Você está na página 1de 19

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS


COORDENAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM HISTÓRIA
PROFESSORA: DRA. ANTÔNIA VALTÉRIA DE MELO ALVARENGA
DISCIPLINA: ESTÁGIO SUPERVISIONADO II
ALUNO: AGEU DEGAR SILVA OLIVEIRA
TURMA: VII BLOCO TURNO: MANHÃ

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO II

TERESINA, 16 DE JULHO DE 2017


GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ – UESPI
PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO- PREG
DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS PEDAGÓGICOS – DAP
ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO II

FICHA DE CADASTRO

NOME: AGEU DEGAR SILVA OLIVEIRA

ENDEREÇO: RESIDENCIAL ENGENHEIRO EDUARDO COSTA, QUADRA Y,


CASA 06. CEP: 64036-800

BAIRRO: PARQUE SUL

TELEFONE: (86) 988620760

INSTITUIÇÃO ONDE REALIZOU O ESTÁGIO:

ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR OFÉLIO LEITÃO

ENDEREÇO DA INSTITUIÇÃO:

AVENIDA AYRTON SENNA No 1345 CEP:64001-970

BAIRRO: PORTO ALEGRE

NOME DA DIRETORA DA ESCOLA:


VALDIRENE MARIA E. DE SOUSA
PROFESSOR SUPERVISOR DE CAMPO:
MANOEL RICARDO ARRAES NETO
ÍNICIO DO ESTÁGIO: 04/04/2017
TÉRMINO DO ESTÁGIO: 11/07/2017
18. FICHA DE SUPERVISÃO DE ESTÁGIO

LICENCIATURA PLENA EM HISTÓRIA

PROFESSOR/SUPERVISOR: MANOEL RICARDO ARRAES

ALUNO: AGEU DEGAR SILVA OLIVEIRA

DISCIPLINA: ESTÁGIO SUPERVISIONADO II

MATRÍCULA: 1051201

SEMESTRE/ANO: 2017.1

PLANO DE ESTÁGIO:

ETAPAS PERÍODO DE NO DE ATIVIDADES OBSERVAÇÕES


REALIZAÇÃO HORAS

Assunto: A Maior parte do mês


I De 04 de Abril à 17 independência das treze de Abril foi
02 de Maio. Horas/aula colônias. observação, porém
Exibição do filme “O quando o professor
Patriota” e aplicação de precisava eu
questionário auxiliava-o.
Assunto: América Apresentei aulas
II De 02 de Maio 28 portuguesa e espanhola expositivas, preparei
à 30 de Maio Horas/aula Aula expositiva e atividades de revisão
atividades de classe e prova logo em
valendo ponto. seguida.
Assunto: O Iluminismo. Aplicação do roteiro
De 1oJunho à 15 Aula expositiva, de estudo proposto
III 29 de Junho Horas/aula aplicação de atividades pelo livro didático.
de classe e para casa. Preparação para
prova bimestral

De 4 de Julho à Preparei as últimas


IV 12 de Julho 10 Assunto da prova aulas de revisões e
Horas/aula bimestral: O Brasil elaborei um
Colonial + Iluminismo questionário de 5
questões.
GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ – UESPI
PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO- PREG
DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS PEDAGÓGICOS – DAP
ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO II

DISCIPLINA: ESTÁGIO SUPERVISIONADO II

PROFESSORA: Dra. Antônia Valtéria Melo Alvarenga

CURSO: Licenciatura Plena em História

VII Bloco Manhã

25. FICHA RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

1. OBJETIVOS DA DISCIPLINA

Auxiliar os graduandos do curso a adaptar-se a futura profissão de


professor. O estágio proporciona ao aluno a experiência que será
extremamente útil quando o mesmo estiver lecionando do modo formal. Há
uma reflexão entre os pontos negativos e positivos da profissão, por isso
prepara o graduando a entender a realidade do sistema educacional. Ao
mesmo tempo aprende-se a elaborar atividades, fazer plano de aula, colocar as
notas nos diários, a ter compostura no momento da aula, falar pausadamente,
a ter temperamento no trato com os alunos e a utilizar novas estratégias
didáticas. Em suma a disciplina serve para sair da teoria e partir para a
verdadeira prática que é lidar com os alunos enquanto se transmite
conhecimento.

2. CAMPOS DE ESTÁGIO

O campo de estágio é a Escola Municipal Ofélio Leitão, escola situada no


bairro Porto Alegre, zona sul da cidade de Teresina. A escola funciona nos
turnos de manhã, tarde e noite; sendo o 6 o e o 9o ano pela manhã, o 7o e o 8o
ano à tarde e o EJA durante a noite. A escola tinha seis turmas de 8 o ano:
A,B,C,D,E e F; o mínimo que um turma chegava a possuir era 35 anos, pois
escola era composta por alunos que residiam em bairros circunvizinhos como a
Vila Irmã Dulce, Esplanada, Wall Ferraz e Torquato Neto. A estrutura da escola
encontra-se vandalizada, há salas que o ar condicionado não funciona direito
causando um calor insuportável. O banheiro da escola estava completamente
destruído por ação dos alunos-vandalos. A única área não-destruída pelos
alunos era a sala dos professores, a secretaria e a diretoria, o curioso disso
tudo é que somente áreas onde os alunos não tem acesso estão em bom
estado de conservação. A escola também dispõe de uma quadra poliesportiva
e muito espaço físico para os alunos poderem se distrair na hora do intervalo.

3. ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

Desenvolvi atividades de classe, atividades pra casa, revisões, aulas


expositivas, apliquei prova. Na disciplina de História da Ásia e da África a
professora Viviane Pedrazani cobrou (valendo nota) que a turma realizasse
uma atividade diferente. Eu e Kaio César exibimos vídeos sobre as danças
africanas na Escola Helena Carvalho. Exibi o filme “O Patriota” e também
apliquei provas e recuperações tudo sob a supervisão e comando do professor
Manuel Ricardo Arraes Neto. Os conteúdos foram apresentados a todas as
turmas desde A até a F, embora algumas turmas estivessem atrasadas e
outras adiantadas, graças aos feriados, as greves gerais. Também foi realizado
a apresentação (como forma de artigo) da experiência que eu tive na disciplina
de estágio supervisionado.

4. DIFICULDADES ENCONTRADAS

Examinando bem os quadros atuais do comportamento dos alunos é


perceptível à falta de interesse, as conversas paralelas, o barulho das gritarias
histéricas e a indisciplina foram as maiores dificuldades. Houve momentos em
que alguns alunos fizeram questão de fazer barulho apenas por birra, e outro
momento em que fui xingado, o professor presenciou as afrontas e puniu a
aluna com suspensão. Por vezes tinha de ser duro com os alunos, porém
deixava claro que não gostava de chamar a atenção dos alunos, mas quando
fosse necessário expulsaria os indisciplinados da sala de aula. Por vezes ao
encerrar o dia letivo voltava com dores de cabeça, rouco e cansado devido o
desgaste físico e mental por passar horas pedindo silêncio aos alunos. Ás
vezes em que substitui o professor supervisor de campo, os alunos não
levavam a aula a sério já que eu era apenas um professor estagiário.

5. PONTOS POSITIVOS

Estimo que sem dúvidas o maior ponto positivo fosse conquistar a simpatia
e a amizade dos bons alunos. Embora qualquer professor se depare com
situações citadas no item anterior a experiência de sala de aula possui seus
pontos positivos como ter amizade e estima dos alunos que valorizam a aula,
isso é muito prazeroso a qualquer estagiário ou professor. Nesse aspecto,
aconselhar e orientar os alunos a criarem interesses pelos estudos foi o ponto
positivo com os alunos problemáticos; com os alunos que têm interesse o
melhor de tudo foi demonstrar o quanto ser um bom aluno pode abrir portas,
isso ajudar a gerar uma perspectiva de ser alguém bem-sucedido futuramente.

6. SUGESTÕES

Na próxima disciplina de estágio supervisionado seria ótimo que no


momento da entrega do relatório a turma trocasse ideias sobre as estratégias
didáticas utilizadas, e comentar as dificuldades enfrentadas ao decorrer da
disciplina. Também seria ótimo se o(a) professor(a) que lecionasse a próxima
disciplina indicasse livros didáticos que sejam mais objetivos e de linguagem
fácil ou indicar paradidáticos pra utilizar com alunos que possuem dificuldade
de leitura/interpretação.
15. MODELO DE PLANO DE AULA

Nome da Escola: Escola Municipal Professor Ofélio Leitão


Disciplina: História
Professor: Ageu Degar Silva Oliveira
Série: 8o Ano
Turno: Tarde
Data: 27/04/2017

 OBJETIVOS

 Explicar como aconteceu o processo de independência nas treze


colônias
 Demonstrar por meio do filme “O Patriota” como ocorreram as batalhas
 Examinar os acontecimentos pré-independência.

 CONTEÚDOS

 A Independência Americana
 A Colonização Americana
 Relação entre colônia e metropóle

 METODOLOGIA/ATIVIDADES
Exibir o filme “O Patriota” e logo em seguida aplicar um questionário de
sete questões.

 RECURSOS
Notebook, Datashow, quadro e pincel

 AVALIAÇÃO
Por meio do comportamento, da assiduidade, da realização das tarefas e da
participação na aula.
15. MODELO DE PLANO DE AULA

Nome da Escola: Escola Municipal Professor Ofélio Leitão


Disciplina: História
Professor: Ageu Degar Silva Oliveira
Série: 8o Ano
Turno: Tarde
Data: 22/05/2017

 OBJETIVOS

 Definir o quê é colonização


 Diferenciar a escravidão indígena da escravidão negra
 Comparar a colonização da América espanhola com a América
portuguesa
 Explicar o que foram capitanias hereditárias

 CONTEÚDOS

 A Colonização da América Portuguesa


 A Colonização da América Espanhola
 O Brasil Açucareiro
 As capitanias hereditárias

 METODOLOGIA/ATIVIDADES
Aula expositiva por método magistral e fazer perguntas recorrente a
temática da aula.

 RECURSOS
Quadro, pincel e livro

 AVALIAÇÃO
Por meio do comportamento, da assiduidade, da realização das tarefas e da
participação na aula.
15. MODELO DE PLANO DE AULA

Nome da Escola: Escola Municipal Professor Ofélio Leitão


Disciplina: História
Professor: Ageu Degar Silva Oliveira
Série: 8o Ano
Turno: Tarde
Data: 20/06/2017

 OBJETIVOS

 Esboçar como funcionava a sociedade e a economia na América


Portuguesa
 Descrever como se deu a expulsão dos franceses
 Citar fatores que aguçaram o interesse dos holandeses ao Brasil
 Explicar o que é mercantilismo

 CONTEÚDOS

 O nordeste e a invasão francesa


 O Brasil holandês e o quilombo de Palmares
 Os portos coloniais
 Pirataria e Colonização

 METODOLOGIA/ATIVIDADES
Aula expositiva por método magistral e questionário.

 RECURSOS
Quadro, pincel e livro

 AVALIAÇÃO
Por meio do comportamento, da assiduidade, da realização das tarefas e da
participação na aula.
15. MODELO DE PLANO DE AULA

Nome da Escola: Escola Municipal Professor Ofélio Leitão


Disciplina: História
Professor: Ageu Degar Silva Oliveira
Série: 8o Ano
Turno: Tarde
Data: 28/06/2017

 OBJETIVOS

 Discutir o que foi o Iluminismo


 Comentar quem foram os grandes nomes do Iluminismo
 Constratar o período pré-iluminismo e pós-iluminismo
 Explicar o que é o liberalismo político

 CONTEÚDOS

 O Iluminismo
 Os expoentes do Iluminismo
 Liberalismo Político
 Os três poderes

 METODOLOGIA/ATIVIDADES

 Aula expositiva por método magistral e fazer perguntas durante a


aula.

 RECURSOS
Quadro, pincel e livro

 AVALIAÇÃO
Por meio do comportamento, da assiduidade, da realização das tarefas e da
participação na aula.
ANEXOS

1. ESTRUTURA ESCOLAR

A Escola Municipal Professor Ofélio Leitão é situada na zona sul de


Teresina (PI), no bairro Porto Alegre, na Avenida Ayrton Senna, N o 1345, CEP:
64001-970. A escola funciona nos turnos de manhã, tarde e noite; sendo o 6 o e
o 9o ano pela manhã, o 7o e o 8o ano à tarde e o EJA durante a noite. A escola
tinha seis turmas de 8o ano: A,B,C,D,E e F; o mínimo que um turma chegava a
possuir era 30 alunos, pois escola era composta por alunos que residiam em
bairros circunvizinhos como a Vila Irmã Dulce, Esplanada, Wall Ferraz,
Torquato Neto e Eduardo Costa.

A estrutura da escola encontra-se vandalizada, há salas que o ar


condicionado não funciona direito causando um calor insuportável. Entretanto,
a direção da escola fez o pedido de novos ventiladores e ar condicionado. O
banheiro da escola estava completamente destruído por ação dos alunos-
vândalos. Há também um buraco no muro da escola que por vezes é usado
para passar drogas, direção já tampou o buraco diversas vezes, mas sempre
furam outra vez. A única área não destruída pelos alunos era a sala dos
professores, a secretaria e a diretoria, curioso disso tudo é que somente áreas
onde os alunos não tem acesso estão em bom estado de conservação. A
escola também dispõe de uma quadra poliesportiva e muito espaço físico para
os alunos poderem se distrair na hora do intervalo.

Segundo a diretora a escola foi fundada em 1993, por iniciativa da própria


prefeitura. Ofélio Leitão que carrega o nome da escola foi um advogado e
professor piauiense. A maioria dos alunos que estudam nessa escola vem de
famílias menos abastadas, porém a maioria dos alunos está estudando em
séries que correspondente a sua idade. Já o corpo docente e a equipe
pedagógica (incluindo a direção e a coordenação da escola) possuem um
perfil socioeconômico de classe média baixa, todos são concursados e gozam
de uma certa estabilidade. Ao todo escola possui cerca de 1.200 alunos
incluindo os turmos de manhã tarde e noite; o corpo docente escolar possui 55
professores dos turnos de manhã, tarde e noite sendo eles 40 efetivos e 15
contratados; a escola possui 14 salas de aulas sendo um número de 33 turmas
dos turnos manhã, tarde e noite. A escola infelizmente não possui laboratório
de informática, mas em compensação possui um biblioteca. A escola tem
possui o espaço da direção, secretaria, salas dos professores e a coordenação

2. COMUNIDADE ESCOLAR

A Escola Municipal Professor Ofélio Leitão dispõe de uma equipe


pedagógica, a meta da equipe pedagógica é fazer com que a turma alcance
maiores notas na Prova Padrão, Prova Brasil e a melhoria das notas nas
disciplinas como um todo. A coordenadora da escola que faz parte da equipe
pedagógica além de desempenhar um papel ativo na equipe pedagógica
também leciona aulas de língua portuguesa. Entre outras funções a equipe
pedagógica tem a função de fazer com que os alunos melhorem seu
comportamento, em geral é a equipe pedagógica que faz reuniões com os pais
dos alunos.

O Projeto Político Pedagógico (PPP) visa como um todo formar um


cidadão com capacidades éticas, estéticas, linguísticas, lógico-matemáticas,
motoras, de interação e de inserção social. O PPP da escola também incentiva
os pais a cobrarem uma maior participação dos pais nos rendimentos escolares
dos alunos. A gestão da escola se profissionaliza e os professores são
inseridos em uma formação continuada, para manterem sempre um padrão de
bom professor que se atualiza profissionalmente por via dessa formação
continuada. O Projeto Político Pedagógico também inclui em suas metas que
os alunos se superem na nota do IDEB. Nos anos anteriores a escola obteve
uma nota de 5.2 em 2011 (melhor nota até momento), em 2013 e 2015 a nota
se manteve em 5.1; entretanto nos anos de 2007, 2009, 2011, 2013 e 2015 a
escola conseguiu atingir a meta. A meta estipulada pelo IDEB para o ano de
2017 é de 5.3, porém o projeto político pedagógico estipulou a meta para nota
6.0.

A escola também possui um monitor para que os alunos não “matem


aula” e fiquem passeando pelos corredores da escola enquanto estiver em
horário de aula. O livro didático está disponível para todos os alunos, dentre os
materiais didáticos da escola há uma biblioteca dentro da escola e há outros
recursos didáticos como o Datashow. O livro didático é um livro com linguagem
simples e bem prático com muitas ilustrações, figuras, pinturas e mapas. Num
sentido geral o material didático facilita bem a compreensão do aluno ainda que
o aluno leia sem ajuda do professor. O professor supervisor de campo além da
graduação tem especialização e da aula em escola pública e privada, segundo
o mesmo tem uma experiência de 15 anos em sala de aula. A concepção de
história do professor supervisor de campo é mais ligada a História Social,
segundo ele diz: “prefiro ler Thompson do que Chartier”.

3. COTIDIANO DE SALA DE AULA

A relação professor-aluno dentro da escola é uma relação delicada, a


maioria dos alunos respeita o professor, mas as conversas paralelas impedem
que a aula se proveitosa. As turmas de 8º ano por possuírem em média 40
alunos, faz com que se torne difícil prender a atenção da turma inteira. Os
professores procurar sanar as dificuldades dos alunos, mas uma minoria busca
ajuda do professor para que sejam tiradas quaisquer dúvidas. No intuito de
cativar um maior interesse pelo aprendizado o professor exibiu em sala de
aula, em todas as turmas, o filme O Patriota. Objetivo do professor é
demonstrar como aconteceu a independência das treze colônias, logo em
seguida como método avaliativo programático o professor aplicou um
questionário de sete questões vale pontos.

O processo ensino-aprendizagem rendeu frutos, a turma por meio do


filme teve uma compreensão maior do que significa colonização, escravidão,
guerra e independência. No momento da correção dos questionários os
resultados foram positivos, na aula seguinte o professor fez comentários sobre
o filme e fez perguntas aos alunos que embora geralmente não prestassem
atenção a aula demonstra ter compreendido o conteúdo histórico contido no
filme. Nos momentos de ausência do professor (por problemas de saúde)
prossegui com a aplicação de outros conteúdos do livro didático. Metade da
aula era dedicada à exposição do conteúdo e logo em seguida, a resolução de
atividades de classe e se o tempo não permitisse a tarefa era levada para casa.
Ao se aproximar dos dias da realização da prova incorria-se às revisões para
deixar os alunos preparados para prova.

A adequação do material didático era feita conforme o conteúdo de cada


semestre. O professor sempre demonstrou interesse em preparar um boa aula,
usava dois livros de diferentes, o que possuísse uma abordagem mais objetiva
e simples de entender sobre os assuntos recorrentes era utilizado em dado
momento. O livro didático mais usado era o História.doc da editora Saraiva com
autoria de Ronaldo Vainfas, Jorge Ferreira, Sheila de Castro Faria e Daniela
Buono Calainho. O livro possui roteiro de estudo, atividades, indicações de
filmes e leituras. Todos os alunos dispunham do livro didático, entretanto, nem
todos levavam o livro nas aulas de história. O professor demonstrava ter
interesse em preparar uma boa aula, porém menos da metade realmente tinha
interesse na disciplina.

Dentro das relações de poder da escola a direção era quem dava a


palavra final, no entanto, as opiniões dos professores sempre eram levadas em
consideração. A direção é composta pela diretora e o vice-diretor, os dois
revezavam entre si os horários para dirigir o funcionamento da escola. Quando
algum aluno não frequenta as aulas, não faz as atividades, briga e vandaliza
alguma coisa dentro da escola é a direção quem decide que tipo de punição o
aluno sofrerá. A equipe pedagógica também faz recomendações e atua de
forma de direta para conter a indisciplina e traçar metas de melhores notas.
QUESTIONÁRIOS
Durante nossa última aula exibimos parcialmente o filme “O Patriota”. Esta
atividade tem por finalidade aproveitar esta Obra do cinema como ferramenta
de aprendizagem. Para tanto, relembre das cenas visualizadas, dos temas
discutidos em sala e responda as questões que seguem.
1 – A qual tema estudado o filme faz referência?
2 – Relembrando dos trechos do filme “indique”.
a) O nome do personagem protagonista dos filme.
b) O nome do rei inglês acusado pelos colonos de ser tirano e de oprimir as
colônias
c) O nome da colônia onde se passa a guerra retratada
d) Nação (país) europeia(eu) que apoiou os colonos em sua luta contra
Inglaterra.
3 – Em uma das cenas mais marcantes da película ocorre um debate. Sobre
esta cena responda
a) Qual era o foco do debate?
b) Qual a posição do protagonista do filme durante o debate? Sua posição
foi a que prevaleceu no final.
c) Na fala do personagem Gabryel a luta era justa e gloriosa. Por que ele
afirmava isso? Se era assim, por que seu pai divergia dele?
4 – Uma questão central durante a guerra, e que foi muito bem destacada no
filme, foi a questão dos negros, ou seja, a escravidão. Qual era a posição dos
colonos brancos e a de seu exército diante dessa problemática?
5 – Em outra importante cena importante da Obra exibida, descreve-se a leitura
de um panfleto que divulgava: “[...] os escravos que lutassem por ano no
Exército Continental, seria considerado livre e receberia um shilling por mês de
serviço militar”. Isso realmente aconteceu? A posição do estado independente
surgido após a guerra, era coerente com os princípios ideológicos que
nortearam o conflito? Justifique.
6 – Os colonos que não lutavam apoiaram a luta de qualquer diversas formas.
Cite exemplos de personagens do filme que assim o fizeram.
7 – Ainda tratando da questão racial presente no processo de independência
dos Estados Unidos, podemos dizer que nos dias atuais essa questão é algo
superado naquele país? E no Brasil? Argumente sua resposta.
1 – Uma das instituições implantadas no Brasil Colonial, e que permaneceu por
muito tempo na sociedade brasileira, foi a escravidão, sobre esse tema
responda:
a)Por que o negro substituiu o índio como escravo naquele contexto sócio-
econômico?
b)Leia as estrofes abaixo e depois responda as perguntas:
Angola, Congo, Benguela
Monjolo, Cabinda, Mina
Quilda, Rebolo
Aqui onde estão os homens
Há um grande leilão
Dizem que nele há uma princesa a venda
Que veio junto com seus súditos
Acorrentados num carro de boi [...] (Jorge Ben Jor).
*Qual é o tema da letra da música
*Na primeira estrofe as expressões que aparecem fazem referência a que?
*Na segunda estrofe é mencionado “um grande leilão”. Que leilão seria esse?
c) A escravidão nunca foi aceita de maneira passiva pelo escravizado. Cite
algumas formas de resistência a escravidão praticada pelos escravos
brasileiros.
2 – Em 1888 ocorreu a abolição da escravidão no Brasil. Podemos dizer que no
Brasil de hoje não existem heranças do período escravagista? Justifique sua
resposta.
1 - Relacione as colunas levando em consideração informações sobre o Brasil
Colonial.
a) Exploração do Pau-Brasil
b) Extração do Ouro
c) Exploração do açúcar
( ) Ação litorânea envolvendo a mão-de-obra indígena
( ) Produção vinculada a existência à existência de latifúndio
( ) Aguçou o interesse holandês no Brasil, propiciando a invasão batava no
nordeste
( ) Deslocou o eixo de atenção do nordeste para o sudeste
( ) A organização visava à monocultura para a exportação.
2 – A exploração do Pau-Brasil foi a primeira atividade econômica desenvolvida
pelos portugueses no território brasileiro no início do período colonial. Sobre
isso responda:
a) Caracterize essa atividade.
b) Essa atividade pode ser considerada uma atividade de:
I – Extravismo Mineral II – Extrativismo Vegetal
III – Prospecção IV – Arvorismo
3 – Os tamoios e temininós eram tribos da zona da mata que viveram no
período colonial e falavam tupi. Apesar de parentes eram inimigas e
desenvolveram papéis importantes no contexto das invasões francesas a
Colônia Brasil. Sobre esse contexto responda:
a) O que vieram buscar os franceses?
b) Os tamoios aliaram-se aos franceses contra os portugueses, quando
aqueles invadiram Guanabara (1567). Deduza qual posição dos temininós e
que atitude tiveram ante a presença francesa naquele contexto.
4 – A organização do sistema de capitanias hereditárias pelos portugueses no
Brasil Colonial tem relação direta com as ameaças de invasão francesa, para
melhor análise desse contexto responda:
a) Explique a relação mencionada no enunciado acima:
b) No contexto histórico do século XVI, explique quem era:
*Capitão Donatário
*Sesmeiro
*Escravizado
5 – Para movimentar a economia colonial, Portugal escolheu como atividade
econômica a atividade açucareira e como modelo produtivo o plantion. A esse
respeito responda:
a) Por que a atividade açucareira foi escolhida?
b) O engenho era a unidade produtora do açúcar . Explique as funções dos
espaços do engenho abaixo relacionadas:
*Casa Grande
*Senzala
*Moenda