Você está na página 1de 2

FICHA DE TECNOLOGIA

TÍTULO
MIRTILO - NOVO EXTRATO, MÉTODOS E SUA UTILIZAÇÃO

DESTAQUES
A presente tecnologia refere-se a um extrato de mirtilo, em particular ao uso do referido
extrato em alimentos, géneros alimentícios ou bebidas como um inibidor de bactérias ou
fungos, e como um potenciador probiótico.

CONTEXTO
Os extratos de mirtilo têm sido amplamente reconhecidos como tendo atividade antimicrobiana
contra vários potenciais agentes patogénicos. No entanto, a contextualização da interação desses
extratos com bactérias benéficas (isto é, probióticos), particularmente quando se considera as
aplicações de alimentos desses produtos, pode ser importante, não só porque a presença deles é
essencial para uma microbiota intestinal normal, mas também porque são importantes
componentes de alimentos regulares e funcionais.

BENEFÍCIOS
Ao combinar a presença de um extrato e um microrganismo probiótico, há um aumento do efeito
inibitório na adesão, deslocamento e remoção de células patogénicas numa superfície tratada de
modo a simular a mucosa intestinal (in vitro).

PROVA DE CONCEITO
Demonstrou-se o efeito inibitório de um extrato de mirtilo sobre quatro possíveis agentes
patogénicos dos alimentos e, depois de identificar as concentrações ativas, avaliou-se o seu
impacto sobre o crescimento e atividade metabólica (produção de ácidos orgânicos e consumo de
açúcar) de cinco potenciais microrganismos probióticos.

POTENCIAL USO COMERCIAL /APLICAÇÕES


Este extrato de mirtilo é capaz de inibir um agente patogénico, ao mesmo tempo que não inibe os
microrganismos potencialmente probióticos, que podem ser utilizados como potenciais aditivos
antimicrobianos para alimentos fermentados ou como coadjuvantes para o tratamento de infeções
intestinais.

INVENTORES E CENTRO DE INVESTIGAÇÃO

Bruno Miguel Horta, Eduardo Manuel Costa, Manuela Pintado, Mariana da Luz Veiga, Rui Morais,
Sara Costa e Silva

CBQF- Escola Superior de Biotecnologia - Universidade Católica Portuguesa;

OPÇÕES DE COOPERAÇÃO
Acordo de licenciamento.
Venda dos direitos de exploração.
FICHA DE TECNOLOGIA

ESTADO DA PATENTE
Pedido Provisório de Patente: FT P/1458

CONTACTOS (ESB) E-MAIL TELEFONE

Eduardo Costa emcosta@porto.ucp.pt +351 22 55 800 01


Manuela Pintado mpintado@porto.ucp.pt +351 22 55 800 00