Você está na página 1de 4

ENSINO MÉDIO

Turma: 2º ANO DATA: ____ / ____ / 2018.


Professor: Clóvis Bianchini Junior 1º TRIMESTRE
Aluno (a):_____________________________________________________

Cinemática
Instruções para resoluções de problemas em Cinemática
1. Ler o problema
2. Anotar os DADOS e transformar quando necessário (NÃO ESQUEÇA: Km/h  m/s!)
3. Sempre fazer um DESENHO: lembrar de colocar origem, sentido positivo, vetor velocidade, vetor aceleração, etc.
4. Lembrar da palavra – chave: ACELERAÇÃO!
Não foi pedido? Não foi dado?  MOVIM. UNIFORME
Foi pedido? Foi dado?  MOVIM. VARIADO
Obs: se não for dado e nem pedido o tempo no movimento variado aplicar TORRICELLI.
Atenção: Na reação: Movimento Uniforme
Na frenagem: Movimento Retardado
Exercícios propostos
1. (UFT) Mariana deseja medir a velocidade que sua bicicleta desenvolve. Para isso, ela gruda um chiclete mascado na parte
exterior de um dos pneus, cujo diâmetro mede 0,40 m, e põe-se a pedalar a uma velocidade constante. A cada vez que a parte
do pneu com o chiclete toca o solo, ela ouve um “clec”. Com base nessa observação, Mariana conta 15 “clecs” em um intervalo
de 10 s. Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que a velocidade que a bicicleta de Mariana desenvolve, nesse
caso, é de, aproximadamente,
(A) 0,27 m/s . (B) 0,60 m/s . (C) 1,9 m/s . (D) 3,8 m/s .

2. (UFT) Joaquim mora na zona rural e enfrenta vários desafios para conseguir estudar. Um destes desafios é o deslocamento de
sua casa até à escola. Ele mora em um sítio, a 25 km de sua escola, e percorre esse trajeto diariamente. Joaquim caminha por 4,5
km até ao ponto de ônibus escolar, a uma velocidade escalar constante de 6 km/h. O ônibus gasta 20 minutos do ponto até à
escola, chegando pontualmente. Joaquim acordou atrasado e agora precisa correr até ao ponto de ônibus para não perder a
aula. O atraso de Joaquim foi de 15 minutos. Qual a velocidade média escalar de Joaquim, e qual o gráfico que representa a
distância percorrida (S) em função do tempo (t) para este trajeto.

4. (UFT) Considere que a distância entre Palmas e Brasília seja de 900 km e a estrada seja sempre uma reta. Um carro indo de
Palmas para Brasília, nesta estrada, faz um terço do caminho a 120 km/h, outro terço a 80 km/h e o restante a 60 km/h. Qual foi
o módulo da velocidade média do carro durante esta viagem?
(A) 70,0 km/h (B) 86,6 km/h (C) 80,0 km/h (D) 75,5 km/h

7. (UFT) Uma partícula se movimenta em linha reta de maneira que o módulo de sua
velocidade durante o movimento está representado no gráfico abaixo como uma função
do tempo (Vxt). Baseado nas informações do gráfico, qual valor abaixo representa o
módulo da velocidade média da partícula durante o movimento?
(A) 7,0 m/s (B) 7,5 m/s (C) 8,0 m/s (D) 8,5 m/s (E) 9,0 m/s

8. (UFT) Um observador visualizou um relâmpago (luz de um raio) em uma tempestade, e ouviu o trovão (som deste raio) após
2s. Decorridos 6 min ocorreu outro relâmpago e o trovão foi ouvido após 20s. Considere que a visualização do relâmpago é
instantânea e que a velocidade do som no ar é de 340m/s. A velocidade CORRETA (em m/s) que a tempestade se afasta do
observador é:
(A) 17 (B) 20 (C) 34 (D) 68 (E) 340
9. (UFT) Em uma tempestade, o som da descarga atmosférica é observado depois de seu respectivo clarão, que acontece quase
que instantaneamente. Foi observado inicialmente que havia um tempo médio de 7 s de atraso entre os clarões e seus
respectivos sons. Após 1 minuto, o tempo médio de atraso passou a ser de 13 s. Considerando-se que a velocidade de
propagação do som na atmosfera é de aproximadamente 340 m/s, podemos afirmar:
(A) A tempestade está se aproximando do observador com uma velocidade de 22 m⁄s.
(B) A tempestade está parada com relação ao observador.
(C) A tempestade está se afastando do observador com uma velocidade de 22 m⁄s.
(D) A tempestade está se afastando do observador com uma velocidade de 34 m⁄s.

10. O gráfico a seguir representa a posição em função do tempo de uma partícula em movimento
retilíneo uniforme sobre o eixo x. É CORRETO afirmar que:
(A) em t = 1,0 s, s = 5,0 m
(B) em t = 2,0 s, s = 6,0 m
(C) em t = 3,0 s, s =0
(D) em t = 4,0 s, s = 6,0 m
(E) em t = 5,0 s, s = 7,0 m

11. O gráfico indica como varia a posição de uma pessoa em função do tempo, ao longo de
uma caminhada em linha reta.
Com base no gráfico:
a) O que ocorre com a pessoa entre os instantes t = 40 s e t = 60 s ?
b) Qual a distância total percorrida pela pessoa entre os instantes 0 e 80 s ?
c) Construa o diagrama horário de sua velocidade escalar.

12. O gráfico indica como varia a velocidade escalar de uma composição de metrô, em
função do tempo, durante seu tráfego entre duas estações. Com base no gráfico
calcule o deslocamento escalar da composição entre as duas estações.

13. Um móvel tem velocidade escalar variável com o tempo, conforme o gráfico a
seguir. O espaço percorrido entre os instantes t0 = 0 e t = 2 s é de 1,2 m.
Determine:
a) a velocidade escalar inicial v0;
b) a velocidade escalar de um automóvel em movimento uniforme que
percorresse a mesma distância no mesmo intervalo de tempo.

14. Dois móveis M e N partem de um mesmo ponto e percorrem a mesma trajetória. Suas
velocidades variam com o tempo, como mostra o gráfico a seguir. Analise as seguintes
afirmações a respeito desses móveis.
I. Os dois descrevem movimento uniforme.
II. Os dois se encontram no instante t = 10 s.
III. No instante do encontro, a velocidade de M será 32 m/s.
Deve-se afirmar que apenas
(A) I é correta. (B) II é correta. (C) III é correta. (D) I e II são corretas. (E) II e III são corretas.
15. Em um teste, um automóvel é colocado em movimento retilíneo uniformemente
acelerado a partir do repouso até atingir a velocidade máxima. Um técnico constrói o gráfico
onde se registra a posição x do veículo em função de sua velocidade v. Através desse gráfico,
pode-se afirmar que a aceleração do veículo é
2
(A) 1,5 m/s .
2
(B) 2,0 m/s .
2
(C) 2,5 m/s .
2
(D) 3,0 m/s .
2
(E) 3,5 m/s .

16. O gráfico mostra a velocidade como função do tempo de dois objetos em movimento
retilíneo, que partem da mesma posição. O instante em que os móveis A e B novamente se
encontram será aproximadamente:
(A) t = 20 s
(B) t = 10 s
(C) t = 5 s
(D) t = 2,5 s

GABARITO:
1. C 2. D 3. A 4. C 5. E 6. D 7. E 8. A 9. D 10. D 11. RESOLVIDA ABAIXO
12. RESOLVIDA ABAIXO 13. a) 0,4 m/s b) 0,6 m/s 14. C 15. B 16. B
Resolução questão 11. a) Entre os instantes 40 s e 60 s, a pessoa encontra-se em repouso (espaço constante).
b) Nos primeiros 40 s, a pessoa caminha em movimento uniforme progressivo (s cresce linearmente com t) e desloca: s = s – s0
= 60 – 20 = 40 m.
Nos últimos 20 s, a pessoa retrocede, em movimento uniforme, do espaço 60 m para o espaço 40 m. Logo, desloca: s = 40 – 60
= – 20 m.
Conclusão: d = | s|
dTotal = dIda + dVolta = 40 + 20
dTotal = 60 m
c) Nos primeiros 40 s:

(constante)
Nos últimos 20 s:

(constante)
Lembrando que a velocidade é nula (repouso), entre os instantes 40 s e 60 s, temos:

Resolução questão 14. A área do trapézio, sob o gráfico x t dado, representa o deslocamento escalar ocorrido, isto é: