Você está na página 1de 3

QUESTÃO DE AULA – 10º ANO

POESIA TROVADORESCA /GRAMÁTICA

ESCOLA: __________________________________________ DATA: ____/ ____/ 20____

NOME: ______________________________________________ Nº ____ TURMA: _____

DURAÇÃO: 20 MINUTOS

GRUPO I – EDUCAÇÃO LITERÁRIA

1. Classifique as afirmações como verdadeiras (V) ou como falsas (F).


(10 itens x 3 pontos cada = 30 pontos)

(A) As cantigas de amigo têm origem provençal.


(B) O amor cortês associa-se a uma atitude de vassalagem.
(C) O enunciador, nas cantigas de amigo, é o trovador enamorado.
(D) O cenário envolvente nas cantigas de amigo é, normalmente, rural.
(E) A coita de amor é um tema que está presente nas cantigas de escárnio e
maldizer.
(F) A Natureza, nas cantigas de amigo, é frequentemente personificada.
(G) A sátira presente nas cantigas de escárnio é direta e dirigida aos maus
trovadores.
(H) Os costumes ou hábitos sociais são frequentemente alvo de paródia nas
cantigas de escárnio e maldizer.
(I) A donzela das cantigas de amigo desloca-se às cortes para ver o amado.
(J) A mulher, na cantiga de amor, é idealizada e geradora de sofrimento no
amador.
1.1. Corrija as afirmações que classificou como falsas. (30 pontos)

_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________

©Edições ASA | 2017 – Projeto SENTIDOS Página 1


QUESTÃO DE AULA – 10º ANO
POESIA TROVADORESCA /GRAMÁTICA

GRUPO II – GRAMÁTICA

1. Indique as funções sintáticas desempenhadas pelos constituintes sublinhados nas frases


seguintes.
(5 itens x 4 pontos cada = 20 pontos)

(A) O código do amor cortês foi inventado pelos trovadores.


_______________________________________________________________
(B) As críticas veladas das cantigas de maldizer eram mordazes.
_______________________________________________________________
(C) As donzelas confessavam as suas preocupações às mães.
_______________________________________________________________
(D) As jovens dirigiam-se aos adros das igrejas para ver os amigos.
_______________________________________________________________
(E) Quer as jovens quer as mães levavam às romarias velas para queimar.
_______________________________________________________________

2. Classifique as orações sublinhadas em cada um dos enunciados.


(5 itens x 4 pontos cada = 20 pontos)

(A) O trovador compunha a cantiga e executava-a na corte.


_______________________________________________________________
(B) O nome da mulher amada era sempre ocultado dado que esta era casada.
_______________________________________________________________
(C) A dor do trovador devia ser enorme pois a mulher amada frequentemente o ignorava.
_______________________________________________________________
(D) A donzela confidenciou à mãe que estava apaixonada.
_______________________________________________________________
(E) As súplicas que a donzela dirigia ao mar nem sempre eram atendidas.
_______________________________________________________________

©Edições ASA | 2017 – Projeto SENTIDOS Página 2


QUESTÃO DE AULA – 10º ANO
POESIA TROVADORESCA /GRAMÁTICA

PROPOSTA DE CORREÇÃO

GRUPO I

1. e 1.1.
(A) F. As cantigas de amigo têm origem autóctone, ainda que influenciadas pela cultura provençal.
(B) V
(C) F. O enunciador, nas cantigas de amigo, é a donzela.
(D) V
(E) F. O tema da coita de amor está presente nas cantigas de amor, embora possa estar presente
nas cantigas de escárnio e maldizer em forma de paródia.
(F) V
(G) F. A sátira, nas cantigas de escárnio é, geralmente, velada e pode também ser dirigida a outros
“destinatários” que não os maus trovadores: traidores e maus guerreiros, incompetentes,
damas que se destaquem pela fealdade...
(H) V
(I) F. Geralmente, nas cantigas de amigo, o palco que serve os propósitos da donzela para ver o
seu amado são os adros das igrejas, as romarias ou a própria Natureza (fontes, mar, rio…).
(J) V

GRUPO II
1.
(A) Complemento agente da passiva.
(B) Predicativo do sujeito.
(C) Complemento indireto.
(D) Complemento oblíquo.
(E) Complemento direto.

2.

(A) Oração coordenada copulativa.


(B) Oração subordinada adverbial causal.
(C) Oração coordenada explicativa.
(D) Oração subordinada substantiva completiva.
(E) Oração subordinada adjetiva relativa restritiva.

©Edições ASA | 2017 – Projeto SENTIDOS Página 3