Você está na página 1de 8

TECNOLOGIAS

 DE  INFORMAÇÃO  
Tema  2  –  Equipamentos  Outros  Componentes    
 
As    Tecnologias  de  Informação  tem  uma  forte  componente  de  organização  humana  
para  que  a  sua  utilização  nos  mais  diversos  ambientes  sejam  eles  educativo,  pessoal,  
empresarial   ou   cientifico,   seja   rentável   pois   dependem   de   uma   unidade   física   que  
lhe  dá  razão  de  ser,  o  Computador  .  
 
Como   construído   por   mão   humana,   o   computador   como   o   conhecemos   hoje   é  
representado   como   uma   extensão   do   próprio   homem,   para   o   desempenho   de  
tarefas  repetitivas  e  outras  que  impliquem  o  tratamento  de  informação  em  grande  
volume,  de  uma  forma  rápida  e  eficaz.  
 
O  computador  como  eu  o  vejo  :  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
   
 
 
 

Ciências  da  Informação  e  Documentação   1  


Aluno  nº  903287  –  Luis  Alberto  Gomes  Panão  
TECNOLOGIAS  DE  INFORMAÇÃO  
Tema  2  –  Equipamentos  Outros  Componentes    
 
O   Computador     como   todos   nós   o   conhecemos     é   constituído   por   vários  
componentes   físicos.   Num   computador   portátil   encontram-­‐se   os   mesmos  
componentes  numa  estrutura  monobloco  compacta.                          
                                                                                               
Assim  temos  como  parte  integrante  do  computador:  
• Uma   caixa   onde   estão   alojados,   a   unidade  
de   alimentação,   o   disco,   uma   unidade   de  
leitura/gravação  de  CD’s  e  DVD’s,  a  placa  
de   rede,   a   placa   de   som,   placa   de  
interface   gráfico   com   o   monitor,   as  
ligações   para   o   teclado   e   rato   e  
finalmente   a   peça   mais   importante  
 
vulgarmente   conhecida   como  
motherboard  (placa  mãe)  pois  nela  está  instalada  a  memoria  e  o  cérebro  do  
computador,   o   processador   (esta   placa   compreende   todas   as   tomadas   de  
ligação  da  cablagem  aos  componentes  instalados  na  caixa).    
• O  monitor    
• O  teclado  
• O  rato  
 
Externamente   podem   ser   ligados   outros   elementos   para   funções   especificas  
denominados  periféricos,  que  podem  ser  de  entrada,  saída  ou  entrada/saida:  
• Uma   impressora   simples   ou   multifunções   (compreende   um   scanner   e   ligação  
para  Fax)  
• Um  Scanner  
• Mesa  digitalizadora    
• Headset  (microfone  +  auscultadores)  
• Webcam  (câmara  digital)  
• Um  leitor  óptico  (leitor  de  código  de  barras)  
• Um  disco  externo  
• Dispositivos  para  jogos  (joystick;  gamepad;  etc.)    

Ciências  da  Informação  e  Documentação   2  


Aluno  nº  903287  –  Luis  Alberto  Gomes  Panão  
TECNOLOGIAS  DE  INFORMAÇÃO  
Tema  2  –  Equipamentos  Outros  Componentes    
 
Periféricos   de   entrada   são   o   teclado,   rato,   leitor   óptico,   scanner,   webcam;  
periféricos   de   saída,   o   monitor,   a   impressora;   periféricos   de   entrada/saída   o   disco  
externo,  unidade  de  leitura/gravação  externa,  memorias  USB  conhecidas  por  pen.  
 
Todos   os   componentes   enumerados   representam   a   visão   externa   do   computador   as  
unidades   físicas,   mas   não   o   fazem   funcionar,   para   que   o   mesmo   funcione   existem  
então  as  unidades  lógicas  constituídas  pelo  processador,  auxiliado  pelas  memorias,  
onde  é  executado  o  programa  que  faz  funcionar  o  computador  e  todos  os  periféricos  
a  ele  conectados,  O  Sistema  Operativo  (Windows  XP,  Vista,  7;  Snow  Leopard;  Linux).  
 
A  organização  interna  da  informação,  é  feita  pelo  único  conjunto  de  símbolos  que  o  
computador   reconhece   “0”   e   “1”,   organizados   sob   a   forma   de   código   binário   que  
constitui  a  unidade  de  informação  do  computador.  
 
Quadro  das  unidades  de  informação  utilizadas:  
Unidade   Comprimento   Observações  
Bit  (b)   1   Representa  a  unidade  de  informação,  código  binário    
0    ou    1  
Byte  (B)   8   Constituído   por   8   bits   +   1   bit   de   paridade   (1),   cada  
byte  representa  um  carácter.        
Kilobyte  (KB)   1024  bytes    
Megabyte  (MB)   1024  kilobytes    
Gigabyte  (GB)   1024  megabytes   Unidade  actual  para  capacidade  em  disco  
Terabyte  (TB)   1024  gigabytes   Unidade  de  capacidade  de  disco  em  servidores  (2)  
Petabyte  (PB)   1024  terabytes    
Exabyte  (EB)   1024  petabyteses    
(1)    Tal  como  os  dois  últimos  dígitos  do  NIB  bancário,  é  um  carácter  de  controle  para  assegurar  que  o  número  total  de  bits  1  no  
campo  de  dados  é  par  ou  impar.  
(2)    Actualmente    já  começam  a  surgir  PC’s  de  secretária  e  portáteis  com  1TB  de  disco  
 

Ciências  da  Informação  e  Documentação   3  


Aluno  nº  903287  –  Luis  Alberto  Gomes  Panão  
TECNOLOGIAS  DE  INFORMAÇÃO  
Tema  2  –  Equipamentos  Outros  Componentes    
 
Os  processadores  (ou  CPUs,  de  Central  Processing  Unit)  são  chips  responsáveis  pela  
execução   de   cálculos,   decisões   lógicas   e  
instruções  que  resultam  em  todas  as  tarefas  que  
um   computador   sob   o   controle   do   Sistema  
Operativo,  constituem  o  seu  "cérebro"    e  os  seus  
principais  fabricantes  são  a  Intel  e  a  AMD.  
   
Evolução  dos  processadores  pós  anos  80:  
Ano   Modelo   Características  
1982   8088   Arquitectura  (3)  de  16  bits  
1982   80286   Arquitectura  (3)  de  16  bits  
1985   80386  DX   Arquitectura  (3)  de  32  bits  
1989   80486  DX   Com  coprocessador  aritmético  
1992   80486  DX2   Velocidade  dupla  de  processamento  
1993   Pentium   Duas  vezes  as  instruções  por  ciclo  de  um486  
1995   Pentium  Pro   Aplicado  em  servidores  de  rede,  performance  melhorada  
1997   Pentium  MMX   Tecnologia  Multimédia  Extensions  
1997   Pentium  II   Agregação  de  funcionamento  do  Pentium  pro  com  o  MMX  
1998   Celeron   Pentium  II  de  custo  reduzido  com  performance  inferior    
1999   Pentium  III   Melhoria  das  capacidades  gráficas,  de  áudio  e  de  vídeo  
2000   Pentium  4   Tecnologia   de   dois   processadores   lógicos,   vocacionado   para   a  
Internet,  áudio  e  vídeo  online.  
2002   Itanium  2   Vocacionado  para  servidores  empresariais  
2003   Pentium  M   Tecnologia  Intel  Centrino  para  computadores  portáteis  
2004   Pentium  Xeon   Para  Servidores  de  Rede  e  estações  de  trabalho  multiprocessadoras  
2005   Pentium  D   Dual   Core   Processing,   geração   actual   de   processadores   para  
computadores  pessoais  
2010   Core   Processador  da  Intel  para  a  nova  geração  de  computadores  pessoais  e  
profissionais  
(3)    numero  de  bits  necessários  para  a  comunicação  de  dados  

Processador  Intel  :  
 
 
   
 
 
 
 
   

Ciências  da  Informação  e  Documentação   4  


Aluno  nº  903287  –  Luis  Alberto  Gomes  Panão  
TECNOLOGIAS  DE  INFORMAÇÃO  
Tema  2  –  Equipamentos  Outros  Componentes    
 
A  memória  do  computador,  tal  como  os  neurónios  do  nosso  cérebro,  armazenam  o  
conjunto  de  instruções  sob  a  forma  da  combinação  dos  bits  para  que  o  processador  
possa  executar  as  suas  tarefas.  Existem  dois  tipos  de  memoria:  
• Memoria   RAM,   conjunto   de   circuitos   que   armazenam   de   forma   aleatória  
informação,   em   placas   rectangulares   de   circuitos  
(SIMM;   RIMM;   DIMM),   acedida   de   forma   directa  
como  por  exemplo  acedemos  directamente  às  faixas    

de  um  CD  de  música.    É  uma  memoria  de  leitura/escrita.  


• Memória  ROM,  contráriamente  à  memória  RAM,  é  uma  memória  apenas  de  
leitura,  o  seu  carregamento  é  feito  por  dispositivos  especiais  com  programas  
responsáveis  pelas  funções  essenciais  do  computador  como  o  seu  arranque.  
 
Processador,   memoria   ROM   e   memoria   RAM,   isoladamente   não   conseguem  
funcionar,  assim  encontra-­‐se  instalados  na  chamada  Motherboard,  placa  principal  do  
computador,   que   possui   todo   o   conjunto   de  
interfaces  físicos,  para  a  instalação  e  ligação  dos  mais  
variados   periféricos   existentes,   bem   como   de   placas  
controladoras   com   funções   específicas   como   p.   Ex.,  
as   placas   de   som,   imagem,   rede,   modem   e   outras  
consoante  o  tipo  de  periférico  as  exija  ou  não.  Dado  
o  desenvolvimento  de  calor  que  aumenta  na  medida    

que  aumenta  também  a  capacidade  e  velocidade  dos  processadores,  estas  albergam  


também  unidades  de  refrigeração  e  dissipação  de  calor.  
 
Todas   as   Motherboards   contem   um   BUS,   ou   seja,   um   conjunto   de  
circuitos,   cuja   função   é   transmitir   “blocos”   de   dados   entre   a  
“motherboard”  e  os  seus  componentes  (microprocessador,  memorias,  
slots   de   expansão,   ...)   e   periféricos,   ou   até   a   energia   necessária   ao  
funcionamento  do  sistema  
(Sousa:  2008,  30)  

Ciências  da  Informação  e  Documentação   5  


Aluno  nº  903287  –  Luis  Alberto  Gomes  Panão  
TECNOLOGIAS  DE  INFORMAÇÃO  
Tema  2  –  Equipamentos  Outros  Componentes    
 
O  BUS  estabelece  o  fluxo  entre  endereços,  de  controlo,  de  dados,  executando  todo  o  
conjunto   de   operações   de   entrada   e   saída,   entre   o   processador   e   todos   os  
dispositivos,  quer  sejam  internos  ou  externos.  
 
Alguns  conceitos  gerais  sobre  o  computador  
Periféricos  de  entrada:  
• Teclado  
• Rato  
• Leitores  ópticos  
• Scanner  
• Touchscreen  
• Joysticks  
• Headset  
• CD-­‐ROM  
• Webcam  
 
Periféricos  de  saída:  
• Ecran  
• Impressoras  
• Plotters  
 
Periféricos  de  entrada/saída:  
• Diskettes  
• Discos(4)    
• CD-­‐RW;  DVD-­‐RW;  BlueRay  
• Bandas  magnéticas  
• Canetas  de  dados  
• Pen’s  memorias  USB  
• Modem’s  (internos  ou  externos);  Router’s  
(4)  A  tecnologia  dos  discos  rígidos  encontra-­‐se  actualmente  em  evolução  existindo  já  actualmente  no  mercado  computadores  
portáteis   com   as   novas   unidades   SSD   unidade   sólida   que   atinge   já   uma   capacidade   de   128   GB,   baseado   no   conceito   das  
memorias  USB.  

Ciências  da  Informação  e  Documentação   6  


Aluno  nº  903287  –  Luis  Alberto  Gomes  Panão  
TECNOLOGIAS  DE  INFORMAÇÃO  
Tema  2  –  Equipamentos  Outros  Componentes    
 
Plug   &   Play,   conceito   de   reconhecimento   automático   de   periféricos   pelo  
computador,   baseado   num   protocolo   interno   dos   mesmos   que   permite   ao  
processador   identificar   o   seu   tipo   (impressora;   leitores   ópticos,   scanners,   etc.),   ao  
identificar  o  periférico  poderá  ou  não  o  Sistema  Operativo  solicitar  a  inserção  de  um  
CD  com  o  conjunto  de  programas  do  hardware  (drivers)  ou  software  específico  para  a  
sua  operacionalidade  (recolha  de  imagens  em  scanner).  
 
USB   (Universal   Serial   Bus),   é   hoje   em   dia   o   método   de   conexão   de   quase   todos   os  
periféricos   da   actualidade   (pode   ligar   até   128),     a   sua   conexão   é   imediata   sem   ter   de  
reiniciar  o  computador  bem  como  a  velocidade  de  transferência  da  informação  (até  
480Mbps)  é  superior  às  anteriores  e  tradicionais  conexões  de  série  e  paralelas  ainda  
existentes  para  alguns  computadores  de  secretaria,  já  que  os  computadores  portáteis  
na  sua  generalidade  apenas  possuem  conexões  USB.  
 
Bluetooth,   é   uma   tecnologia   emergente   que   permitirá   ligar   periféricos   como   rato,  
teclado,  impressoras  ao  computador  em  alternativa  às  conexões  USB  seguindo  a  via  
wireless.    
 
Para   concluir   este   tema   do   nosso   programa,   do   que   eu   considero   o   pouco   que   se  
abordou   sobre   o   computador,   pois   muito   haveria   para   evocar   desde   um   passado  
recente   (últimos   cerca   de   30   anos)   até   aos   nossos   dias,   bem   como   as   perspectivas  
que   se   abrem   para   o   futuro,   conclui   este   tema   abordando   os   diferentes   tipos   de  
computadores.  Assim  podemos  considerar  a  existência  de:  
• Super  computadores  (Cray  X1E;  futuro  IBM  Blue  Gene/L)  
• Servidores  empresariais  (IBM  ES9000;  HP  Unix  server))  
• Servidores  de  médio  porte  (IBM  iSeries;  xSeries)  
• Microcomputadores  (desktops,  laptops,  tablet  pc,  pda’s9  
 

Ciências  da  Informação  e  Documentação   7  


Aluno  nº  903287  –  Luis  Alberto  Gomes  Panão  
TECNOLOGIAS  DE  INFORMAÇÃO  
Tema  2  –  Equipamentos  Outros  Componentes    
 
Referencias  Bibliográficas:  
 
• SOUSA,   Sérgio.   Tecnologias   de   Informação   –   O   que   são?   Para   que   Servem?.  
FCA,  Lisboa,  2008  
 
• Wikipédia,  consultada  em  3  de  Março  de  2008,    http://pt.wikipedia.org/  
 
• Cibéria,  consultada  em  3  de  Março  de  2008,    
                         http://ciberia.aeiou.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=id.stories/658  
 
• IBM,  consultada  em  3  de  Março  de  2008,    
http://www.ibm.com  
 

Ciências  da  Informação  e  Documentação   8  


Aluno  nº  903287  –  Luis  Alberto  Gomes  Panão