Você está na página 1de 5

Tema 3 : A Língua e Literaturas Portuguesas no Mundo

Designação do Curso Formação Modular Certificada de Base – Tipo C


Referência da Ação
Data de Início Data de Fim
Carga horária 300 horas Horário Não Aplicável
Módulo CLC7 – Fundamentos de Cultura, Língua e Comunicação
Formando
Data Classificação
Formador Susana Morais Rubrica

DIFERENÇAS LEXICAIS NA LÍNGUA PORTUGUESA

O Português é a língua que portugueses, brasileiros, muitos africanos e alguns asiáticos


aprendem no berço, reconhecem como património nacional e utilizam como instrumento de
comunicação, quer dentro da sua comunidade, quer no relacionamento com outras comunidades
luso falantes.
Esta língua não dispõe de um território contínuo (mas de vastos territórios separados, em
vários continentes) e não é privativa de uma comunidade (mas é sentida como sua, por igual, em
comunidades distanciadas). Por isso, apresenta uma grande diversidade interna, consoante as
regiões e os grupos que a usam. Mas, também por isso, é uma das principais línguas internacionais
do mundo.
É possível ter perceções diferentes quanto à unidade ou diversidade internas do português,
conforme a perspetiva do observador. Quem se concentrar na língua dos escritores e da escola,
colherá uma sensação de unidade. Quem comparar a língua falada de duas regiões (dialetos) ou
grupos sociais (socio dialetos) não escapará a uma sensação de diversidade, até mesmo de divisão.
Uma língua de cultura como a nossa, portadora de longa história, que serve de matéria prima
e é produto de diversas literaturas, instrumento de afirmação mundial de diversas sociedades, não
se esgota na descrição do seu sistema linguístico: uma língua como esta vive na história, na
sociedade e no mundo. Tem uma existência que é motivada e condicionada pelos grandes
movimentos humanos e, imediatamente, pela existência dos grupos que a falam. Significa isto que
o português falado em Portugal, no Brasil e em África pode continuar a ser sentido como uma única

Form.8a/2016 – Layout de Exercícios e Instrumentos de


Avaliação 1
língua enquanto os povos dos vários países luso falantes sentirem necessidade de laços que os
unam. A língua é, porventura, o mais poderoso desses laços.
In http://cvc.instituto-camoes.pt

EXEMPLOS DE PALAVRAS QUE DIFEREM NOS TRÊS CONTINENTES

PORTUGAL ANGOLA BRASIL


Autocarro Machibombo Ônibus
Bairro de lata Musseque Favela
Ir embora (ou vazar entre os Bazar, ir embora Ir embora ( ou vazar entre os
adolescentes) adolescentes)

A LINGUA PORTUGUESA NO MUNDO

Form.8a/2016 – Layout de Exercícios e Instrumentos de


Avaliação 2
OS DIALETOS PORTUGUESES SEGUNDO LUÍS LINDLEY CINTRA

Form.8a/2016 – Layout de Exercícios e Instrumentos de


Avaliação 3
QUAIS OS TRAÇOS QUE, SEM HESITAÇÃO OU QUASE SEM ELA, UM PORTUGUÊS DO SUL
(…) RECONHECERÁ COMO CARACTERÍSTICOS DE UM PORTUGUÊS DO NORTE?

In gramática prática de Português

Form.8a/2016 – Layout de Exercícios e Instrumentos de


Avaliação 4
ATIVIDADE 1

Depois de analisada a toda a informação contida nas páginas anteriores, responda, de


forma completa, às questões que se seguem.

1. Os dialetos portugueses são “todos iguais”? São pronunciados todos da mesma forma?
Justifique.

2. Comente a frase: “Quem comparar a língua falada de duas regiões (dialetos) ou grupos
sociais (socio dialetos) não escapará a uma sensação de diversidade, até mesmo de divisão”.

3. Explique a importância dos dialetos no processo de comunicação.

ATIVIDADE 2

Com recurso à internet ou outro suporte disponível defina os seguintes conceitos:


1. Dialeto
2. Língua Materna
3. Língua Segunda
4. Língua Nacional
5. Língua Oficial
6. Língua Franca

Bom trabalho!
A formadora

Form.8a/2016 – Layout de Exercícios e Instrumentos de


Avaliação 5