Você está na página 1de 1

BOBBIO, Norberto. Estado, governo, sociedade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1986, p. 135-65.

1. A democracia na teoria das formas de governo


- O “CONCEITO de DEMOCRACIA pertence a um sistema de conceitos, que constitui a TEORIA
das FORMAS DE GOVERNO, ele não pode ser compreendido em sua natureza específica senão
em relação aos demais conceitos do sistema, dos quais delimita a extensão e é por eles delimitado”
(p. 135).
- Usos do conceito de democracia:
a) Descritivo (ou sistemático) – classificação ou tipologia das formas de governo que historicamente
existiram;
b) Prescritivo (ou axiológico) – juízos de valor para alinhar e hierarquizar as formas de governo;
c) Histórico – descrever os vários momentos sucessivos do desenvolvimento histórico (evolução).
2. O uso descritivo
- Significado clássico (Platão, Aristóteles, Políbio), uma das três formas de governo, conforme o
número de governantes.
- Repúblicas e Principados (Maquiavel);
- Kelsen (liberdade política – democracia e autocracia). Autonomia e heteronomia. “Democráticas
são as formas de governo em que as leis são feitas por aqueles aos quais elas se aplicam (...),
autocráticas são as formas de governo em que os fazem as leis são diferentes daqueles para quem
elas são destinadas” (p. 139).
3. O uso prescritivo
- compreendida como uma forma “boa” ou “má”. Platão – democracia o governo dos pobres contra
os ricos;
- Aristóteles – formas boas/más, “critério de governar para o bem comum ou para o próprio bem”
(Politéia).
- Políbio (Democracia/Oclocracia) – Juízos absolutos (“boa”/”má”);
- Juízos Relativos (“melhor”/”pior” – colocação em um ordenamento axxiológico).
- “Favoráveis à monarquia e contrários á democracia”(Bodin, Hobbes, Locke, Vico, Montesquieu,
Kant, Hegel).
4. O uso histórico
- Regressivas (a etapa sucessiva é uma degeneração da precedente), Progressivas (a etapa
sucessiva é uma aperfeiçoamento da precedente) e Cíclicas (retorno ao princípio).
5. A democracia dos modernos
- Madison/Toqueville – Democracia/antigos/democracia direta; Reública/moderno/governo
representativo.
- “A democracia dos modernos é pluralista, vive sobre a existência, a multiplicidade e a vivacidade
das sociedades intermediárias” (p. 152).
6. Democracia representativa e democracia direta
- Processo de democratização ao longo de duas linhas:
a) o alargamento do direito de voto e b) o desenvolvimento do associativismo político (partido de
massas).
- Formas de democracia direta:
a) mandato imperativo; b) o governo de assembléia (delegados) e c) o referendum.