Você está na página 1de 5

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS

PLANEJAMENTO E CONTROLE ORÇAMENTARIO


MAINNY MESQUITA LOPES FERREIRA

INSTRUMENTOS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE FINANCEIRO


1. Qual é a diferença entre dados e informações?
Dados é o conteúdo quantificável e que por si só não transmite nenhuma mensagem que
possibilite o entendimento sobre determinada situação. Os dados podem ser considerados a
unidade básica da informação. Sem dados, não temos informações, pois estas são criadas a
partir daqueles. O dado não possui significado relevante e não conduz a nenhuma
compreensão. Representa algo que não tem sentido a princípio. Portanto, não tem valor algum
para embasar conclusões, muito menos respaldar decisões.

Informações são dados tratados. O resultado do processamento de dados são as


informações. As informações têm significado, podem ser tomadas decisões ou fazer
afirmações considerando as informações. A informação é a ordenação e organização dos
dados de forma a transmitir significado e compreensão dentro de um determinado contexto.
Seria o conjunto ou consolidação dos dados de forma a fundamentar o conhecimento.

Dado é a base para a informação. Ele não é capaz de descrever uma situação por
completo. Ele pode ser quantificado, mas não qualificado. Já a informação tem conteúdo
entendível, capaz de expressar uma situação.

2. O que você entende por sistema de informações gerencial?

Os Sistemas de Informação Gerencial (SIG) são sistemas ou processos que fornecem


as informações necessárias para gerenciar com eficácia as organizações. Um SIG gera
produtos de informação que apoiam muitas necessidades de tomada de decisão
administrativa e são o resultado da interação colaborativa entre pessoas, tecnologias e
procedimentos, que ajudam uma organização a atingir as suas metas. O sistema de
informação gerencial dá suporte às funções de planejamento, controle e organização de
uma empresa, fornecendo informações seguras e em tempo hábil para tomada de decisão.
O sistema de informação gerencial é representado pelo conjunto de subsistemas,
visualizados de forma integrada e capaz de gerar informações necessárias ao processo
decisório.
3. Qual é a principal função do controller?

Também chamado de gerente de controladoria, o Controller — termo em inglês para


controlador, é o indivíduo responsável pela contabilidade gerencial, de alto nível, e atividades
financeiras dentro de uma empresa.

O Gerente de Controladoria (Controller) tem a função básica de extrair e consolidar


informações relevantes, fidedignas e tempestivas, gerando relatórios para auxiliar a tomada de
decisões dos gestores de cada área, bem como para a diretoria da organização. Um gerente de
controladoria deve identificar pontos deficientes ou que podem ser melhorados para contribuir
no incremento da rentabilidade e lucratividade da empresa, monitorando exposições ao risco.

4. Qual é a finalidade do orçamento empresarial?

O Orçamento Empresarial é o ato de planejar e estimar


os ganhos, despesas e investimentos que a empresa terá em um período futuro, geralmente de
1 a 3 anos, dependendo do setor de atuação, mas que pode chegar até algumas décadas, como
frequentemente acontece em empresas de concessão e exploração. O principal objetivo
é estabelecer metas e objetivos, podendo assim acompanhar e comparar os resultados,
tomando ações corretivas ou preventivas caso necessário.

5. Cite os orçamentos específicos que, geralmente, fazem parte do orçamento geral de


uma empresa.

Orçamento de vendas; Orçamento de produção; Orçamento de matérias-primas;


Orçamento de mão-de-obra direta; Orçamento de custos indiretos de fabricação; Orçamento
de custo de produção; Orçamento de despesas gerais, administrativas e de vendas; Orçamento
de capital; Orçamento de aplicações financeiras e financiamentos; Orçamento de caixa;
Orçamento de resultado;

6. Qual é a finalidade do planejamento empresarial?

O planejamento empresarial é um processo essencial nas empresas e há muito tempo é


matéria de estudo e discussão. A importância do planejamento empresarial está em todos os
processos e passos que as empresas pretendem em direção ao crescimento, expansão e
objetivos gerais. O Planejamento Empresarial é visto como de vital importância para o bom
funcionamento administrativo e imprescindível para atingir a meta e os objetivos que se
deseja alcançar. Toda ação empreendedora e comercial parte primeiramente de um bom
planejamento estratégico.

7. O que enfatiza a filosofia da otimização, em planejamento?

O planejamento é visto por Oliveira (apud Ackoff, 1974, p. 5) por meio de três
filosofias predominantes:

Filosofia da satisfação: procurar atingir o mínimo de satisfação dos clientes e não


necessariamente exceder essas satisfações; Filosofia da otimização: utilização de técnicas
matemáticas e estatísticas e de modelos de simulação; Filosofia da adequação: Supõe que o
principal valor do planejamento está no processo de produzi-lo e não nos planos produzidos;
Supõe que as causas das necessidades de planejamento são decorrentes da ineficácia
administrativa e de controles e que o capital humano é o responsável pelas confusões que o
planejamento tenta eliminar ou evitar; O conhecimento do futuro é classificado como: certeza,
incerteza e ignorância.

8. Quais são os três tipos de planejamento empresarial? Dê as características de cada


um deles.

Planejamento Estratégico (Longo prazo) é o processo de elaborar a estratégia - definindo a


relação entre a organização e o ambiente. Planejamento estratégico é o processo de seleção
dos objetivos de uma organização. É a determinação das políticas e dos programas
estratégicos necessários para se atingir objetivos específicos rumo à consecução das metas: e
o estabelecimento dos métodos necessários para assegurar a execução das políticas e dos
programas estratégicos

Planejamento Tático (Médio prazo) é o responsável por criar metas e condições para que as
ações estabelecidas no planejamento estratégico sejam atingidas. Ou seja, podemos dizer que
o Planejamento Tático é a decomposição do Planejamento Estratégico para cada setor, para
cada área da empresa. A partir do Planejamento Tático temos como saída os Objetivos
Táticos para cada unidade específica da organização (produção, finanças, marketing e de
recursos humanos, etc.). Estes objetivos devem ser criados de forma a garantir que os
Objetivos Estratégicos sejam alcançados.
Planejamento Operacional (Curto prazo) é de onde saem as ações e metas traçadas pelo nível
tático para atingir os objetivos das decisões estratégicas. Estes são planos bem mais
detalhados que as etapas anteriores, especificando as pessoas envolvidas, cada uma de suas
responsabilidades, atividades, funções e divisão de tarefas além dos equipamentos e recursos
financeiros necessários para colocar os planos em prática.

10. Que são políticas?

Segundo o filósofo grego Aristóteles, a política é a ciência que tem por objetivo a
felicidade humana e divide-se em ética e na política propriamente dita. A política situa-se no
âmbito das ciências práticas, ou seja, as ciências que buscam conhecimento como meio para a
ação. É tudo o que se relaciona à busca de ações para o bem estar tanto individual como
coletivo.

Política empresarial é a guia de definições estratégicas que são os alicerces da


organização. São políticas internas, parâmetros, balizamentos ou orientações que facilitam e
servem de base para as tomadas de decisão em qualquer nível da empresa. Todas as empresas
possuem características específicas e diretrizes sobre a maneira de lidar com clientes,
colaboradores, fornecedores, produtos, serviços e, principalmente, a administração
empresarial. Nesse sentido, a política empresarial padroniza a linguagem utilizada em todos
os departamentos e operações.

11. Cite os três tipos de centros de responsabilidade.

São guias de raciocínios que orientam as tomadas de decisões, sendo eles: Centro de
custo; Centro de resultado; Centro de investimento.

12. Quais são as principais vantagens do sistema orçamentário?

A utilização de um sistema orçamentário pode ser entendida como um plano, que


engloba as operações anuais de uma empresa, onde é formalizado o desempenho das ações e
funções administrativas, pois oferece vantagens pela efetiva formalização. O objetivo
primordial do orçamento é o processo de estabelecer e coordenar objetivos para todas as áreas
da empresa, de forma tal que todos trabalhem sinergicamente em busca de lucros.
Introduz o hábito do exame prévio e minucioso de informações antes da TD. Contribui
para TD mais rápidas e acertadas (eficiência e efetividade). Estimula a participação de todos
os membros da administração na fixação dos objetivos. Exige quantificação das previsões.
Facilita a delegação de poderes. Exige informações contábeis confiáveis. Permite identificar
áreas eficientes e deficientes. Permite a utilização eficaz dos recursos disponíveis.

13. Cite as principais limitações do sistema orçamentário.

Entre os obstáculos encontrados, está o fato de que os dados contidos nos orçamentos
não passam de estimativas, estando assim sujeito a erros maiores ou menores, segundo a
sofisticação do processo e a incerteza inerente ao ramo da empresa. Portanto, não pode ser
usado com a mesma intensidade e complexidade por empresas de todos os tamanhos.

Outro aspecto importante é que o uso de um sistema ajusta-se melhor a uma dada
filosofia, e a certo estilo de administração, que talvez não sejam aceitáveis em algumas
empresas, entre estas empresas aquelas administradas com excesso de autoritarismo, pois o
uso dessa técnica sem delegação de autoridade e responsabilidade acabará transformando-se
mais em um exercício dispendioso do que em uma forma de administrar racionalmente os
recursos.

EXERCÍCIOS: Os seguintes orçamentos específicos foram apresentados ao controller,


mas de forma desordenada. Ordene-os e apresente-os em um gráfico, ligando-os
sequencialmente por meio de setas. Tome como base a figura apresentada no livro-texto.

Orçamento de vendas; Orçamento de produção; Orçamento de matérias-primas;


Orçamento de mão-de-obra direta; Orçamento de custos indiretos de fabricação; Orçamento
de custo de produção; Orçamento de despesas de vendas; Orçamento de despesas gerais e
administrativas; Orçamento de contratação; Demonstração de resultado;

Você também pode gostar