misericordioso,
tardio em irar-se, continua falando ao seu coração.
Se você hoje ouve a sua voz, não endureça o seu
coração.

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 27


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

5º dia – Confiança em suas promessas Minhas anotações:


Leitura: Neemias 1.8-11 ____/____/____ Quais promessas o Senhor tem feito a você?
Escreva-as, relembre e agradeça.
Ele é justo e jamais permite algo em nossa vida sem
Eu sei que você deseja a intervenção de Deus neste
uma causa justa. Da mesma forma, ele também tem
problema, mas Neemias usa uma expressão
promessas para solucionar os problemas, e devemos interessante: então, eu era copeiro do rei
pedir de acordo com as suas promessas.
Para Deus intervir na sua causa, alguma coisa vai
As bases das nossas petições não são as nossas mudar na sua vida. Se Deus tiver que mudar, você
necessidades, e sim as promessas do Senhor para está disposto? Se a sua resposta for NÃO, pare de ler
supri-las. Dizem que há mais de 8 mil promessas na dê este devocional para alguém disposto
Bíblia. Tem gente que vive em problemas e não ora Se for SIM, prepare-se para viver novas e profundas
pois acredita que uma vez que Deus conhece seus experiências com o Senhor.
problemas Ele automaticamente irá resolvê-los. Isso
é um engano de satanás, que leva a vida desta
pessoa a uma fé inativa, inútil, morta.
Você precisa ler com atenção a Palavra do Senhor e
anotar as promessas que vai encontrando. Há dois
tipos de promessas:
1. As incondicionais – aquelas que dependem
exclusivamente de Deus e você é apenas o agente
que recebe – ex.: Dar-vos-ei um novo coração....
(Ezequiel 36.26); é Deus quem toma a iniciativa e
faz, sem depender do homem.
2. As condicionais – aquelas que dependem de sua
ação, atitude. Deus irá responder conforme a sua
atitude. Ex.: Se quiserdes e me ouvirdes comereis
o melhor desta terra (Is 1.19). As promessas
condicionais, sempre dependem da ação humana
em resposta ao Senhor. Ele só cumpre a parte dele
depois da nossa resposta.
Neemias lembra a Deus, das promessas feitas
através de Moisés. As boas e as más promessas. Ele
lembra que Deus cumpriu a parte da justiça, mas
também lembra que há promessas para sua
misericórdia. Observe que o apelo de Neemias não é
a necessidade do povo, mas a promessa do Senhor.
Após fundamentar a necessidade da intervenção de
Deus, Neemias agora faz a sua petição. No versículo
11, ele pede que o Senhor toque o coração do Rei, e,
ao mesmo tempo, se coloca à disposição do Senhor
para ser parte da solução.
Há pessoas que são hábeis em pedir que Deus faça
isso, aquilo, mas ficam de braços cruzados. Se Deus
vai fazer algo, saiba que ele conta com você. Você e a
resposta de Deus para a solução deste problema. E
aí, vai encarar ou recuar?

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 28


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

6º dia – O conflito entre o querer e o fazer Minhas anotações:


Leitura: Neemias 2.1-4 ____/____/____ Se você está lendo esta página é porque respondeu
SIM, na página anterior (espero).
Agora Neemias sabe que Deus fará algo e que espera
Não tenha pressa de anotar, ou continuar a leitura.
que ele, Neemias, saia da sua zona de conforto.
Responda, simplesmente:
Apesar de viver no cativeiro, Neemias tem uma vida
boa. Ele mora no palácio, é homem de confiança a) O que o Senhor espera que você faça?
b) Com quem você precisa acertar para começar a
pessoal do rei. Só que agora ele está em conflito. Ele
fazer? Com a esposa, os filhos, o patrão?
sabe que Deus pode mudar o quadro, mas também c) Exatamente como fará quando tiver a
sabe que Deus gerou em seu coração um forte oportunidade de fazer? (Estratégia)
desejo de se dispor nas mãos do Senhor.
Estes 120 dias, entre Quisleu e Nisâ, marcam o
conflito existencial de Neemias. Não se trata apenas
de relatar ao rei o que está acontecendo, mas sim de
se envolver completamente na solução deste
problema.
Neemias é capacitado? Não me parece. Mas Deus
não chama os capacitados; ele capacita a todos que
chama. O que conta na sua chamada não é a sua
capacitação, dons ou talentos, mas a compaixão por
aqueles que estão em sofrimento, por aqueles a
quem Deus deseja te usar poderosamente.
Ação sem compaixão vira apenas uma tarefa, mas
quando permitimos olhar para o problema com o
olhar de Deus, não tem como não ser tomado pela
compaixão.
O que moveu Jesus a vir a este mundo não foi dó ou
pena dos pecadores, mas sim a compaixão pelos
perdidos. Compaixão é uma paixão comprometida.
Os comprometidos são apeles capazes de dar tudo
de si para serem usados por Deus.
Deus não precisa em nem usa pessoas que fazem
bonitos discursos sociais, muitos menos aqueles que
propagandeiam e apenas contam histórias. Deus
continua buscando apenas um tipo de pessoa que se
coloque na brecha: os comprometidos.
Deus pode fazer coisas tremendas quando encontra
uma única pessoa com coração apaixonado por
aquilo que apaixona o coração de Deus. Sempre que
alinhamos o nosso coração com os valores do reino
de Deus, estaremos nos abrindo para que Deus
opere através de nós.
Há muitos exemplos: Moisés, Josué, Débora, Gideão,
Rute, Ester, Esdras, Neemias, Zorobabel, João Batista,
Davi, Samuel, Elias, Eliseu, Jonas, Paulo, JESUS....
VOCÊ.

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 29


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

7º dia – Neemias: um homem fiel, ensinável Minhas anotações:


e disponível Voce passa no teste de ser fiel, ensinavel e
disponível?
Leitura: Neemias 2.5-9 ____/____/____
Se voce tivesse que começar alguma coisa
Crise resolvida, portas liberadas. Depois de 120 dias diferente hoje, com quantas pessoas poderia
de Jejum e Oração, Neemias agora é outro. A oração contar?
não visa mudar Deus, mas mudar a nossa mente Voce cultiva as amizades, mesmo dos “ímpios” do
alinhando-a com a vontade Dele. seu local de trabalho? Ou lhes retribui com
Deus também queria resolver o problema e maldades?
precisava de uma pessoa disposta, que lhe fosse O que voce precisa mudar em relaçao as amizades
obediente, disponível e fosse sensível para ouvir a e no trato com as pessoas?
sua voz, os seus conselhos. Há três características
essenciais para Deus usar uma pessoa (um discípulo
de Cristo).
1. Ser FIEL – Deus usa pessoas que creem na sua
Palavra e que estão dispostas a aplica-las fielmente
em suas vidas e em todos os lugares.
2. Ser ENSINÁVEL – Deus usa pessoas que tenham
disposição de aprender diretamente Dele.
3. Ser DISPONÍVEL - Deus usa pessoas que dizem
sim, eis-me aqui, usa-me a mim.
Quando o rei perguntou o que precisava ser feito e
como seriam feitas e em que prazo, Neemias tinha
tudo na ponta da língua. O copeiro dera lugar a um
gestor estrategista, um homem visionário. Além
disso, Neemias sabia quais eram as pessoas chaves
com quem ele podia contar.
Se queremos ver soluções, precisamos parar e
pensar estratégias que nos levarão a alcançar os
resultados esperados. Precisamos compreender que
sem outras pessoas não faremos nada. Isso requer
de nós humildade, simplicidade e disposição para
construir relacionamento saudáveis com as pessoas
que passam pelo nosso caminho.
Com certeza, Neemias conhecia os governadores, os
administradores, os oficiais do exército. Neemias
compreendeu que embora estivesse sendo apenas
um copeiro na corte, fazia questão de tratar a todos
com educação e respeito. Agora era a hora que ele ia
colher a bênção de servir a outros de forma correta e
honesta.
As vezes Deus nos permite estar num trabalho que
aparentemente é tempo perdido, mas nunca
despreze o que você faz hoje. Prepare-se para
aproveitar bem a sua oportunidade. Você nunca
sabe se amanhã vai precisar do favor de uma pessoa
que você atendeu hoje. Faça sempre o seu melhor!

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 30


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

8º dia – Cuidado, sempre tem gente contra. Minhas anotações:


Leitura: Neemias 2.11-16 ____/____/____ O seu maior problema é você mesmo. Como são os
seus hábitos? Você fala demais? Você inspira
Neemias sabe de antemão o que lhe espera em confiança ou medo? Quando você expõe alguma
Jerusalém. Após três meses de viagem, ele chega a ideia as pessoas ficam felizes ou pensativas?
Jerusalém. No versículo 10, lemos que Sambalate e Está na hora de aprender a ser estratégico. Anote a
Tobias ficaram irritados com a possibilidade da baixo os seus principais defeitos, que precisam
restauração dos muros. Saiba que apesar de seu urgentemente ser corrigidos!
chamado, há sempre alguém que não quer que as
coisas mudem. A crise é ruim, mas tem sempre
alguém que leva vantagem com ela.
O fato de estar na direção e vontade de Deus não te
livrará de problemas e oposições. Agora Deus
ensinará Neemias e ser estrategista, um homem
discreto. Provavelmente Neemias era assim, um
homem discreto, pois estava sempre a serviço do rei,
mas tinha sempre que passar despercebido.
Vamos compreender como Neemias agiu, antes de
começar de fato a fazer alguma coisa:
1. Ficou três dias sem fazer nada – descansou e
deixou passar a “novidade”;
2. Saiu a noite, com poucos homens para inspecionar
o estado do muro, sem chamar atenção;
3. Fez uma inspeção minuciosa e coordenada;
4. Nem mesmo os oficiais da cidade sabiam o que
Neemias estava fazendo;
5. Não contou para ninguém os planos que o Senhor
tinha colocado em seu coração para Jerusalém;
Não se engane, nem todo mundo que diz que deseja
mudança deseja de fato mudar. Muita gente te faz
pergunta não porque está interessada em ajudar,
mas sim procurando descobrir um meio de boicotar.
Para tudo é necessária uma estratégia. Neemias nos
ensina a guardar os planos, a elaborar com discrição,
a falar com moderação, a pensar antes de falar e agir,
enfim, a ser prevenido, principalmente diante de
pessoas que você não conhece.
Vale a pena passar uns dias quietos diante de Deus e
aguardar a direção dele, do que sair “falando pelos
cotovelos”, anunciando seu sonho ou plano.
Aprenda, que tudo tem o seu tempo.
Lembre-se que você está lidando com pessoas
marcadas pelo pecado. Embora muitos na Igreja são
filhos de Deus, transformados pelo sangue de Jesus,
ainda assim, é melhor a prudência do que ter que
remediar uma situação. Ouça, veja, pesquise e fale o
menos possível.

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 31


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

9º dia – Falando com firmeza e sabedoria. Minhas anotações:


Leitura: Neemias 2.17-20 ____/____/____ Como você faz um desafio para as pessoas?

Chegou a hora da verdade. Como comunicar, motivar Você conhece bem as pessoas da sua equipe?
e conseguir que as pessoas fizessem a sua parte? Quais os apelos que elas valorizam?
Neemias tinha uma estratégia. Vejamos: Quais são as suas maiores oposições?
1. Se colocou como parte do sofrimento – situação
em que estamos; usou a palavra nós, ao invés de
vocês;
2. Chamou a todos para participar da obra, juntos
(não mandou, convidou);
3. Apelou para a moral do povo, vamos acabar com
a vergonha;
4. Mostrou que Deus estava do lado deles e que o
rei tinha lhes autorizado a reconstruir – apelou
para a autoridade para fazer;
O líder precisa ser o maior motivador do grupo;
nenhum grupo irá mais longe que a visão e a direção
do líder.
As pessoas não gostam de alguém que vem de fora
para ensinar-lhes o que eles deveriam ter feito e não
fizeram. O ego delas não permite isso. Se você quer
ganhar o mel, não espante as abelhas.
A resposta das pessoas, de imediato, foi: ok, vamos
lá, pode contar comigo. Ficaram animadas para
começar a obra. Mas não se entusiasme com as
pessoas, as mesmas que batem palmas num dia, no
outro te criticam.
Agora, prepare-se para confrontar os inimigos. A
estratégia de satanás é usar estas pessoas para
desmotivar aquelas que estiverem do seu lado. Eles
apelaram com a dúvida, desprezo e zombaria. O que
o inimigo estava testando é se o líder tem mesmo
convicção do que Deus colocou em seu coração.
O grupo de pessoas ao seu lado, vai continuar ou se
desfazer conforme a convicção do seu coração.
Neemias, sabiamente responde: nós, os seus servos
(ele apela para a unidade do povo de Deus), faremos
a obra. E ataca mostrando que o inimigo não tem
parte, moral nem direito de falar sobre o assunto.
Um líder defende o seu grupo do ataque, das
acusações e das intimidações do inimigo. Neemias
faz isso, com diplomacia, sem escândalos, gritaria ou
imposições. Foi firme e decidido. Lembre-se que as
pessoas que lhe boicotam, não querem também
passar uma imagem de arrogantes ou ignorantes. Se
eles insistissem poderiam ficar desmoralizados. Por
hora, havia paz.

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 32


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

10º dia – Toda ajuda é bem-vinda. Minhas anotações:


Leitura: Neemias 3.1-15 ____/____/____ Que pedaços de muros (proteção) você precisa
reconstruir em sua vida, família, ministério ou
Agora vai! Neemias começou a fazer o que tinha profissão?
planejado. Mais uma vez vamos compreender a
Quais portas você não deveria ter aberto?
importância de uma boa estratégia. Ninguém faz
nada sozinho. Jerusalém era a capital, mas ainda Como você começa a fazer algo aparentemente
difícil?
tinha pouca gente e a obra extensa e grande demais.
Neemias organiza o trabalho da seguinte forma: Você pode contar com colegas, vizinhos ou amigos
de outra cidade?
1. Cada família trabalhou na parte do muro mais
perto da sua casa;
2. Buscaram pessoas das cidades da região, para
aumentar a mão de obra;
3. Cada porta ou muro restaurado era consagrado
ao Senhor.
Neemias nos mostra a importância de envolver todas
as pessoas na obra a ser feita. Todos são úteis, cada
um pode ajudar de uma forma. Ele percebeu que as
pessoas são motivadas por aquilo que lhes traz
resultados imediatos.
Também se lembrou de consagrar ao Senhor cada
resultado, com isso, havia alegria por toda a parte do
muro, pois a cada etapa vencida, aumentava a
motivação dos trabalhadores.
Portas restauradas: Jerusalém tinha 12 portas e cada
uma delas tem um significado especial, que tem a ver
com a nossa personalidade. Portas precisa funcionar:
abrir para receber o que é bom; fechar para não
receber o que não presta; abrir para expulsar o que
não presta, proteger contra os invasores.
1. Porta das Ovelhas
2. Porta do Peixe (Porta de Damasco)
3. Porta Velha (Porta de Jafa)
4. Porta do Vale
5. Porta do Monturo
6. Porta da Fonte
7. Porta do Cárcere
8. Porta das Águas
9. Porta dos Cavalos
10. Porta Oriental
11. Porta de Mifcade (da Atribuição)
12. Porta de Efraim
A palavra "reparou" é predominante em todo o
capítulo três. Eles estavam dispostos a remover as
ruínas e, a partir delas, reconstruir uma nova
história.

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 33


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

11º dia – Envolvidos numa mesma causa. Minhas anotações:


Leitura: Neemias 3.16-32 ____/____/____ Quais dons ou talentos você podia usar mais na sua
Igreja?
O grande segredo de Neemias, revelado no capítulo
Se o seu tempo for mínimo, o que você pode fazer
três foi o envolvimento das pessoas. Com exceção
para incentivar que outros façam?
dos líderes de Tecoa, todos participaram juntos,
edificando muros, portas e torres. Vemos que os Você já parou para pensar que só está aqui porque
alguém gastou energia para ser usado por Deus
sacerdotes, os levitas, os governadores, os ourives,
para te alcançar?
os negociantes, perfumistas, cantores, mulheres, etc.
Neemias nos ensina algumas lições: Como você pode demonstrar o seu amor pela obra
de Deus?
1. Ao envolver todas as famílias, Neemias nos
ensina que nossos talentos podem ser relevantes
para o serviço do reino de Deus;
2. O líder é o primeiro a dar exemplo (v.1);
3. Cada etapa concluída é motivo de louvor e
consagração (v.1);
4. Todos trabalham um após outro (v.2);
5. Há diferentes ministérios para todos (v.3),
madeira e ferro;
6. É necessário por ferrolhos e trancas, isto é
proteger; (v.3);
7. Alguns se acham muito nobres para o trabalho
pesado (v.5);
8. As diferenças sociais são diluídas (v.6,7) ex.:
gibeonitas;
9. Pessoas da alta sociedade trabalham com os mais
simples (v.9,14,18)
10. Algumas mulheres fazem o que homens
deveriam estar fazendo (v.12);
11. Alguns fazem o que não é costume para si
próprios (v.14, ex. recabitas);
12. Alguns antes de nós, fizeram a sua parte (v.16);
13. O trabalho não termina quando a nossa parte
acaba, pois podemos ajudar os outros a
cumprirem sua tarefa (v.4,21,30);
14. Quando não trabalhamos sobrecarregamos
outros (vs.5, 27);
15. A obra começa em um ponto e termina no
mesmo ponto, a glória de Deus (vs.1,32),
Ao ler este capítulo percebe-se três qualidades
essenciais para o sucesso de algo a ser realizado: a)
união entre os que trabalham; b) o esforço dos que
se dispuseram a trabalham trabalhar, e, c) o amor
para com a obra a ser feita. Todos demonstraram
desprendimento, ousadia e dedicação.

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 34


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

12º dia – Cuide do que já foi feito Minhas anotações:


Leitura: Neemias 4.16-23 ____/____/____ E aí, já perdeu alguma coisa que lhe custou muito
tempo de trabalho, estudo e aplicação pessoal? Você
Até a metade do muro (altura), a coisa foi bem, mas é um vigilante ou “dormilante”?
a obra ainda não estava completa. As brechas
O que contribuiu para esta perda?
estavam fechadas e o povo entusiasmado, mas
satanás preparou um plano para tentar atrapalhar, O que você precisa cuidar para não perder agora,
nesta fase da sua vida?
destruir e desmotivar as pessoas. Ele sempre fica
furioso quando as coisas dão certo. Se o inimigo tentar roubar, matar e destruir algo
em sua vida ou ministério, por onde ele vai tentar?
Agora Neemias tem um novo desafio: não perder o Qual é a sua estratégia para se opor a ele?
que já foi feito e continuar a obra até o fim. Ele nos
dá uma preciosa lição de administração moderna,
descentralizando a liderança, distribuindo as tarefas,
acompanhando a execução, verificando os
resultados e corrigindo eventuais problemas.
Vejamos o que Neemias fez:
1. Metade dos homens trabalhavam e metade
ficavam de guarda e haviam supervisores;
2. Faziam a obra com uma mão e com a outra
portava sua arma;
3. Colocou uma sentinela na torre, para tocar uma
trombeta se o inimigo atacasse;
4. Aproximou as pessoas umas das outras, diminuído
o espaço para o inimigo atacar;
5. Mobilização efetiva, ao ouvir a trombeta, eles
sabiam para onde deviam ir;
6. Contou com a ajuda dos mais moços dia e noite;
7. Mesmo durante os períodos de descanso, estavam
100% focados, não largavam as armas.

Além de cuidar para não perder o que já tinha sido


feito, Neemias inovou planejando a execução e
antevendo como podia resolver em caso de ataque.
Nos ensina também a sermos vigilantes, isto é, a
zelar para não perder o que já foi feito.
Todo trabalho bem feito, seja na sua casa, na sua
empresa ou na Igreja, sempre vai despertar a ira de
satanás que usará pessoas invejosas, maliciosas e
violentas para tentar de todas as formas destruir as
conquistas. Muitos, por falta de vigilância, acabam
caindo em ciladas e perdendo muito tempo e
recursos. Cuide para que ninguém vos engane (Cl
2.8).

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 35


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

13º dia – Nem tudo são flores Minhas anotações:


Leitura: Neemias 5.6-13 ____/____/____ Já descobriu que as rosas têm espinhos?

A obra estava quase no fim, mas haviam problemas Qual a sua estratégia para resolver problemas
internos? Dentro da sua própria casa?
por todos os lados. Não eram apenas os inimigos,
mas gente de dentro dos judeus angustiavam e Você já aprendeu a contar até 10 antes de abrir a
causavam problemas. Havia carestia, suborno, sua boca?
corrupção, fome e escravidão. Você é um resolvedor de conflitos. Seja proativo.
Como motivar as pessoas diante de um quadro
deste? E mais, como confrontar os nobres, os
magistrados, os ricos que oprimiam o povo?
Podemos aprender com Neemias algumas lições
importantes para enfrentar situações como essa:
1. Neemias ficou enfadado – Só Deus sabe o que
passou pela cabeça dele naqueles dias. Quem sabe
ele pensou: onde eu vim parar?... O que eu estou
fazendo aqui?
2. Neemias não tomou nenhuma decisão de cabeça
quente – quando estamos frustrados é a pior hora
para tomar uma decisão;
3. Ele parou, meditou, pensou – evite a pressa e
pense antes de agir, lembre-se que toda ação tem
uma consequência;
4. Ele confrontou os nobres e magistrados;
5. Apelou para os princípios da Palavra e não para o
seu parecer;
6. Deu o exemplo - mostrou ao nobres que ele
também estava fazendo sua parte para solucionar
o problema;
7. Deixou claro o que devia ser feito e pôs
testemunhas diante do Senhor;
8. Usou a palavra profética para mostrar o que
aconteceria com os desobedientes;

Neemias foi um pacificador, mas ao mesmo tempo


um líder proativo, conhecedor dos princípios da
Palavra. No dia da sua indignação, evitou tomar uma
medida que ia complicar a solução. Às vezes,
precisamos ser firmes e até mesmo enérgicos, mas
cuidado para não ir além.
Podem se levantar oposições contra a sua vida, a sua
liderança, mas saiba que o que prevalecerá é a
Palavra do Senhor. Isso serve para todos. O temor do
Senhor é o princípio da sabedoria. Podemos discutir,
discordar sobre qualquer assunto na casa de Deus e
até mesmo no nosso lar, mas jamais perder o temor
do Senhor. E tudo tem o lugar certo para discutir e
resolver. Temos um Deus que conhece todas as
coisas e a Ele devemos prestar contas.

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 36


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

14º dia – Restaurando a dignidade Minhas anotações:


Leitura: Neemias 7.4-73 ____/____/____ Como você lida com os passados das pessoas?

Neemias assumiu uma “terra arrasada”. As pessoas Será que estamos caminhando para frente com
alguma falha do passado que ainda não foi
tinham perdido sua história, seu passado, a
confessada, corrigida?
referência necessária para lidarem com as
necessidades do tempo presente. Deus restaura a nossa história, mas não aceita o
falso como verdadeiro.
Neemias se põe a ajudar os nobres e magistrados a
Há algo na sua vida que precisa ser recontado?
resgatar a história das pessoas. Isso nos fala de
dignidade. Neemias não era bom apenas para liderar
pessoas para fazer coisas, mas era também um líder
preocupado em corrigir os erros do passado e
verificar se os que vieram com ele, realmente eram
da linhagem de Israel.
No meio de mais de quase 50 mil pessoas que
vieram com Zorobabel, haviam pessoas cuja
linhagem, não se podia encontrar as raízes históricas
comprovando a linhagem sacerdotal e foram
considerados como imundos.
Os que não tem referência não podem exercer o
ministério. Nossa história precisa ser limpa,
coerente. Não estamos aqui de qualquer jeito.
Muitos pastores se autodenominam pastores,
apóstolos, mas há alguns que sequer frequentaram
um seminário. Não tem passado, não tem raiz.
No novo testamento, a nossa referência não é
necessariamente o nosso passado, mas o que Cristo
fez por nós e em nós.
Procure conhecer a história de seu líder. Seus erros e
falhas, seus acertos e seus aprendizados dizem muito
mais que seu discurso.

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 37


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

15º dia – Reagindo conforme os valores do Minhas anotações:


Reino Como você reage às críticas das pessoas?
Leitura: Neemias 2.10,19; 4.1-6 ____/____/____ Quando você faz algo bom e alguém não valoriza,
ridiculariza, como você se sente?
O grande “segredo” de Neemias foi saber responder
os problemas conforme os valores do Reino de Deus. Até que ponto você é uma pessoa que se preocupa
mais com que os outros acham do que o que Deus
Na leitura destes versículos, vamos encontrar as acha?
seguintes ações do inimigo: desagrado, zombaria,
desprezo, indignação, escarnecimento, depreciação,
ridicularização, menosprezo, dúvidas e falsidades.
Todas estas ações do inimigo, visam o campo das
ideias. Satanás faz de tudo para que a gente
entregue os pontos antes mesmo de tentar entrar no
campo da batalha. Ele sabe que se conseguir
desanimar, desencorajar um servo de Deus, metade
da batalha está vencida. Muitos deixam-se ficar
impressionados pelos discursos “convincentes,
agressivos e atrevidos do inimigo”. Neemias nos
ensina a combater isso devidamente. Nos versículos
4.4-6, vamos compreender como Neemias reagiu:
a. Compreendeu que uma ofensa a um servo de
Deus, em ordem com as coisas e a vontade de
Deus, é uma ofensa contra Deus e não pessoal;
b. Colocou a ofensa diante de Deus, isto é, antes de
ficar revoltado ou nervoso, compreendeu que
temos um Deus que luta por nós;
c. Clamou por justiça e não por misericórdia –
havia um problema e quem estava causando o
problema precisava ser parado;
d. Lembrou ao Senhor que os revoltosos também
eram cativeiros e estavam morando naquela
terra, mas eles não eram de lá, portanto, não
tinham o direito de parar a obra de Deus;
e. Continuou motivando o povo a trabalhar, apesar
do grito da oposição;
f. Entendeu que o que motiva e move as pessoas a
fazer a obra é o coração delas e não a
necessidade de se fazer algo.
Tem muita gente que tem mais medo do inimigo do
que de Deus (falta de temor). Já vi gente deixando de
fazer algo na Igreja, porque um fulano influente,
disse que não concorda com o que o pastor está
fazendo.
Neemias entendeu que o Senhor lhe dera o privilégio
de ser participante para fazer algo relevante para o
seu Reino e nada o abalou.

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 38


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

16º dia – O furdunço2 tá montado Minhas anotações:


Leitura: Neemias 4.7-9 ____/____/____ Quantas vezes você já ficou tão desanimado diante
de um problema que até deixou de orar?
Pronto, agora o negócio endoidou de vez. O texto
Ou ainda, quantas vezes, orou e ficou apenas na
nos diz que os inimigos se iraram de vez. Quando o
oração?
falatório e a intimidação não funcionam, o inimigo
parte para o confronto. Igual a um cachorro vira-lata, A sua oração tem sido passiva ou ativa? Como você
pode mudar a sua oração a partir de hoje?
ele começa a latir e rosnar mais alto. Fico
imaginando a cena, já devia ter gente “babando”.
O clima e o barulho aumentaram e aí aparece em
cena os “valentes” aqueles que deixam a diplomacia
de lado e querem resolver na força. O inimigo se
juntou para a agressão física. E a intimidação mais
forte para parar a obra no grito. E olha que não tinha
nem WhatsApp. Hoje satanás tem grandes aliados. O
homem de “pavio curto” pode detonar com uma
pessoa, uma ideia, até mesmo uma cidade inteira,
postando coisas falsas e agressivas.

A reação de Neemias, é esplêndida, nos ensina que a


oração ainda é a nossa melhor arma de ataque:
oraram ao Senhor para ter forças para resistir. Isso
mesmo, nada de correr da briga. Neemias nos ensina
que o cão ladra e pode morder, mas que precisamos
nos posicionar. Deus não faz nada enquanto não
levamos o problema a ele.
Ao mesmo tempo, Neemias age proativamente.
Além de orar ele coloca guardas de dia e de noite,
vigiando os passos do inimigo.
Orar e vigiar – duas coisas pelas quais podemos ser
derrotados. Sim, não é a capacidade do inimigo nem
a nossa força que determinam uma vitória, mas a
nossa atitude de levar diante de Deus um problema
e nossa capacidade de confiar e fazer a nossa parte.
Diante da confusão, muitos servos de Deus reagem
como o mundo, outros, deixam de orar, outros só
oram e não vigiam. Vigia aí meu irmão.
Quer vitória? Posicione-se!

2 Furdunço = confusão, bagunça


CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 39
Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

17º dia – Coração derretido Minhas anotações:


Leitura: Neemias 4.10-23 ____/____/____ Como esta a sua moral na sua casa?

Oposição, gritaria e difamação do inimigo até que é Voce tem sido estrategico ao enfrentar os seus
problemas? Ou faz o que da menos trabalho?
“normal”, aceitável, afinal satanás vem para roubar,
matar de destruir..., mas, e quando o povo que está Como voce reage a fofoca?
do seu lado quer “entregar os pontos”? Voce e um motivador ou desmotivador? O que
voce pode fazer para motivar a sua família?
Eu percebo que o povo torce por sua vitória, mas
tem medo de enfrentar o inimigo. Se a luta fica mais
renhida, a tendência normal do povo é o desânimo.
Isso tem uma fonte: o povo deixou de acreditar que
era possível terminar a obra. Eles tinham feito até a
metade, um grande feito para quem não tinha feito
nada....
O inimigo é hábil para usar gente de dentro da
“nossa casa”, para intimidar, através da fofoca. Numa
crise, estas pessoas elas ouvem o que o inimigo está
dizendo e aumentam o que ele disse, além disso,
espalham e contaminam a mente das outras.
Estimado líder, nunca espere simpatia do inimigo,
nem deposite sua força e confiança no povo. Povo é
povo, ovelha é ovelha. Vejamos como Neemias
resolveu este problema:
a. Colocou guardas escondidos, em lugares
estratégicos – precisamos ter pessoas em lugares
estratégicos;
b. Colocou cada família com suas armas, em frente
de suas casas – mostrou a elas que é importante
se posicionar;
c. Organizou o povo diminuindo o espaço entre
eles;
d. Trabalhou com a motivação do povo – com
pessoas desmotivadas você precisa se mostrar
confiante e motivado;
e. Apelou que Deus estava do lado deles e pelejaria
pelo povo.
f. Deus dissipou conselho dos inimigos.
Este exemplo de Neemias, nos ensina a agir
estrategicamente diante de uma crise. Todos podem
se “descabelar”, mas aquele que confia em Deus,
sabe que pode contar com sua providência e age de
forma a mostrar ao povo firmeza e segurança.
Numa crise, as pessoas esperam a reação do líder. E
eles vão seguir o líder que confia em Deus.

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 40


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

18º dia – Tá aborrecido? Agora é tarde! Minhas anotações:


Leitura: Neemias 5.1-13 ____/____/____ Como voce lida com aborrecimentos de ultima
hora?
Lemos que Neemias ficou enfadado (v. 6), isto é,
Voce os ve como um “mal menor”, ou sai para o
aborrecido, chateado, azedo, mal-humorado,
“tudo ou nada”?
irritado. Imagina, Neemias está longe do palácio, no
meio de lutas, contendas, crises sem fim, mas a obra Que tal levar diante do Senhor seu azedume e
quando agir, agir em conformidade com a Palavra?
que ele fora comissionado pelo Senhor está sendo
feita. Ele entende o papel do inimigo, mas ao invés Pare de procrastinar e fingir que o problema nao e
da obra avançar, ele agora tem que parar para tratar seu. Resolva!
de problemas que na visão de Neemias, embora
grave, é muito menor que a obra da edificação dos
muros.
Havia sim um grave problema com aquela crise toda.
Não eram apenas os inimigos que tiravam proveito
da desgraça do povo. Os nobres e os magistrados, as
pessoas que deviam dar o exemplo, eram também
exploradores da desgraça alheia. Neemias nos dá
preciosas lições para lidar com este tipo de conflito:
a. Ele não toma decisão quando está aborrecido – a
pior hora para um líder tomar decisão é quando
está aborrecido ou estressado (v. 6);
b. Pensou e meditou em como resolver aquele
problema sem criar mais problemas (v. 7);
c. Confrontou os nobres e magistrados em
separado e depois todos juntos, usando os
princípios da Palavra (v. 7);
d. Neemias nos ensina que as pessoas podem não
gostar do nosso posicionamento, nem dos
nossos argumentos, mas que quando estes
argumentos são baseados na Palavra de Deus,
eles não têm como responder (v. 8);
e. Ele apela para o temor de Deus – sim, as pessoas
podem não temer o homem, mas pelo menos,
espera-se que temam a Deus;
f. Ele apela para a nobreza do povo de Deus – será
que nossos critérios podem ser mais baixos que
os critérios do mundo? (v. 9);
g. Dá o exemplo para todos (v. 10);
h. Ele pede de forma clara o que deve ser feito (v.
11); todo pedido deve ser claro e entendível;
i. Ele gera um acordo bem “amarrado” entre as
partes (v. 12);
j. Fez um ato profético, sacudindo o regaço3, isto é,
como se quisesse livrar-se do que estava
carregando, mostrou o que Deus faria se o povo
quebrasse o acordo: Deus os sacudiria para
longe de suas casas e de seus bens. (v. 13).

3 Parte entre a cintura e os joelhos = colo, de uma pessoa sentada


CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 41
Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

19º dia – Mantenha o foco Minhas anotações:


Leitura: Neemias 6.1-16 ____/____/____ Voce consegue discernir o que e de Deus e o que,
nao e?
O inimigo percebeu que tinha que agir de forma
Voce foge ou enfrenta as situaçoes?
mais incisiva com Neemias. Sempre que o inimigo
não conseguir nos parar por sua força bruta, ele No que voce precisa manter o foco, nos proximos 6
apelará para aquilo que acreditamos. Foi assim com meses?
Daniel, não podia ser diferente com Neemias.

O jeito era usar contra Neemias, a Palavra de Deus.


Aproveitaram-se das profecias do contemporâneo
Zacarias e disseram que Neemias estava indo além,
buscando se rebelar contra o Rei, buscando
reestabelecer um reinado em Israel. Eram cartas e
mais cartas para todo lado (hoje seriam e-mails “com
provas evidentes”) ... satanás nunca muda a tática.

Como as intimidações não deram resultados, os


inimigos usaram o próprio sacerdote Semaias,
tentando que Neemias pecasse contra o Senhor.
Neemias nos ensina:

a. Diante da tentativa de tirar do foco, focar ainda


mais no objetivo da obra; (v. 3);
b. Confrontou os inimigos com seriedade e
objetividade (v. 8);
c. Busco no Senhor a força necessária para não
desanimar (v. 9);
d. Ele não se permite fugir do confronto, por mais
amargo que pareça ser (v. 11);
e. Ele obedece ao Senhor e seus princípios (v.11);
f. O Senhor lhe deu sabedoria e discernimento
espiritual para compreender de ondem estavam
vindo as ameaças espirituais, travestidas de
Palavra de Deus;
g. Não responder ao inimigo do jeito que ele deseja
que você aja (vs. 17-19)

No final, o inimigo tem que reconhecer que o Senhor


é fiel e ele é quem faz a obra!

Se deseja aprender mais sobre Neemias, consulte:


http://www.alcancevitoria.com.br/bibliologia/850-
neemias-comentado

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 42


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

20º dia – Gente sofisticada não grita mas Minhas anotações:


detona Como voce depende de Deus? De fato, ou apenas
diz que depende?
Leitura: Neemias 6.17-19 ____/____/____
Quais os cuidados para nao deixar brechas em sua
Dizem que papel aceita tudo. É uma grande verdade! vida?
Ao longo destes anos, tenho visto como satanás usa
Se o inimigo escrevesse uma acusaçao contra a sua
pessoas para através de palavras bonitas e bem vida, do que ele te acusaria?
colocadas, induzir pessoas a desmoralizarem outras.
Textos bem escrito e ainda mais por fontes
“fidedignas” ou “autoridades”, trazem grande
estragos. Nem sempre o que se lê numa acusação é
verdade. Mas depois que está escrito, que o dano
está causado, quem se importa?

Há alguns anos, um veículo de comunicação noticiou


e acusou um diretor de escola infantil de pedofilia4.
Revoltado o povo daquela cidade destruiu a escola e
acabou com a reputação do professor que há mais
de 30 anos tinha construído uma sólida escola. Ao
final do processo, provou-se que a informação que
embasara a denúncia era falsa, mas o desgostoso
professor nunca mais recuperou sua família e saúde.
O prejuízo foi enorme e irremediável.

Ainda hoje, muitos escrevem cartas para atemorizar


homens e mulheres de Deus. Tentam de todas as
formas manchar a reputação, arruinar a imagem e
imputar sobre uma pessoa uma falha que ela não
tem. E o pior é que quanto mais a gente tenta
desmentir, mais as pessoas acreditam que a mentira
é verdade.

Ao lidar com este tipo sofisticado de oposição


Neemias nos ensina a que um líder deve estar
preparado para lidar com a oposição da “ralé”, os
que gritam e fazem escândalos, mas também com a
oposição dos “sofisticados” os intelectuais, que
fomentam os que gritam.

Para enfrentar estes dois tipos de pessoas, o segredo


é o mesmo: oração e dependência do Senhor.
Neemias mantem o foco na obra, mas depende
diariamente do favor do Senhor. No versículo 14,
Neemias, deixa registrado: “Lembra-te meu Deus...”
Nem precisaria, pois, o homem colhe o que planta.

O grande mérito de Neemias aparece no versículo 15


– foco na missão dada por Deus: acabou-se, pois, o
muro, em 52 dias. Uma verdadeira façanha. Um
grande milagre.

4 Caso ESCOLA BASE - http://www.casadosfocas.com.br/o-caso-escola-base-1a-parte/


CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 43
Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

21º dia – Olha o toco! Minhas anotações:


Leitura: Neemias 13.1-9 ____/____/____ Sera que voce tem feito alguma concessao? Se fez
esta arrependido?
Muita gente tropeça em coisas simples. Um simples
Deus nao agira se voce nao fizer a sua parte!
toco, leva a grandes tropeços na vida. Após todo o
trabalho de restauração dos muros, da revitalização Quais os cuidados que voce deve ter para nao
da Igreja do Senhor naqueles dias, bastou alguns tropeçar em alguma area da sua vida novamente?
meses que Neemias ficara fora de Jerusalém5, tendo Qual e o “toco” que te faz tropeçar? Nao de
necessidade de ir para reuniões no palácio real, já bobeira!
que era governador, quando volta, veja o que
Neemias encontra:

a. O povo devoto e dedicado tinha tropeçado em


tentação, caído em pecado, e permanecia em
desobediência;
b. Voltaram novamente a casamentos mistos;
c. Profanaram o sábado;
d. Descuidaram do alimento e recursos para os
levitas;
e. Colocaram dentro das áreas do templo, pessoas
inadequadas e fizeram uso indevido do templo.
No 30º dia, abordo o desfecho deste problema.
Mas Neemias nos ensina que:
a. Não basta ensinar uma vez e achar que todos
compreenderam;
b. É preciso observação constante e regular afim de
evitar que o pecado entre e se estabeleça na
obra do Senhor (e na nossa casa, nossa vida).
c. Que as pessoas não podem se acomodar – os
judeus se acomodaram em não ofertar e os
levitas se acomodaram a não receber;
d. Que nas coisas de Deus não deve haver
privilégios especiais a pessoas. O mesmo direito
que um irmão tem, outro também deve ter;
e. Que pessoas que foram usadas por satanás
contra o povo de Deus (ou contra a sua vida),
buscarão a primeira brecha para estar presente e
dar as caras, fingindo que está tudo certo, tudo
normal.
Neemias nos orienta a um cuidado constante e
zeloso com as coisas de Deus, seja na sua obra, na
nossa vida ou na nossa família. Nunca confie no que
você já fez. Continue fazendo o que é certo até o dia
final!

5Lembre-se que naquele tempo as viagens demoravam muito era três meses para ir e mais três para retornar, fora
o tempo que Neemias teria passado na capital do império medo-persa.
CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 44
Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

22º dia – O líder é o exemplo para todos! Minhas anotações:


Leitura: Neemias 5.14-19 ____/____/____ Um dos grandes problemas dos evangelicos
brasileiro e que misturamos os bons e o maus num
Neemias foi governador por 12 anos (444 a 432 a.C.). mesmo nível e com isso, nos tornamos
No cap. 5.1-13, retrata a postura dos nobres quando individualistas.
governaram. Este tinham sido egoístas, oprimiam o
Nos precisamos nos importar com a coisa publica,
povo com altos impostos, pensam neles próprios, com o que se decide a favor do povo em geral.
não temias a Deus e apenas serviam a si mesmos,
Voce tem sido um cristao interessado nas coisas
dominavam com arbitrariedade, opressão e abuso
publicas? Ou e daqueles que nem participa da
de poder por meio de extorsão. assembleia da sua Igreja?
O que voce pode fazer para ser mais participativo?
Neemias mostra que é possível ser um homem de
Começando pela sua igreja?
Deus e político ao mesmo tempo. Suas atitudes
falaram mais alto que os seus discursos. Veja alguns
exemplos de Neemias:

a. Neemias temia a Deus em primeiro lugar e por


isso respeitava o povo;
b. Era altruísta, fazia questão de dar ao invés de
receber;
c. Sua mesa era farta e generosa, mas não às custas
dos outros;
d. Embora tivesse direto de cobrar altos impostos,
ele se contentava com o que era possível
naquele momento;
b. Neemias não adquiriu hipotecas na terra. Ele
poderia ter obtido bens imóveis facilmente e
vendido tudo com um grande lucro. Porém, em
vez de ganharem dinheiro para eles próprios,
Neemias e seus servos trabalharam no muro de
Jerusalém para a proteção do povo e a glória de
Deus.
a. O seu foco, como governador era que o povo
valorizasse sua alegria diante de Deus, o que ele
desejava era o sentimento de regozijo de Deus
(v. 19).
c. O motivo de Neemias era claro: ele não estava
fazendo o bem para dar glória aos homens, mas
para agradar a Deus.
d. Neemias, sabe que a sua recompensa irá do
Senhor. Sua oração se repete no final do livro (Ne
13.31).
Quando lemos este capítulo 5, parece que Neemias
está falando do nosso país. Nossos governantes têm
se locupletado do poder público e roubado de forma
vergonhoso e vivem nababescamente. Há também
líderes evangélicos que não ficam atrás. Mas uma
coisa é certa: estas pessoas haverão de prestar
contas de suas vidas diante do Senhor!

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 45


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade
Minhas anotações:
23º dia – Organizar ao invés de improvisar
Voce e bom de improviso? Isso e um problema
ou uma “bençao”?
Leitura: Neemias 7.1-4 ____/____/____
Alguma vez voce improvisou e deu errado. O
que voce poderia ter feito para evitar o erro?
Émbora tivessem passado 90 anos desde que o povo
Quais os seus criterios para colocar pessoas em
tinha retornado com Zorobabel, Jerusalem ainda era
funçao chave?
parcialmente desabitada. Havia ainda muita coisa para
ser reorganizada, entre elas o serviço do templo, a
segurança da cidade, bem como regras e regulamentos
necessarios para uma vida comunitaria satisfatoria.

Um bom líder deve se preocupar com todos os detalhes.


Neemias nos ensina que aquele que tem maior visao
deve contribuir para que outros que estao abaixo, na
hierarquia, tambem cresçam.
Assim ele organizou o trabalho dos levitas (os diaconos
de hoje), os porteiros e cantores do templo, alem de
estabelecer regras claras e funcionais para que toda a
cidade pudesse funcionar a contento.

Ao estabelecer os chefes da segurança para a cidade,


Neemias nomeia ate mesmo seu irmao Hanani, mas nao
por este ser irmao, parente, e sim por ser um homem
que temia e andava com o Senhor. Nenhuma pessoa que
nao tenha temor de Deus deve estar a frente de
qualquer coisa na obra de Deus e na vida secular.
Santidade e temor de Deus sao dois requisitos
essenciais para uma pessoa ser honrada.

Ao estabelecer as leis de funcionamento das portas,


Neemias leva em conta a segurança, chegando a
estabelecer um sistema de defesa civil onde cada
cidadao vigiava uma parte da noite, em lugares
estrategicos, conforme uma escala previamente
conhecida. Assim todos sabiam o que, como e onde as
coisas deviam ser feitas.

Ha um princípio de liderança essencial: Se um líder da


uma ordem e o povo nao entende, o problema e o povo
e significa que eles nao compreenderam, portanto,
devem ser ensinados (treinados ate aprender); agora,
se o líder da uma ordem e o povo entende e
desobedece, o problema e dos oficiais encarregados,
líderes, obreiros, e isso exige uma açao no sentido de
fazer com que as coisas aconteçam.

Éste princípio esta relatado numa das mais conhecidas


historias sobre Sun Tzu6, em “A arte da guerra”. Éste
princípio de liderança prevalece ate hoje.

6 Leia mais em: http://www.alcancevitoria.com.br/lideranca/851-sun-tzu

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 46


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade
Minhas anotações:
24º dia – Cada pessoa no seu devido lugar
Leitura: Neemias 7.61-65 ____/____/____ Ter bom vontade e muito bom. Mas voce tem
um chamado! Qual e o seu chamado?
Se nao descobriu ainda, pare tudo e busque a
Neemias nos surpreende mais uma vez. Ao olhar para
resposta divina.
as pessoas servindo no templo, ele notou algo que
muitos sequer perceberam. Quando Zorobabel trouxe Se voce ja descobriu, minha pergunta e: esta
de volta os cativos, eles estavam tao euforicos que nao exercendo o seu chamado, ou tentando fazer o
prestaram atençao aos requisitos mínimos para uma que nao foi chamado?
pessoa servir no templo. O que esta te impedindo de realizar o seu
chamado?
Talvez valorizassem apenas as pessoas que tem boa
vontade. Mas nos sabemos que precisamos ter muito
mais que boa vontade para fazer a Obra do Senhor,
Neemias se preocupa em fazer um levantamento das
raízes de cada um destes “obreiros”, para verificar se
realmente tinha procedencia.

Nos vamos ver que alguns (v. 61), nao puderam


comprovar a linhagem da casa dos seus pais; outros
ainda quiseram se impor, mas com misturas entre
famílias e foram tratados como imundos, excluídos do
sacerdocio (v. 64); tambem foi pedido que todos
aguardassem a presença de um sumo sacerdote com o
Urim e o Tumim7.

A recomendaçao de Neemias (em algumas versoes


chamado de tirsata = governador), tem sentido, pois
todas as coisas feitas na obra de Deus devem ter ordem,
sentido e responsabilidade. Nao se podia comer das
coisas sagradas se a pessoa responsavel pela
santificaçao nao tivesse feito a sua parte. Podemos
afirmar, quase com 100% de certeza, que o conflito na
igreja de hoje tem a ver com a falta de ordem e
procedencia das coisas. Émbora todo o povo de Deus,
na nova aliança seja um ministro (sacerdocio
universal), ainda assim Deus comissionou uns para
pastores, outros para evangelistas, outros para mestres,
etc. Na igreja todos sao importantes. Numa igreja com
mais de um pastor, todos sao pastores, mas ha que se
levar em consideraçao duas coisas importantes: a) o
chamado e mais importante do que a boa vontade de
alguem; a uns Deus deu mais responsabilidades de que
a outros.

A falha em discernir a origem e a procedencia,


compromete toda uma comunidade. Pastores nao sao
feitos da noite para o dia, mas forjados no cadinho da
afliçao. Deus nao aceita serviço misturado, nem algo
foram de ordem. Antes de sermos bençaos para os
outros, precisamos se-lo, para nos mesmos! Certa vez
perguntaram a um pastor quantos membros tinha a sua
igreja Éle disse: depende. No ROLO, tem muitos; no
ROL, tem alguns, agora no RALO mesmo, tem poucos.

7 Leia mais em: http://www.alcancevitoria.com.br/lideranca/852-urim-e-tumim-o-sim-e-o-nao

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 47


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade
Minhas anotações:
25º dia – Cada pessoa sendo usada por Deus
O que voce podia fazer aí na sua igreja que nao
no seu lugar de ajuntamento tem feito?
Leitura: Neemias 11.1-36 ____/____/____ Voce ja se perguntou porque o Senhor o colocou
aí nesta igreja?
Jerusalem, a principal cidade do reino, ja tem seus Voce esta nesta igreja por simpatia ao pastor,
moradores, mas ainda ha lugar para mais gente. Como comodidade ou chamado?
fazer uma escolha, levando em conta a necessidade das Voce e um consumidor ou um reprodutor?
demais cidades?
a. Lançaram sorte entre os que queriam moram em
Jerusalem, um entre cada 10 pessoas;
b. Os voluntarios tinham preferencia, mas cada um
habitava nas suas possessoes, de forma que havia
equilíbrio na distribuiçao das pessoas e em todos
os lugares tinham um mínimo de pessoas.

Muitos nao compreendem este importante princípio.


Deus deseja que cada igreja (local de ajuntamento),
tenha o seu povo presente, participando, contribuindo
e fazendo a obra crescer. No capítulo 11, vamos ver uma
extensa relaçao, mas o sentido principal e que todos
sao importantes e precisam estar disponíveis no lugar
onde o senhor quer usa-los.

Ha alguns anos atras a SÉPAL – Serviço para


Évangelizaçao Para a America Latina, fez uma pesquisa
nas grandes cidades brasileiros e constatou que num
culto de domingo a noite, apenas em torno de 47% dos
membros estavam presentes. Muitos estavam ausentes
por problemas de trabalho, mas muitos estavam
ausentes, “visitando” outras igrejas.

Nos conhecemos pastores itinerantes este tipo de


ministerio e uma bençao, mas crente itinerante nao.
Deus proporciona aos seus filhos igrejas, líderes e
obreiros para que no local de ajuntamento da Éclesia, o
seu povo possa ser treinado, nutrido e abençoado para
fazer a diferença no mundo nos demais deias da
semana.

O projeto de Deus atraves de Neemias ao abençoar


Jerusalem era muito mais que apenas abençoar uma
cidade, mas que esta bençao pudesse ser
compartilhada com todos. Nada temos nada contra as
megas Igrejas, ou igrejas em processo de crescimento.
Louvamos ao Senhor que elas realmente cresçam, mas
tambem entendemos que este crescimento deve servir
para um meio para proporcionar o crescimento de
outras igrejas atraves da formaçao pastoral, de
liderança, do desenvolvimento dos dons e talentos,
enfim, nao faz sentido Jerusalem crescer e outros
lugares ficarem em deserto. O crescimento da obra de
Deus na minha Igreja deve ser bençao para o
crescimento aí na sua Igreja. Somo um so povo, o povo
de Deus!

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 48


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade
Minhas anotações:
26º dia – O reavivamento vem pela Palavra
Leitura: Neemias 8.1-8 ____/____/____ Quanto voce conhece da Palavra Deus?
Quanto voce pratica do que conhece?
Voce tem um habito diario de ler a Palavra?
Nao ha avivamento sem a Palavra! Treze anos antes de
Que tal se comprometer em ler todos os dias a
Neemias, Ésdras ja estava em Jerusalem servindo no
preciosa Palavra de Deus?
templo. Logo apos a conclusao dos muros, o povo se
reuniu para um evento solene e de muita importancia: O quanto voce tera de Deus, depende da
glorificar a Deus pela obra realizada. Mas esta festa intensidade da sua busca!
espiritual nao podia ser de qualquer jeito. Vamos
encontrar alguns princípios no nosso culto ao Senhor:
a. O culto e a exposiçao da Palavra foram publicos e
para todos – hoje tambem a palavra precisa ser
pregada em todos os lugares e para todas as pessoas;
b. O povo se juntou como um so homem – quando o Pai
ve sua igreja reunida, ele ve apenas a noiva sendo
ataviada;
c. Antes de ler o Livro da Lei, Ésdras guiou o povo em
oraçao, isto e, Ésdras identificou Deus como fonte de
bençaos para o povo (SI 103.1).
d. O povo respondeu amem (assim seja) e levantou as
maos, indicando participaçao na oraçao.
e. Éntao, os judeus inclinaram a cabeça e adoraram o
Senhor com o rosto em terra, um ato de submissao
voluntaria ao seu Senhor e Criador.
f. A palavra foi lida na porta das aguas – Cristo e a agua
da vida e a palavra simboliza a agua que nos limpa e
sacia;
g. Durante seis horas (das 6h ate ao meio dia) a palavra
foi lida e todos (sabios e simples) estavam atentos
para ouvir;
h. Junto com Ésdras, o sacerdote, estavam varios
homens, nao para fazer figuraçao atras do pregador,
mas para explicar o povo o sentido do que se lia –
isso nos lembra dos líderes de departamentos, dos
grupos familiares, que precisam ensinar aos mais
novos na fe, o que se le na Palavra de Deus;
i. Éxplicando o sentido, todos compreendiam – a
pregaçao da Palavra no culto e para que todos
compreendam e nao tenha desculpas para nao
praticar a Palavra.
A Palavra de Deus precisa ser lida, comentada,
explicada, mas tambem PRATICADA. Tenho a impressao
que nestes ultimos anos as pessoas tem vivido suas
vidas com tantas buscas e alternativas que sequer tem
dado valor a Palavra de Deus. Ha uma falta de
reverencia e temor muito grande em nossas igrejas.
Se queremos, de fato um avivamento, nossa maior
prioridade e a Palavra de Deus.
Avivamento nao e a tampa explodindo, mas o fundo
caindo. (Darrel Bridges)
Avivamento nao e descer a rua com um grande tambor;
e subir ao Calvario em grande choro. (Roy Hession)

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 49


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

Minhas anotações:
27º dia – A alegria do Senhor é a nossa força
Leitura: Neemias 8.9-18; 12.27-31 ____/____/____ Sera que diante dos seus problemas voce tem
buscado forças no Senhor?
Como esta a sua caminhada com Deus? É mais
O povo chorava ao ouvir a Palavra do Senhor. Porque choro que alegrias?
choravam? De que choravam? Voce so pode desfrutar da alegria do Senhor se
a. Pelo alto padrao da Palavra de Deus; antes estiver disposto a chorar pelo seu pecado.
b. Reconhecendo que eram faltosos diante de Deus;
Que bençao quando o povo de Deus compreende quem
Deus e e quem realmente somos diante da sua
santidade. Sim, o pecado e de chorar. Mas tambem havia
o tempo de se alegrar, pois o Senhor dera a sua
salvaçao. Éra o setimo mes, a Festa das Trombetas.
Nao era tempo de chorar, mas de celebrar. O povo foi
instruído a celebrar a festa comendo, bebendo e
compartilhando. O avivamento nao visa nos dar mais
choro, mas sim alegria genuína por fazer aquilo que
agrada o Pai.
Ésse sentimento de alegria brota em nosso coraçao por
meio de um profundo relacionamento com o Senhor.
Para receber e desfrutar da alegria e força do Senhor,
precisamos conhece-lo. Alegria e força significam que
Deus se agrada de nos e nos protege com suas
poderosas maos.
Ao final de tudo (capítulo 12), dedicaram os muros ao
Senhor. A palavra dedicaçao (hebraico = hanukka) e um
indicativo da experiencia do povo judeu ao celebrar
com alegria a restauraçao da adoraçao a Deus.
A dedicaçao e um processo de purificaçao. Quanto mais
dedicados no conhecimento e Aplicaçao da Palavra,
mais puros estaremos diante do nosso Deus.
Hoje ha cultos em que muito choro, mas pouco temor,
ha muita alegria, mas desprovida de sentido.
Precisamos chorar pelos nossos pecados, pelo pecado
do nosso irmao, mas precisamos tambem nos alegar
pois a salvaçao e chegada!
Alegrei-me quando me disseram: vamos a casa do
Senhor! Apos a dedicaçao do muro, o povo tomou as
providencias para remunerar os sacerdotes, os levitas,
os cantores e os porteiros que serviam no templo.
A alegria do Senhor deve produzir em nos um maior
amor e serviço para Deus. Nesse caso, o contentamento
que o povo sentiu reverteu-se em provisoes para o
templo.

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 50


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

Minhas anotações:
28º dia – Celebração da Santidade
Leitura: Neemias 9.1-5 ____/____/____ Sera que temos adorado o Senhor de uma forma
que realmente o honre, ou estamos honrando-o
de forma superficial?
A adoraçao ao Senhor começou no primeiro dia do Se voce fosse honrar uma pessoa, o que seria
setimo mes (8.2), e, mais de tres semanas depois, o capaz de fazer?
povo ainda estava adorando ao Senhor. Quando voce vem cultuar a Deus, voce tem
Mas agora, alem de ouvirem a Palavra, regozijarem com noçao do que isso significa?
suas promessas, chegara a hora do povo fazer a sua
parte. Nosso Deus e santo (separado), e nao aceita em
hipoteses alguma um culto misturado ao pecado.
Vamos compreender sete experiencias do povo de Deus
ao ser confrontado pela Palavra:
a. Arrependeu-se com jejum e pano de saco (v. 1);
b. Separou-se dos estranhos (do mundo, dos seus
valores) – v. 2;
c. Confessou os seus pecados – v. 2 – confessar significa
admitir, concordar com;
d. Ocupou-se espiritualmente em conhecer ao Senhor –
foram seis horas lendo e ouvindo a Palavra e mais
seis horas confessando seus pecados (v. 3);
e. O adoraram prostrados, por ser o Deus que perdoa
nossos pecados; v.3;
f. Clamaram ao Senhor em alta voz – v. 4; nao havia
vergonha ou timidez, todos precisavam saber que
dependiam exclusivamente da misericordia de Deus;
g. Cantaram hinos de louvor ao Senhor (v.5).

Com certeza aquele culto foi muito interessante. Ésses


canticos eram fundamentados na Palavra de Deus, no
seu glorioso nome. Nosso Deus nao e mais um deus,
mas o Deus vivo, criador dos ceus e da terra. Éle que
sozinho criou e preserva todas as coisas. So ele e digno
de tal adoraçao.
Nenhuma bençao e bençao verdadeira sem a presença
do Senhor. Muitas vezes ficamos tao focados nos nossos
problemas que nos esquecemos que ha um Deus para o
qual nada e demasiadamente difícil ou algo venha a ser
impossível.
Melhor que ter as suas bençaos e ter a sua presença.
Ésse Deus grande e maravilhoso que e o nosso:
a. Perdoador;
b. Clemente e misericordioso;
c. Vitorioso;
d. Fiel e sustentador;
e. Poderoso e temível;
f. Justo e verdadeiro;

Devemos honrar ao Senhor pelo que ele é, e não


pelo que pode nos dar.

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 51


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

Minhas anotações:
29º dia – Deus leva a sérios nossos votos
Leitura: Neemias 9.38 -10.31 ____/____/____ O que voce precisa entrar em acordo com Deus,
hoje?
O capítulo 9, a partir do versículo 6, e um cantico de Ha algo que voce tem dificuldade em cumprir?
adoraçao ao Senhor. Alem de recontar a historia de
Deseja fazer um voto, um novo acordo com o
Israel, faz uma clara demonstraçao do amor e da
Senhor?
fidelidade do Senhor pelo seu povo, apesar da
infidelidade de Israel. Sua intençao foi a mudança Se fizer isso na sua casa, com a sua família,
comportamental do povo do Senhor e, por isso, o deixe claro para todos o compromisso.
cantico finda em açao, e nao apenas em sentimento. Éscreva abaixo o seu acordo, com Deus, sobre
Assim deve ser a nossa participaçao no culto ao Senhor tudo que voce estudou nestes 29 dias e que
hoje. Cantamos belos hinos, ouvimos a pregaçao do deseja que seja diferente de agora em diante.
evangelho com poder e unçao, mas o que fazemos na
segunda feira?
Neste caso, o louvor e a adoraçao, levaram povo a fazer
um novo concerto, aliança, acordo. Quem fez o acordo:
a. Sacerdotes (10.2-8);
b. Os levitas (10.9-13);
c. Os chefes das famílias e os líderes políticos (10.14-
27);
d. Todo o povo (10.28)
Um acordo e um documento, ou uma intençao de
cumprir determinado assunto, tendo como base uma
expectativa, mas tambem sansoes e puniçoes caso haja
descumprimento. Vejamos os termos do acordo:
a. Seguir a Lei de Deus fielmente, isto e obedecer a
Palavra em todas as areas da sua vida (20.29);
a. Nao se colocar em jugo desigual (10.30);
b. Santificar o sabado e o ano sabatico (10.31);
Deus leva muito a serio os nossos votos (acordos). Éle
nao precisa que votemos para alcançar algo. Cumprir
com a sua lei e preceitos nao e um meio de troca, mas
Éle se alegra quando somos capazes de nos
comprometer e seguir adiante no nosso compromisso.
Ésta area tem sido muito desafiadora na Igreja atual.
Uns fazem votos de tolos, outros fazem votos banais.
Para uma melhor compreensao sobe os votos, deixo
aqui algumas indicaçoes:
a. Deve ser cumprido sem demora Éc 5.4-5;
b. Deus nao exige nosso voto, mas que cumpramos a
sua a palavra –
c. O voto nao deve ser leviano - se foi feito de forma
precipitada, que nao esteja em harmonia com os
propositos divinos, e preciso arrepender-se e
confessar o pecado.
d. Quem pode fazer um voto e como fazer o voto –
Levíticos 27 e Numeros 30, acerca do voto das
mulheres;
Para entender mais sobre os votos, sua necessidade e
valor, acesse o texto disponível em:
http://www.alcancevitoria.com.br/vida-crista/853-
voto

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 52


Campanha Nacional de Jejum e Oraçao - CIBI 2017
Aperfeiçoando a Unidade

Minhas anotações:
30º dia – Primeiro a Casa de Deus
Leitura: Neemias 10.32-39 – 13.11-31 ____/____/____ Chegamos ao final.
Anote abaixo o que efetivamente mudou em sua
Éste ultimo devocional da serie fala de prioridades. De vida apos estes 30 dias de Jejum, Oraçao e
nada adianta voce ter uma boa intençao se nao tiver e Consagraçao.
viver sob prioridades. A coisas espirituais precedem as
coisas naturais.
Se queremos que a nossa vida material seja abençoada,
isso passa por colocarmos na devida prioridade a nossa
vida espiritual. Quando o povo fez o acordo de servir ao
Senhor, como vimos ontem, alem dos assuntos da vida
pessoal, eles se comprometeram a:
a. Serem fieis na manutençao da casa do Senhor atraves
dos dízimos e das ofertas; 10.32;
b. Dar o primeiro fruto (primícias) para a casa de Deus
(10.35-37), para Deus sempre o primeiro e o melhor;
c. Administrar com sabedoria e zelo as ofertas e
recursos da casa do Senhor (13.13);
d. Participar dos cultos e solenidades da casa de Deus
(13.15-16);
e. Os que servem na casa de Deus, precisam estar
consagrados e puros antes de qualquer serviço
(13.22);
f. Nao oferecer ao Senhor um culto que nao seja digno
da sua honra e santidade (13. 25-28);
g. Manter puro e santo o ministerio da casa de Deus
(13.30).
Devemos ser fieis em nossa relaçao com Deus e com a
Igreja onde ele nos coloca para sermos abençoados e
treinados para a sua Obra.
Ao mesmo tempo, nossa Igreja, nossos líderes precisam
ser fieis para com a nossa denominaçao, pois se a nossa
igreja esta aqui e porque em algum momento, a
denominaçao, por sua visao e vocaçao missionaria
canalizou recursos para que esta obra chegasse ate nos.
Recebemos e desfrutamos da bençao e seremos infieis
para continuar abençoado? Nunca, jamais!
Santidade nao e uma opçao, e sim um estilo de vida
marcada pela nossa profunda devoçao ao Senhor.
Quando falhamos nas prioridades do nosso Deus,
falharemos nos resultados da nossa vida. Jesus
advertiu, em Marcos 8.36: O que adianta o homem
ganhar o mundo todo e perder a sua alma?
Nenhum crescimento, resultado ou aparente bençao
sera definitiva se nao for alicerçada na Palavra e nosso
compromisso para com o Senhor (e isso para pela
nossa Igreja/Denominaçao). Deus e poderoso e pode
fazer mais do que pedimos ou pensamos. Apenas
sejamos fieis em tudo! Gostaria muito de ler o seu testemunho e, se, me
O desejo do meu coração, do seu pastor e dos nossos autorizar, gostaria de publicar no nosso Jornal
líderes é que estes 30 dias tenha marcado Luz nas Trevas. Se nos conceder este privilégio,
profundamente a sua vida. Muito obrigado por escreva para: presidente@ebi.org.br
caminhar conosco até aqui! Pr. Elton Melo.

CIBI 2017 ®ebm - Devocional Neemias Pag. 53


4 - CONCLUSÃO

“Em vista disso tudo, estamos fazendo um acordo, por escrito, e


assinado por nossos líderes, nossos levitas e nossos sacerdotes".
Neemias 9.38

O Senhor leva muito a serio o que nos comprometemos diante dele. Émbora seja um Deus
amoroso e paciente, tambem e um Deus justo que nao se deixa escarnecer. Éstamos colhendo
hoje, o que plantamos ontem (Galatas 6.7), e amanha colheremos o que semeamos nestes ultimos
30 dias. Por mais que o Senhor nos ame, como parte do seu povo, suas promessas so podem vir
sobre nos se cumprimos com a nossa parte no acordo.

Desejamos que ao final destes 30 dias de Jejum e Oraçao, voce saia mais fortalecido no Senhor,
que a Igreja onde voce serve esteja mais compromissada com o Seu Reino e com a nossa
denominaçao e que juntos possamos cumprir com o proposito supremo que e anunciar as boas
novas a toda criatura e fazer muitos discípulos de Cristo.

#SOMOSTODOSCIBI

5 - REFERENCIAL BIBLIOGRÁFICO

BARBER, Cyrill J. Neemias e a Dinâmica da Liderança Eficaz. São Paulo: Vida Nova, 1982
BROWN, R. The message of Nehemiah. Downers Grove: IVP, 1998
CARSON. D. A [et. Al]. Comentário Bíblico. São Paulo: Vida Nova, 2009.
GETZ, Gene. Neemias, Um Modelo de Liderança. São Paulo: Mundo Cristão, 2003
KIDNER, D. Esdras e Neemias: introdução e comentário. São Paulo: Vida Nova, 1995.
MAXWELL, John C. As 21 Irrefutáveis Leis da Liderança. São Paulo: Mundo Cristão, 2000
SWINDOLL, Charles. Liderança Em Tempos de Crise. São Paulo: Mundo Cristão, 2004

CIBI 2017 ®ebm – Devocionais em Neemias Pag. 54