Você está na página 1de 8

GRUPO IMPACTO

LEI ORGÂNICA – PROF. SÉRGIO GAÚCHO


Art. 3º São objetivos prioritários do Distrito Federal: 9. (Funiversa – Agente de Polícia-2009) Aos que comprovarem
insuficiência de recursos, será garantida a prestação de assistência
I – garantir e promover os direitos humanos assegurados na Constituição jurídica gratuita e integral, inclusive contra o próprio Distrito Federal.
Federal e na Declaração Universal dos Direitos Humanos;
II – assegurar ao cidadão o exercício dos direitos de iniciativa que lhe 10. Constitui objetivo do Distrito Federal, a plena cidadania.
couberem, relativos ao controle da legalidade e legitimidade dos atos do
Poder Público e da eficácia dos serviços públicos; 11. A preservação de sua autonomia como unidade federativa é um dos
III – preservar os interesses gerais e coletivos; objetivos do Distrito Federal.
IV – promover o bem de todos;
V – proporcionar aos seus habitantes condições de vida compatíveis com 12. (CONSULPLAN/2012/CEASA-DF) O DF integra a união indissolúvel
a dignidade humana, a justiça social e o bem comum; da República Federativa do Brasil e tem como valores fundamentais,
VI – dar prioridade ao atendimento das demandas da sociedade nas dentre outros, a preservação de sua autonomia como unidade federativa,
a dignidade da pessoa humana e o pluralismo político.
áreas desaneamento
moradia, educação, básico,
saúde, lazer
trabalho, transporte,
e assistência segurança pública,
social;
VII – garantir a prestação de assistência jurídica integral e gratuita aos 13. Constitui objetivo prioritário do Distrito Federal, assegurar ao cidadão
que comprovarem insuficiência de recursos; o exercício dos direitos de iniciativa que lhe couberem, relativos ao
VIII – preservar sua identidade, adequando as exigências do controle da constitucionalidade dos atos do Poder Público.
desenvolvimento à preservação de sua memória, tradição e
peculiaridades; 14. Um dos objetivos prioritários do Distrito Federal é preservar os
IX – valorizar e desenvolver a cultura local, de modo a contribuir para a interesses gerais e coletivos.
cultura brasileira;
X – assegurar, por parte do Poder Público, a proteção individualizada à 15. Constitui objetivo prioritário do Distrito Federal, a valorização social
vida e à integridade física e psicológica das vítimas e das testemunhas do trabalho e da livre iniciativa.
de infrações penais e de seus respectivos familiares; (Inciso acrescido
pela Emenda à Lei Orgânica nº 6, de 1996.) 16. Constitui objetivo do Distrito Federal dar prioridade ao bem de todos.
XI – zelar pelo conjunto urbanístico de Brasília, tombado sob a inscrição
nº 532 do Livro do Tombo Histórico, respeitadas as definições e critérios 17. O Distrito Federal tem como um de seus objetivos prioritários, dar
constantes do Decreto nº 10.829, de 2 de outubro de 1987, e da Portaria prioridade ao atendimento das demandas da sociedade na área de
nº 314, de 8 de outubro de 1992, do então Instituto Brasileiro do educação, saúde, saneamento básico, segurança pública, trabalho,
Patrimônio Cultural – IBPC, hoje Instituto do Patrimônio Histórico e transporte, moradia, lazer e assistência social.
Artístico Nacional – IPHAN.
EXERCÍCIOS 18. (ESAF/PGDF/2006)
urbanístico Não
de Brasília, pois é competência
essa objetivo do éDF zelar pelo
exclusiva conjunto
do Instituto do
Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).
1. O Distrito Federal é regido pela Lei Orgânica que deve ser aprovada
pelo Congresso Nacional, mediante proposta do Governador do Distrito 19. (CESPE/DETRAN//2008) É objetivo prioritário do DF garantir a
Federal. prestação de assistência jurídica integral e gratuita aos que comprovem
insuficiência de recursos.
2. A proposta de emenda à LODF deve ser aprovada em dois turnos, por
3/5 de votos. 20. (CESPE/Técnico Legislativo//2005) Os valores fundamentais que
regem a organização do DF guardam paralelo com os fundamentos do
3. O interstício mínimo entre os turnos de discussão e aprovação da Estado Democrático instituído pela Constituição Federal.
LODF deve ser de dez dias.
21. (CONSULPLAN/2012/CEASA-DF) Estão incluídos, dentre os
4. A LODF, uma vez aprovada, será promulgada pelo Governador do objetivos prioritários do DF, proporcionar aos seus habitantes condições
Distrito Federal. de vida compatíveis com a dignidade humana, a justiça social e o bem
comum e valorizar e desenvolver a cultura local.
5. O Distrito Federal possui autonomia política, administrativa e
financeira, observados os princípios constitucionais, integrando a união 22. Constitui objetivo do Distrito Federal valorizar e desenvolver a cultura
indissolúvel da República Federativa do Brasil. brasileira.

6. (Funiversa – Agente de Polícia-2009) Como desdobramento da 23. (CESPE/Técnico Legislativo//2005) A vedação de tratamento
garantia dos direitos humanos previstos na Constituição Federal, o discriminatório, em razão da idade, etnia, cor, sexo, estado civil, religião,
Distrito Federal deve assegurar a proteção individualizada à vida e à convicções políticas, orientação sexual, deficiência física, entre outros,
integridade física e psicológica das vítimas e das testemunhas de não está expressa na LODF porque já se encontra explícita na
infrações penais e de seus respectivos familiares. Constituição Federal.

7. (Funiversa – Agente de Polícia-2009) Por ser de competência 24. Nos termos da LODF, a soberania popular será exercida pelo
privativa dos órgãos estatais legalmente instituídos, a participação do sufrágio universal e pelo voto direto, secreto e obrigatório, com valor igual
cidadão no controle de legalidade e legitimidade dos atos do Poder para todos.
Público e da eficácia dos serviços públicos deverá ser restringida.
25. (CONSULPLAN/2012/CEASA-DF) A soberania popular será exercida
8. (FUNIVERSA/2011/SEPLAG/CARGO 101) Assinale a alternativa que pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto, com valor igual para
apresenta objetivo prioritário do Distrito Federal. todos e, nos termos da lei, mediante plebiscito, referendo, vedada, nos
seus limites, a iniciativa popular.
(A) Garantir e promover os direitos humanos assegurados na
Constituição Federal e na Declaração Universal dos Direitos Humanos. 26. O plebiscito e referendo são consultas formuladas ao povo para que
(B) Promover o bem de todos, em especial o dos eleitores. delibere sobre matéria de acentuada relevância. No Distrito Federal,
(C) Valorizar e desenvolver a cultura local, independentemente de serão regulamentados por lei complementar.
contribuir para apor
(D) Assegurar, cultura
partebrasileira.
do poder público, a proteção individualizada à 27. Por meio da iniciativa popular, os eleitores poderão participar do
vida e à integridade física e psicológica dos autores e das testemunhas processo legislativo. No entanto, será necessária a assinatura, por, no
de infrações penais e de seus respectivos familiares. mínimo, um por cento dos eleitores do Distrito Federal, distribuídos em,
(E) Assegurar ao cidadão o exercício dos direitos de iniciativa que lhe pelo menos, três regiões administrativas.
couberem, relativos ao controle da legalidade e da legitimidade dos atos
do poder público, cabendo exclusivamente ao Ministério Público o 28. Nos projetos de lei de iniciativa popular, representantes dos autores
controle da eficácia dos serviços essenciais à população. poderão defender o projeto perante as comissões da Câmara Legislativa
nas quais tramitarem.

Grupo Impacto –/ www.grupoimpactoweb.com.br


Página 1
GRUPO IMPACTO
LEI ORGÂNICA – PROF. SÉRGIO GAÚCHO
29. (Funiversa/Professor/2010) Em relação aos fundamentos da
organização dos poderes e do Distrito Federal (DF) na Lei Orgânica do 40. (CESPE/SEPLAG/IBRAM/nível superior/2009) A LODF prevê
Distrito Federal (LODF), assinale a alternativa correta. expressamente que o Distrito Federal (DF) é a capital da República
Federativa do Brasil.
(A) Entre os objetivos prioritários do DF, encontra-se o de assegurar, por
parte do poder público, a proteção individualizada à vida e à integridade 41. (CESPE/SGA/Adm/Técnico-2004) O DF pode dividir-se em
física e psicológica das vítimas e das testemunhas de infrações penais e municípios, desde que a população aprove essa medida, por meio de
de seus respectivos familiares. plebiscito convocado pela Câmara Legislativa.
(B) A Lei Orgânica permite ao DF retirar-se da Federação, tendo em vista
sua característica especial de capital da República. COMPETÊNCIA DO DF
(C) O DF integra a Federação e mantém resguardada a sua
personalidade de Direito Público Internacional. - são atribuídas as competências legislativas reservadas aos Estados e
(D) O exercício da soberania popular é realizado pelo sufrágio universal,
por meio do voto direto e secreto, com valor igual para todos e mediante Municípios
- exercer, em seu território, todas as competências que não lhe sejam
o voto livre dos deputados distritais. vedadas pela Constituição Federal.
(E) É assegurado o exercício do direito de petição ou representação,
mediante o pagamento de taxas ou emolumentos, ou de garantia de 1. Espécies de competência
instância. Comum: DF e União atuam
Concorrente: União e DF podem legislar
30. (CESPE/DETRAN/2008) A LODF não pode ser emendada por meio Privativa: só DF atua
de iniciativa popular. 1.1. Sequência para resolver questões da prova
31. (CESPE/Técnico Legislativo//2005) O DF tem como símbolos sua 1º) Verificar se é “casamento” = COMUM
bandeira, seu hino e seu brasão, não sendo possível ao Poder 2º) Se não for casamento, só pode ser concorrente ou privativa
Legislativo alterar essa condição, ainda que para criar novos símbolos. 3º) Concorrente = LEGISLAR
32. Nos exatos termos da LODF, a sede do Governo local será no Distrito 4º) Privativa = dispor e o resto
Federal.
1.2. COMUM – art. 16 (C ASAMENTO)
33. (CESPE/Consultor Legislativo//2005) Diferentemente da criação de CASA:
municípios e estados, a criação de regiões administrativas no DF
XI – registrar, acompanhar e fiscalizar as concessões de direitos de
independe de
diretamente prévia aprovação mediante plebiscito, da população
interessada. pesquisa e exploração de recursos hídricos e minerais em seu território;
CONSTRÓI A MORADIA:
34. (Funiversa/Professor/2010) O crescimento do Distrito Federal (DF) X – promover programas de construção de moradias e a melhoria das
faz surgir novos bairros e regiões administrativas. A respeito da condições habitacionais e de saneamento básico;
organização administrativa do DF, assinale a alternativa correta.
TEM FILHOS:
(A) A remuneração dos administradores regionais poderá ser superior à
fixada para os secretários de Estado do DF, não podendo ultrapassar à VII – prestar serviços de assistência à saúde da população e de proteção
dos ministros do Supremo Tribunal Federal. e garantia a pessoas portadoras de deficiência com a cooperação técnica
(B) Cada região administrativa do DF terá um conselho de e financeira da União;
representantes comunitários, com funções consultivas e fiscalizadoras,
na forma da lei. MANDA OS FILHOS PARA ESCOLA:
(C) Diante da urgência, a criação ou a extinção de regiões
administrativas no DF ocorrerá mediante decreto do governador. VI – proporcionar os meios de acesso à cultura, à educação e à ciência;
(D) As administrações regionais são independentes e não integram a PARA NÃO FICAR POBRE, M ARGINALIZADO E SUBNUTRIDO:
estrutura administrativa do DF. VIII – combater as causas da pobreza, a subnutrição e os fatores de
(E) No DF, a participação popular no processo de escolha do marginalização, promovendo a integração social dos segmentos
administrador regional não depende de lei, podendo ser efetivada a desfavorecidos;

qualquer momento pelo governador. PARA NÃO FICAR SUBNUTRIDO:


35. (ESAF/Procurador DF-2004) No âmbito do Distrito Federal, a criação
e a extinção de Regiões Administrativas far-se-ão: IX – fomentar a produção agropecuária e organizar o abastecimento
alimentar;
a) por lei complementar de iniciativa de qualquer membro ou Comissão
da Câmara Legislativa, do Governador do Distrito Federal ou dos POSSO PLANTAR E CRIAR GADO, M AS DEVO:
cidadãos, na forma prevista na Lei Orgânica.
b) por lei complementar, mediante prévia aprovação da população IV e V – proteger o meio ambiente; preservar a fauna, a flora e o cerrado;
diretamente interessada. combater a poluição em qualquer de suas formas;
c) por lei de iniciativa privativa do Governador do Distrito Federal.
d) por decreto autônomo do Governador do Distrito Federal. POLUIÇÃO LEMBRA TRÂNSITO, E NO TRÂNSITO DEVO SER
e) por emenda à Lei Orgânica. EDUCADO:

36. (UNIVERSA/DER/2009) O DF organiza-se em Regiões XII – estabelecer e implantar política de educação para a segurança do
Administrativas, com vistas à descentralização administrativa, à utilização trânsito;
racional dos recursos para o desensolvimento socioeconômico e à
melhoria da qualidade de vida. SE EU FOR PARADO NO TRÂNSITO, DEVO APRESENTAR
DOCUMENTOS:

37. (CESPE comunitários


representantes – Consultorfuncionam
Legislativo//2005) Os conselhos
junto às administrações de
regionais III – proteger documentos e outros bens de valor histórico e cultural,
como órgãos deliberativos, consultivos e fiscalizadores dos atos de monumentos, paisagens naturais notáveis e sítios arqueológicos, bem
gestão dos administradores. como impedir sua evasão, destruição e descaracterização;

38. O território do Distrito Federal compreende o espaço físico-geográfico CONSERVE O PATRIMÔNIO E GUARDE TUDO:
que se encontra sob seu domínio e jurisdição, sendo um estado da
República Federativa do Brasil. II – conservar o patrimônio público;
I – zelar pela guarda da Constituição Federal, desta Lei Orgânica, das
39. O Distrito Federal, na execução de seu programa de desenvolvimento leis e das instituições democráticas;
local, buscará a integração com a região do entorno.

Grupo Impacto –/ www.grupoimpactoweb.com.br


Página 2
GRUPO IMPACTO
LEI ORGÂNICA – PROF. SÉRGIO GAÚCHO
1.3. CONCORRENTE – art. 17 (LEGISLAR) 14. É competência do Distrito Federal, em comum com a União,
conservar o patrimônio público.
- A União estabelece normas gerais
- O Distrito Federal suplementa, observando as normas gerais 15. É competência do Distrito Federal, em comum com a União, zelar
estabelecidas pela União. pela guarda da Lei Orgânica do DF.
- Inexistindo lei federal sobre normas gerais, o Distrito Federal exercerá
competência legislativa plena, para atender suas peculiaridades. 16. Compete privativamente ao Distrito Federal legislar sobre direito
- A superveniência de lei federal sobre normas gerais suspende a tributário.
eficácia de lei local, no que lhe for contrário.
17. (CESPE/BRB/Advogado/2010) É competência do DF, em comum
1.3.1. Direitos que o DF pode legislar: com a União, dispor acerca da limpeza de logradouros públicos, remoção
e destinação do lixo domiciliar e de outros resíduos.
Penitenciário
Urbanístico 18. (CESPE/BRB/Enfermagem/2010) A organização e a prestação,
Tributário diretamente ou sob regime de concessão ou permissão, dos serviços de
Econômico interesse local, incluído o de transporte coletivo, que tem caráter
Financeiro essencial, são da competência privativa do DF.
1.3.2. Assuntos que o DF não pode legislar: 19. Compete privativamente ao Distrito Federal, legislar sobre a limpeza
de logradouros públicos, remoção e destino do lixo domiciliar.
- diretrizes e bases da educação nacional
- trânsito 20. Compete privativamente ao Distrito Federal licenciar a construção de
- seguridade social qualquer obra.
- desapropriação
- registros públicos 21. Compete ao Distrito Federal, em comum com a União, dispor sobre a
- manutenção da polícia civil instituição de planos de carreira de seus servidores.
EXERCÍCIOS 22. Compete ao Distrito Federal, concorrentemente com a União, dispor
sobre a criação, transformação e extinção de cargos, empregos e
1. Compete ao Distrito Federal, concorrentemente com a União, fomentar funções públicas.
a produção agropecuária e organizar o abastecimento alimentar.
2. Compete ao Distrito Federal, concorrentemente com a União, legislar 23. O Distrito
observará as Federal, no exercício
normas gerais de sua competência
estabelecidas pela União. suplementar,
No entanto,
sobre seguridade social. inexistindo lei federal sobre normas gerais, exercerá competência
legislativa plena, para atender suas peculiaridades. Assim, caso o DF
3. Compete ao Distrito Federal, concorrentemente com a União, legislar edite determinada norma, o advento da citada lei geral federal revogaria
sobre diretrizes e bases da educação, cultura, ensino e desporto. a lei distrital.
4. Compete ao Distrito Federal, concorrentemente com a União, dispor 24. Ao Distrito Federal são atribuídas as competências legislativas
sobre a autorização, fiscalização e licenças dos serviços de veículos de reservadas aos Estados e Municípios, cabendo-lhe exercer, em seu
aluguéis. território, todas as competências que não lhe sejam vedadas pela
Constituição Federal.
5. (CONSULPLAN/2012/CEASA-DF) É competência do Distrito Federal,
em comum com a União, registrar, acompanhar e fiscalizar as 25. Compete privativamente à União legislar sobre proteção e integração
concessões de direitos de pesquisa e exploração de recursos hídricos e social de pessoas portadoras de deficiência.
minerais em seu território.
26. (ESAF/Procurador DF -2007) Cabe à União manter a polícia civil no
6. Compete ao Distrito Federal, em comum com a União, promover Distrito Federal, mas cabe à Câmara Distrital legislar sobre a sua
programas de construção de moradias e a melhoria das condições organização.
habitacionais e de saneamento básico.
7. É competência do Distrito Federal, em comum com a União, prestar 27. (CESPE/SGA/Adm/Analista-2004)
Federal (DF) apresentou, individualmente,Um deputado
projeto defederal pelo Distritoa
lei modificando
serviços de assistência à saúde da população e proteção e garantia a organização da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF). Nessa
pessoas portadoras de deficiência com a cooperação técnica e financeira situação, o referido projeto de lei não deve ser apreciado pelo Congresso
da União. Nacional, pois compete privativamente ao DF legislar sobre a PMDF.
8. Proporcionar meios de acesso à cultura, à educação e à ciência é da 28. (IADES/PGDF/Técnico/2011) Assinale, dentre as alternativas abaixo,
competência privativa do Distrito Federal. a que não corresponde a uma competência privativa do Distrito Federal:
9. (CONSULPLAN/2012/CEASA-DF) Compete ao Distrito Federal, a) fomentar a produção agropecuária e organizar o abastecimento
concorrentemente com a União, combater as causas da pobreza, a alimentar.
subnutrição e os fatores de marginalização, promovendo a integração b) dispor sobre criação, transformação e extinção de cargos, empregos e
social dos segmentos menos favorecidos. funções públicas
c) exercer o poder de polícia administrativa
10. (CESPE/DFTRANS – Administrador-2008) É competência do DF, em d) licenciar a construção de qualquer obra
comum com a União, dispor sobre a administração dos cemitérios. e) dispor sobre a administração, utilização, aquisição e alienação dos
bens públicos.
11. Compete privativamente ao Distrito Federal proteger o meio
ambiente, preservar a fauna, da flora e do cerrado, e combater a 29. (IADES/PGDF/Analista/2011) De acordo com a Lei Orgânica do
poluição. Distrito Federal, compete privativamente ao Distrito Federal
12. Compete ao Distrito Federal, concorrentemente com a União, legislar (A) dispor sobre serviços funerários e administração de cemitérios.
sobre a implementação da política de educação para a segurança do (B) legislar sobre Previdência Social, proteção e defesa da saúde.
trânsito. (C) zelar pela guarda da Constituição Federal, da referida Lei Orgânica,
das leis e das instituições democráticas.
13. É competência do Distrito Federal, em comum com a União, proteger (D) legislar sobre desapropriação.
documentos e outros bens de valor histórico e cultural, bem como impedir (E) estabelecer e implantar políticas de educação para a segurança do
a destruição e descaracterização. trânsito.

Grupo Impacto –/ www.grupoimpactoweb.com.br


Página 3
GRUPO IMPACTO
LEI ORGÂNICA – PROF. SÉRGIO GAÚCHO
30. (CONSULPLAN/2012/CEASA-DF) Compete privativamente ao DF
criar, organizar ou extinguir Regiões Administrativas, de acordo com 1. Princípios expressos
legislação vigente. L egalidade
I mpessoalidade
31. (IADES/PMDF/Dentista/2012) Ao DF são atribuídas as competências M oralidade
legislativas reservadas aos Estados e Municípios, cabendo-lhe exercer, P ublicidade
em seu território, todas as competências que não lhe sejam vedadas pela IN teresse público
CF. Assim, compete privativamente ao DF: RA zoabilidade
MO tivação
A - legislar sobre a proteção do patrimônio histórico, cultural, artístico,
paisagístico e turístico. 1.2. Administração Direta e Indireta
B - disciplinar o trânsito local, sinalizando as vias urbanas e estradas do
DF. - criação, alteração ou extinção de entidades = lei
C - proporcionar os meios de acesso à cultura, à educação e à ciência. - criação de subsidiárias = autorização legislativa
D - prestar serviços de assistência à saúde da população e de proteção e - a direção superior das empresas públicas, autarquias, fundações e
garantia a pessoas portadoras de deficiência com a cooperação técnica e sociedades de economia mista terá representantes dos servidores,
financeira da União. escolhidos do quadro funcional, para exercer funções definidas, na forma
E - preservar a fauna, a flora e o cerrado. da lei.
- pessoas jurídicas de direito público e as de direito privado, prestadores
VEDAÇÕES de serviços públicos, respondem pelos danos que seus agentes
causarem.
- estabelecer, embaraçar ou subvencionar cultos religiosos, igrejas
- recusar fé aos documentos públicos 1.3. Administração Tributária
- subvencionar ou auxiliar propaganda político-partidária
- destinar recursos públicos, juros ou prazos privilegiados para - administração fazendária exerce privativamente a fiscalização de
instituições privadas com fins lucrativos tributos do DF e tem precedência sobre os demais setores
- discriminar ou prejudicar qualquer pessoa por estar litigando com o DF - carreira da Fiscalização e Inspeção possui independência funcional e
- contratar obras e serviços públicos sem prévia aprovação do respectivo cargos são privativos de nível superior
projeto, sob pena de nulidade do ato de contratação - O julgamento de processos fiscais em segunda instância será de
competência de órgão colegiado, integrado por servidores da carreira de
EXERCÍCIOS auditoria tributária e representantes dos contribuintes.

1. (CESPE/BRB/Enfermagem/2010) A LODF veda discriminar ou 1.4. Serviços Públicos


prejudicar qualquer pessoa pelo fato de haver litigado contra órgãos
públicos do DF, nas esferas administrativa ou judicial. Referida vedação, - atos de improbidade administrativa importarão suspensão dos direitos
porém, só se aplica à discriminação de pessoas físicas, não se políticos, perda da função pública, indisponibilidade dos bens e
estendendo a pessoas jurídicas. ressarcimento ao erário, sem prejuízo da ação penal cabível.
- a lei garantirá, em igualdade de condições, tratamento preferencial à
2. (CESPE/SGA/Adm/Técnico-2004) O DF pode subvencionar cultos empresa brasileira de capital nacional, na aquisição de bens e serviços
religiosos cristãos, pois o cristianismo é a religião oficial do Brasil. pela administração direta e indireta, inclusive fundações instituídas ou
mantidas pelo poder público.
3. Segundo a LODF, o Distrito Federal poderá manter aliança com - Lei disporá sobre participação popular na fiscalização da prestação dos
representantes de igrejas, na forma da lei, visando à colaboração de serviços públicos do Distrito Federal
interesse público.
1.5. Cargos de provimento efetivo
4. É possível, em casos expressamente previstos em lei e autorizados
pela Câmara Legislativa, que o Distrito Federal auxilie a propaganda - concurso público
político-partidária. - vagas para portadores de deficiência e exigência de psicotécnico = lei
- pode contratar por tempo determinado
5. (CESPE/BRB/Enfermagem/2010) A LODF veda, expressamente, que
oporDFmeio
subvencione ou auxilie,
de imprensa, de qualquer
rádio, televisão,modo, comde
serviço recursos públicos,
alto-falante ou 1.6. Função e Cargo comissionado
qualquer outro meio de comunicação, propaganda político-partidária ou - somente para direção, chefia e assessoramento.
com fins estranhos à administração pública. - funções comissionadas: 100% servidores públicos
- cargos comissionados: mínimo 50% por servidores
6. (IADES/PGDF/Analista/2011) Por disposição da Constituição Federal * % não se aplica para cargos em comissão dos Gabinetes
de 1988, o Distrito Federal rege-se por lei orgânica distrital, votada em parlamentares e das lideranças
dois turnos com interstício mínimo de 10 dias, e aprovada por dois terços
da Câmara Legislativa, que a promulgará, atendidos os princípios 1.7. Publicidade dos atos da Administração
estabelecidos na Constituição. A esse efeito necessário denominamos de
simetria. No que se refere à Lei Orgânica, em relação à organização do - caráter educativo
Distrito Federal, assinale a alternativa correta. - publicação trimestral dos gastos
- suspensão 90 dias antes das eleições, salvo interesse público.
(A) A criação ou extinção de regiões administrativas ocorrerá mediante * os atos administrativos são públicos, salvo quando a lei, no interesse da
Emenda à Lei Orgânica Distrital. administração, impuser sigilo
(B) Compete privativamente à União, no território do Distrito Federal, * no processo administrativo, qualquer que seja o objeto ou
registrar, acompanhar e fiscalizar as concessões de direitos de pesquisa procedimento, observar-se-ão, entre outros requisitos de validade, o
e exploração de recursos hídricos e minerais em seu território. contraditório, a ampla defesa e o despacho ou decisão motivados
(C) O Distrito Federal é uma Unidade da Federação laica. Em face disso,
écultos
vedado estabelecer quaisquer relações ou colaborações com igrejas ou
religiosos. 1.8. Certidões
- fornecidas no eprazo
cópias autenticadas
máximo de trinta dias
(D) Tanto a alienação como a compra de imóvel pelo Distrito Federal - se para defesa de seus direitos: dez dias úteis
dependerão de prévia avaliação e autorização da Câmara Legislativa, - a primeira via da identidade é gratuita
subordinada à comprovação da existência de interesse público e à
observância da legislação pertinente à licitação. 1.9. Declaração de bens
(E) Existindo lei federal sobre normas gerais, o Distrito Federal exercerá
competência legislativa plena, para atender suas peculiaridades. a) posse, exoneração e aposentadoria: todo o agente público
b) anual: Governador; Vice-Governador; Secretários de Estado; Diretor
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DO DF de Empresa Pública, Sociedade de Economia Mista e Fundações;

Grupo Impacto –/ www.grupoimpactoweb.com.br


Página 4
GRUPO IMPACTO
LEI ORGÂNICA – PROF. SÉRGIO GAÚCHO
Administradores Regionais;Procurador-Geral do Distrito Federal; públicos, com exceção da hipótese de uma lei prever sigilo no interesse
Conselheiros do TCDF; Deputados Distritais da administração.
EXERCÍCIOS 19. Os atos de improbidade administrativa importarão cassação dos
direitos políticos, perda da função pública, indisponibilidade dos bens e
1. (CESPE/DETRAN/2008) A LODF não aborda expressamente o ressarcimento ao erário.
princípio da motivação.
20. (CESPE – PMDF – Capelão) José, que exerceu o cargo de
2. (CESPE – SEPLAG/IBRAM/nível superior/2009) A LODF não prevê, presidente de uma fundação do DF entre março de 2004 e abril de 2005,
expressamente, o princípio da moralidade administrativa, porém, trata-se foi condenado, em novembro de 2006, por ato de improbidade
de princípio implícito que vincula todos os agentes públicos. administrativa, em razão de ter cometido irregularidades em sua gestão,
tendo seus bens indisponíveis e seus direitos políticos suspensos. Nessa
3. Os cargos, empregos e funções públicas do Distrito Federal são situação, José não poderá vir a ser condenado em futura ação penal
acessíveis apenas a brasileiros natos. pelos mesmos fatos, pois já respondeu por ato de improbidade
administrativa.
4. O prazo de validade do concurso público, segundo disposto na LODF,
será de dois anos, prorrogável uma vez, por igual período. 21. As pessoas jurídicas de direito privado prestadoras de serviço público
respondem pelos danos que seus agentes causarem a terceiros.
5. A LODF prevê que o percentual de vagas em concurso público de
cargos e empregos públicos para portadores de deficiência será de 20%. SERVIDORES PÚBLICOS
6. Pelo menos cinqüenta por cento das funções de confiança deverão ser 1. Regime Jurídico:
ocupadas por servidores ocupantes de cargo efetivo.
- Administração Direta, Autarquia e Fundações: Regime único
7. Pelo menos cinqüenta por cento dos cargos em comissão dos - EP, SEM: instituirão planos de carreira
gabinetes parlamentares e lideranças partidárias da Câmara Legislativa * ouvidas as entidades representativas dos servidores
do Distrito Federal deverão ser ocupados por servidores de carreira. * servidores tem direito de participar na elaboração e alteração do plano
de carreira
8. As funções e cargos de confiança destinam-se apenas às atribuições
de direção, chefia e assessoramento. 2. Direitos

8. (CESPE/DETRAN/2008)
Paulo Considere
irá tomar posse em cargo a seguinte
efetivo federal, razãosituação
pela qualhipotética.
requereu -- gratificação do titular
o Poder Público podequando em substituição
compensar ou reduzir jornada
sua exoneração do cargo de servidor público distrital, que ocupa - proteção especial à servidora gestante
atualmente. Nessa hipótese, Paulo não é obrigado a apresentar - atendimento em creche e pré-escola (inclusive para S.E.M e EP)
declaração de bens ao DF. - amamentação até 12 meses
- promoção por merecimento e antiguidade
9. (CESPE/DETRAN/2008) Por expressa disposição na LODF, são - adicional de 1% por ano de serviço (somente administração direta,
obrigados a apresentar a declaração anual de bens, entre outros, o autarquia e fundações)
governador, seus secretários de Estado e os dirigentes das autarquias - isonomia de vencimentos para cargos de atribuições iguais ou
distritais. assemelhadas (somente administração direta)
- quitação da folha de pagamento até o 5º dia útil do mês seguinte
10. Os Administradores regionais são obrigados a declarar seus bens - vale-transporte
tanto na posse quanto na exoneração do cargo. - licença para atendimento filho, genitor e cônjuge doente
- acesso à profissionalização e ao treinamento como estímulo à
11. (CONSULPLAN/2012/CEASA-DF) A administração é obrigada a produtividade e à eficiência
fornecer certidão ou cópia autenticada de atos, contratos e convênios - via de regra, é vedado o desvio de função
administrativos a qualquer interessado, no prazo máximo de trinta dias,
sob pena de responsabilidade de autoridade competente ou servidor que 2.1. Direito de greve
negar ou retardar a expedição.
12. (CESPE/DETRAN/2008) Considere-se que o governo do DF pretenda -- definido
proibido em lei federal
servidor específica
substituir trabalhador em greve, salvo previsão em lei
divulgar suas ações de governo, como obras, projetos etc. Nesse caso, federal.
esse tipo de publicidade deve ser suspensa noventa dias antes das
eleições. 2.2. Associação sindical
13. Os Poderes do Distrito Federal mandarão publicar, semestralmente, - direito à livre associação sindical
no Diário Oficial demonstrativo das despesas realizadas com propaganda - entidades sindicais poderão descontar em folha as contribuições
e publicidade de todos os seus órgãos. - às entidades representativas cabe a defesa dos direitos e interesses
coletivos ou individuais
14. (CESPE/DETRAN/2008) A direção superior de empresas públicas,
autarquias, fundações e sociedades de economia mista deve ter - dirigentes:
representantes dos servidores do quadro funcional para exercer funções
definidas, na forma da lei. a) licença especial
b) resguardados direitos e vantagens da carreira
15. (CESPE/BRB/Advogado/2010) A administração fazendária e seus
agentes fiscais têm, em suas áreas de competência e jurisdição, 3. Tempo de serviço
tratamento igualitário aos demais setores administrativos, na forma da lei. - servidor requisitado: progressão funcional, licença-prêmio,
16. (CESPE/BRB/Advogado/2010) O julgamento de processos fiscais em aposentadoria*
segunda
servidoresinstância é de competência
da carreira de auditoria detributária
órgão colegiado, integrado dos
e representantes por -- federal, estadual, municipal
licença concedida ou do DF:
por junta médica disponibilidade
oficial: e aposentadoria*
todos os efeitos legais
contribuintes. * art. 40 da CF: para aposentadoria somente tempo de contribuição
4. Acumulação de cargos
17. (CESPE/DETRAN/2008) Ao DF compete instituir taxas de serviço, - vedado, salvo se existir compatibilidade de horário:
como aquela que é cobrada na expedição da primeira e da segunda vias a) 2 de professor
da cédula de identidade pessoal. b) 1 de professor com outro técnico ou cientifico
c) 2 privativo de médico
18. (CESPE – PMDF – 2009) Os atos administrativos praticados na - abrange administração publica direta e indireta
Secretaria de Segurança Pública e nas administrações regionais são
SERVIDORES PÚBLICOS
Grupo Impacto –/ www.grupoimpactoweb.com.br
Página 5
GRUPO IMPACTO
LEI ORGÂNICA – PROF. SÉRGIO GAÚCHO
acumulados, para fins de concessão de acréscimos ulteriores, sob o
1. (CONSULPLAN/2012/CEASA-DF) Ressalvada a legislação federal mesmo título ou idêntico fundamento.
aplicável ao servidor público do DF é permitido substituir trabalhadores
de empresas privadas em greve. 16. (ESAF/Procurador DF-2004) Com relação aos direitos dos servidores
públicos do Distrito Federal, assinale a alternativa correta.
2. (CESPE/DETRAN/2008) Considere a seguinte situação hipotética.
Joana, que é servidora pública distrital, irá substituir a titular Fernanda, (A) É direito do servidor público a gratificação do titular quando em
durante as férias desta. Nesse caso, Joana fará jus à gratificação de substituição ou auxílio do mais antigo.
Fernanda durante o período da substituição. (B) O direito de proteção especial à servidora gestante ou lactante não
inclui a adequação ou a mudança temporária de suas funções.
3. (CESPE/DETRAN/2008) O servidor público efetivo de autarquia (C) É direito da servidora o atendimento em creche e pré-escola a seus
distrital faz jus ao recebimento de adicional de 1% por ano de serviço dependentes de até doze anos de idade incompletos, preferencialmente
público efetivo. em dependência do próprio órgão ao qual são vinculados.
(D) A duração do trabalho normal de um servidor é de doze horas diárias
4. É direito dos servidores públicos do DF, sujeitos ao regime jurídico e quarenta e oito horas semanais, facultado ao Poder Público conceder
único quitação da folha de pagamento do servidor ativo e inativo da a compensação de horários e a redução da jornada, nos termos da lei.
administração direta, indireta e fundacional do Distrito Federal até o (E) É direito do servidor público a participação na elaboração e na
quinto dia útil do mês subseqüente, sob pena de incidência de alteração dos planos de carreira.
atualização monetária.
17. (CESPE – PMDF – 2009) Considere a seguinte situação hipotética.
5. (CESPE/BRB/Enfermagem/2010) A LODF assegura aos servidores da Márcio é médico da Secretaria de Estado de Saúde do DF, onde
administração direta isonomia de vencimentos para cargos de atribuições trabalha pela manhã, e exerce o cargo de médico assistente de saúde na
iguais ou assemelhadas do mesmo poder ou entre servidores dos Companhia Energética de Brasília, onde atende no período da tarde.
Poderes Executivo e Legislativo, ressalvadas as vantagens de caráter Nessa situação, Márcio pode acumular os dois cargos privativos de
individual e as relativas à natureza ou ao local de trabalho. médico, por haver compatibilidade de horário.
6. Os servidores terão direito a duração do trabalho normal não superior 18. Os empregados públicos de sociedades de economia mista e
a oito horas diárias e quarenta horas semanais, facultado ao Poder fundações instituídas ou mantidas pelo Poder Público não estão sujeitas
Público conceder a compensação de horários e a redução da jornada, à vedação de cumulação de cargos.
nos termos da lei.
19. (FUNIVERSA/2011/SES/Motorista) Acerca do que dispõe a Lei
7. Viarecomendação
sob de regra, é vedado o desvio
médica de função,
e ao servidor quesalvo
tiverasua
servidora gestante,
capacidade de Orgânica assinale
públicos, do Distrito Federal correta.
a alternativa quanto à aposentadoria dos servidores
trabalho reduzida em decorrência de acidente ou doença de trabalho.
(A) A aposentadoria compulsória, aos setenta anos de idade, assegura
8. Os dirigentes de federações e sindicatos de servidores públicos, ao servidor perceber proventos integrais.
durante o exercício do mandato, terão resguardados os direitos e (B) Exclusivamente no caso de exercício de atividades insalubres e
vantagens inerentes à carreira de cada um. perigosas, lei ordinária deverá fixar situações especiais para
aposentadoria do servidor.
9. Às entidades representativas dos servidores públicos do Distrito (C) O tempo de serviço público federal, estadual, municipal e do Distrito
Federal cabe a defesa dos direitos e interesses coletivos ou individuais Federal é computado integralmente somente para efeitos de
da categoria apenas na esfera judicial. aposentadoria.
(D) Aos inativos garantem-se a revisão dos proventos da aposentadoria,
10. (CESPE/DFTRANS – Agente Administrativo-2008) Caso um servidor na mesma proporção e na mesma data de modificação da remuneração
público da administração fundacional do DF fique em licença concedida dos servidores ativos, e, ainda, a extensão de quaisquer benefícios ou
por junta médica oficial durante dois anos, será assegurada a ele, para vantagens posteriormente concedidos aos servidores em atividade.
todos os efeitos legais, a contagem do tempo em que esteve de licença. (E) Dependendo da causa mortis, o benefício da pensão por morte
poderá corresponder ou não à totalidade do vencimento ou do provento
11. Ao integrante da administração direta, autárquica, fundacional, do servidor falecido.
empresas públicas e sociedade de economia mista do Distrito Federal,
fica assegurado
serviço o percebimento
público efetivo, deda
nos termos adicional
lei. de um por cento por ano de 20. (FUNIVERSA/2011/SES/Enfermeiro)
servidores A correta,
públicos, assinale a alternativa respeito de
dosacordo
direitos
comdoso
previsto na LODF.
12. (CESPE–SGA/AAJ-Direito-2004) Considere que Rogério tenha
recentemente ingressado no cargo de procurador do DF. Nessa situação, (A) A lei poderá aumentar a jornada de trabalho normal acima de oito
tal como os demais servidores públicos do DF, Rogério somente poderá horas diárias, ultrapassando quarenta horas semanais.
adquirir estabilidade após completar 3 anos de efetivo exercício. (B) A lei poderá reduzir a jornada de trabalho normal de oito horas para
seis horas diárias.
13. (UNIVERSA – DER/DF- 2009) São direitos dos servidores públicos, (C) Não é computado como de exercício efetivo o tempo de serviço
sujeitos ao regime jurídico único, além dos assegurados no §2º, do art. prestado por servidor requisitado a qualquer dos poderes do Distrito
39 da CF, os seguintes: Federal.
(D) O direito de greve do servidor do Distrito Federal será exercido nos
I – duração do trabalho normal não superior a oito horas diárias e termos e nos limites previstos em lei complementar do Distrito Federal.
quarenta horas semanais, facultado ao Poder Público conceder (E) O servidor público estável não poderá perder o cargo em virtude de
compensação e a redução da jornada, nos termos da lei. processo administrativo, mas apenas por sentença judicial transitada em
II – promoções por merecimento ou antiguidade, no serviço público, nos julgado.
termos da lei. EMENDA À LEI ORGÂNICA Nº 60, DE 2011
III – ascensão de cargo de acordo com a influência no meio político.
IV – participação na elaboração e alteração dos planos de carreira. Publicação DODF nº 246, de 26/12/11 – Pág. 1.
Estão
a) I e II,corretos
apenasosb)
itens:
II e III, apenas c) II, III e IV, apenas A MESA DIRETORA
FEDERAL, nos termos do DA art.
CÂMARA
70, § 2º,LEGISLATIVA DO promulga
da Lei Orgânica, DISTRITOa
d) I, II e IV, apenas e) I, II, III e IV seguinte emenda ao texto da referida Lei:
Art. 1º A Lei Orgânica do Distrito Federal passa a vigorar com as
14. (CESPE – SEPLAG/IBRAM/nível superior/2009) Segundo seguintes alterações:
expressamente previsto na LODF, os cargos em comissão e as funções Art. 10. .........................
de confiança serão exercidos preferencialmente por servidores § 3° A proibição de que trata o art. 19, § 8°, aplica-se à nomeação de
ocupantes de cargo de carreira técnica ou profissional. administrador regional.
Art. 19. .........................
15. (CONSULPLAN/2012/CEASA-DF) Os acréscimos pecuniários § 8° É proibida a designação para função de confiança ou a nomeação
percebidos por servidores públicos do DF não serão computados nem para emprego ou cargo em comissão, incluídos os de natureza especial,

Grupo Impacto –/ www.grupoimpactoweb.com.br


Página 6
GRUPO IMPACTO
LEI ORGÂNICA – PROF. SÉRGIO GAÚCHO
de pessoa que tenha praticado ato tipificado como causa de
inelegibilidade prevista na legislação eleitoral.
Art. 82. .........................
§ 9° É proibida a nomeação para o cargo de Conselheiro do Tribunal de
Contas do Distrito Federal de pessoa que tenha praticado ato tipificado
como causa de inelegibilidade prevista na legislação eleitoral.
Art. 85. ........................
Parágrafo único. A proibição de que trata o art. 82, § 9°, aplica-se à
nomeação do Procurador-Geral do Ministério Público de Contas do
Distrito Federal.
Art. 105. Os Secretários de Estado serão escolhidos entre brasileiros
maiores de vinte e um anos, no exercício dos direitos políticos, aplicando-
se-lhes o disposto no art. 19, § 8°.
Art. 110. .......................
Parágrafo único. A proibição de que trata o art. 19, § 8°, aplica-se à
nomeação do Procurador-Geral do Distrito Federal.
Art. 365. .......................
§ 2°A proibição de que trata o art. 19, § 8°, aplica-se à designação para
integrar conselho, comissão, comitê, órgão de deliberação coletiva ou
assemelhado.
Art. 2º Esta Emenda à Lei Orgânica entra em vigor na data de sua
publicação.
Art. 3º Revogam-se as disposições em contrário.

Grupo Impacto –/ www.grupoimpactoweb.com.br


Página 7