Você está na página 1de 16

PATOLOGIA GERAL

monitora: Elizângela
INFLAMAÇÃO
• Inflamação aguda
• Inflamação crônica inespecífica – áreas de
reparação (Fibroplasia = proliferação de
fibroblatos) e de necrose. (lâmina 16)
• Inflamação crônica granulomatosa – células
gigante tipo LANGHANS= macrófagos
modificados num só citoplasma. (lâmina 17)
• Inflamação crônica granulomatosa tipo
corpo estranho – fio de sutura. (lâmina 18)
INFLAMAÇÃO AGUDA
• Infiltrado neutrofílico.
INFLAMAÇÃO CRÔNICA INESPECÍFICA
Característica histopatológica: infiltrado
mononuclear (macrófagos, linfócitos e
plasmócitos).
INFLAMAÇÃO CRÔNICA GRANULOMATOSA

Tipo de inflamação crônica que


predomina macrófagos ativos
(células gigantes - tipo LANGHANS).
Inflamação crônica granulomatosa
tipo corpo estranho
PIGMENTAÇÃO
• Lâmina de quelóide - são uma resposta exagerada
à lesão. Ocorre cicatrização anormal, caracterizada
por proliferação fibroblástica e excessiva deposição
extracelular de cólágeno.
• Melanina (lâmina 12)
• Hemossiderina – presença de pigmento próximo a
áreas hemorrágicas (lâmina 13)
Tríade portal= veia porta + artéria hepática + ducto
biliar.
• Bilirrubina – pigmentação ao lado de hepatócitos
normais. Pigmento da bile (lâmina 14)
QUELÓIDE
MELANINA

Pigmento que dar cor para pele, pelos,cabelos, olhos.


Função proteção contra a radiação ultravioleta.
Os melanócitos são as células produtoras de melanina
HEMOSSIDERINA

Acúmulo anormal de ferro em células.


Origem hemoglobina
(degradação de hemácias)
BILIRRUBINA

Pigmento da Bile
Pigmentação ao lado de hepatócitos normais
Transtornos do crescimento celular
Aumento do número de células em um órgão ou tecido
em resposta a um estímulo. Só pode acontecer em
tecidos que possuem células capazes de divisão

• Atrofia (hipotrofia) Testicular - Atrofia das


células germinativas, dos túbulos seminíferos.
(lâmina 20)
• Hiperplasia nodular da próstata (lâmina 21)
• Hiperplasia tireoidiana – células foliculares T3 e
T4 (lâmina 22)
• Hiperplasia linfoide (lâmina 23)
ATROFIA TESTICULAR
Diminuição do número de
células, do volume e da
função
HIPERPLASIA NODULAR DA PRÓSTATA
Aumento da próstata;
Causa; acúmulo de DHT (metabólito
da testosterona)
HIPERPLASIA TIREOIDIANA
Aumento do número e do
volume dos folículos da tireoide.
Hiperplasia linfoide
Aumento do número e do volume

Você também pode gostar