Você está na página 1de 4

Dinâmica dos Oceanos

Quando falamos em dinâmica de oceanos, estamos nos referindo no


movimento que esse faz. Dentre os vários movimentos que um determinado
oceano pode fazer, destacam-se o movimento de confecção, o movimento das
correntes marítimas, o movimento das ondas e o movimento das marés.
Movimento de confecção: é causado pela diferença de temperatura. Trata-se
de um processo bem simples, onde a água mais fria se adensa e desce em
direção às grandes profundidades, da mesma forma que as águas que estão
nessas áreas mais profundas tendem a subir para as áreas menos profundas
resultando em uma uniformização de temperaturas nessas diferentes
profundidades, principalmente nas áreas mais próximas dos pólos. A
maior ocorrência desse processo é em áreas de altas latitudes. Esses
movimentos de convecção vertical são importantes para a renovação da vida
nos mares frios devido a uma maior presença de plâncton nas águas.

movimento ondulatorio das ondas

Correntes marítimas são as diferenças de direções entre massas de água que


não se misturam, ou seja, são massas de águas se deslocando em direções
diferentes e mantendo suas características. Isso se torna possível pela
influência que os ventos e o movimento de rotação da terra exercem sobre
essas massas. Isso também se justifica pelo fato de que a localização dessas
define, em grande parte, o deslocamento que as massas fazem. Por exemplo,
as massas que se encontram no hemisfério norte seguem no sentido horário;
Enquanto que as que se encontram no hemisfério sul seguem no sentido anti-
horário.
Existem dois tipos de correntes: as correntes frias e as correntes quentes. As
correntes frias originam-se na zona tórrida da Terra e se dirigem rumo às zonas
polares. Enquanto que as correntes quentes se formam nas zonas polares e
deslocam-se em direção à zona intertropical da Terra. O movimento de
confecção alimenta as correntes dando origem às correntes frias que se
deslocam das grandes latitudes para a região equatorial. Temos como exemplo
de correntes importantes: Corrosivo, da Califórnia e Equatorial norte e sul (no
Pacífico); corrente de Benguela no litoral da África e a do Brasil (no Atlântico); a

1
corrente norte e a sul equatorial, corrente das Somália e das Agulhas (no
oceano Índico).
Movimento das ondas: que nada mais é do que mais o resultado da influência
dos ventos sobre os oceanos, ou seja, é a água "soprada" pelos ventos
formando movimentos ondulatórios que quando aproximam do litoral
"se dobram" e "quebram".
O movimento de uma onda pode atingir até 20 metros de altura em caso de
ventos forte e tempestades, porém as chances de termos ondas deste tamanho
são maiores em áreas de mar aberto.

Ondas; um tipo de movimento que os oceanos podem fazer.

E por último, mas não menos importante, temos o movimento das marés. Que
nada mais é do que a contração e descontração do globo terrestre por causa
da força gravitacional da Lua e do Sol, fazendo com que a haja o movimento de
avanço e recuo das águas. Quando a maré avança, ela é alta (preamar) e
quando ela recua, é baixa (baixa-mar), principalmente nos litorais. Os mares e
oceanos fazem esse movimento, aproximadamente, de 6 em 6 horas. Quando
a Lua se encontra completamente cheia, há a ocorrência de marés mais altas.
O tipo de litoral também influencia no movimento das marés.

Foto que ilustra a maré baixa. Um dos tipos de movimento dos oceanos.

2
Os movimentos dos oceanos têm dupla ação nos litorais. Eles carregam
sedimentos e materiais fragmentados retirados dos litorais de costões ou
transportados do continente pelos rios e depositam em trechos de litorais
baixos da costa, dando origem a restingas, tômbolos e cordões, criando lagoas
costeiras e alagadiços.

Foto que ilustra algumas das correntes marítimas e a sua localização.

Influência dos Oceanos sobre o Clima


Sabendo que os oceanos ocupam cerca de 70% da superfície terrestre, era de
se esperar que o comportamento de suas águas, bem como as suas
características, pudesse realizar uma grande influência nas condições climáticas
do planeta.
Os especialistas em meteorologia e climatologia são quase que unânimes em
creditar ao sol a maior das influências sobre a dinâmica climática da Terra. Dos
elementos terrestres, são os oceanos que mais absorvem a energia solar, o que
justifica o seu peso sobre o clima da Terra.
Os mais diversos fenômenos climáticos estão diretamente associados às
variações de temperatura das águas dos oceanos. Além disso, eles são
importantes na distribuição do calor, através das correntes marinhas e na
circulação atmosférica, que ocorre, principalmente, com a umidade gerada pela
evaporação da água do mar.

A maior parte da radiação solar absorvida pelos oceanos é liberada para a


atmosfera em forma de vapor d’água, que se transforma em umidade. Essa
umidade, por sua vez, transforma-se em nuvens que se precipitam, dando
origem às chuvas. Do mesmo modo, a condensação da umidade quente gerada
pelo mar também está na origem da formação de furacões e ciclones.
É nos oceanos que boa parte do Gás Carbônico (CO2) lançado na atmosfera é
absorvida através da fotossíntese realizada pelos plânctons. Aliás, as principais
3
espécies produtoras de oxigênio no planeta também se encontram nos oceanos:
as algas marinhas.
Por ocupar 1/3 da superfície da Terra, o Oceano Pacífico é o que mais exerce
influência e modificações sobre o clima no mundo. Os fenômenos cíclicos
climáticos de curto prazo (El Niño e La Niña) e os de médio prazo (Oscilação
Decadal do Pacífico) ligam-se diretamente ao comportamento das águas do
maior oceano da Terra.

Ciclo da agua

Outro exemplo da influência dos oceanos sobre o clima é a grande seca ocorrida
na Amazônia no ano de 2005, uma das maiores da história da região. Ela foi
causada por um aquecimento anormal das águas do Oceano Atlântico.

Bibliografia:
‘’Dinâmica dos oceanos’’:

<https://sites.google.com/site/maisumpeixenooceano/dinamica-dos-oceanos>

‘’Influência dos Oceanos sobre o Clima’’:

<http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/geografia/influencia-dos-oceanos-sobre-clima.htm>

‘’Qual é a importância dos Oceanos?’’:

<https://sites.google.com/site/maisumpeixenooceano/qual-e-a-importancia-dos-oceanos>

Interesses relacionados