Você está na página 1de 3

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS


PRÓ-REITORIA ESTUDANTIL – PROEST
GERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL – GAE

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 04/2017/PROEST, DE 03 DE NOVEMBRO DE 2017

Dispõe sobre normas e procedimentos para concessão


da Bolsa Pró-Graduando da Pró-Reitoria
Estudantil/PROEST da Universidade Federal de
Alagoas - UFAL.

A Pró-Reitoria Estudantil (PROEST), usando de suas atribuições legais, nos termos do Art. 16, § 1º, do Regimento da
Universidade Federal de Alagoas;

Considerando os Decretos nº 7.234/2010, que dispõe sobre o Programa Nacional de Assistência Estudantil – PNAES, e
nº 7416/2010, que dispõe sobre a concessão de bolsas para o desenvolvimento de atividades de ensino e extensão
universitária;

RESOLVE:

Tornar pública a presente Instrução Normativa, visando o estabelecimento de normas e procedimentos para concessão
da Bolsa Pró-Graduando (BPG).

Capítulo I
Das Disposições Preliminares

Art. 1° Compete à PROEST da Universidade Federal de Alagoas/UFAL a concessão da BPG, cujo objetivo é ampliar
as condições de permanência das/os estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica durante sua formação
acadêmica presencial.

Capítulo II
Dos critérios de Concessão e Permanência

Art. 2º A BPG destina-se ao estudante que cumulativamente:

I – esteja devidamente matriculada/o em curso de graduação presencial da UFAL;


II – apresente renda per capita familiar de até um salário mínimo e meio, conforme o PNAES;
III – não receba qualquer outra bolsa de programas oficiais (PIBIC, PIBIT, Bolsa de Extensão, PET, Monitoria ou outra),
auxílio ou estágio remunerado em instituições públicas;
IV – não esteja cursando ou tenha concluído outro curso de nível superior, seja na UFAL ou em outra instituição de
ensino superior;
V – não seja estudante proveniente de mobilidade estudantil, inclusive do Programa de Estudantes – Convênio de
Graduação – PEC-G.

§ 1º O impedimento do acúmulo de bolsas e auxílio alimentação não se aplica aos estudantes dos Campi e ou
Unidades Educacionais que não possuam Restaurante Universitário.

§ 2º O bolsista BPG que se submeter à reopção ou novo ingresso via ENEM, terá garantida, uma única vez, a
permanência da condição de bolsista. Deve, para tal, procurar a PROEST/NAE e apresentar o novo comprovante de
matrícula.

Pró-reitoria Estudantil | Universidade Federal de Alagoas | Campus A.C. Simões | Av. Lourival Melo Mota, s/n, Tabuleiro do Martins, CEP: 57072-900 - Maceió/AL | Tel.(82) 3214-1017
. 3214-1079 . 3214-1080 . 3214-1081
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS
PRÓ-REITORIA ESTUDANTIL – PROEST
GERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL – GAE

Capítulo III
Da Solicitação e Seleção

Art. 3º O processo seletivo será realizado via edital sob a responsabilidade da PROEST, sendo a avaliação
socioeconômica realizada pelas/os assistentes sociais da equipe da assistência estudantil/UFAL.

§ 1º- Poderão ser realizadas, a qualquer tempo e em caráter complementar, entrevista e/ou visita domiciliar. Estas
ocorrerão ao ser constatada a necessidade pelo Serviço Social da assistência estudantil/UFAL, não sendo realizadas,
necessariamente, com todos os estudantes inscritos no processo seletivo.

§ 2º- A prestação de informação falsa ou em desacordo com os critérios estabelecidos, apurada a qualquer tempo, em
procedimento que assegure o contraditório e a ampla defesa, ensejará sua exclusão do processo seletivo ou do
atendimento pelo programa de assistência estudantil, sem prejuízo das sanções administrativas e penais
eventualmente cabíveis.

Art. 4º Caberá à PROEST divulgar o período específico no qual se dará o processo seletivo, a ser divulgado no site
oficial da UFAL.

Capítulo IV
Do Repasse do auxílio financeiro

Art. 5º O repasse da BPG ocorrerá no formato de auxílio financeiro, em valor estipulado por edital, a ser depositado
diretamente na conta bancária do aluno, especificamente em conta- corrente, de qualquer banco público ou privado.

Art. 6º Quando for concedida a liberação do recurso financeiro, esta se dará no mês subsequente ao do ingresso do
estudante no programa.

Art. 7º A solicitação de valores pendentes do Programa BPG será realizada diretamente ao setor responsável da
PROEST ou Núcleo de Assistência Estudantil – NAE.

a) Só poderão ser solicitados os pagamentos pendentes referentes ao ano-exercício financeiro em vigor, no limite
máximo de dois meses e mediante solicitação formal;
b) Os pagamentos em folha complementar não possuem datas de pagamentos prédeterminadas;
c) A/o bolsista não terá direito a solicitar valores retroativos referentes ao período no qual estiver com a bolsa suspensa.

Art. 8º O recebimento indevido de valores por parte da/o estudante implica o ressarcimento aos cofres da União por
meio de Guia de Recolhimento da União (GRU).

Capítulo V
Da suspensão da BPG

Art. 9º Haverá suspensão da BPG se a/o estudante:


I. Trancar a Matrícula por doença atestada pela Junta Médica da UFAL, no período máximo de um semestre letivo;
II. Estiver matriculada/o em menos de três disciplinas, exceto quando vinculada/o a TCC e não houver disciplinas a
serem cumpridas; ou estiver matriculada/o exclusivamente em disciplinas eletivas, com o cumprimento de carga horária
eletiva efetivado;
III. For contemplada/o em mobilidade acadêmica pelo período máximo de um semestre letivo, podendo a suspensão ser
prorrogada por ocasião da prorrogação da mobilidade acadêmica;

Pró-reitoria Estudantil | Universidade Federal de Alagoas | Campus A.C. Simões | Av. Lourival Melo Mota, s/n, Tabuleiro do Martins, CEP: 57072-900 - Maceió/AL | Tel.(82) 3214-1017
. 3214-1079 . 3214-1080 . 3214-1081
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS
PRÓ-REITORIA ESTUDANTIL – PROEST
GERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL – GAE

IV. For reprovada/o por falta (não comparecer a mais de 25% das atividades didáticas realizadas no semestre letivo),
conforme o Art. 10 da Resolução nº 25/2005 ‒ CEPE, de 26 de outubro de 2005;
V. Apresentar coeficiente de rendimento abaixo de 5,5 no último período letivo cursado;
VI. Obtiver aprovação abaixo de 50% das disciplinas cursadas no semestre anterior.

Parágrafo Único – O enquadramento em ao menos um dos incisos do presente artigo ocasionará suspensão da bolsa
e a/o estudante somente poderá ser reintegrada/o quando avaliada/o pela equipe multiprofissional da PROEST/NAE.

Capítulo VI
Do desligamento da BPG

Art. 10º. Ocorrerá desligamento da BPG quando a/o estudante:


I. Solicitar, a qualquer tempo, por escrito, através de formulário próprio entregue à PROEST/NAE;
II. Houver integralizado o curso;
III. Ultrapassar dois semestres do prazo regulamentar mínimo estabelecido no Projeto Pedagógico do Curso;
IV. Ultrapassar mais de um semestre matriculada/o apenas em TCC;
V. Efetivar trancamento de matrícula;
VI. Houver bloqueio de matrícula no sistema acadêmico, por deixar de efetivar a matrícula em um semestre letivo;
VII. For reprovada/o, por falta, em todas as disciplinas em que estiver matriculada/o em dois semestres consecutivos;
VIII. Descumprir as cláusulas previstas nesta Instrução Normativa e no Termo de Compromisso.

Capítulo VII
Das Disposições Finais

Art. 11º Compete exclusivamente ao candidato certificar-se de que cumpre os requisitos estabelecidos nesta Instrução
Normativa para concorrer ao processo de seleção da BPG.

Art. 12º A BPG ficará condicionada à disponibilidade orçamentária e financeira da UFAL.

Art. 13º. A qualquer tempo esta Instrução Normativa poderá ser alterada ou revogada no todo, ou em parte, por motivo
de interesse público, sem que isso implique direito de indenização de qualquer natureza.

Art. 14º. Esta Instrução Normativa entra em vigor na data de sua publicação, sendo revogadas as disposições
contrárias.

Silvana Márcia de Andrade Medeiros


Pró-Reitora Estudantil

Pró-reitoria Estudantil | Universidade Federal de Alagoas | Campus A.C. Simões | Av. Lourival Melo Mota, s/n, Tabuleiro do Martins, CEP: 57072-900 - Maceió/AL | Tel.(82) 3214-1017
. 3214-1079 . 3214-1080 . 3214-1081