Você está na página 1de 45

http://www.

previdencia.gov.
br/a-previdencia/
http://www.previdencia.
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC - 2015 – MANAUSPREV

1) Nos termos da lei que dispõe sobre o Plano de Benefícios da Previdência Social é considerada doença
do trabalho:

a) a doença endêmica adquirida por segurado que habita região em que ela se desenvolve.

b) a desencadeada em função de condição especial em que é realizado o trabalho, que com ele se relacione
diretamente e que conste de relação elaborada por órgão ministerial.

c) a de natureza degenerativa.

d) a que não produza incapacidade laborativa.

e) a que é inerente ao grupo etário.

Prova: FCC - 2015 – MANAUSPREV

2) Acerca das normas constitucionais relativas à Seguridade Social, é correto afirmar:

a) É assegurada a diversidade da base de financiamento, integrando recursos provenientes de toda a


sociedade, de forma direta e indireta, além da participação de recursos dos orçamentos da União, dos Estados e
dos Municípios e de contribuições sociais.

b) Cabe ao poder público organizar a seguridade social de modo a assegurar o caráter democrático e
descentralizado da Administração, mediante gestão tripartite, com participação do poder público, iniciativa
privada e organizações internacionais de defesa dos direitos dos trabalhadores.

c) Dentre as contribuições sociais que financiam a seguridade social encontram-se a contribuição sobre a
receita dos concursos de prognósticos e a contribuição do trabalhador e demais segurados da previdência social,
incidindo esta última sobre aposentadoria e pensão concedidas pelo regime geral de previdência social.

d) O produtor, parceiro, meeiro, arrendatário rural e pescador artesanal que exerçam suas atividades em
regime de economia familiar, sem empregados permanentes, não contribuirão para a seguridade social.

e) É vedada a criação de novos benefícios e serviços da seguridade social, exceto para atender situações de
guerra ou catástrofe.

3 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC - 2014 – TCE-PI

3) Quanto ao tempo de contribuição para fins previdenciários, nos termos da legislação aplicável a
matéria, é correto afirmar:

a) É assegurada, para efeito de aposentadoria, a contagem recíproca do tempo de contribuição na


Administração pública e na atividade privada, rural e urbana, hipótese em que os diversos regimes de
previdência social se compensarão financeiramente.

b) A aposentadoria por tempo de contribuição será devida após 30 anos de contribuição se homem e 25 anos
de contribuição se mulher.

c) O período em que o segurado esteve recebendo auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez, entre
períodos de atividade, não será considerado como tempo de contribuição.

d) Considera-se como tempo de contribuição aquele já computado para concessão de qualquer aposentadoria
prevista em lei específica ou por outro regime de previdência social.

e) O início da aposentadoria por tempo de contribuição será contado 90 dias após a data do requerimento,
exceto para o segurado empregado.

Prova: FCC - 2013 - TRT - 6ª Região (PE)

4) No âmbito da seguridade social, a previdência social tem por finalidade assegurar aos seus:

a) beneficiários meios indispensáveis de manutenção, por motivo de incapacidade, idade avançada,


tempo de serviço, desemprego, encargos de família e reclusão ou morte daqueles de quem não dependiam
economicamente.

b) dependentes meios indispensáveis de manutenção digna, por motivo de incapacidade, idade avançada,
tempo de serviço, desemprego involuntário, encargos de família e reclusão ou morte daqueles de quem
dependiam economicamente.

c) beneficiários meios indispensáveis de manutenção, por motivo de capacidade, idade avançada, tempo de
serviço, desemprego involuntário, encargos de família e reclusão ou morte daqueles de quem não dependiam
economicamente

d) beneficiários meios indispensáveis de manutenção, por motivo de incapacidade, idade avançada, tempo
de serviço, desemprego involuntário, encargos de família e reclusão ou morte daqueles de quem dependiam
economicamente.

e) dependentes meios indispensáveis de manutenção digna, por motivo de incapacidade, idade avançada,
tempo de serviço, desemprego involuntário, encargos de família e reclusão ou morte daqueles de quem
dependiam economicamente.

4 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC - 2012 - INSS

5) Conforme prevê a legislação previdenciária, em relação ao benefício da aposentadoria por invalidez é


correto afirmar que

a) a sua concessão dependerá da verificação da condição de incapacidade mediante exame médico- pericial a
cargo da Previdência Social.

b) por sua natureza em nenhuma situação dependerá de período de carência.

c) será devida apenas se o segurado estiver em gozo de auxilío-doença.

d) não é devida ao segurado empregado doméstico.

e) durante os primeiros trinta dias de afastamento da atividade por motivo de invalidez, caberá à empresa
pagar ao segurado empregado o salário.

Prova: FCC - 2014 - TCE-PI

6) A Lei nº 8.213/91 que institui os denominados Planos de Benefícios da Previdência Social, prevê como
espécie de prestações, dentre outras: salário-família, auxílio reclusão, salário-maternidade. Tais prestações
são benefícios voltados, respectivamente, ao

a) segurado, ao segurado e ao dependente.

b) segurado, ao dependente e ao dependente.

c) dependente, ao dependente e ao segurado.

d) segurado, ao dependente e ao segurado.

e) dependente, ao segurado e ao dependente

5 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC - 2013 - TRT - 5ª Região (BA)

7) Baianos e amigos desde sempre, Irene, Ivo, Ieda e Ítalo, reunidos por ocasião do casamento do
último, discutem a ideia de aposentar-se por idade. Todos são filiados ao Regime Geral da Previdência,
embora Irene seja trabalhadora rural, Ivo trabalha como garimpeiro em regime de economia familiar,
Ieda é auxiliar administrativa no Supermercado Lordelo, em Salvador, há dez anos, sendo essa sua
primeira vinculação ao Regime Geral da Previdência Social, e Ítalo é produtor rural. A partir das regras
previdenciárias, sabendo que eles têm, respectivamente, 56, 57, 46 e 65 anos de idade, é correto afirmar,
quanto ao requisito idade mínima para aposentadoria, que

a) todos eles já podem aposentar-se.

b) nenhum deles pode aposentar-se.

c) Ieda e Irene podem aposentar-se.

d) Irene e Ítalo podem aposentar-se.

e) Ivo e Ítalo não podem aposentar-se.

Prova: FCC - 2012 - INSS

8) Segundo a legislação previdenciária NÃO é considerado caso de suspensão ou de cancelamento


automático do benefício previdenciário

a) o retorno voluntário ao trabalho de segurado aposentado por invalidez.

b) a não apresentação do segurado beneficiário de aposentadoria por invalidez para a realização de exame
médico-pericial periódico a cargo do INSS.

c) o reaparecimento do segurado considerado falecido por decisão judicial que havia declarado morte
presumida que originou o pagamento de pensão provisória aos dependentes.

d) a continuidade do exercício de trabalho ou atividade que sujeite o segurado beneficiário de aposentadoria


especial a condições nocivas à saúde ou à integridade física que foram considerados para fins da concessão da
aposentadoria especial.

e) o exercício de atividade remunerada pelo segurado recluso em cumprimento de pena em regime fechado
ou semi-aberto que contribuir na condição de segurado contribuinte individual ou facultativo, em relação ao
recebimento do auxílio-reclusão pelos seus dependentes.

6 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC - 2014 - TRF - 3ª REGIÃO

9) De acordo com a Lei n 8.213/91, em regra, a concessão do benefício do auxílio–doença

a) não possui período de carência pré–estabelecido.

b) está sujeita a carência de doze contribuições mensais.

c) está sujeita a carência de seis contribuições mensais.

d) está sujeita a carência de quinze contribuições mensais.

e) só estará sujeita ao período de carência se a concessão inicial for de, no mínimo, trinta dias.

Prova: FCC - 2015 - TCM-GO

10) De acordo com a Lei nº 8.212/1991, o brasileiro civil que trabalha no exterior para organismo oficial
internacional do qual o Brasil é membro efetivo, sendo domiciliado no país estrangeiro e devidamente
contratado, não estando coberto por regime próprio de previdência social e o Ministro de confissão
religiosa

a) são considerados segurados obrigatórios da previdência social como empregados.

b) não são considerados segurados obrigatórios da previdência social.

c) são considerados segurados obrigatórios da previdência social como empregado e contribuinte individual,
respectivamente.

d) são considerados segurados obrigatórios da previdência social como contribuinte individual e empregado,
respectivamente.

e) são considerados segurados obrigatórios da previdência social como contribuintes individuais.

7 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC - 2013 - TRT - 6ª Região (PE)

11) Compete ao Poder Público,nos termos da lei,organizar a seguridade social,com base nos seguintes
objetivos:

a) irredutibilidade da base de financiamento e caráter democrático e centralizado da administração, mediante


gestão quadripartite, com participação dos trabalhadores, dos empregadores, dos aposentados e do Governo nos
órgãos colegiados.

b) uniformidade da base de financiamento e caráter democrático e centralizado da administração, mediante


gestão quadripartite, com participação dos trabalhadores, dos empregadores, dos aposentados e do Governo nos
órgãos colegiados. 

c) diversidade da base de financiamento e caráter democrático e descentralizado da administração, mediante


gestão quadripartite, com participação dos trabalhadores, dos empregadores, dos aposentados e do Governo nos
órgãos colegiados.

 d) equidade da base de financiamento e caráter democrático e descentralizado da administração, mediante


gestão tripartite, com participação dos trabalhadores, dos empregadores e do Governo nos órgãos colegiados.

 e) seletividade da base de financiamento e caráter democrático e descentralizado da administração, mediante


gestão quadripartite, com participação dos trabalhadores, dos empregadores, dos aposentados e do Governo nos
órgãos colegiados.

Prova: FCC - 2014 - TCE-GO

12) Para fins específicos de redução em 5 anos nos critérios de idade e tempo de contribuição, o
integrante da carreira de professor deve comprovar exercício, exclusivamente, de tempo nas funções de
magistério, o que NÃO inclui atualmente

a) docência na educação infantil.

b) docência no ensino fundamental e médio.

c) direção de unidade escolar.

d) função de coordenação e assessoramento pedagógico.

e) docência no ensino superior.

8 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC - 2013 - TRT - 5ª Região (BA)


13) Os segurados e dependentes da Previdência Social farão jus ao abono anual, se receberem os
benefícios I e a forma de cálculo do abono será: II:
As lacunas I e II são preenchidas, correta e respectivamente, por:

a) I. auxílio-doença, auxílio-acidente ou aposentadoria, pensão por morte, salário-maternidade ou auxílio-


reclusão,
II. no que couber, da mesma forma que se calcula a Gratificação de Natal dos trabalhadores, tendo por base o
valor da renda mensal do benefício do mês de dezembro de cada ano.

b) I. auxílio-doença, auxílio-acidente ou aposentadoria, pensão por morte ou auxílio-reclusão,


II. no que couber, da mesma forma que se calcula a Gratificação de Natal dos trabalhadores, tendo por base o
valor da renda média anual do benefício.

c) I. auxílio-doença, auxílio-acidente ou aposentadoria, pensão por morte ou auxílio-reclusão,


II. no que couber, da mesma forma que se calcula a Gratificação de Natal dos trabalhadores, tendo por base o
valor da renda mensal do benefício do mês de dezembro de cada ano.

d) I. auxílio-doença, auxílio-acidente ou aposentadoria, salário-maternidade, pensão por morte ou auxílio-


reclusão,
II. no que couber, da mesma forma que se calcula a Gratificação de Natal dos trabalhadores, tendo por base o
valor da renda mensal do benefício do mês de janeiro de cada ano.

e) I. auxílio-doença, auxílio-acidente ou aposentadoria, pensão por morte ou auxílio-reclusão,


II. no que couber, da mesma forma que se calcula a Gratificação de Natal dos trabalhadores, tendo por base o
valor da renda mensal do benefício do mês de novembro de cada ano.

Prova: FCC - 2014 - TCE-PI

14) Quanto aos benefícios previstos no Regime Geral da Previdência Social, conforme legislação própria, é
correto afirmar:

a) A aposentadoria por invalidez, inclusive a decorrente de acidente do trabalho, consistirá em uma renda
mensal correspondente a 100% (cem por cento) do salário-de-benefício.

b) A aposentadoria por invalidez, como regra, será devida sempre a partir de 90 (noventa) dias contados da
data da cessação do auxílio-doença.

c) A aposentadoria por idade será devida ao segurado trabalhador rural que, cumprida a carência e demais
requisitos legais, completar 65 (sessenta e cinco) anos de idade, se homem, e 60 (sessenta), se mulher.

d) A aposentadoria especial será devida, cumprida a carência legal, ao segurado que tiver trabalhado sujeito
a condições especiais que prejudiquem a saúde ou a integridade física, durante 10 (dez), 15 (quinze) ou 18
(dezoito) anos, conforme dispuser a lei.

e) O auxílio-doença, inclusive o decorrente de acidente do trabalho, consistirá numa renda mensal


correspondente a variação de 70% (setenta por cento) a 100% (cem por cento) do salário-de-benefício, conforme
tempo de contribuição.

9 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC - 2015 - MANAUSPREV

15) Diana sofreu um acidente ligado a seu trabalho que, embora não tenha sido a causa única, produziu
lesão que exige atenção médica para sua recuperação. Zeus sofreu acidente no local e horário de trabalho
em consequência de inundação. Hermes sofreu acidente fora do local e horário de trabalho em viagem a
serviço da empresa. Helena foi acometida de doença proveniente de contaminação acidental no exercício
de sua atividade. Equiparam–se a acidente de trabalho para efeitos da Lei Previdenciária de

a) apenas os casos de Diana e de Helena.

b) apenas o caso de Zeus.

c) apenas os casos de Diana e de Hermes.

d) todos os quatro casos.

e) apenas os casos de Hermes, de Zeus e de Helena.

Prova: FCC - 2015 - MANAUSPREV


16) Em relação aos institutos da prescrição e decadência relativas à contribuição da seguridade social é
INCORRETO afirmar:

a) As ações para haver prestações vencidas, restituições ou diferenças, a contar da data em que deveriam ter
sido pagas, salvo o direito dos menores, incapazes ou ausentes na forma do Código Civil, prescrevem em 5 anos.

b) O direito da Previdência Social para anular atos administrativos de que decorram efeitos favoráveis para os
seus beneficiários prescreve em 5 anos contados da data em que foram praticados, ainda que comprovada má–fé.

c) A prescrição definida como a extinção de uma ação ajuizável em virtude da inércia de seu titular durante
certo lapso de tempo, em tese, veda o ajuizamento da ação de cobrança do crédito tributário definitivamente
constituído pelo lançamento.

d) A decadência entendida como extinção do direito pelo decurso do prazo fixado para seu exercício com
inércia do titular, em tese, impede a autoridade fiscal de efetuar o lançamento das contribuições sociais devidas
e não pagas pelo sujeito passivo.

e) O direito de pleitear restituição ou de realizar compensação de contribuições ou de outras importâncias


extingue–se em 5 anos, contados da data do pagamento ou recolhimento indevido ou em que se tornar definitiva
a decisão administrativa ou do trânsito em julgado da sentença que tenha reformado, anulado ou revogado a
decisão condenatória.

10 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC - 2013 - TRT - 6ª Região (PE) - Juiz do Trabalho


17) Sob o contexto do Regime Geral de Previdência Social, a aposentadoria especial será devida,

a) uma vez cumprida a carência exigida em lei, ao segurado que tiver trabalhado sujeito a condições especiais
que prejudiquem apenas a sua integridade física, durante quinze, vinte ou vinte e cinco anos.

b) uma vez cumprida a carência exigida em lei, ao segurado que tiver trabalhado sujeito a condições especiais
que prejudiquem apenas a sua saúde, durante quinze, vinte ou vinte e cinco anos.

c) ainda que descumprida a carência exigida em lei, ao segurado que tiver trabalhado sujeito a condições
especiais que prejudiquem a saúde ou a integridade física, durante quinze, vinte ou vinte e cinco anos.

d) uma vez cumprida a carência exigida em lei, ao se- gurado que tiver trabalhado sujeito a condições
especiais que prejudiquem a saúde ou a integridade física, durante quinze, vinte ou vinte e cinco anos.

e) ainda que descumprida a carência exigida em lei, ao segurado que tiver trabalhado sujeito a condições
especiais que prejudiquem a saúde ou a integridade física, durante quinze, vinte ou vinte e cinco anos.

Prova: FCC - 2007 – TRF 2ª Região

18) Contribuem para a seguridade social, da mesma forma, aqueles que estão em iguais condições
contributivas. As empresas NÃO contribuem da mesma forma que os trabalhadores, em conformidade,
especificamente, com o princípio da

a) universalidade.

b) seletividade na prestação de benefícios e serviços.

c) eqüidade na forma de participação no custeio.

d) irredutibilidade do valor dos benefícios.

e) natureza democrática e descentralizada da administração.

Prova: FCC - 2007 – TRF 2ª Região

19) Ao se conceder o benefício assistencial da renda vitalícia ao idoso ou ao deficiente sem meios de
subsistência estará sendo aplicado, especificamente, o princípio da

a) eqüidade na forma de participação no custeio.

b) universalidade do atendimento.

c) universalidade da cobertura.

d) distributividade na prestação dos benefícios e serviços.

e) diversidade da base de financiamento.

11 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC - 2011 – TCE-SE

20) Maria e João são empregados da empresa X. Maria possui três dependentes enquanto João não possui
dependentes. Na qualidade de segurada Maria recebe o benefício salário-família enquanto João apesar de
segurado não recebe. Neste caso específico está sendo aplicado o princípio constitucional da

a) equidade na forma de participação no custeio.

b) distributividade na prestação dos benefícios.

c) universalidade do atendimento.

d) diversidade da base de financiamento.

e) seletividade da prestação dos benefícios.

Prova: FCC - 2015 – MANAUSPREV

21) A gestão da seguridade social conforme previsão constitucional será realizada de forma

a) centralizada nos municípios, monocrática e tripartite, com participação dos trabalhadores, dos
empregadores e do Governo.

b) descentralizada, colegiada e bipartite, com participação dos poderes públicos e do empresariado.

c) descentralizada, colegiada e quadripartite, com participação dos trabalhadores, dos empregadores, dos
aposentados e do Governo.

d) descentralizada, monocrática e tripartite, com participação dos poderes públicos, dos empregadores e dos
trabalhadores.

e) centralizada na União, colegiada e quadripartite, com participação dos trabalhadores, dos empregadores,
dos aposentados e do Governo.

Prova: FCC - 2014 – TCE PI

22) Considerando-se que princípio é a base que irá informar e inspirar as normas jurídicas, a Constituição
Federal do Brasil elenca um rol de princípios ou objetivos que orientam a organização da seguridade
social. A ampla distribuição de benefícios sociais ao maior número de necessitados está consagrada no
princípio constitucional

a) da primazia da realidade social.

b) da seletividade e distributividade na prestação dos serviços e benefícios.

c) da segurança jurídica e contributiva.

d) da irredutibilidade do valor dos benefícios.

e) do caráter democrático e descentralizado da administração..

12 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC - 2013 – AL-PB

23) A Lei no 8.213/91 institui o Plano de Benefícios da Previdência Social, inserindo o Regime Geral da
Previdência Social, tendo como beneficiários segurados e dependentes. Nos termos do referido diploma
legal, é INCORRETO afirmar que

a) será segurado obrigatório como empregado o exercente de mandato eletivo federal, estadual ou municipal,
desde que não vinculado a regime próprio de previdência social.

b) será segurado obrigatório como empregado doméstico aquele que presta serviço de natureza contínua a
pessoa ou família, no âmbito residencial desta, em atividades sem fins lucrativos.

c) será beneficiário do Regime Geral, como dependente do segurado, o irmão não emancipado, de qualquer
condição, menor de 21 (vinte e um) anos ou inválido ou que tenha deficiência intelectual ou mental que o torne
absoluta ou relativamente incapaz, assim declarado judicialmente.

d) são excluídos do Regime Geral de Previdência Social, desde que amparados por regime próprio de
previdência social, o servidor civil ocupante de cargo efetivo ou o militar da União, dos Estados, do Distrito
Federal ou dos Municípios, bem como o das respectivas autarquias e fundações.

e) será segurado facultativo na qualidade de segurado especial, o ministro de confissão religiosa e o membro
de instituto de vida consagrada, de congregação ou de ordem religiosa.

Prova: FCC - 2012 – INSS

24) Os beneficiários do Regime Geral de Previdência Social classificam-se como segurados e dependentes.
Nos termos da legislação previdenciária é correto afirmar que

a) é segurado obrigatório o maior de 12 (doze) anos que se filiar ao Regime Geral da Previdência Social,
mediante contribuição.

b) dependentes são pessoas que, por contribuírem para a previdência social, podem ser beneficiários.

c) os filhos e a esposa, por serem dependentes da classe diferente, não concorrem em igualdade para o
benefício.

d) o segurado facultativo mantém a qualidade de segurado, independente de contribuições, até 12 (doze)


meses após a cessação das contribuições.

e) A existência de dependentes de uma classe exclui do benefício os das classes seguintes.

13 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC - 2012 – TRF 2ª Região

25) São beneficiários do Regime Geral da Previdência Social, na condição de dependentes do segurado:

a) os ascendentes até o terceiro grau, desde que comprovada a dependência econômica.

b) o irmão até completar 18 anos ou inválido, independentemente de comprovação da dependência


econômica.

c) o menor tutelado independentemente de comprovação da dependência econômica.

d) o cônjuge e a companheira, desde que comprovada a dependência econômica.

e) o filho não emancipado inválido independentemente de comprovação de dependência econômica.

Prova: FCC - 2012 – TRF 2ª Região

26) Adamastor é segurado facultativo da Previdência Social e está enfrentando graves problemas
financeiros que o impossibilitaram de recolher as devidas contribuições dos últimos quatro meses. Neste
caso, em regra, Adamastor 

a) mantém a qualidade de segurado, até dez meses após a cessação das contribuições.

b) não manterá a qualidade de segurado, uma vez que a Lei nº 8.213/1991 resguarda esta qualidade até três
meses após a cessação das contribuições.

c) não manterá a qualidade de segurado, uma vez que a Lei nº 8.213/1991 resguarda esta qualidade até dois
meses após a cessação das contribuições.

d) mantém a qualidade de segurado até seis meses após a cessação das contribuições.

e) não manterá a qualidade de segurado, uma vez que a Lei nº 8.213/1991 resguarda esta qualidade até
trinta dias após a cessação das contribuições.

Prova: FCC - 2013 – INSS

27) Na forma como determinado pela Lei 8213/91, considera-se segurado facultativo do Regime Geral de
Previdência Social.

a) empregado de organismo oficial internacional ou estrangeiro em funcionamento no Brasil, salvo quando


coberto por regime próprio de previdência social.

b) exercente de mandato eletivo federal, estadual ou municipal, desde que não vinculado a regime próprio de
previdência social.

c) maior de 14 (quatorze) anos que se filiar ao Regime Geral de Previdência Social, mediante contribuição.

d) como empregado doméstico: aquele que presta serviço de natureza contínua a pessoa ou família, no
âmbito residencial desta, em atividades sem fins lucrativos.

e) brasileiro ou estrangeiro domiciliado e contratado no Brasil para trabalhar como empregado em sucursal ou
agência de empresa nacional no exterior.

14 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC - 2013 – INSS

28) Com relação aos segurados do Regime Geral de Previdência, está correta a seguinte identificação:

a) aquele que, contratado por empresa de trabalho, exceto na condição de temporário.

b) o brasileiro, não o estrangeiro e domiciliado no Brasil, para trabalhar como empregado em sucursal ou
agência de empresa nacional no exterior.

c) o brasileiro que presta serviço no Brasil a missão diplomática ou a repartição consular de carreira
estrangeira e a órgãos a elas subordinados, ou a membros dessas missões e repartições, excluídos o não
brasileiro com residência permanente no Brasil e o brasileiro amparado pela legislação previdenciária do país da
respectiva missão diplomática ou repartição consular.

d) aquele que presta serviço de natureza urbana ou rural à empresa em caráter não eventual, sob sua
subordinação e mediante remuneração, inclusive como diretor empregado.

e) o servidor público, exceto o ocupante de cargo em comissão, sem vínculo efetivo com a União, Autarquias,
inclusive em regime especial, e Fundações Públicas Federais.

Prova: FCC - 2013 – INSS


29) Com relação às prestações devidas compreendidas pelo Regime Geral da Previdência Social,
observando-se tratar de benefícios devidos a todas as pessoas indicadas e não alternativamente, incluem-
se:
I – quanto ao segurado: aposentadoria por invalidez, aposentadoria especial e pensão por morte;
II – quanto ao dependente: auxílio reclusão, serviço social e reabilitação profissional;
III – quanto ao segurado e dependente: reabilitação profissional, auxílio reclusão e salário maternidade;
IV – quanto ao segurado: salário maternidade, salário família e pensão por morte;
V – quanto ao dependente: aposentadoria especial, serviço social e pensão por morte.
 
Quais dos itens acima estão corretos?

A) Somente o primeiro e o quarto estão corretos.

B) Somente o terceiro e o quinto estão corretos.

C) Somente o quarto está correto.

D) Nenhum deles está correto.

E) Somente o segundo está correto.

15 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC - 2012 – TRT 1ª Região


30) A respeito dos dependentes no regime geral de previdência social, é correto afirmar:

a) A dependência de cônjuges e filhos deve ser comprovada, e a de companheira (o) é presumida.

b) A dependência econômica de cônjuges e filhos é presumida, e a de companheira (o) deve ser comprovada.

c) A existência de pais exclui do direito às prestações os irmãos do segurado.

d) A dependência da esposa é presumida e a do marido deve ser comprovada por atestado de invalidez
perante a perícia médica oficial.

e) A dependência do filho estudante de curso universitário cessa aos 24 (vinte e quatro) anos de idade.

Prova: FCC - 2012 – TRF 2ª Região

31) De acordo com a Lei no 8.213/91, mantém a qualidade de segurado, independentemente de


contribuições,

a) Até três meses após a cessação das contribuições, o segurado que estiver suspenso ou licenciado sem
remuneração.

b) Até seis meses após a cessação das contribuições, o segurado facultativo.

c) Até seis meses após a cessação das contribuições, o segurado que deixar de exercer atividade remunerada
abrangida pela Previdência Social.

d) Até dez meses após cessar a segregação, o segurado acometido de doença de segregação compulsória.

e) Até vinte e quatro meses após o livramento, o segurado detido ou recluso.

Prova: FCC - 2013 – DPE-AM

32) Conforme previsão contida no Plano de Benefícios da Previdência Social – Lei no 8.213/91 – mantém
a qualidade de segurado, independente de contribuições,

a) quem está no gozo de benefício, limitado ao prazo máximo de 24 (vinte e quatro) meses.

b) até 6 (seis) meses após o licenciamento, o segurado incorporado às Forças Armadas para prestar o serviço
militar.

c) até 24 (vinte e quatro) meses após o livramento, o segurado retido ou recluso.

d) até 6 (seis) meses após a cessação das contribuições, o segurado facultativo.

e) até 18 (dezoito) meses após cessar a segregação, o segurado acometido de doença de segregação
compulsória.

16 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC - 2011 – NOSSA CAIXA DESENVOLVIMENTO

33) Segundo a Lei no 8.213/91, havendo perda da qualidade de segurado, as contribuições anteriores
a essa data só serão computadas para efeito de carência depois que o segurado contar, a partir da nova
filiação à Previdência Social, com, no mínimo,

a) um terço do número de contribuições exigidas para o cumprimento da carência definida para o benefício da
pensão por morte, independentemente do benefício a ser requerido.

b) dois terços do número de contribuições exigidas para o cumprimento da carência definida para o benefício a
ser requerido.

c) um terço do número de contribuições exigidas para o cumprimento da carência definida para o benefício a
ser requerido.

d) metade do número de contribuições exigidas para o cumprimento da carência definida para o benefício de
auxílio-doença, independentemente do benefício a ser requerido.

e) metade do número de contribuições exigidas para o cumprimento da carência definida para o benefício a
ser requerido.

Prova: FCC - 2011 – TRT 1ª REGIÃO

34) Aplica-se o fator previdenciário ao cálculo do(s) seguinte(s) benefício(s) do Regime Geral de
Previdência Social - RGPS:

a) necessariamente, à aposentadoria por tempo de contribuição e, caso mais vantajosa ao segurado, também
à aposentadoria por idade.

b) exclusiva e necessariamente, à aposentadoria por tempo de contribuição.

c) necessariamente, às aposentadorias por idade, tempo de contribuição e especial.

d) necessariamente, às aposentadorias por idade e tempo de contribuição.

e) necessariamente, à aposentadoria por idade e, caso mais vantajosa ao segurado, também à aposentadoria
especial.

17 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC - 2011 – MPE-AP

35) O Fator Acidentário de Prevenção (FAP) que tem o seu fundamento no art. 10 da Lei no 10.666/03,
aplica-se reduzindo em até 50% ou aumentando em até 100% a alíquota de contribuição de

a) um e meio ou dois por cento, incidente sobre o faturamento das empresas, destinada ao financiamento
da Seguridade Social arrecadados de acordo com o total das remunerações pagas aos segurados, avulsos e
trabalhadores que prestem serviços às empresas.

b) um, dois ou três por cento destinadas ao financiamento do benefício da aposentadoria especial ou daqueles
concedidos em razão do grau de incidência de incapacidade laborativa, decorrente dos riscos ambientais de
trabalho.

c) de vinte por cento destinada ao financiamento da Seguridade Social incidente sobre o total das
remunerações pagas aos segurados, avulsos e trabalhadores que prestem serviços às empresas.

d) vinte por cento destinada ao financiamento do benefício da aposentadoria especial ou daqueles concedidos
em razão do grau de incidência de incapacidade laborativa, decorrente dos riscos ambientais de trabalho.

e) um e meio ou dois por cento destinada ao financiamento do benefício da aposentadoria especial ou


daqueles concedidos em razão do grau de incidência de incapacidade laborativa, decorrente dos riscos ambientais
de trabalho incidente sobre o faturamento da empresa.

Prova: FCC – 2015 – MANAUSPREV

36) Segundo as normas que regulamentam o custeio da seguridade social, é correto afirmar:

a) Haverá contribuição social do empregador, da empresa e da entidade a ela equiparada sobre a folha de
salários e demais rendimentos do trabalho pagos à pessoa física que tenha vínculo empregatício, não incidindo
sobre os valores pagos ou creditados, a qualquer título, à pessoa física que lhe preste serviço sem vínculo de
emprego.

b) O produtor, parceiro e meeiro rural, o pescador artesanal, desde que exerçam suas atividades em regime de
economia familiar, sem empregados permanentes, contribuirão para a seguridade social mediante a aplicação de
uma alíquota sobre o resultado da comercialização da produção, excluídos os seus cônjuges e o arrendatário rural.

c) As receitas dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios destinadas à seguridade social constarão
dos respectivos orçamentos, integrando o orçamento da União relativo à sua cota, parte de financiamento da
seguridade.

d) Não há previsão legal para a contribuição social para o custeio da seguridade social para o importador de
bens ou serviços do exterior.

e) Conforme princípio constitucional da contrapartida nenhum benefício ou serviço da seguridade social poderá
ser criado, majorado ou estendido sem a correspondente fonte de custeio total.

18 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC – 2012 – TRT 1ª REGIÃO

37) Entende-se por salário-de-contribuição,

a) para contribuinte individual e segurado facultativo, o valor livremente declarado no mês, observados os
limites mínimo e máximo.

b) para o empregado doméstico, a remuneração formalmente registrada na CTPS, não incidindo contribuições
sobre valores diretamente pagos em dinheiro, desde que clara e inequivocamente assim tenha sido ajustado.

c) para empregado e autônomo, o salário auferido em uma ou mais empresas, a qualquer título e valor,
durante o mês, quer pelos serviços efetivamente prestados, quer pelo tempo à disposição da empresa tomadora.

d) para empregado e avulso, a remuneração auferida em uma ou mais empresas, a qualquer título, durante o
mês, quer pelos serviços efetivamente prestados, quer pelo tempo à disposição da empresa.

e) para empregado e avulso, a remuneração auferida em uma ou mais empresas, a qualquer título e valor,
durante o mês, exclusivamente pelos serviços efetivamente prestados.

Prova: FCC – 2009 – MPE-SE

38) O segurado civil, homem, com 30 anos de contribuição e mulher com 25 anos, que tenha completado
as exigências para aposentadoria voluntária, mas que desejar continuar em atividade, terá direito a um
abono de permanência correspondente

a) a 8% do salário de contribuição previdenciária.

b) a um salário nominal por ano.

c) ao valor da sua contribuição previdenciária.

d) a 20% do salário nominal por mês.

e) a 13% do benefício a que teria direito.

Prova: FCC – 2015 – MANAUSPREV

39) Não havendo direito adquirido, é permitida a cumulação dos seguintes benefícios da Previdência
Social:

a) Mais de uma pensão deixada por cônjuge ou companheiro, ressalvado o direito de opção pela mais
vantajosa.

b) Auxílio–acidente e aposentadoria por invalidez.

c) Salário–maternidade e auxílio–doença.

d) Seguro desemprego e auxílio–acidente.

e) Aposentadoria especial e auxílio–doença.

19 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC – 2012 - INSS

40) Por motivo de disputa relacionada ao trabalho, o empregado Antunes sofre agressão física intencional
de terceiro, Marcos, no refeitório da empresa durante o seu horário de almoço. Em razão da desavença
Antunes fraturou um dedo da mão direita, o que lhe ocasionou uma redução temporária da capacidade de
trabalho. Nesta situação, nos termos da legislação previdenciária, pode-se afirmar que Antunes

a) não sofreu acidente de trabalho por estar em horário de refeição, portanto não estar trabalhando.

b) não sofreu acidente de trabalho porque a agressão foi provocada por terceiro e não colega de trabalho ou
outro empregado da empresa.

c) é portador de doença profissional que se equipara a acidente de trabalho.

d) sofreu evento equiparado a acidente de trabalho para os efeitos da Lei no 8.213/91.

e) não sofreu acidente de trabalho porque a lesão foi pequena e a redução da capacidade de trabalho foi
temporária.

Prova: FCC – 2012 – TRT 20ª REGIÃO

41) NÃO se considera acidente do trabalho

a) aquele sofrido no local e no horário de trabalho, em consequência de ato de imprudência, de negligência ou


de imperícia de terceiro ou de companheiro de trabalho.

b) aquele sofrido ainda que fora do local e horário de trabalho, na prestação espontânea de qualquer serviço à
empresa para lhe evitar prejuízo ou proporcionar proveito.

c) a doença endêmica adquirida pelo segurado habitante de região em que ela se desenvolve, salvo
comprovação de que é resultante de exposição ou contato direto determinado pela natureza do trabalho.

d) aquele ocorrido no local de trabalho ou durante este, nos períodos destinados a refeição ou descanso, ou
por ocasião da satisfação de outras necessidades fisiológicas do segurado.

e) a incapacidade do segurado em relação à qual a perícia apenas constatou a ocorrência de nexo


epidemiológico entre o trabalho e o agravo, decorrente da relação entre a atividade da empresa e a entidade
mórbida motivadora da incapacidade.

20 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC – 2002 – MPE-PE

42) NÃO é equiparado ao acidente do trabalho, mas é considerada doença do trabalho, respectivamente,
o acidente sofrido pelo segurado

a) na prestação espontânea de qualquer serviço à empresa para lhe evitar prejuízo ou proporcionar proveito,
ainda que fora do local e horário de trabalho; e qualquer doença, mesmo que não produza incapacidade
laborativa.

b) no local e no horário de trabalho, em conseqüência de ato de imprudência, negligência ou imperícia de


terceiro ou companheiro de labor; e qualquer doença endêmica adquirida por segurado habitante de região em
que ela se desenvolva.

c) na execução de ordem ou na realização de serviço sob a autoridade da empresa, ainda que fora do local
e horário de labor; e a doença degenerativa constante da relação elaborada pelo Ministério do Trabalho e da
Previdência Social.

d) por doença proveniente de contaminação acidental do empregado no exercício de sua atividade; e a doença
inerente a qualquer espécie de grupo etário constante ou não da relação elaborada pelo Ministério do Trabalho e
da Previdência Social.

e) ainda que fora do local e horário de trabalho, por ato de sabotagem ou terrorismo, ou qualquer motivo
mesmo não relacionado ao labor; e a doença adquirida em função de condições especiais em que o trabalho é
realizado e com ele se relacione diretamente, constante da relação elaborada pelo Ministério do Trabalho e da
Previdência Social.

Prova: FCC – 2012 – TRT 11ª REGIÃO

43) Nos termos do Regime Geral de Previdência Social quanto aos acidentes de trabalho é INCORRETO
afirmar:

a) Equipara-se ao acidente do trabalho o acidente ligado ao trabalho que, embora não tenha sido a causa
única, haja contribuído diretamente para a morte do segurado, para redução ou perda da sua capacidade para o
trabalho, ou produzido lesão que exija atenção médica para a sua recuperação.

b) Considera-se como dia do acidente, no caso de doença profissional ou do trabalho, a data do início da
incapacidade laborativa para o exercício da atividade habitual, ou o dia da segregação compulsória, ou o dia em
que for realizado o diagnóstico, valendo para este efeito o que ocorrer primeiro.

c) Acidente do trabalho é o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da empresa, provocando lesão
corporal ou perturbação funcional que cause a morte ou a perda ou redução, permanente ou temporária, da
capacidade para o trabalho.

d) Considera-se acidente de trabalho a doença profissional, assim entendida aquela produzida ou


desencadeada pelo exercício do trabalho peculiar a determinada atividade e constante da respectiva relação
elaborada pelo Ministério do Trabalho e da Previdência Social.

e) A lesão que, resultante de acidente de outra origem, se associe ou se superponha às consequências do
anterior, será considerada agravação ou complicação de acidente do trabalho.

21 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC – 2012 – INSS

44) Rita de Cássia foi empregada durante 26 (vinte e seis) anos e aposentou-se por tempo de
contribuição. Após dois anos de sua aposentadoria, ela retornou a trabalhar em outro emprego. Na
situação ora proposta, em relação ao novo contrato de trabalho e à cumulação de benefícios, é correto
afirmar que Rita de Cássia

a) poderá cumular os benefícios de aposentadoria e auxílio-doença

b) sendo demitida sem justa causa terá direito ao seguro-desemprego.

c) sendo demitida sem justa causa é vedado o recebimento conjunto do seguro-desemprego com o benefício
de aposentadoria por tempo de serviço.

d) poderá cumular os benefícios de aposentadoria e auxílio-acidente.

e) recebendo aposentadoria por tempo de contribuição e voltando a exercer atividade remunerada, não terá
de contribuir, obrigatoriamente, para o INSS.

Prova: FCC – 2012 – TRT 4ª REGIÃO

45) NÃO pode ser computado, para fins de recebimento de aposentadoria por tempo de contribuição
perante o INSS, o tempo

a) de contribuição obrigatória feita por segurado especial sobre a produção rural comercializada.

b) em que a segurada esteve recebendo salário-maternidade.

c) de serviço militar, inclusive o voluntário, desde que não aproveitado por outro regime previdenciário.

d) de serviço prestado alternativamente ao militar por alegação de imperativo de consciência.

e) comprovado mediante prova testemunhal, baseada em início de prova material.

22 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC – 2007 – TRF 3ª REGIÃO

46) De acordo com a Lei no 8.213/91, os membros do Conselho Nacional de Previdência Social - CNPS e
seus respectivos suplentes serão nomeados pelo

a) Presidente da República, tendo os representantes titulares da sociedade civil mandato de três anos,
podendo ser reconduzidos, de imediato, uma única vez.

b) Presidente da República, tendo os representantes titulares da sociedade civil mandato de dois anos, sendo
vedada a recondução.

c) Presidente da República, tendo os representantes titulares da sociedade civil mandato de quatro anos,
podendo ser reconduzidos, de imediato, uma única vez.

d) Presidente do Congresso Nacional, tendo os representantes titulares da sociedade civil mandato de três
anos, sendo vedada a recondução.

e) Presidente da República, tendo os representantes titulares da sociedade civil mandato de dois anos,
podendo ser reconduzidos, de imediato, uma única vez.

Prova: FCC – 2007 – TRF 2ª REGIÃO

47) O Conselho Nacional de Previdência Social - CNPS, órgão superior de deliberação colegiada, terá como
membros, dentre outros, nove representantes da sociedade civil, sendo

a) três representantes dos aposentados e pensionistas; três representantes dos trabalhadores em atividade e
três representantes dos empregadores.

b) um representante dos aposentados e pensionistas; quatro representantes dos trabalhadores em atividade e
quatro representantes dos empregadores.

c) dois representantes do Governo Federal; três representantes dos aposentados e pensionistas; dois
representantes dos trabalhadores em atividade e dois representantes dos empregadores.

d) quatro representantes do Governo Federal; um representante dos aposentados e pensionistas; dois


representantes dos trabalhadores em atividade e dois representantes dos empregadores.

e) dois representantes dos aposentados e pensionistas; quatro representantes dos trabalhadores em atividade
e três representantes dos empregadores.

23 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC – 2013 – TRT 5ª REGIÃO

48) Pedro, Chico, Nino e Zeca, pescadores, saíram em noite de tempo ruim, para trabalhar e buscar peixe
bom. Pedro retornou sozinho, dizendo que era verdade o alerta de sua mãe “com um tempo desses não
se sai, quem vai pro mar, não vem”. Chico, Nino e Zeca jamais voltaram. O corpo de Chico foi encontrado
dois dias depois, na praia; sua esposa, diligente, após sete dias de luto, requereu a pensão por morte. O
corpo de Nino foi encontrado trinta dias depois da noite fatídica, no barranco de um rio, que fica próximo
da praia; seus filhos, chamados de outras paragens, primeiro cuidaram de enterrar o pai, cumpriram o
luto de dez dias, e, só então, fizeram o requerimento do benefício da pensão por morte. A família de
Zeca não conseguiu enterrá-lo, porque ele nunca foi encontrado. Sob orientação de Margareth, amiga da
família, ajuizaram uma ação declaratória de morte presumida, que ainda se encontra em andamento.
Nesse quadro, é correto dizer que a pensão por morte aos dependentes de Chico, Nino e Zeca é devida,
respectivamente, desde,

a) o óbito; o requerimento; a data fixada para a morte, pela sentença declaratória.
b) o óbito; o óbito; o trânsito em julgado da sentença declaratória de morte presumida.
c) sessenta dias depois do requerimento; trinta dias depois do requerimento; trinta dias depois do trânsito em
julgado da decisão na ação declaratória.
d) o requerimento; o óbito; a data fixada para a morte, pela sentença declaratória.
e) o óbito; o requerimento; o requerimento.

Prova: FCC – 2012 – TRF 2ª REGIÃO

49) Joaquim, segurado da previdência social, faleceu deixando apenas sua esposa Gabriela. Manoel,
também segurado da previdência social, faleceu deixando apenas sua esposa Fábia. Considerando que
Gabriela requereu o benefício previdenciário da pensão por morte no décimo sexto dia após óbito de
Joaquim e Fábia o requereu no trigésimo sexto dia do óbito de Manoel, a pensão por morte será devida a
contar

a) da data do óbito.

b) da data do óbito e da data do requerimento, respectivamente.

c) da data do requerimento.

d) do dia seguinte à data do óbito.

e) do dia seguinte à data do óbito e da data do deferimento da concessão, respectivamente.

24 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC – 2012 – TRT 4ª REGIÃO

50) Após trabalhar como empregado por 20 anos para uma mesma empresa e por 16 anos para
outra (com todas as contribuições previdenciárias oportunamente recolhidas), segurado do INSS fica
desempregado e sem recolher qualquer contribuição por mais de 5 anos, ao final dos quais vem a falecer,
deixando esposa (que é empregada) e sua mãe (de 66 anos de idade). Nessa situação, a lei prevê,
quanto ao benefício pensão por morte, que

a) sua mãe, por ser idosa, e sua mulher, se seu salário for de baixa renda, terão direito ao benefício, que será
rateado em partes iguais.

b) nenhuma delas terá direito ao benefício, porque foi perdida a qualidade de segurado pelo instituidor no
momento do óbito.

c) somente sua mulher terá direito, desde que comprove que dependia parcialmente do segurado.

d) somente sua mulher terá direito, independentemente de comprovação de dependência econômica.

e) somente sua mãe terá direito, independentemente de comprovação de dependência econômica, por se
tratar de pessoa idosa.

Prova: FCC – 2011 – TCE-SE

51) Mário, segurado da Previdência Social, faleceu deixando sua esposa, Bruna, e três filhos do casal:
Gilberto, com dezesseis anos de idade, Golias com dez anos de idade e Gabriel, com quinze anos de
idade. Neste caso, terão direito ao benefício previdenciário de pensão por morte

a) Gilberto, Golias e Gabriel, apenas.

b) Bruna, Golias e Gabriel, apenas.

c) Bruna, Gilberto, Golias e Gabriel.

d) Golias, apenas.

e) Bruna, apenas.

25 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC – 2012 – INSS

52) Nos termos da legislação específica sobre o tema NÃO são considerados princípios e objetivos da
Previdência Social:

a) uniformidade e equivalência dos benefícios e serviços às populações urbanas e rurais.

b) seletividade e distributividade na prestação dos benefícios.

c) cálculo dos benefícios considerando-se os salários de contribuição corrigidos monetariamente.

d) provimento das ações e serviços através de rede regionalizada e hierarquizada, integrados em sistema
único.

e) previdência complementar facultativa, custeada por contribuição adicional.

Prova: FCC – 2011 – TRT 1ª REGIÃO

53) Está(ão) entre os princípios da seguridade social:

a) o caráter democrático e descentralizado da administração, mediante gestão quadripartite, com necessária
participação de trabalhadores, empregadores, aposentados e Governo em órgãos públicos colegiados e de
execução direta das prestações.

b) a irredutibilidade do valor dos benefícios, restrita ao aspecto nominal.

c) a uniformidade e equivalência dos benefícios, à exceção dos oferecidos à população rural.

d) a seletividade e contributividade na prestação dos benefícios e serviços.

e) a universalidade da proteção, quanto aos eventos sociais cobertos e ao atendimento da população.

Prova: FCC – 2010 – TSE-AP

54) A previsão constitucional segundo a qual a seguridade social será financiada por toda a sociedade, de
forma direta e indireta, nos termos da lei, mediante recursos provenientes dos orçamentos dos entes da
Federação e das contribuições sociais que estabelece, é decorrência do princípio da

a) irredutibilidade do valor dos benefícios.

b) diversidade da base de financiamento.

c) universalidade do atendimento.

d) seletividade na prestação de benefícios e serviços.

e) equivalência dos benefícios e serviços às populações urbanas e rurais.

26 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC – 2007 – TSE-AP

55) O financiamento da Seguridade Social, incluindo a assistência social,

a) é tripartite, a cargo do Poder Público, das empresas e dos trabalhadores.

b) compete às empresas e aos trabalhadores, mediante as contribuições obrigatórias ao Regime Geral de


Previdência Social.

c) consiste nas contribuições das empresas, dos segurados e na renda líquida das loterias federais.

d) compete à União, com recursos do respectivo orçamento fiscal.

e) cabe a toda a sociedade, direta e indiretamente.

Prova: FCC – 2007 – TRF 4ª REGIÃO

56) Para um trabalhador que não possua dependentes, o benefício salário-família não será concedido;
para o trabalhador que se encontre incapaz temporariamente para o trabalho, por motivo de doença, não
será concedida a aposentadoria por invalidez, mas auxílio doença. Nesses casos, está sendo aplicado,
especificamente, o princípio constitucional da

a) seletividade na prestação dos benefícios e serviços.

b) universalidade na cobertura e no atendimento.

c) eqüidade na forma de participação no custeio.

d) diversidade da base de financiamento.

e) democratização e descentralização da administração.

Prova: FCC – 2012 – TRT 1ª REGIÃO

57) No atual regime geral de previdência social, a aposentadoria especial é devida

a) a trabalhadores sujeitos a atividades de risco, nos termos definidos em lei complementar.

b) a trabalhadores portadores de deficiência, nos termos definidos em lei complementar.

c) apenas a trabalhadores cujas atividades sejam exercidas, comprovadamente, sob condições especiais que
prejudiquem a saúde ou a integridade física.

d) apenas ao aeronauta e ao jogador de futebol profissional.

e) a professores de educação superior e no ensino fundamental e médio.

27 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC – 2012 – TRT 1ª REGIÃO

58) Servidor público titular de cargo de provimento efetivo em autarquia municipal filia-se ao Regime
Geral de Previdência Social – RGPS

a) obrigatoriamente, durante o período em que durar a licença do cargo efetivo obtida para exercer mandato
eletivo no município, ainda que originalmente vinculado a regime próprio de previdência.

b) facultativamente, se quiser complementar sua renda de aposentadoria, desde que seja maior de 16 anos de
idade e efetue as correspondentes contribuições.

c) obrigatoriamente, caso vinculado a regime próprio de previdência econcomitantemente, exerça emprego


lícito na iniciativa privada, independentemente de seus vencimentos públicos ultrapassarem o valor teto do
RGPS.

d) facultativamente, caso vinculado a regime próprio de previdência e, concomitantemente, exerça emprego


lícito na iniciativa privada, se seus vencimentos públicos já ultrapassarem o valor-teto do RGPS.

e) obrigatoriamente, desde que o município para o qual trabalhe tenha instituído regime de previdência
complementar para os respectivos servidores efetivos.

Prova: FCC – 2008 – TRF 5ª REGIÃO

59) De acordo com a Lei no 8.213/91, com relação ao salário família é correto afirmar:

a) A cota do salário-família não será incorporada, para qualquer efeito, ao salário ou ao benefício.

b) O salário-família será devido, mensalmente, ao segurado empregado, inclusive ao doméstico, na proporção
do respectivo número de filhos.

c) O aposentado por invalidez não terá direito ao salário- família, uma vez que já recebe a respectiva
aposentadoria.

d) Quando o pagamento do salário não for mensal, o salário-família será obrigatoriamente pago
semanalmente.

e) A empresa conservará durante quinze anos os comprovantes dos pagamentos do salário família para exame
pela fiscalização da Previdência Social.

28 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC – 2012 – TRF 2ª REGIÃO

60) A empresa CASA efetuou o pagamento do salário-maternidade à empregada Débora na forma


determinada pela Lei nº 8.213/1991. Assim, após o referido pagamento, procedeu à devida compensação
dos valores pagos. De acordo com a Lei nº 8.213/1991, os comprovantes dos pagamentos e os atestados
correspondentes deverão ser

a) conservados apenas durante cinco anos para exame pela fiscalização da Previdência Social.

b) conservados durante dez anos para exame pela fiscalização da Previdência Social.

c) entregues diretamente ao INSS para verificação da regular compensação, não havendo obrigatoriedade de
conservação para exame de fiscalização.

d) entregues diretamente à Receita Federal para verificação da regular compensação, não havendo
obrigatoriedade de conservação para exame de fiscalização.

e) entregues para Débora, beneficiária da prestação da Previdência Social e titular da referida documentação,
não havendo obrigatoriedade de conservação para exame de fiscalização.

Prova: FCC – 2012 – TRF 2ª REGIÃO

62) Sidney é segurado especial da Previdência Social. Em sua propriedade rural em Resende - RJ, além da
atividade agropecuária, ele passou também a explorar a atividade turística, inclusive com hospedagem.
Considerando que a exploração turística com hospedagem ocorre apenas nos meses de Dezembro e
Janeiro, em razão das festas Natalinas, segundo a Lei no 8.212/91, esta exploração

a) descaracteriza a condição de segurado especial em razão do turismo com hospedagem, tendo em vista que
a dupla atividade é permitida na modalidade do turismo simples.

b) descaracteriza a condição de segurado especial em razão da dupla atividade desenvolvida.

c) não descaracteriza a condição de segurado especial, desde que a hospedagem não ultrapasse 120 dias ao
ano.

d) não descaracteriza a condição de segurado especial, desde que a hospedagem não ultrapasse 180 dias ao
ano.

e) descaracteriza a condição de segurado especial porque a hospedagem ultrapassou os 30 dias ao ano


permitido na legislação.

29 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC – 2012 – TRF 1ª REGIÃO

63) Mantém a qualidade de segurado, independentemente de contribuições, por até

a) 36 (trinta e seis) meses, quem está em gozo de auxílio-doença.

b) 12 (doze) meses após a cessação das contribuições, o segurado facultativo.

c) 36 (trinta e seis) meses, o segurado desempregado, desde que tal situação esteja comprovada por registro
no Ministério do Trabalho e Emprego ou outro meio admitido e tenham sido vertidas mais de 120 (cento e vinte)
contribuições sem interrupção que tenha acarretado a perda da qualidade de segurado.

d) 3 (três) meses após o livramento, o segurado detido ou recluso.

e) 12 (doze) meses após o licenciamento, o segurado incorporado às Forças Armadas para prestar serviço
militar.

Prova: FCC – 2012 – TRT 4ª REGIÃO

64) É segurado obrigatório do regime geral de previdência social o servidor público

a) ocupante de cargo em comissão federal, mesmo que tenha vínculo efetivo com a União.

b) ocupante de cargo em comissão federal, que tenha vínculo efetivo com Município que dispõe de regime
próprio.

c) titular de cargo efetivo na União que exerce concomitantemente atividade abrangida pelo regime geral,
independentemente do valor de seus vencimentos.

d) que ocupa, exclusivamente, cargo efetivo na União, quando seus vencimentos não superem o teto do
regime geral.

e) que ocupa, exclusivamente, cargo efetivo na União, mesmo quando seus vencimentos superem o teto do
regime geral.

30 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC – 2011 – NOSSA CAIXA DESENVOLVIMENTO

65) De acordo com a Lei no 8.212/91, são segurados obrigatórios da Previdência Social na qualidade de
segurado especial

a) o exercente de mandato eletivo federal, estadual ou municipal, desde que não vinculado a regime próprio
de previdência social.

b) o brasileiro ou estrangeiro domiciliado e contratado no Brasil para trabalhar como empregado em sucursal
ou agência de empresa nacional no exterior.

c) o servidor público ocupante de cargo em comissão, sem vínculo efetivo com a União, Autarquias, inclusive
em regime especial, e Fundações Públicas Federais.

d) a pessoa física residente no imóvel rural que, individualmente, ainda que com o auxílio eventual de
terceiros a título de mútua colaboração, na condição de pescador artesanal faça da pesca profissão habitual.

e) o ministro de confissão religiosa e o membro de instituto de vida consagrada, de congregação ou de ordem
religiosa

Prova: FCC – 2007 – TRF 2ª REGIÃO

66) Dentre outros, é segurado da Previdência Social na categoria de contribuinte individual,

a) o brasileiro ou estrangeiro domiciliado e contratado no Brasil para trabalhar como empregado em sucursal
ou agência de empresa nacional no exterior.

b) aquele que presta serviço de natureza urbana à empresa, em caráter não eventual, sob sua subordinação e
mediante remuneração.

c) aquele que, contratado por empresa de trabalho temporário, definida em legislação específica, presta
serviço para atender a necessidade transitória de substituição de pessoal regular e permanente.

d) o ministro de confissão religiosa e o membro de instituto de vida consagrada, de congregação ou de ordem
religiosa.

e) o servidor da União, Estado, Distrito Federal ou Município, incluindo suas autarquias e fundações, ocupantes
de cargo ou função pública.

31 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC – 2011 – TCM-BA

67) Segundo as regras do Regime Geral da Previdência Social, o benefício da aposentadoria por invalidez
é benefício

a) programado; reclama carência e não permite a volta ao trabalho durante seu gozo.

b) não programado; não reclama carência e permite trabalho concomitante com o recebimento, dentro das
possibilidades do segurado.

c) não programado; reclama carência, exceto se decorrente de acidente de trabalho; substitui os salários e não
permite o retorno ao trabalho, durante sua concessão.

d) não programado; reclama carência, inclusive se decorrente de acidente de trabalho; substitui os salários e
não permite o retorno ao trabalho durante sua concessão.

e) programado; reclama carência, exceto se decorrente de acidente de trabalho e permite trabalho


concomitante com o recebimento, dentro dos limites impostos pelo perito do INSS.

Prova: FCC – 2013 – TRT 5ª REGIÃO

69) Dorival voltava, com seu chapéu de palha, de Maracangalha, depois da primeira entrega de bicicleta,
que fazia, após sua contratação como empregado da empresa Anália Entregas Rápidas Ltda, quando
sofreu acidente na estrada, em razão da chuva fininha que caía. Considerando que as consequências do
acidente o afastarão do trabalho por 4 meses, é certo afirmar que ele

a) não terá direito ao auxílio-doença acidentário, porque contratado há menos de seis meses, não fazendo,
por isso, jus ao benefício.

b) receberá o auxílio-doença acidentário, porque, mesmo contratado há menos de seis meses, encontrava-se
ainda no período de graça relativo a seu último emprego, de que fora demitido sete meses antes do acidente.

c) não terá direito ao auxílio-doença acidentário, mas terá ao previdenciário, devido aos segurados que ainda
não cumpriram a carência mínima para o primeiro.

d) gozará do auxílio-doença acidentário, já que esse benefício não exige carência.

e) gozará do auxílio-acidente, já que não foi sua a culpa pelo evento danoso e para esse benefício a Lei não
exige carência.

32 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC – 2013 – TRT 5ª REGIÃO

70) De acordo com a legislação em vigor, o auxílio-doença,inclusive o decorrente de acidente do trabalho,


consistirá em uma renda mensal correspondente a:

a) 91% (noventa e um por cento) da última remuneração auferida.

b) 91% (noventa e um por cento) do salário-de-benefício.

c) 50% (cinquenta por cento) do salário-de-benefício.

d) 91% (noventa e um por cento) do salário-de-contribuição.

e) 50% (cinquenta por cento) do salário-base.

Prova: FCC – 2012 – INSS

71) Silvia trabalhou na empresa X, de janeiro de 2009 a janeiro de 2010, como digitadora, quando foi
acometida de tendinite, por 30 dias, que a impedia de exercer suas atividades habituais. Submetida a
tratamento médico, recuperou-se para suas atividades. Nessa situação, Silvia teve direito a receber

a) auxílio-acidente.

b) aposentadoria por invalidez.

c) auxílio-doença.

d) reabilitação profissional.

e) tratamento médico fornecido pelo INSS.

Prova: FCC – 2012 – TRT 1ª REGIÃO

72) Os empregados em gozo de auxílio-doença estão obrigados a se submeter a

a) exame médico-pericial a cargo da Previdência Social até os 55 (cinquenta e cinco) anos de idade.

b) tratamento médico dispensado oficial e gratuitamente, exceto o cirúrgico e a transfusão sanguínea, que são
facultativos.

c) processo de reabilitação profissional prescrito e custeado pela empregadora.

d) exame médico a cargo da empregadora, ao menos a cada semestre de afastamento do trabalho.

e) desconto da respectiva contribuição previdenciária incidente sobre o valor do benefício mensal.

33 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: FCC – 2011 – TCM-BA

73) Conforme o Regime Geral da Previdência Social, o auxílio doença é benefício de pagamento

a) descontinuado, permanente, não reeditável, de risco imprevisível e assemelhado à aposentadoria por


invalidez.

b) continuado, permanente, reeditável, de risco previsível e assemelhado à aposentadoria por invalidez.

c) descontinuado, temporário, reeditável, de risco imprevisível e assemelhado à aposentadoria especial.

d) continuado, temporário, não reeditável, de risco previsível e assemelhado à aposentadoria especial.

e) continuado, temporário, reeditável, de risco imprevisível e assemelhado à aposentadoria por invalidez.

Prova: FCC – 2011 – NOSSA CAIXA DESENVOLVIMENTO

74) De acordo com a Lei no 8.213/91, em regra, o auxílio-doença, consistirá numa renda mensal
correspondente a

a) 100% do salário-de-benefício, exceto o decorrente de acidente do trabalho.

b) 100% do salário-de-benefício, inclusive o decorrente de acidente do trabalho.

c) 85% do salário-de-benefício, exceto o decorrente de acidente do trabalho.

d) 91% do salário-de-benefício, exceto o decorrente de acidente do trabalho.

e) 91% do salário-de-benefício, inclusive o decorrente de acidente do trabalho.

Prova: FCC – 2014 – TRF 3ª REGIÃO

75) Matias é militar da União e sua mulher, Catarina, é militar do Estado de São Paulo. Nestes casos, em
regra, de acordo com a Lei n 8.212/91,

a) apenas Matias é excluído do Regime Geral de Previdência Social consubstanciado na referida lei,
independentemente do amparo por regime próprio de previdência social.

b) Matias e Catarina são, obrigatoriamente, excluídos do Regime Geral de Previdência Social consubstanciado
na referida lei.

c) apenas Catarina é excluída do Regime Geral de Previdência Social consubstanciado na referida lei,
independentemente do amparo por regime próprio de previdência social.

d) Matias e Catarina são excluídos do Regime Geral de Previdência Social consubstanciado na referida lei,
desde que amparados por regime próprio de previdência social.

e) Matias e Catarina são segurados obrigatórios do Regime Geral de Previdência Social consubstanciado na
referida lei.

34 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: CESPE- 2009 – PGE - AL

76) Eurico é vendedor de uma grande rede de lojas de eletrodomésticos em Brasília, desde janeiro de
2008, sendo esse o seu primeiro emprego. Em março do mesmo ano, ele aceitou o convite para ser
gerente da filial de Manaus. No mês seguinte, no primeiro domingo de descanso na capital amazonense,
resolveu realizar um passeio de barco para presenciar o encontro das águas dos rios Negro e Solimões,
tendo contraído malária no passeio. Eurico está extremamente debilitado e apresentou atestado médico
ao departamento de recursos humanos da empresa com prazo de 30 dias. 
A partir dessa situação hipotética, com base na legislação aplicável ao assunto e, ainda, considerando que
a malária não é doença profissional ou do trabalho e não integra nenhuma lista ministerial para fins de
concessão de benefícios previdenciários, assinale a opção correta.

a) Eurico não faz jus ao auxílio-doença, por não ter cumprido o prazo de carência fixado em lei para a
concessão desse benefício.

b) Caso seja considerado incapaz e insuscetível de reabilitação para o exercício de atividade que lhe garanta a
subsistência, Eurico fará jus à aposentadoria por invalidez, enquanto permanecer nessa condição.

c) O infortúnio vivenciado por Eurico caracteriza acidente de trabalho.

d) Eurico é segurado obrigatório da previdência social na qualidade de empregado, sendo certo que, para o
cômputo do seu período de carência, serão consideradas as contribuições realizadas a contar da data do efetivo
pagamento da primeira contribuição sem atraso.

e) Ainda que não dependam economicamente de Eurico, este poderá realizar a inscrição de seus pais no RGPS
como dependentes, pois a dependência econômica entre pais e filhos no âmbito do referido regime é presumida.

Prova: CESPE- 2013 - CPRM

77) Acerca das normas relativas à previdência social, julgue os itens a seguir. Nesse sentido, considere
que a sigla RGPS, sempre que empregada, refere-se ao regime geral da previdência social.

A doença do trabalho considerada acidente de trabalho é aquela adquirida ou desencadeada em função


de condições especiais em que o trabalho é realizado e que com ele se relacione diretamente, conforme
rol constante em norma previdenciária. Em caso excepcional, entretanto, ainda que não prevista em
norma, poderá ser considerada doença do trabalho aquela que resultar das condições especiais em que o
trabalho seja executado e que com ele se relacione diretamente.

( )Certo

( )Errado

35 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: CESPE- 2008 – SEMAD - ARACAJU

78) O trabalhador de empresa de conservação e limpeza que presta serviços a diversos hospitais e que
recebe adicional de insalubridade, por, eventualmente, manter contato com lixo hospitalar de natureza
tóxica, tem direito a aposentar-se com tempo reduzido de contribuição, já que trabalha em condições
especiais prejudiciais a sua saúde.

( )Certo

( )Errado

Prova: CESPE- 2009 – PGE-AL

79) João é empregado de uma grande mineradora e trabalha exposto a agentes nocivos prejudiciais à
saúde, assim definidos em lei. A referida relação de emprego resultou na sua primeira filiação ao RGPS.
Após 10 anos de efetivo serviço nessas condições, João foi eleito dirigente sindical, ficando afastado de
suas atribuições para se dedicar exclusivamente à atividade de representante de seus pares. A partir
dessa situação hipotética, assinale a opção correta a respeito do instituto da aposentadoria especial.

a) Em regra, o período de carência para a aposentadoria especial é de 120 contribuições mensais.

b) Não se considera como especial o tempo de trabalho laborado com exposição a ruídos, ainda que para
simples conversão em tempo comum.

c) A alíquota da contribuição sobre a remuneração dos segurados a cargo da empresa em que João trabalha
será majorada em relação a todos os empregados e não apenas em relação à remuneração daqueles expostos a
condições especiais.

d) O segurado que obteve o benefício de aposentadoria especial após 15 anos de serviço poderá retornar ao
mercado de trabalho para o desempenho de atividade que o exponha a agentes nocivos, podendo cumular nova
aposentadoria após o mesmo prazo.

e) Durante o período de afastamento para o exercício do mandato de dirigente sindical, João não terá esse
tempo contado para fins de aposentadoria especial.

Prova: CESPE- 2013 - CPRM

80) Acerca das normas relativas à previdência social, julgue os itens a seguir. Nesse sentido, considere
que a sigla RGPS, sempre que empregada, refere-se ao regime geral da previdência social. A incidência
do fator previdenciário sobre o cálculo das aposentadorias por tempo de contribuição contribui para a
diminuição de aposentadorias de segurados muito jovens, bem como para o equilíbrio atuarial do sistema
previdenciário.

( )Certo

( )Errado

36 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: CESPE- 2007 - AGU

81) O contribuinte individual que trabalha por conta própria, sem relação de emprego, não faz jus à
aposentadoria por tempo de contribuição.

( )Certo

( )Errado

Prova: CESPE- 2013 - STJ

82) O cancelamento da inscrição do cônjuge como beneficiário do regime geral de previdência social,
na condição de dependente do segurado, pode ocorrer nos casos de divórcio se esse cônjuge tiver sido
beneficiado com direito a alimentos e de anulação de casamento comprovada por certidão.

( )Certo

( )Errado

Prova: CESPE- 2007 - AGU

83) Pedro, segurado obrigatório do RGPS, era casado comSolange, brasileira e empregada na embaixada
do Sudão, dequem jamais se divorciou ou se separou judicialmente.Atualmente, Pedro vive com Carla e é
tutor de Sofia, com 12anos de idade, filha de seu irmão falecido.
Com referência a essa situação hipotética, julgue os itensseguintes quanto aos beneficiários do RGPS, na
forma daLei n.º 8.213/1991.
Sofia pode figurar como dependente de Pedro, desde que essa condição seja declarada e que seja
demonstrada a dependência econômica.

( )Certo

( )Errado

Prova: CESPE- 2009 – FHS-SE

84) O valor dos benefícios de prestação continuada pagos pela previdência social, inclusive o salário-
maternidade, será calculado com base no salário-de-benefício.

( )Certo

( )Errado

Prova: CESPE- 2012 - STJ

85) Segundo a legislação sobre os planos de benefícios da previdência social, o período de carência é o
número mínimo de contribuições mensais indispensáveis para que o beneficiário faça jus ao benefício.

( )Certo

( )Errado Prova: CESPE- 2012 – MPE-ES

37 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

86) Com relação ao reajustamento do valor dos benefícios, ao tempo de serviço para fins previdenciários
e à carência, assinale a opção correta.

a) O reconhecimento da atividade exercida como especial é disciplinado pela lei vigente à época da prestação
do serviço, por força do princípio tempus regit actum, passando a integrar, como direito adquirido, o patrimônio
jurídico do trabalhador, não se aplicando retroativamente legislação nova mais restritiva.

b) No primeiro reajuste da renda mensal inicial da aposentadoria concedida na vigência da Lei n.º 8.213/1991,
deve-se aplicar integralmente o índice oficial de correção, independentemente do mês de concessão do benefício
previdenciário.

c) O tempo de serviço rural anterior à vigência da Lei n.º 8.213/1991 não será considerado para efeito de
carência, mas poderá ser computado como tempo de contribuição, para efeito de aposentadoria, mediante o
recolhimento das respectivas contribuições.

d) As contribuições que o segurado contribuinte individual pagar em atraso não serão consideradas para
efeito de carência nem serão computadas como tempo de contribuição para efeito de aposentadoria, ainda que
comprovado o exercício de atividade abrangida pela previdência social.

e) O trabalho infantil é repudiado pelo ordenamento jurídico brasileiro, de acordo com a CF, de modo que é
inadmissível a contagem do trabalho rural em regime de economia familiar antes dos quatorze anos de idade,
para efeito de aposentadoria.

Prova: CESPE- 2013 - CPRM

87) O Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS), órgão superior de deliberação colegiada, é
composto por representantes do governo e da sociedade civil (aposentados e pensionistas, trabalhadores
em atividade e empregadores), sendo correto afirmar que a composição do CNPS representa uma forma
de concretização do caráter democrático e descentralizado da administração da previdência social.

( )Certo

( )Errado

Prova: CESPE- 2013 - SERPRO

88) Tendo em vista que são considerados segurados obrigatórios do RGPS os trabalhadores que exercem
atividades laborais remuneradas, e considerando, ainda, que as especificidades legais atinentes a
segurado empregado, contribuinte individual e segurado facultativo, julgue os itens que se seguem.
Considere a seguinte situação hipotética. 
Lúcio, que tem cinquenta e três anos de idade, é domiciliado no município de Juazeiro BA, onde exerce a
atividade artesão por conta própria e responsabiliza-se também pela venda de suas peças no centro de
artesanato local.
Nessa situação hipotética, Lúcio exerce atividade de filiação obrigatória ao RGPS sendo considerado,
portanto, segurado especial.

( )Certo

( )Errado

38 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: CESPE- 2013 – TRT 5ª REGIÃO

89) Conforme a legislação vigente, o valor da maior parte dos benefícios de prestação continuada da
Previdência Social deve ser calculado com base no salário-de-benefício. Tratando-se de aposentadoria por
idade, esse salário-de-benefício equivale

a) à média aritmética simples dos salários de contribuição médios correspondentes a 80% de todo o período
contributivo, multiplicada pelo fator previdenciário.

b) à média aritmética simples dos maiores salários de contribuição correspondentes a 80% de todo o período
contributivo, dividida pelo fator previdenciário.

c) à média aritmética simples dos salários de contribuição médios correspondentes a 80% de todo o período
contributivo, dividida pelo fator previdenciário.

d) à média aritmética simples dos salários de contribuição médios correspondentes a 80% de todo o período
contributivo.

e) à média aritmética simples dos maiores salários de contribuição correspondentes a 80% de todo o período
contributivo, multiplicada pelo fator previdenciário.

Prova: CESPE- 2013 – TCE-RO

90) A inscrição do segurado trabalhador avulso no RGPS ocorre pelo cadastramento e registro no sindicato
ou órgão gestor de mão de obra.

( )Certo

( )Errado

91) A Lei Eloy Chaves (Decreto Legislativo n.º 4.682/1923), considerada o marco da Previdência Social no
Brasil, criou as caixas de aposentadoria e pensões das empresas de estradas de ferro, sendo esse sistema
mantido e administrado pelo Estado.

( )Certo

( )Errado

Prova: CESPE- 2013 – PF

92) O direito de requerer pensão por morte decai após dez anos da morte do segurado.

( )Certo

( )Errado

39 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: CESPE- 2010 – BRB

93) Pedro trabalhou para uma pessoa jurídica desde 1995, ininterruptamente, tendo contribuído
mensalmente para o custeio da seguridade social, durante todo este período, na condição de segurado
obrigatório. Em 11/1/2010, Pedro foi demitido sem justa causa. Nessa circunstância e considerando a
legislação previdenciária em vigor, Pedro manterá sua qualidade de segurado, independentemente de
contribuições, até 11/1/ 2012.

( )Certo

( )Errado

Prova: CESPE- 2010 – TCE-BA

94) O princípio constitucional que estabelece a uniformidade e a equivalência dos benefícios e serviços às
populações urbanas e rurais representou um avanço na proteção social do trabalhador rural, que, até a CF,
era mais restrita quando comparada à do trabalhador urbano.

( )Certo

( )Errado

Prova: CESPE- 2010 – TCE-BA

95) O valor mensal dos benefícios que, eventualmente, substituam o salário de contribuição ou o
rendimento do trabalho não poderá ser inferior a um salário mínimo. Esse princípio da seguridade social
brasileira tem aplicação tanto na assistência quanto na previdência social, sendo excepcionado apenas na
área de saúde, pois esta não possui prestações continuadas pagas em espécie.

( )Certo

( )Errado

Prova: CESPE- 2013 – SERPRO

96) Com relação a cálculo e reajuste da renda mensal dos benefícios do RGPS, julgue os seguintes itens.
De acordo com a legislação previdenciária, o salário-de-benefício consiste no valor básico utilizado para
cálculo da renda mensal dos benefícios de prestação continuada do RGPS. Assim, o cálculo desse valor
para a aposentadoria por tempo de contribuição consiste na média aritmética simples dos maiores
salários-de-contribuição correspondentes a 80% de todo o período contributivo, multiplicada pelo fator
previdenciário.

( )Certo

( )Errado

40 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

Prova: CESPE- 2013 - SERPRO

97) Os benefícios concedidos aos segurados do RGPS têm como escopo a cobertura de determinados
riscos sociais elegidos pelo legislador constitucional (art. 201, caput, da CF). Com referência à concessão e
manutenção desses benefícios, julgue os itens que se seguem.
A legislação previdenciária estendeu o direito à percepção do salário-maternidade à segurada do RGPS
que adotar ou obtiver guarda judicial para fins de adoção de criança. Assim, havendo adoção ou guarda
judicial para adoção de mais de uma criança, a segurada fará jus à majoração proporcional do valor do
benefício em relação ao número de crianças adotadas.

( )Certo

( )Errado

Prova: CESPE- 2012 - STJ

98) Será segurado obrigatório da previdência social o indivíduo que, na condição de diretor, prestar
serviços a uma fábrica de tecidos, em caráter não eventual, sob subordinação e mediante remuneração

( )Certo

( )Errado

NOVA LEGISLAÇÃO

99) A pensão por morte poderá ser concedida ao cônjuge ou ao companheiro do segurado por prazo
superior a 4 meses se: 1) o óbito do segurado derivar de acidente de qualquer natureza; ou se 2) o
segurado falecido tivesse 18 contribuições e o casamento não tenha durado menos de 2 anos.

( )Certo

( )Errado

NOVA LEGISLAÇÃO

100) A pensão por morte concedida para o cônjuge ou o companheiro inválido ou deficiente cessará
sempre quando o dependente deixar de atender uma destas condições.

( )Certo

( )Errado

41 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

NOVA LEGISLAÇÃO

101) A pensão por morte e o auxílio-reclusão dependem do cumprimento da carência de 18 contribuições


mensais.

( )Certo

( )Errado

NOVA LEGISLAÇÃO

102) O tempo de contribuição a Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) será considerado na
contagem das 18 (dezoito) contribuições necessárias para que o cônjuge ou dependente perceba o
benefício de pensão por morte por prazo superior a 4 meses.

( )Certo

( )Errado

NOVA LEGISLAÇÃO

103) Acidente do trabalho é o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço de empresa ou de
empregador doméstico ou pelo exercício do trabalho dos especiais, provocando lesão corporal ou
perturbação funcional que cause a morte ou a perda ou redução, permanente ou temporária, da
capacidade para o trabalho.

( )Certo

( )Errado

NOVA LEGISLAÇÃO

104) A empresa ou o empregador doméstico poderão requerer a não aplicação do nexo técnico
epidemiológico, de cuja decisão caberá recurso, com efeito suspensivo, da empresa, do empregador
doméstico ou do segurado ao Conselho de Recursos da Previdência Social.

( )Certo

( )Errado

42 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

NOVA LEGISLAÇÃO

105) Independe de carência a concessão de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez nos casos de
acidente de qualquer natureza ou causa e de doença profissional ou do trabalho, bem como nos casos
de segurado que, após filiar-se ao RGPS, for acometido de alguma das doenças e afecções especificadas
em lista elaborada pelos Ministérios da Saúde e da Previdência Social, atualizada a cada 3 (três) anos,
de acordo com os critérios de estigma, deformação, mutilação, deficiência ou outro fator que lhe confira
especificidade e gravidade que mereçam tratamento particularizado 

( )Certo

( )Errado

NOVA LEGISLAÇÃO

106) O auxílio-doença não poderá exceder a média aritmética simples dos últimos 12 (doze) salários-de-
contribuição, inclusive em caso de remuneração variável, ou, se não alcançado o número de 12 (doze), a
média aritmética simples dos salários-de-contribuição existentes. 

( )Certo

( )Errado

NOVA LEGISLAÇÃO

107) Nos casos de impossibilidade de realização de perícia médica pelo órgão ou setor próprio
competente, assim como de efetiva incapacidade física ou técnica de implementação das atividades e
de atendimento adequado à clientela da previdência social, o INSS poderá, sem ônus para os segurados,
celebrar, nos termos do regulamento, convênios, termos de execução descentralizada, termos de fomento
ou de colaboração, contratos não onerosos ou acordos de cooperação técnica para realização de perícia
médica, por delegação ou simples cooperação técnica, sob sua coordenação e supervisão, com órgãos e
entidades públicos ou que integrem o Sistema Único de Saúde (SUS); 

( )Certo

( )Errado

NOVA LEGISLAÇÃO

108) O segurado que durante o gozo do auxílio-doença vier a exercer atividade que lhe garanta
subsistência não poderá ter o benefício cancelado a partir do retorno à atividade

( )Certo

( )Errado

43 www.aprovaconcursos.com.br
Direito e Legislação Previdenciária
Melissa Folmann
concursos Maratona de Questões

NOVA LEGISLAÇÃO

109) Não perde o direito à pensão por morte, após o trânsito em julgado, o condenado pela prática de
crime de que tenha dolosamente resultado a morte do segurado.   

( )Certo

( )Errado

NOVA LEGISLAÇÃO

110)  Perde o direito à pensão por morte o cônjuge, o companheiro ou a companheira se comprovada, a
qualquer tempo, simulação ou fraude no casamento ou na união estável, ou a formalização desses com
o fim exclusivo de constituir benefício previdenciário, apuradas em processo judicial no qual não será
assegurado o direito ao contraditório e à ampla defesa.

( )Certo

( )Errado

GABARITO

1B 2A 3A 4D 5A 6D 7D 8E 9B 10 E
11 C 12 E 13 C 14 A 15 D 16 B 17 D 18 C 19 D 20 E
21 C 22 B 23 E 24 E 25 E 26 D 27 C 28 D 29 E 30 C
31 B 32 D 33 C 34 A 35 B 36 E 37 E 38 C 39 D 40 D
41 C 42 E 43 E 44 C 45 A 46 E 47 A 48 A 49 D 50 D
51 C 52 D 53 E 54 B 55 E 56 A 57 C 58 C 59 A 60 B
61 E 62 C 63 C 64 C 65 D 66 D 67 D 68 D 69 D 70 B
71 C 72 B 73 E 74 E 75 D 76 A 77 C 78 E 79 E 80 C
81 E 82 E 83 C 84 E 85 C 86 A 87 C 88 C 89 E 90 C
91 E 92 E 93 C 94 C 95 E 96 C 97 E 98 C 99 C 100 E
101 E 102 C 103 C 104 C 105 C 106 C 107 C 108 E 109 E 110 E

44 www.aprovaconcursos.com.br
http://www.
previdencia.gov.
br/a-previdencia/

https:// http://
www. www.
face-
book.