Você está na página 1de 4

DIVISÃO CELULAR

Apostila III Unidade 5 e 6

Ciclo Celular
I- Interfase:

ETAPA ORIGEM SIGNIFICADO DESCRIÇÃO


G1 Gap Intervalo 1 - ocorre intenso síntese de RNA (transcrição) e síntese de
proteínas (tradução)

S Sinthesis Síntese - ocorre duplicação dos cromossomos

G2 Gap Intervalo 2 - ocorre síntese de RNA e protéicas

II- Divisão celular:


- Mitose

PRÓFASE
 Os centríolos migram para os pólos;
 Formação do fuso acromático e dos ásteres;
 O nucléolo e a carioteca desorganizam-se;
 As fibras do fuso prendem-se aos centrômeros dos cromossomos.
METÁFASE
 Os cromossomos, ligados às fibras do fuso;
 Ocupam a região equatorial da célula;
 Atingem o grau máximo de condensação, tornando-se bem visíveis ao microscópio;

ANÁFASE
 Ocorre a divisão do centrômeros; Separando as cromátides;
 A migração dos cromossomos para os pólos;
 Começa a descondensação;
TELÓFASE
 Formação das cariotecas;
 Reaparecem os nucléolos;
 Desorganiza-se o fuso acromático e os ásteres;
 Ocorre a citocinese;

Diferenças na Mitose

ANIMAL VEGETAL
Centríolo cêntrica acêntrica
Áster astral anastral
Citocinese centrípeta centrífuga
- Meiose

MEIOSE I
PRÓFASE I
 Os centríolos migram para os pólos;
 Formação do fuso acromático e dos ásteres;
 O nucléolo e a carioteca desorganizam-se;
 As fibras do fuso prendem-se aos centrômeros dos cromossomos.
 Ocorre o crossing-over.
METÁFASE I

 Os cromossomos homólogos (PARES), ligados às fibras do fuso;


 Ocupam a região equatorial da célula;
ANÁFASE I
 Separação dos cromossomos homólogos;
 A migração dos cromossomos para os pólos;
 Começa a descondensação;
TELÓFASE I
 Formação das cariotecas;
 Reaparecem os nucléolos;
 Desorganiza-se o fuso acromático e os ásteres;
 Ocorre a citocinese;

MEIOSE II
PRÓFASE II
 Os centríolos migram para os pólos;
 Formação do fuso acromático e dos ásteres;
 O nucléolo e a carioteca desorganizam-se;
 As fibras do fuso prendem-se aos centrômeros dos cromossomos.
METÁFASE II
 Os cromossomos, ligados às fibras do fuso;
 Ocupam a região equatorial da célula;
 Atingem o grau máximo de condensação, tornando-se bem visíveis ao microscópio;
ANÁFASE II
 Ocorre a divisão do centrômeros; Separando as cromátides;
 A migração dos cromossomos para os pólos;
 Começa a descondensação;
TELÓFASE II
 Formação das cariotecas;
 Reaparecem os nucléolos;
 Desorganiza-se o fuso acromático e os ásteres;
 Ocorre a citocinese;
QUADRO COMPARATIVO I
MITOSE MEIOSE
PRÓFASE PRÓFASE I PRÓFASE II
 Os centríolos migram para os
pólos;  Idem à mitose  Idem à mitose
 Formação do fuso a e do áster;  Ocorre o crossing-over
 O nucléolo e a carioteca somem

METÁFASE METÁFASE I METÁFASE II


 Os cromossomos ocupam a  Os cromossomos homólogos
região equatorial da célula; ocupam a região equatorial da  Idem à mitose
célula;
ANÁFASE ANÁFASE I ANÁFASE II
 Ocorre a divisão do  Separação dos cromossomos
centrômeros; Separando as homólogos  Idem à mitose
cromátides;  A migração dos cromossomos
 A migração dos cromossomos para os pólos;
para os pólos;
TELÓFASE TELÓFASE I TELÓFASE II
 Formação das cariotecas;
 Reaparecem os nucléolos;  Idem à mitose  Idem à mitose
 Desorganiza-se o fuso
acromático e os ásteres;
 Ocorre a citocinese;
QUADRO COMPARATIVO DE ESQUEMAS

Prófase
Metáfase
Anáfase
Telófase MITOSE MEIOSE I MEIOSE II