Você está na página 1de 7

Prova de Avaliação n.

º 2
Nome:_____________________________________________________
N.º ________ 12º Ano Turma____
Assuntos: Unidade 1: Processos Reprodutivos
Unidade 2: Património Genético Prova A

Todas as respostas deverão ser perfeitamente legíveis. Quando se verificar um engano, deve ser
riscado e corrigido à frente.

Nos itens de resposta curta em que seja solicitado um número definido de elementos de resposta,
apenas será atribuída cotação aos primeiros elementos, de acordo com o número pedido. Caso
apresente na sua resposta um número de elementos superior ao solicitado, e os elementos
excedentes sejam incorrectos, a resposta será penalizada. A penalização a atribuir a cada elemento
excedente incorrecto terá valor igual à cotação atribuída a cada elemento de resposta correcto, não
podendo a cotação final do item ser inferior a 0 (zero) pontos.

Nos itens relativos a sequências, só será atribuída cotação se a sequência estiver integralmente
correcta.

Nos itens de correspondência ou associação será penalizada cada associação incorrecta, de acordo
com o critério específico definido para cada um destes itens.

Nos itens de verdadeiro/falso (V/F) serão anuladas as respostas que indiquem todas as opções como
verdadeiras ou como falsas. Nos restantes casos, cada resposta errada será penalizada com o valor
da cotação de uma resposta certa, não podendo a cotação final do item ser inferior a 0 (zero)
pontos.

Os itens de escolha múltipla apenas admitem uma opção correcta. No caso em que apresente mais
do que uma opção, a resposta ao item terá a cotação 0 (zero) pontos, ainda que contenha a
alternativa correcta.

Nos itens de escolha múltipla cada resposta incorrecta será penalizada com 1/3 da cotação atribuída
a uma resposta correcta, não podendo a cotação final de cada grupo de questões ser inferior a 0
(zero) pontos.

As respostas que contenham elementos que se contradigam serão penalizadas, sendo anuladas as
cotações parciais dos elementos contraditórios.

Nos itens em que é pedida uma justificação após uma resposta objectiva, a cotação só será atribuída
caso a identificação esteja certa.

1
GRUPO I

Processos Reprodutivos
No ser humano os processos reprodutivos exclusivamente sexuados envolvem uma anatomia e um
comportamento bastante complexos.
In Matias (2005), Biologia.

1. O gráfico da figura 1 representa a variação da temperatura rectal de uma mulher ao longo de 26


dias.
1.1. Com base nos dados fornecidos pelo gráfico
podemos afirmar que:
A. esta mulher usa contraceptivos hormonais.
B. esta mulher está grávida.
Temperatura ºC

C. neste intervalo de tempo ocorreram duas ovulações.


D. os estrogénios exercem um retrocontrolo positivo
sobre a progesterona.
E. houve regressão do corpo amarelo.
Transcreva a opção correcta.

Figura 1
1.1.1. Justifique a sua resposta.

2. A figura 2 representa as principais acções hormonais que contribuem para o parto.

2.1. Faça corresponder a cada uma das letras A, B, C, D e E da


figura 2 o(s) termo(s) da chave:
Chave:
Oxitocina Relaxina Prostaglandinas
Estrogénios Prolactina Progesterona HCG

2.2. Imediatamente antes do parto, os níveis da hormona


progesterona:
A. aumentam ligeiramente;
B. diminuem ligeiramente;
C. aumentam significativamente;

Figura 2 D. diminuem significativamente;


Nota: Os sinais (+) significam estimulação
E. mantêm-se constantes.
Transcreva a opção correcta.

3. As questões 3.1 e 3.2 são referentes ao funcionamento do sistema reprodutor masculino. Para cada uma
delas, transcreva a opção correcta.
3.1. Os testículos asseguram a _____ que ocorre nas paredes dos ______ e funcionam como glândulas endócrinas ao
nível das células de ________.
A. espermatogénese […] túbulos seminíferos […] Sertoli;
B. espermatogénese […] túbulos seminíferos […] Leydig;
C. diferenciação […] epidídimos […] Leydig;
D. diferenciação […] epidídimos […] Sertoli;
E. espermatogénese […] epidídimos […] Sertoli.

3.2. Os espermatozóides completam o seu processo de maturação:


A. no pénis; B. na vagina; C. nos canais deferentes; D. nos túbulos seminíferos; E. nos epidídimos.
2
GRUPO II

Património Genético
Pensávamos que o nosso futuro estava nas estrelas, hoje acreditamos que está nos nossos genes.
James Watson In Silva et al (2005). Porto Editora.

1. Verificou-se que, em cruzamentos de certos ratos, a proporção de descendentes de pelagem preta e


amarela nem sempre corresponde à esperada. Verificou-se que, em todos os cruzamentos, os ratos
amarelos homozigóticos morriam em fase embrionária.

Nestas condições, os seguintes cruzamentos:


- ratos amarelos X pretos
- ratos amarelos X amarelos
deverão dar, respectivamente, os seguintes resultados:
A. 50% amarelos e 50% pretos; 66% amarelos e 33% pretos;
B. 75% amarelos e 25% pretos; 100% amarelos;
C. 50% amarelos e 50% pretos; 75% amarelos e 25% pretos;
D. 75% amarelos e 25% pretos; 66% amarelos e 33% pretos;
E. 100% amarelos; 75% amarelos e 25% pretos.
Transcreva a opção correcta

2. A textura do pêlo dos cachorros pode ser do tipo pêlo-de arame (A) ou do tipo liso e macio (a). O
cruzamento entre uma fêmea de pêlo liso e macio e um macho de pêlo-de-arame produziu a seguinte
descendência:
- dois cachorros de pêlo-de-arame;
- seis cachorros de pêlo liso e macio.

2.1. Indique os genótipos possíveis dos progenitores em causa.

2.2. Considere a totalidade da descendência. Em termos teóricos, quantos cachorros esperaria de pêlo-de-arame?
Justifique através da construção de um xadrez mendeliano para o referido cruzamento.

2.3. Este cruzamento poderá ser considerado um cruzamento-teste? Justifique.

2.4. Cruzaram-se entre si dois cachorros pêlo-de-arame resultantes do cruzamento referido. Obteve-se, quanto ao
genótipo:
A. 25% de cachorros homozigóticos e 75% de cachorros heterozigóticos;
B. 50% de cachorros homozigóticos e 50% de cachorros heterozigóticos;
C. 25% de cachorros homozigóticos dominantes e 75% de cachorros heterozigóticos;
D. 50% de cachorros homozigóticos recessivos e 50% de cachorros homozigóticos dominantes;
E. 75% de cachorros homozigóticos e 25% de cachorros heterozigóticos.
Transcreva a opção correcta

3
3. A figura 3 representa a transmissão de uma característica (comprimento das pestanas) numa
determinada família.
3.1. A característica “pestanas longas” é:
A. dominante e o gene localiza-se num autossoma.
B. recessiva e o gene localiza-se no cromossoma X.
C. dominante e o gene localiza-se no cromossoma X.
D. recessiva e o gene localiza-se num autossoma.
E. transmitida por um gene que se localiza no cromossoma Y.
Transcreva a opção correcta
Pestanas longas

3.1.1. Justifique a sua opção, recorrendo a dados da figura.


Pestanas curtas

Figura 3

4. Numa espécie vegetal, a característica flor branca (B) é dominante sobre flor encarnada (b) e a
característica flor axial (A) é dominante sobre flor terminal (a). Do cruzamento entre plantas de flores
brancas e terminais e plantas de flores encarnadas e axiais resultou a seguinte descendência:
- ¼ de plantas com flores brancas e axiais;
- ¼ de plantas com flores brancas e terminais;
- ¼ de plantas com flores encarnadas e axiais;
- ¼ de plantas com flores encarnadas e terminais.

4.1. Indique os genótipos dos progenitores.

4.2. Cruzaram-se dois indivíduos heterozigóticos para as duas características referidas. Os descendentes deste
cruzamento apresentarão proporções fenotípicas de:
A. 9:3:3:1. B. 3:1. C. 1:2:1. D. 1:1. E. 2:1.

4.2.1. A melhor explicação para tais proporções fenotípicas é:


A. Ocorreu segregação independente dos alelos.
B. Os dois pares de alelos estão localizados no mesmo par homólogo de cromossomas.
C. Ocorreu crossing-over.
D. Ocorreu segregação independente dos alelos com crossing-over.
E. Ocorreu linkage e crossing-over.

5. As questões 5.1 a 5.4 referem-se a diversos assuntos relacionados com transmissão hereditária de
características. Para cada uma delas, transcreva a opção correcta.

5.1. O daltonismo é uma característica hereditária recessiva transmitida por um gene localizado no cromossoma X.
Considere a seguinte simbologia: D – Alelo dominante responsável pela visão normal
d – Alelo recessivo responsável pelo daltonismo
A - autossoma
Um homem daltónico produzirá gâmetas com a seguinte constituição:

A. 22 A + Xd e 22 A + XD B. 22 A + Xd e 22 A + Y C. 22 A + Xd e 22 A + Xd
D
D. 22 A + X e 22 A + Y E. 22 A + Y e 22 A + Y

4
5.2. Nas situações em que há dominância incompleta para uma característica, podemos encontrar:
A. 2 fenótipos e 3 genótipos; B. 3 fenótipos e 3 genótipos; C. 2 fenótipos e 2 genótipos;
D. 3 fenótipos e 2 genótipos; E. 3 fenótipos e 1 genótipo.

5.3. Observe a figura 4 que representa um par de cromossomas de uma célula diplóide de um indivíduo. Considere que
não ocorreu crossing-over. Os gâmetas formados por este indivíduo terão a seguinte constituição:

A. DP e dp;
D d
B. Dd e Pp;

P p C. DP, Dp, dP e dp;


D. Dd, Dp, dP e Pp;
E. DdPp.

5.4. Se uma característica resulta da acção simultânea de dois ou mais pares de alelos situados ____________ de
cromossomas homólogos, estamos perante um caso de ___________.
A. no mesmo par […] interacção génica;
B. em pares diferentes […] alelos letais;
C. em pares diferentes […] co-dominância;
D. em pares diferentes […] interacção génica;
E. no mesmo par […] co-dominância.

6. A figura 5 refere-se a um mecanismo de repressão genética em procariontes.

6.1. Identifique as regiões I, II e II da


figura.

6.2. Indique o co-repressor que actua


neste sistema.

6.3. Indique quantas proteínas são

Figura 5 codificadas em III.

6.4. No esquema representado:


A. o controlo da expressividade dá-se a nível da tradução.
B. o elemento proveniente do meio activa a expressão.
C. a DNA polimerase encontra-se ligada ao promotor.
D. verifica-se a transcrição de um gene estrutural.
E. verifica-se a síntese de um repressor e a sua ligação ao operador.
Transcreva a opção correcta

6.5. Compare o funcionamento dos genes estruturais na presença e na ausência de triptofano.

FIM

5
QUESTÃO SUGESTÃO DE CORRECÇÃO

GRUPO I - Processos Reprodutivos


1.1. A
1.1.1. A temperatura sofre pequenas oscilações dentro de valores muito próximos, não se verificando uma
subida brusca sensivelmente a meio do ciclo: logo, não ocorreu ovulação. Em situações normais não
há ovulação se a mulher estiver grávida ou se usar contraceptivos hormonais. Como no intervalo de
tempo representado ocorreram duas menstruações, podemos concluir que a mulher deverá usar
contraceptivos hormonais.
2.1. A. Oxitocina; B. Progesterona; C. Estrogénios; D. Prostaglandinas; E. Relaxina.
2.2. D
3.1. B
3.2. E
GRUPO II – Património Genético
1. A
2.1. Fêmea: aa; Macho:Aa
2.2. 4 cachorros (50% da descendência).
Xadrez mendeliano: Aa X aa
2.3. Sim.
Trata-se de um cruzamento entre um indivíduo que apresenta fenótipo dominante com outro de
fenótipo recessivo (e, como tal, com genótipo conhecido).
2.4. B
3.1. A
3.1.1. Autossómica: afecta igualmente homens e mulheres (neste caso concreto afecta 4 homens e 4
mulheres).
Dominante: Os casais 5/6 e 8/ 9 apresentam a característica “pestanas longas” e têm descendentes
(7 e 11, respectivamente) que manifestam a característica “pestanas curtas”.
4.1 Bbaa X bbAa
4.2. A
4.2.1. A
5.1. B
5.2. B
5.3. A
5.4. D
6.1. I – Gene i ou repressor
II – Gene o ou operador
III – Genes estruturais
6.2. Triptofano
6.3. 5
6.4. E
6.5. Presença de triptofano: o repressor é activado, liga-se ao gene operador e, consequentemente, não
há transcrição dos genes estruturais.
Ausência de triptofano: o repressor mantém-se inactivo havendo, consequentemente, transcrição
dos genes estruturais.

6
Autor: Ana Farinheira