Você está na página 1de 4

1

Seleção de compressors para “vent gas”


Por Heinz P. Bloch, P.E.
para tecem,com.br; 18 January 2013
Traduzido para o português, pela TECÉM, com autorização do Heinz P. Bloch.

A conservação de energia é de crescente importância tanto para as pequenas como para as grandes
plantas de processo. Correntes de gás que foram queimados (no flare/tocha) há uma década são agora
frequentemente recomprimidas e recicladas de volta para o vaso de sucção ou enviados para
queimadores de fornos e outros consumidores de energia. Dependendo da relação compressão e da
vazão, uma vasta gama de configurações do compressor, tanto de deslocamento positivo como
dinâmicos, pode ser considerada.

Deve-se notar, entretanto, que os cálculos da justificativa econômica e do retorno sobre os investimentos
feitos para esses projetos são muitas vezes baseadas em manuais de custo que avaliam, no mínimo,
compressores caros. Nós sempre expressamos a opinião de que só uma profunda análise do custo do
ciclo de vida pode determinar qual equipamento faz mais sentido. No entanto, mesmo com foco em
confiabilidade, pode-se admitir que a economia irá ocasionalmente favorecer certas máquinas mais
baratas. Portanto, eles estão "na disputa" ......

Em essência, os compressores de palhetas são às vezes são oferecidos para os serviços de


recompressão de vapor. Eles são compressores rotativos de gás nos quais palhetas deslizantes com
molas carregadas são uniformemente espaçados em torno de um cilindro. Como este cilindro gira fora
do centro em uma câmara envolvente, as palhetas aprisionam, comprimem e descarregam o gás que
está sendo processado. Na verdade, esses compressores foram recentemente recomendados para um
reprocessador estrangeiro de óleo lubrificante usado, onde os vapores continham nafta, gasóleo e uma
série de outros gases.

Uma experiência completa de verificação e comunicação aberta com fornecedores competentes ajudará
o comprador a encontrar a direção certa. Os compressores de palhetas do fornecedor "A" podem ser
melhores do que os compressores de palhetas do fornecedor "B". Serviço competente poderia favorecer
um fornecedor em relação ao outro, como manutenção, espaço ocupado, acessibilidade, eficiência
operacional, “downturn” (capacidade reduzida) e considerações de sobrecarga. Mantidas as taxas
vigentes de câmbio monetário, as máquinas fabricadas nos USA podem se tornar mais atraentes para
os compradores estrangeiros. No entanto, os compressores de palhetas, por definição, experimentam o
contato entre palhetas e carcaça ocasionando mais desgaste do que determinados compressores com
menor - ou nenhum - contato deslizante. A composição do gás e a limpeza também fazem a diferença
no processo de seleção da máquina de palhetas deslizantes devendo ser assumido que ela irá
experimentar menor disponibilidade e maior custo de manutenção. Isso deve ser pesado na decisão de
compra.

Em qualquer comunicação com o fornecedor, o comprador potencial deve pedir referências e deve
gastar o esforço necessário para verificar isso através de telefonemas ou e-mails, ou mesmo fazer uma
visita ao site do usuário atual da máquina. A questão da velocidade periférica (tip speed) da palheta, a
geração de calor e sua dissipação, tipo de óleo adequado, compatibilidade do óleo com o gas de
processo e ainda o consumo e o custo de óleo lubrificante, devem ser incluídos na avaliação. Para uma
maior confiabilidade e disponibilidade, pode-se analisar a aplicação de compressores de parafusos. Os
compressores de parafusos “seco” ou “úmido” são usados nestes serviços e apenas uma minuciosa
análise de custo do ciclo de vida dirá qual pode ser mais apropriado.

A mesma análise é necessária se certas relações de compressão tipicamente maiores apontam para a
utilização de compressores alternativos. Existe uma experiência muito favorável, com compressores
2

alternativos de pistão tipo labirinto . Estes, também, estão disponíveis em vários tamanhos e,
certamente, necessitarão de menos manutenção do que aparentemente os compressores alternativos
equivalentes de pistão com anéis de compressão e anéis guia.

Finalmente, algumas palavras sobre compressores tipo “package”. Os compressores “package” são
montados pelo fabricante ou outra entidade em um skid (base metálica) que contem o compressor e
seus sistemas auxiliares. Esses skids facilitam a instalação e o comprador tem benefícios pelas de
vantagens de menores custos de instalação.

Mas sempre que você comprar um compressor “package”, certifique-se de que a responsabilidade total
(turnkey) está claramente definida em contrato. Cuidado com situações onde o fornecedor do
compressor se recusa a garantir o desempenho dos módulos de fornecimento de lubrificante ou de
lubrificação, ou onde a supervisão de instrumentação de supervisão torna-se uma indefinida zona
"cinzenta". Francamente, as preocupações a jusante são esmagadoras nesses casos.

Ilustrações:
Fig. 1 – Vista em corte de um compressor de palhetas para recompressão de gas
Fig. 2 – Pequenos compressores de palhetas acionados por motor elétrico instalados em
uma planta petroquímica.

Heinz P. Bloch é Engenheiro Consultor em Westminster, Colorado. Tem mais de 50 anos


de experiência e assessora plantas de processo em todo o mundo em análise de falhas,
melhoria de confiabilidade e tópicos de manutenção para redução de custo. Dos seus 18
livros, três foram atualizados e re-emitidos em 2006: “A Practical Guide to Compressor
Technology,” Wiley & Sons (ISBN 0-471-72793-8); “Maximizing Machinery Uptime”, Gulf
Professional Publishing, (ISBN-10:0-7506-7725-2); e “Pump User’s Handbook: Life
Extension,” Fairmont Publishing Company, (ISBN 0-88173-517-5). Seus últimos livros são
“Pump Wisdom” (Wiley & Sons, 2012), ISBN 978-1-118-04123-9, e “Compressors: How to
Increase Reliability and Availability,” (McGraw-Hill, 2012) ISBN 978-0-07-177287-7

Crédito pelas figuras para:


GE Oil & Gas 1333 West Loop South, Suite 800
Houston, Texas 77027-9116 USA
T +1 713 803 0900
3

Figura 1
4

Figura 2