Você está na página 1de 34

.

-~'---'
FONEMAS c) todas, menos a segunda.
d) a segunda, a quarta e a quinta.
1. (CPCAR) A medicina agora está estudando a e) somente a quarta e a quinta.
importância do bom humor e dos sentimen-
6. (PUC-R)) Um mesmo fonema pode ser grafado
tos positivos na prevenção e no tratamento de
de diferentes maneiras. Qual a lista de pala-
moléstias.
vras que exemplifica essa afirmação?
Nas palavras destacadas, constata-se, respec- a) Paciente, centro, existência
tivamente, a seguinte sequência de letras e b) existência, meses, batizaram
fonemas:
c) projeto, prejudicando, propõe
a) 9 - 9 / 5 - 3 / 11 - 10/ 9 - 9
b) 9 - 7 / 5 - 5 / 10 - 9 / 8 - 8 d) quem, quando, psiquiatra
c) 9 - 9 / 4 - 4 / 1O - 1O / 8 - 7 e) coisa, incomoda, continuidade
d) 9 - 8 / 5 - 4 / 11 - 9 / 9 - 8
2. (Unifesp) Na língua portuguesa escrita, quan- SílABA
do duas letras são empregadas para represen-
tar um único fonema (ou som, na fala), tem-se 1. (BNB) Assinale a opção que apresenta ERRO
um dígrafo. O dígrafo só está presente em to- quanto à divisão silábica:
dos os vocábulos de: a) ins-ti-tu-i-ção, co-me-ça-ram, pres-tí-gio
a) pai, minha, tua, esse, tragar. b) res-sur-gi-men-to, pres-ti-gi-o, ad-mi-rar
b) afasta, vinho, dessa, dor, seria. c) su-pers-ti-ção, ex-pe-ri-en-te, pers-pec-ti-va
c) queres, vinho, sangue, dessa, filho. d) ex-e-cu-ti-vo, a-brup-to, re-i-vin-di-car
d) esse, amarga, silêncio, escuta, filho.
e) ca-a-tin-ga, rit-mo, réus
e) queres, feita, tinto, melhor, bruta.
2. (CPCAR) Observe a divisão silábica dos vocá-
3. (UFSM-RS) Assinale a alternativa em que ape-
bulos abaixo.
nas uma das palavras apresenta dígrafo.
a) Alexandra - lhe I - ar-te-ri-al, ex-ces-so, su-bs-tân-cia
b) Esquecia - mesinha 11 - guer-ras, di-Iú-vio, pi-a-da
c) Guardava - enterro 111 - res-pal-do, ob-je-to, pres-são
d) Assistir - que
e) Senhora - então Está(ão) correta(s) apenas:
a) I e II.
4. (Ufal) As palavras bloco, vidro e refrão têm em
comum a presença de um: b)lelll.
a) ditongo crescente c) I, 11, III.
b) encontro consonantal d) 11 e 111.
c) ditongo crescente
d) dígrafo 3. (UFCE) Assinale as alternativas em que a sepa-
e) hiato ração silábica está correta:
a) go-ia-na e) con-ti-nu-a
5. (PUC-PR) Observe as palavras que seguem:
b) cor-ru-pção f) ir-mãos
1. Choque 4. Desce
2. Hotel 5. Passa c) sor-ri-so g) De-us
3. Varre 6. Molha d) ma-is
Das palavras acima, são pronunciadas com 4 fo- 4. (Unip-SP) Assinale o grupo de palavras em
nemas: que não há erro na separação de sílabas:
a) todas elas. a) in-a-pto, tran-se-pto, des-or-dem
b) todas, menos a primeira. b) né-ctar, fi-a-do, crian-ça
FONÉTICA 665

c) eles-u-nhar, ael-je-ti-va, ve-e-mên-cia 5. Assinale a alternativa em que não haja nenhum


d) gi-ras-sóis, mag-nó-lia, a-dã-lia erro de ortogrilfia.
c) ins-cien-Ie, <'111-si-J, né-sci-o a) A ilscenção do candidilto nas pesquizas su-
prendeu il todos.
5. (Acilfe-SC) Assinille il illterniltivil em que hã
b) A ilscenção do candidato nas pesquisas sur-
erro nil partição de sílilbils:
preendeu a toclos.
a) en-trar, es-con-der, bis-a-vô, bis-ne-to
c) II ascensão do candidato nas pesquisils sur-
iJ) i-da-de, co-o-pe-rar, es-tô-ma-go
preendeu il todos.
c) des-cen-der, cilr-ra-da, pos-so, a-tra-vés
d) A ascenção do cilndidato nas pesquisas sur-
d) des-to-ar, tran-sa-mil-zô-ni-co, ra-pé, on-lem
prendeu a todos.
e) pre-des-ti-nilr, ex-tra, e-xer-cí-cio, dan-çar
e) A assenção do cilndielilto nils pesquizas sur-
prendeu il todos.
ORTOGRAFIA 6. Faça o mesmo:
1. (Cesgranrio) Assinille o item em que ocorre a) A morte do paciente nilda tem il ver com a
erro ortogr<Ífico: paralisia dos órgãos.
il) ele mantém/ eles mantêm iJ) A morte cio paciente nada tem a haver com
b) ele dê / eles deem il paralizia dos órgãos.
c) ele contém / eles contêm c) A morte do pasciente nildil tem haver com a
d) ele vê / eles veem pilrillizia elos órgãos.
e) ele contém/ eles conteem d) A morte do pilsciente nadil tem a haver com
il pilrillisia cios órgãos.
2. (PUC-Camp) Assinale a alterniltiva correta:
e) A morte do paciente nada tem il ver com a
a) Não se deve infligir ilS leis.
parillizia dos órgãos.
b) Não se devem infringir as leis.
c) Não se devem infligir as leis. 7. (BNB) Assinale a alternativa em que todils ilS
eI) Não se devem inflingir ilS leis. pillilvrils estão escritas de formil ERRADA:
a) ojeriza, riqueza, pegajento
3. (UPF-RS) A pillilvra "porque" deveriil ter sido
b) veneziilna, coalizão, ilssaz
grilfada separadilmcnlc nil altcrniltiva:
a) Não se preocupe com o futuro, porque os c) asfixia, repuxo, COXiil
jovens têm energia para resolver proble- d) f1echil, broche, cocheira
1l1()S. e) despezil, deglacliar, distemção
b) O Brilsil serã enriquecido no próximo sé-
8. (BNB) Marque a alternativil em que todils as
culo, porque terã o maior contingente de
pillavras são escritas, CORRETAMENTE, com
jovens de sua história.
a letril indicilCla entre parêntese:
c) Alguns questionam porque o futuro é enca- a) a_ensorista, Cil_ar , cre _cer ( s )
rado com pessimismo por muitos.
b) tra_e, rabu_ice, re_eição ( j )
d) Acredite nos jovens, porque eles contribui-
c) ilu_liilr, asfi_ia, aflu_o (x)
rão para o progresso do Brasil.
e) Muitos problemas serão resolvidos, porque d) deten_ão, conten_ão, preten_ão ( ç )
os jovens estarão preparados paril isso. e) nobre_a, avi_ilr, coloni_ar ( z )

4. (CPCAR) Assinale a alternativa em que NÃO 9. (FGV-SIJ) Assinale a alternativil em que não
há erro de grilfiil. haja erro de grafia.
a) Poucos sabem por que você estã pensativo. a) l'Jão tinhil feito a prova no diil regulilr nem
b) Assinar o documento não trás dificuldade tão pouco il substitutiva.
nenhuma ao povo. b) Afim de que as soluções pudessem ser ado-
c) Não sei porque tanto riso. tadas por todos, José de Arimateia havia dis-
d) II atitude púdica de certils mui heres me sur- tribuído cópiils do reliltório no diil anterior.
preende. c) Porventura, meu Deus, estilrei louco?
666 FONÉTICA

d) Assinalou com um asterístico a necessidade e) oxítona terminada em i, oxítona termina-


de notas informativas adicionais. da em a e monossílabo tônico terminado
e) Com frequência, os médicos falam de AVe, em a.
Acidente Vascular CelebraI. Por isso, os pró-
4. (UCDB-MT) São acentuadas pela mesma razão
prios pacientes já estão familiarizados com
as palavras da alternativa:
esse termo.
a) ciúme - egoísta - saída
10. (FGV) Assinale a alternativa em que a grafia b) hífen - armazém - herói
de todas as palavras seja prestigiada pela nor- c) dominó - avô - tênis
ma culta.
5. (CPCAR) Assinale a alternativa cujas palavras
a) Auto-falante, bandeija, degladiar, eletrecista.
devem ser graficamente acentuadas, respecti-
b) Advogado, frustado, estrupo, desinteria.
vamente, pelas mesmas normas de glória, fá-
c) Embigo, mendingo, meretíssimo, salchicha.
cil, está, imunológico.
d) Estouro, cataclismo, prazeiroso, privilégio.
a) Ruídos, límpida, verás, ínterim.
e) Aterrissagem, babadouro, lagarto, mantei-
b) Incêndio, caráter, refém, protótipo.
gueira.
c) Juízes, revólver, têm, temática.

6. (FGV-SP) Assinale a palavra que está grafica-


ACENTUAÇÃO GRÁFICA mente acentuada pela mesma regra que deter-
1. (Fuvest-SP) Assinale a alternativa em que todas mina o acento em inadimplência.
as palavras estejam corretamente acentuadas. a) Mágoa. d) Heróico.
a) caíra, enjoo, bárbaro, velóz. b) Há. e) Baú.
b) jurití, automóvel, samambáia, jiló. c) Sabiá.
c) algoz, cauím, lençol, fácil. 7. (FGV-SP) Assinale a alternativa em que as pala-
d) pernalta, Tatuí, armazém, geleia. vras sejam, respectivamente: oxítona, oxítona,
e) conténs, heroico, chapéuzinho, Tietê.
paroxítona, proparoxítona, proparoxítona e
2. (Ufla-MG) oxítona.
a) Papel, sagu, andrajo, xenófobo, redondo, sacio
"Meu lenço, meu relógio, meu chaveiro ..."
b) Sabia, interessar, anjo, borrego, íntimo, saúde.
A regra que justifica o acento na palavra acima c) Canavial, superar, novel, cádmio, contíguo,
destacada é a mesma que justifica o acento interesseiro.
em: d) Saci, sagu, indelevelmente, pródigo, bíga-
a) tênis mo, sinal.
b) hábito e) Tizio, anéis, móvel, esperançoso, código,
c) glória colher.
d) convém
8. (PUC-R]) Indique a opção que apresentil pa-
e) invencível
lavras acentuadas segundo as mesmas regras
3. (Mackenzie-SP) As palavras aí, Ceará e vá são das palavras abaixo, respeitada a sua ordem
acentuadas por serem, respectivamente: de aparecimento:
a) monossílabo, trissílabo e monossílabo.
há - incrédulo - história - frágil - bebê - al-
b) ditongo tônico, trissílabo tônico e monossí-
guém
labo tônico.
a) já - Júpiter - telescópio - fácil - até - para-
c) ditongo tônico, oxítona terminada em a e
béns
monossílabo tônico terminado em a.
b) pôr - óbvio - herói - até - parabéns - está
d) hiato, oxítona terminada em a e monossíla-
c) já - plateia - óbvio - fácil - fazê-Ia - além
bo tônico terminado em a.
FONÉTICA 667

9. (FGV-SP) Assinale a alternativa em que a pala- za de que hoje faz sentido lançar ideias à
vra deveria ter recebido acento gráfico: mesa e trabalhar sobre elas.
a) Paiçandu. b) Taxi. c) Gratuito. c) Tantas passagens - remotas ou recentes - da
d) Rubrica. e) Entorno. história, foram marcadas pela esterilidade,
pela convicção coletiva de que nada do
10. WUC-Camp) A frase em que as palavras estão
que se pensasse, dissesse, fizesse, tentasse,
acentuadas corretamente é:
ousasse adiantaria alguma coisa, tão blo-
a) A providencia que foi tomada tem relação
queadas eram as perspectivas.
com o grupo de que ele é partidário.
d) Hoje vivemos o contrário disso. Sabemos
b) A saúde pública deve ser um dos assuntos
que ideias, pa lavras e gestos têm o poder de
centrais dessa reunião.
fecundar o terreno do século que termina,
c) Há muita polemica em relação a esse assun-
do século que começa e que, vale a pena,
to, por isso devemos ter cautela.
por isso viver esse momento.
d) Pouco tempo atrás, todos diziam que eles
estavam em situação bastante confortavel. e) Se aproveitamos com integridade, inteligên-
e) Há quem avalie que aquela foi a solução cia, trabalho e sentido de criação, não há
mais inocua de todas as apresentadas. limite para o que nos pode vir em troca. Se
perdermos essa oportunidade, se nos per-
dermos em banalidades neste ponto da his-
SINAIS DE PONTUAÇÃO tória que reclama grandeza, sobrará depois
1. (FGV-SP) Assinale a alternativa em que a pon- um profundo remorso.
tuação da frase seja a mais adequada.
(Trechos adaptados de Francisco Rezek )
a) Longe, além da função adverbial de lugar
tem a de adjetivo com significação de dis- 3. (FGV-SP) Observe a seguinte frase:
tante, afastado: é então geralmente usado
- Quem quer ir, perguntou o chefe.
no plural.
b) Longe além da função adverbial de lugar, A respeito dela, pode-se dizer que:
tem a de adjetivo com significação de dis- a) Deveria ter sido colocado um ponto de in-
tante afastado, é então geralmente usado no terrogação após a palavra ir.
plural. b) Deveria ter sido colocado um ponto de in-
c) Longe, além da função adverbial de lugar, terrogação após a palavra chefe.
tem a de adjetivo, com significação de dis- c) Deveria ter sido colocado um ponto de ex-
tante, afastado; é então, geralmente, usado clamação após a palavra chefe.
no plural. d) Bastaria colocar entre aspas a oração "-
d) Longe, além da função adverbial de lugar Quem quer ir".
tem a de adjetivo, com significação de dis- e) A frase está correta.
tante, afastado: é então geralmente usado
no plural. 4. (Cesgranrio) Assinale a opção em que a vírgula
e) Longe além da função adverbial de lugar está empregada para separar dois termos que
tem, a de adjetivo, com significação de dis- possuem a mesma função na frase:
tante, afastado; é então geralmente usado a) "Minhas senhoras, seu Mendonça pintou o
no plural. diabo enquanto viveu."
b) "Respeitei o engenho do Dr. Magalhães,
2. (MPO) Assinale a opção em que o texto apre-
juiz."
senta pontuação correta.
c) "E fui mostrar ao ilustre hóspede a serraria,
a) Há no mundo regiões que agora enfrentam
o descaroçador e o estábulo."
prob lemas genera Iizados, infi nita mente
mais graves que, aqueles com que nos con- d) "Depois da morte do Mendonça, derrubei a
frontamos em nossos piores momentos do cerca .. ,"
passado. e) "Não obstante essa propaganda, as dificul-
b) Mas parece reinar, em toda parte a certe- dades surgiram."
668 FONÉTICA

5. (Mackenzie-SP) Assinale o par de frases em ( ) apodreciam ao tempo sem atrair a atenção


que as vírgulas foram empregadas de acordo de ninguém ( ) a não ser de gatos arredios, que
com a mesma regra. () ao ver alguém () desapareciam embrenhan-
a) E se baratas, ratos, moscas e mosquitos fos- do-se nas macegas que tomavam conta dos
sem extermi nados? jardins () outrora orgulho de seus donos e mo-
Por mais estranha que a ideia possa parecer, tivo de admiração dos moradores da região.
sua vida depende dos pernilongas.
Os parênteses presentes no enunciado acima
b) Baratas, ratos, moscas e mosquitos são elos
ficam corretamente preenchidos pelos seguin-
fundamentais da cadeia alimentar...
tes sinais de pontuação:
Sem essas larvas, muita matéria orgãnica se
a) dois-pontos, ponto e vígula, ponto, vírgula,
acuI11ularia nos rios.
vírgula, ponto.
c) Por mais estranha que a ideia possa parecer,
sua vida depende dos pernilongas. b) vírgula, ponto e vírgula, ponto e vírgula, vír-
Sem essas larvas, muita matéria orgãnica se gula, ponto e vírgula, vírgula.
acumularia nos rios. c) vírgula, vírgula, vírgula, vírgula, vírgula, vír-
d) Baratas, ratos, moscas e mosquitos são elos gula.
fundamentais da cadeia alimentar... d) dois-pontos, vírgula, ponto e vírgula, vírgu-
Por mais estranha que a ideia possa parecer, la, ponto e vírgula, ponto e vírgula.
sua vida depende dos pernilongas. e) vírgula, vírgula, dois-pontos, dois-pontos,
e) E se baratas, ratos, moscas e mosquitos fos- ponto e vírgula, dois-pontos.
sem exterminados?
ll. (PU C-PR) Observe o enunciado e preencha os
Sem essas larvas, muita matéria orgãnica se
parênteses com os sinais de pontuação ade-
acumularia nos rios.
quados: "A partir daquele dia ( ) o filho assu-
6. (PUC-SP) Assinale a alternativa que justifica mia várias responsabilidades familiares () a de
corretamente o emprego da vírgula. levar o irmão à escola ( ) a de buscar a mãe na
a) Usa-se a vírgula entre o sujeito e o predica- loja ( ) a de fazer todas as compras do dia."
do COJllQ enl: "O S escravos, enl sua maioria
O espaços foram preenchidos, na sequência,
de origem indígena, reforçavam o uso da
com:
'língua geral' no ãmbito do privado."
a) ponto e vírgula I vírgula I vírgula I vírgula
b) Usa-se a vírgula em casos de inversão e
b) vírgula I dois-pontos I dois-pontos I vírgula
intercalação como em: "Por isso, foram re-
correntes, até os inícios dos Setecentos, os c) ponto e vírgula I ponto e vírgula I ponto e
pedidos das autoridades para que se envias- vírgula I ponto e vírgula
sem à capitania somente vigários versados d) vírgula I dois-pontos I ponto e vírgula I pon-
na língua dos índios." to e vírgula
c) Usa-se a vírgula em casos de intercalação e) dois-pontos I ponto e vírgula I vírgula I vír-
como em: " ... precisava-se falar em tupi, gula
sem o que parte da população nada com- 9. (CEETPS-SP) Assinale a alternativa válida relati-
preendia." vamente ao uso dos sinais de pontuação.
d) Usa-se a vírgula entre o verbo e seu com-
a) O fracasso social brasileiro, não difere do
plemento como em: "Havia mulheres, ade-
restante dos países emergentes, sobretudo
mais, que com certeza só sabiam a 'língua
na educação.
geral' .. ,"
e) Usa-se a vírgula entre o nome e seu com- b) O IDH - índice de Desenvolvimento Hu-
plemento como em: "No domínio público, mano retrata que o país apresenta alguns
contudo, precisava-se falar em tupi ..." avanços em relação às últimas décadas.
c) Além de políticas educacionais de incenti-
7. (PUC-PR) Observe o seguinte enunciado:
vo à permanência de brasileiros na escola, é
Velhas casas abandonadas ( ) todas em ruínas preciso melhorar a qualidade da educação.
MORFOLOGIA 669

d) Pode-se defender que, é possível se desen- trabalho, infantil e de salários, desiguais


volver sem crescer economicamente. para homens, e mulheres que ocupam fun-
e) O Brasil melhorou, mas ainda se registram ções similares.
práticas, insuportáveis de trabalho, escravo,

ESTRUTURA DAS PALAVRAS 5. (FGV-SP) Assinale a alternativa em que sejam


usados radicais ou prefixos - gregos ou lati-
1. (Uni rio) Identifique a série em que os prefixos
nos - correspondentes, respectivamente, aos
têm o mesmo significado:
seguintes sentidos:
a) contradizer, antídoto
b) desfolhar, epiderme dentro, duplicidade, em torno de, contra, me-
c) decapitar, hemiciclo tade, movimento para dentro, livro, vida.
d) supercílio, acéfalo a) Endoscópio, anfíbio, circunlóquio, antibióti-
e) semimorto, perianto co, hemiciclo, introspecção, bibliografia, bio-
grafia.
2. (PUe-Sp) Das afirmações abaixo:
b) Intramuscular, anfibologia, circum-navega-
I - as palavras dese/egáncia, realidade e baia-
ção, contraprova, semicírculo, internato,
nos são formadas pelo processo de deriva-
biblioteca, biosfera.
çilo;
c) Endoscópio, cosmopolita, circundar, anti-
II - as palavras a/;lslo, chamei e surgir estão
higiênico, semidespido, introspecção, bi-
flexionadas, respectivamente, pelas desinên-
bliografia, biografia.
ci(ls -o, ~eif .ir;
d) Interface, ambidestro, circundar, antônimo,
III - as palavras és e baianos apresentam a de-
semiólogo, biblioteca, biografia.
sinência -s, que indica plural. e) Endoscópio, ambivalente, circum-l1Jvegar, an-
Apenas: tepasto, seminal, introspecção, bibliografi,l,
a) I está correta. biografia.
b) III está correta.
c) I e III estão corretas. FORMAÇÃO DAS PALAVRAS
d) I e II estão corretas.
e) II está correta. 1. (UniFEI-SP) Assinale a alternativa em que as
palavras não sejam cognatas:
3. (UFSM-RS) Assinale a Lmica alternativa em que a) tristeza - entristecido
iI prillleira palavra apresenta prefixo e LI segun- b) previsão - imprevisto
da, sufixo. c) maresia - maremoto
a) desgraças - pimenta d) internacional - intercâmbio
b) incômoda - realmente e) ilusionista - desilusão
c) tristeza - realmente
2. (FGV-SP) Modelo: nobre - enobrecer
d) refresco - ninguém
e) ridículo - carnaval Observe que o termo enobrecer formou-se a
partir de nobre com o auxílio de um prefixo e
4. (UniFEI-SP) Assinale a alternativa em que o sig-
de um sufixo.
nificado do radical esteja errado:
a) hidro: água (exemplo: hidráulico) Abaixo, apresentamos pares de palavras. Em
b) pisci: peixe (exemplo: piscicultura) apenas um caso não se seguiu o modelo apre-
c) bio: vida (exemplo biologia) sentado. Assinale a alternativa correspondente.
d) agri: campo (exemplo: agricultura) a) triste - entristecer
e) antropo: antigo (exemplo: antropologia) b) escuro - escurecer
670 MORFOLOGIA

c) gordo - engordar mada com base em um radical: filtro. Quanto


d) duro - endurecer à formação vocabular, o título do poema e o
e) rico - enriquecer vocábulo infiltrado são constituídos, respecti-
vamente, por:
3. (CPCAR-MG) Leia atentamente as afirmativas
a) composição, e derivação prefixai e sufixal.
abaixo.
b) derivação prefixai e sufixal, e composição.
I - No vocábulo surradíssimo, observa-se a
c) composição por hibridismo, e composição
derivação sufixal.
prefixai e sufixal.
II - Os vocábulos sorriso, arterial e ironizar
d) simples flexão, e derivação prefixai e sufixal.
são formados por sufixos nominais.
e) simples derivação, e composição sufixal e
III - Patologia é formado por hibridismo.
prefixaI.
Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s):
a)lell. c) I. 8. (Unifesp) Tomando como referência os proces-
b) II. d) I, II e III. sos de formação de palavras, dada a relação
com o som produzido pelos equinos quando
4. (CPCAR-MG) Assinale a alternativa cujos vo- em movimento, a palavra Pocoló é formada a
cábulos são, respectivamente, formados pelo partir de uma:
mesmo processo: vitimadas, amoral, arterial. a) prefixação.
a) Patologista, diariamente, televisiva. b) sufixação.
b) Grandeza, imortal, positividade. c) onomatopeia.
c) Stress, imunológico, risonho. d) justaposição.
d) Prevenção, interferência, recorrência. e) aglutinação.
5. (Fuvest-SP) O prefixo assinalado em "desvario"
expressa:
SUBSTANTIVO
a) negação.
b) cessação. 1. (Vunesp) O gênero dos substantivos está cor-
c) ação contrária. reto em:
d) separação. a) É comum que as eclipses da lua coincidam
e) intensificação. com as piores tormentas e cataclismos.
b) A guia dos turistas não falava japonês e teve
6. (Mackenzie-SP) A palavra economiopia segue
de usar uma estratagema para comunicar-se
o mesmo modelo de formação lexical presen-
com eles.
te em:
c) Vamos dar um ênfase todo especial ao tra-
a) "aguardente".
balho de prevenção do diabetes.
b) "pé de moleque".
c) "passatempo". d) Não obteve, até agora, a alvará de funciona-
d) "minissaia". mento e deve enviar à prefeitura uma xerox
e) "antidemocrático". da inscrição da firma.
e) A personagem vivida por ele tem um com-
7. (Unifesp) Pneumotórax, palavra que dá títu- portamento que é um verdadeiro modelo
lo ao famoso poema de Manuel Bandeira, é da moral vitoriana.
vocábulo constituído de dois radicais gregos
(pneum[ol- + -tórax). Significa o procedimen- 2. (Fuvest-SP) A enumeração de substantivos ex-
to médico que consiste na introdução de ar na pressa gradação ascendente em:
cavidade pleural, como forma de tratamento a) "menino mais gracioso, inventivo e travesso".
de moléstias pulmonares, particularmente a b) "trazia-o amimado, asseado, enfeitado".
tuberculose. Tal enfermidade é referida no di- c) "gazear a escola, ir caçar ninhos de pássa-
álogo entre médico e paciente, quando o pri- ros, ou perseguir lagartixas".
meiro explica a seu cliente que ele tem "uma d) "papel de rei, ministro, general".
escavação no pulmão esquerdo e o pulmão e) "tinha garbo (. ..), e gravidade, certa magni-
direito infiltrado". Esta última palavra é for- ficência" .
MORFOLOGIA 671

3. (UFSM-RS) Passando para o plural os subs- 2. (Fatec-SP) Identifique em qual alternativa é er-
tantivos compostos "mesinha-de-cabeceira" rado colocar, após a palavra destacada, o ar-
e "quarta-feira", a alternativa correta é a se- tigo definido:
guinte: a) Afundou na lama ambos os pés.
a) mesi nhas-de-cabecei ra, quartas-fei raso b) Todos os dias passava por lá sem vê-Ia.
b) mesinha-de-cabeceiras, quarta-feiras. c) A todo passante perguntei, nenhum me in-
c) mesinha-de-cabeceira , quartas-feira. formou.
d) mesinhas-de-cabeceiras, quartas-feiras. d) Toda noite gotejou a torneira, não pude dor-
e) mesi nha-de-cabeceiras, quartas-fei ra. mir.
e) N.d.a.
4. (Unifor-CE) Assinale a alternativa correspon-
dente a um substantivo feminino: 3. (UFSM-RS) Em "Vencer esse suposto paradoxo
a) telefonema alfabetizando a população e incentivando-a
b) eclipse a ler cada vez mais", as palavras sublinhadas
c) cal classificam-se, respectivamente, como:
d) clã a) preposição, pronome oblíquo, artigo
e) grama (unidade de medida) b) pronome oblíquo, preposição, artigo
c) artigo, pronome oblíquo, preposição
5. (FGV-SP) Das alternativas abaixo, assinale
d) preposição, artigo, pronome oblíquo
aquela em que ao menos um plural NÃO está e) artigo, artigo, preposição
correto:
a) Mão, mãos; demão, demãos. 4. (USU-RJ) Assinale a opção em que a palavra
b) Capitão, capitães; ladrão, ladrões. a tem valor gramatical diferente de todas as
outras:
c) Pistão, pistões; encontrão, encontrões.
a) Eu sou a indiferença.
d) Portão, portões; cidadão, cidadães.
b) Sou eu quem te sepulta a ideia imensa.
e) Capelão, capelães; escrivão, escrivães.
c) Marquei-te a fronte, mísero profeta!
6. (BNB) Relacione os substantivos comuns ao d) Hoje veio a falar comigo.
seu substantivo coletivo e marque a alternativa e) Beijara a fronte sonhadora do poeta.
que apresente a sequência CORRETA:
A. ( ) correição 1 - form iga ADJETIVO
B. ( ) cordilheira 2 - alho 1. (UFV-MG) Assinale a alternativa em que não
C. ( ) réstia 3 - montes aparece adjetivo substantivado funcionando
D. ( ) turba 4 - heróis como sujeito:
E. ( ) claque S - espectadores a) Chorarão os religiosos.
F. ( ) falange 6 - ladrões
b) Chorarão os velhos.
a) 6, 5, 4, 3, 2, 1 d) 4, 1, 6, 3, 2, 5
c) Chorarão os nobres.
b) 1, 3, 2, 6, 5, 4 e) 5, 1, 3, 6, 4, 2
d) Chorarão as mulheres.
c) 2, 3, 4, 5, 1, 6
e) Chorarão os inocentes.

2. (FGV-SP) Assinale a alternativa em que a pala-


ARTIGO
vra sublinhada NÃO tem valor de adjetivo.
1. (UFU-MG) Em uma das frases o artigo definido a) A malha azul estava molhada.
está empregado erradamente. Em qual? b) O sol desbotou o verde da bandeira.
a) A velha Roma está sendo modernizada. c) Tinha os cabelos branco-amarelanos.
b) A "Paraíba" é uma bela fragata. d) As nuvens tornavam-se cinzentas.
c) Não reconheço agora a Lisboa do meu e) O mendigo carregava um fardo amarelado.
tempo. 3. (ITA-SP) Durante a Copa do Mundo deste
d) O gato escaldado tem medo de água fria. ano, foi veiculada, em programa esportivo
e) O Havre é um porto de muito movimento. de urna emissora de TV, a notícia de que
672 MORFOLOGIA

um apostador inglês acertou o resultado de 6. (CPCAR-MG) A expressão assinalada tem valor


uma partida, porque seguiu os prognósticos adjetivo em todas as alternativas abaixo, ex-
de seu burro de estimação. Um dos comen- ceio em:
taristas fez, então, a seguinte observação: a) espaço de tempo
"Já vi muito comentarista burro, mas burro b) missa das oito
comentarista é a primeira vez." Percebe-se c) toque de sineta
que a classe gramatical das palavras se al- d) um dia de sol
tera em função da ordem que elas assumem e) não deverão de modo alg!Jlll
na expressão.
NUMERAL
Assinale a alternativa em que isso NÃO ocorre:
a) obra grandiosa 1. (FMU/FIAM/FAAM-SP) Gastei lrinla dias ...
b) jovem estudante
A palavra em destaque é um numeral:
c) brasileiro trabalhador
a) cardinal
d) velho chinês
b) ordinal
e) fanático religioso
c) multiplicativo
4. (FGV-SP) Observe a seguinte frase: Recorrendo d) fracionário
a elas, arrisco-me a usar expressões técnicas, e) indefinido
desconhecidas do pClblico, e a ser tido por pe- 2. (Unitau-SP) Observe:
danle. Das alternativas abaixo, assinale aquela
I - "Essa atitude de certo modo religiosa de
em que a palavra sublinhada exerça a mesma
'um' homem engajado no trabalho ..."
função sintática de pedante, dessa frase.
a) As estações ti nham passado rápido, sem II - "Pedro comprou 'um' jornal."
que tivesse sido possível vê-Ias direito.
111- "Mari.J mora no apartamento 'um'."
b) Fui julgado culpado, embora não houvesse
provas decisivas a respeito do crime. IV - "Quantos namorados você tem? 'Um'."
c) Ele era difícil de convencer, mas concordou A palavra "um" nas frases acima é, no plano
quando a quantia foi oferecida. morfológico, respectivamente:
d) Caminhou depressa por entre os coqueiros. a) artigo indefinido em I e numeral em II, III e
IV
e) Ele passeou demasiado ontem; hoje, doem-lhe
b) artigo indefinido em I e II e numeral em III e
as pernas. Vai ser obrigado a deitar-se mais
IV
cedo.
c) artigo indefinido em I e III, e numeral em II
5. (CPCAR-MG) Assinale a alternativa incorrela e IV
quanto à morfologia. d) artigo indefinido em I, II, III e IV
a) Em "Eu canto porque o instante existe / E a e) artigo indefinido em III e IV e numeral em I
minha vida está completa", há conjunção e II.
coordenativa. 3. (Puc-Campl Os ordinais referentes aos núme-
b) Os versos "Pensava em ti nas horas de triste- ros 80, 300, 700 e 90 são, respectivamente:
za, / Quando estes versos pálidos compus" a) octagésimo - trecentésimo - septigentésimo
apresentam interjeição, adjetivo e substan- - nongentésimo
tivo.
b) octogésimo - trecentésimo - septigentésimo
c) Nos versos "Embora o sopro ardente da ca- - nonagésimo
lúnia crestasse os sonhos meus, / Nunca c) octingentésimo - tricentésimo - septuagési-
descri do bem da justiça, nunca descri de mo - nonagésimo
Deus", há três verbos. d) octogésimo - tricentésimo - septuagésimo
d) O verso "Eras na vida a pomba predileta" - nongentésimo
apresenta verbo de ligação e substantivo. e) nenhuma das respostas anteriores.
MORFOLOGIA 673

4. (UFJF-MG) IV\Jrque o emprego incorreto do palavras espécie e três são ;1Centuadas por
numerJI: apresentarem vogal "e" na sílaba tónica.
J) século III (três) b) O uso do pronome ela em achou mais sa-
b) páginJ 102 (cento e dois) boroso comer ela limpa, embora comum
c) 80" (octogésimo) na linguagem coloquial, não é apropriado
d) CJpítulo XI (onze) a textos fornl;lis.
e) X torno (décimo)
c) Em /-/á quase 50 anos, na pequena ilha c/c
Koshima, no Japão, as vírgulas separam
PRONOME Jposto explicativo.
1. (ITA-SP) AssinJle J incorretJ: d) Em ... 0 hábito se espalhou pelos irmãos
(1) Não se vá sem eu. mais velhos ..., a sequência em itálico tem
b) Ele é contrJ eu estJr Jqui. função de agente da passiva.
c) Ele é contrJ mim, estJr Jqui é crime.
e) No trecho Ninguém sabe ao certo se ele
d) Como eu estava doente, não houve pales-
percebeu ... , a conjunção em negrito intro-
trJ.
duz ideia de condição.
e) Não haveria entre mim e ti entendimento
possível. 6. (ITA-SP) Assinale J opção em que o uso do
pronome NÃO está de acordo com a norma
2. (BNB) Na orJção "Banco algum estaVJ preo-
padrão escritJ. (Excertos extraídos e adaptados
cupJdo em agradJr clientes.", a palavra em
de Folha c/e S.Paulo, 111111993.)
itálico corresponde a:
a) la cineasta sofreu] um derrame, do Cjual
a) um entre dois
nZio ma se recuperar mais.
b) Cjualquer
b) la rosto e a voz do cineasta I são aqueles
c) um certo
os quais estamos acostumados, talvez um
d) determinJdo
pouco mais cansados.
e) nenhum
c) IEstar doente era] uma realidade sobre a
3. (BNB) Assinale J opção em que existe erro, qual lo cineastal não sabiJ nada, sobre a
qUJnto à classificação morfológica das pala- qual jamais hJvia pensado.
Vf(lS em itálico: d) ICom ele, o cinemal não é mais um meio;
a) grJndes instituições estrangeiras - adjetivo torna-se um fim, no qual o autor é a princi-
b) tentJndo tomá-Ias - pronome pessoal do pal referência.
CílSO reto e) Depois de três cirurgias ilS Cjuais se subme-
c) OI,1I'io Caslello Branco - substantivo pró- tera, teve um ataque cardíaco.
prio
7. (CPCAR) Assinale a alternativa onde o prono-
d) uma nova gerJção - Jrtigo indefinido
me relativo, em destaque, est;í corretamente
e) Formar pessoal ~ substantivo coletivo
interpretado e classificado quanto à sua fun-
.1. (FGV-SP) Observe: "O diretor perguntou: ç50 sintática.
Onde estão os estagiários? MandJram-nos a) "A eCjuipe do doutor Berk acompanhou du-
sair? Estão no JndJr de cim;l?". O pronome rante um ano 100 homens que já haviam
sublinhado pertence: enfartado C..)"
J) À terceira pessoa do plural. Ique = 100 homens/objeto diretol
b) À segunda pessoa do singular. b) "Eles foram divididos em dois grupos, dos
c) À terceirJ pessoa do singular. quais um era obrigado a assistir mei;, hora
por dia a uma comédia televisiva."
d) À primeirJ pessoa do plurJI.
Idos quais = dos dois grupo<Jadjunto JdverbialJ
e) À segunda pessoa do plural.
c) "(Oo.) são medidas que fazem viver mais e
.:. (tv\ackenzie-SP) AssinJle a alternJtiva correta. mel hor."
(1) De (lcordo com (l gr<lmáticcl normativa, as Ique = medidas/sujeitai
674 MORFOLOGIA

d) "O resultado foi surpreendente: os que fo- a) Ele havia entreaberto a porta e viu sua prima
ram submetidos às sessões de risadas (.. .)" chegando.
[que = as/aposto) b) Vós odiaste a candidata eleita?
8. (Mackenzie-SP) Mosquitos são elos fundamen- c) Ele jamais foi aceitado pelos colegas de tur-
tais da cadeia alimentar da qual você também ma.
faz parte. d) Todo recurso disponível já foi gastado pelo
O trecho destacado pode ser corretamente governo.
substituído por: 2. (CPCAR) Escreva (V) para as afirmativas verda-
a) na qual você também faz parte. deiras e (F) para as falsas e, em seguida, assi-
b) a qual você também faz parte. nale a alternativa com a sequência correta.
c) onde você também faz parte.
d) que você também faz parte. modo indicativo, o pretérito imperfeito
) 1\10

e) de que você tamhém faz parte. expressa ação passada que se prolonga, o
pretérito mais-que-perfeito expressa fato
9. (TCU) Assinale a alternativa em que o prono- passado anterior a outro que também já
me oblíquo foi empregado segundo o que re- é passado, e o pretérito perfeito expressa
comenda a norma culta. Observe também a ação já concluída em época passada.
flexão dos verbos.
a) Quando nos vermos de novo, eu te cumpri- ) No período: "Não deixeis para amanhã o
mentarei. que podeis fazer hoje.", os verbos estão,
b) Quando nos vermos de novo, eu cumpri- respectivamente, nos modos imperativo e
mentar-te-ei. indicativo.
c) Quando virmo-nos de novo, eu te compri- ( ) Na frase: "O diretor aborrecia-se sem ra-
mentarei. zão.", o verbo está na voz passiva.
d) Quando nos virmos de novo, eu te cumpri-
mentarei. ( ) Em "Precisa-se de candidatos aplicados.",
e) Eu te cumprimentarei quando nos vermos tem-se voz ativa.
de novo. ( ) Em "Não te destruas com álcool, fumo e
10. (TCU) Assinale a forma mais adequada, le- demais drogas.", constata-se voz reflexiva.
vando em consideração a flexão verbal e o a) V - F - F - V - V
emprego do pronome de tratamento e do si- b)V -V - F -V-V
nai indicador de crase. c) F- V - V - F- F
a) Vossa Excelência, o Presidente, vem com os d) F- F - V - F- F
ministros a reunião?
b) Sua Excelência, o Presidente, vem com os 3. (BNB) Em "E há sempre a possibilidade real de
ministros à reunião? crescer no banco e vir a se tornar um sócio.",
c) Vossa Excelência, o Presidente, vêm com os existe a presença do verbo vir.
ministros para a reunião? Assinale a alternativa em que este verbo se en-
d) Vossa Excelência, o Presidente, vem com os contra no futuro do pretérito.
ministros na reunião? a) O jovem talentoso vem chegando.
e) Sua Excelência, o Presidente, vêm com os
b) O lucro virá no fim do ano.
ministros para a reunião?
c) O investimento viera mas perdera-se na bu-
VERBO rocraCia.
d) O cliente será bem atendido se vier nego-
1. (CPCAR) Assinale a alternativa em que os ver- ciar com o banco.
bos foram empregados de acordo com a nor- e) O sucesso viria se ele se esforçasse um pou-
ma culta. co mais.
MORFOLOGIA 675

4. (FGV-SP) Assinale a alternativa que completa Se não cabesse na bolsa o frasco que você
corretamente a frase: me emprestasse...
_ _ _ _,.--os documentos que encaminhare- 7. (FGV-SP) Assinale a alternativa em que o parti-
mos à Prefeitura. cípiu sublinhado está corretamente utilizado.
a) Terá de serem formalizados. a) O diretor tinha suspenso a edição do jornal
b) Terão de ser formalizado. antes da publicação da notícia.
c) Terá de ser formalizado. b) Lourival tinha chego ao mercado. Marli o
d) Terão de serem formalizados. esperava próxima da barraca de frutas.
e) Terão de ser formalizados. c) O coroinha havia já disperso a multidão
5. (Fuvest-SP) Dos verbos assinalados, só está que estava em vulta da Matriz.
corretamente empregado o que aparece na d) A correspondência não foi entregue no es-
frase: critório.
a) A atual administração quer crescer a arreca- e) Diogo tinha expulso os índios que cercavam
dação do IPTU em '100;.,. o povoado.
b) A economia latino-americana se moderni- 8. (FGV-SP) Na língua portuguesa, às vezes, ver-
zou sem que a estrutura de renda da região bos diferentes assumem a mesma forma ver-
acompanhou as transformações. bal. Isso NÃO OCORRE em:
c) Se fazer previsões sobre a situação econô- a) Fui, pretérito perfeito do indicativo de ir e
miG) já era difícil antes das eleições, agura de ser.
ficou ainda mais complicado. b) Viemos, pretérito perfeito do indicativo de
d) A indústria ficará satisfeita só quando vender vir e presente do inclicativo de ver.
metade cio estoque e transpor o obstácu lo dos c) Vimos, pretérito perfeito do indicativo de
juros. ver e presente do indicativo de vir.
e) Por mais que os leitores se apropriam de um d) For, futuro cio subjuntivu de ir e de ser.
livro, no final, livro e leitor tornam-se uma só e) Fora, pretérito mais-que-perfeito do indicil-
coisa. tivo de ir e de ser.
6. (FGV-SP) Assinale a alternativa que contenha, 9. (FGV-SP) Examine o termo sublinhado nos pe-
corretamente, os verbos das orações abaixo ríodos abaixo.
no futuro do subjuntivo. • O frasco maior contém mais líquido, é evi-
a) Se o menino se entretiver com o cão que dente.
pilssear na rua ...
• O relato da testemunha não condiz com os
Se não couber na bolsa o frasco que você fatos apontados pelus peritos.
me emprestar. ..
• Ele não intervirá na questão entre o árbitro e
b) Se o menino se entreter com o cão que pas- o atleta.
sear na fUéL ..
Assinale a alternativa correta a respeito desses
Se não caber na bolsa o frasco que você me
verbos, colocados no pretérito perfeito, mas
emprestar...
mantida a pessoa gramatical.
c) Se o menino se entretiver com o cão que a) Conteve, condiria, interveio.
p<1ssear na rua ... b) Conteu, condizia, interveio.
Se não caber na bolsa o frasco que você me c) Conteve, condisse, interveio.
emprestar... d) Conteu, condisse, interviu.
cI) Se o menino se entreter com o cão que pas- e) Continha, condizeu, interviu.
sear na rua ...
10. (FGV-SP) Em uma das alternativas abaixo, o
Se niio couber na bolsa o frasco que você verbo está em desacordo com a norma culta.
me emprestar. .. Assinale-a.
e) Se () menino se entretesse com o cão que a) Lastimo que você seja parente dele: nãu há
passeava nél rua ... como evitar a pena e, pior, ela deve ser longa.
G7G MORFOlOGIA

b) CJSO ele for fJzer o trabalho escolar na mi- d) Não subestime o consumidor. Venda produ-
nha CJSJ, vamos precisar encomendar algo tos de boa procedência.
para comer. e) Em caso de acidente, não siga viagem. Pede
c) De qualquer jeito, o professor quer que eu o apoio de um policial.
vá à reunião. Diz que minha presença é ne-
14. (Unifesp) Há certos verbos cujas flexões se
cessária, não sei por quê.
desviam do parJdigma de sua conjugação.
d) Se ele supuser que os frJdes estejam nJ Ca-
São considerados, por isso, irregulares. Al-
peia de Santa Filomena, vai perder um tem-
guns deles são: dar, estar, fazer, ser e ir. Na
po imenso.
estrofe de "O menino da porteirJ", ocorrem
e) Como Juca permaneceu muito tempo em
verbos dessa natureza. A alternativa que os
cada time em que jogou, fazia meses que
contém é:
ele não estreJva.
a) "Toda vez que eu viajava" e "De longe eu
11. (FGV-SP) Em qual das aiternJtivas não há J clvistava".
necessária correlação temporal das formas ver- b) "De longe eu avistava" e "Que corria abrilr]
bais? a porteira".
a) A festa aconteceu no mesmo edifício em c) "Que corria abrilr] a porteira" e " - Toque o
que transcorrera o pJssJmento de José MJ- berrante, seu moço,".
teus, vinte anos antes. el) "Que corria abri Iri a porteira" e "Que é p'ra
b) Quando Estela descer da carruagem, pode- mim ficálrl ouvindo".
ria acontecer-lhe uma desgraça se o cochei- e) "Depois vinha me pedindo:" e "Que é p'ra
ro não dispuser adequadJmente o estribo. mim ficálrl ouvindo':
c) Tendo visto o pJsto verde, o cavalo pôs-se a
15. (Fuvest-SP) Transpondo-se corretamente para
correr sem que alguém pudesse controlá-lo.
a voz ativa a oraçZio "para serem instruídos
d) Pelo porte, pelo garbo, todos perceberJm
por um JstrônolTlo (.. .)", obtém-se:
que Antônio Sé fora militar de alta patente.
a) para que sejam instruídos por um astrôno-
e) Se o policial não tivesse intervindo a tempo,
mo (. .. ).
teria ocorrido a queda do canhão.
b) para um astrônomo os instruírem (... ).
12. (FGV-SP) Assinale a alternativa em que todos c) para que um astrônomo lhes instruíssem
os verbos estejam empregados de acordo com ( ... ).
a norma culta. d) para um astrônomo instruí-los (. .. ).
a) Você quer, depois de tudo o que me fez, que e) para que fossem instruídos por um astrôno-
eu vou ao jantar com sua amiga? mo (. .. ).
b) Não faz isso, que os meninos estão para
chegar e eu ainda não preparei o almoço. ADVÉRBIO
c) Tende dó, meus filhos' Todos nós, pecadores,
:. (Fuvesl-SP) Na frase "O Sol ainda produzir,í
estamos sujeitos a essas tentações. Tende dói
energia (. ..)", o advérbio ainda tem o mesmo
el) Quem haveria de dizer que ele pode vim fa-
sentido que em:
zer esse conserto sem nenhuma dificuldade?
a) Ainda lutando, nada conseguirá.
e) Sai, que esse dinheiro é meu. Não me venha
b) Há ainda outras pessoas envolvidas no
dizer que o viu primeiro.
caso.
1::' (Fuvest-SP) Entre as mensagens abaixo, a Lmi- c) Ainda há cinco minutos ela estava aqui.
ca que está de acordo com a norma escritJ d) Um dia ele voltará, e ela estará ainda à sua
culta é: espera.
a) Confira as receitas incríveis preparadas para e) Sei que ainda serás rico.
você. Clica aqui! ::. (ITA-SP - adaptado) Geralmente a negação é
b) Mostra que você tem bom coração. Contri- expressa por meio de advérbios ou locuções
bua para a campanha do agasalho! adverbiais (não, tampouco, absolutamente, de
c) Cura-te a ti mesmo e seja feliz' modo algum, de jeito nenhum). Porém, existem
MORFOLOGIA (,/7

outras maneiras de negar. Aponte a opção em e) O poeta, por exceção, prefere a lua nova.
que, no enunciado, NÃO há ideia de negação. 5. WUC-Camp) A alternativa em que o advérbio
,1) Em 76 dos 96 distritos da cidade Ide São exprime ideia de intensidade é:
Paulo!, a falta de planejamento adequado a) A sociedilde parece ser pouco sensível.
aprofundou as desigualdades que eram
b) Usuários fazem sempre um peCjueno co-
enormes. (Pesquisa Fapesp, janeiro/2003,
mércio.
n. B3, p. 7.)
b) Metade das pacientes consome o Evista e a c) ... atitude essa centrada, evidentemente, em
outra metade, um placebo. Nenhum dos dois ilspectos repressivos.
grupos abandonou seus medicamentos habi- d) ... somente penalizando traficantes e usuá-
tuais para doenças cardiovasculares. (Idem, rios.
p. 22.) e) ... duplamente penalizados.
c) O que nós temos recomendado, agora, é
que o pesquisildor não só pilrticipe dil exe-
cução da pesquisa, mas também da sua PREPOSiÇÃO
concepção. (Idem, p. 24.)
1. (UCDB-MT) Assinale a alternativa que preen-
d) Esses dados preliminares mostram que difi-
che corretamente as lacunas.
cilmente será possível aumentar de forma
signifiGltivil - e não predatória - a quanti- Um dos candidatos _ prefeito de São Paulo
dade de pescado marinho capturildo pelo informou _ assessores _ não receberá os
Brilsil em SUil Zona Econômica Exclusiva jornalistas.
(ZEE). (Idem, p. 34) a) à - os - de que
e) Pesquisadores dil Universidilde de Oxford, b) à - os - que
no Reino Unido, constiltaram que roedores c) a - aos - de que
contilminados com o P,H,lsita (...) deix,llll
d) ii - os - que
de exibir a aversão natural aos gatos e, em
illguns casos, passam il se sentir atraídos e) a - aos - que
pelo odor dos bichanos. 2. (FGV-SP) Observe os termos sublinhados nas
segu intes frases:
3. (FAAP-SP) Em " ... o queixo fugiil-l he pelo ros-
to, infinitamente, ... ", o ildvérbio revelil uma • Chegou a hora do público se manifestar
figuril de linguagem: contra a publicação desse impostor.
a) pol issíndeto
• As palmas do público ecoavam pelo teatro,
b) hipérbole
em apoio à proposta de Nabuco.
c) ilnacoluto
d) prosopopeiil • Vist,] do plJblico, a cantora parecia bonita;
e) silepse da coxia, percebiZl-se flue erZl feia.

-+. (UFCE) Empregando o sufixo -mente, substitua Sobre eles, é correto afirmar:
as expressões grifadas por Ulll advérbio, cujo a) Para o segundo exemplo, vários gramáticos
sentido seja equivalente ao da expressão subs- recomendam a forma de o em lugilr de do,
tituída. porque a preposição est,\ regendo o sujei-
il) Pouco a pouco, o poetil aprenderia il partir to.
sem medo. b) Para °terceiro exemplo, vários grilmáticos
b) Sem dúvida alllum,l, a IUil nova é milis ale- recomendam a forma de o em lugar de do,
gre que a cheia. porque a preposição está regendo o sujei-
c) Ele ganhou um novo quarto e il aurora, !lO to.
mesmo t(empo. c) Nos três exemplos, os termos sublinhados
eI) PtlSSOU dez anos, SPIll interrupçi)o, com a exercem a mesma função sintática de ad-
janela virada para o pátio. junto adverbial.
678 MORFOLOGIA

d) No primeiro e no segundo exemplos, os ter- c) ... e fizeram para si coberturas para os lom-
mos sublinhados exercem a mesma função bos.
sintática de adjunto adnominal. d) ... ela começou dizer ii mulher...
e) Para o primeiro exemplo, vários gramáticos ª
e) Depois deu também dele seu esposo...
recomendam a forma de o em lugar de do,
porque o público é sujeito, que não deve CRASE
ser iniciado por preposição. 1. (FGV-SP) Assinale a alternativa correta quanto
3. (Mackenzie-SP) Poder pagar faz parte do proje- à ocorrência ou não da crase.
to, ao devolver a auto-estima e a dignidade. a) Juliana enviou os papéis à Secretaria, que os
encaminhou à Gerência.
Respeitado o sentido original, assinale a cons-
b) Devido a morte do pai, deixou de compare-
trução que poderia substituir o trecho em desta-
cer à solenidade.
que.
c) Passaram-se três meses até que Lucas aten-
a) por devolver a auto-estima e <1 riignirbril'.
desse à qualquer cliente.
b) se devolver a auto-estima e a dignidade.
d) O médico costumava atender de segunda à
c) <1ssim que devolve a auto-esti ma e a digni-
sexta-feira, das 14 as 18h.
dade.
e) Trouxera a mão várias armas, que lançou as
d) apenas se devolver a auto-estima e a digni-
costas dos inimigos.
dade.
e) quando devolvidas a auto-estima e a digni- 2. (PUC-PR) Assinale a alternativa em que o ele-
dade. mento colocado entre parênteses não preen-
4. (CEETPS) che corretamente os pontilhados.
a) Por favor, entrem e fiquem ......... vontade. (à)
"Apesar das conjunturas negativas, superamos b) Ele voltará daqui ..... meia hora. (a)
obstáculos." c) Sentou-se ...... mesa, mas não comeu nada. (à)
Analise as afirmações a seguir sobre o enun- d) Dirigiu-se ao quadro-negro e começou .....
ciado em destaque: escrever. (a)
I. A expressão "apesar de" presta-se a fazer e) O velho matou o gato ....... pauladas. (à)
uma comparação de igualdade, em que os 3. (UCDB-MT) Assinale a alternativa em que o a
elementos comparados têm igual relevãncia. deve obrigatoriamente receber o acento grave,
II. A expressão "apesar de" estabelece uma re- indicador de crase.
lação de importãncia relativa do elemento a) O progresso finalmente chegou a essa cidade.
conjunluras negativas, em relação a outro, b) A menina perguntou a sua mãe se ela gosta
mais importante, superamos obstáculos. de viajar.
III. O texto em destaque poderia ser assim
c) Pediram a Maria que ficasse calma.
enunciado: Mesmo considerando conjun-
d) O professor referia-se a aluna que estava au-
turas negativas, superamos obstáculos.
sente.
A alternativa com todas as afirmações válidas é:
e) A renda destinava-se a associações de c<1ri-
a) apenas I
da de.
b) apenas II
c) apenas III 4. (UCDB-MT) Assinale a alternativa que preen-
d) apenas I e II che corretamente as lacunas.
e) apenas II e III Como _ anos, sentaram-se todos _ mesa e
5. (Unifesp) A alternativa em que o uso da prepo- começaram _ conversar animadamente.
sição em destaque tem função mais estilística a) a - a - à d) há - a - a
do que gramatica I é: b) à - à - a e) há - à - a
a) ... quando estava com ela ... c) à- à- à
b) Do fruto das árvores do jardim podemos co- 5. (UCDB-MT) Assinale a alternativa em que o
mer. uso da crase é facultativo.
MORFOLOGIA 679

a) A vontade dele era ir ii Itália. A relação de sentido estabelecida por esta for-
b) Comprou móveis ii Lu ís xv. ma é de:
c) Dei um presente ii minha irmã. a) comparação nas duas frases.
d) Assistiram àquela sessão de cinema. b) conformidade nas duas frases.
e) Fumar é prejudicial ii saúde. c) comparação apenas em II.
d) conformidade apenas em II.
6. (MPO) Indique o item em que, de acordo com
e) exempl ificação nas duas frases.
as regras gramaticais, o a deve receber o acen-
to indicativo de crase. 2. (PUC-PR) Assinale a alternativa em que o ter-
mo colocado entre parênteses não substitu i
A visão destes anos 80 mostra uma sociedade
com o mesmo sentido o termo sublinhado da
ª
cindida de ponta (A) ponta e em cada deta-
frase.
lhe da vida social por conflitos heterogêneos,
a) Não merecemos nenhum castigo, dado Que
fragmentados, violentos, mobilizantes. Cada
nada fizemos. (pois que)
movimento destes se faz por conflitos distin-
b) Ele chegará cedo ao trabalho, salvo se o
tos e reconhece ª(B) si mesmo em espaço
trânsito o impedir. (a não ser que)
político próprio. E o Estado, em cujo espaço
c) Eu não quis ofendê-lo; depois, nem o co-
institucional se traduzem os efeitos de uma
nhecia direito. (ademais)
sociedade plural e desigual, formaliza suas re-
ª
ações (C) mobilização social. Nestes tempos
d) Resolvemos partir, conquanto tivesse chovi-
do muito ii noite. (embora)
turbulentos os governantes imaginaram uma
e) Você participou da festa; diga-me, pois, o
forma de exercício de poder que conciliasse
ª (D) emergência dos novos direitos com os
que aconteceu. (contudo)

limites autoritários de sua gerência. O Executi- 3. (Puc-Camp) "Talvez o dinheiro pago hoje aos
ª
vo se lança, então, (E) experiências várias de fotógrafos leve-os a cometerem excessos", su-
contenção social. geriu o fotógrafo que inspirou o personagem do
a) A b) B c) C d) D e) E filme de Fellini. "Mas não existem justificativas
para culpá-los." Fotos de Diana valiam muito
7. (TTN) Indique a letra em que os termos pre-
porque ela era sucesso de público, e suas apa-
enchem corretamente, pela ordem, as lacunas
rições eram virtuosas performances para que se
do trecho dado.
tirassem fotos e se tivesse uma história.
Assustada família com os versos em
As conjunções grifadas expressam ideia, res-
que o via sempre ocupado, foi reclamar ao
pectivamente, de:
grande mestre que não o via estudar em casa,
a) conclusão e explicação
ao que lhe foi respondido que _ _ sua assi-
b) adição e causa
duidade e aplicação _ aulas nada deixavam
c) alternância e tempo
_ desejar. Era o que bastava e daí pur diante
d) concessão e consequência
continuou tranquilo a ler e fazer versos. (Fran-
e) contraste e finalidade
cisco Venâncio Filho).
a) a - à - às - a 4. (AFR-Vunesp) Os provedores argumentam que
b) a - a - às - a não têm c/e pagar o imposto porque não sãu,
c) ii - a - as - ii por lei, cOllSic/erac/os empresas de le/ecomu-
d) à - à - às - a nicaçâo, mas apenas prestadores de serviço.
e) il - a - as - à (Veja, 08/01/97, p. 17)
A conjunção mas destacada no texto estabele-
CONJUNÇÃO ce entre as orações uma relação de:
a) tempo
1. (UFCE) Observe a forma grifada nos períodos
b) adição
abaixo:
c) consequência
I. Havia bichos domésticos, como o Padilha.
d) causa
II. romo lhes disse, fui guia de cego.
e) oposição
680 MORFOlOGIA

5. (AFR-Vunesp) A alternativa que substitui, cor- reo, exigência eventual para a Administra-
reta e respectivamente, as conjunções ou lo- ção, deve ele observar a regra de duração
cuções grifadas nos períodos abaixo é: dos prazos prevista no art. 57, inciso II, da
I. Visto que pretende deixar-nos, preparamos Lei 8.666/93, não estando, ,a
uma festa de despedida. sua duração adstrita à vigência dos respec-
II. Terá sucesso, contanto que tenha amigos in- tivos créditos orçamentários.
fluentes. )A contratação de transporte aéreo e a pres-
III. Casaram-se e viveram felizes, tudo ramo tação de fornecimento de passagens não
estava escrito nas estrelas. possuem a condição de fornecimento,
IV. Foi transferido, portanto não nos veremos não se pode, nesse negócio,
com muita frcquência. visualizar, como elemento de identificação,
a) porque mesmo que segundo o simples ato de emissão do bilhete de pas-
ainda que sagem, que constitui mera autorização para
b) como desde que conforme o uso do meio de transporte.
logo ) Para que dúvidas não viessem a subsistir,
c) quando caso segundo a título de exemplo, pode-se afirmar que,
tão logo ____ regido por normas do extinto De-
d) salvo se a menos que conforme creto-Ici nO 2.300/86, o contrato poderia ter
pOIS a sua duração dimensionada com vistas à
e) pois mesmo que segundo obtenção de preços e condições mais van-
entretanto tajosos para a Administração.
)Inadimplindo o contratado suas obrigações,
6. (CPCAR) Assinale a alternativa correta do pon-
a sanção administrativa pertinente lhe de-
to de vista morfológico.
verá ser aplicada, apenas necessitando a
a) Em "Vê-se que o mundo agora é outro", há
Administração disponha o ins-
conjunção subordinativa causal.
trumento contratual de previsão do per-
b) Em "Este é o poema de que lhe falei outro
centual relativo à multa aplicável no caso
dia", há conjunção integrante com valor de
concreto.
pronome relativo.
)A Lei nO 8.666/93, ao dispor sobre a dura-
c) Em "João viu-se em perigo", o "se" é partí-
ção dos contratos, o fez de tal modo que,
cula de realce.
_ _ _ não haja específica previsão, se o
d) Em "Penso que a paz deve reger a humani-
prazo máximo não foi alcançado, terá a Ad-
dade", há conjunção integrante.
ministração a possibilidade legal de realizar
"7. (TCU) Escreva, diante de cada texto, o número o dimcnsionamento dessa duração, até o li-
do item que preenche corretamente a lacuna: mite estabelecido.
( ) Deve-se entender como 'prestação de servi- (Leon Frejda Szlarowsky, com adaptações)
ço', definição insculpida no (1) que (5) ainda que
texto da Lei de Licitações e Contratos (arl. (2) j,í que (6) embora
6", II), a atividade contratada pela Adminis- (3) consoante (7) portanto
tração com a finalidade de alcançar deter- (4) no entanto
m inada uti Iidade de seu interesse.
A sequência numérica correta é:
)0 dimensionamento da duração dos con-
a) 4, 1, 3, 6, 7, 2, 5
tratos, previsto no inciso II, do arl. 57, da
b) 3, 4, 7,2, 6, 1, 5
Lei n" 8.666/93, pode e deve ser feito pela
c) 5, 3, 1, 6, 7, 2, 4
Administração sempre com a finalidade de
d) 3, 1,5, 7, 2, 4, 6
obter maior economicidade, respeitado, _
e) 5, 6, 1,3, 2, 7,4
_ _ _ _ _, o limite máximo de duração
em lei fixado (60 meses). a. (Fuvest-SI») Em "Era a flor, e não já da escola,
)Não possuindo o contrato de transporte aé- senão de toda a cidade.", a palavra assinalada
SEMÂNTICA 681

podc ser substituída, sem flue haja alteraç50 a) Como você conseguiu chegar até aqui?
de scntido, por: b) Como todos podem ver, a situaç50 n50 é
a) mas sim. d) portanto. das melhores.
b) dc outro modo. e} ou. c) N50 só leu os livros indicados, como tam-
c) exceto. bém outros de interesse pessoal.
d) Como n50 telefonou, resolvi procurá-lo
9. (Mackenzie-SP) Assinale a alternativa em que a
pessoalmente.
palavra "como" assume a mesma funç50 que
e) O arquiteto projetou o jardim exatamente
exerce em como fosse trazido 5 sua presença
como lhe pediram.
unl piréllél.

SIGNIFICAÇÃO DAS PALAVRAS a) sela/cela, sede (ê)/sede, lustro/lustre


b) acidente/incidente, conserto/concerto, olho
1. (CEETPS) "Um dos motivos pelos quais a teoria
(ó)/olho
da sustentabilidade nilo chega, muitas vezes, J
c) manga/manga, inapto/inepto, russo/ruço
prática é que as atitudes predatórias s50 muito
d) paço/passo, lactante/lactente, caçar/cassar
arraigadas nas elites política e empresarial."
e) diferi r/deferi r, cheflue/xeque, canto/ca nto
Assinale a alternativa que contém sinônimo
p,1ra a pal,lVra destacada no texto: 4. (IME-RJ) Indique a alternativa que completa
a) essas atitudes estilo fixadas nas elites corretamente a frase abaixo:
/lForam élS quantias para
b) essas atitudes s50 deixadas de lado pelas
a realizaç50 da festa, a que comparecer,lm
elites
personalidades da cidade."
c) essas atitudes s50 rejeitadas pelas elites a) vultosas - dispendidas - iminentes.
d) essas atitudes s50 desaprovadas pelas elites b} vultosas - despendidas - eminentes.
e) essas atitudes s50 repelidas pelas elites c) vultuosas - dispendidas - eminentes.
d) vultuosas - despendidas - iminentes.
2. (AFR-Vunesp) Assinale a alternativa que preen- e) vultuosas - dispendidas - iminentes.
che, correta e respectivamente, as lacunas nos
enunciados abaixo. S. (UCDB-MT) Assinale a alternativa incorreta.
Aguarda-se a do terreno para a cons- a) absolver = perdoar / absorver = sorver
truç50 do prédio. b) coscr = costurar / cozer = cozinhar
Para dar conta da tarefa, a equipe precisou c} cerrar = fechar / serrar = cortar
____ a camisa.
d) cela = arreio / sela = pequeno quarto
Trata-se de quantia ~, que poderá
levá-lo à falência. e) comprimento = extens50 / cumprimento =
a) cess50 suar vultosa saudaç50
b) sess50 soar vultuosa 6. (I3NI3) Assinale a alternativa que apresenta o
c) seç50 suar vultuosa sinónimo da palavra em itálico na oraç50: "A
d) cess50 soar vultosa mudança de diretrizes dos bancos de investi-
e) secç50 soar vultuosa mento é digna de encôm;us".
3. (I3NB) Assinale a alternativa que apresenta pa- a) alegrias d) cuidados
res de palavras homófonas, homógrafas e pa- b) elogios e) críticas
rónimas de acordo com a sequência: c) tristezas
682 SINTAXE

7. (FGV-SP) Assinale a alternativa correta quanto 9. (Fuvest-SP)


à relação grafia/significado.
CONTRA A MARÉ
a) Para sonhar, basta serrar os olhos.
b) Receba meus comprimentos por seu aniver- A tribo dos que preferem ficar à margem da
sário. corrida dos bits e bytes não é minguada. Mas
c) A secretária agiu com muita discrição. são os renitentes que fazem a tecnologia ficar
mais fácil.
d) Seus gastos foram vultuosos.
e) Tinha ainda conhecimentos insipientes de Nesta nota jornalística, a expressão "contra a
Matemática. maré" liga-se, quanto ao sentido que ela aí as-
sume, à palavra:
8. (FGV-SP) Assinale a alternativa em que, pelo sen-
a) tribo. d) tecnologia.
tido, o vocábulo sublinhado esteja mal utiliza-
do: b) minguada. e) fáci I.
a) A classificação era sempre dicotômica: ho- c) renitentes.
mens e mulheres, adultos e crianças, verte-
10. (CPCAR) Assinale a alternativa que preenche
brados e invertebrados.
corretamente as lacunas abaixo.
b) Uma parcela da população - o ~uimen­
to das pessoas idosas - será explorada nos O motorista ultrapassou o sinal
próximos anos. vermelho, atrapalhando o da
c) A inflação continuava, mas seu incremento avenida. O guarda de trânsito lhe _
era cada vez menor. _ uma rigorosa multa.
d) Na orla marítima, as residências de verão a) despercebido -tráfico - infringiu
seguiam cada vez mais caras. b) desapercebido - tráfico - infligiu
e) O termo refere-se à relação entre um estado c) desapercebido - tráfego - infringiu
subjacente de uma pessoa e seu comporta- d) despercebido - tráfego - infligiu
mento manifesto.

PREDICAÇÃO VERBAL cessitam de uma preposição para estabelecer


um nexo de dependência sintético-semântica
1. (CPCAR) leia as frases abaixo
entre as palavras. Assinale a alternativa que
I - "O ser que é ser transforma tudo em flo-
apresenta verbo transitivo indireto.
res."
a) " ... difundindo-se por todas as camadas sociais
11 - "Fica sereno, num sorriso justo."
e irradiando-se do privado para o pClblico."
111 - "Enquanto tudo em derredor oscila."
b) " ... voltada para o mercado interno..."
IV - "Quando rimos, rimos com o corpo
c) "Apenas no domínio público encontrava al-
todo."
guma rivalidade do português."
Quanto à regência dos verbos acima, pode-se
d) "São Paulo colonial esteve, até certo ponto,
dizer que
à margem da economia de exportação."
a) transformar e ficar são transitivos.
e) " ... como luíza Esteves, que em 1636 pre-
b) ser, ficar e rir são de ligação.
cisou de um intérprete para dialogar com o
c) oscilar e rir são intransitivos.
juiz de órfãos .. "
d) transformar e rir são transitivos diretos e
indiretos. 3. (FGV-SP) Assinale a alternativa em que, pelo
menos, um verbo esteja sendo usado como
2. (PUC-SP) Na relação entre termos regentes e transitivo direto.
termos regidos, há verbos transitivos que ne- a) Dependeu o coveiro de alguém que rezasse.
SINTAXE 683

iJ)Oremos, irm50s! 3. (FGV-SP) Assinale a alternativa em que o pro-


c) Chega o primeiro raio da manh5. nome você exerça a função de sujeito do ver-
d) Loureiro escolheu-nos como padrinhos. bo subi inhado.
e) Contava com o auxílio de Marina para cui- a) Cabe a você alcançar aquela peça do maleiro.
dar do evento. b) Não enchas o bal50 de ar, pois ele pode ser
levado pelo vento.
4. (UFPI) Em qual das alternativas não há verbo
c) Ao chegar, vi você perambulando pelo shop-
de ligação?
ping center da Mooca.
a) "O que está em jogo ... "
d) Ei, você, posso entrar por esta rua?
b) " mas os resultados não foram equivalentes."
e) Na Estação Trianon-Masp desceu a Angeli-
c) " o ministro está convicto ... "
na; na Consolação, nesceu você.
d) " o líder tucano estava mal-informado"
e) "As declarações parecem viáveis." 4. (UFRN) Considerando a oraç50 que se desta-
quem também as desigualdades étnicas, mar-
5. (UFRJ) A alternativa em que está correta a c1as-
que a opção correta:
sificaçJo do verbo dar quanto à predicação é:
a) O verbo está no plural para concordar com
a) Dei com os dois velhos sentados. (transitivo
a cxpressão as desigualdades étnicas.
di reta)
b) O verbo encontra-se na 3' pcssoa do plural
b) Os jornais não deram a notícia. (transitivo
porque o sujeito é indeterminado.
indireto)
c) A expressão as desiguale/ades étnicas exer-
c) O relógio deu onze horas. (transitivo direto
ce função sintática de objeto direto.
e indireto)
d) O vocábulo étnicas exerce função sintática
d) Quem dá aos pobres empresta a Deus. (in-
de complemento nominal.
transitivo)
e) Esse dinheiro não dá. (intransitivo.)
TERMOS INTEGRANTES DA ORAÇÃO
TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO 1. (UCDB-MT) Assinale a alternativa em que o
pronome nos tem a funç50 de objcto direto.
1. (UFU-MG) Assinale a única alternativa em que
a) Os diretores escutaram-nos atentamente.
a palavra cm dcstaquc n50 está determinando
o sujeito. b) Custou-nos aceitar a proposta.
a) "Achei-o um pouco abatido. Mais magro". c) Escreveram-nos uma longa carta.
(G. Rosa) d) O estagiário obedeceu-nos sem reclamar.
b) "E a enchente crescia. O caudal, barrento,
e) Deram-nos uma boa notícia.
oscilava aos golpes..." (G. Rosa)
c) "João do Quintiliano saiu furioso." (G. 2. (UEPA) Assinale a alternativa em que o prono-
Rosa) me lhe não foi empregado na função de objeto
d) " ... filou-me comum olhar novo, quase pro- indireto.
metedor. Fiquei sério." (G. Rosa) a) "Trago-lhe o grande homem que há de ser,
e) "O caixeiro-viajante sairá assombrado. (J. disse ele ao reitor."
Amado) b) "Ela manda chamar meu padrinho, diz-lhe
2. (UCDB-MT) "A frequência com que se des- que quer que eu saia do seminário..."
montam boas comissões técnicas em funç50 c) "Já lhe digo, n50 pratiquei nenhum crime,
das meras preferências pessoais do treinador é isso juro."
assustadora." (Juca Kfouri) d) "Afinal Damião contou tudo, o desgosto
O sujcito do verbo desmontar é: que lhe dava o seminário."
a) boas comissões técnicas e) "Damião viu-se perdido... beijou-lhe as
b) a frequência m50s, desesperado."
c) preferências profissionais 3. (CPCAR) Analisando o período "O senhor já
cl) indeterminado pensou em usar lentes de conta to, senhor Van
e) inexistente Gogh?", é correto afirmar que
684 SINTAXE

a) a oração "em IIsar lentes de contato" funcio- b) objeto direto de posso


na como objeto indireto do verbo pensar. c) objeto indireto de posso
b) ele é constituído de uma oração absoluta,
d) objeto direto de garantir
portanto, pode ser considerarlo uma frase.
c) o nLlCleo do objeto direto do verbo IIsar é o e) objeto indireto de garantir
vocábulo lentes, cujo complemento nomi- 7. (BNB) Em "A dedicação ao trabalho te enche
nal é a expressão de contato. de glória e te faz vencedor", as palavras em
ri) a expressão senhor Van Gogh tem função itálico são resrectivamente:
de aposto; pode, por isso, ser eliminada da a) objeto direto, objeto indireto, objeto direto
frase sem prejuízo ao sentido.
b) objeto indireto, objeto indireto, predicativo
4. (UFRN) Assinale a opção na qual a parte des- do sujeito
tacada equivale, sintaticamente, ao pronome
c) adjunto adnominal, adjunto adnominal, ob-
LHE:
jeto direto
a) O analfabetismo entre os brancos desceu Ii
taxa bastante acentuaria, segundo dados rio ri) objeto rlireto, objeto direto, predicativo do
IBGE. objeto

b) O censo forneceu à pesquisarlora rio IRGF e) predicativo do sujeito, predicativo do sujei-


subsídios para desmistificar a democracia to, objeto direto
racial.
c) O convívio pouco hostil entre brancos e
TERMOS ACESSÓRIOS DA ORAÇÃO
negros mascara a rliscrepãncia socioeconô- 1. (Unirio-R)) Em "Passamos então nós dois, privi-
mica entre os dois grupos. kgiélCbs criaturêls, a regalar-nos com a mesa .. ,",
d) O cruzamento dos dados do último censo a função sintática do termo sublinhado é:
do IBGE mostra a suposta rlivisão igualitária a) sujeito
entre brancos e negros. b) objeto direto
5. (FGV-SP) Em cada uma das alternativas abaixo, c) arosto
está sublinhado um termo iniciado por prepo- d) adjunto adverbii11
sição. Assinale a alternativa em que esse termo e) vocativo
não é objeto indireto.
a) O rapaz aludiu às hi5tórias passadas, quan- 2. (Unifor-CF) Ela fugiu duri1nte a invasão das tro-
do nossa bela Eugênia ainda era pratica- pas alemãs.
mente uma criança. A função sintática do termo sublinhado na frase
b) Quando voltei da Romênia, o Brasil todo acima é a mesma do que vem sublinhado em:
assistia à novela da Globo, todos os dias. a) A menina voltou feliz do internato.
c) Quem disse a Joaquina que as batatas deve- b) Um galo sozinho não tece uma manhã.
riam cozer-se devagar? c) Fiquei contrariaria com a sua resposta.
d) Com a aterrissagem, o aviador logo transmi- d) Sua mãe não me rarece bem.
tiu ao público a melhor das imrressões.
e) Os ~ses desocuparam a vila.
e) Foi fiel à lei durante todos os anos que pas-
sou nos Açores. :3. (CETEF-MG) Em: "Em pequena, Virgínia vira
uma sala repleta de móveis onde havia uma
6. (PUC-PR) Observe a frase que segue: estante com livros encadernados de dourado
"Não posso lhe garantir que todos estarão e preto.", os termos destacados têm a função
presentes à sua festa de formatura." si ntática de:
a) complemento nominal e objeto indireto
Do enunciado acima, pode-se afirmar que a
b) adjunto adverbial e adjunto adnominal
parte sublinhada desempenha a função de:
a) sujeito de posso c) adjunto adverbial e complemento nominal
SINTAXE 685

d) adjunto adnominal e complemento nominal nectivos adversativos. O conectivo mas esta-


c) complemento nominal e adjunto adnominal belece coesão entre a oraçilo "a tlla [vontadel
sejCl feita" e a oração "nilo [seja feita] a 1l1inha
4. (UniFEI-SP) Resolva as questões a seguir con- vontade." O conectivo contudo estabelece coe-
forme o código que segue: SJO entre:
a) adjunto adverbial de lugar a) a oração implícita !se não queres! e a ora-
iJ) adjunto adverbial de tempo ção não !seja feita! a minha vontade.
c) adjunto adverbial de modo b) a oração se queres e a oração não !seja feital
a minha vontade.
d) adjunto adverbial de G1USa
c) a oração afasta de mim este cálice' e a ora-
I - Segunda-feira haverá um jogo importante.
ção a lUa !vontade! seja feita.
II - Com o mau tempo não podemos trabalhar d) a oração implícita !se não queres! e a ora-
ao relento. ção a tua !vontade! seja feita.
III - O livro foi acolhido com entusiasmo pe- e) a oração a tua Ivontadel seja feita e a oração
los leitores. n,jo !seja feita! a minha vontade.
IV - O automóvel parou perto do rio. 3. (AFR-VUNESP) Assinale a alternativa em que
5. (UECE) Ocorre vocativo em: as orações grifadas nos períodos I e II desem-
a) "Então, senhor<l linhi1, ainda teima ... fI penham a mesma função sintática. (Trechos de
A hora da estrela, de Clarice Lispector.)
b) "Entre os dedos dele, unidinha a eles, furan-
a) I - Não sei se estava tuberculosa, acho que
do <:lbaixo e acima ... "
não.
c) "A senhora não é alfinete, é agulha."
II - Se é pohre, não estará me lendo porque
d) "Mas você é orgulhosa." ler-me é supérfluo ...
b) I - A moça um dia viu num botequim um
PERíODO COMPOSTO
homem tão, tão, tão bonito que - que que-
1. (FGV-SP) Observe os períodos abaixo, diferen- rii1 tê-lo em C.lSé1.
tes quanto à pontuação. II - Encontra-se comigo próprio era um bem
o Adoeci logo; não me tratei. que ela até então não conhecia.
c) I - E minha vida (...) responde que devo lutar
o Adoeci; logo nilo me tratei.
com quem se agora, mesmo que eu morra de-
e\ observação atenta desses períodos permite pois.
dizer que: II - Cristo tinha sido além de santo um homem
a) No primeiro, logo é um advérbio de tempo; como ele, emhora sem d(>nte de ouro.
no segundo, uma conjunção causal.
d) I - Nunca se perguntara por que colocava a
b) No pril)lC:"iro, logo é UJll<l p.Jlilvra invariável;
barra embaixo.
no segundo, uma palavra variável.
c) No primeiro, as orações estilo coordenadas II - Eu só não digo palavn-,es grossos porque
sem a presença de conjunção; na segunda, você é moça donzela.
com a presença de uma conjunção conclu- e) I - Sei que há moças que vendem o corpo,
siva. LlIlica posse real, em troca de um bom jan-
d) No primeiro, as orações estão coordenadas tar em vez de um sanduíche de mortadela.
com a presença de conjunção; na segunda, II - Depois que Olímpico a despediu,j;í
sem conjunção alguma. que ela não era uma pessoa trist~, procurou
e) No primeiro, a segunda oração indica al- continuar.
ternância; no segundo, a segunda oraç50
... (CI'CAR) As orações destacadas dos versos de
indica a consequência.
Bocage podem ter a função de substantivo
_ (Unifesp) A frase "\:ontlldo. nilo a minha von- (1) ou adjetivo (2). Assinale a alternativa que
tade. mas a tua sela , feita l " contém dois co- apresenta a correlação incorreta.
686 SINTAXE

a) "Envergonha-te ao menos A parte em destaque de cada período mantém


De seres só feliz quando o permite (1) com a outra parte, na ordem, uma relação sig-
nificativa de:
O teu rival soberbo "Que doçura l Que en-
a) Condição, causa, comparação, concessão,
canto!
consequência.
Este som faz que em êxtase me sinta! (1) b) Causa, causa, comparação, causa, conse-
É verdade, é verdade: os anjos ouço " quênCia.
b) "À cândida Filena estar unido c) Causa, causa, comparação, causa, conse-
quência.
Julgastes que um pastor não merecia: (2)
d) Causa, causa, conformação, concessão,
A mais doce prisão de Amor partistes."
consequência.
c) "Na menle vos observo: ei-Io a teu lado ~Causa,causa,causa,Qusa,caug.
implorando ao Senhor, que os maus flagela, (2)
8. (UCDB-MT) No período "Fmbora fosse bom
Perdão para o seu povo alucinado" jogador, não ganharia o prêmio.", a conjunção
5. (FGV-SP) Assinale a alternativa em que a ora- destacada dá ideia de:
a) temporalidade
ção sublinhada funciona como sujeito do ver-
bo da oração principal. b) proporção
c) concessão
a) Não queria que losé fizesse nenhum mal ao
d) fim
garoto.
e) causa
b) Não interessa se o trem solta fumaça ou
não. 9. (PUC-Camp) Há uma oração subordinada ad-
verbiai causal em:
c) As principais ações dependiam de que os com-
a) Mas não existem justificativas para culpá-los.
ponentes rio gruf)o tomassem a iniciativa.
lo) Fotos de Diana valiam muito porque ela era
d) Era uma vez um sapo que não comia
sucesso de público, e suas aparições eram
1l10SCélS.
virtuosas performances para que se tirassem
e) Nossas esperanças eram que a viatura pudes-
fotos e se tivesse uma história.
se voltar a tempo de sair atrás do handido.
c) Há poucos meses, alguns paparazzi se tor-
6. (UCDB-MT) Em "Eu esperava que me apoiasses", naram objeto das lentes dos colegas, quan-
a oração em destaque pode ser substituída por: do o foco das investigações sobre a causa
a) o seu apoio do acidente que matou a princesa de Gales
b) apoio deles virou contra eles.
c) o vosso apoio d) Se o motorista tivesse respeitado o limite de
d) o apoio de vocês velocidade, a tragédia teria sido evitada.
e) o teu apoio e) Mas não serve para fazer justiça quando
7. (PUC-PR) Observe a parte em destaque de se sabe que ao volante havia um motorista
cada período: embri<Jgaclo e irresponsável.
1- Bem marcado, Ronaldinho não tem uma
boa atuação. ORAÇÕES REDUZIDAS
2- Como chegou atrasado, não consegu iu
1. (UCDI3-MT) "Não se trata aqui de imputar tais
acompanhar a discussão.
práticas a este ou àquele treinador." A oração
3- Tem um domínio de bola como ninguém. em destaque é classificada corno:
4- Se bem que quisesse a verdarle, ninguém a) subordinada substantiva objetiva indireta
acreditou. reduzida de particípio
5- Choveu tanto, que não foi possível realizar lo) subordinada substantiva completiva nomi-
o jogo. nal reduzida de infinitivo
SINTAXE 687

c) subordinada substantiva objetiva indireta c) A solução era esperarmos.


reduzida de infinitivo d) Estaríamos prontos, chegada a hora.
d) subordi nada adverbial concessiva reduzida e) n.d.a.
de infinitivo
e) subordinada adverbial condicional reduzi-
SINTAXE DE CONCORDÂNCIA
da de gerúndio
1. (UCDB-MT) Das frases abaixo, a única inteira-
2. (Unifor-CE) Se fizermos uma comparação com
mente de acordo com as normas gramaticais é:
os índios. poderemos dizer que os civilizados
a) Devem haver outra razões para ele ter desis-
são uma sociedade sofrida.
tido.
Assinale a alternativa em que as orações do b) A apuração dos votos vai continuar até a
texto, grifadas na frase acima, estão correta- madrugada.
mente transformadas em orações reduzidas. c) Pode existir muitos problemas na diretoria
a) Caso fizermos uma comparação ... serem da empresa.
os civi Iizados... d) Vão fazer três meses que ela não o procu-
b) Quando se faz uma comparação ... sejam ra.
os civilizados ... e) Houveram surpresas na reunião de ontem.
c) Feita uma comparação ... sejam os civiliza-
dos... 2. (Carlos Chagas-SP) Assinale a alternativa que
d) Fazendo uma comparação ... sejam os civi- preenche corretamente os espaços:
lizados... Talvez ainda peças sem lubrificação,
e) Fazendo uma comparação ... serem os civi- mas não existir mais defeitos mecâni-
lizados... cos, pois o carro está rodando sem problemas
3. (FGV-SP) Observe, nos seguintes períodos, as já três dias.
a) hajam - devem - fazem
orações que contêm verbo no gerCmdio:
• Estando as meninas em Araxá, foi Ronaldo b) hajam - devem - faz
ter com elas. c) haja - deve - faz
• Sendo o aluno um jovem estudioso, deverá d) haja - deve - fazem
facilmente obter aprovação. e) haja - devem - faz
• Sendo brasileiro o advogado, poderei aten-
3. (IME-R)) Aponte a alternativa correta:
dê-lo; caso contrário, não.
a) É preciso coragem.
Essas orações são subordinadas adverbiais. b) Antônio ou João será o presidente.
Assinale a alternativa que indique respectiva-
c) E isso eram trevas da noite.
mente a circunstãncia de cada uma.
ci) Hoje são trinta de julho.
Leve em conta que a oração pode indicar mais
e) Todas estão corretas.
de uma circunstância.
a) Causa, causa, consequência. 4. (IME-R)) Complete os espaços em branco com
b) Tempo, causa, finalidade. a opção correta:
c) Consequência, concessão, finalidade. Ainda _ _ furiosa, mas com violên-
d) Tempo, causa, condição. cia, proferia injúrias para escandalizar
e) Condição, finalidade, tempo. os mais arrojados.
a) meia - me nas - bastantes
4. (Fatec) Há orações reduzidas que podem ser
b) meia - menos - bastante
desenvolvidas em oração adjetiva. Aponte a
alternativa em que isto ocorre. c) meio - menos - bastante
a) Eram cadáveres a se erguerem nos túmulos. d) meio - menos - bastantes
il) Volte aqui, chegando a hora. e) meio - menas - bastantes
688 SINTAXE

5. (CPCAR) QUJnto à concordância verbJI, JnJ- b) Informem-no de que não venha.


Iise JS frJses: c) A gJrotada prefere à ginástica o jogo livre.
I - A mJioria dos doentes melhorJI11 qUJndo d) Informe-lhe de que não venllJ.
nem. e) O jogador visou o ângulo esquerdo da meta.
II - Devem hJver boas comédias. 3. (UCDB-MT) Desobedeceu ao pai e assistiu JO
III - Fazem algumas semJnas, Veja presenciou filme. Substituindo os termos em negrito por
o trabalho de dois médicos. pronomes, tem-se:
J) Desobedeceu-lhe e Jssistiu a ele.
IV - Afasta-se doenças com humor.
b) Desobedeceu-lhe e Jssistiu-Ihe.
V - ApenJs 8% dos risonhos tiveram recorrên-
ciJ de infarto. c) Desobedeceu-o e assistiu-o.
d) Desobedeceu-o e assistiu-lhe.
Estão corretas somente:
e) Desobedeceu-o e assistiu a ele.
a) I e V.
b)lell. 4. (CPCAR) Assinale a alternativa em que a oração
foi redigida de acordo com a norma culta.
c) II e III.
a) A abstinência é um sacrifício a que não dou
d) III, IVeV. a menor importância.
6. (PUC-SP) O trecho " ... os dois permanecemos b) Sofreu um incidente numJ de suas viJgens
trancados durante todJ a viJgel11 que realizJ- diárias à Petrópolis e correu sério risco de
mos juntos, ... " Jpresenta, quanto à concor- morte. Quando entrou no hospital, seu es-
dância verbal: tJdo de saúde erJ mal.
J) respectivJmente, silepse ou concordância c) Eu sou de menor, respondeu a menina as-
ideológica e indicação do sujeito pelJ flexão sustadJ ao policiJI.
verbJI. d) Ontem à noite, fu i ao teatro.
b) em Jrnbos os CJSOS, indicJção do sujeito e) Esse é o programJ que eu mJis gosto.
JpenJs pelJ flexão verbal.
5. (CPCAR) Leia com atenção esta frase: "Eles fo-
c) em ambos os casos, concordânciJ ideológi- rJm divididos em dois grupos, dos qUJis um
CJ ou silepse. erJ obrigJdo a assistir meia horJ por dia a umJ
d) respectivamente, concordância ideológica comérlia televisiva ..."
e silepse. Assinale J JlternJtivJ em que o verbo assistir
e) respectivamente, indicação do sujeito pelJ foi empregado com a mesma relJção semânti-
flexão verbal e silepse ou concordância ideo- ca do trecho acima.
lógicJ. J) Assisti o aluno atentamente.
b) Não lhe assiste esse direito.
SINTAXE DE REGÊNCIA c) Quem assistirá o presidente?
1. (IME-RJ) Assinale a frase correta: d) Assistimos ao jogo impacientemente.
a) Nem todas visavam aquele diploma.
6. (CPCAR) Complete as IJcunas de Jcordo com
b) Não lhe julgava capaz de tal coisa.
as normas de regência.
c) Bebercís de nosso leite, comerás de nosso
pão e partirás quando te aprouver. "VJis encontrar o mundo, disse-me meu pai,
d) Quando lhe ver, peça-lhe dinheiro. _____ porta do Ateneu. Coragem para J
luta.
e) Não nos foi possível assistir o desfile militar.
O menino, inocente, acostumado _
::. (IME-RJ) Marque com um X a opção cuja re-
gência verbJI está incorretJ: __ Jfagos domésticos, vai a pJrtir daí convi-
ver com uma realidade incompatível _
a) No século XVI, muitos negros preferirJm
_ _ _ _ _ sua."
mJis J morte do que a escravidão.
SINTAXE 689

A sequência correta é 2. (PUC-MG) Assinale a opção em que, segundo


a) il - (lOS - com a as regras da norma culta escrita, é possível ou-
b) a - com os - da trrt colocação para o pronome em destaque.
c) na - nos - à a) "Qualquer carta de amor, não importa o
d) diante da - dos - a que se encontre nela escrito, só fala C..)".

7. (UCDB-MT) Assinale a alternativa gramatical- b) "Se há outras pessoas na casa, ela as dei-
mente correta. xou."

a) Ele chegou atrasado na reunião. c) "Falta-lhe o ingrediente essencial da palavra


b) Ele entrou e saiu da sala em segundos. que é dita sem esperrtr resposta."
c) Ele mandou eu ir embora de casa. d) "Que lhe importa a cadeira?"
d) Ele prefere mais cinema do que teatro. e) "Num telefonema a gente nunca diz aquilo
e) Ele visou o alvo e atirou. que se diria numa carta."

8. (FGV-SP) Assinale a alternativa que NÃO OBE- 3. (UCDB-MT) Assinale a alternativa em que os
DECE à norma culta em relação à REGÊNCIA. pronomes obl íquos átonos estão colocados na
oração de acordo com a norma culta.
a) Constava que o maestro. nos momentos em
a) Disseram-me para que chegasse na hora
que mais dependia dos violinos, tinha um
marcada.
tique nervoso que denunciava sua prcocu-
pação. b) Me emprest,l um pouco o seu livro?
b) As normas a que todos obedeciam chama- c) Tinha iniciado-se a apuração dos fatos.
vam-se Gerais. As Especiais eram aquelas a d) A reunião que realizar-se-á amanhã será
que poucos obedeciam. muito importante.
c) Na história da cantora, desde criança, várias
e) Não diga-lhes nada por enquanto.
vezes apareciJIl1 referências a ela ser a me-
nina que ninguém na escola gostava. 4. (Puc-Camp) A frase em que a colocação pro-
d) O sal<írio quc elcs recebiam num mês mal nominal está adequada à norma culta é:
dava para cobrir as despesas básicas da fa- a) Guardarei-lhe o lugar até que ele chegue.
mília. Costumava-se dizer que sobrava mês b) Tentei o avisar do perigo, mas ele nem con-
no final do salário. siderou-me as palavras.
e) Tinha esperanças de que o mensageiro trou-
c) Me empresta o seu lápis?
xesse brevemente as notícias de que mais pre-
cisava. d) Seu livro está aqui, eu não coloquei-o na
esta nte porque não sei seu lugar.
SINTAXE DE COLOCAÇÃO e) Eu lhe recomendaria esse livro se você gos-
tasse de contos fant<ísticos.
1. (PUC-MG) De acordo com o padrão culto
escrito, assinale a opção em que o pronome 5. (FGV-SP) Observe a ocorrência da mesóclise
destacado pode colocar-se depois do verbo nos seguintes exemplos:
grifado:
.. veremos + o = vê-Io-emos;
a) "C ..) e, bem ordinária, me traz um estreme-
cimento dc colegial." - faríamos + os = fá-los-íamos;
b) "Nessa altura, as minhas pernas tinham me - veríamos + a = vê-la-íamos.
levado pro mundo da lua."
Assinale abaixo a alternativa em que a mesó-
c) "C ..) aposentado é quem se recolhe aos apo- c1ise ocorre de acordo com a norma culta.
sentos."
a) Fa-Ios-ei.
d) "Há dc ver que ali estavam lado a lado duas b) Entende-los-ás.
almas que se procurrtm." c) Partí-Ias-ás.
e) "(. ..) e, distraídas, disso não se çlerrtm con- d) Integrá-las-eis.
ta." c) Intui-Ias-emos.
690 ESTILíSTICA

6. (UFPI) Assinale a alternativa que avalia cor- c) É uma regra que só se aplica à linguagem
retamente a regra "Nunca inicie frase com o escrita.
pronome oblíquo". d) No uso coloquial, é comum dispensar-se
a) Está correta, mas os escritores não a obede- essa regra.
cem nunca. e) Aplica-se somente em situações da fala mui-
b) É uma regra ultrapassada, que ninguém to informais.
mais adota.

FIGURAS DE LINGUAGEM 4. (UCDB-MT) Em "Esperando, parada, pregada


1. (CPCAR) Assinale a alternativa em que predo- na pedra do porto'; nota-se a repetição dos
mina a linguagem metafórica. mesmos sons consonantais. Essa figura de
a) "Fica sereno, num sorriso justo, construção é conhecida como:
Enquanto tudo em derredor oscila." a) ai iteração
b) "A medicina agora está estudando a impor- b) polissíndeto
tância do bom humor e dos sentimentos
c) metonímia
positivos na prevenção e no tratamento de
moléstias." d) onomatopeia
c) "O resultado foi surpreendente: os que fo- e) eufemismo
ram submetidos às sessões de risadas sofre-
5. (UFV-MG) Viae 5ion lugent, eo quod non sint
ram menos episódios de arritmia ..."
venant ad so/emnitatem, isto é, "os caminhos
d) "A equipe do doutor Berk acompanhou du-
de Sião choram porque não há quem venha às
rante um ano 100 homens que já haviam
suas festas". Existe aí uma figura de linguagem
enfartado..."
que consiste em atribuir a um ser inanimado
2. (UFPA) O trecho em que a decadência do jogo característica de ser humano, chamada perso-
do bicho está expressa por metáfora é: nificação. Assinale a opção em que ocorre o
a) "Corria o carnaval de 1993, o último ano de uso dessa figura.
ouro vivido por esse bicheiro elegante." a) " ... despojados assim os templos, derruba-
b) "Passados dois meses de sua morte, o jogo do dos os altares, acabar-se-á no Brasil a cris-
bicho enfrenta uma crise sem precedentes." tandade católica ..."
c) "Seus líderes perdem dinheiro sem parar."
b) " ... acabar-se-á o culto divino..."
d) "Os sorrisos fenecem nos lábios dos con-
traventores. Eles sabem, mais do que nin- c) "Chorarão as pedras das ruas, como diz Jere-
guém, que o bicho está anêmico." mias que choravam as de Jerusalém destruí-
e)"Já vai longe o tempo em que a contraven- da."
ção empregava tanta gente quanto a indús- d) " ... passará a Quaresma e a Semana Santa, e
tria naval no Rio de Janeiro." não se celebrarão os mistérios da vossa Pai-
xão."
3. (UCDB-MT) Em "Minha vida era um palco
iluminado", encontra-se a seguinte figura de e) "Passará um dia de Natal, e não haverá me-
linguagem: mória do vosso nasci mento..."
a) polissíndeto
6. (Fuvest-SP) Na frase "C .. ) data da nossa inde-
b) metonímia
pendência política, e do meu primeiro cativei-
c) catacrese
ro pessoal", ocorre o mesmo recurso expressi-
d) metáfora
vo de natureza semântica que em:
e) antonomásia
ESTILíSTICA 691

a) Meu coração/ Não sei por que/ Bate fel iz, des de comunicação foram, se bem que com
quando te vê. atraso, devidamente assimiladas". (Nelson As-
b) Há tanta vida lá fora,! Aqui dentro, sempre,! cher, Folha de S.Pau/o, 23/11/2002)
Como uma onda no mar. Assinale a alternativa que corresponda à figura
c) Brasil, meu Brasil brasileiro,! Meu mulato de construção (ou de sintaxe) empregada na
inzoneiro,!Vou cantar-te nos meus versos. frase "O livro, localizei-o pela internet":
d) Se lembra da fogueira,! Se lembra dos ba- a) silepse.
lões,! Se lembra dos luares, dos sertões? b) anáfora.
e) Meu bem querer/ É segredo, é sagrado,! Está c) elipse.
sacramentado/ Em meu coração. d) polissíndeto.
7. (Unifesp) Entre as figuras de sintaxe, como e) anacoluto.
recursos que um autor emprega para obter 10. (Ufal) Está incorreta a classificação de figura
maior expressividade, existe a zeugma. Uma de linguagem da frase:
rbs formas de elipse, a zeugma consiste na a) Choravam as águas do rio, a caminho do
supressão de um vocábulo, já enunciado em mar. PERSONIFICAÇÃO
frase anterior, por estar subentendido. b) Ele entregou a alma ao Criador. EUFEMISMO
No poema de Gonçalves Dias, ocorre zeugma c) Já li esse poema inteirinho. METÁFORA
apenas em: d) Suas lágrimas inundaram o quarto. HIPÉR-
a) Sem qu'inda aviste as palmeiras. BOLE
e) - Venho pedir-lhe a mão de sua filha. ME-
b) Em cismar, sozinho, à noite.
TONíMIA.
c) As aves, que aqui gorjeiam.
d) Nossa vida mais amores. víCIOS DE LINGUAGEM
e) Nosso céu tem mais estrelas. 1. (Fuvest-SP) Assinale a correta:
8. (ITA-SP) Relacione as colunas e, a seguir, assi- a) "Este é o problema para mim resolver."
nale a opção correspondente. b) "Vou por ele ao par dos problemas que me
(1) Aliteração (5) Hipérbato referi em nossa conversa de ontem."
(2) Anacoluto (6) Metáfora c) "O aluno convenceu-se de que as questões
(3) Sinestesia (7) Hipérbole do exame estavam no nível dos seus conhe-
(4) Metonímia (8) Prosopopeia cimentos."
I. Esses pol íticos de hoje a gente não deve con- d) "Todos aguardavam anciosamente o resulta-
fiar na maioria deles. do."
e) "Certo de que nada de grave ouve entre eu
II. Ao longe, avistava-se o grito ruidoso dos reti-
e ele, resolvi telefonar-I he hoje."
rantes.
III. "E flui, fluente, frouxa c1aridade/ flutua como 2. (ITA-2004) Assinale a opção em que a ambi-
as brumas de um letargo..." guidade ou o efeito câmico NÃO decorre da
a) 1- 5, 11- 4, 111- 2 ordem dos termos.
b) 1- 7, 11- 6, 111- 5 a) O estudo analisou, por 16 anos, hábitos
c) 1- 7, 11- 8, 111- 3 como caminhar e subir escadas de homens
d) 1- 2, 11- 3, 111- 1 com idade média de 58 anos. (Equilíbrio.
e) 1- 5, 11- 2, 111- 4 Folha de S.Paulo, 19/10/2000)
b) Andando pela zona rural do litoral norte,
9. (Casper Líbero-SP) Leia o fragmento de texto facilmente se encontram casas de veraneio
abaixo: e moradores de alto padrão. (Folha de S.
"O livro, localizei-o pela internet num anti- Paulo, 26/01/2003)
quário orientalístico de Leyden, na Holanda. c) Atendimento preferencial para: idosos, ges-
Uma demonstração assim de que as lições do tantes, deficientes, crianças de colo (Placa
império mongol acerca da central idade das re- sobre um dos caixas de um banco.)
692 ESTIlíSTICA

d) Temos vaga para rapaz com refeição (Placa b) Há um suhitem da norma que não está sen-
em frente a uma casa em Campinas, SP.) do considerado, e tampouco é conhecido.
e) Detido acusado de furtos de processos (Fo- c) Um bom profissional não deve exilar em
lha de S. Paulo, 8/7/2000). usar seus conhecimentos para solucionar
3. (UFSC) Assinale a(s) proposição(ões) em que os problemas de sessão em que trabalha na
a frase "B" elimina os desvios da norma culta empresa.
apresentados pela frase "I'\': d) Ninguém está autorizado a distratar um cole-
01. a) Durmas bem com os anjos, mas sonhe ga ou cliente; deve-se grangrear-Ihes a con-
comigo. fiança.
b)Durma bem com os anjos, mas sonhe e) Os casos de usocapião estão sendo tratados
comigo. diretamente pelo sub-diretor da assessoria
02. a) Minha querida, estava mesmo precisan- jurídica, que é um proeminente jurista.
do íalar consigo.
6. (AFR-Vunesp) Em cada um dos enunciados
b) Minha querida, estava mesmo precisan-
abaixo transcritos há uma impropriedade lin-
do falar com você.
guística, que vem nomeada ao final deles, em
03. a) Em setembro houve a primeira chuva do negrito.
ano onde pudemos iniciar o plantio de fei-
I. A Sopave está oferecendo mais de setenta
jão.
ofertas de veículos. (Comercial veiculado por
b) Em setembro houve a primeira chuva do rádio.) Redundância.
ano na qual pudemos iniciar o plantio de fei-
II. Sócrates é invendável e imprestável. (Frase atribu-
jão.
ída a Vicente Mateus.) Inadequação vocabular.
04. a) Convém dormir afim de recuperar ener-
III. Aconteceu então, há trés anos atrás, de falecer
gias.
um vizinho nosso, O sr. Vita/in. Redundância.
b) Convém dormir bem a fim de recuperar
IV. Tendo em vista que nosso trabalho foi muito
as energias.
bem recebido, precisamos, no entanto, apri-
05. a) Ficou irritado porque lhe impediram de
morar mais ainda nossas técnicas. Incoerência
entrar na secretaria.
sintática.
b) Ficou irritado porque o impediram de
entrar na secretaria. Estão corretamente nomeadas as impropriedades
dos enunciados.
4. (UFSC) Assinale a(s) frase(s) ambígua(s), isto é, a) I e II apenas. d) I, II, III e IV.
as que têm duplo sentido. b) III e IV apenas. e) II, 111 e IV apenas.
01. Num tribunal, a testemunha afirmou: "Eu c) I, II e III apenas.
vi o desmoronamento do barracão."
02. Veja seu filho na televisão revelando fotos
na BellaFoto. VERSIFICAÇÃO
04. Peguei o ônibus correndo. 1. (Unifesp) Os versos da "Canção do exílio" são
construídos nos moldes da redondilha maior,
08. O policial deteve o ladrão em sua casa.
com predominância dos acentos de intensida-
16. Os políticos falam da reunião no Canal 2. de nas terceiras e sétimas sílabas métricas. Um
32. Aconteceu o que parecia improvável há verso que não segue esse padrão de tonicida-
três anos. de é:
a) Minha terra tem palmeiras
5. (AFR-Vunesp) Não há impropriedade vocabu-
b) As aves, que aqui gorjeiam
lar ou erro de grafia apenas na alternativa:
c) Nosso céu tem mais estrelas
a) O equipamento que por ventura não estiver
d) Em cismar, sozinho, à noite
condicionado em embalagens resistentes
e) Onde canta o Sabiá
deverá ser reembalado.
ESTILíSTICA 693

2. (Mack-SP) Sempre que me vou embora 3. (Uni for-CE) A maior pena que eu tenho,
é com silêncio maior. punhal de prata,
As solic/ões c/este munc/o não é c/e me ver rnorrenclo,
Conheço-as toc/as c/e cor. mas c/e saber quem me mata.
(Cecília Meireles, Vaga Música)
Na quadra acima, de Cecília Meireles,
Assinale a alternativa incorreta sobre a estrofe a) os versos ímpares rimam entre si e têm dife-
acima. rentes número de sílabas. .
a) Toda a estrofe está centrada no eu que fala,
b) os versos pares rimam entre si e têm o mes-
o que ratifica o lirismo.
mo número de sílabas.
b) Em redondilha menor, marca-se o ritmo re-
c) predominam os versos de sete sílabas.
gular, pelo qual a solidão é expressa.
d) predominam os versos de cinco sílabas.
c) Partidas e ausências constroem a coerência
e) alternam-se versos de cinco e ele sete síla-
semântica.
bas.
d) O pronome me, elo verso 1, tem emprego
enfático.
L ~~_~ --1
Fonemas Ortografia Acentuação Sinais de
l.d 1. e gráfica pontuação
2. c 2. b 1. d l.c
3. c 3. c 2. c 2. e
4. b 4. a 3. d 3. a
5. a 5. c 4. a 4. c
6. b 6. a 5. b 5. c
7. e 6. a 6. b
Sílaba 8. c 7. d 7. c
l.d 9. c 8. a 8. d
2. d 10.e 9. b 9. c
3. c, e, f 10. b
4. d
5. a

Estrutura das 2. c Verbo Preposição


palavras 3. c 1. a l.e
1. a 4. d 2. b 2. e
2. a 3. e 3. a
3. b Adjetivo 4. e 4. e
4. e 1. d 5. c 5. b
5. a 2. b 6. a
3. a 7. d Crase
Formação 4. b 8. b 1. a
de palavras 5. b 9. c 2. e

- 1. d
2. b
3.c
4.b
6. e

Numeral
1. a
10. b
11. b
12. c
13.d
3. d
4. e
5. c
6. c
S.e 2. b 14.e 7. b
6. a 3. b 15. d
7. a 4. a Conjunção
8.c Advérbio 1. d
Pronome 1. d 2. e
Substantivo 1. a 2. c 3. e
l.e 2. e 3. b 4. e
2. b 3. b 4. a. paulatinamente 5. b
3. a 4. a b. indubitavelmente 6. d
4. c 5. b c. simultaneamente 7. b
5. d 6. b d. ininterruptamente 8. a
6. b 7. c e. excepcionalmente 9. d
8. e 5. a
Artigo 9. d
10. b
~ 1. d
Significação 3. a 7. c
das palavras 4. b 8. b
La 5. d 9. c
2. a 6. b 10.d

Predicação verbal 5. e G. e Sintaxe de


1. c 6. d 7. a regência
2. c 7. d 8. c 1. c
3. d 9. b 2. ii
4. (] Termos 3. ii
5. e acessórios Orações 4. ii
da oração reduzidas 5. d
Termos essenciais 1. c 1. c 6. ii
da oração 2. b 2. e 7. e
1. ii 3. b 3. d B. c
2. ii 4. I - b; II - d; 4. ii
3. e III - c; IV - ii Sintaxe de
4. ii 5. ii Sintaxe de colocação
concordância 1. a
Termos Período 1.b 2. b
integrantes composto 2. e 3. ii
da oração 1.c 3. e 4. e
1. a 2. ii 4. d 5. d
2. e 3. c 5. ii 6. d
3. ii 4. b 6. a
4. b 5. b

Figuras de Vícios de Versificação


linguagem linguagem l.b
1. a 1.c 2. b
2. d 2. c 3. c
3. d 3. 01, 02, 04, 05
4. a 4. 02, 04, 08, 16, 32
5. c 5. b
6. b 6. d
7. d
8. d
9. e
10. c

Você também pode gostar