Você está na página 1de 44

Desenho esquemático da instalação de VRV

(9) Instalação da unidade


externa
(10) Teste de
hermeticidade
(11) Secagem a vácuo
(12) Carregamento
adicional de fluído
refrigerante

(1) Instalação do (2) Instalação da (6) Instalação do


cilindro unidade interna conduto (interno)

(3) Suporte da (7) Instalação do


tubulação isolamento

(5) Instalação da (8) Instalação da fiação (4) Instalação da tubulação


tubulação de drenagem de controle de refrigeração
・ Alargamento
・ Dobramento
・ Expansão do tubo
・ Soldagem
1. Fluxo de trabalho por processo

<Processo> <Pontos principais> <Página>


Trabalho preliminar

Como determinar a natureza do trabalho

Como preparar o desenho da instalação

Instalação
(1) Instalação do cilindro ..................................Considere a inclinação descendente da tubulação de drenagem. ·················································· 2

(2) Instalação da unidade interna ......................Confirme o nome dos modelos para evitar erros de instalação. ··················································· 3

(3) Suporte da tubulação ...................................Utilize suportes nos intervalos designados para suporte.······························································ 5

(4) Instalação da tubulação de refrigeração .....Preste atenção nos princípios "seco", "limpo" e "apertado". ·························································· 9

(5) Instalação da tubulação de drenagem .........Mantenha uma inclinação descendente de pelo menos 1/100. ····················································· 22

(6) Instalação do conduto (interno) ..................Certifique-se de que será mantido um fluxo de ar suficiente.······················································· 26

(7) Instalação do isolamento .............................Certifique-se de que não existem brechas nas conexões entre materiais isolantes. ······················ 27

(8) Instalação da fiação de controle ..................Use os fios adequados com núcleo duplo. ···················································································· 30
(Não use fios com núcleos múltiplos)

(9) Instalação da unidade externa .....................Tome precauções para evitar um curto-circuito e manter um espaço de trabalho adequado
para a manutenção. ··············································································································32

(10) Teste de hermeticidade ................................Faça uma confirmação final de que não há queda de pressão a 4 MPaG no curso de 24 horas. ··34

(11) Secagem a vácuo .........................................Use uma bomba de vácuo que possa atingir um vácuo de –100.7 kPaG ou inferior. ·················36

(12) Carregamento adicional de fluído refrigerante Registre a quantidade do carregamento adicional de fluído refrigerante na unidade externa
e no livro de registro. ···········································································································39

A ordem acima representa o procedimento geral, o que pode variar, de acordo com as condições do local e as circunstâncias
reais.

* Tenha em mente que todas as medidas expressadas sem unidade neste documento estão em milímetros (mm).

Legenda

Cuidado: Pontos de cautela no local de trabalho

Lição com tópico específico: Experiência adquirida com trabalho no local

Estudo de caso: Exemplo real de trabalho no local

–1–
2. Instalação por processo e pontos principais
(1) Instalação do cilindro

Reunião com a Determinação do


Procediment Instalação Confirmação
empresa de local e do
o de trabalho
construção diâmetro do

~Pontos de trabalho~
¡ Determinação do local dos furos de montagem
x Determine a localização para que a tubulação de drenagem fique em uma inclinação
descendente de pelo menos 1/100.
x Considere a grossura do material isolante ao determinar o diâmetro dos cilindros das
tubulações de refrigeração e de drenagem.

10

φA 10 φB
Grossura do material isolante: Tubulação de líquidos 10 mm
10 Tubulação de gases 10 mm
10

5 5
Diâmetro do material Diâmetro do material
<Legenda>
isolante na tubulação de isolante na tubulação de
líquidos gases
Célula superior: Diâmetro do cilindro
Diâmetro interno do cilindro
Célula inferior: (Valor calculado)

φB (diâmetro da tubulação

φA (diâmetro da de gases) φ9,5 φ12,7 φ15,9 φ19,1 φ22,2 φ25,4 φ28,6 φ31,8 φ34,9 φ38,1
tubulação de líquidos)

φ80 φ80 φ80


φ6,4
(φ67) (φ70) (φ73)
φ80 φ80 φ80 φ100
φ9,5
(φ73) (φ76) (φ80) (φ83)
φ80 φ100 φ100 φ100 φ100 φ100
φ12,7
(φ79) (φ83) (φ86) (φ89) (φ92) (φ95)
φ100 φ100 φ100 φ100 φ100 φ125 φ125
φ15,9
(φ86) (φ89) (φ92) (φ95) (φ98) (φ101) (φ105)
φ100 φ100 φ100 φ125 φ125 φ125
φ19,1
(φ93) (φ96) (φ99) (φ102) (φ105) (φ109)

Ì Observe que a estrutura da viga limita a área permitida para a colocação dos furos de
montagem.

L1 Pelo menos D/4 e 150 mm


1

2
R

R
D

L2
L3
Pelo menos 3 x [(R1 + R2)/2] Local onde o cilindro não pode atravessar a
Pelo menos D/2 viga

z Cubra ambas as extremidades do cilindro com fita adesiva para evitar a entrada de concreto.

–2–
2. Instalação por processo e pontos principais
(2) Instalação de unidade interna
1) 2) 3) 4)
Procedimento Como determinar o Conexões dos pinos Instalação da
Transporte
de trabalho local de instalação de suspensão unidade interna

~Pontos de trabalho~
Os procedimentos de instalação diferem de acordo com o modelo da unidade interna.
Certifique-se de que todo o trabalho foi realizado de acordo com o manual de instalação que
acompanha o aparelho.
1) Transporte
(1) Estabeleça a rota de transporte.
(2) Transporte as unidades internas na embalagem original até o local da instalação. Não retire o aparelho da
embalagem original até o momento de ser instalado.
(3) Ao receber os produtos, lembre-se de verificar se há deformidade ou se estão amassados.

z Como evitar que o modelo errado da unidade interna


seja instalado ou que a instalação seja feita no local 1F sala de
errado. recepção
Antes de transportar a unidade interna, afixe uma
folha de papel em um lugar visível da embalagem
indicando o local da instalação e o número do sistema.
Pelo menos 1.500 mm
Pelo menos 200 mm
2) Como determinar o local de instalação Pelo menos
Pelo menos 1.500 mm
A seguir, explicamos o procedimento se uma folha explicativa não for 1.500 mm
afixada na embalagem.
Pelo menos
Pelo menos
200 mm
1.500 mm

(1) Confirme o espaço exigido para a instalação e a manutenção. Espaço para a instalação do
modelo FXFQ
(2) Confirme a direção da tubulação e da descarga de ar. Local de Material superior
suspensão da da embalagem
unidade

Ì O espaço necessário para a instalação e a


manutenção La

podem ser diferentes, dependendo do modelo. do


da
tub
ula
çã
o

Confirme os detalhes no manual de instalação ou La

documento semelhante. d od
ad
ren
ag
em

Centro da
unidade
(3) Marque o centro da unidade interna com giz, usando as linhas de base
desenhadas no chão como orientação.
Linha de base

(4) Usando o material superior da embalagem, marque no chão os locais de suspensão com base no centro da
unidade.

(5) Use um ponteiro laser ou algo semelhante para transferir o local de suspensão do chão para a laje do teto e use
uma furadeira para fazer um furo guia.
Teto

Ponteiro laser Local de suspensão

Ì Se um furo guia para as âncoras conduzir a uma viga de aço, tente encontrar outro lugar para
fazer o furo.

–3–
(2) Instalação de unidade interna

3) Como instalar os pinos de suspensão


(1) Determine o comprimento dos pinos de suspensão de acordo com a altura do local de instalação.
(2) Antes de instalar o aparelho, coloque as porcas (2; peças obtidas localmente) e arruelas (2, acessórios) no pino de
suspensão (coloque porcas duplas na parte inferior do pino).
(3) Depois da instalação, ajuste a porca na parte inferior da altura da instalação.
(4) Para a arruela superior, use a placa da arruela anexa para fixá-la.
Placa da arruela Arruela (acessório)
(acessório)
Suplemento
Porca
superior
Forquilha de suspensão
Apertado
(porcas duplas)
[Aperte a arruela] [Aperte a forquilha de suspensão]

Pino da
Ì Verifique o manual de instalação para estabelecer a altura da abraçadeira
instalação ao anexar acessórios opcionais.

Pelo menos 1.500


fixa

z A altura da unidade interna pode ser ajustada facilmente


afrouxando-se a porca dupla.
Aperte novamente a porca dupla depois de concluir o ajuste.
z O tamanho do pino de suspensão (M10 ou W3/8) é compatível com
todos os modelos.
z Se o comprimento do pino de suspensão for de 1,5 m ou maior, afixe
uma abraçadeira fixando o lado longitudinal do nível de suspensão.
Um exemplo para a
instalação de uma
4) Instalação da unidade interna abraçadeira fixa
(1) Instale o nível da unidade interna.
(2) Durante a instalação manual, enganche primeiro a forquilha de suspensão da unidade principal nos pinos de
suspensão dos cantos opostos para suspender a unidade interna. E se for suspender a unidade interna com um
dispositivo, tal como um levantador, remova primeiro a porca inferior do pino de suspensão.
(3) Depois de instalar a unidade interna, certifique-se de que a protegeu com uma sacola plástica ou material
semelhante.
Ì Se você supõe que a temperatura ultrapassa os 30 ºC e a umidade relativa é superior a 80%
no espaço do teto, reforce a grossura do material isolante da unidade interna.
(Use espuma de polietileno ou lã de vidro com uma espessura de pelo menos 10 mm.)

¡ Como proteger uma unidade interna


<Desprotegido> <Protegido>

„ Por que protegê-la?


Poeira e partículas semelhantes podem entrar no filtro e no permutador
de calor, impactando negativamente a capacidade do aparelho.

Ì Depois que o trabalho for concluído, certifique-se de que removeu a


cobertura plástica ou proteção semelhante da unidade interna.

–4–
2. Instalação por processo e pontos principais
(3) Suporte da tubulação (Refrigeração e drenagem)

1) 2)
Procediment Como afixar o pino de suspensão
Como determinar o local
o de trabalho e os acessórios de suporte

~A finalidade dos suportes da tubulação~


<Suporte da tubulação horizontal>
1. Como evitar que o aparelho ceda por causa do seu próprio peso.
2. Como evitar que o local fique sobrecarregado por causa da expansão e contração na tubulação
resultante da variação de temperatura.
<Suporte da tubulação vertical>
1. Como evitar que o aparelho balance e empene por causa do seu próprio peso.

1) Como determinar o local


¡ Intervalo para o suporte da tubulação de refrigeração Tubo
vertical
<Tubos horizontais>
Diâmetro externo do tubo (mm) ≤19,5 ≥12,7
Intervalo de suporte (m) ≤1,5 ≤2,0
1500 1500 1500 1500 1500

1500
300∼500
Unidade
interna
300∼500
Acessório Tubulação
de suporte frigorigénea
<Tubos verticais> Ø19,1/Ø9,5

Diâmetro externo do tubo (mm) ≤44,45 Tubo horizontal


Intervalo de suporte (m) ≤1,5

z Ajuste com base no tamanho da tubulação de líquidos quando ambas as tubulações de líquidos
e gases são suspensas juntamente.

Ì Durante o início e o fim do funcionamento do ar condicionado, a tubulação de refrigeração se


expande ou se contrai por causa da variação de temperatura. Apesar de depender do estado
de funcionamento em particular, a tubulação pode se expandir ou contrair em 10 mm para
cada 10 metros. Assim sendo, certifique-se de que respeita o intervalo de suporte exigido.

¡ Intervalo para o suporte da tubulação de drenagem (no caso de tubos de cloreto de


polivinila)
<Tubos horizontais>
Diâmetro interno do tubo (mm) ≤44 ≥56
Intervalo de suporte (m) ≤1,2 ≤1,5
<Tubos verticais>
Diâmetro interno do tubo (mm) ≤44 ≥56
Intervalo de suporte (m) ≤1,5 Pelo menos um ponto por piso

–5–
(3) Suporte da tubulação

2) Como instalar os pinos de suspensão e os acessórios de suporte


~Pontos de trabalho~
x Afixe o suporte da tubulação de refrigeração por cima do material isolante.
x A respeito do suporte da tubulação de drenagem, afixe primeiro os tubos diretamente nos
acessórios de suporte para depois instalar o material isolante por cima.
¡ Suporte da tubulação horizontal

z Minimize o comprimento dos pinos de suspensão


z Considere a inclinação descendente ao determinar o
comprimento dos pinos de suspensão da tubulação de Cinta de
suspensão
drenagem. com
z Para oferecer suporte à tubulação de refrigeração, coloque esticador
um calço duro (ex: tubo de cloreto de polivinila) entre os
acessórios de suporte e o material isolante, conforme a
figura à direita, para evitar que o material isolante seja Tubo de
esmagado pelo peso da tubulação. polivinila

Suporte horizontal da
tubulação de refrigeração
Ì Nunca forneça suporte adicional à tubulação a partir da tubulação.

Cinta de suspensão com Pino de suspensão apoiando o Pino de suspensão apoiando o acessório (para
esticador acessório (para aço moldado) coberturas planas)
¡ Apoio para a tubulação vertical

z Deixe espaço suficiente para fazer a manutenção e instalar o Âncora


material de isolamento ao determinar a distância entre a superfície Conexão para a cinta vertical
da estrutura do aparelho e a tubulação, assim como intervalos para a
tubulação quando muitos tubos forem instalados paralelamente. Cinta vertical

Apoio para a tubulação


vertical (exemplo)
Pino Battledore Suporte em T
com arruela

Conexão para a cinta vertical Cinta vertical

Áreas da
soldagem

Acessórios especiais de suporte para a


tubulação vertical

–6–
(3) Suporte da tubulação

¡ Suporte local (tubulação de refrigeração)

~Finalidades~
1. Como evitar sobrecarrega por causa da expansão
2. Como evitar sobrecarga nas áreas de ligação do aparelho por causa da expansão
3. Como evitar o impacto na impermeabilização por causa da expansão

„ Suporte para a bifurcação e o cotovelo da tubulação de refrigeração

300∼500 300∼500 ≤300

≤300
Pontos de suporte

Pontos de suporte
300∼500

z Conforme a ilustração acima, é mais fácil usar um suporte para a bifurcação da tubulação se
um intervalo diferente for usado para cada suporte.

„ Suporte ao redor da unidade interna

Ponto de suporte

A B

A+B+C=300∼500

„ Suporte do furo de montagem


Ponto de suporte

300 a 500

300 a 500

–7–
(3) Suporte da tubulação

¡ Suporte local (tubulação de drenagem)

„ Suporte para o cotovelo


≤300

≤300

Pontos de suporte

„ Suporte ao redor da unidade interna


xA seção horizontal da tubulação de drenagem
depois da primeira seção ascendente
xA ligação da tubulação com um acessório para
a mangueira de drenagem

Acessório para a
mangueira de

„ Suporte do furo de montagem

Ponto de suporte

300 a 500
300 a 500

–8–
2. Instalação por processo e pontos principais
(4) Instalação da tubulação de refrigeração
1) 2) 3)
Procediment Proteção Processamento Ligação da
o de trabalho (cobertura) da tubulação unidade

~Pontos de trabalho~
x Siga os três princípios básicos abaixo ao trabalhar com uma tubulação de refrigeração:

[Os 3 princípios básicos da tubulação de refrigeração]

Seco Limpo Apertado

Sem água ou umidade na parte Sem poeira ou poluentes na


interna parte interna Ausência de vazamento de
Não deixe água ou umidade Não deixe poeira ou líquido refrigerante
entrar contaminantes entrarem

Água ou Poeira ou
poluentes Vazamento
umidade

1) Proteção (cobertura)
A proteção (cobertura) durante o armazenamento e os trabalhos envolvendo as tubulações é a prevenção mais
importante para impedir que água ou umidade, poluentes ou poeira entrem na tubulação.

Ì Ao entrar na tubulação de refrigeração, água ou umidade, poluentes ou poeira não só impedirão


que o ar condicionado funcione normalmente, mas também causarão o mal funcionamento do
aparelho e um grande inconveniente para o cliente. Você deve esforçar-se ao máximo para evitar
que isso aconteça.

¡Durante o armazenamento
(1) Lembre-se de proteger (cobrir) ambas as extremidades da tubulação.

Ì Não utilize tubulações que não tenham sido protegidas (cobertas).

(2) Não coloque tubulações de refrigeração diretamente no chão; use uma mesa ou algo semelhante.

<Extremidades desprotegidas (descobertas) do tubo> <Extremidades protegidas (descobertas) do tubo>

–9–
(4) Instalação da tubulação de refrigeração –Proteção-

¡Durante o trabalho
(1) Lembre-se de proteger (cobrir) as extremidades do tubos ao deixá-los sem uso, mesmo durante um curto
período de tempo.
(2) Lembre-se de proteger (cobrir) as extremidades dos tubos ao inserir-los em um furo de montagem.

<Extremidades desprotegidas (descobertas) do tubo> <Extremidades protegidas (descobertas) do tubo>

[Como proteger (cobrir)]


O método mais confiável é o de "fecho", mas o método "fita" é fácil e também pode ser usado, dependendo
do local e do tempo disponível.

Local Período de trabalho Método de proteção (cobertura)


1 mês ou mais Fecho
Exterior
Menos de 1 mês Fecho ou fita
Interior Desconsiderado Fecho ou fita

<Fecho>
Método segundo o qual as extremidades de um tubo de cobre é selado e as brecha são ligadas com solda.

Tubo de cobre

Metal de enchimento para soldagem

Soldar

<Fita>
Método pelo qual as extremidades de um tubo de cobre são cobertas com fita de vinil
Faça um corte
plano

Extremidade
do tubo
Dobre Cubra com a
fita novamente
Cubra o tubo de
cobre com fita

– 10 –
(4) Instalação da tubulação de refrigeração –Alargamento-

2) Processamento da tubulação
¡Alargamento...Este é um dos métodos usados para conectar ao ar condicionado uma tubulação de
refrigeração que tenha um diâmetro igual ou menor a 15,9 mm.
<Ferramentas>

Mandril Lixa

Ferramenta de alargamento
Corta-tubos Raspadeira

<Procedimento de trabalho>
(1) Como cortar um tubo
x Use um corta-tubos com rotação para a esquerda.
x Coloque a lâmina do corta-tubos pouco a pouco dentro do tubo a cara rotação.

Ì Se exagerar ao colocar a lâmina dentro do tubo, ele ficará desfigurado; portanto, é necessário
ter cuidado.

(2) Como processar a superfície do corte


x Use uma lixa para aparar as rebarbas na extremidade da superfície do corte.
x Use um mandril ou uma raspadeira para aparar as rebarbas na parte interna do tubo.
x Use a lixa novamente para aparar a rebarba na ponta.
x Use o mandril ou a raspadeira novamente para remover as rebarbas na parte interna do tubo.

Ì Ao processar a superfície de corte, coloque o tubo virado para baixo para evitar a entrada de
limalhas.
Ì Certifique-se de que as rebarbas foram aparadas por completo, pois o gás refrigerante poderá
vazar se não forem aparadas o bastante.

Rebarbas

Virado
Virado para baixo
para baixo
(3) Alargamento
x Coloque uma porca de alargamento dentro do tubo antes de alargá-lo.
x Verifique se o tamanho do alargamento se enquadra no âmbito aconselhado.

z Observe que o tamanho apropriado de alargamento é praticamente o X Y


mesmo da conexão.
X≅Y
Ì O tamanho do alargamento será maior em proporção ao Tamanho A à
direita. Observe que o Tamanho A difere de acordo com o fabricante A
da ferramenta de alargamento.

– 11 –
(4) Instalação da tubulação de refrigeração –Dobramento-

¡Dobramento…Algumas das ferramentas usadas para dobrar a tubulação de refrigeração são dobradores do
tipo elétrico, hidráulico, com alavanca ou roquete. A seguir, descrevemos o procedimento
de trabalho usando um dobrador com alavanca:
<Ferramentas>

Dobrador com alavanca

<Procedimento de trabalho>
„ O tamanho do dobramento depende do lado em que ele é feito: X
esquerda ou direita. Da direita

(1) Meça o tamanho final na extremidade direita ou esquerda do


tubo.

Y
Da esquerda

Extremidade do
(2) Coloque o tubo dentro do dobrador. cabo Cabo
x Alinhe a extremidade do cabo com o marco 0 na
R L
alavanca da pinça.
0
0 45
(3) Alinhe o marco no tubo com o "R" (direita) ou "L"
(esquerda) no cabo, ajustando o tubo. Marco
90
Tubo
(4) Mova o cabo para dobrar o tubo no ângulo
desejado. Alavança
de pinça

X
Ì Dobre o tubo lentamente para evitar pregas ou
deformações na curva interna do tubo.
Ì Não dobre o tubo em um ângulo maior que 90°.

Deformação por Deformação por Dobra apropriada


causa da criação de causa da criação de
pregas danos
Extremidade do
cabo
„ Se o cabo não tiver um marco "L" (esquerda) Cabo

(1) Marque o tamanho final na extremidade esquerda.
0
(2) Coloque o tubo de cobre no dobrador. 0 45

x Alinhe a extremidade do cabo com o marco 0 na alavanca da


90 Marco
pinça.
(3) Coloque o mesmo tamanho do tubo na fenda do dobrador para
que o tubo fique paralelo à alavanca da alça. Alinhe a linha
Mesmo
central (no meio)do tubo com a marca no tubo. Alavanca tamanho do
(4) Mova o cabo para dobrar o tubo no ângulo desejado. de pinça tubo
Y

– 12 –
(4) Instalação da tubulação de refrigeração –Expansão da tubo-

¡Expansão do tubo…Dois tubos podem ser conectados quando a extremidade da tubulação de


refrigeração é expandida; encaixe então o outro tubo e solde a ligação.
<Ferramentas>

Dilatador

<Procedimento de trabalho>
(1) Apare as rebarbas na superfície de corte com um mandril ou uma raspadeira.

Ì Lembre-se que aparar excessivamente pode afinar as paredes do tubo, resultando na


rachadura vertical (ao comprido) durante a expansão.

(2) Expanda levemente a ponta da extremidade.

(3)Coloque o outro tubo completamente na ponta da extremidade,


feche a alavanca e expanda o tubo.

(4) Isso pode deixar arranhões verticais na superfície interna do


tubo; gire o tubo para remover esses arranhões.

– 13 –
(4) Instalação da tubulação de refrigeração –Soldagem-

¡Brasagem…"Soldagem" significa usar um metal com uma temperatura de fusão menor do que a do metal
base e da liga desses metais para unir dois metais base sem fundi-los. Para aquecer a
soldadura, utilizamos a chama da combustão de um gás inflamável (ex.: acetileno, propano) e
de oxigênio. A seguir, explicamos o procedimento de trabalho ao usar acetileno:

Ì Se um certificado for exigido no seu país, certifique-se de que todos os trabalhos são
realizados por um indivíduo certificado.
Ì Sempre que utilizar chama, lembre-se de usar todos os equipamentos de proteção
necessários (ex.: óculos de proteção, luvas de couro).
Ì Tenha sempre à mão um equipamento de combate a incêndio, como um extintor.
Ì Para a soldagem, use um metal de cobre fosforoso (composição de prata: 0%).
Ì Não utilize um maçarico de corte.

<Ferramentas>
„ Para soldagem Maçarico de
soldar

Regulador de Regulador de acetileno


oxigênio (com dispositivo Kit de
anti-retrocesso de chama) Mangueira dupla soldagem

z Para proteger-se ao acender a chama, lembre-se de usar um regulador de acetileno com um


dispositivo anti-retrocesso de chama.

[Padrões para selecionar o diâmetro do esguicho e o diâmetro externo do tubo a ser ligado com solda (padrões franceses)]
Diâmetro externo Diâmetro do esguicho (mm) Número do esguicho
Φ6,4
Φ9,5
Φ12,7 1,2 #200
Φ15,9
Φ19,1
Φ22,2 1,3 #225
Φ25,4 1,4 #250
Φ31.8 1,5 #315
Φ38.1 1,6 #400
Φ44.5 1, 7 a 1,8 #450 a 500

Ì Se o esguicho for grande demais, o pré-aquecimento e o aquecimento se tornam difíceis. Se


for muito pequeno, a soldagem demora demais. Use o esguicho apropriado para o diâmetro
externo do tubo a ser ligado com solda.

„ Para trocar o nitrogênio

Esguicho estreito

Cilindro de Regulador do gás de Mangueira de pressão Válvula


nitrogênio nitrogênio

– 14 –
(4) Instalação da tubulação de refrigeração –Soldagem-

<Procedimento de trabalho>
Procedimento 1. Confirme se a brecha entre o tubo e a conexão é apropriada

z Uma brecha é apropriada quando o tubo é colocado na conexão e não cai quando segurado de
cabeça para baixo.

Procedimento 2.Troca de nitrogênio


„ Finalidade
Uma película de óxido volumosa se desenvolve na superfície do tubo durante a soldagem. A película
pode entupir a válvula solenóide, o tubo capilar e a entrada da bomba de óleo do compressor, entre
outras partes. Para evitar que isso aconteça, é necessário renovar o ar dentro do tubo com nitrogênio.
Este trabalho é chamado de "troca de nitrogênio".

(1) Organize as ferramentas necessárias, conforme o que é mostrado abaixo:


Fita
Mangueira de
pressão

N2 N2

Regulador do gás de nitrogênio


Fita Esguicho estreito
Válvula Cilindro de nitrogênio

z Fazer um pequeno furo na fita para liberar nitrogênio é mais eficiente do que cobrir a
extremidade do tubo com fita ou material semelhante.
z Usar um esguicho estreito resulta em uma troca eficiente.

(2) Ajuste a pressão do gás nitrogênio para cerca de 0,02 (MPaG).

Ì Se a pressão do gás nitrogênio for alta demais, a soldagem do metal de enchimento


(soldadura) não cobrirá completamente a circunferência do tubo ou resultará em
perfurações. Certifique-se de que a pressão não é alta demais.
Ì Recomenda-se a utilização de nitrogênio com um grau de pureza de pelo menos 99,99%.
Lembre-se de que nitrogênio com grau de pureza inferior poderá causar corrosão.

Os efeitos da troca de nitrogênio

Sem troca de nitrogênio Troca de nitrogênio


A superfície interna do tubo ficou negra por A superfície interna da tubulação está
causa da película de óxido. limpa.

– 15 –
(4) Instalação da tubulação de refrigeração –Soldagem-

Procedimento 3. Pré-aquecimento
<Os cinco pontos principais do pré-aquecimento>
Ponto 1:Aqueça ambos os metais base igualmente (Os tubos internos e externos e a
circunferência)

Tubo Tubo 780 ˚C 780 ˚C 600 ˚C 400 ˚C


interno interno

adequado de

Amplo âmbito de
aquecimento

aquecimento
Âmbito

A
A
B
Tubo
B 780 ˚C 780 ˚C 780 ˚C 600 ˚C
Tubo
externo
externo

AeB AeB
Grande Temperatura Temperatura não
Mesma
variação de homogênea ao redor homogênea ao redor
temperatura
temperatura da circunferência da circunferência

Ponto 2:Aqueça até a temperatura adequada para aplicar a soldagem do metal de


enchimento (soldadura).
x 640 °C a 780 °C (onde os metais base mudam de negro avermelhado para
vermelho)

Cedo demais para aplicar o metal Momento adequado para aplicar Tarde demais para aplicar o metal
de enchimento para soldagem (a o material de soldagem (a de enchimento para soldagem (a
temperatura do metal base está temperatura do metal base está temperatura do metal base está
entre 500 e 600 ºC) entre 640 e 780 ºC) entre 800 e 1000 ºC)

Ponto 3: Ajuste da chama do maçarico e da Chama Chama de Centro da


externa carburação chama
intensidade da chama
x Soldagem com chama reduzida.
(Cerca de 5 cm de chama de
carburação) Aprox.
x Altere a intensidade da chama de 5 cm

acordo com o tamanho do metal base.


80 a 85°
Ponto 4:Ângulo da chama (controle do calor)
x Coloque a chama em um ângulo de 80 a 85°.

Aprox.
5 cm

– 16 –
(4) Instalação da tubulação de refrigeração –Soldagem-

Ponto 5:Confirmação visual


x Distância da ponta da chama de carburação
x Local da chama
x Direção da chama
Chama de Chama de
carburação carburação

Aprox.
5 mm

2 a 3mm

Distância da ponta da chama de Local da chama


carburação

Perda de
2 a 3 mm chama

Direção da chama

Procedimento 4. Aplicação do metal de enchimento para soldagem


<Cinco pontos principais da aplicação de metal de enchimento para soldagem>
Ponto 1:Confirme o âmbito da aplicação do metal de enchimento para soldagem (âmbito da
cobertura)

A inexistência da
Sobreposição
sobreposição
resulta em
vazamento de
gás

– 17 –
(4) Instalação da tubulação de refrigeração –Soldagem-

Ponto 2:Confirme o volume to fluxo do metal de enchimento para soldagem (difere de


acordo com o âmbito de aquecimento do metal base)

Âmbito de Âmbito de
Âmbito aquecimento
adequado de aquecimento
excessivamente excessivamente
aquecimento estreito
amplo

Fluxo excessivo Falta de fluxo


do metal de do metal de
enchimento para enchimento
soldagem para soldagem

Ponto 3:Realize a fusão o metal de enchimento para soldagem usando a ponta do bastão
(faça-o gradualmente, aplicando suavemente sobre o metal base)

Metal de
enchimento para
soldagem
dependurado
Ponto 4:Ângulo da chama e metal de enchimento para soldagem
x Aumente um pouco o ângulo da chama comparado com o pré-aquecimento
Durante a
soldagem 80 a 85°

Durante o
pré-aquecimento

x Mantenha o ângulo entre o metal de enchimento para soldagem e a chama em


aproximadamente 90 graus.

Metal de
enchimento para Metal de
soldagem enchimento
para soldagem

Aprox. 90º

– 18 –
(4) Instalação da tubulação de refrigeração –Soldagem-

Ponto 5:Confirme visualmente. (A confirmação final para a distância da ponta da chama de


carburação, o local da chama no cano e a direção da chama)

2 a 3 mm 1 a 2 mm

Direção da chama
(Mova a chama para cima e
Distância da ponta Local da chama para baixo e da esquerda Confirmação final
da chama de no tubo para a direita em um ângulo
carburação reto em relação ao tubo)

Virado para Virado de lado Virado


baixo para cima
Relativamente fácil Relativamente difícil

z É relativamente fácil aplicar o metal de enchimento para soldagem quando o tubo está virado
para baixo ou de lado. Mas, se o tubo estiver virado para cima, é relativamente difícil cobri-lo e
pode ocorrer vazamento de fluído refrigerante. Portanto, faça o possível para realizar a
soldagem com o tubo virado para baixo ou de lado.

Procedimento 5. Resfriamento
x Esfrie o local ligado com solda com um pano úmido ou algo semelhante para permitir o
trabalho restante e evitar queimaduras.

z Não desligue o nitrogênio até que o tubo esteja completamente frio. Se o gás nitrogênio for
desligado antes de o tubo estar frio o suficiente, uma película de óxido se formará na superfície
interna do tubo.

– 19 –
(4) Instalação da tubulação de refrigeração –Tubo com bifurcação para fluído refrigerante (conexão REFNET)-

¡ Tubo com bifurcação para fluído refrigerante (conexão REFNET)


<Padrões de instalação>
1. Instale a conexão REFNET horizontal ou perpendicularmente.

Horizontal

Olhando
para dentro Perpendicular
<Tubulação horizontal> do tubo <Tubulação vertical>

2. Instale o coletor REFNET horizontalmente.


Exemplo de instalação do coletor no lado do líquido Exemplo de instalação do coletor no lado do gás
Teto
Teto
Acessório de suporte
(obtido localmente)

Horizontal
Horizontal
Montagem
(obtido localmente)

z Crie uma seção de pelo menos 500 mm de tubulação reta antes e depois de bifurcações ao
conectar a tubulação de refrigeração e o tubo de campo.
<Motivo> Curvar o tubo muito próximo da bifurcação pode resultar em reclamações por
causa do barulho anormal.

Pelo menos 500 Pelo menos 1.000

Pelo menos
500

<Visão de cima>

¡ Exemplo de instalação de uma tubulação de refrigeração com bifurcação


<Instalado em um ângulo de 90°> <Instalado horizontalmente>

„ Instalar a conexão REFNET inclinada em um ângulo pode causar desvio do líquido


refrigerante, resultando em barulho ou interferindo no funcionamento normal do aparelho.
Certifique-se de instalá-la horizontalmente.

– 20 –
(4) Instalação da tubulação de refrigeração –Ligação do alargamento-

3) Ligação da unidade
¡Ligação do alargamento
<Ferramentas, etc.>

Chave de torque Óleo lubrificante


<Procedimento de trabalho>
(1) Aplique o óleo lubrificante (óleo essencial, óleo éster) na
superfície interna do alargamento.
(2) Gire a porca de alargamento três ou quatro vezes com a Onde o óleo lubrificante
é aplicado
mão no lado da ligação do aparelho.
Ì Lembre-se de usar as porcas de alargamento que vêm com o aparelho.
Ì Se não for possível apertar a porca de alargamento com a mão, pode haver desalinhamento
do eixo do alargamento e da ligação. Tente novamente.
(3) Aperte de acordo com o valor de torque indicado usando a chave de torque
Ì Aperte usando a técnica que emprega ambas a chave de torque e a chave inglesa (de
parafuso).
Ì Tenha cuidado, pois apertar em excesso pode causar uma rachadura na porca de
alargamento ou defeito semelhante, resultando em vazamento de gás.

Padrões de força de torção para porcas de alargamento


Diâmetro externo do tubo Força de torção (N/cm)
Φ 6,4 1420 a 1720
Φ 9,5 3270 a 3990
Φ 12,7 4950 a 6030
Φ 15,9 6180 a 7540
Φ 19,1 9720 a 11860

z Quando não for possível apertar com uma chave de parafusos (chave inglesa) porque não
existe uma chave de torque disponível:
x Quando apertar uma porca de alargamento com uma chave de parafuso, chegará um
momento em que a força de torção aumentará rapidamente. A partir de então, aperte apenas
no ângulo mostrado na tabela abaixo.

Ì Lembre-se que apertar uma porca de alargamento com uma chave de parafuso que seja
maior do que o comprimento recomendado para a ferramenta, de acordo com a tabela abaixo,
pode resultar em aperto excessivo.

Ângulo de aperto Comprimento


Diâmetro externo do
(padrão recomendado para a
tubo
aproximado) ferramenta a ser usada
Φ 6,4 60° a 90° Aprox. 150 mm
Φ 9,5 60° a 90° Aprox. 200 mm
Φ 12,7 30° a 60° Aprox. 250 mm
Comprimento da
Φ 15,9 30° a 60° Aprox. 300 mm ferramenta
Φ 19,1 25° a 35° Aprox. 450 mm
z Para não se esquecer de apertar a porca de alargamento, marque-a com uma caneta
hidrográfica ou algo semelhante depois de apertá-la.
Marcação

– 21 –
2. Instalação por processo e pontos principais
(5) Instalação da tubulação de drenagem
1) 2) 3)
Instalação Tubulação de Tubulação de Teste de
Procediment drenagem no
da unidade drenagem drenagem
o de trabalho lado da
interna coletiva
unidade

~Pontos de trabalho~
x Certifique-se de que a tubulação de drenagem tem uma inclinação descendente de pelo menos
1/100.
x Mantenha a tubulação de drenagem o mais curta possível para evitar a formação de bolsas de

Unidade
interna
Existe uma inclinação mínima de 1/100
(1 cm/1 m)

Ì Não conecte tubos de drenagem aos tubos de


esgoto sanitário do prédio ou no tubo de descarga
porque pode causar um odor desagradável.

◆ Inverta a inclinação da tubulação de drenagem


Em alguns casos, é difícil garantir que a tubulação de
drenagem está na inclinação exigida dentro dos
espaços no teto, pois pode haver diversos tubos e
equipamentos no local. A maioria desses problemas
pode ser evitada se consultarmos os instaladores que
são responsáveis pelos demais equipamentos. inclinação de 1/100

1) Tubulação de drenagem no lado da unidade interna

Ì Os procedimentos de instalação para a tubulação de drenagem no lado da unidade interna


podem variar de acordo com o modelo, então sempre verifique o manual de instalação antes de
instalar a tubulação.
Ì Unidades internas nas quais a conexão da tubulação de drenagem faça pressão negativa
requerem um sifão (abaixo) para cada unidade. Além disso, o sifão requer um dreno de limpeza.

Exemplo para a instalação de um sifão

Unidade Unidade
interna interna
FXMQ FXMQ
H
H: Pelo menos 50 mm
H Tampa de limpeza

Coloque uma tampa de limpeza para facilitar


Sifão a limpeza

– 22 –
(5) Instalação da tubulação de drenagem

<Procedimento de trabalho>
(1) Conecte a mangueira de drenagem anexa (do tipo flexível) à saída de drenagem da unidade interna.

Ì Lembre-se de usar as porcas de alargamento que vêm com o aparelho.


As do tipo flexível evitam a pressão indevida no recipiente de drenagem.
Ì Não dobre a mangueira de drenagem no meio para evitar o uso de força excessiva sobre ela.
Mangueira dobrada pode causar vazamento de água.

(2) Aperte a conexão de drenagem da unidade interna e a mangueira de drenagem com a cinta para
mangueira que se encontra anexa.

Ì Não una a conexão de drenagem e a mangueira de drenagem (acessório) com fita adesiva.
Isso complicaria a retirada da mangueira de drenagem do aparelho durante a manutenção e
procedimentos semelhantes.

Unidade interna Cinta para mangueira


Mangueira de
drenagem anexa
Material isolante
(seção da tubulação)

Recipiente de drenagem Material isolante (seção da cinta)

(3) Instale a tubulação de drenagem com bifurcação no tubo principal de drenagem.

z Siga a ilustração abaixo para realizar a conexão entre a unidade interna e o tubo principal.

Permite o ajuste do ângulo

Tubo principal de
drenagem

Exemplo de instalação

¡ Se o tubo principal de drenagem já foi instalado e a inclinação necessária para a tubulação de


drenagem com bifurcação não pôde ser atingida, aumente a altura da drenagem.
(Confirme a altura da drenagem no manual de instalação, pois varia de acordo com o modelo.)
Tubulação de drenagem
com bifurcação

Tubo principal de
drenagem

Altura de drenagem

– 23 –
(5) Instalação da tubulação de drenagem

2) Tubulação de drenagem coletiva

z Um exemplo de conexão do tubo principal de drenagem com uma tubulação vertical


O ideal é usar uma conexão Y. Se não estiver disponível no local, uma conexão T também pode
ser usada.

conexão Y

conexão T

Ligação à tubulação vertical Ligação à tubulação vertical


com uma conexão Y com uma conexão T
z Aumente o tamanho do tubo principal de drenagem ao máximo.
z Afixe uma tampa de limpeza acima do tubo principal de drenagem para os testes de
drenagem.
z Use o menor número possível de unidades internas para evitar que a tubulação de drenagem
seja longa demais.

Tampa de
limpeza
Tubulação de
drenagem com
bifurcação

Tubulação de
saída de ar

Tubulação vertical
de drenagem

Tubo principal de
drenagem

Exemplo para a instalação da tubulação de drenagem

3) Teste de drenagem
(1) Realize um teste de drenagem antes fazer o isolamento.

(2) Use uma tampa de limpeza no tubo principal de drenagem para realizar o teste de drenagem.

z Ao utilizar uma tubulação de polivinil, use adesivos coloridos para evitar que os
trabalhadores se esqueçam de trocar o tampão.

– 24 –
(5) Instalação da tubulação de drenagem

(Referência) Os diâmetros internos da tubulação principal de drenagem e da tubulação vertical de drenagem

x Calcule o volume da drenagem com base no número de unidades internas ligadas ao tubo principal de drenagem. O
diâmetro interno da tubulação pode ser determinado pelo seguinte método:
x 6 litros por hora por 1 HP é uma medida aproximada para o volume de drenagem das unidades internas.
Por exemplo, se houver 3 unidades com 2 HP e 2 unidades com 3 HP:
6 L/hr × 2 HP × 3 unidades + 6 L/hr × 3 HP × 2 unidades = 72 L/hr.

(1) A relação entre o diâmetro interno do tubo principal de drenagem e o volume de drenagem permitido quando
se utiliza uma tubulação coletiva (no caso de tubulação de saída de ar)

Diâmetro da tubulação Taxa de fluxo permitida [L/hr]


PVC interna (Valor de Inclinação= Comentários
Inclinação=1/50
referência: mm) 1/100
PVC25 19 39 27 Não é apropriado para o tubo
principal de drenagem por
PVC32 27 70 50 causa da limitação à taxa de
fluxo permitida
PVC40 34 125 88
Apropriado para o tubo
PVC50 44 247 175
principal de drenagem
PVC63 56 473 334

Observação: O cálculo presume que a proporção de água na tubulação é de 10%.


Arredonde o taxa de fluxo permitido para o número inteiro mais próximo.
Após a coleta, o tubo deve ter um diâmetro interno de pelo menos 34 mm.

(2) A relação entre o diâmetro interno do tubo vertical de drenagem e o volume de drenagem permitido quando
se utiliza uma tubulação coletiva (no caso da tubulação de saída de ar)
Diâmetro da tubulação Taxa de fluxo
PVC interna Comentários
permitida [L/hr]
(Valor de referência: mm)
PVC25 19 220 Não é apropriado para a tubulação
vertical de drenagem no caso da
PVC32 27 410
tubulação coletiva.
PVC40 34 730
PVC50 44 1.440 Pode ser usado para a tubulação
PVC63 56 2.760 vertical de drenagem no caso da
PVC75 66 5.710 tubulação coletiva.
PVC90 79 8.280

Observação: Arredonde a taxa de fluxo permitida para a dezena mais próxima.


Os tubos verticais da tubulação coletiva devem ter um diâmetro interno de pelo
menos 34 mm.

– 25 –
2. Instalação por processo e pontos principais
(6) Instalação do conduto (interno)

Instalação da Entrada de
Procediment Ligação do
unidade ar/instalação de
o de trabalho conduto
interna saída

~Considerações sobre barulho e vibração~


x Lembre-se de usar conexões de tela entre a unidade interna e os condutos de sucção e entre a unidade
interna e os condutos de descarga, pois essas conexões ajudam a evitar reverberações quando a vibração e o
barulho de funcionamento do aparelho se propagam pelo prédio e pelos condutos.

Pino de suspensão

Conduto de tela Conduto de tela

Unidade
interna

x Selecione uma sucção e grades de descarga considerando a taxa de fluxo de ar, evitando assim qualquer
distribuição de barulho (ruído de vento).

Ì Lembre-se de isolar o conduto de descarga.

Ì Use condutos de tela com uma estrutura de metal na parte de entrada.

Ì Leve em consideração a sucção e as grades de descarga para evitar curto-circuito.

Ì Verifique a pressão estática para que se produza a taxa indicada de fluxo de descarga de ar.

Ì Certifique-se de que o filtro de ar poderá ser retirado facilmente quando necessário.

– 26 –
2. Instalação por processo e pontos principais
(7) Instalação do isolamento
Instalação da Instalação do Instalação do
isolamento (além Teste de isolamento
tubulação de hermeticidade
refrigeração das ligações) (ligações)
Procedimento
de trabalho
Instalação da Instalação do Teste de Instalação do
tubulação de isolamento (além drenagem isolamento
drenagem das ligações) (ligações)

~Pontos de trabalho~
A instalação do isolamento não permite verificações e testes; portanto, certifique-se de que a
manutenção e o conserto das conexões de isolamento e dos elementos semelhantes serão feitos de
maneira correta.

[Materiais]
Para o isolamento, use materiais que possam suportar a temperatura da tubulação.
<Tubulação de refrigeração>
x Do tipo bomba de calor…Espuma de polietileno resistente ao calor (podendo suportar temperaturas de mais de 120 °C)
x Somente para refrigeração…Espuma de polietileno resistente ao calor (podendo suportar temperaturas de mais de 70 °C)
<Tubulação de drenagem>
x Espuma de polietileno (temperatura resistente ao calor: –70 a 80 °C)

Ì Se você supõe que a temperatura ultrapassa os 30 ºC e a umidade relativa é superior a 80% ao


redor da tubulação de refrigeração, use um material isolante com uma espessura de pelo menos 20
mm.
Ì Materiais de isolamento feitos de espuma de polietileno não podem ser usados em algumas áreas
(Hong Kong) por causa dos códigos de combate a incêndio. Portanto, confirme antes de instalá-lo.
Ì Lembre-se de isolar as ligações (ligadas com solda, alargadas, etc.) depois da aprovação nos testes
de hermeticidade.
Ì Lembre-se de isolar a tubulação de gases e a tubulação de líquidos individualmente.

Isolamento da tubulação de gases e Isolamento apenas da Isolamento da tubulação de gases e


da tubulação de líquidos juntas tubulação de gases da tubulação de líquidos
Tubulação Tubulação Tubulação Tubulação Tubulação
Tubulação de gases de gases
de líquidos de gases de líquidos
de líquidos

Material isolante Material isolante


Material isolante Material isolante

Ì Tenha cuidado para não deixar nenhuma brecha nas ligações de isolamento.
Ì Tenha cuidado para não usar material isolante danificado.

Brecha na ligação de isolamento Material isolante danificado

– 27 –
(7)Instalação do isolamento

¡ Alargamento da unidade interna


x Use o guia abaixo para realizar a instalação adequada do isolamento na base da tubulação de refrigeração em
unidades internas.
Guia para a instalação do
Material isolante da Gire da base do aparelho
isolamento de alargamento tubulação (lado do para a parte superior da
ligação com a porta de
Material isolante da conexão (acessório) aparelho) alargamento
Ligação com a
Vire a conexão porta de Afixe na base
alargamento
para cima

Material isolante da Pinça (acessório)


tubulação
(obtido localmente) Aperte a parte que se Selante (acessório)
sobrepõe ao material
(somente o lado da
isolante da tubulação
tubulação de gases)
Tubulação de gases
Tubulação de líquidos
(1) Gire o material isolante da conexão (acessório) ao redor do alargamento em ambas as tubulações de
líquido e de gases.

z Sempre deixe a conexão do material isolante virado para cima.

(2) Aperte bem ambas as extremidades do material isolante da conexão com uma pinça (acessório).
(3) Gire o selante sobre o material isolante da conexão, somente para o alargamento no lado da tubulação de
gases.

Ì Lembre-se de sempre realizar o trabalho descrito acima após o teste de hermeticidade.

¡ Isolamento dos acessórios de suporte

z Ao criar um suporte para a tubulação horizontal, o peso da tubulação tende a apertar o


isolamento nos pontos de apoio, causando condensação.
Nos pontos de apoio, reforce o material isolante usando uma fita isolante ou use um tubo de
polivinil resistente e largo para distribuir o peso.
z Tome cuidado para não apertar demais uma fita adesiva que deve ser usada somente como
suporte temporário.

Fita isolante de reforço


(5 de espessura x 50 de largura) Cinta de
suspensão com
esticador
Material isolante
Acessório de suporte

Tubo de
polivinil

Exemplo para a utilização de um


¡ Reforço dos cortes do material isolante tubo de polivinil

z O material isolante se contrái com o tempo, então recomenda-se que os cortes do material
isolante sejam reforçados com fita após a aplicação de um adesivo especial.

– 28 –
(7)Instalação do isolamento

¡ Ao colocar o material isolante na brecha

z Considerando uma possível contração futura do material de isolamento, aplique na brecha um


material isolante que seja 200 mm maior do que a brecha. Proceda à instalação conforme o que
é descrito acima (3).

L + Aprox. 200 mm de material isolante


L+200

¡ Reforço do material isolante nos cotovelo

z Tente realizar um mínimo possível de cortes no material isolante (um corte seria o ideal).
z Pense bem onde fará o corte no material isolante para que, após o dobramento, o reforço
possa ser realizado em uma parte reta do tubo.

Adesivo especial

Fita isolante de reforço

– 29 –
2. Instalação por processo e pontos principais
(8) Instalação da fiação de controle
~Pontos de trabalho~
x Prepare um diagrama de sistema e verifique o seu trabalho para evitar erros na instalação
elétrica.
[Tipos de fiação compatíveis]
Use os seguintes cordões ou cabos encapados de vinil com 2 fios:

x Cordão de vinil Cabtyre (do tipo redondo) VCTF JIS C3306 Fio condutor
x Cordão de vinil Cabtyre (do tipo chato) VCTFK JIS C3306
Isolamento
x Cabo isolante Cabtyre de vinil 600V VCT JIS C3312
x Cabo isolante encapado Cabtyre de vinil 600V (do tipo redondo) VVR JIS C3342
x Cabo isolante de controle encapado de vinil CVV JIS C3401
Capa

x Cabo de instrumentação com tela trançada (fio blindado) MVVS JIS C3102
<Exemplo>
Corte transversal de
um VCTF

Ì Poderão ocorrer problemas de comunicação se uma das extremidades dos fios blindados não forem
ligados à terra corretamente. Portanto, ao usar um fio blindado, lembre-se de ligar uma extremidade
à terra.

Ì 1. Use fios cuja espessura varia de 0,75 mm2 a 1,25 mm2.

<Ao usar fios de outro tamanho>


¡ Do tipo fino
A transmissão pode se tornar instável quando se estende os fios por uma distância grande por causa da
queda na voltagem.
Além disso, com a grande distância a fiação tende a fazer barulho.
¡ Do tipo espesso
Quando usar uma fiação em série, 2 fios não poderão ser inseridos no bloco do terminal interno.

Se utilizar um fio espesso


2 fios não poderão ser inseridos no bloco do terminal interno

Ì 2. Nunca use uma fiação de núcleos múltiplos (com mais de dois núcleos).

<Ao usar cabos de núcleos múltiplos (mais de 2 núcleos)>


¡ Ocorre interferência de sinal, resultando em erros de transmissão.
[Ao usar cabos de núcleos múltiplos: Exemplo para a série VRV]

Interior RC

Interior cabo de 4 núcleos RC


(capacitância residual
Condição normal entre os cabos) Interferência
(no envio) (no envio)

¡ Acontece a mesma coisa quando se usa cabos de núcleos múltiplos ou quando fios de núcleo único são
inseridos no conduíte.

– 30 –
(8) Instalação da fiação de controle

Ì 3. Nunca dobre fios de comunicação por uma grande distância.

<Se os fios de comunicação forem dobrados>


¡ A distância de isolamento entre os fios diminui, expondo os fios à interferência.

Unidade RC
interna

Unidade RC
interna

Ì 4. Nunca faça ligações com uma fiação de controle dobrada

<Se os fios de controle forem dobrados>


¡ Correntes fortes e fracas se misturam; portanto, fios de núcleos múltiplos não são recomendados.
(Afeta o fio que suporta a voltagem, entre outros elementos.)

[Mau exemplo] [Bom exemplo]

Controle Controle
remoto remoto
PCB PCB

Iniciar/Terminar (fio de 6 núcleos) Iniciar/Terminar

Ì 5. Mantenha a fiação de controle e a fiação elétrica separadas

<Se o fio elétrico e o fio de sinal estiverem paralelos>


¡ Por causa da influência do acoplador eletrostático e eletromagnético, uma onda de interferência
atrapalha a fiação de sinal, causando o mau funcionamento.
¡ Ao instalar a fiação de sinal paralelamente à fiação elétrica, recomenda-se separá-las com a distância
mostrada na tabela abaixo:

Distância de separação entre a


Distância de separação entre a
fiação elétrica para outros
Capacidade do fornecimento de fiação elétrica e a fiação de
equipamentos e a fiação de
energia para a fiação elétrica controle para os aparelhos de ar
controle para os aparelhos de ar
condicionado da Daikin
condicionado da Daikin
220V ou Menos de 10A Pelo menos 300 mm
superior
50A Pelo menos 500 mm
Pelo menos 50 mm
100A Pelo menos 1.000 mm
Mais de 100A Pelo menos 1.500 mm

Ì 6. Use o mesmo tipo de fios para a fiação elétrica dentro do mesmo sistema.

<Se forem usados tipos diferentes de fios para a fiação elétrica dentro do mesmo
sistema>
¡ Usar tipos de fios diferentes pode causar problemas de comunicação.

– 31 –
2. Instalação por processo e pontos principais
(9)Instalação da unidade externa

Procediment Preparação Instalação da


o de trabalho da estrutura unidade externa

¡ Precauções a serem tomadas ao preparar a estrutura das unidades externas

・ Apóie a unidade em uma estrutura com pelo menos 66 mm de largura.


・ Ao usar uma proteção de borracha, instale-a por completo no lado de suporte da estrutura.
・ A altura da estrutura em relação ao piso deve ser de pelo menos 150 mm.
・ Afixe a unidade à estrutura usando pinos, porcas e arruelas para
estrutura. (Use quatro conjuntos de pinos, porcas e arruelas M12
para estrutura)
・ O comprimento ideal da estrutura em relação à superfície da

20
estrutura é de 20 mm.

・ Considere a saída de drenagem.


・ Preste atenção na resistência do piso e na impermeabilização ao instalar unidades
externas no telhado.
A
4-15×22.5 (Furo do parafuso de base)
B

Modelo A mm B mm
Pelo menos 765

RXYQ5P 635 497


722 a 737

RXYQ8P
930 792
631

RXYQ10P
RXYQ12P,14P
1240 1102
RXYQ16P,18P

Pelo menos 67
Desenho da estrutura para unidades externas.

Para qualquer aparelho de 8 Exigido para qualquer Exigido para


HP ou superior, não é aparelho de pelo qualquer aparelho de
possível usar blocos menos 8 HP pelo menos 8 HP
pequenos de concreto nos
quatro cantos inferiores da
unidade externa para formar Centro do Centro do
uma estrutura. Entretanto, aparelho aparelho
isso é possível com modelos
de 5 HP.

– 32 –
(9)Instalação da unidade externa

¡ Como garantir espaço suficiente para fazer o serviço e a manutenção


É importante considerar o espaço suficiente para fazer o serviço e a manutenção.

Ì Tenha em mente que substituir o compressor pode se tornar difícil, dependendo da via da tubulação.

Não há espaço suficiente para


fazer o serviço e a manutenção
(É impossível remover o
compressor)

Estrutura

¡ Como evitar um curto-circuito


Curtos-circuitos podem ocorrer se a unidade externa não for instalada em um lugar com boa ventilação.

Ì Lembre-se que pode ser necessário instalar condutos de descarga nos casos apresentados nas
ilustrações abaixo:

<Ao instalar o aparelho debaixo de calhas> <Se existirem obstáculos horizontais acima>
x N ≥ M quando L ≥ 1 m. x Não são necessárias medidas
especiais se L ≥ 3 m.
x N ≥ M quando L < 1 m.
x Se L < 3 m, um conduto de
Observe que a dimensão K faz referência às
descarga com resistência inferior
dimensões necessárias para se instalar um Conduto de
a 8 mmH2O se fará necessária.
único aparelho. descarga
A dimensão K para instalação de
Consulte "Padrões para se instalar unidades Para evitar
um único aparelho precisa ser curto-circuito
externas com descarga descendente" ao instalar um pouco maior.
aparelhos em cada piso.
Instalação sob calhas Medidas para os obstáculos acima

¡ Considerações a fazer quando instalar aparelhos de ar condicionado inversores


Certifique-se de que tem espaço suficiente para fazer o serviço ou a manutenção de acordo com o manual de
instruções.

Ì Aparelhos de ar condicionado inversores podem fazer barulho por causa de outros equipamentos
eletrônicos. Ao selecionar um local para instalar o ar condicionado e a fiação elétrica, mantenha uma
distância suficiente de rádios, PCs, aparelhos de som e outros eletrodomésticos.

Unidade interna
Interruptor de bifurcação,
disjuntor de sobrecorrente
Interruptor de Unidade interna RC
Refrigeração/c
omutação de
bifurcação, disjuntor
5m

aquecimento
Pelo menos 1 m

de sobrecorrente
m

RC
enos 1,

enos 1

1m
os
Pelo m

en
Pelo m

m ,5 m
lo enos 1
Pe Pelo m
os 1,5 m
Pelo m en
1,5 m
Pelo m enos

Rádios, PCs, aparelhos de som, etc.

– 33 –
(10) Teste de hermeticidade

1) 2) 3)
Procediment Conclusão da Verifique
o de trabalho instalação da Esvaziamento Pressurização Aprovado
quedas de
tubulação de de nitrogênio
pressão
refrigeração
4)

Verificação de vazamento

~Pontos de trabalho~
x Lembre-se de esvaziar a tubulação antes de realizar o teste de hermeticidade.
x Lembre-se de sempre usar gás nitrogênio nos testes de hermeticidade.
x A pressão do teste de hermeticidade é a pressão programada para os aparelhos de ar
condicionado.
1) Esvaziamento da tubulação de refrigeração
<Procedimento de trabalho>
• Ligue o manômetro de pressão às portas de serviço da tubulação de líquido e gás. Utilize a bomba de vácuo
até a pressão atingir –100.7kPaG (–755mmHg). Utilize a bomba de vácuo durante cerca de 30 minutos (este
período depende do comprimento da respectiva tubulação).

2) Pressurização de nitrogênio
<Procedimento de trabalho>
(1) Pressurize a tubulação de líquido e a de gases para cada circuito de refrigeração de acordo com os seguintes
passos:
(Lembre-se de usar o gás nitrogênio.)
z Passo 1: Pressurize a 0,3 MPaG durante pelo menos 3 minutos Permite a detecção de
vazamentos grandes.
z Passo 2: Pressurize a 1,5 MPaG durante pelo menos 5minutos
Permite a detecção de
z Passo 3: Pressurize a 4,0 MPaG durante aproximadamente 24 horas
vazamentos menores.

Exemplo de teste de
Ì Mesmo com a pressurização a 4,0 MPaG, um curto período de hermeticidade

tempo não permite a detecção de vazamentos menores.


Lembre-se de pressurizar durante 24 horas no Passo 3.

[Diagrama do tempo de trabalho]


Passo 3
4.0 Se não houver queda de
pressão, APROVADO
3.5

2.0

Passo 2
1.5

1.0

0.5
Passo 1
Pressão

MPaG 0
24 horas

5 minutos
3 minutos
Tempo
 
Ì Nunca pressurize a uma pressão acima de 4,0 MPaG.

– 34 –
(10) Teste de hermeticidade

3) Verifique se há queda de pressão


¡ Se não houver queda de pressão, a unidade foi aprovada no teste
Qualquer diferença na temperatura ambiente durante a pressurização e durante a verificação da queda de pressão
precisará ser corrigida porque a pressão se altera em aproximadamente 0,01 MPaG por cada 1 °C.

Valor de correção: (Temperatura durante a pressurização – Temperatura durante a verificação) x 0,01


MPaG
(Exemplo)
Pressão usada para a pressurização Temperatura ambiente
Pressurização 4,00MPaG 25 °C

24 horas depois 3,95MPaG 20 °C

Neste caso, a correção seria de 0,05 MPaG para poder determinar se não houve queda de pressão (indicando que
foi APROVADO).

4) Verificação de vazamento
x Se for detectada uma queda de pressão, procure o local do vazamento usando água com sabão na superfície
das ligações da tubulação (alargamentos, locais ligados com solda) e carregue as ligações da mangueira.

z Raramente é realizado um teste de hermeticidade completo, da unidade externa à unidade interna,


ao mesmo tempo. Se fosse detectada uma queda de pressão, levaria muito tempo para encontrar o
vazamento. Um método eficiente de verificação é separar por partes, de acordo com o cronograma
de trabalho.
z Depois de realizar o teste de hermeticidade, evite a entrada de contaminação deixando a pressão
entre 0,2 e 0,3 MPaG na tubulação.

(3)

<Testes de hermeticidade por partes>


(1) Para cada andar, verifique desde a unidade interna
(1) Eixo até a tubulação vertical em cada eixo.
(2) Verifique acima (1) e a tubulação vertical em cada
eixo.
(3) Verifique toda a tubulação, desde a unidade interna
(2)
até a tubulação vertical e a unidade externa.

z O trabalho pode ser realizado de maneira eficiente se a montagem


da pressurização for preparada de antemão.

– 35 –
2. Instalação por processo e pontos principais
(11) Secagem a vácuo
Depois de ser aprovado
Procediment Secagem a
no teste de Teste de vácuo
o de trabalho vácuo
hermeticidade

~O que é a secagem a vácuo?~


Ao usar uma bomba de vácuo, a umidade (líquido) na tubulação se transforma em vapor (gás) e é expelida da
tubulação, secando seu interior.
Sob a pressão atmosférica 1 (101,3 kPa ou 760 mmHg), o ponto de ebulição (temperatura de evaporação) da
água é de 100 °C. Entretanto, quanto mais a pressão dentro da tubulação chegar perto do estado de vácuo com a
utilização da bomba de vácuo, menor será o ponto de ebulição. A água evaporará quando o ponto de ebulição for
menor do que a temperatura externa.
<Exemplo>
Se a temperatura externa do ar for 7,2 ºC, a secagem a vácuo não poderá ser realizada, a menos que a pressão
fique abaixo de -100,3 kPaG (-752mmHg). Portanto, ao realizar a secagem a vácuo, "escolha e manutenção
da bomba de vácuo" é algo importante.
Ponto de ebulição
da água Pressão absoluta Pressão manométrica
℃ kPa mmHg kPaG mmHgG Pressão manométrica kPaG (mmHg)

Pressão absoluta kPa (mmHg)


Grau necessário de
vácuo

Âmbito da
temperatura
externa

Ponto de
evaporação

Temperatura (°C)

¡ Como escolher a bomba de vácuo


Preste atenção nos dois pontos a seguir ao escolher uma bomba de vácuo
1. Selecione uma bomba que permite que a pressão fique abaixo de -100,7 kPaG (-755 mmHg).
2. Selecione uma bomba que permite um volume de descarga relativamente alto.
(Recomenda-se uma com pelo menos 40 L/min.)

z Antes de realizar o trabalho de secagem a vácuo, lembre-se de verificar com um manômetro de vácuo
se a pressão chega a um nível inferior a -100,7 kPaG.

Ì Use ferramentas especiais para R410A (ex: manômetro de pressão, mangueira de ligação).
Motivos: Há dois óleos lubrificantes diferentes: R410A e R22. Usar ferramentas diferentes
resultará na mistura dos dois óleos lubrificantes, o que leva à criação de impurezas e causa o
entupimento do circuito de refrigeração.

– 36 –
(11) Secagem a vácuo

<Procedimento de trabalho>

Existem dois métodos de secagem a vácuo que dependem das condições do local; portanto, use um ou
outro de modo seletivo.
1) Secagem a vácuo normal…Esse é o método mais comum.

(1) Secagem a vácuo (1ª vez)


x Ligue o manômetro de pressão às portas de serviço das tubulações de líquido e de gases e opere a bomba de
vácuo durante pelo menos duas horas. (A pressão deve ficar abaixo de -100,7 kPaG ou -755 mmHg.)
x Se a pressão não ficar abaixo de -100,7 kPaG ou -755 mmHg mesmo depois de aplicar o vácuo durante 2
horas, pode haver umidade ou um vazamento no circuito. Aplique o vácuo durante mais uma hora para
confirmar.
x Se a pressão não ficar abaixo de -100,7 kPaG ou -755 mmHg mesmo depois de aplicar o vácuo durante 3
horas, tente encontrar o vazamento.
(2) Teste de vácuo
Deixe o sistema em um estado de vácuo inferior a -100,7 kPaG ou -755 mmHg durante pelo menos 1 hora e
confirme se o indicador do manômetro não subiu.

Ì Proceda ao vácuo tanto na tubulação de líquido como na de gases. Existem vários tipos de
componentes em funcionamento em uma unidade interna. Proceder ao vácuo somente em uma
tubulação (de liquido ou de gases) pode resultar numa interrupção do estado de vácuo.

z Se o indicador do monômetro aumentar, pode haver umidade remanescente ou um vazamento no


circuito.

[Gráfico do tempo normal de secagem a vácuo]


+0,05 MPaG

Lado pressurizado

Pressão
atmosférica 0 MPaG

-26,7 kPaG

Lado acondicionado -53,3 kPaG


a vácuo

-80,0 kPaG

-93,3 kPaG -100,7 kPaG


-101,3 kPaG

Secagem a Estado de
vácuo vácuo Carregamento adicional de fluído refrigerante
(2 horas) (1 hora) (Consulte o próximo capítulo.)

– 37 –
(11) Secagem a vácuo

2) Secagem a vácuo especial


A secagem a vácuo especial é realizada quando há risco de entrar umidade na tubulação.
Por exemplo,
x Quando a instalação for realizada durante a época de chuvas, há risco de ocorrer condensação dentro da
tubulação.
x Quando a instalação demorou muito para ser finalizado, há risco de ocorrer condensação dentro da
tubulação.
x Quando há risco de que a chuva tenha entrado na tubulação durante a instalação
A secagem a vácuo especial incorpora pelo menos um processo de interrupção de vácuo que usa gás
nitrogênio durante um processo de secagem a vácuo normal.

(1) Secagem a vácuo (1ª vez)


x Ligue o manômetro de pressão às portas de serviço das tubulações de líquido e de gases e opere a
bomba de vácuo durante pelo menos duas horas.
(A pressão deve ficar abaixo de -100,7 kPaG ou -755 mmHg.)
x Se a pressão não ficar abaixo de -100,7 kPaG ou -755 mmHg mesmo depois de aplicar o vácuo durante
2 horas, pode haver umidade ou um vazamento na linha. Aplique o vácuo durante mais uma hora para
confirmar.
x Se a pressão não ficar abaixo de -100,7 kPaG ou -755 mmHg mesmo depois de aplicar o vácuo durante
3 horas, tente encontrar o vazamento.
(2) Interrupção de vácuo (1ª vez)
Pressurize com nitrogênio a 0,05 MPaG.
(O gás nitrogênio é um nitrogênio seco, então interromper o estado de vácuo com ele aumenta a eficiência
da secagem a vácuo.)
(3) Secagem a vácuo (2ª vez)
Opere a bomba de vácuo durante pelo menos 1 hora.
Definições: A pressão deve ser de pelo menos -100,7 kPaG ou -755 mmHg. Se essa pressão não for atingida
mesmo depois de 2 horas de operação, repita os passos (2) (interrupção de vácuo) e (3) (secagem a vácuo).
(4) Teste de vácuo
Deixe o sistema em um estado de vácuo inferior a -100,7 kPaG ou -755 mmHg durante pelo menos 1 hora e
confirme se o indicador do manômetro não subiu.
Se o indicador do monômetro aumentar, pode haver umidade remanescente ou um vazamento no circuito.

Ì Lembre-se de usar o gás nitrogênio ao realizar a


interrupção de vácuo.

[Gráfico do tempo normal de secagem a vácuo]


+0,05 MPaG

Lado pressurizado

Pressão
atmosférica 0 MPaG

-26,7 kPaG

Lado acondicionado
a vácuo -53,3 kPaG

-80,0 kPaG

-100.7 -100.7
kPaG kPaG
-93,3 kPaG
-101,3 kPaG

Secagem a vácuo (2 horas) Carregamento adicional de fluído refrigerante

Interrupção de vácuo (Consulte o próximo capítulo.)

Secagem a vácuo (1 hora) Estado de vácuo (1 hora)

– 38 –
2. Instalação por processo e pontos principais
(12) Carregamento adicional de fluído refrigerante
Cálculo da quantidade de
carregamento adicional de Carregamento
Procediment Depois de concluir a fluído refrigerante com base adicional de fluído
o de trabalho secagem a vácuo no comprimento da refrigerante
tubulação.

<Procedimento de trabalho>
(1) Cálculo da quantidade de carregamento adicional de fluído refrigerante
x Avalie corretamente o comprimento da tubulação de refrigeração para calcular a quantidade de carregamento
adicional de fluído refrigerante. (Consulte o material de design do equipamento do modelo respectivo para
obter a fórmula de cálculo.)

Ì Lembre-se de escrever a quantidade calculada de carregamento adicional de fluído


refrigerante na "etiqueta de instrução para carregamento adicional de fluído refrigerante"
na unidade externa.
(Essa informação será necessária durante a manutenção.)

Porta de carregamento do
Válvula de corte de líquido Unidade
líquido refrigerante
externa Cilindro de
Manômetro de
admissão carga de líquido
Válvula A
refrigerante com
sifão
Manômetro
Válvula
B

Cilindro
Unidade interna

Válvula de corte do lado do gás

(2) Depois de concluir a secagem a vácuo, deixe o ar condicionado desligado (OFF), abra a Válvula A e carregue o
líquido refrigerante adicional calculado a partir do cilindro via a porta de serviço da válvula de corte do lado do
líquido usando a diferença de pressão.

Ì Lembre-se de carregar o líquido refrigerante em estado líquido.


(Cilindros com sifões permitem o carregamento do líquido refrigerante na posição vertical.)
Ì Use uma balança digital para pesar.

Se o líquido refrigerante não puder ser carregado por causa da equalização da pressão,
(3) Feche a Válvula A e abra a Válvula B.
(4) Ligue o fornecimento de energia das unidades externa e interna.
(5) Abra completamente a válvula de corte do lado do gás e do líquido.

Ì Lembre-se de carregar o líquido refrigerante pela porta de carregamento de líquido


refrigerante.

(6) Ligue a operação de carregamento adicional de fluído refrigerante (ON) usando o modo de configuração e
deixando o ar condicionado desligado (OFF).

Ì Consulte a etiqueta "Precauções de Serviço" na tampa da caixa elétrica da unidade externa


para obter informações sobre os procedimentos da operação de carregamento adicional de
fluído refrigerante.

(7) Depois que o volume exigido de líquido refrigerante for carregado, aperte o botão de confirmação (BS1) no PCB
(A1P) para parar a operação.

– 39 –
Anotações
TCDB001
Todos os Direitos Reservados. É estritamente proibida a utilização,
reprodução, modificação ou distribuição não autorizada deste
documento.

zOconteúdo deste documento pode ser alterado no futuro sem aviso prévio.