Você está na página 1de 20

UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP

CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS

ANTONIO CARLOS FERNANDES DE SOUSA – RA 2851208515


CELIANE DE ANDRADE FREITAS – RA 2802851358
CLAUDIA SEBASTIANA SODRE COSTA FERREIRA- RA 1246465376
HENDRIU BORTOLI MENEGON – RA 2805880536
MARTHANIA ROBERTA DE SOUSA LIMA- RA 0139530767

Desafio Profissional

Disciplinas Norteadoras:
Contabilidade Geral, Matemática Aplicada, Processos Administrativos, Tecnologia de
Gestão e Direito e Legislação.

Tutor EAD: DENISE M. LIMA

LUZIÂNIA / GO

30 de maio de 2016
UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP

CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS

Desafio Profissional

Disciplinas Norteadoras:
Contabilidade Geral, Matemática Aplicada, Processos Administrativos, Tecnologia de
Gestão e Direito e Legislação.

Tutor EAD: DENISE M. LIMA

Trabalho desenvolvido para o curso de


Ciências Contábeis, disciplinas
norteadores Contabilidade Geral,
Matemática Aplicada, Processos
Administrativos, Tecnologia de Gestão e
Direito e Legislação, apresentado à
Anhanguera Educacional como requisito
para a avaliação na Atividade Desafio
Profissional do 1º semestre 2016, sob
orientação da tutor EAD DENISE M.
LIMA.

LUZIÂNIA / GO

30 de maio de 2016
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO ........................................................................................................................ 4

ANALISE DE AMBIENTE INTERNO E EXTERNO - Passo 1


ANALISE DE SWOT ................................................................................................................ 5
LANÇAMENTO DA CONSTITUIÇÃO DA EMPRESA - Passo 2 ......................................... 6

CONTROLE DE ESTOQUE PASSO 3 ..................................................................................... 8

INAUGURAÇÃO DA LOJA SAÚDE Passo 4 ....................................................................... 10

RELATÓRIO FINAL -Passo 5 ................................................................................................ 13

ENQUADRAMENTO DA LOJA SAUDE NA QUALIDADE DE EMPRESA - Passo 6

Artigo 966 do Código Civil ...................................................................................................... 15

CONCEITOS DAS TEORIAS DA ADIMINISTRAÇÃO - Passo 7


Conceito de Frederick Taylor e Henry Fayol ........................................................................... 16
CONSIDERAÇÕES FINAIS ................................................................................................. 18

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ................................................................................. 19


4

INTRODUÇÃO

Tão importante quanto ter condições financeiras para iniciar um empreendimento é ter também
condições administrativas que levem por meio da teoria a pratica de resultados satisfatórios para o
sucesso da empresa, e para isso é importante ter uma acessória adequada que ajude o empreendedor
a entender todos os passos saudáveis para abrir, gerir e romper com sucesso em todas as etapas da
abertura e continuidade das atividades da empresa.

Vamos auxiliar os sócios no processo de desenvolvimento do novo empreendimento; Carlos, Jose,


Henrique e marcos, que decidiram abrir a própria empresa que por causa da crise econômica que o
país passa foram depois de muitos anos na mesma empresa dispensados de seus empregos.

Após uma análise perceberam que seria muito difícil de si recolocarem no mercado de trabalho dentro
das condições que tinham antes e alinhando as competências e qualidades de cada um dos irmãos
resolveram empregar suas respectivas competências em uma sociedade empresaria e empreenderam-
se nesse desafio de desenvolver a Loja Saúde.

A loja saúde trata-se de uma empresa do ramo alimentício voltado para o público alvo consumidores
de produtos sem glúten e sem lactose com o objetivo de atender principalmente clientes da classe C.

Para a abertura da loja cada um dos sócios irá contribuir com o de R$15.000 (quinze mil reais) para
o capital inicial da empresa.

Nesse importante momento da criação da empresa vamos apresentar passos necessários e explicar
por meio de um plano administrativo e um planejamento estratégico, com práticas táticas e um
operacional coerente e habitual de como a loja obterá sucesso.

Já de início será conhecido e aplicado todos os procedimentos contábeis e jurídicos.

Serão analisadas as necessidades da empresa e o que cada sócio poderá contribuir para o
desenvolvimento dos diversos setores.

Vamos por meios de analises identificar quais habilidades os donos da empresa vão usar para o
crescimento da loja entre elas estão as habilidades de técnica humana e conceitual explicando como
essas três teorias vão ajudar a administrar e organizar a empresa.

Por meio de um sistema de gestão de qualidade visando alto nível de organização interna,
administração estratégica, redução de custos, maior aceitabilidade e alta produtividade trarão para a
empresa reais possibilidades de ampliação no mercado

ANALISE DOS AMBIENTES INTERNOS E EXTERNOS. (PASSO 1)


5

A seguir fizemos uma análise do ambiente interno e do ambiente externo com produtos sem glúten
e sem lactose assim como uma análise do público-alvo levando em consideração forças e fraquezas
do negócio.
ANÁLISE SWOT.

FORÇAS FRAQUEZAS
 Administração profissional  Inexperiência no comércio
 Trabalhar com público alvo  Marca nova.
 Trabalhar com itens sem glúten e lactose
 Instalações diferenciadas
 Atendimento personalizado
 Funcionários treinados e motivados.

OPORTUNIDADES AMEAÇAS
 Concorrentes s/Administração profissional  Retaliação da concorrência com base
 Clientes mais exigentes procurando em preços
Produtos diferenciados.  Supermercados
 Instabilidade econômica.

LANÇAMENTOS DA CONSTITUIÇÃO DA EMPRESA. (PASSO 2)


6

Para a abertura da empresa Saúde, os sócios deram início a formalização por meio de um
contrato social para uma empresa limitada, e integralizaram o capital da seguinte forma: Carlos
integralizou sua parte em dinheiro no valor de R$ 15.000,00 (quinze mil reais) no caixa da empresa,
José integralizou sua parte com o mobiliário e utensílios necessários para a empresa (prateleira,
mesas, aparelhos de informática e etc.)no total de R$ 15.000,00 (quinze mil reais), Henrique fez um
deposito no valor R$ 15.000,00 (quinze mil reais) direto no Banco X e Marcos fez um deposito da
metade de sua parte no Banco Y no valor de R$7.500,00 (sete mil e quinhentos reais)ficando a outra
metade do valor pendente para integralização.

A seguir segue a contabilização dos dados inclusos no contrato social assim também com a
integralização do capital disposto pelos sócios. Segue também apresentação do primeiro balancete de
verificação e o balancete patrimonial de abertura.

CAPITAL SOCIAL CAIXA

Débito Credito Débito Crédito


60.000 15.000

MÓVEIS E UTENSÍLIOS BANCO X

Débito Crédito Débito Crédito


15.000 15.000

BANCO YPENDENTE A INTEGRALIZAR

Débito Crédito Débito Crédito


7.500 7.500

BALANCETE DE VERIFICAÇÃO
7

Conta DÉBITO CRÉDITO


CAPITAL SOCIAL R$60.000,00
CAIXA R$15.000,00 R$
PENDENTE A INTEG. - R$7.500,00
BANCO XX R$15.000,00 R$
BANCO YY R$7.500,00 R$
MÓVEIS E UTENSILIOS R$15.000,00 R$
Total R$: R$52.500,00 R$52.500,00

BALANÇO PATRIMONIAL DE ABERTURA


ATIVO PASSIVO
CIRCULANTE R$ 37,500,00 CIRCULANTE R$ 0,00
CAIXA R$ 15.000
BANCO XX R$ 15.000
BANCO YY R$ 7.500 NÃO CIRCULANTE R$ 0,00
PATRIMÔNIO LIQUIDO
NÃO CIRCULANTE R$ 15.000 CAPITAL SOCIAL R$ 60.000
IMOBILIZADO (-)CAPITAL A INTEGRALIZAR R$ (7.500)
MOVEIS E UTENSÍLIOS R$ 15.000
TOTAL ATIVO R$ 52.500 TOTAL PASSIVO R$ 52.500

Controle de estoque das mercadorias compradas para abertura da loja.

FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE


PRODUTO: BARRAS INTEGRAIS DE CEREAIS BANANA COM AMEIXA UNIDADE
ENTRADAS SAIDAS SALDO
Vlr Vlr Vlr Vlr
DATA Histórico Quant Vlr Unit Quant Quant Vlr Unit
Total Unit Total Total
Fornecedor
1 1.500 R$ 1,50 R$ 2.250,00 0 0 0 1.500 R$ 1,50 R$2.250,00
Fornecedor
2 1.700 R$ 1,70 R$ 2.890,00 0 0 0 3.200 R$ 1,606 R$5.140,00
Fornecedor
1 2.000 R$ 1,60 R$ 3.200,00 0 0 0 5.200 R$ 1,60384 R$8.340,00

CONTROLE DE ESTOQUE (PASSO 3)


8

CONTROLE DE ESTOQUE DE CUSTO MÉDIO PONDERADO

Segue abaixo a movimentação, lançamentos contábeis que ocorreram na empresa lançados por meio
de razonete e balancete de verificação das movimentações:

a) Compra do Fornecedor 1 de 1.500 Barras integrais de cereais Banana com ameixa,pelo valor
unitário de R$ 1,50 cada, pagamento efetuado através do cheque 001 doBanco X.
b) Compra do Fornecedor 2 de 1.700 Barras Integrais de cereais Banana com ameixa,pelo valor
unitário de R$ 1,70 cada, pagamento efetuado através do cheque 001 doBanco Y.
c) Compra do Fornecedor 1 de 2.000 Barras integrais de cereais Banana com ameixa,pelo valor
unitário de R$ 1,60 cada, compra com prazo de pagamento de 30 dias.
A seguir os razonetes:

RAZONTES

BANCO X BANCO Y

D C D C

15.000,00 2.250,00 7.500,00 2.890,00

SF 12.250,OO SF 4.610.00

ESTOQUE CONTAS A PAGAR

D C D C

2.250,00 3.200,00

2.890,00

3.200,00

SF 8.350,00 3.200,00 SF

BALANCETE DE VERIFICAÇÃO
9

BALANCETE DE VERIFICAÇÃO
CONTA DÉBITO CRÉDITO
CAPITAL SOCIAL R$ 60.000,00
CAPITAL SOCIAL A INTEGRALIZAR R$ 7.500,00
CAIXA R$ 15.000,00
MOVEIS E UTENSILIOS R$ 15.000,00
BANCO X R$ 12.750,00
BANCO Y R$ 4.610,00
ESTOQUE R$ 8.340,00
CONTAS A PAGAR R$ 3.200,00
TOTAL R$ 63.200.00 R$ 63.200.00

FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE.

FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE


PRODUTO: BARRAS INTEGRAIS DE CEREAIS BANANA COM AMEIXA UNIDADE
ENTRADAS SAIDAS SALDO
Vlr Vlr Vlr Vlr
DATA Histórico Quant Vlr Unit Quant Quant Vlr Unit
Total Unit Total Total
Fornecedor
1 1.500 R$ 1,50 R$ 2.250,00 0 0 0 1.500 R$ 1,50 R$2.250,00
10

Fornecedor
2 1.700 R$ 1,70 R$ 2.890,00 0 0 0 3.200 R$ 1,606 R$5.140,00
Fornecedor
1 2.000 R$ 1,60 R$ 3.200,00 0 0 0 5.200 R$ 1,60384 R$8.340,00

INAUGURAÇÃO DA LOJA SAUDE. (PASSO 04)

Na inauguração da Loja Saúde foram vendidas 4.500 barras de cereais sabor banana com
ameixa no valor de R$4,00 (quatro reais) cada uma na seguinte forma de recebimento:
Duas mil quinhentas e cinquenta barras, ou seja, metade da venda foi recebida a vista em
dinheiro.
Duas mil quinhentas e cinquenta foram vendidas no cartão de credito para recebimento em 30
dias.

FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE.


HISTÓRICO ENTRADAS SAÍDAS SALDO
QT. VLR VLR QT. VLR VLR QT. VLR VLR
UN TOTAL UN TOTAL UN TOTAL
FORNECEDOR 1.500 1,50 2.250,00 0 0 0 1.500 1,50 2.250,00
1
FORNECEDOR 1.700 1,70 2.890,00 0 0 0 3.200 1,606 5.140,00
2
FORNECEDOR 2.000 1,60 3.200,00 0 0 0 5.200 1.60384 8.340,00
1
VENDAS DIA 0 0 0 4.500 1.60384 7.217,28 700 1.60384 1.122,72
11

Houve o pagamento de R$ 1.600,00 do Fornecedor 1 com cheque emitido pelo Banco


X.

RAZONETES
Estoque CMV
D C D C
2.250,00 7.217,28 7.217,28
2.890,00
3.200,00

8.340,00 7.217,28
SF 1.122,72 SF 7.217,28

VENDAS DE
MERCADORIA CAIXA
D C D C
18.000,00 (6) 15.000,00
9.000,00

18.000,00 SF SF 24.000,00

CONTAS A
RECEBER BANCO
D C D C
9.000,00 15.000,00 2.250,00
1.600,00

15.000,00 3.850,00
SF 9.000,00 SF 11.150,00

CONTAS A
PAGAR
D C
1.600,00 3.200,00

1.600,00 SF
12

NOVO BALANCETE DE VERIFICAÇÃO DO PERIODO


BALANCETE DE VERIFICAÇÃO
CONTA (R$) DÉBITO CRÉDITO
Capital Social R$ 60.000,00
Capital Social a Integralizar R$ 7.500,00
Caixa R$ 24.000,00
Móveis e Utensílios R$ 15.000,00
Banco X R$ 11.150,00
Banco Y R$ 4.610,00
Estoque R$ 1.122,72
Contas a Pagar R$ 1.600,00
CMV R$ 7.217,28
Venda de Mercadoria R$ 18.000,00
Contas a Receber R$ 9.000,00
TOTAL (R$) R$ 79.600,00 R$ 79.600,00

APURAÇÃO DO RESULTADO POR MEIO DA DRE

DEMOSNTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO


RECEITA BRUTA OPERACIONAL R$ 18.000,00
Vendas Brutas R$ 18.000,00

DEDUÇÕES E ABATIMENTOS
(-) Impostos Sobre Vendas R$ 0,00

RECEITA LÍQUIDA OPERACIONAL R$ 18.000,00

(-) CMV - Custo das Mercadorias Vendidas R$ 7.217,28

LUCRO BRUTO R$ 10.782,72

(-) Despesas Operacionais R$ 0,00

RESULTADO DOS EXERCICIOS R$ 10.782,72

FECHAMENTO DO BALANÇO PATRIMONIAL

BALANÇO PATRIMONIAL DO PERÍODO


ATIVO PASSIVO
CIRCULANTE R$ 49.882,72 CIRCULANTE R$ 1.600,00
Caixa R$ 24.000,00 Contas a Pagar R$ 1.600,00
Banco X R$ 11.150,00
13

Banco Y R$ 4.610,00
Estoque R$ 1.122,72 NÃO CIRCULANTE R$ 0,00
Contas a Receber R$ 9.000,00

NÃO CIRCULANTE R$ 15.000,00 PATRIMÔNIO LIQUIDO R$ 63.282,72


Móveis e Utensílios R$ 15.000,00 Capital Social R$ 60.000,00
(-) Capital a Integralizar -R$ 7.500,00
Resultado do período R$ 10.782,72

TOTAL DO ATIVO R$ 64.882,72 TOTAL DO PASSIVO R$ 64.882,72

RELATÓRIO FINAL – PASSO 5.


A empresa Saúde finalizou seu estoque com 700 barras de cereais de Banana com Ameixa,
tendo um valor de estoque correspondente a R$1.122,72 e seu lucro com a venda de 4.500 barrinhas
Banana com Ameixa pelo valor de R$4,00 cada foi um total de R$10.782,72.

2 PASSIVO
2.1 CIRCULANTE
2.1.1 Fornecedores
14

2.1.1.1 Fornecedores Plano de Contas


2.1.2 Salários e Encargos a Pagar
1 ATIVO
1.1 CIRCULANTE
2.1.2.1 Salários e Encargos a Pagar
1.1.1 Disponível
2.1.3 Obrigações Fiscais
1.1.1.1 Caixa
1.1.1.2 Bancos
2.1.3.1 Tributos e Contribuições a Recolher
1.1.1.2.01 Banco XX
2.1.4 Obrigações Financeiras
1.1.1.2.02 Banco YY
2.1.4.1
1.1.2 Empréstimos
Aplicaçõese Financeiras
Financiamentos
1.1.2.1 Aplicações Financeiras
2.1.5 Outras Obrigações
1.1.3 Créditos
2.1.5.1 Outras
1.1.3.1 Contas a Pagar
Clientes
1.1.3.1.01 Cliente 1
2.1.6 Provisões
1.1.4 Estoque
2.1.6.1 Provisões
1.1.4.1 EstoquesTrabalhistas e Fiscais
1.1.5 Despesas do Exercício Seguinte
1.1.5.1 Despesas do Exercício Seguinte

2 PASSIVO
2.1 CIRCULANTE
2.1.1 Fornecedores
2.1.1.1 Fornecedores
2.1.2 Salários e Encargos a Pagar
2.1.2.1 Salários e Encargos a Pagar
2.1.3 Obrigações Fiscais
2.1.3.1 Tributos e Contribuições a Recolher
2.1.4 Obrigações Financeiras
2.1.4.1 Empréstimos e Financiamentos
2.1.5 Outras Obrigações
2.1.5.1 Outras Contas a Pagar
2.1.6 Provisões
2.1.6.1 Provisões Trabalhistas e Fiscais
1.2 NÃO CIRCULANTE
151.2.1 Realizável a Longo Prazo
1.2.1.1 Créditos
1.2.1.1.01 Clientes
1.2.2 Aplicações Financeiras
1.2.2.1 Aplicações Financeiras
1.3 Investimentos
1.3.1 Investimentos
1.4 Imobilizado
1.4.1.1 Bens de Uso
1.4.1.1.01 Terrenos
1.4.1.1.02 Imóveis
1.4.1.1.03 Máquinas e Equipamentos
1.4.1.1.04 Móveis e Utensílios
1.5 Intangível
1.5.1.1 Intangível
3 RESULTADO OPERACIONAL
BRUTO
3.1 RECEITA OPERACIONAL
LÍQUIDA
3.1.1 Receita Operacional Bruta
3.1.1.1 Receita Operacional Bruta
3.1.1.01 Venda de Mercadorias
3.1.2 (-) Deduções da Receita
3.1.2.1 (-) Deduções da Receita
3.2 (-) Custos
3.2.1 (-) Custos

4 DESPESAS OPERACIONAIS
4.1 DESPESAS
ADMINISTRATIVAS
5 CONTA TRANSITÓRIA
5.1 RESULTADO DO EXERCÍCIO
5.1.1 Resultado do Exercício
4.1.1
5.1.1.1 Despesas
Resultado Administrativas
do Exercício
4.1.1.1 Despesas com Pessoal
4.1.1.2 Outras Despesas
4.1.2 Despesas com Vendas ENQUADRAMENTO DA LOJA SAUDE
4.1.2.1 Despesas com Pessoal
COMO EMPRESA
4.1.2.2 Outras Despesas
4.1.3 Resultado Financeiro Artigo 966 do Código Civil (PASSO 06)
4.1.3.1 Despesas Financeiras A Loja Saúde é uma sociedade empresária, está
4.1.3.2 Receitas Financeiras
4.1.4 Outras Despesas / Receitas sendo realizada por empresários, assim como rege
4.1.4.1 Outras Despesas nos termos do artigo 966 do Código Civil.
4.1.4.2 Outras Receitas
4.1.5 Provisões Tributárias “Art. 966. Considera-se empresário quem exerce
4.1.5.1 Provisões Tributárias profissionalmente atividade econômica organizada
4.1.6 Participações no Resultado
4.1.6.1 Participações no Resultado para a produção ou a circulação de bens ou de
serviços. ”
16

Considerando então o estudo em relação ao artigo 966 do código civil o conceito do artigo
fica caracterizado em alguns elementos que si classificam em profissionalismo, atividade econômica
organizada e a produção e circulação de bens e serviços nos quais os empresários da Empresa Saúde
terão que articular para a produção e estruturação da atividade empresarial.
Um dos conceitos destacados pelo profissionalismo é de que o empresário deve estruturar a
produção ou a circulação de bens ou serviços com recursos financeiros, humanos, materiais e
tecnológicos que viabilize oferecer ao mercado consumidor preços e qualidades competitivas.
Ainda si aplica no elemento profissionalismo o monopólio das informações. Isso deixa claro
que o empresário tem total conhecimento sobre o produto, bem ou serviço que oferece ou executa,
conhece e domina todos os métodos de produção, tem total conhecimento da matéria prima
empregada, sabe das qualidades, conhece e sabe aplicar de melhor forma a maneira de uso ou
consumo do bem ou serviço prestado entre outros.
Para que a atividade seja desenvolvida profissionalmente tem que entender e aplicar o
elemento “profissionalismo” de maneira habitual e não ocasional no desenvolvimento da atividade.
Para caracterizar atividade econômica é necessário e imprescindível que si tenha o objetivo
final de lucro. Então para os sócios da Empresa Saúde, concretizar o objetivo proposto é necessário
e indispensável em suas atividades empresarial obter o lucro ainda que dentro de um conceito a
finalidade de lucro não pode ser considerada característica exclusiva das atividades empresaria,
lembrando que se por ventura e os empresários da Empresa Saúde vir a sofrer prejuízo não serão
desclassificados do conceito de atividade econômica. Mas ainda assim se entende que é necessário
que em uma organização empresarial o objetivo e que si tenha sempre alguma vantagem em forma
de lucro.
Na qualidade de empresa e no exercício empresarial a Empresa Saúde deve fazer o registro
correspondente a tal atividade no órgão competente, ou seja, é obrigatório o empresário e a sociedade
empresaria vincular-se ao Registro Público de Empresas Mercantis.
A empresa Saúde deve fazer o registro na Junta Comercial, que é um órgão responsável
pelo registro de atividades ligadas a sociedades empresariais. De modo que Existi uma Junta
Comercial em cada Estado brasileiro.

CONCEITOS TEORICOS DA ADMINISTRAÇÃO.


Frederick Taylor e Henry Fayol (PASSO 07)

A Loja Saúde terá sucesso adotando e aplicando em suas atividades alguns conceitos teóricos como
os de Frederick Taylor e Henry Fayol.
17

Visando o melhor desempenho para o exercício das atividades empresarial da Empresa Loja
Saúde, veremos alguns conceitos que corretamente aplicados a empresa farão a diferença na
organização e desenvolvimento da mesma.
1. Supervisão funcional;

2. Padronização de ferramentas e instrumentos;

3. Planejamento das tarefas;

4. O princípio da exceção;

5. A utilização da régua de cálculo e instrumentos para economizar tempo;

6. Fichas de instruções de serviço;

7. Eficiência na produção, sem implicar esforço extra dos trabalhadores

8. Concessão de dias de descanso remunerados aos empregados.

9. Sistemas para classificação dos produtos e do material utilizado na manufatura;

10. Sistema de delineamento da rotina de trabalho.

A influência da teoria de Frederick Taylor chegou a níveis incríveis. Henry Ford seguiu à risca
os princípios de padronização e simplificação da Administração Científica, e revolucionou a indústria
automobilística.
Segundo o método de Henri Fayol a empresa é uma organização em que se deve iniciar com
uma estratégia, um plano de administração.
Em empresas que já estão com suas atividades em curso a administração Científica deve ser
gradual e obedecer a certo período de tempo, para evitar alterações bruscas que causem
descontentamento por parte dos empregados e prejuízos aos patrões. Essa implantação requer um
período de quatro a cinco anos para um progresso efetivo.
Na Empresa Saúde a administração cientifica poderá causar melhores e maiores resultados e
não vai sofrer com o fator mudança de hábitos que ocorre em empresas que já estão em curso, já que
na empresa Saúde serão aplicados estes métodos desde o início de suas atividades.
Aplicando na Empresa Saúde os conceitos de administração de Henri Fayol, juntamente com
o conceito de produtividade de Frederick Taylor teremos na loja Saúde um melhor desempenho.
18

CONSIDERAÇÕES FINAIS

O objetivo deste trabalho foi realizar um estudo de desenvolvimento e informações contábeis e


financeiras da empresa Saúde, que comercializa produtos sem glúten e sem lactose. Apresentamos
também um balanço de abertura, balancetes de verificação, DRE, CMV (custo da mercadoria
vendida) e planos de contas e controle de estoque contabilização dos razonetes em forma de T.
Determinada o enquadramento da empresa LTDA sendo o seu registro na junta comercial. Foram
apresentados também os fundamentos de Frederick Taylor e Henry Fayol na administração da
empresa em relação a setorização e produtividade. A melhor forma de administrar uma empresa e
conseguir atingir uma eficiência máxima é estruturando e fazendo divisões de cargos e tarefas,
criando oportunidades e motivando a todos os colaboradores para que cada vez mais se qualifiquem
e possam crescer dentro da empresa. Tendo um melhor rendimento dos setores e satisfação dos
colaboradores. Como consequência teremos um aumento de produtividade e lucro, podendo expandir
os negócios com mais lojas e assim criar novas oportunidades direta ou indiretamente.
19

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

FAHL, Alessandra Cristina; MARION, José Carlos. Contabilidade Financeira, Anhanguera


Publicações, 2. ed., São Paulo: Saraiva, 2013. (Livro-Texto 707).
HARIKI, Seiji. Matemática aplicada. 1. ed. São Paulo: Saraiva, 2005.
MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru. Introdução à Administração. São Paulo: Atlas, 2010. 7ª
edição.
.MORETTIN, Pedro Alberto et al. Cálculo: funções de uma e várias variáveis. 1. ed. São Paulo:
Saraiva, 2003.
.MUROLO, Afrânio Carlos; BONETTO, Giácomo. Matemática Aplicada a Administração,
Economia e Contabilidade. 2. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2012.
.RAMOS, André Luiz Santa Cruz. Direito Empresarial Esquematizado. São Paulo: Método, 2015.
.ZANARDI, Gisele. Contabilidade Geral: Introdução à Contabilidade e Patrimônio. Caderno de
Atividades. Valinhos: Anhanguera Educacional, 2014.
20

.http://cmsempreenda.s3.amazonaws.com/empreenda/files_static/arquivos/2012/06/18/ME_Analise-
Swot.PDF>. Acesso em: 01 maio. 2016.
.http://movimentoempreenda.revistapegn.globo.com/news/ferramentas/2012/06/analise-swot-
071.html>. Acesso em 01 maio. 2016
.https://www.youtube.com/watch?v=bida8SVgluw . Acesso em: 24/04/2016.

.https://www.youtube.com/watch?v=MOhkN9ceRFU . Acesso em: 17/04/2016.


.https://www.youtube.com/watch?v=EiMd_pbIXOs Acesso em: 14/04/2016.

.https://www.youtube.com/watch?v=CNF7SPpfFok. Acesso 25/03/2016

.https://www.youtube.com/watch?v=5qbnc_KQSGM>. Acesso 03/03/2016.


.https://www.youtube.com/watch?v=NrOSk3OSca0 . Acesso 25/04/2016.

.https://www.youtube.com/watch?v=3pliYGDlcws. Acesso 03/05/2016.


.http://www.faeso.edu.br/horus/artigos%20anteriores/2010/h1.pdf>. Acesso em 05/05/2016.

Http://knoow.net/cienceconempr/gestao/bens-e-servicos/

Http://conceito.de/bens

Https://jus.com.br/artigos/22362/a-caracterizacao-da-atividade-empresaria-e-o-equivoco-do-
legislador-ao-definir-microempreendedor-como-empresario-individual

http://www.smga.com.br/downloads_arquivos/direito_empresarial_professor_pablo_arruda.pdf

Http://www.irtdpjbrasil.com.br/newsite/parecerwald.pdf

Http://www.enfoquenet.com.br/administracao-2/principios-da-administracao-cientifica-frederick-w-taylor/
Princípios da administração científica – frederick w. Taylor

https://www.portal-gestao.com/artigos/6886-henri-fayol-pai-da-teoria-cl%C3%A1ssica-da-
administra%C3%A7%C3%A3o.html