Você está na página 1de 30

0

Coaching do Estratégia Concursos


Projeto ABIN

GUIA COMPLETO DE ESTUDOS


ABIN 2018 - Oficial de Inteligência -
Área 1

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


1
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

CAPÍTULO 1 - INTRODUÇÃO 3

CAPÍTULO 2 - ERROS MAIS COMUNS NA PREPARAÇÃO PARA


CONCURSOS 4
CAPÍTULO 3 - QUESTÕES ANTECEDENTES AO ESTUDO 5
Fisiologia 5
Ambiente de estudo 5
Equilíbrio trabalho x família x estudo 5
Motivação 5

CAPÍTULO 4 - PLANEJAMENTO DE ESTUDO 7


Visão geral sobre planejamento de estudo 7
Diagnóstico do aluno 7
Diagnóstico do concurso 8
Quantidade de questões por disciplina - estimativa 9
Resultados para Oficial de Inteligência da ABIN - 2008 9
Nota da objetiva 9
Nota da discursiva 10
Plano de estudo 11
Planilha de estudo 15
CAPÍTULO 5 - SESSÃO DE ESTUDO 16
1. Preparação para a sessão de estudo 16
2. Ter a visão do todo 16
3. Mapeamento das questões 16
4. Estudo do material em pdf do estratégia 17
5. Fazer questões para fixação e aprofundamento 17
6. Revisões 18

CAPÍTULO 6 - MENSAGEM FINAL 18

ANEXOS 19
EDITAL VERTICALIZADO + DICAS DE ESTUDO PARA CADA DISCIPLINA
19
LÍNGUA PORTUGUESA 19
Dicas de estudo: 19
ATIVIDADE DE INTELIGÊNCIA E LEGISLAÇÃO CORRELATA 19
Dicas de estudo: 20
DIREITO ADMINISTRATIVO 20
Dicas de estudo: 22
DIREITO CONSTITUCIONAL 22
Dicas de estudo: 22

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


2
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

LÍNGUA INGLESA 23
LÍNGUA ESPANHOLA 23
Dicas de estudo: 23
RACIOCÍNIO LÓGICO 23
Dicas de estudo: 23
HISTÓRIA DO BRASIL 23
HISTÓRIA MUNDIAL 24
GEOGRAFIA DO BRASIL 24
GEOGRAFIA MUNDIAL 24
Dicas de estudo HISTÓRIA DO BRASIL, HISTÓRIA MUNDIAL,
GEOGRAFIA DO BRASIL e GEOGRAFIA MUNDIAL 25
POLÍTICA E SEGURANÇA 25
Dicas de estudo: 26
DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO 26
Dicas de estudo: 27
DIREITO PENAL 28
Dicas de estudo: 28

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


3
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

 
CAPÍTULO 1 - INTRODUÇÃO 
 
Meu  nome  é  Guilherme  Solino,  sou  coach  de  concursos  do  Estratégia, 
analista  do  Banco  Central  do  Brasil,  mestre  em  Economia.  Preparei  o  Guia 
Completo  de  Estudos  para  Oficial  de  Inteligência  da  Abin,  área  1  pensando  em 
ajudá-lo  a  ter  critérios  claros  de  como  se  avaliar  previamente.  Além  disso, 
espero  passar  critérios  objetivos  para  você  entender  sobre  um  perfil  de 
aprovado para esse concurso da Abin. 
 
Todo  planejamento  eficaz necessita identificar o ponto de partida (ponto 
A)  e  ter  clareza  quanto  ao  ponto  de  chegada  (ponto  B).  Na  seção  ​Diagnóstico 
do  aluno  eu  forneço  as  ferramentas  que  utilizo  nas  minhas  conversas  de 
coaching  para  identificar  o  ponto  A.  Nas  seções  ​Diagnóstico  do  concurso​, 
Quantidade  de  questões  por  disciplina  -  estimativa​,  ​Resultados  para  Oficial  de 
Inteligência  da  ABIN  -  2008 eu faço uma análise única dos resultados do último 
concurso  da  Abin  para  traçar  uma  meta  de  resultado  para  o  concurso  da  Abin 
2018. 
 
A  seção  ​Plano  de  estudo  é  construída  levando-se  em  consideração  o 
diagnóstico  do aluno e do concurso. Eu desenvolvi uma ​Planilha de estudo para 
auxiliar a sua preparação. 
 
Porém,  não  basta  estudar,  é  preciso  estudar  da  forma  mais  eficiente 
possível.  A  ​SESSÃO  DE  ESTUDO  fornece  insights  muito  efetivos  para  melhorar 
a efetividade da qualidade do seu estudo. 
 
Na  parte  ​ERROS  MAIS  COMUNS  NA  PREPARAÇÃO PARA CONCURSOS e 
QUESTÕES ANTECEDENTES AO ESTUDO eu discorro sobre temas sem os quais 
todo o estudo e planejamento podem ir terra abaixo. 
 
Você  ainda irá encontrar neste guia de estudo o ​EDITAL VERTICALIZADO 
+ DICAS DE ESTUDO PARA CADA DISCIPLINA​. 
 
Espero que você aproveite ao máximo o material. B ​ ONS ESTUDOS!!   

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


4
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

CAPÍTULO 2 - ERROS MAIS COMUNS NA PREPARAÇÃO 


PARA CONCURSOS 
 
É  preciso  se  auto  avaliar  e  identificar  o  que  mais  atrapalha  a  evolução 
do  estudo.  Além  disso,  devemos  ter  clareza  sobre  os  principais  pontos  que 
devemos  melhorar.  No  vídeo  abaixo  eu  comento  sobre  os  10  erros  mais 
comuns na preparação para concursos. 

https://www.youtube.com/watch?v=XZ-kOwMdmJ4&t=14s 
 
1. Autossabotagem 
2. Culpar os outros 
3. Não acreditar em si mesmo 
4. Não aprender com os próprios erros 
5. Não aprender a dizer não 
6. Visão de curto-prazo 
7. Não ter uma metodologia de estudos 
8. Estudar sem ter critérios objetivos de prioridades para cada disciplina 
9. Não ter estratégia de revisão 
10. Negligenciar atividade física e tempos de lazer 

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


5
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

CAPÍTULO 3 - QUESTÕES ANTECEDENTES AO ESTUDO 


Atividades prévias ao estudo são fundamentais para uma preparação de 
sucesso​.  Por  exemplo,  negligenciar  atividades  físicas  ou  o  sono  podem 
inviabilizar um excelente planejamento e execução de estudo. 
 
Além  disso,  sempre  é  relevante  refletir  sobre  o  que  te  motiva  a  fazer 
concursos,  pois  é  daí  que  obtemos  forças  para  sermos  persistentes  e  estudar 
da melhor maneira possível. 

Fisiologia 
● Ter pelo menos 7 horas de sono 
o Ter uma meta de horário para começar o ritual do sono 
▪ Horário para encerrar o estudo 
▪ Tomar banho/relaxar 
▪ Chá de camomila 
▪ Leitura de algo não relacionado ao estudo 
o Ter meta de horário para não mexer mais em nenhum eletrônico 
● Beber 3 litros de água por dia 
● Atividade física 
 
Ambiente de estudo 
● Iluminação 
● Conforto da cadeira 
● Disponibilidade dos materiais de estudo 
● Internet 
● Modo avião do celular 
● Caderno para anotar assuntos que não sejam de estudo  
 
Equilíbrio trabalho x família x estudo 
● Quais são as suas prioridades? É preciso ter clareza da ordem da 
prioridade na sua vida 
o Família 
o Trabalho 
o Estudo 
● Família x estudo: 
o Ter no marido/esposa um companheiro/parceiro de aventura. 
o O projeto do estudo deve ser da família! 
Motivação 
● Visualizar como seria a sua vida quando você passar para o seu 
concurso: 
o Impacto para a sociedade 
▪ Missão institucional do órgão público 
▪ Realização profissional 
o Impactos pessoais 
▪ Escola para os seus filhos 
▪ Viagens 

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


6
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

▪ Morar melhor 
▪ Estabilidade 
● licença maternidade/paternidade 
● previsibilidade de renda 
▪ Horários mais previsíveis 
▪ Possibilidade de formação continuada 
 
   

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


7
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

CAPÍTULO 4 - PLANEJAMENTO DE ESTUDO 


 
Visão geral sobre planejamento de estudo 
 
No  vídeo  abaixo, eu falo sobre as ​etapas de um planejamento de estudo​. 
Elas são: 
 
1. Avaliar onde estou 
2. Identificar onde quero chegar 
3. Traçar um plano de ação 
4. Fazer acompanhamento e correções 
 

 
https://www.youtube.com/watch?v=sMbOo1_bRis&t=11s 
 
Diagnóstico do aluno 
 
O  diagnóstico  pessoal  é  fundamental para definirmos com mais clareza 
as  prioridades  do  estudo​.  Infelizmente,  muitos  alunos  não  fazem  uma 
avaliação  objetiva  do  nível  de  estudo  e  não  possuem  critérios  para  buscar  um 
estudo mais eficiente. 
 
Uma  técnica  muito  direta  e  eficiente  para  o  diagnóstico  é  fazer  um 
simulado  com  as  disciplinas  que você já vem estudando e estão no edital. Para 
o  cargo  de  OI  -  área  1,  recomendo  fazer  a  prova  da  Abin  de  2004.  Além  disso, 
você  deve  buscar  um  simulado  com  questões  da  legislação  da  Abin,  além  de 
questões com as outras disciplinas do edital. 
 
 
Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br
8
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

Prova Abin 2004 


 
Gabarito 
 
Prova da abin de 2008 
 
Gabarito 
 
Além do simulado, é preciso se avaliar em relação a: 
 
● Concentração e procrastinação  
● Constância no estudo  
● Motivação para o estudo  
 
No  vídeo  abaixo,  eu  exemplifico  um  simulado  de  diagnóstico  de  estudo 
para o concurso de analista judiciário, área jurídica, do TST. 
 
 

 
https://www.youtube.com/watch?v=FEhlF6IffZI&t=130s 
 
Após  o  simulado,  é preciso avaliar o que já foi estudado em comparação 
com  o  edital.  Além  disso,  é  importante avaliar quais disciplinas você têm maior 
afinidade e quais você têm maiores dificuldades. 
 
A  partir  da  avaliação  acima  e  da  análise  do  simulado  de  diagnóstico, 
devemos definir as prioridades do estudo. 
  
 

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


9
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

Diagnóstico do concurso 
 
Quantidade de questões por disciplina - estimativa 

Para  te  ajudar  a  definir  as  prioridades,  eu  estimei  a  quantidade  de  itens 
para cada disciplina. 
 
 
disciplina questões perc perc_acum
POL_SEGURANCA 25 17% 17%
PORT 15 10% 27%
DINT_PUB 15 10% 37%
DPEN 10 7% 43%
HIST_BR 10 7% 50%
HIST_MUNDIAL 10 7% 57%
GEO_BRASIL 10 7% 63%
GEO_MUNDIAL 10 7% 70%
LEGIS_ABIN 10 7% 77%
DAD 8 5% 82%
DCO 8 5% 87%
ING 7 5% 92%
ESPANHOL 7 5% 97%
RACLOG 5 3% 100%
Tabela - Estimação da distribuição de questões na prova objetiva

Resultados para Oficial de Inteligência da ABIN - 2008 


 
A  estimação  de  uma  possível  nota  de  corte  é  útil  para  estipularmos 
metas  de  desempenho  por  matéria  e,  de  alguma  maneira,  ajudar  a  calibrar  o 
nosso  ciclo  de  estudo.  Para  isso,  eu  coletei  todas  as  notas  da  objetiva  que 
tiveram  a  redação  corrigida  em  2008  e  fiz  uma  análise  da  distribuição  das 
notas. 
 
 
 
 
 
 

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


10
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

Nota da objetiva 

Veja  que  a  nota  de  corte  para  ter  a redação corrigida foi em 58% e que o 


"grosso"  dos  candidatos  com  redação  corrigida  ficou  com  nota  inferior  a  66% 
da  objetiva.  Em  2008  a  discursiva  tinha  um  peso  nos  pontos  da  primeira  fase 
de  6,25%.  Mas  será  que  se  o  concurso  de  2008  tivesse  um  peso  de  50%  dos 
pontos  totais  na  discursiva,  notas  acima  de  66%  garantiriam  uma  boa 
colocação?  Veja  o  resultado  na  próxima  seção.  ​Para  o  concurso  de  2018,  eu 
estimo que a nota de corte para ter a redação corrigida seja próximo a 55%. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


11
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

Nota da discursiva 

As  notas  das  discursivas  em  2008  tiveram  um  comportamento  próximo 
de  uma  distribuição  normal,  sendo  que  houve  candidatos  que  tiraram  notas 
acima de 82%. 
 

 
Esse gráfico traz muitas informações​. Cada ponto é um candidato. No 
eixo x temos as notas das provas objetivas. No eixo y temos as notas das 

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


12
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

discursivas. As cores informam o grupo de classificação dos candidatos, em 


que: 
- vermelho abaixo da linha de 50% no eixo y: candidatos eliminados 
- vermelho acima da linha de 50% no eixo y: candidatos fora do número de 
vagas 
- amarelo: candidatos que estavam no número de vagas pela objetiva, 
mas saíram do número de vaga devido a discursiva 
- azul: candidatos que estavam fora do número de vagas pela objetiva, 
mas entraram do número de vaga devido a discursiva 
- verde: candidatos no número de vagas antes e depois das discursivas. 
 
Algumas considerações bastante interessantes sobre o peso de 50% da 
discursiva nos pontos totais da primeira etapa: 
- os dois primeiros candidatos na objetiva não ficaram no número de 
vagas. Um foi eliminado (nota inferior a 50% na discursiva), o outro SAIU 
DO NÚMERO DE VAGAS devido a nota baixa na discursiva 
- Diversos candidatos tiraram a nota de corte para ter a redação corrigida, 
mas foram muito bem na discursiva, o que os fez saltar mais de 760 
posições! 
 
Plano de estudo 
 
Com  base  no  diagnóstico  do  aluno  e  do  concurso  é  possível  traçar  um 
plano  de  estudo.  ​Como  cada  aluno  tem  um  diagnóstico,  percebam  que  cada 
pessoa deve ter um planejamento individualizado. 
 
Entretanto,  tracei  um  perfil  para  exemplificar  uma  análise  real.  Sugiro 
que você faça a sua análise individual e as adaptações necessárias. 
 
Para isso, conheça a minha amiga Ana. Ela iniciou o estudo 
pós-edital  no  dia  05/01/18  e  colocou  como meta 6 horas líquidas 
de estudo. Veja a quantidade de tempo disponível da Ana: 
 
 
data inicial 05/01/2018
data da prova 11/03/2018

total de dias 65
total de dias sem domingos 56
dias para a revisão 10
total de dias de estudo 46

horas de estudo líquido por dia 6


total de horas de estudo 276

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


13
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

total de horas rev. final 60


 
 
Ela  já  vinha  estudando  pelo  edital  anterior  e  possuía  um  bom  nível  de 
conhecimento  em:  Português,  Direito  Administrativo,  Direito  Constitucional  e 
Direito  Penal.  Veja  o  desempenho  da  Ana  em  um  simulado  com  todas  as 
disciplinas. 
 
 
DISCIPLINA ACERTOS ERRADAS BRANCO TOTAL NOTA_PERC
PORT 24 6 0 30 60%
POL_SEGURANCA 0 0 0 30 0%
DINT_PUB 0 0 0 30 0%
DPEN 15 8 7 20 35%
HIST_BR 10 4 6 20 30%
HIST_MUNDIAL 10 4 6 20 30%
GEO_BRASIL 10 4 6 20 30%
GEO_MUNDIAL 10 4 6 20 30%
LEGIS_ABIN 12 6 2 20 30%
DAD 14 3 2 20 55%
DCO 14 4 2 20 50%
ING 16 2 2 20 70%
ESPANHOL 16 2 2 20 70%
RACLOG 12 6 2 20 30%
NOTA SIMULADO 163 53 43 310 35%
 
Considerando  os  pesos  de  quantidade  de  ​questões  estimadas  para  o 
concurso​,  a  nota  reponderada  do  simulado  da  Ana  seria  de  30%.  Com  base 
nessas  informações,  é  possível  estimar  o  "gap" de conhecimento entre o ponto 
A  (nível  de  conhecimento  hoje  da  Ana)  com  o  ponto  B  (nota  competitiva  na 
objetiva).  Assim,  podemos  ter  um  critério  mais  objetivo  para  definir  o  que 
priorizar. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


14
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

FATOR_PRIORIDAD
DISCIPLINA NOTA_PERC META_PERC E
PORT 60% 70% 0,03
POL_SEGURANCA 0% 60% 0,24
DINT_PUB 0% 60% 0,24
DPEN 35% 60% 0,08
HIST_BR 20% 60% 0,11
HIST_MUNDIAL 20% 60% 0,11
GEO_BRASIL 50% 60% 0,03
GEO_MUNDIAL 50% 60% 0,03
LEGIS_ABIN 30% 60% 0,11
DAD 55% 70% 0,05
DCO 50% 70% 0,00
ING 70% 75% 0,00
ESPANHOL 70% 75% 0,03
RACLOG 30% 50% 0,00

 
 
Utilizando  o  fator  prioridade  e  o  tempo  disponível  de  estudo,  é  possível 
ter  uma  primeira  estimação da proporção de tempo do plano de estudo da Ana. 
Como  temos  que  aliar  a  metodologia  do  simulado  para  estimar  as  prioridades 
com  uma  avaliação  intuitiva  também, a Ana ajustou os seus horários de estudo 
com base nas horas sugeridas: 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


15
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

DISCIPLINA horas sugeridas horas ajustadas


DINT_PUB 65 45
POL_SEGURANCA 65 45
LEGIS_ABIN 29 30
HIST_BR 29 30
HIST_MUNDIAL 29 30
DPEN 21 25
GEO_BRASIL 7 15
GEO_MUNDIAL 7 15
DAD 14 10
PORT 7 10
DCO 0 10
ESPANHOL 7 5
ING 0 5
RACLOG 0 5
TOTAL 280 280
Tabela com a priorização de tempo de estudo 
 
 
Ciclo de estudo 
 
Depois  de  definido  a  “lista  ordenada”  da  prioridade  das  disciplinas  e  a 
quantidade  de  tempo (consequentemente, a proporção de tempo), o aluno deve 
definir  o  seu  ciclo  de  estudo.  Esses  são  alguns  critérios  que utilizo para o ciclo 
de estudo: 
● Estudar  pelo  menos  2  ​pomodoros  para  cada  disciplina  em  cada  dia  de 
estudo 
● Mínimo de 4 pomodoros por disciplina em cada semana 
● Reservar de 5% a 10% do tempo do ciclo de estudo para revisões 
o Incluir  uma  disciplina  nas  revisões  quando  acabamos  de 
estudá-las 
 
Um  dos  desafios  do  concurso  da  Abin,  OI  -  área  1,  é  que  houveram 
muitas  mudanças  em  relação  ao  edital  de  2008.  Logo,  as aulas das disciplinas 
novidades  pós-edital  irão  se  concentrar  em  fevereiro  de  2018.  Uma  estratégia 
de  estudo  para  o  mês  de  janeiro  é  adiantar  as  disciplinas  que  você  já  tenha 
material ou mais conhecimento resolvendo questões, por exemplo. 
 
Depois  de  definido o ciclo de estudo, é importante “bloquear” os horários 
de estudo e ser o mais constante possível. 
 

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


16
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

Em  relação  ao  tempo  de  estudo,  muitos  alunos  perguntam:  quanto 
tempo  devo  estudar?  ​A  resposta  é  pragmática:  o  melhor  que  você  puder.  ​O 
melhor  está  relacionado  com  a  forma  que  você  puder  conciliar  o  seu  tempo 
com estudo, com o trabalho e com a sua família. 
 
Devemos  ter  consciência  de  que  o  planejamento  deve  ser  dinâmico,  ou 
seja,  devemos  avaliar  a  evolução  do estudo e fazer ajustes e correções sempre 
que for necessário. 
 
Planilha de estudo 

A  planilha  de  estudo  em  anexo  possui  um  edital  verticalizado.  Com  ela 
você  faz  o  seu  registro  diário  de  estudo  e  obtêm  uma  evolução  visual 
automatizada do tempo e da distribuição das matérias do seu estudo. 
 
Além  disso,  na  planilha  de  estudos  você  obtém  uma  estimativa  da 
prioridade  da  cargo  horária  para  cada  disciplina,  com base em um simulado de 
diagnóstico.  Caso  você  não  tem  um  diagnóstico  de  simulado,  você  pode 
estimar  o  seu  nível  de  conhecimento  em  cada  disciplina.  A planilha de estudos 
contei um vídeo tutorial de como ensinar a usá-la. 
 
Acesse uma cópia da planilha de estudo ​aqui​. 
   

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


17
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

CAPÍTULO 5 - SESSÃO DE ESTUDO 


 
A  sessão  de  estudo  é  o  momento  em  que  iremos  estudar  efetivamente. 
As  boas  práticas  de  como  estudar  se  aplicam  de  forma  quase  que  universal 
para  todas  as  disciplinas.  Entretanto,  o  ​mapeamento  de  questões  é  mais 
aplicável para assuntos que tiverem uma base legal como referência. 
 
1. Preparação para a sessão de estudo 
● Caderno e papel para anotar pensamentos e atividades fora do estudo 
● 30 segundos de respiração lenta e profunda 
● Mentalização para a sessão de estudo. Exemplo: vou me concentrar 
nesta sessão de estudo, conseguirei estudar os meus pomodoros sem 
distrações” 
● “Faz o que deves, está no que fazes” 
 
2. Ter a visão do todo 
 
Como fazer um estudo preliminar para ter uma visão de conjunto? 
● Ler os trechos em negrito da aula do estratégia 
● Ler artigo do Wikipedia do tópico 
● Ver 15 questões comentadas sobre o tópico 
 
3. Mapeamento das questões 

No vídeo abaixo eu mostro uma técnica inovadora para otimizar o seu 


tempo para identificar os assuntos mais relevantes. As etapas são:
● Salvar textos da lei não formatado no editor de texto 
● Formatar títulos do documento 
● Mapeamento: mudar a cor, sublinhar e aumentar a fonte para cada 
questão de acordo com a sua base legal 
● Gerar sumário da lei 
 
RECOMENDO FORTEMENTE FAZER O MAPEAMENTO DAS QUESTÕES PARA 
AS DISCIPLINAS DE DIREITO. VOCÊ TERÁ CLAREZA DO QUE A BANCA MAIS 
EXPLORA! 
 

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


18
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

 
https://youtu.be/AOpY_Y5HicA 
 
 
4. Estudo do material em pdf do estratégia 
● Estudar de forma ativa 
● Visão geral  
● Questionamentos 
● Prática  
● Usar as três perguntas da aprendizagem como guia de estudo: 
● O que irei estudar? 
● Qual a finalidade disso? 
● Como funciona? 
▪ Como seria uma aplicação dessa teoria? 
▪ Entender as regras gerais e as exceções 
 
5. Fazer questões para fixação e aprofundamento  
● Fazer blocos de 15/20 questões comentadas 
● Fazer blocos de questões na forma de um simulado, consultando os 
comentários após os exercícios  
 

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


19
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

 
https://youtu.be/pR6xKb8sSJg 
6. Revisões 
● Rever questões comentadas selecionadas 
● Refazer as questões erradas 
● Resumos ou esquemas (quando for o caso) 
● Estudar as leis mapeadas 
 

CAPÍTULO 6 - MENSAGEM FINAL


 
Cada  pessoa  é  única,  possui  temperamento,  situação  de  vida,  e 
habilidades  singulares.  Além  disso,  cada  pessoa  têm  um  tempo  próprio 
aprendizagem  e  também  peculiaridades  no  processo  de  estudo.  Algumas 
técnicas  de  estudo  podem  não  se  adaptar  a  você.  Busque  a  estratégia  e  o 
material  de  estudo  melhor  para  cada  situação  do  seu  estudo.  Quanto  melhor 
você  se  conhecer,  se  avaliar,  e  quanto  mais  clareza  você  tiver  em  relação  aos 
seus objetivos, mais perto do aprovação você estará. 
  
Não  deixe  de  acompanhar  o  meu  canal  no  ​Youtube  e  a minha página no 
Facebook​.  ​Conheça  o  programa  de  Coaching  do  Estratégia  Concursos​,  envie 
um email para coaching@estrategiaconcursos.com.br  
   

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


20
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

ANEXOS 
EDITAL VERTICALIZADO + DICAS DE ESTUDO PARA CADA DISCIPLINA 

LÍNGUA PORTUGUESA  
1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados.  
2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais.  
3 Domínio da ortografia oficial.  
4 Domínio dos mecanismos de coesão textual.  
4.1  Emprego  de  elementos  de  referenciação,  substituição e repetição, de conectores e 
de outros elementos de sequenciação textual.  
4.2 Emprego de tempos e modos verbais.  
5 Domínio da estrutura morfossintática do período.  
5.1 Emprego das classes de palavras.  
5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração.  
5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração.  
5.4 Emprego dos sinais de pontuação.  
5.5 Concordância verbal e nominal.  
5.6 Regência verbal e nominal.  
5.7 Emprego do sinal indicativo de crase.  
5.8 Colocação dos pronomes átonos.  
6 Reescrita de frases e parágrafos do texto.  
6.1 Significação das palavras.  
6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto.  
6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto.  
6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 
 

Dicas de estudo:
 
Como  a  Ana  já tem um bom desempenho nas provas do Cespe em português ela 
irá  direcionar  o  seu  estudo  por  meio  da  Resolução  de  questões  comentadas.  Uma  dica 
importante  é fazer uma prova inteira do Cespe e depois da correção estudar os assuntos 
que mais está errando, como por exemplo o emprego da case. 
 
ATIVIDADE DE INTELIGÊNCIA E LEGISLAÇÃO CORRELATA
1  Conceitos  de  Inteligência:  escopo  e  categorias  de  Inteligência  (Inteligência, 
Contrainteligência e operações de Inteligência); funções da atividade de Inteligência.  
2  Decreto  nº  8.793/2016  (Política  Nacional de Inteligência): pressupostos da atividade 
de  Inteligência;  o  Estado,  a  sociedade  e  a  Inteligência;  os  ambientes  internacional  e 
nacional;  instrumentos  da  atividade  de  Inteligência;  principais  ameaças;  objetivos  da 
Inteligência nacional e diretrizes de Inteligência.  
3 Estratégia Nacional de Inteligência.  
4  Controle  da  atividade  de  Inteligência:  Inteligência,  democracia  e  controle;  o  controle 
parlamentar  da  atividade  de  Inteligência;  mecanismos  não  parlamentares  de  controle; 
o controle da atividade de Inteligência no Brasil.  
5  Lei  nº  9.883/1999  e suas alterações (institui o Sistema Brasileiro de Inteligência, cria 
a Agência Brasileira de Inteligência ABIN e dá outras providências).  

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


21
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

5.1  Decreto  nº  4.376/2002  e  suas  alterações  (dispõe  sobre  a  organização  e  o 


funcionamento  do  Sistema  Brasileiro  de  Inteligência,  instituído pela Lei nº 9.883/1999, 
e dá outras providências).  
5.2  Decreto  nº  8.905/2016  (aprova  a  Estrutura  Regimental  e  o  Quadro  Demonstrativo 
dos  Cargos  em  Comissão  e  das  Funções  de  Confiança  da  Agência  Brasileira  de 
Inteligência).  
5.3  Lei nº 11.776/2008 (dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreiras e Cargos da 
Agência  Brasileira  de  Inteligência  ABIN,  cria  as  Carreiras  de  Oficial  de  Inteligência, 
Oficial  Técnico  de  Inteligência,  Agente  de Inteligência e Agente Técnico de Inteligência 
e dá outras providências).  
5.4 Lei nº 12.527/2011 (Lei de Acesso à Informação). 
 

Dicas de estudo:

A  Ana  já vinha estudando a legislação da Abin. Ela irá incrementar o seu estudo 
nessa  disciplina  com  o  estudo  do material do estratégia, passo estratégico e a técnica 
do ​Mapeamento das questões​. 
 

DIREITO ADMINISTRATIVO 
1 Introdução ao direito administrativo.  
1.1 Os diferentes critérios adotados para a conceituação do direito administrativo.  
1.2 Objeto do direito administrativo.  
1.3 Fontes do direito administrativo.  
1.4 Regime jurídico-administrativo: princípios do direito administrativo.  
1.5 Princípios da administração pública.  
2 Administração pública.  
2.1 Conceito de administração pública sob os aspectos orgânico, formal e material.  
2.2 Órgão público: conceito e classificação.  
2.3 Servidor: cargo e funções.  
2.4 Atribuições.  
2.5 Competência administrativa: conceito e critérios de distribuição.  
2.6 Avocação e delegação de competência.  
2.7 Ausência de competência: agente de fato.  
2.8 Administração direta e indireta.  
2.9 Autarquias.  
2.10 Fundações públicas.  
2.11 Empresas públicas e privadas.  
2.12 Sociedades de economia mista.  
2.13 Entidades para-estatais.  
2.14 Dispositivos pertinentes contidos na Constituição Federal de 1988.  
3 Atos administrativos.  
3.1 Conceitos, requisitos, elementos, pressupostos e classificação.  
3.2 Fato e ato administrativo.  
3.3 Atos administrativos em espécie.  
3.4 Parecer: responsabilidade do emissor do parecer.  
3.5 O silêncio no direito administrativo.  
3.6 Cassação.  
3.7 Revogação e anulação.  

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


22
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

3.8 Processo administrativo.  


3.9 Lei nº 9.784/1999.  
3.10 Fatos da administração pública: atos da administração pública e fatos 
administrativos.  
3.11 Formação do ato administrativo: elementos, procedimento administrativo.  
3.12 Validade, eficácia e autoexecutoriedade do ato administrativo.  
3.13 Atos administrativos simples, complexos e compostos.  
3.14 Atos administrativos unilaterais, bilaterais e multilaterais.  
3.15 Atos administrativos gerais e individuais.  
3.16 Atos administrativos vinculados e discricionários.  
3.17 Mérito do ato administrativo, discricionariedade. 
3.18 Ato administrativo inexistente.  
3.19 Teoria das nulidades no direito administrativo.  
3.20 Atos administrativos nulos e anuláveis.  
3.21 Vícios do ato administrativo.  
3.22 Teoria dos motivos determinantes.  
3.23 Revogação, anulação e convalidação do ato administrativo.  
4 Poderes da administração pública.  
4.1 Hierarquia: poder hierárquico e suas manifestações.  
4.2 Poder disciplinar.  
4.3 Poder de polícia.  
4.4 Polícia judiciária e polícia administrativa.  
4.5 Liberdades públicas e poder de polícia.  
4.6 Principais setores de atuação da polícia administrativa.  
5 Controle da administração pública.  
5.1 Conceito, tipos e formas de controle.  
5.2 Controle interno e externo.  
5.3 Controle parlamentar.  
5.4 Controle pelos tribunais de contas.  
5.5 Controle administrativo.  
5.6 Recurso de administração.  
5.7 Reclamação.  
5.8 Lei nº 8.429/1992 e suas alterações (Lei de Improbidade Administrativa).  
5.9 Sistemas de controle jurisdicional da administração pública: contencioso 
administrativo e sistema da jurisdição una.  
5.10 Controle jurisdicional da administração pública no direito brasileiro.  
5.11 Controle da atividade financeira do Estado: espécies e sistemas.  
5.12 Tribunal de Contas da União (TCU) e suas atribuições; entendimentos com caráter 
normativo exarados pelo TCU.  
5.13 Sistema de correição do poder executivo federal.  
5.14 Pedido de reconsideração e recurso hierárquico próprio e impróprio.  
5.15 Prescrição administrativa.  
5.16 Representação e reclamação administrativas.  
6 Agentes públicos e servidores públicos.  
6.1 Agentes públicos (servidor público e funcionário público).  
6.2 Natureza jurídica da relação de emprego público.  
6.3 Preceitos constitucionais.  
6.4 Servidor efetivo e vitalício: garantias.  
6.5 Estágio probatório.  
6.6 Servidor ocupante de cargo em comissão.  
6.7 Direitos, deveres e responsabilidades dos servidores públicos civis.  

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


23
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

6.8 Lei nº 8.112/1990 e suas alterações.  


6.10 Regime disciplinar e processo administrativo-disciplinar.  
6.11 Improbidade administrativa.  
6.12 Lei nº 8.429/1992 e suas alterações (Lei de Improbidade Administrativa).  
6.13 Lei Complementar nº 101/2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal).  
6.14 Formas de provimento e vacância dos cargos públicos.  
6.15 Exigência constitucional de concurso público para investidura em cargo ou 
emprego público.  
7 Bens públicos.  
7.1 Requisição da propriedade privada.  
7.2 Ocupação temporária.  
8 Responsabilidade civil do Estado.  
8.1 Responsabilidade patrimonial do Estado por atos da administração pública: 
evolução histórica e fundamentos jurídicos.  
8.2 Teorias subjetivas e objetivas da responsabilidade patrimonial do Estado.  
8.3 Responsabilidade patrimonial do Estado por atos da administração pública no 
direito brasileiro.  
9 Direito administrativo disciplinar.  
9.1 Fontes; princípios; ilícito de direito administrativo disciplinar; procedimentos 
disciplinares da administração pública.  
9.2 Lei nº 8.112/1990 e suas alterações: regime disciplinar.  
9.3 Lei nº 9.784/1999.  
10 Lei nº 12.846/2013 (Lei anticorrupção). 

Dicas de estudo:

A  Ana  já  vinha  estudando  Direito  administrativo  e  obtendo  bons  resultados. 


Logo  ela  irá  estudar  fazer  no  resolução  de  questões  comentadas.  Além  disso,  ela  irá 
direcionar  os  estudos  de  acordo  com  o  curso  do  passo  estratégia  de  Direito 
Administrativo. 

DIREITO CONSTITUCIONAL  
1 Princípios fundamentais da Constituição Federal de 1988.  
2 Direitos e garantias fundamentais, nacionalidade, cidadania e direitos políticos.  
3 Organização do Estado: União e Administração Pública.  
4 Poder Executivo.  
5 Poder Legislativo.  
6 O controle externo e os sistemas de controle interno.  
7  Defesa  do  Estado  e das instituições democráticas: estado de defesa, estado de sítio, 
Forças Armadas e segurança pública.  
8 Ordem social: ciência e tecnologia; meio ambiente; e índios. 
 

Dicas de estudo:

A  Ana  já  vinha  estudando  bem  direito  constitucional  antes  do  edital.  No 
pós-edital,  ela  irá  priorizar  o  tópico  na  CF/88  sobre  a  defesa  do estado e irá estudar por 
meio  de  questões  comentadas.  Além  disso, ela irá direcionar os estudos de acordo com 
o curso do passo estratégia de Direito Constitucional. 

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


24
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

 
LÍNGUA INGLESA  
1 Compreensão de texto escrito em língua inglesa.  
2 Itens gramaticais relevantes para a compreensão dos conteúdos semânticos.  
 
LÍNGUA ESPANHOLA  
1 Compreensão de texto escrito em língua espanhola.  
2 Itens gramaticais relevantes para a compreensão dos conteúdos semânticos. 
 

Dicas de estudo:

Tanto  para  inglês  com  espanhol  ano  irá  estudar  por  meio  de  questões  recentes 
comentados do Cespe. 
 
RACIOCÍNIO LÓGICO  
1 Estruturas lógicas.  
2 Lógica de argumentação: analogias, inferências, deduções e conclusões.  
3 Lógica sentencial (ou proposicional).  
3.1 Proposições simples e compostas.  
3.2 Tabelas-verdade.  
3.3 Equivalências.  
3.4 Leis de De Morgan.  
3.5 Diagramas lógicos.  
4 Lógica de primeira ordem.  
5 Princípios de contagem e probabilidade.  
6 Operações com conjuntos.  
7 Raciocínio lógico envolvendo problemas aritméticos, geométricos e matriciais. 

Dicas de estudo:

A  Ana  possui  dificuldade  média  em  Raciocínio-lógico.  Ela  irá  estudar  pelo 
material  do  Estratégia,  mas  irá  tentar  fazer  direto  as  questões.  Nos  assuntos  que  ela 
tiver dúvidas, ela irá fazer uma revisão na aula. 
 
 
HISTÓRIA DO BRASIL  
1 A formação do Brasil contemporâneo.  
1.1 A República Velha e as estruturas oligárquicas.  
1.2 Economia e sociedade: o café e a estratificação social.  
1.3 A Revolução de 30.  
1.4 A Era Vargas: política, economia e sociedade.  
2 O período democrático (1945-1964).  
2.1 A redemocratização do Estado e a Constituição de 46.  
2.2 Ideologia e política partidária.  
2.3 A política de industrialização do governo JK.  
2.4 A crise do regime democrático.  
3 O regime militar e a redemocratização (1964 aos dias atuais).  
3.1 A ruptura política do movimento de 64.  
3.2 A política econômica e social dos governos militares.  

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


25
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

3.3 A crise do regime militar e a redemocratização.  


4 O Brasil político.  
4.1 Nação e território.  
4.2 Organização do Estado Brasileiro.  
4.3 As constituições.  
4.4 Os partidos políticos e as instituições. 
 
HISTÓRIA MUNDIAL  
1 A sociedade liberal e o mundo contemporâneo (1870-1914).  
1.1 Consolidação do Capitalismo: a economia e a sociedade da Revolução Industrial.  
1.2 A expansão da sociedade capitalista: neocolonialismo e imperialismo.  
1.3 Fundamentação e crítica do Estado liberal: as doutrinas sociais.  
1.4 As relações internacionais: o equilíbrio europeu e o sistema de alianças.  
2 A crise da sociedade liberal (1914-1945).  
2.1 A 1ª Guerra Mundial.  
2.2 O entre guerras.  
2.3 Regimes totalitários: nazismo, fascismo e a revolução russa.  
2.4 A 2ª Guerra Mundial.  
3 O mundo contemporâneo e as sociedades atuais (pós-1945).  
3.1 Guerra Fria e descolonização.  
3.2 Construção e crise do Socialismo: a URSS, a China e a Europa Oriental.  
3.3 A consolidação do Estado nacional: populismo e autoritarismo.  
3.4 Políticas intervencionistas, crises e revoluções.  
3.5 As sociedades contemporâneas. 
 
GEOGRAFIA DO BRASIL  
1 A integração do Brasil ao processo de internacionalização da economia.  
2 A divisão interregional do trabalho e da produção.  
3 O processo de industrialização e suas repercussões na organização do espaço.  
4 A rede brasileira de transportes e sua evolução.  
5 A estrutura urbana brasileira e as grandes metrópoles.  
6  A  dinâmica  das  fronteiras  agrícolas  e  sua  expansão  para  o  CentroOeste  e  a 
Amazônia.  
7 A evolução da estrutura fundiária e problemas demográficos no campo.  
8 Estruturação e funcionamento do agronegócio no Brasil.  
9 Estrutura fundiária, uso da terra e relações de produção no campo brasileiro.  
10 Os movimentos migratórios internos.  
11 A distribuição dos efetivos demográficos no território nacional.  
12  A  estrutura  etária  da  população  brasileira  e  a  evolução  de  seu  crescimento  no 
século XX.  
13  Integração  entre  indústria,  estrutura  urbana,  rede  de transportes e setor agrícola no 
Brasil.  
14  Recursos  naturais:  aproveitamento,  desperdício  e  políticas  de  conservação  de 
recursos naturais.  
15 O Brasil e a questão cultural. 
 
GEOGRAFIA MUNDIAL  
1 Globalização e fragmentação em relação à nova ordem mundial.  
2 O estágio atual do capitalismo e a divisão internacional do trabalho.  
3 Processo de desenvolvimento/subdesenvolvimento.  

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


26
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

4  Caracterização  geral  dos  sistemas  político-econômicos  contemporâneos  e  suas 


áreas de influência e disputa.  
5 O papel das grandes organizações político-econômicas internacionais.  
6 A formação dos grandes blocos econômicos.  
7 A ação do Estado na economia e política contemporâneas.  
8 As consequências da transformação do espaço socialista.  
9 Os conflitos geopolíticos recentes.  
10 Movimentos migratórios internacionais e crescimento demográfico.  
11 A questão ecológica em nível mundial.  
12 Estrutura e funcionamento do agronegócio internacional.  
13 Matrizes energéticas.  
14 Repercussões na geopolítica internacional. 
 

Dicas de estudo ​HISTÓRIA DO BRASIL​, ​HISTÓRIA MUNDIAL​, ​GEOGRAFIA


DO BRASIL​ e ​GEOGRAFIA MUNDIAL
 
Essas  disciplinas  não  são  muito  exploradas  em  concursos,  salvo  para 
professores  de  geografia,  história  ou  pelo  instituto  Rio  Branco.  A  diferença  é  que 
Geografia  (nacional  e  mundial)  foi  cobrada  na  Abin  em  2008.  Como  a  Ana  sempre  se 
interessou  por  geografia  e  história,  ela  irá  estudar  por  provas  de sites de concursos. Na 
medida  que  as  do  estratégia  forem  saindo,  ela  irá  observar  os  assuntos  que  os 
professores  destacam  com  maior  potencial  para  a  discursiva,  além  de  estudar  pelas 
questões comentadas do material do estratégia. 
 
POLÍTICA E SEGURANÇA  
1  Relações  internacionais:  conceitos  básicos,  atores,  processos,  instituições  e 
principais paradigmas teóricos.  
2 Sistema mundial de poder.  
2.1 A bipolaridade da segunda metade do século XX e o cenário pós-Guerra Fria.  
2.2 A cultura de massas.  
2.3 O nacionalismo e a construção de identidades.  
2.4 A ordem mundial pós 11 de setembro.  
2.5 O Oriente Médio e seu impacto nas relações internacionais.  
3 Conflitos étnico-religiosos contemporâneos.  
4 A política externa brasileira.  
4.1 Evolução desde 1945, principais vertentes e linhas de ação.  
4.2 A agenda internacional e o Brasil.  
4.3 O multilateralismo de dimensão universal: a ONU.  
4.4 As conferências internacionais.  
4.5 Os órgãos multilaterais.  
4.6 O Brasil e o sistema interamericano.  
4.7 A dimensão da segurança na política exterior do Brasil.  
4.8 O Brasil e as coalizões internacionais: o G20, o IBAS e o BRICS.  
4.9 O Brasil e a América do Sul.  
4.10 Integração na América do Sul.  
4.11 O Brasil e a cooperação sul-sul.  
5 Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.  
6 Sistema financeiro internacional.  
7 Desarmamento e não-proliferação.  
8 Terrorismo.  

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


27
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

9 Narcotráfico.  
10 Espionagem.  
10.1 Espionagem comercial.  
10.2 Espionagem industrial.  
11 Sabotagem.  
12 Interferência externa.  
13 Segurança cibernética.  
14 Radicalização e extremismo.  
14.1 Processos de radicalização.  
15 Fatos históricos importantes do crime organizado no Brasil na Nova República.  
16 Legislação específica.  
16.1  Lei  nº  6.634/1979  (dispõe  sobre  a  Faixa  de  Fronteira,  altera  o  Decreto-lei  nº 
1.135/1970 e dá outras providências).  
16.2  Decreto  nº  85.064/1980  (regulamenta  a  Lei  nº  6.634/1979,  que  dispõe  sobre  a 
Faixa de Fronteira).  
16.3  Decreto  nº  5.484/2005  (aprova  a  Política  de  Defesa  Nacional  e  dá  outras 
providências).  
16.4 Lei nº 13.445/2017 (Lei de Migração). 

Dicas de estudo:

A  disciplina  de  Política  e  Segurança  está  bastante  extensa  e não é usualmente 


cobrada  em  concursos.  Como  o  conteúdo  de  Política  e  Segurança  possui  grande 
chance  de  ser  explorada  tanto  nas questões como na dissertação, a Ana irá priorizar o 
material do Estratégia para estudar. Esse será o principal guia de estudo da Ana. 
 
DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO  
1  Direito  internacional  público:  conceito,  fontes  e  princípios.  Comity,  forum  non 
conveniens.  
2 Atos internacionais.  
2.1  Tratados:  validade; efeitos; ratificação; promulgação; registro, publicidade; vigência 
contemporânea  e  diferida;  incorporação  ao  direito  interno;  violação;  conflito  entre 
tratado e norma de direito interno; extinção.  
2.2 Convenções, acordos, ajustes e protocolos.  
2.3  Convenção  das  Nações  Unidas  contra  o  crime  organizado  transnacional 
(Convenção de Palermo).  
2.4  Decreto  nº  5.015/2004  (Convenção  das Nações Unidas contra o Crime Organizado 
Transnacional).  
2.5  Decreto  nº  5.017/2004  (protocolo  adicional  à  convenção  das  Nações  Unidas 
contra  o  crime  organizado  transnacional  relativo  à  prevenção,  repressão  e  punição do 
tráfico de pessoas, em especial mulheres e crianças).  
2.6  Decreto  nº  5.687/2006  (Convenção  das  Nações  Unidas  contra  a  Corrupção; 
Convenção de Mérida).  
3 Estado.  
3.1 Atos unilaterais do Estado.  
3.2 Normas imperativas (jus cogens).  
3.3 Obrigações erga omnes.  
3.4 Soft Law.  
3.5 Responsabilidade internacional.  
3.6 Soberania.  
3.6.1 Conceito de Huber na decisão arbitral no caso Holanda v. EUA de 1928.  

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


28
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

3.7 Intervenção e não intervenção.  


3.7.1 Decisão da Corte Internacional de Justiça no caso Nicarágua v. EUA de 1986.  
3.7.2 Limites para atuação do Estado.  
3.7.2.1  Caso  Lotus,  decidido  pelo  Tribunal  Permanente  de  Justiça  Internacional  em 
1927.  
3.8 Imunidade à jurisdição estatal.  
3.9 Jurisdição internacional e imunidade de jurisdição.  
3.9.1  Opiniões  de  Rezek  e  Guillaume  separadas  da  decisão  final  no  caso  Arrest 
Warrant (Congo x Bélgica, 2000).  
3.10 Abdução de estrangeiros.  
3.10.1  Casos  relevantes  na  jurisprudência  internacional:  Eichmann,  Verdugo-Urquidez 
sobre busca e apreensão extraterritorial (EUA) e Alvarez-Machain (EUA).  
3.11 Consulados e embaixadas.  
3.12 Diplomatas e cônsules: privilégios e imunidades.  
3.13  Organizações  internacionais:  conceito;  natureza  jurídica;  elementos 
caracterizadores; espécies.  
3.14 População; nacionalidade; tratados multilaterais; estatuto da igualdade.  
3.15  Estrangeiros:  vistos;  deportação,  expulsão  e  extradição:  fundamentos  jurídicos; 
reciprocidade e controle jurisdicional.  
3.16 Asilo político: conceito, natureza e disciplina.  
4 Proteção internacional dos direitos humanos.  
4.1 Declaração Universal dos Direitos Humanos.  
4.2 Direitos civis, políticos, econômicos e culturais.  
4.3 Mecanismos de implementação.  
4.4 Direito Internacional dos Refugiados.  
4.4.1 Os dispositivos convencionais, legais e administrativos referentes ao refúgio.  
4.4.2 Tipos de perseguição.  
4.4.3 O papel dos órgãos internos e o controle judicial.  
5 Conflitos internacionais.  
5.1 Meios de solução: diplomáticos, políticos e jurisdicionais.  
5.1.1  Soluções  pacíficas  de  controvérsias  internacionais  (Capítulo  VI  da  Carta  da 
ONU).  
5.1.2  Ação relativa a ameaças à paz, ruptura da paz e atos de agressão (Capítulo VII da 
Carta da ONU).  
5.3 Cortes internacionais.  
6  Domínio  público  internacional:  mar;  águas  interiores;  mar  territorial;  zona  contígua; 
zona  econômica;  plataforma  continental;  alto-mar;  rios  internacionais;  espaço  aéreo; 
normas convencionais; nacionalidade das aeronaves; espaço extra atmosférico.  
7  Convenções  internacionais  sobre  terrorismo:  Convenção  Internacional  sobre  a 
Supressão  de  Atentados  Terroristas  com  Bombas;  Convenção  Internacional  para  a 
Supressão  do  Financiamento  do  Terrorismo;  Convenção  Interamericana  Contra  o 
Terrorismo.  8  Resolução  nº  1.373/2001  do  Conselho  de  Segurança  das  Nações 
Unidas. 

Dicas de estudo:

A  disciplina  Direito  Internacional  Público  está  bastante extensa e normalmente é 


usualmente  cobrada em concursos do MDIC e do Instituto Rio Branco. A Ana irá priorizar 
o  material  do  Estratégia  para  estudar,  além  de  complementar  com  questões  anteriores 
de concursos. 
 

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br


29
Coaching do Estratégia Concursos
Projeto ABIN

DIREITO PENAL  
1 Princípios básicos do direito penal.  
2 Direito penal e política criminal.  
3 Parte Geral do Código Penal.  
4 Parte Especial do Código Penal (Decreto-Lei nº 2.848/1940) e suas alterações.  
4.1 Crimes contra a incolumidade pública.  
4.2 Crimes contra a paz pública.  
4.3 Crimes contra a fé pública.  
4.4 Crimes contra a administração pública.  
5 Leis Penais Especiais.  
5.1 Lei nº 11.343/2006 (Tráfico ilícito e uso indevido de substâncias entorpecentes).  
5.2 Lei nº Lei 12.850/2014 (Crime organizado).  
5.3 Lei nº 9.613/1998 (Lavagem de dinheiro).  
5.4 Lei nº 4.898/1965 (Abuso de autoridade).  
5.5 Lei nº 10.826/2003 (Estatuto do desarmamento).  
5.6 Lei nº 9.296/1996 (Interceptação telefônica).  
5.7 Lei nº 13.260/2016 (Crimes de Terrorismo).  
5.8 Lei nº 7.170/1983 (Crimes contra a segurança nacional). 
 

Dicas de estudo:

A  disciplina  Direito  Penal  também  está  extensa.  A  Ana  irá priorizar o material do 


Estratégia  para  estudar,  além  de  complementar  com  questões  anteriores de concursos. 
Ela irá incrementar o estudo com a t​ écnica do ​Mapeamento das questões​. 
 
 
 

Coach Solino www.estrategiaconcursos.com.br