Você está na página 1de 60
HisTORIA rN OU NOVO ate ae NATAL | ATOURADA | PAGU | 10 GENERAIS INSOLITO. CIBERNETICA O ICONE INCOMPETENTES “e Ee ay Py iter ge Ree eres en EL) a salvar vidas. Somos uma organizagao humanitaria internacional que leva cuidados de satide a pessoas afetadas por conflitos armados, desastres naturais, epidemias, desnutricao ou sem acesso a assisténcia médica em cerca de 70 paises. Vocé pode nos apoiar de um jeito muito especial: organizando iniciativas solidarias para arrecadar doagées. Assim, enquanto comemoram, vocé e seus convidados nos ajudam a salvar vidas. Aniversérios, Shows e Bazares, felras, casamentos, formaturas apresentagées lellbes,rfas outras comemoragies artisticas e exposigbes Acesse agora w.msf -br/iniciativas-s: sumério hojenahistéria Gedamcinea socom 6 Yan Gogh cortaaorina 10 almanaque Pareue teenie extagnou? 12 Geers idres mitaresdavistéria = 14 Mowedseuenelen 16 Sue rrajostad © oada 17 Fockelaer ve S00 Francico 18 Caches onan poqur 20 Captls do rat 22 oe 24 netnorecn 26 Domectcagto 28 capa Estado Novo, aditadura esquecida, 30 GRANDES MULHERES 40 46 Pagu, ainguieta musa modemista RELIGIAO ‘Asmais insdltas celebragées de Natal cultura. LANGAMENTOS Intelectuaistotaltarios, Call of Duty FUTEBOL & HISTORIA 0 escandalo de Berna FOTO-HISTORIA ‘Carmen Miranda futurista Bag editorial DITADURA E DITADURA FE sta é uma capa que certamente vai dividir opinides. Getilio Vargas é uma figura extremamente prezada por trabalhistas, socialistas ena- cionalistas brasileiros. Diante disso, vamos deixar uma coisa bem lara aqui: no acreditamos em ditactura virtuosa. Parannés, ditadura ¢ditadura. Umas sio mais homicidas que outras, masa ideia de uma sociedade amordagada e torturada pelos que acreditam ser de- tentores da chave do bem geral é exeervel por prine‘pio. Como nossa capa anterior nao foi simpética aos bolcheviques, esta nao seré a Getuilio Vargas. Dito isso, estamos obviamente falando do Gettilio de 1937 a 1945, que nao é ‘omesmo daquele do mandato legitimo que terminaria com seu suicidio, peri- ‘odlo em que, ce perseguidor, passouaaliado da esquerda, Essa seria toda outra ‘matéria, todo outro periodo, etoda outra questo de prineipios e valores. ‘Também neste més, encerrando nossa série Grandes Mulberesna Hist6ria do ‘Brasil, a tempestuosa vida de Pagu, musa radical, comunista com alma de anarquista, prisioneira do Estado Novo e pioneira detratora de Stalin, Eainda: Krampus e outras eriaturas. As raizes pré-cristis do Natal, nos exemplos mais inusitados do mundo. Boa leitura eboas festast Fabio Marton | Editor FALE COM A GENTE AH Ee ae eee pe en e Ererrn Seen a ae a ry piemeenery eet cee es ere eee ty Earlene) erred Coosoaeerrir) Ca PARA ANUNCIAR Er scram Per eo eer Conn Cer E-mail er opnereeey Pre coe Pere ce eee erg asec ‘ama aoc er Ce cereceaFene pisses es 29 monet aed en Fane ene ate rayacetntne Matar "taco es ose esse td crea uc tran Astra eas way a cube NOES Seo HisTORIA sic EE re snide caper hop intra ee Sete rere aat 2a ieaosaees Bee occa ieogt bene are naan ee ee rece, (Sick ys bee USS St 2a eee ieee tere see eee eagle ET nao easton fe een AE ca ence So nua hie A EES vw wy Shonen gn an a aro oar art buon eet woe Sm COMCAL asta ds ogee soe onseierk ete Ee mac touo'datiw css sacs rats ER 5 see 4 penn ‘Moura di te aes Ui yn ‘Bi won pa pops ae oe oo ge iearemannictiaestahersiuare ‘Slee ie center ers rs oc SODAS oRt a ln oer Std oa on Se Feo n-ne mm) We oSe., bidh ewes noma CARAS Antenne ane) ae i (ees en |e a ler Ene Broce) TCs ema Se Cama Sonne Cece ‘somes Maro eM er em) Titus one ana) feam meen) |store See aoe Fs) Tenses ioe” kre} eS Fott) assineclube.com.br O servico de assinaturas da Editora CARAS ON aah = ona POR MES! APROVEITE OS DESCONTOS DE ATE 47% EM NOSSOS TiTULOS! oes Ce ee eee Acesse agora WWW.ASSINECLUBE.COM.BR ou ligue CARAS = - 3003-1020 assineclube AS 4 at By re oe 8 Res 0 aaa < Fos 28a © b ntwiciodncteina a? 9: eee Zah fF TE gseeS HAAELES, Axvanava es 28 TERIAM SIDO OS TROIANOS? TEXTO ACHADO NO SECULO 19 E SO TRADUZIDO AGORA PODE REVOLUCIONAR NOSSO ENTENDIMENTO DA MAIOR CATASTROFE DA ANTIGUIDADE C omo aquedade Roma,1700 Com apenas relatos inimigos so- __ O manuserito, em hierdglifos lé- zag a are het anos depois, 0 colapso da _brevivendo, oqueexatamenteacon- _vios, basieamente afirma que um Idade do Bronze seria um teceuequemeramosPovosdo Mar _poderoso reino livio chamado cataclismo tio potentequeserviria nunca ficou claro. Agora um texto Mira, liderado pelo rei Muksus de para delimitar o fim deumaera- _ hieroglifico encontrado héquase14oTroia, moveu uma massiva campa- dando lugar ado Ferro. Porvoltade anos ajudaaesclarecer omistério.E _nhacontrao sul, conquistando tudo 1200.C., a massiva ineursio mili- os culpados, aomenosem parte,fo- até o Egito. Confirmando duas hi- tardaqueles que os egipcios chama- ramos famosos troianos dos poemas _péteses de varios historiadores: ram de “Povos do Mar” iniciou a épicos dos gregos - aqueles que te-troianos eram ltivios, um povo chamada Idadedas‘Trevas grega. _riamsido tapeados por um cavalo. _indo-europeu, ea catdstrofe come- DaGrécia as costas doEgito, ci Gravado em pedras, o texto foi ou coma Guerra de Troia. dades inteiras seriam arrasadase encontrado em 1878 na vila de _ traduco levou tanto tempo abandonadas. Povos urbanos se Beykdy, Turquia, pelo arqueélogo porque os hiertglifos kivios so bem tornariam rurais. © império hitita Georges Perrot. Elecopiouem papel__ menos conhecidos que os egipeios. seria partido em pedagos. Acultu- oquedavaum totaldeosmetrosde Essa foi a misséo final do arquesto- rados gregos foi aniquilada, apon- _eserituras, antes que os moradores go James Mellaart, que morreu em todepassarem quatro séculos sem do local usassem as pedras para 2012, deixando instruedes 4 sua historia escrita. construir uma mesquita. equipe para terminar o trabalho. 6 vezeweno 2017 Naoestamos dizendo §oguem fora seus livros de Historia’ - sé que ha um novo Angulo FRANCIS LUDLOW, HISTORIADOR CLIMATICO, SOBRE UM ESTUDO NO QUAL ‘AFIRMA QUE UMA MUDANGA CLIMATICA AJUDOU A ACABAR COM A DINASTIA PTOLOMAICA DO EGITO, ADE CLEOPATRA PIRAMIDE EO TEMPLO Dois grandes achados no Egito. poderoso momento do Egito. Um, a ponta de uma pirémide ainda Dedicado ao deus Ra, 0 templo, ‘oculta da rainha Ankhnespepi, parte ainda quase todo coberto, tem de um complexo que inclui uma 82 por 52 metros. A pedra na foto piramide maior, achada em 1998. abaixo é 0 cartucho com o nome ‘Ankhnespepi foi a esposa do do faraé que permitiu a identificagao. malsucedido faraé Pepi | (reino: 2332-2287 a.C)), cujo governo é considerado o inicio da decadéncia do Antigo Impétio do Egito. Também ali estava 0 obelisco acima, parte do mesmo complexo. Outro, um templo de Ramsés Il, que, vivendo um milénio depois, ‘comandou 0 Novo Império no que geralmente & considerado o mais rmisterioso cédigo verde, escrito em caracteres japoneses, ‘que aparecia descendo ‘em cascata pelas telas do filme Matrix (1999). Arrevelacao foi feita pelo designer de produgao do filme, Simon Whiteley. 0 conteiido vveio de livros de recsitas, Ce) MEIGA PESTE Um estudo revelou que ‘as mesmas cepas da Mycobacterium leprae, abactéria causadora da lepra, encontrada em sitios arqueolégicos medievais da Dinamarca e da Grd-Bretanha, afetava esquilos. A conclustio que 0 comércio de ppales de esquilos pelos vikings espalhou adoenca. EM OBRAS, O sitio arquecisgico de Tell Es-Sakan, ra cidade de Gaza, Palestina, foi dermubado ppelo governo do Hamas. ‘Contra a vontade de ‘seu proprio Ministerio do Turismo e ‘Antiguidades, que disse ‘no ter forea para impedir as obras p: ‘a construgao de residéncias © instalagées militares. vezeweno 2017 hoje na histéria ete) peers pam A ORIGEM HUMANA SERA REESCRITA? ACHADO POTENCIALMENTE MUDA TUDO O QUE SABEMOS, SOBRE NOSSOS ANCESTRAIS — MAS GERA CETICISMO, ‘A descoberta é um conjunto de dentes pertencente a um primata que viveu ha 9,7 milhdes de anos. Foram encontrados por cientistas peneirando cascalho e areia em uma drea pela qual jé correu o Rio Reno, perto da cidade de Eppelsheim, na Alemanha. (Os dentes nao séo semelhantes aos de nenhum primata descoberto na Europa ou na Asia, mas, segundo 08 cientistas, aos do Australopithecus afarensis, a espécie da famosa Lucy, um esqueleto de 3,2 milhdes de anos encontrado em escavag6es na EtiGpia. Sao, portanto, 6,5 milhGes de anos mais velhos que ela. ‘Atmais aceita hipétese para a evolugao humana é que descendemos de animais como 8 vezeweno 2017 Lucy, que evoluiram na Africa. Teria sido 0 contratio, a Aftica colonizada pelos homininos que evoluiram na Europa? Seria tudo diferente do que temos imaginado desde Darwin? “Muito barulho por nada”, afirma 0 paleoantropélogo Bence Viola, da Universidade de Toronto, 4 National Geographic. "O segundo dente (0 molar), que eles afirmam claramente ter vindo do mesmo individuo, absolutamente ndo é de um hominino, talvez nem mesmo de um hominoide” (grupo que inclui humanos, chimpanzés e gorilas). Para Viola, os dentes pertenciam a um pliopitecoide, linhagem extinta de primatas que é bem distante da gente, Somos mais préximos dos babuinos que deles. AQUI JAZ PAPAI NOEL Arquedlogos da Turquia afirmam estar prestes a encerrar um mito de mais de 800 ‘anos. O achado fol ‘embaixo da lareja de Sao Nicolau, na provincia de Antalya. Esse 6 0 local de nascimento do santo ‘que, por seu habito de dar presentes, acabaria por dar origem a figura do Papal Noel. Desde a Idade Média, ossos do santo sao tradicionaimente Identificados com a Basilica de Sao Nicolau, em Bari, na Italia. A igreja na Turquia foi queimada no século 12, comerciantes roubaram os supostos ossos do santo e os levaram para a Italia. Segundo os arquedlogos turcos, ‘08 ladroes medievais se confundiram - ou mentiram - eos restos ‘em Bari so de um Padre andnimo. . j , NO MEIO DO NADA UMA ESTRANHA REVELAGAO PELO GOOGLE EARTH NO DESERTO SAUDITA Adescoberta foirealizada_—_semelhanga com uma fileira em Harrat Khaybar, um de portées, os campo vuleanico localizado _pesquisadores decidiram nna parte ocidental da apelidé-la de “portoes”, Peninsula Arabica-nomeio embora nao saibam ainda do deserto, um local © que realmente esta la. totalmente hostil a vida (O menor deles possui humana. Usando 0 Google —_aproximadamente 13 Earth, arquediogos metros, enquanto o maior encontraram 400 estruturas tem 518 metros. A idade foi de pedra misteriosas que, _estimada pela data de uma acreditam, datam de erupeao que atingiu parte aproximadamente sete mil _das estruturas, ocorrida anos atras. Devido a ha sete miléni O EPICENTRO DA DESTRUIGAO Escavagées feitas nas proximidades do vilarejo Kalkriese, na Alemanha, revelaram artefatos romanos e uma estrutura de areia, terra e madeira que lembra o layout classico de um forte romano. O lider da escavagao, Salvatore Ortisi, da Universidade de Munique, acredita que topou com os restos de um forte improvisado, construido por legiées do Império Romano durante a Batalha da Floresta de Teutoburg (ou Teutoburgo). Conduzida no século 9, a emboscada contra os romanos causou a perda de até 20 mil soldados, freando para sempre Eo avango romano contra os germanicos. m PTRAS _na056 soriam definidas as fronteiras LIGADAS A GENES DO HOMEM DENEANDERTAL, PonESTUDo —__“lturais da Europa até hoje como a freada DO INSTITUTO MAX PLANCK. INCLUEM TOM DE PELE, COR DE 6 vista por muitos historiadores como 0 ‘CABELO, TENDENCIAS DE SONO E TEMPERAMENTO. | inicio da longa decadéncia do Império. DezEMERO 2017 sETIRAS NAvASTEAIA D hoje na histéria _sosyp9 ACONTECEU EM 72 Nos EUA, = sexibidoo primeiro fime de faroeste da Histéria, Com 12 minutos de duragéo, O Grande Roubo do Trem, de Edwin S. Porte, foi pioneiro também em realizer filmagens externas. Nicolas Breskspear 6 nomeado 0 ABA) papa Aciano N. Foio trico inglée a coupar a cadera papal. Em sou mandsto, fl um um grande defonsor da autoridade da greja_ Catéica edo cleo. Nos Estados Unidos, 1948) mcdonald inauguram um negdcio de vendas de hambirauer Um sistema de servigo rapido, onde ecoria ma linha de mortagem, como uma fabvica. Durante 12 ie Cniad, ocoe contac ome Bree doMsarate Anumane Cueinie ners cerca aciaioe masroran etna 20m posone 10 vezeNen0 2017 Federico © Grands, Leuthen. Com manobras diversas, as forgas prussianas derrotaram a tropa austriaca sob ‘comando de Carlos ‘Alexandre de Lorena. E aprovada na coreee FIBOB) ceparacdo entre cee on see a E abertoem 1322 oe (A938) conceniragdo Hevesi pase ‘quais 46.900 morreriam de diversas formas. Morre Pablo Escobar Otrafcante 11993) jcitateado vias vezes em Medetn enauarto fuga das forcas polis colombianas. Sua renda anual pessoal foi etimada em incriveis US$ 21,9 bilhes. Hugo Chavez 6eleto presidente da Venezuela, ‘Com uma campanha entrada no combate pobreza, foi escolhido ‘com 56% dos votos. Seu ‘mandato ainda hoe é bastante controverso. ee 10°=. (B25) 5 Braci deciara eons sent aS Pot Ss, aimpopularidade de dom Pedro |. 19949) Conads Com 985 metos, Koa 2s cidades de Quebec Livia, Aconstrugio levou mais de 20 anos ‘enohou um acidente que casou 89 mortes. OTexas torna-se 0 primsiro estado dos EUAa realizar uma execugao ‘com 0 uso da injegio Tetal, 0 condenado era Charles Brooks Jr, culpado pelo assasinato de um mecdnico em 1976, Em mio 1 Freres, TO Cece 0 oar toe posto da Fone uis VL Pert scsaro data traigdo © crimes contra. etch acura ero ssestad aging Em Kitty Hawke 14 Sime vio fazcm aprineia [1908 sortava devoo com o Wright Flyer. 0 ano salu do chio, mas, devi & bruscasubida, cai em corea de tbs segundos, som grandes anos. 15. | 162". Sasa de of G3 Gres Gustave Coreia, os EUA conhecide como Guerra 1832 Fittel 0 declaram estado | A790! Pedra do Sol, — 2ABRE Pinica, ammais engenheiro participou da de emergéncia. O ato foi € descoberto. Pesando: conhecida das trés no constuee catstuada —felopsberpresiene Ditoneldes;hava so confer ere oma (ora ofoou Hay Tananapos topes _eneradorm peal Gatage Atta do orra rcmmermcniGas | Giimasedinnne | preeado Moos pais! | gwrmmiadmin te por projetar a Torre de conflito em suporte a apés a conquista Mediterraneo ¢ 0 inicio de Ng Painqmtmscurome | Gown doNors, coetich ds Titi: | mgr eqaieas Henrique Ils czar Peco. Na Europa, Um terrmete Qomrne Q0orcann | Dy crace. QD oor rec Nos o Calondare panekacinra vera mate200 (A454 ference (A689) Sciano na, Gitendoa BEC ri pensons doreheda caucus, | Rimia.Comaatoyin,o | anestesia mexma, _ Comurramegntuce ccriiaieiio pice, erocomeranaommnera, _ Aopasgiotiredaada _ exnadaom 79 dest uoninget | smecebuosme | pkaumoame | uapeu deuce sobre o Pais de Gales © passaria de 7207 (ano Robert Liston, com uma 6 considerado 0 sexto: cereoguvoconwoteid _ catmadb paactagio | trioa beaver Seas reson ‘sobre seu pais. do mundo) para 1700. aspiragao de éter. de toda a Historia. Na Franca, Regina 24ce 2B Bonaparte sotre toma-se a [H800) matentads. 1935 primeira Omentor, oconde Artois, rabine mulher. Um dos havia colocado um tonel principals fetos 6 0 projsto carregado de pSkoraem que impedia tetativas de uma carrogana rua onde _suicidio de pessoas que co imperador assistiria a ceram enviadas aos cortaolébulo da sua [Reem campos de concentragao. Peed ‘i ote en ry 26 Carmen: 27 E inaugurado pete Miranda hie: ore SR 1999 Fiona. OMB crnacional LSU! imensaments popular por (FMI). Criado durante a Oren eerg seu esto espalhafatoso, __Conferéncia de Bretton Staapeeen moat bods thm obit ci PRR ior salto até entdo judar na reconstrugo GUANA 202 a cuaiqier miter stoma monet pea nos EUA. Segunda Guerra Mundial. Elangadoo Ocorre 0 Oditador 29's. 30%. 31°" HMS Warrior. OBE! 6 episscio OBB! os. Cuba, para a a a simicvingraiet's Gimummranen eimmugnriine afb cece (emer, | memes | Mees Reco | Seemed esl | TAmnremnenin, | an eee | ceseees | ee | See DvezeweR0 2017 wavistOn 11 TECNOLOGIA ESTAGNOU POR TANTO TEM DESTA VEZ, HA DUAS DUVIDAS CRUEIS: SE ROMA NAO CAISSE, TERIAMOS CHEGADO AO ESPAGO 125 DOVIDA CRUEL POR QUE A NO ANO 1000? E TAMBEM: NAO FOSSE PELO CRISTIANISMO, TERIAMOS? tora ndo se faz de especu- H Iago ea AH nio é excecio, Mas podemos usé-la para responder uma especulacao. E esta 6irresisivel: sea historia fosse dife- rente, teria a Revolucéo Industrial chegado muito antes? Estariamos agora vivendo entre as estrelas? ‘Comecemos pela queda de Roma. Que nfo aconteceu. Nao inteiramen- te: 0 Império Romano do Oriente seguiria vivo por mais mil anos. E aqueles que falavam gregomas cha- mavama siprépriosderomanos nao podem ser subestimados. Mesmono auge de Roma, o grego era a lingua da cultura e filosofia - que entio abrigava a ciéncia. Grego falava He- ron de Alexandria, que inventou 0 motor a vapor no séeulo1. Eissoba- sieamente mata a questo: “O fato é ist0 DemEMERO 2017 que nio teria levado a revolugio in- dustrial porque, isso é factual, no aconteceu’, afirmao professor Pedro Paulo Funari, da Universidade Es- tadual de Campinas. BizAncio, como os estrangeiros chamavam a nova capital romana Constantinopla, nunca foi famosa por seu vertiginoso avango teenol6- gico. No lugar disso, deu origem & expressio “debate bizantino”, uma diseussio que nao leva a lugar ne- nhum, Essa surge da hist6ria que, quando os tureos cereavam a cidade, em 1453, foi convocado um coneilio para discutir qual seria 0 sexo dos anjos (ou, em outras versdes, quan- tos anjos cabem na cabeca de um alfinete). Elenda, mas dé uma ideia de como o que restou de Roma era visto no resto da Europa. 2 E ai vem a segunda questo: se BizAncio nunca foi para a frente, te- ria sido por excesso de carolice? Sem cristianismo, o futuro teria chegado? Ea resposta ainda é: nfo. “f dificil de avaliar, mas a maio- ria dos historiadores acredita que cristianismo nio Gnico ou ndo é determinant na questo do atraso tecnolégico”, diz Funari, “Embora possa estar associado, porque acon- teceu no mesmo periodo. Primeiro, porque o olimpianismo, a religido cléssica greco-romana, nao era exatamente amigo da ciéneia. Os deuses podiam ser humanizados e nao havia um cédigo moral posto ‘num livro sagrado, Mas uma ofensa aos deuses era tratada com a maxi- ma seriedade. Séerates, 86 para ficar num exemplo, morreu aeusado de renegé-los, na democréticae supos- tamente tolerante Atenas. ‘uma mescla’, diz Funari. “A astro- nomia ea astrologia eram a mesma coisa. Galileu eliminou isso- os gre- ‘gos nunca chegaram a tal. Em outro exemplo Pitagoras fundou uma re- ligido, baseada na ideia de transmi- ‘gragio de alma: Outraregra fundamental da reli- giifo cléssiea era o respeito aos mor- tos. Dissecgdes eram absolutamente proibidas, oque restringia os médi- cos a estudar animais e feridas em gladiadores vivos, como fez Galeno. A manipulagao dos mortos s6 era aceitivel no Egito, que tinha a tradi- fo de fazer mimias- 0 que fez. do Mouseion de Alexandria, o grande centro de estudos onde o jé citado Heron inventou seu motor a vapor, otinico lugar ondea medicina podia serestudada para valer. Bem mais forte quereligio, pag ou cristé, era o papel do sistema eco- nomico."E 0 fato de que sociedade antiga, romana e grega era baseada no trabalho escravo, e isso era um impedimento para o avango teeno- 6gico”, afirma Funari. © Império Romano e também o Bizantino eram movidos a escravos. Eocapitalismo do qual nasceu a Re- volugéo Industrial e entio a cientifi- ca s6 existe com mio de obra livre. Em parte, porque a maioria livre 6consumidoraeo consumoem mas- saé obrigatério para o mereado em massa. Mas também pelo tipo de relagio que o patrio tem com o tra- bbalhador. Escravos sio propriedade, eum escravoerata quer o maximo deles. Trabalhadores livres sio uma despesa. Quanto menos, melhor para o industrial. Méquinas que di- ‘minuem 0 nimero deles so extre- ‘mamente desejaveis. Em contraste, os romanos e gre- gos tinham lindas esofisticadas mé- quinas, como omecanismo de Anti- citera, que servia para a astrologia. Ou autématos, usados em templos para impressionar o pablico. Elas nao eram pensadas para substituir o trabalho de ninguém. Antes e de- pois do cristianismo, isso seria con- siderado impio, desumano: a esera- -viddo era uma formademiseriesrdia, Quando eram feitos prisioneiros de guerra, a opedo era a escravido ou a execugdo. Sem escravos, o massa- cere seria visto como a tinica opeao. DezeMeRO 2017 AvcTuRAS WA VisTONW 13 almanaque OS MILITARES LIDERES E SEUS FIASCOS QUE MUDARAM A HISTORIA MAIS INCOMPETENTES ieee LOPEZ DE SANTA ANNA Fiasco: Poucos generais podem lamar em seu curriculo ter perdido um contlito chamado Guerra dos Pastéis. Que comegou pelo pedido de indenizagao de um confeiteiro francés. Durante sua longa carreira ‘como general, presidente editador, o Mexico perdeu mais da metade de seu territério. Vivia mudando de lado ofereceu-se duas vezes para atuar como espiéo para os EUA. Aos 70 anos, ainda estava buscando apoio dos EUA para depor ‘imperador Maximiliano enquanto oferecia seus servigos ao proprio. Ambos declinaram, PIERRE CHARLES VILLENEUVE Fiasco: Ovice-almirante tinha a misao de derrotar os ezeNEnO 2017 ingleses e abrir caminho para a invaséo por terra. ‘Apés desobedecer ordens, © que ‘comprometeu o plano, ‘soube que seria substituido. E saiu do porto imediatamente para mostrar servico. 0 resultado foi a Batalha de Trafalgar, uma catastrofe na qual terminou preso e acabou com as esperancas francesas de conquista da Gré-Bretanha, DOUGLAS HAIG Apelidado de “Agougueiro Haig’. Suas taticas militares levaram milhares de soldados britanicos & para mover o mesmo impasse nas trincheiras 64 quilémetros na diregéo da Alemanha~ ainda que o nimero total de militares mortos sob 0 ‘seu comando chegs milhées. Ainda assi Haig conseguiu manter uma boa reputagao pelas suas vitérias militares durante toda a vida. REI XERXES | Fiasco: Depois de quase perder ‘com uma vantagem de 30 para 1 na famosa Batalha das Termépilas ~ que s6 conseguiu terminar trapaceando, achando ima passagem secreta-, caiu na armadilha dos ‘gregos e levou a frota maritima persa a uma derrota esmagadora em Salamina. De seu trono, osicionado no alto do Monte Egeu, viu 600 embarcagées persas serem dizimadas por dda derrota, abandonou de vez as ambigées militares. ORESTE BARATIERI ‘Apés meses de impasse, ‘© general italiano mandou as tropas atacarem as forgas etiopes do rei Menelik ll -uma béngéo a ele que, sem suprimentos, ‘estava prestes a desistr. imando seriamente 3» achou que ‘eram 30 mill homens armados com langas medievais, quando eram 100 mil, com fuzis modernos. Conquistou para a Italia o titulo de linica nage colonial a ser ‘expulsa pelos nativos. MARCO LICINIO RASSO Fiasco: ‘Quando os partas ouviram que os romanos estavam invadindo, mandaram ‘uma tropa de 10 mil homens, exclusivamente de cavalaria. O plano era 86 atrasé-los. Contra cles, 50 mil romanos, liderados pelo homem mais rico de Roma, que cestava la para mostrar que era tio competente quanto seus rivais, César ‘¢ Pompeu, e quem sabe ficar mais rico ainda. AS iméveis tropas de legionérios nada puderam fazer contra a chuva de flechas © as cargas de ‘cavalaria, Trinta mil pereceram, contra menos de 100 partas. CHARLES | MAURICE OF ALBRET GAMELIN Fiasco: Fiasco: Um dos quatro ‘Ohomem que confiou comandantes franceses ic shee eee eae eet franceses avangaram na diregao do que parecia ser lum piquenique no parque, contra uma forga quase 86 de arqueiros. Alama, orém, atrapalhou seu progresso. Quem no atolou ou foi morto por cavalosfugindona _memériae delirios, diregao contréria alguns historiadores ‘seria,exausto _—_acreditam que essa foia demais para ‘causa de suas decis6es. {utar, eliminado amarretadas pelos humldes arqueiros. ADOLF HITLER DOM SEBASTIAO "= ; ‘Apés rasgar 0 acordo de a io agressio oinvacr Queria reviver as glérias dost da Reconquista, quando os mouros foram expulsos da Peninsula. A chance veio ‘quando o sultdo herdeiro de pediu ajuda tio, terra néo era seu forte. Avancando pelo deserto, almanaque #)sToR!A maLuca A TOURADA CIBERNETICA eum lado, a besta- um no | ites quilos da raga lira, criada especifieamente por sua disposigao de atacar impla- cavelmente humanos vestidos de forma espalhafatosa que balaneam panos. Do outro, no um toureiro, ‘mas um senhor meio pancudo, bei- rando 08 50, vestindo terno e pul ver. O touro, jaticado por toureiros profissionais, que haviam dado 0 fora, avanca contra o cientista. Que tem em sua mao direita uma miste- riosa eaixa com um botio. Prestesaser empalado, quando a criatura esta a quase 1 metro de dis- tancia, ele estende sua mao esquer- da, num gesto de hipnotizador, e clica no dispositivo. E 0 touro parece simplesmente desistir. ‘No ficar paralisado, em dor, ou choque, mas simplesmente perder 0 vezeNen0 2017 interesse. O animal dé meia-volta. Desligando a maquina, agorao cien- tista puxa uma capa de toureador. & co sinal, e a fera investe ainda mais decisivamente. Para nem chegar a encostarno pano. Era196eJosé Delgado mostrava 2.um atdnito mundo o poder de seu stimoceiver, um implante de estinmu- lagio elétrica no eérebro ativado por rédio, criado por ele na Universida- dede Yale(EUA).0 touro podia fiear tranquilo, pois 0 aparetho ja havia sido testado em macacos, chipanzés e...humanos, Pacientes de hospitais psiquidtricos, nos quais era implan- tado no eranio, usado para controlar ‘o movimento e partes do eérebro li- gadas a estados emocionais, como agressio, ou sensacdes. Segundo Delgado, o stimoceiver foi capaz de produzir “uma variedade de efeitos, NEUROCIENTISTA ESPANHOL BUSCAVA OCONTROLE DA MENTE — PARA O BEM, PROMETIA incluindo sensagées agradaveis, exaltagdo, concentraco profunda e pensativa, sentimentos estranhos, super-relaxamento, visdes coloridas e outras respostas”. ‘Apés vencer 0 touro, em 1969.0 cientista escreveriao polémico Phy- sical Control of the Mind: Toward a Psychocivilised Society (“Controle Fi- sico da Mente: Em Direeao a uma Sociedade Psicocivilizada”), argu- ‘mentando que a estimulaeio elétriea do cérebro poderia resolver todos os problemas sociais. Osexperimentos de Delgado nao serviram apenas como inspiragio para candidatos a supervildo. Sua contribuicéo cientifiea é sélida. Os chamados marcapassos cerebrais, que estimulam eletricamente 0 e6r- tex, hoje sio usados para tratar casos graves dedepressao, mal de Parkin- son e dor crdniea. © mareapasso comum também teve um de seus primeiros protétipos por suas maos. Nascido em 1915, Delgado havia acabado de irar seu diploma médico quando estourou a Guerra Civil Es- panhola, Lutou do lado republicano e passou cinco meses preso apés a derrota, mas acabou liberado para fazer seus exames novamente e ser reconhecido. Mudou-se logo apés isso para os EUA evoltou definitiva- ‘mente para a terra natal s6 em 1974, no fim do regime Franco. Viveria até quaseos 100anos, morrendoem2on — a tempo de ver o video de sua tou- rada ser colocadono YouTube. Basta pesquisar por “José Delgado bull”. ee eens Sone a peenreres Peer ad Peet tera ar eer C Creare cl Perea mae eee cts etc Cm Ree ety Deere Cr ic Decree oe) Ree cur ee Cee etc enat Ce ee acces Pasa acne ont yee eee are ee eee ee CE cd Sr ac Cs ented Reece ues a eee ee net Cee eu eee ea Cie aera Peet eee ee rnc ernest Pert ent caterers Ceram te eas Gace eee os Roe arene Presto renter ee ard Peet ce eee aoe eRe ech aece Pa A See ee rae a ren eet Pees Rc Cece Porn ect) Bree eared Deu oedt eee anti Pe eae R re Rey SUA MAJESTADE- A FEIJOAD =M NADA DE HUMILDE ee ene ee Cee a ec ness Pee cece tra eee Lm : PRC meee eens a Crewe! Rome cren iertn ete tat Pew eee Pee ee as) ene esa Pree Ry se Pete eek et ee Ce eens ines Pench Peete tte) Pentre ttre reece frets ete tas t Deere a Co nO Come aes Be eas tc) Cerone ests sa rote triste! feijoada paulista para um amigo." 0 eee oer eres acne Perrerterttee ee ets te Pome treCRereet cr att Pee tet te tT) Dreier en tte Dee ee ert Bas eee meen oir Deen ay) Poe Bere tutaces erie e rae cots Perec ecient) Crees ueesastie ci piensa almanaque 20, "ial © FEIO O lado bom de © JOHN DAVISON ROCKEFELLER QUEM FoI? (© american mais rico de todos os tempos, um industrial da era dos “bar6es ladrdes’, magnatas hiperpoderosos que, com taticas ilegais, eram vistos ‘como uma ameaga a prépria democracia. Um dos fundadores da industria do petréleo. Em 1855, quando conseguiu ‘sou primeiro emprego aos 16 anos, doava 6% do seu saléio & cariclacie. Aos 20, aumentou o valor para 20%. Em 1870 criou a Standard Oil de Ohio, a maior refinaria de petréleo dos Estados Unidos na época - que processaria até 80% do petréleo no pais. =, empregando {60 mil funcionatios em diversos setores. Colaborou coma said do Brasil. Durante 1909 criou a Comisséo Sanitaria Rockefeller, que teve grande importanciana erradicagao da ancilostomose (amarelic) ~adoenga do Jeca Tatu, que atingia areas rurais da ‘América do Sul. Em 1911, quando a Standard Oil foi dividida em 34 empresas pela Suprema Corte dos Estados Unidos, Rockefeller, sendo honosto, ‘vendeu 26% das agées © cada acionista recebeu ag6es proporcionais em cada uma das novas empresas. Decidiu expandir mais ainda as suas ages (ilantpican em 1913 criou a Fundagao Rockefeller. Doando 260 milhdes, a insttuigdo tinha foco na saiide piblica, mas também nas artes, agricutura e ciéncias sociais. Espere ai! Essa vai da fé religiosa e politica de cada um. Pobreza é mesmo uma virtude? Ou um fetichismo cruel de gente para quem é opgao? O capitalismo é a chave do progresso ou um. regime impiedoso que deve ser erradicado? 18 ist0 DemEMERO 2017 & O lado mau de SAO FRANCISCO DE ASSIS QUEM FOI? Exemplar asceta, nascido na riqueza, que renunciou a uma vida hedonista para se dedicar a pobreza, tentando emular 0 modo de vida do préprio Jesus Cristo e expondo a hipocrisia de uma Igreja coberta pelo ouro dos fiéis. Bombou na escola. Deixou 08 estudos aos 14 anos porque nao tinha paciéncia ‘para estudar,e preferia farrear. O péssimo latim 0 acompanhou até seus ‘times dias. De maneira quixotesoa, fem 1219, foi para o Egito tentar converter 0 sult, sobrinho de Saladino. Ou ‘morrer tentando. Enquanto oravana igreja de Séo Damido recebou a presenga divina que Ihe dizia para restaurar 0 local. ‘Agiu como um divino adrao. Levou tecidos da loja do seu pai e os vendeu no mercado da cidade. Impunha seu modo de vida ‘a08 outros de forma, utoritaria. Em 1209, a0 criar a Regra Primitiva para sua Ordem, prescreveu uma pobreza absoluta aos, ‘monges ¢ a simesmo. Jejuns e caminhadas com 1pés descalcos estavam entre as exigéncias. O papa Inocéncio Ill, que aprovou a ctiagao da Ordem, achava o ‘modo de vida impraticavel. Tratou um milagre como ‘uma doenea. Apés receber 0s estigmas, as sagradas feridas de Cristo, ainda assim aceitou tratamento médico. CONQUISTEOSEU # ie’ JA NAS BANCAS E LIVRARIAS= > @siperabriicombr —E superinteressante ©) rovstasupér almanaque ante a HISTORIA CLASSICO KITSCH PARA MUITOS CRITICOS, NEM E ARTE pa 5 Pye a email ah ees} CACHORROS SAO UM [CONE ETERNO. De es escent Se Mc) | } daccritiea, A série de quadros de eachorros Deed ae tedeeeretcne ca, etambém daneando eaté mesmo sendo iniciados Ree ae Pe Oa ee tc scene eer) das massas iletradas em arte. Algo que nem é real- eC emtemcies Reet eno eee co atribui as obras. Em 2015, 0 primeiro quadro da pee cod Coen Ota eee rey ‘muitos quadros menos famosos de artistas como Pa- Peco eet ceca Cee nts Cee eeccee a Ce ec eer Remeron er cena Cree eee acu pe eee Ce a eed mais copiados do mundo. Der Td Ce Ee CeCe ec Ce ts eres) eons Ce rede ae eens ed reece eee aed Se eon Marcellus Coolidge nao eee eee artes. Sempre atras do CeCe ee See Cees Ele também 0 inventor Pee ty buraco para a cabeca, Petar Perera foregrounds. Também assinava Kash Koolidge, Pees Co Dees eee ed occur noe eens eee ere! Pease cree ett ‘com seu amigo, contra ea) maiores, tornam A Cereal Cer eee) Us peer eery So Ce oun eee, Pues Coa Cede eens ee ee) recy pore cnet OME: 4 Fond in Hood ma 1003 pee ee almanaque CAPITAIS DO BRASIL 22 BRASILIA JA TINHA NOME 137 ANOS ANTES DE EXISTIR 9 PORTO VELHO Do primeiro porto para escoamento de borracha pelo Rio Madeira, no século 19. g RIO BRANCO Do Bardo do Rio Branco, diplomata que negociou a aquisicao do Acre da Bolivia. i) MANAUS Dos extintos indios manaés, que resistiram a escravizagao. 9 BOA VISTA Nasceu da fazenda Boa Vista do Rio Branco. 9 MACAPA Tupi macaba (bacaba, palmeira tipica do ‘Amapa) + aba (lugar). Lugar das bacabas. vezeNen0 2017 9 BELEM De Santa Maria de Belém, cidade portuguesa hoje chamada sé Belém. g SAo LUIS Fundada pelos franceses em 1612, no reinado de Luis 13. 9 TERESINA HapocaisigcTorasa Cristina, esposa de dom Pedro Il. 9 FORTALEZA Do Forte de Nossa Senhora da Assungo, criado em 1649 por invasores holandeses. 9 NATAL Foi fundada em 25 de dezembro de 1599. 9 JOAO PESSOA Nome do governador do estado da Paraiba assassinado em 1930. 6 gy RECIFE Ha uma bem visivel barreira de recifes a metros da praia. 9 MACEIO Do tupi maga-i-ok, “cobre o molhado”, pelo terreno alagadigo sobre © qual foi construida. 9 ARACAJU Do latim do tupi ara (papagaio) + acayu (caju). Cajueiro do Papagaio. ‘te ” Ds 9 ¢ 9 SALVADOR De Jesus Cristo, quem ‘mais? Fundada como nome de Sao Salvador da Bahia de Todos os Santos, em 1549, v VITORIA Celebrando a derrota dos indios goitacazes pelos portugueses em batalha de 1551. RIO DE JANEIRO Quando a Baia de Guanabara foi descoberta, em 1° de janeiro de 1502, acharam que era a foz de um rio. BELO HORIZONTE Pelo ic6nico horizonte montanhoso. 0 Sho PAULO Do apéstolo Paulo. A cidade foi fundada a0 redor do Colégio de Sao Paulo, criado pelos jesuitas em 1554. 9 CURITIBA Da lingua-geral ku’ + tyba, “muitas araucérias”, arvore simbolo da cidade. FLORIANOPOLIS De Floriano Peixoto, que esmagou uma revolta na entao Nossa Senhora do Desterro. Q v PORTO ALEGRE Rebatizada de Porto dos Casais, em 1773, provavelmente para atrair colons. Bt) Fica num planalto com vegetagdo esparsa — um grande campo. = CUIABA Etimologia incerta. Cuiabas era um nome para os indios bororos, nativos da regio. 9 GOIANIA Do nome do préprio estado, por sua vez vindo da extinta tribo dos goyazes. 8 BRASILIA Forma latinizada de se referir ao préprio Brasil. Nome criado por José Bonifacio de Andrada e Silva em 1823. g PALMAS De Sao Jodo da Palma, ‘onde cidadaos primeiro propuseram criar 0 estado de Tocantins. DvezeweR0 2017 7 23 almanaque PLACAS DE TRANSITO DE ROMA AS ESTRADAS MODERNAS, ASALVACAO DO VIAJANTE DEMOROU ASE FIRMAR {ANNODEIG 3G Dae cee 2O8CO Uma viagem no tempo, s6 que do jeito SUPER AS REVOLUGOES DAS TRES ULTIMAS DECADAS EM. BCS Tl Ley ay Cer KO) 1 CES PU NALA ‘Abril JA NAS BANCAS E LIVRARIAS @superabritcom.br (FJ superinteressante () revistasuper * ASSASSINA O NASCIMENTO DOS DRONES, a imaginago popular, o zan- N gio 6 visto como um peso morto. Ele s6 serve para se reproduzir e nfo colabora em nada com a colmeia. Nem com a defesa, pois nao tem ferro - 0 que torna ‘meio misterioso como a palavra in- lesa para obicho, drone, acabou por batizar umadas mais letais maquinas do mundo atual, realizando assassi- natos politicos e, em breve, entregan- do pizzas queentopem as artérias. s primeiros drones sio mais an- tigos que o termo. Avides militares ‘nfo tripulados foram eriados na Pri- meira Guerra, quandosurgiram pro- jetoscomoo Kettering Bug, dos EUA, eo Hewitt-Sperry Automatic Air- plane, do Reino Unido. Amboseram bombas voadoras, destinadasatentar derrubar zepelins e atacar posigées em solo, 0 primeiro com um sistema ‘mecinico por giroseépio, o segundo, usando rédio controle. Esses si0 08 tataravés dos misseis de eruzeiro ‘modernos. Drones suicidas. Em 1935, 0 almirante William Standley, dos EUA, foi convidado a assistir a uma demonstragio do DH 828 Queen Bee (‘abelha rainha”), um avido remoto-controlado para ser usado em treinamento de pilotos de 26» ist0 DemEMERO 2017 cacae baterias antiaéreas. Era muito mais realista queum alvo estéticoou ‘voando em linha reta, Téoimpressio- nado ficou Standley que pediu um clone americano, e Delmer Fahrney, do Laborat6riode Pesquisa Naval da Marinha, batizou-o de “drone” em homenagem a inspiracio. Drone seria como, na Segunda Guerra, 08 americanos chamariam um de seus mais desastrosos experi- mentos: 0 Projeto Aphrodite. Um bombardeiroB-17 ou B-44carregado até 0 teto com explosivos, tripulado nadecolagem. Noar, a tripulagao sal- tava eele era guiado por controle re- moto, até seu alvo. No fim, mataria maisamericanos quealemaes. Foram 14missdes enenhum acerto. Pela mesma época, os alemies criaram o bem-sucedido V-1, uma ‘bomba voadora ajato, que caia quan- doum hodémetro aéreo indieava que havia voadoa distancia programada. ‘Apésa guerra, em 1951, ojatocon- trolado por ridio Ryan Firebeesurgiu ‘como alvo. Mas a necessidade de es- pionar os soviéticos atras de armas acabaria por fazé-loser convertido em um veiculo de fotografias, o Lightning Bug, usado massivamentena Guerra do Vietnd es6 aposentado em 2003, ‘A reputagéo dos drones deu outro saltona Guerra do Libano de 1982. Uma Israel em desvantagem numéri- caconseguiu aniquilar a Forca Aérea Siria com perdas minimas, usando drones espides, de bloqueio de eomu- nicagdes e iscas, fazendo 0s sirios es- gotarem sua munigo.com eles. Pela mesma época edo lado opos- to, o [ri teria a honra de usar o pri- meiro drone armado, uma ideia que vinha desde os anos1960, mas nunca havia saido do protétipo. Na guerra Iri-Iraque, o Ghods Mohajer, um dronedereconhecimento, foiarmado com seis foguetes RPG-6. ‘Nao ha registro dos resultados, ‘mas provavelmente nio foram gran- decoisa. E preciso mais queum avigo a controle remoto para iniciar outra era. Essa nasceu com oaperto de um botdo, em 16 de fevereiro de 2001, quando o piloto Curt *Hawg” Hawes disparou um missil experimental de um drone Predator - um aviéo de reconhecimento eriado em 1994, usando a nova teenologia de GPS. ‘Bem em tempodo evento que inau- gurou a era geopolitica em que vive- ‘mos. Menos de um més apés 011 de setembro, 0s Predators eram envia- dos ao A feganistio. 7430 Fa pel 7 eels) AUTHENTIC GAMES EM QUADRINHOS Bu een eer Cu euernlivels tare eb Cee F NINES iras para | nee cy a TCU te UN 41 almanaque 1))\})4 59 T=)/P0 DOMESTICAGAO NA COLEIRA, NO ARREIO E NA PANELA, O SER HUMANO. NAO VIVE MAIS SOZINHO HA MUITOS MILENIOS CACHORRO FUNGKo: caga, protecio, Pastoreio, estimagao ONDE: Europa ‘Quando ¢ onde adquirimos nosso melhor amigo, o primero animal a ser domesticado, 6 um dos assuntos mais disputados da paleontologia ha evidéncias de ter sido muito antes do acima, até 36 mil anos atras, do outro lado do mundo, na China. VACA FUNCKo: trago, carne, leite, ‘ossos om f CABRA Aprincipio apenas tolerados como um ‘Sao na verdade duas Fungho: carne, le predador selvagem de domesticagées com um pel {ratos, passaram a ser resultado bem distinto: on criados de propésito. ado gado europeu, adaptado ao clima Oprimeiro animal domesticado para consumo basicamente sabe viver sozinho, “ No qualquer coisa temperado, © ados zebus indianos, resistentes ao (2) calor tropical. “ PORCO FUNCAO: carne, couro, Jos Onivoro, © porco é rei da reciclagem, comendo todo tipo de restos. Uma ancestrais, os javalis, sao \ i 7) ‘totalmente capazes de -z z devorar pessoas. a Gi 28 vezzven0 2017 GALINHA FUNGKO: carne, ovos, penas onpE: India e Sudeste Asiatico ‘Aespécie que deu origem a carne mais universal ainda cirula pelas florestas do Sudeste Asiatico. A mudanga foi minima. CAVALO FUNCAO: transporte, a ‘ONDE: Cazaquistio Cavalos foram a bomba atémica da Antiguidade. Bigas causavam caos na infantaria inimiga © os eaipcios tiveram uma brutal surpresa a0 conhecé-los pelos invasores hicsos, em 1720.0. COELHO ~~ aa Fungho: came, onpe: Pe Gagados desde sempre, foi sé na ldade Média que (08 felpudos foram finalmente domados. Porque alloreia dizia que sua came era “peixs" podia ser comida na confuso de mundo - em portugués, o chamamos assim porque se acreditava erroneamente ‘que vinham do Peru. Em inglés 6 pior ainda: chamam-se turkey, da Turquia, e ninguém sabe ‘exatamente como essa ‘confusdio aconteceu. rs gfice RAPOSA v/ EE FUNGK onpe: A gante até sabe 0 nome de ‘quem domesticou. Dmitri Belavyev queria saber p quanto tempo levarnos para omesticar um canideo. A resposta foi bem menos do cue se pensava. Em poucas geragées, as raposas jd se Comportavam como cées. RATO Fungho: piiorinimigo do ser humano ccaiu em suas gragas primeiro ‘em sangrentas rinhas de rato. No século 19 ja estavam extabelecidos como bichos de estimagao. Lives de doencas, esas linhagens se mostraram extremamerite liteis em laboratério. A esta altura, ratos devem ter ssalvado mais vidas que tirado. FURAO PEON Fungdo: controle de Longe de sar uma moda recente, os ferrets eram conhecidos dos romanos. Serviam como um substituto de gato, contra ratos, ou de cachorro, para cagar coelhos. DezeMeR0 2017 29 oy OBRASIL TEVE DUAS DITADURAS NO SECULO 20: UMAs A-MIEITAR, E QUASE UNIVERSALMENTE EXECRADA. A ‘OUTRA,-O ESTADO NOVO, FREQUENTEMENTE JOGADA PARA DEBAIXO:DO TAPETE PELOS DEFENSORES DA. HERANGA ‘DE VARGAS. CRIADAS POR FERGZES RIVAIS: POLITICOS,AS DUAS TEM VARIAS SEMELHANCAS, a 1937 EUS Ears Ele ndo tinha titulos como Fuhrer ou Duce. Era s6o “presidente”. Mas, como Hitler e Mussolini, entre1ode novembro de 1937 e 20 de outubro de1945, Gettilio Vargas reinou com poderes absolutos. Nao havia Con- ‘gresso Nacional, nem partidos, nem a menor possibilidade de oposigdo. Uma ditadura que, paradoxalmente, se aproximariados Estados Unidos eentraria na Segunda Guerra con- tra o nazifaseismo, em 1942. E, por seus trés anos seguintes, usaria a pripria guerra como pretexto para adiar uma prometida abertura. Por que um presidente popular, queainda retornaria pelo voto, abo- liu a democracia? Tudo comecou com sua derrota nas eleigdes presi- denciais de 1930. Gaticho de So Borja nascido em 1882, Gettilio era o candidato da | posi¢Go. Apoiado por um grupo de jovens militares, os tenentistas, que jvinham eneaberando motins con- trao governo fazia uma década, ele liderou um golpe de Estado contra ovencedor, 0 governador de Sio Paulo Jilio Prestes. Deposto, Pres- tes seguiu para o exilio. Em 3 de ‘novembro de 1930, comecava 0 go- verno provisério de Vargas. O queera provisériodurarialon- gos quatroanos, em meio aos quais, © presidente enfrentou - e venceu ~ aguerra civil contraos paulistas, em 1932, movida parte por bairris- ‘mo, mas parte por um legitimo de- sejo de liberdade democritica. 86 em 1934 0 Brasil receberia uma nova Constituigéo, que substtuia a de 1891 etrazia como novidades 0 voto seereto ¢ o direito das mulheres a participar dos pleitos. No mesmo ano, Gettilio foi eeito por voto indi retodos deputados. Em 1935, foram | eleitos democraticamente 42 sena- dores e20 governadores. Haveria nova eleieZo presidencial em janeiro de1938, desta vezdireta. Concorreriam oromancista eadvo- gado José Américo de Almeida, ex- governador da Paraiba efundador da Universidade Federal da Parai- ba.'Também omaior adversério de vargas, 0 ex governador de Séo Pau- Jo (efundador da Universidade de ‘So Paulo, a USP, em 1934) Arman- dodeSales Oliveira. Corria porfora Plinio Salgado, fundador e lider da Agio Integralista Brasileira, deins- piragdo nazista. Mas, antes da vota- 40, o presidente virou a mesa. Em1° de outubro de1937, Vargas mandoua policia cerear oCongres- so Nacional e declarou que o pais, estavaem estadodeguerra. Foiuma reagio a divulgacio,no dia anterior, do Plano Cohen, que previa, com detalhes, de que forma o governo seria deposto para dar lugar a um regime comunista. Era uma farsa. O “plano” havia sido elaborado pelo servigo secreto do grupo de integralistas de Plinio Salgado - mais especificamente, pelo capitio Olimpio Moura Filho, que, décadas depois, seria decisivo paraa instalagiodo regime de1964. Era basicamente 0 incéndio do Reichstag do Brasil, quando os na- zistas queimaram o Parlamento alemao e culparam os comunistas. Note no nome judeu Cohen a ideia ce que ocomunismo era uma cons- piragio judaica, algo caroa admira- dores do nazismo como os integra- listas. Nao havia nenhuma 4 lideranga comunista pronta para tomar o poder, até porque todas as liderangas rebeldes mais relevantes estavam presas desde o ano anterior, quando da Intentona Comunista, ssa, sim, uma tentativa de fazer a revolugiomarxista. Como Hitler havia feito no ineén- dio do Reichstag, Vargas usou da ameaga comunista fieticia como jus- tificativa para instalar a ditadura. Ajinda em 1937, a Carta Magna foi substituida. A nova Constitui¢ao, queestava eserita fazia um ano pelo futuro ministro da ustiga Franciseo Campos, previa a centralizagio do poder nas maos do presidente, de- fendia 0 uso da forga, e até mesmo da tortura, contra os militantes do comunismo, proibia as grevesepre- via a eriagdo do Departamento de Imprensa e Propaganda, oDIP, que passou a divulgar as agGes governa- mentais e atuar na censura dos meios de comunieagao. Comegava assim o Estado Novo, nomecopiado daditadura que haviase instaurado em Portugal em 1933. ‘Nio foi o tinico modelo ditatorial ainfluenciar Vargas. A Constituigo foiapetidada dePolacasob inspiracio da carta autoritéria da Polonia de 1935 - ainda que fosse muito mais radical. E a Confederagio das Leis ‘Trabalhistas (CLT), de 1943, hoje de fendida ferrenhamente pela esquer- da, foielaborada com baseno regime trabalhista da Itétia de Mussolini. Pesaro A inspiragio em regimes ditato- riais, seja de Portugal, da Polonia, seja da Itélia, nfo era casual: o Es- tado Novo jamais se assumiu como tal, mas agiu como um regime to- talitario aos moldes faseistas. “As comparacées com Mussolini jé aconteciam na época. Assemelha as eram claras”, afirma Priscila Perazzo, doutora em hist6ria social pela Universidade de Sio Paulo e autora de Prisioneiros de Guerra, livro sobre as pessoas presas nos campos de coneentragao do regime (leia na pagina 34). Rapidamente,o novo regimefaria suas primeiras vitimas. “O foco sem- pre foi contra comunistas, em espe- cial comunistas estrangeiros, espa- ‘his, russos’, afirmaa historiadora Maria Luiza Tueci Carneiro, profes- sora da USP quepassou 11 anosestu- dandoos arquivos do Departamento de Ordem Politica e Social (Dops). “Durante o Estado Novo acont ceuuma verdadeira caga aos suspei tos pelo quea policia chamava de ‘ideologias exéticas’. Policiais se- guiam nas ruas as pessoas que par- ticipavam de reunides de classes trabalhadoras.” O Brasil, diz ela, “havia se tornado um grande uni- verso carcerério, com um grande olho a observar todos os cictadsos’ Operdrios, intelectuais que diseor- davam do regime e estrangeiros eram especialmente visados, mas ninguém estava inteiramenteimune. ‘Verdadle seja dita, a perseguicio nha de antes da ditadura, Desde ja- neiro de 1933, um decreto presiden- cial havia retirado do Ministério da Justica qualquer controle sobre as forcas policiais do pais. O chefe da policia do Rio de Janeiro, e também da policia secreta do governo fede- ral, Filinto Maller, abertamentesim- pitieo ao nazismo, respondia dire- tamentea Getilio. Por essa époea, as buscas sem mandado eas prises arbitrérias e sem direito.adefesa é eram comuns. Aconteceu com oescritor Graciliano Ramos, detido em 1936, levado de Maceié para Pernambuco, e dali parao Riode Janeiro, es6 libertado noano seguinte— seu livro Memérias do Cércere ficaria famoso e seria transformado em filme em 1984, 20 final da ditadura seguinte. “Um dos chefes da sediggo apanhara tanto ‘queléficara em Natal, desconjunta- do, urinando sangue’, registrou. Foi também o caso de Aparicio ‘Torelly, humorista, mais conhecido como Bardo deltararé, preso repe- tidas vezes desde 1934, que reagiu ‘com humor, pondo em seu escrité- rio a placa: “entre sem bater”. Ou da deteneao de dezenas de judeus quesereuniam num clubeda capi- tal chamado Arbeter Kieh, em 1935. Ou, ainda, doenvio da judia alema Olga Benério, esposa do lider co- munista Luis Carlos Prestes, para a Alemanha, em 1936. Ela estava gravida, teve sua filha Anita na prisdo e morreu na cdmara de gas de Bernburg, © caso de Jorge Amado foi sim- élieo. Diantedesua simpatia decla- rada ao comunismo, ele é havi sido presoem 1936. Estava detido ainda quando, em novembre de1937, dian- te da Escola de Aprendizes de Ma- rinheiros, em Salvador, 1.800 livros foram queimados, incluindo obras suas. Jorge Amado relataria sua ex- periéneia como prisioneiro em Os Subterrineos da Liberdade. AS PRATICAS DE TORTURA DE PRISIONEIROS DO ESTADO NOVO SYN Nop 8) ==) Body ae AN Ree ee Ue rd >" ORNs) > Eracenfiadaina vagina das presas —_ PAU DE ARARA Bee eee CS Coe) ESPANCAMENTOS Oy eee Oe a eae) AFOGAMENTO SIMULADO Pe eee eeu te) Seed TORTURA CHINESA Se eee es one a beatae Bean ees ec eye Pee VIOLENCIA eo Pee) a rib). oes} TA) COMUNISTAS MANTIDOS. NO PRESIDIO: MAIS FAMOSO py Sela ple ey ¥ 30s presos politicos, detidos Ce eeu ee eae cc Ea ce) Ce Cues Sees A Renee ee ec) eee enemy Bee eee a eke) Cee eters Pee Boece ut enc od Bee eee Cece eee eee Ce Ursa ea ener cea tiered Cee uC) DU eee act} eon ROTINA NOS POROE Oa eed Eee tre nd ere ons Cee eee ud Cee eee ias detentos que negociava com’ Cees ot Rue a Te cee ge cd Cree eee unt dieta para evitar desnutricaog Fore ce une Dee eee ee Ces eae ica ue ENO Ta ecm ta eee ech ee ec ear eat eek et) Pee eaten ek eee ere ped Eesti Sea perseguies a Constituigo de1937 formalizoua itadura efacilitou assim o trabalho da repressio. “A pratica de vigilin- cia constantee da prisio sem provas 6 uma pratica antiga da Repiblica brasileira, desde sua origem, em 1889. Maso Estado Novo tevea pos sibilidade dese intensificar elegi ‘mara persegui¢go”, afirma Priscila Perazzo. “Basicamente qualquer pessoa podia ser presa, a qualquer ‘momento, e teria que dar expliea- Ges nas delegacias.” HUMILHAGAO AOS PAULISTAS © Brasil tinha entio 45 milhdes de habitantes, sendo os estados mais populosos, pela ordem, Minas Ge- (0 Paulo, Bahia, Rio Grande doSulePernambuco. A capital ain- da ficava no Rio de Janeiro - acida- de tinha entéo 1,7 milhio de habi- tantes. Diferentemente do que aconteceu em 1932, quando So Paulo reagiu e acabou sofrendo bombardeios aéreos, em 1937 ne- nhum governador eontestou o novo regime. Até porque aqueles que po- deriam reagir foram rapidamente afastados, em especial o gaticho Flores da Cunha, que perdeu o-car- go eseexilou no Uruguai. No dia 27 de novembro de 1937, Gettilio conduziu uma ceriménia publica pomposa. Heitor Villa Lobos e seus milhares de meninos cantores entoaram 0 Hino Nacional, naesplanada da hojeaterrada praia do Russel, no Rio de Janeiro. Uma ‘missa campal foi realizada, tendo por fundodo altar uma gigantesca bandeira do Brasil. Enquanto isso, as 22 bandeirasde todos os estacios da federacdo eram incineradas dentro de uma pira er- ‘guidano meioda praca. Nolugar de cada uma delas, foi hasteada uma bandeira do Brasil. A ceriménia po- diase aplicar a todos os estados, mas tinha um alvo bvio: os liberais pau- listas que tentaram derrubar 0 go- (© ministro da Justiga, Franeiseo Campos, discursou durante oeven- to: “Bandeira do Brasil, és hoje a tinica. Hasteada a esta hora em todo oterrit6rio nacional, tnica hé lugar no coragio dos brasileiros para outras flamulas, outras ban- deiras, outros simbotos. Os brasilei- ‘ros se reuniram em torno do Brasil edecretaram desta vez com deter- ‘minagdo de nioconsentir quea dit c6rdia volte novamente a dividi-to REAGAO ARMADA Durantea ditadura militar, guerri- theiros pegaram em armas, assalta- ram quartéis, promoveram seques- tros e atentados. Nio se viu nada parecido durante o Estado Novo, Ou nada da esquerda: quem atacou fo- ramos integralistas, liderados pelo candidato a fuhrer Plinio Salgado. A AIB havia apoiado o golpe de 1937, mas no gostou quando o di- tador eliminou todos os partidos politicos, incluindo eles. Resolveu entio reagir. Em margo de 1938, 0 grupo tentou tomar dois quartéis no Rio de Janeiro. Dois meses de- pois, um novo ataque, que tentava resgatar os lideres presos na agio anterior e, de quebra, matar Filinto Miller, também falhou. Sessenta militantes abriram fogo contra 0 Palicio Guanabara. Seria um colossal fiasco. O lider Plinio Salgado fugiu para Portugal equaseamil membros do grupo ter- ‘minaram na cadeia. eee |) A perseguigio aos veiculos de im- prensa também nao era novidade. Em 1932, um grupo de militares ar- | mados destruiu a sede do Didrio Carian. Cereade 80 homens farda- dos usaram artilharia pesada contra a fachada do veiculo, edepois inva- ©) diram suasinstalagdes. Agrediram | funcionérios edeixaram apenas um ‘mével inteiro: a cadeira do diretor de redacio, José Eduardo Macedo B Soares, que ganhou um tiro. A perseguigao também retirou 0 jornal O Estado de S. Paulo de seus fundadores e proprietérios. A publi- Gettilio ao poder, em 1930. Mas, como praticamente todos os paulis- tas, mudou de lado e, em 1932, era totalmente pré-rebelifo. Os irmios Jilio e Francisco de Mesquita Filho © deixaramo pais entre 1932e novem- | bro de 1933. Retomaram o controle sobrea empresa, mas semantiveram eriticos a0 Estado Novo até que, em ‘marco de 1940, a poticia invadiu a redagio. A suspeita oficial eradeque alihavia armasescondidas. Fechado a principio, oEstadzo seguiria admi- nistrado pelo Departamento deIm- § prensa e Propaganda até 6 de de- se zembro de 1945. trabalho da DIP na censura e na construgdo da imagem do presi- dente era apoiado pela Agéncia Na- cional, que fornecia noticias que | deveriam ser publicadas pelos vei- culos de imprensa de todo 0 Brasil, e pela Hora do Brasi o programa de ridio obrigatério que nasceu em 1934. S6 num exemplo, por ordem do governo, o jomnal do Brasil veicu- {ou titulos como Crianga, Maior No plano doméstico, todo cidaciéo brasileiro estava sujeito a ter suas comunicagdes, seus livros e suas fotografias investigadas, quando fossem trocadas com pessoas noex- terior. A partirdedezembrode1942, ‘um deereto do regime impos censu- raa cartas, livros, projetos, telegra- masettelefonemas. Qualquer sus} ta servia de justificativa para a policia invadira casa erevirar tudo. “Ha uma censura rigida dos cor- reios, qualquer carta pode ser aber- ta, Ela chega aodestinatériocomum carimbo em que se Ié: ‘censurada”, explica Maria Luiza Tucci Carneiro. ‘Uma grande diferenga entreo Esta- do Novoea ditadura militar est no campo cultural. Nos anos 1960 1970, foram os oposicionistas do re- gime, principalmente na misica, quefizeram a eabeca dos brasileiros ~ eacabaram no exilio, como Chico Buarque, Gilberto Gile Caetano Ve- Joso. Vargas foi um grande amigo dos artistas que julgava patristicos, figuras cuja influéncia seria crucial. regime também tinha seus inte- lectuais favoritos, como Mério de Andrade, Carlos Drummond de Andrade e Candido Portinari. Analia Chernavsky é historiado- rada Universidade Federal da In- tegracSo Latino-Americana (Unila). Em sua tesede mestrado, publicada em 2003, estudou a relacio entre Heitor Villa-Lobos eo Estado Novo. “Alguns artistas e compositores conhecidos, como Ary Barroso e Carmen Miranda, foram apoiados pelo regime. Eles eram contratados para participar de eventos realiza- dos pelo Estado, ehouve apoio para gravacio edistribuiio de seus dis- cos. Villa-Lobos foi um funcionério a servico do Estado. Seu projeto musical estava vinculado ao proje- to politico do Estado Novo.” ‘Nao eram apenas eles: todo artis- ta que tivesse ligacio com 0 samba era bem aceito, especialmente se adotasse temas de teor patriético. ‘As escolas de samba foram est muladasatratardetemas queincen- tivassem o patriotismoe o trabalho rduo, A Portela, por exemplo, foi ‘bicamped do carnaval do Riode1944 1945 com os sambas-enredoBrasil Glorioso e Moticos Patristicos. Oestédio de Sao Janusrio, no Rio de Janeiro, que recebeu Villa-Lobos, seria usado para os chamados Des- files da Juventude, que apresenta- ‘vam jovens saudaveis, que treina- vam nas aeademias de edueacdo fisica criadas pelo regime, um refle- x0 sombrio da propaganda nazista com “arianos’ fisicamente perfeitos. ‘Asmanifestagdesdemassa, ali, eram comuns. Seja no Dia do Tra- bbalho, seja nos aniversérios da Pro- clamacio da Repiiblica, Getalio Vargas discursava para as massas. Com estilo euférico, grandes carta- es a seu lado e estdctios cheios - 0 Pacaembu era um dos preferidos -, ele reforcava a imagem de pai dos pobres. Nomelhor estilodoitaliano Mussolini, Getilio chegou a colocar sua prépria imagem em moedas, bbustos eestatuas quese espalharam portodoo Brasil. A medida que a Segunda Guerra cchegava.ao fim, a democratizagio se tornava inevitavel. A contradigiode & uma ditaduraira Europa lutar pela democracia berrava aos ouvidos das classes instruidas. Em 1943, a UNE Fae URANTE ©: ESTADO: lOVO, FORAM:CRIADAS: MPRESAS BRASILEIRAS E GRANDE: PORTE: nL) ead Sega Decal ch ua Acai bees Gata) Due aed 1943 aa escuoke) ee aint! urns Reise creo cs Peas pees scr ss RUMO A INDUSTRIALIZACAO Cy organizou passeatas antinazistas. No ‘mesmo ano, banquerios langam 0 se- creto Manifesto dos Mineiros, pedin- doa redemocratizacio. © governo interviria para sacar todos os execu- tivos responsdveis de seus cargos. Em margo de 1943, em aberta provo- cago a censura, 0 Correia da Manhia publica uma entrevista bombéstica com 0 ex-candidato a presidente José Américo de Almeida, na qual contes- tava alegitimidade do regime eexigia eleigdes. Nao houve reacao. Emmaio,oditador agendou eeigses presidenciais para dezembro. Na se- quéncia, anistiou Luis Carlos Prestes e outros presos politicos. Autorizou novamentea formagio de partidos. Mas Vargas tentou secoloear como candidatoa presidenteparaas eleigées queelemesmo marcara. Nao deu cer- to. A pretexto de impedir que Getilio colocasse set irmo Benjamim como chefe de policia do Rio de Janeiro, 0 presidente foi deposto, em29deoutu- bro de 1945 por uma junta militar, como a queo havia colocadono poder. © processo eleitoral escolheu o ge- neral Eurico Gaspar Dutra como pri- ‘meiro presidenteda nova democracia. Getilio foi eleito senador. Retornaria i presidéncia, eleito, em 1951, para terminar de forma dram- tiea em suicidio, em 1954. Esse é 0 Getdlio mais lembrado, perdoado e apoiado pela esquerda que ele havia perseguido, e perseguido pela direita liberal, incluindo dissidentes de seu prprio governo. Quederrubaria seu herdeiro, Jodo Goulart, em 1964. espirito de vigilncia total do Estado Novo é retomado em 1964", afirma Maria Luiza Tueci Carneiro. Ao fim das contas, varguistas e anti- ‘varguistas, que tanto se odiavam, criaram monstros da mesmaespécie. SWANS EG OS'31:-CAMPOS DE CONCENTRACAO DO _ PAIS REUNI. PES ASSy ITALIANOS E JAPONESES’ PRISIONEIROS BRE Salar fete eR) Pe ea ta pees See a ieee eeereceeoe o Gohstniidas no Rio dedaneira,, em Joinville (SC), ee Ca Guaratingueta (SP), Tome-Aga (PA), Cha de Estevao (PE), pet a ae Pee oe eet g Ete eae) Ceo Ce eee nT) Se ee oes Cee eee ead Paes ute a Cee ec eC Rn cae) BEG eum tinham acesso a livros e jornais Cee ee plantar sua propria comida e Gee ee eee Cuteness teen Dene ee eee) Ce te rice eee eed eee ees peewee ects “Getulio criou sua prépria rede Cece oe oc com o Eixo, em 1942, e se viu Gere Cuca td Coenen eeu) Cero ter unc! fee ee Cece TeTrCry aero ncy BRA a UG cay 15/4/1985 eC ea cs oe ce oh cue ie Peace tiers ce oe faery 5 Sen eC eee eect mae acy Coreen eae ice fsim ead bee nuts Deer ld Cel! Pre xenofobi eee tie ee cae re : ees} Eee eres cece) Corea Beer ae SERIE ESPECIAL GRANDES MULHERES incre [CONE DO FEMINISMO BRASILEIRO, PAGU FO! MUITO ALEM DE ENCANTAR OS MODERNISTAS. VIVEU SOB REGRAS PROPRIAS E DEIXOU COMO LEGADO A IDEIA DE QUE AS MULHERES PODEM, E DEVEM, SER LIVRES TEXTO Dimalice Nunes Ray agu jé foi quase palavrao, sindnimo de confusio, anténimo demoga direita. Considerada por muitos ‘como louea e devassa, ofato éque ela fez e viveu diferentedas outras, des- de 0 comego, Morreu cedo, a0s 52 anos, mas o que aconteceu nesse tempo foi tudo intenso e precoce. “Ela sempre foi vista como muito louca, e é essa Pagu que precisa ser desmistificada”, afirma a pesquisa- dora Lucia Maria Teixeira, autora de ‘Pagu - Livrena Imaginacao, no Espa- foeno Tempo. Jomnalista, militante politica, es- critora, tradutora, desenhista e dire- tora de teatro, Patricia Rehder Gal- ‘vo nasceu em uma familia de classe média alta de Sio Joio da Boa Vista, interior de Sio Paulo, em 1910. Mu- dou-se paraa capital aos 2 anos. Mo- rou na Liberdade, Brés, Aclimagio, Bela Vista e em uma chéeara no en- Cor Ce oe ‘noe 1920 to municipio de Santo Amaro. Aquela Sio Paulo pulsante docome- 0 do séeulo 20 foi ocenério perfeito para as estripulias dequem se auto- declarava uma “moleca impossivel”. Impossivel também para os valo- res de hoje. Aos 12 anos, no 1922. em queacontece a Semana de Arte Mo- derna, inieia sua vida sexual com Olympio Guilherme, diretor do pri- meiro filme neorrealista brasileiro. Aos14, engravida efaz umabor- ezeMeR0 2017 a4 SERIE ESPECIAL a nt: Pau, Anta Mallat Trea do Amara hie Heuston, Eupna Ahare MreyranaExposgS de Tala de Amaral lo de ana om 1025, to. Oqueseria entio um choque des- truidor para a maioria das mocas, paraela foi uma fase. “Bla procurava pessoas ecausas auténticas’, afirma o professor K. David Jackson, da Universidade de Yale, especialista em literatura de lingua portuguesa no prefécio do livro Paéxao Pagu — A Autobiografia Precoce de Patricia Galodo.O livro foi escrito por Pagu originalmente como uma longa carta aos seus fi- Ihos em 1940, quando, com apenas 30 anos, acabara de sair de sua 23" passagem pela pris CASAMENTO GOTICO ‘Aos 15, omega. carreira jornalisti- ca - que a sustentaria e a acompa- nharia até o fim - colaborando com Jornal do Brés enquanto ainda fre- quentava o curso de normalista. Ainda na escola, ainda Patricia ~ Zaza paraa familia e Patsy no jor- nal -, conhece o poeta Raul Bopp, queaenturma com os modernistas, especialmente com 0 entao casal Oswald de Andrade e Tarsila do Amaral. Eles se encantam com a co- legial de batom escuro eatitude des- bocada. Aos 19, comeca a colaborar coma revista Antropofugia, fundada por eles, que publica seus desenhos. “Fazia as vezes de mascote do modernismo paulista ede ‘boneca’ docasal Tarsila e Oswald de Andra- de”, afirma a antrop6loga Heloisa Pontes, pesquisadora do Niicleo de Estudos de Género da Unicamp - niicleo que leva o nome de Pagu, alids- no artigo Vida eObra de uma ‘Menina Nada Comportada. apelido Pagu também foi ideia de Bopp, segundoo eseritore bidgra- fo Augusto de Campos, autor de ‘Pagu, Vida e Obra. A época, 0 poeta sugeriu que ela usasse um nome li- terdrio com as primeiras silabas de seu nome e sobrenome. Mas houve ‘um engano: ele pensou queo sobre- nome fosse Goulart, Jé era tarde: 0 poema 0 Cooo de Pagu jé estava pron- to. “Pagu tem os olhos moles / uns olhos de fazer doer”, so os primei- ros versos da homenagem a menina, rebatizada assim por ele. ‘A “boneca” aeabaria por trair a dona. Em 1930, num imenso escdn- dalo, casa-secom Oswald de Andra- de, Provavelmente, jf eram amantes. Num gesto memoravelmente excén- trico, o casamento foi no Cemitério da ConsolagZo, em So Paulo, diante do jazigo da familia do escritor. FASE VERMELHA Em 1930, a até ento préspera Séo Paulo estremece sob o impacto do crash da bolsa de valores de Nova York. O pregodo café desaba, a imi- ‘gragio do interior para a capital acir- aa disputa por emprego na recém- industrializada cidade. As condigées de vida dos trabalhadores pioram, a tensfo aumenta. “A (causa) queaen- controu primeiro, inesperadamente, foi a questo social e o ativismo po- litieo, mas demorou para sentir um interesse vital. Tampouco achava interessante no comego a politica ra- dial”, conta K. David Jackson. ‘A mudanga de opinigo veio apés uns dias como lider comunista Luis Carlos Prestes, O encontro aconteceu em 1931, em Montevidéu, no Uru- ‘guai, ea ligaco com o Partido Co- munista (PCB) durou sete anos. “A pureza do caminho de Patrieia logo se mostrou ineompativel com a ago partidaria que escolhera’, explica Jackson, em Paétdo Pagu. “Ia acabar sendo expulsa em 1938, mas nao an- tes de tentar provar a sua proletari- zacio, inclusive com oromance Par- que Industrial, de 1933. Ninguém ainda havia feito literatura nesse género.” A obra é considerada um dos pontos altos da trajetéria de Pagu e, por exigéneia do Partido Co- munista, saiu sob 0 pseudénimo de Mara Lobo. O pseudénimo se juntou a muitos ‘outros, como Pat, Pt, Ariel, Gim,So- ange Sohl ete. Como King Shelter, esereveu hist6rias policiais para a revista Deteive, do dramaturgo Nel- son Rodrigues, identidade descober- taapenas 36anos depois desua mor- te. Traduziu Franz Kafka e Eugene Toneseo quando ninguém ainda os conhecia por aqui. “AGITADORA ANARQUISTA” A falta de pudor se transforma tam- bém em coragem. Ainda em 1931, no porto de Santos, durante um choque entre trabalhadores a policia, foi ela quem recolheu o corpo agonizan- te do estivador negro Herculano de Sousa, enfrentando a cavalaria. & presa pela primeira vez, como agita- dora. O episédio Ihe rendeu o titulo de primeira presa politica no Brasil depois da independéncia. Por conta do incidente, 0 préprio Partido Co- munista, receoso de ser respon- sabilizado, chamou-a de “agitadora individual, sensacionalista einexpe- riente”, Filiada ao PCB, tanto ela como Oswald eram malvistos pelos militantes do partido, Em margo do ‘mesmo ano, langaram 0 tabloide O ‘Homem do Povo, pasquim politico que cireulou por apenas dois meses. A policia o proibiu. Depois da prisio e da publicagio de Parque industrial, Patricia vai em- ‘bora para dar uma volta ao mundo, enviando, como correspondente, re- portagens para jornais do Rio de Janeiro e de S40 Paulo, como Correia da Manba, Didriode Noticias &A Noi- te. Seu primeiro filho, Rudé de An- rade, fica 20s euidados do pai. Visitou os Estados Unidos, Japio e Manehniria, regio que hoje éterri- t6rio chinés, ento um protetorado japonés. Lé, fez a cobertura da coro- agio do imperador Pu-Yi, ultimo imperador legitimo da China, depos- to em 1912, e agora posto de volta comoum fantoche dos japoneses. No navio, entrevistou Sigmund Freud. RAINHA DA SOJA Pagu também é considerada uma das responsaveis por trazer a soja para o Brasil. Nessa viagem, como conta Raul Boop na biografia de Au- gusto de Campos, Patricia fez ami- zade com a madame Takahashi, esposa do diretor da South Manehu- rian Railway. Com a influéneia da amiga, Pagu tinha bom acesso a0 palécio, onde conversava informal- mente com o imperador. “Quando Pagu me narrou o ambiente de fa- miliaridade, pedi que procurasse arranjar algumas sementes selecio- nadas de soja’, contou Bopp a Cam- pos. Logo 0 amigo poeta receberia 19 saquinhos de semente. Pagu nio parava. Apés aaventu- raooriental, entrou na Europa de trem pela Transiberiana, passou por Mos- cou echegou a Paris. Na Franea, pas- sou a frequentar alguns cursos na Sorbonne e filiou-se ao Partido Co- munista Francés. Foi pega pela poli- cia com documentos falsos, oque Ihe garantiu mais uma priséo. Aeabou iberada ap6s a interven¢o do em- baixador brasileiro Souza Dantas junto ao governo franeés. Mas o cerco do governo Vargas aos comunistas estava mais aper- A prinoira pris, om 1831, DezENERO 2017 ani SERIE ESPECIAL tado do que nunca. Na primeira me- tade da década de 1930 0 cenario politico brasileiro é balancado por dois extremos opostos, a Agdo Inte- gralista, de inspiracio nazifascista, 0 Partido Comunista. INIMIGA DO ESTADO 1935 seria um ano furioso. Apés vé- rias crises de citimes, separa-se de Oswald de Andrade. Enquanto isso, a Alianca Nacio- nal Libertadora (ANL), agrupando, numa “frente tinica”, elementos de wT, DEZEMARO 2017 esquerda, sindicatos e alguns tenen- tes, expandia-se sob a presidéncia geral de Luis Carlos Prestes. Ao ra- dicalizar suas propostas, a ANL foi fechada pelo governo, fragmentan- do-se. Os comunistas, em resposta, optaram pela insurrei¢io armada. Otimista, Prestes esperava que a revolta militar despertasse uma ade- sio massiva. Mas veioo fracasso do Jevante, em 1935, etodosos suspeitos foram cagados, presos, torturados e alguns, eliminados. Pagu esta entre eles, e vai de novo para a cadeia. Desta vez, por dois periodos pratiea- ‘mentesem intervalo, quedariam um total de cineo anos. Em muitas ocasiées, esteve sob tortura. “Passavam-se as horas eos dias eas semanas e 0 sangue escor- rendo e os verdugos se revezando para me vencerem ou me enlouque- cerem. Deseansava no hospital e voltava paraa tortura”, conta a pré- pria Pagu em texto reproduzido por Augusto de Campos. “Agildo Barata, ‘ochefe dos verdugos, pregava entio ‘0s pregos na minha cabega.” Emen- trevista ao eseritor, sua irma Sidéria Galvio confirma: “No Rio, foi tortu- ada, sim, inclusive aquela tortura estiipida, de unha e tudo, ela apa- nhou bastante no Rio, sim. Ficou muito doente”. Ao pai, Pagu escre- veu da prisdo: “Continuo ainda um oucoesmagada, mas vaisevencen- do corajosamente” 0 periodo da prisio cobrou um alto prego de Patricia, que preferiu no ser mais chamada de Pagu.Com apenas 44 quilos e convivendo com sequelas fisicas eemocionais, pade- ciade forte depressio e sobreviveria sua primeira tentativa desuicidio. Nasaida, Pagu rompecom o Partido Comunista, delinha stalinista, afir- mando-se trotskit ‘ULTIMO ROMANCE (O amigo Geraldo Ferrazé um impor- tante apoio nesse momento e eles acabam se casando. Aos poucos Pa- tricia se reergue, tem seu segundo filho, Geraldo Galvao Ferraz, ereto- ma o jornalismo. Trabalha como correspondente da agéneia France- Presse no Brasil por dez anos. Assim como recuperou a satide, 0s ideais politicos também voltam para sua vida, agora pelo viés de um socialismo bem mais brando. lea RPeoUGIO Entra para o pequeno Partido So- cialista ese candidata, sem sucesso, a deputada estadual em 1950. Na campanha, publica o panfleto Ver- dade Liberdade, expondo os motivos quea levaram a romper com o Par- tido Comunista. “Ento, quando re- cuperei a liberdade, o Partido me condenou: fizeram-me assinar um documento no qual se eximia de toda a responsabilidade. Aquilo tudo, 0 conflito eo sangue derramado, fora ‘obra de uma ‘provoeadora’, de uma ‘agitadora individual, sensacionalis- tae inexperiente’ Assinei. Um retorno as artes marea o que se tornaram seus tiltimos anos. A impaciente Patricia, em 1952, volta ans estudlos e frequenta a Escola de Arte Dramética de Séo Paulo, onde apresenta traducio e estudo de 4 Cantora Careaa, de lonesco. Jé em Santos, no litoral paulista, para onde se muda, assume a coordenagao do ‘Teatro Universitario Santista (1956) eapresidéncia da Uniiodos Teatros Amadores da cidade (1961). A partir de19s7mantém acoluna Paleose Ato- res, em A Tribuna, jornal local. Na coluna, lutava pela dramaturgia ex- perimental e pela liberdade de cria- ‘gio. DirigeFando e Lit, de Fernando Arrabal, que recebeu varios pré- ‘ios. Mais tarde, encenaria também A Fiha de Rapaccini, de Octavio Paz. ‘Trinta anos depoisda aventura a0 redor do mundo, é hora de voltar a Paris. Desta vez, porém, para uma cirurgia que poderia curé-1a de um cAncer. Sem resultado. Ela tenta 0 suicidio novamentee volta ao Brasil. “Quando eu morrer, no quero que chorem a minha morte. Deixarei o meu corpo pra voces", diz em uma desuas charges, da personagem Ka- beluda. Seu corpo foi deixado ha 55 anos, em 12 de dezembro de 1962. [ AVO DO PUNK Nao sé arte ¢ politica, como tum icone fashion @ um modelo as avessas de comportamento. Cheia de alitude, a contestagao em pensamento e ades se Cconeretizava na boca muito escura, quase roxa, nos olhos sempre marcados em preto @ ‘num pancake que acentuava a palider, tudo teatral (ou cinema mudo) ¢ exagerado, Ela também provocava reagbes pelos cabelos desalinhados, roupas muito curtas, blusas transparentes, decotes profundos e por fumar na rua, como descreve amigo Alfredo Mesquita, na biografia de Augusto de Campos, Pagu, Vida e Obra. Nomesmo liv, Oliveira Ribeiro Neto, outro amigo, descreve: “Usava pestanas postigas, muito rimel, estava ‘sempre com pestanas enormes e olhos muito pintados. Os labios grend, quase roxos, isso era muito chocante... Pagu usava saia curta, quase minissaia, por isso chamava muita atencéo. E, se alguém fizesse piada, respondia a altura: chamava de filho disso ou filho daquilo®. Ainda eram as décadas de 1920, 30. A minissaia e os cilios 86 entrariam para o aceitavel em moda feminina na década de 41960, E essa figura icénica que & (em mais de um sentido) abragada pelos modemistas, aos 18 anos. DerEMERO 2017 ETURAS MA yiSTURIA AB RELIGIAO OS DEUSES DO — PacaL — ALGUMAS DAS MAIS EXOTICAS TRADICOES DE FIM DE ANO. REMONTAM AOS MILENIOS PRE-CRISTAOS, ‘omais frio eescuro do inver- N ne, a5 pessoas ee junta no espirito do feriado religioso, époea de celebraco, Com as casas decoradas com frutos vermelhos de azevinho e ramos de pinheiro, a al- deia mata e prepara os maiores chos disponiveis, Entio bebe alegre- ‘mente elembra a passagem do velho barbudo pelos céus. Esse era o Yule, a festa de fim de ano dos povos germanicos. Na Idade Média, havia duas versdes dela: a0 norte da Danevirk, a muralha que separa os dinamarqueses dos fran- cos, germénicos cristios de germ: nicos pags, o velhose chama Odin, ‘osanimais sio um sacrificio aos deu- ses etodaaaldeia se refine num tem- plo, Ao sul, ele atendia por So Nico- Jau, ea quase mesma festa celebra 0 aniversério de Jesus Cristo, A missa éna igreja, claro. “Muitos dos simbolos e costumes de Natal foram alegremente caniba- tizados de tradigbes mais antigas. & intencional: a data foi eseolhida no século 3 € oficializada em 336 para coincidir com o festival de Solis In- vietus edo deus Mitra, popularesem Roma, logo apés as celebragdes da Satumnélia, um verdadeiro carnaval ‘TEXTO Fabio Marton entre 17 23 de dezembro. Bra uma decisGo conseiente desobreserevé-los (esperavam) suprimi-los. Antes, 0 ‘Natal fora celebrado em muitos dias, conforme.a opiniodo bispolocal. Ou dia nentum, pois era da opinigo de muitos quea celebraglo de aniversé- ros era um costume pagio. ‘No fim das contas, uma coisa 6 convencer as pessoas de que os deu- ses sio dem6nios, uma pilida com- paragio ao grande Deus tinico. Outra bem mais dificil 6fazé-los parar de fazer festa. “A Europa nio pode viver sem um festival de meio de inverno”, afirma 00 historiador Richard Hut- ton, da Universidade de Bristol. Se- gundo ele, esses festivais so pré- hist6ricos, “Monumentos neoliticos nna Gré-Bretanha, comoo Stonehenge, esto alinhados com o alvorecer ou escurecer do solsticio de inverno, mostrando como importante era o festival mesmo na Idade da Pedra. Isso atende a necessidades basicas umanas: luz, calor, plantas e cele- Drago no momento mais frio, eseuro edeprimentedo ano.” Herdeiro da Saturnélia, o Natal erauma verdadeira arruagana dade Média (e algumas dessas arruagas aparecem a seguir). “As tensdes entre as tradigbes populares e a opinigo eclesidstica nfo diminuiriam com a universalizagio do Natal”, afirma a hhistoriadora Penne Restad, da Uni- versidade do Texas. “Como um his- toriador da época bem definiu: ‘Os paggios se tornaram cristos - masa Saturnilia continuow” Obviamente, éum salto dizer que Natal éum ritual pagio, Comolem- bbra Hutton, a maioria das tradigées data do século19. Mas esse salto ain- da assim foidado por muitos eristios. 1Em.1644, os puritanos ingleses, ap6s deporem o rei Carlos Tem meio auma Guerra Civil, simplesmente proibi- ram 0 Natal por considerarem-no “‘pagio’. Aleis6 seria derrubada com oretomo da monarquia, em 1660. Os escoceses foram além e reprimiram Natal entre 1640 e, incrivelmente, 1958, quando voltoua ser feriaco. ‘Nas paginas seguintes, algumas das figuras mais insélitas que surgi- ram dessa mistura. S6 nfo se esque- ‘ga que, mesmo aqui no Brasil, nosso familiar bom velhinho, suando em sua fantasia noshopping, um diadeu ascartas comoo reide Valhalla. SAA Ms Bad Santas an cher coop isms chara, Paul Moon, 2013 Son Schustar UX ‘Aos olhos dos devotos, nada pode gritar “pagdo” mais forte que um dbvio deménio com chifres e cascos. E, ainda assim, na Europa Central, do norte da Italia até a Repiblica Tcheca, Papai Noel e 0 cramunhao sao colegas de trabalho. Na noite de 5 de dezembro, um dia antes do Dia de Sao Nicolau, homens se vestem como o horrendo Krampus, enchem a cara e saem ‘as ruas para assustar as, criangas, as vezes batendo nelas ‘com ramos de bétula. Para acalmar o Krampus, ele ganha uma dose de schnapps, a aguardente tipica da regido. Nao ha um consenso sobre quando Krampus surgiu. Mas ha bons palpites: figuras chifrudas @ com pernas de bode, como o grego Pan e o celta Cernnunos, eram parte das tradigbes pagas que foram, literalmente, demonizadas pela Igreja, explicadas nao como figuras inexistentes, mas deménios. De um deus celebrado no solsticio de inverno, Krampus se tornou uma figura maligna, que une as criangas que nao se comportaram — um trabalho que, em outras culturas, 6 assumido pelo proprio Papai Noel. DvezeweR0 2017 a7 RELIGIAO Na Holanda, Papai Noel chama- se Sinterklass, abreviagao de Sint Niklaas, Sao Nicolau. E, adequadamente, se veste como um bispo (e mora na Espanha, or alguma razéo). Quanto a seu maior ajudante... Em 2015, um comité da ONU recomendou aos holandeses que % parassem de usar blackface no Natal. Zwarte Piet (Pedro Negro), © ajudante de Sao Nicolau, desfila com ele em frente & sua ccarruagem, em fungao subalterna. Nao diga aos holandeses que isso 6 racista, porque eles levam sua tradigdo de Natal -e sua reputagdo progressista - mui a sério. Em 2013, uma pesqui revelou que 90% deles nao acham a figura racista. Quanto aos negros da Holanda, organizam protestos para acabar com a tradi¢éo. Na forma atual, Piet s6 apareceu em 1850, no livro infantil Séo Nicolau e Seu Servigal, de Jan Schenkman. ‘Mas todos os ajudantes de Papai Noel vieram de sua identidade original como Odin. Durante o inverno, 0 rei dos deuses voava pelos oéus na Cagada Selvagem =a origem do trené voador-, nao fazia isso sozinho. 48 vezeNen0 2017 Nalltalia, a festa é das mulheres. Befana é a bruxa boazinha que deixa doces em meias para criangas na Noite de Reis (6 de janeirc) ou ‘também carvao para as malcomportadas, assumindo todo o trabalho do Bom Velhinho. Uma das lendas cristas é que, apés perder seu fil visitou Jesus na ra ¢ foi abengoada mae de todos os ‘Accaveira de um cavalo num dos cavalos e da fertiidade, celebrada no solsticio. Ainda que seja controverso: jamais surgiu qualquer prova de algo assim antes de 1800 (0 que mastro, coberta por um pano. Com ela & frente, homens cantam cangées natalinas diante da porta, para entrar Be ana italianos. Como o Krampus, ‘la é premiada com uma dose alcodlica: vinho, no caso. E até pode varrer a casa antes de sair. A aposta de varios historiadores italianos, como Carlo Sacchettone (autor de La Storia de Babbo Natale, "A hist6ria do Papai Noel" 6 que ela derive de Estréni a deusa romana do Ano- Novo, poca em que os romanos trocavam presentes. na casa das pessoas ¢ participar da festa. Essa tradigdio do Pais de Gales tem sua possivel origem na deusa celta Epona, protetora do prova que néo existia). Nem o nome esta esclarecido. As teorias 880 que significa “égua cinza” ou... Virgern Maria. RELIGIAO Essas vem da Catalunha e sao um bom argumento para os catalées afirmarem que sao diferentes dos espanhéis ~ ou humanos em geral. Tio de Nadal (tronco de Natal) é um tronco oco, que, a partir do dia de Sao Nicolau, 6 de dezembro, é “alimentado” pelas criangas com doces ~ e téo bem cuidado que até ganha uma manta para se proteger do frio. No Natal, ele leva pauladas para defecar— cagar mesmo, em Cataldo seus presentes, enquanto se canta a cantiga natalina Caga Tio. J& 0 caganer é uma figura de presépios, um homem defecando, colocada num canto, piedosamente longe do menino Jesus. Troncos - chamados madeiros em Portugal ou yule fog na inglaterra — ‘6m um significado especial em toda a Europa. Em meio ao inverno, a fogueira, por raz6es ébvias, era presenga nos rituais pagdos cristaos. Quanto ao caganer, entre muitas outras teorias, ha ade que esteja fertiizando os campos para 0 préximo Natal ~e fertilidade tinha a ver com a esperanga de as colheitas nascerem novamente apés 0 inverno. Nos anos 1980, o bispo de Barcelona era da opinido de que caganers eram simbolos pagaos. Em resposta, 0 fabricante Marc Alés langou uma linha deles na forma de padres, freiras ¢ bispos. Nasceram ento os caganers de figuras da cultura pop, como celebridades, presidentes e até super-herdis, como Batman. Desde 1966, a cidade de Gave, na Suécia, constréi um bode gigante para celebrar 0 Natal. Das 50 vezes em que foi feito, 86 sobreviveu 13. Sempre acaba incendiado por vandalos. Bodes aparecem em presépios ¢ decoragées do mundo germanico. Eles puxavam a carruagem do deus Thor pelos céus, acompanhando o pai Odin na Cagada Selvagem (ver pagina 48). Na Grécia, Bulgaria e entre os cristdos da Turquia, é uma ‘espécie de duende que vive ‘embaixo da terra e passa o ano serrando a Arvore do Mundo, que sustenta o planeta mas, bem no Natal, ganha o poder de ir para a superficie ‘© aproveita, s6 voltando no Dia de Reis. A drvore se restaura ‘enquanto isso ¢ todos sao salvos de cair no abismo. de Arvore do Mundo existia entre varias culturas indo-europeias, como os jermanicos (Yggdrasil), mas ra ausente entre os gregos antigos. A lenda surgiu no Império Bizantino na Idade ‘Média, talvez com uma mao para o sul e conseguiram emprego como a Guarda Varangiana. vezewen0 2017 61 cultura LIVROS FILMES GAMES COLUNISTAS A SEDUCAO DA MORTE O AMOR DE SEIS GRANDES PENSADORES DO SECULO 20 POR REGIMES GENOCIDAS ‘um cliché anti-intelectual a ideia de professores que, do conforto de seus sofiis e bem pagos salarios em universidades, abragam regimes responséveis pelas mais abjetas passagens da miséria humana no século20. Masé fato que no faltaram amigos a lideres com ‘uma contagem de corpos na faixa de dezenas de milhies. Em A MenteImprudente, osocié- Jogo Mark Lilla, da Columbia Univer- sity (BUA), tenta entender como esse estranho fascinio atingiu néo a fand- ticos simpl6rios, mas seis brilhantes mentes quecostumam entrar em lis- tas das maiores do século: Martin Heidegger, Carl Schmitt, Walter Ben- jamin, Alexandre Kojéve, Michel Foueault eJacques Derrida. Carl Schmitt éum especialista em direito ainda muito estudado, que defendeu um estado sem direito para boa partede sua populacio:onazista. Martin Heidegger, um fil6sofo para filésofos e leitura obrigatéria em qualquer curso que se leve a sério, entrou no partido nazista e cortou todas as suas relagdes com colegas judeus - por razdes tio dificeis de entender quanto sua filosofia. O ca- pitulo sobre ele é na verdade triplo, também abordando sua relagao inti- ‘ma com Hannah Arendt e sua ami- zaciecom Karl Jaspers. Naalaesquerda, Walter Benjamin ‘manteve-sefiel a Stalin mesmo quan- do a maioria dos pensadores de es- querda passou a migrar para a mais confortavel sombra de Trotski, oin- conformado perdedor da Revolugso de 1917. Kojéve, nascido na Réssia, mas morando na Franga, dizia-se ainda assim stalinista. E Derrida e Foucault, os pés-estruturalistas que rejeitaram o marxismo tradicional inspirados em Heidegger, sio estu- dados mais pelas implicagées deseu pensamento que por suas aliangas. O LADO VERMELHO UM RELATO EM. PRIMEIRA PESSOA DA VITORIA SOVIETICA ‘Comandante na Batalha de Stalingrado e na subsequente invasao ao territério. controlado pela Alemanha nazista, o marechal soviético Vassily Tchuikov foi 0 primeiro a receber a frustrante noticia de que ‘Adolf Hitler havia se matado —e aceitar a rendigao dos alemaes. Traduzido pela primeira vez em portugués, seu relato, que vai de Stalingrado a Berlim, omite Por razbes ébvias as atrocidades cometidas pelo Exército Vermelho. Com Sakon esos contd DE VOLTA AS RAIZES soviética, a obra nao promete objetividade, mas & Hoje mais famosa por sua ndo fundamental para quem exatamente amigavel comunidade ‘quer entender o epilogo online, a série Call of Duty nasceu em da Segunda Guerra. 2003 como um jogo sobre a Segunda Guerra concorrente de Battlefield 1942, de um ano antes. Desde entado, foi para © presente e para o futuro em seus langamentos, mas nao voltava &s origens desde 2006. O novo jogo da série acompanha um grupo de soldados americanos - com dois personagens desbloquedveis: um membro da E Resisténcia Francesa e um comandante a | de tanques britanico —do Dia D até o Serb: 1868 | final. Para maior autenticidade, aspectos ~ADerrta oe Mazon, fantasiosos dos jogos anteriores, como A CONQUISTA pE BERLIM {Cat of Duty, wz, Sbdgehommer amas PC, Box Ona Patton ezine con correr pelas paredes e dar superpulos, sR 58. foram removidos. Mas um favorito do piblico esta la: zumbis nazistas. DeZEMERO 2017 sveTURAS NA STEM BB cultura CARAA CARA COM OS PIRATAS Em 2008, o jomnalista amador Jay Bahadur se embrenhou pela Somélia em busca dos famigerados piratas - que nem tinham feito ainda sua maior agéo, © sequestro do Maersk Alabama, que renderia outro filme, Capitéo Philips. A aventura & recontada no filme que conta com a estrela em ascensao Evan Peters come 0 jornalista ¢ o veterano Al Pacino como um, repérter ficcional, que serve de figura inspiradora. 0s Pratae da Som, Erin ochey 10 in etree prota para tesa ODE AO ILUMINISMO ‘Ao compor a Nona Sinfonia, popular pelo trecho Ode a Alegria, Beethoven criou uma das mais fundamentais pegas do cénone ocidental. Com aspiragSes libertarias camufladas, a sinfonia foi ctiada na época em que as dinastias Bourbon, Habsburgo Romanov reprimiam a todo custo a agitacao popular que se seguit a Revolugao Francesa e as guerras napolednicas. O livro do historiador Harvey Sachs mistura biografia, histéria e meméria para reafirmar a importancia da obra-prima de Beethoven e tragar todo © furioso contexto que inspirou suas ruidosas criagGes. to Sua rag, Haney Sich, de Symp gs, 5 44,0 BA ney ois DeZEMERO 2017 APOLITICA- MENTE CORRETO? Ex-editor de AVENTURAS NA HISTORIA, Leandro Narloch langa agora seu primeiro livro sem 0 selo Guia Politicamente Incorreto - famosa ¢ infame série, dependendo a quem vooé perguntar, na qual ele buscou desmontar figuras eventos caros 4 esquerda “politicamente correta’, no Brasil e mundo. Desta ROMANOV, Se / ele ndo tentou exatamente ESC APAD 0") desmontar a interpretagdio da Use esquerda, mas afimar que houve “varias escraviddes”. Faz isso ESSA E A TESE DO HISTORIADOR MARC FERRO através do relato de mais de 20 Um dos episédios mais _Ferrero (autor de A Revolugao historias reais desde o século 16. ‘emblematicos da Revolugéo Russa de 1917) revisou ‘Algumas das quais, em suas Russa 6 sem divida o diversos documentos, para Palavras, parecem confirmar a ideia assassinato dos Romanov. _se juntar a ala revisionista. de “eacravido brands” de Gilberto A familia real passou seus. —- Segundo ele, a czarina Freire: Outras, a! crus brutalidada cs: liltimos dias em priséo. ‘Alexandra Feodorovna e os Knagam modeme: As final, ¢ ratraio, domiciliar, até os seus cinco filhos foram salvos de uma sociedade corrompida pelo modo de vida escravocrata: com alguns que se rebelam, mas outros que se juntam ao lado dos senhores e dos traficantes, de escravos. bolcheviques decidirem que, por um acordo entre os enquanto vivessem, seriam _bolcheviques e os alemées, uma ameaga a sua revolugao. permitindo que vivessem no E entao maté-los a tiros, exilio e incégnitos até seus facadas e coronhadas em um _tiltimos dias. pordo, em 17 de julho de 1918. Por esse quase século, essa dura passagem foi alvo de muita especulacdo entre @ historiadores. Muitos Actados contestam a versao oficial de ee ae que todos os membros da SB caine familia morreram e defendem ‘ashe a ‘2B bratbice que ao menos alguns deles esi doe nucle plo teriam sido poupados. Faro ego Man Sony Em lembranga dos 100 oe anos da Revolugao Russa, 0 oor 168 historiador francés Marc Fea DeZEMERO 2017 #7 Aviston BB cultura curesoL 4 HisToRiA 86 O ESCANDALO DE BERNA JOGADORES DO GREMIO DE PORTO ALEGRE FORAM ACUSADOS DE ABUSAR SEXUALMENTE DE UMA MENINA SUICA DE 13 ANOS. dia 19 de julho de 1987 foi de grande ale- aria paraos gremistas. Ap6s um comeco demolidor de jogo no estédio Olimpico — quando abriu, nos primeiros 20 minu- tosdo primeiro tempo, 3.0 no placar diantedo maior rival, 0 Internacional, na partida final valida pelo ‘Campeonato Gaticho -,a equipe conseguiu segurara pressio colorada, que chegou a marcar dois gols, e conquistou o tricampeonato estadual. Muita festa e abragos entre toreedores, atletas e comissio técnica. © tempo para comemoracio, no entanto, era escasso, ‘uma vez.que dentro de alguns dias, antes do comego do Campeonato Brasileiro, na verdade a Copa Unio, a delegacSo gaticha faria uma excursdo pela Europa. A primeira partida, valida pela Copa Philipps, acon- teceria no dia 29 daquele més frente a equipe portu- guesa do Benfica na cidade suiga de Berna. ‘A chegada a Suica foi tranquila e contou com a presenea de muitos moradores locais, fis do futebol brasileiro, quesedeslocaram ao hotel eaos campos de treinamento para conhecer os atletas nacionais. Pes- soasde todas as idades interagiram com os jogadores naquela oportunidade tio interessante de ver um time brasileiro em agio em terras europeias. Em campo, 05, gremistas, comandados pelo téenico Luiz Fetipe Sco- lari, néo decepcionaram na estreia e derrotaram os ortugueses por a a1. Agora era se preparar para a préxima partida no dia 31, quando oadversério seria o time local do Neuchatel Xamax. Antes disso, no entanto, na noite de quinta-feira, dia 30, quatro agen- tes suigos a paisana se dirigiram até o Hotel Metropo- litano e, pr orciem do juiz local Jurg Blaser, prenderam quatro atletas trieolores (Cuca, Eduardo, Fernando e Henrique) sob a aeusagao de terem cometido estupro contra a menor, de1ganos, Sandra Pfaffli. Com exce- vezeNen0 2017 giode Cuca, récem-contratado, por empréstimo, jun- to.aoJuventude,equenem sequer estreara, os demais, atletas eram considerados grandes promessas da equipe gaticha e, embora aindam fossem reservas, tinham atuado com a eamisa tricolor. A surpresa ‘maior se deveu ao fato de todos eles serem considera- dos rapazes de boa reputacio. O quarto-zagueiro Hen- rrique, de a1 anos, nem bebia ou fumava. O goleiro Eduardo, de20 anos, era atleta de Cristo e ainda mo- ava com 0s pais. O atacante Fernando, 22 anos, € Cuca, 24 anos, sempre foram muito diseretos, sendo que o tiltimo se casara com sua segunda namorada. ‘Segundo o depoimento da moca, ela vagava pelos corredores do hotel, acompanhada por dois amigos da ‘mesma idade, a procura de lembrancas da equipe sgaiicha, até que teria sido arrastada para oquarto204, onde estavam os atletas. Durante cerca de3o minutos, ela teria sido forgada a manter relagées sexuais com 0s jogadores, J4 de acordo com outros atletas da dele- gacio gremista, a menina, que parecia ter mais de 18 anos, era muito bonita e teria entrado no quarto dos atletas e tirado sua blusa em troca de uma camisa da equipe gaticha. Paraeles, oqueaconteceu, seja ld oque fosse, teria sido provocado por ela. Além disso, ame- nina, segundo eles, chegou a ser vista no hall do hotel, ap6s 0 ocorrido, e nao teria demonstrado qualquer abalo com 0 ocorrido, o que foi reforcado pelo fato de ela reaparecer no hotel no dia seguinte, Aoque parece, entretanto, algo a fez ir até a delegacia para fazer as devidas acusagées contra os gremistas. O resultado dos exames de corpo de delito em Sandra, contudo, no comprovou qualquer marca de violencia, dando énfase a tese de quea relagio sexual foi consensual, 0 quederrubou a acusagio de estupro. Ainda assim, no entanto, os jogadores foram en- quadrados no artigo 187 do Cédigo Penal da Suiga, que previa uma reclusio minima de trés anos, e po- deriam ter sua situagio agravada caso 0 juiz decidis- selangar modo artigo 191 - pristo deseis anos para aquele que cometer ato sexual ou anélogo contra uma cerianga menor de 16 anos. A situago de Cucae Fer- nando era mais satisfat6ria pelo fato de eles no terem. sido reconhecidos pela menina e, por conta disso, poderiam ser libertados apés pagamento de fianga, caso 0juiz chegasse a estabeler um valor. Jé Eduardo e Henrique corriam maiores riscos de permanecer presos. As acusages sobre os dois eram maiores e fizeram com que ficassem isolados em celas indivi- duais de 9 m* sem radio e televisio. Até mesmo a comunicagio com a equipe juridiea contratada pelo Grémio era bem limitada, e as informagées vindas da Suiga ao Brasil nao eram das melhores. O fato é que o hotel chegou a ser totalmente cercado pela po- licia suica na busca de evidéncias que ajudassem a explicar o que teria acontecido. ‘A tramitago do processo levou semanas, enquan- toos quatro atletas permaneceram presos, a equipe gaticha seguiu em excursio até o dia 16 deagosto. Em. campo, 0 Grémio fez bonito e permaneceu invicto. Foram nove partidas, com cinco vit6rias e quatro cempates. A delegacdo gaticha voltou ao Brasil e man- teve advogados na Suiga para fazer a defesa de seus atletas. Foram muitos os pedidos do, até enti, embai: -xador brasileiro Claudio Garcia de Souzaeaté mesmo do presidente da Fifa, entidade maior do futebol se- 4 4 OS JOGADORES FORAM ENQUADRAI NO ARTIGO 187 DO CODIGO PENAL DA SUIGA, QUE PREVIA UMA RECLUSAO MINIMA DE TRES ANOS diada na propria Suica, Jodo Havelange, em prol do relaxamento da prisdo. Tudo em vo. O Itamaraty chegou a acompanhar de pertoe a solicitar as autori- cdades do governo sufgo que reconsiderassem adecisio demanté-los presos. 0 juiz Blaser, no entanto, eonhe- cido por ser muito duro, semostrou irredutivel eman- teve os atletas presos por quase go dias. Foram arciu- ase complexas as negociagdes que permitiram a libe- ragdo dos atletas, que tiveram que se comprometer a voltar Suica caso fossem convoeados para qualquer audiéncia que se fizesse necesséria. Autorizados para retornar ao Brasil, onde poderiam responder em li- berdade, dois anos depois, ao final do processo, aca- baram condenados pela Justiga daquele pais, mas puderam cumprir a pena em liberdade no Brasil. 0 ocorrido dominou onotieiério local eacabou por aze- dar, de certa forma, as relagGes diplométicas entre os, paises. Livres, os atletas voltaram aos campos e tive- ram relativo sucesso no futebol. Fernando atuou du- ranteum tempo no préprio Grémio. Henrique também, permaneceu no tricolor gaticho por alguns anos ¢ ainda se destacou jogando pelo Corinthians. Jé Edu- ardo assumiu de vez seu apelido, Chico, e fez maior sucesso longe de terras gaiichas, vivendo seu melhor ‘momento atuando pelo Ceara, onde foi vice-campeio da Copa do Brasil em 1994. Por fim, Cuca, que viria ser tornar o mais famoso deles, além do tricolor gat- cho, viveu uma boa fase também no Palmeiras e hoje em dia 6um dos mais importantes téenicos do futebol brasileiro, Para todos eles, “o Esedndalo de Berna” sempre foi um assunto espinhoso ea ser evitado. or José Ranato Saniage ‘Doutr« mete pla Escola Poltcnia da Universidade de Sia Palo com pe-raduapo pla ESPM, Astor de es sobre a itra duel, gestae conecinerto capa islacual DvezeweR0 2017 7 DOS 7 cultura Foto-HisTORIA OAR isn AN DO FUTURO UM ENSAIO DE MODA. NO COMEGO DA FAMA Tea Ror era | See ence Dente Oe ae SE cece a OT Pee eee aco eR ECC curt Cote cn ce Cre t Tee eee Oat ainda hoje 6 queira ou nao, um dos Se nO ee Dee icc eee Penn es es Pee ey Pee ee et one) Ce eka Cee are nes ed De Cee teen Deer a oe Doe ee Ce Id DAT ee esta rer er ater reuse cia Ce eee Pecunia sentar na Broadway. E precisou da aju- Cree ec es de seu grupo, tentando tornd-la a em- Deen cece aE an cm Cee sa Ead SLURS La Seh CAIXA AOLLINGSTONE.UOL.COW.BR/MUSICRUK DTS yO 025 Ui Pr TDL ea - SP csi hin ere a al a ay me ee | F i