Você está na página 1de 23

UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA

CAROLINY TELES DIAS

DIMENSIONAMENTO:
PROJETO DE BOMBAS CENTRÍFUGAS

Tubarão
2018
CAROLINY TELES DIAS

DIMENSIONAMENTO:
PROJETO DE BOMBAS CENTRÍFUGAS

O presente projeto visa dimensionamento de


bombas centrífugas, apresentado como avaliação
parcial à unidade de aprendizagem Fenômenos de
Transporte, como requisito técnico para obtenção
do grau de bacharel em Engenharia Civil pela
Universidade do Sul de Santa Catarina.

Tubarão
2018
DIMENSIONAMENTO:
PROJETO DE BOMBAS CENTRÍFUGAS

Transfere-se água a 35 ºC de um reservatório superior para outro situado em nível inferior a uma
vazão de 0,006 m3/h, mantendo-se o nível dos reservatórios constantes com LC- Level Controller.
A altitude do local é de 350 metros.
Especifique:
- o diâmetro nominal comercial das tubulações de recalque e sucção para aço comercial
tipo IPS usando o método da velocidade econômica de Remi e Telles;
Calcule:
- as perdas de carga totais ( atrito e acessórios) por dois métodos, o de Hazen-Williams e o
universal, em m.c.a.;
- a altura manométrica total em m.c.a;
- a potencia da bomba centrífuga em Watts e em Hp pela equação do balanço de energia;
Selecione:
- a bomba centrífuga mais indicada utilizando o catálogo dos fabricantes de bombas,
apresentando as curvas características das mesmas ( usar catálogo das bombas Schneider-
Franklin (catalogo link: schneider.ind.br) e das bombas da empresa Goulds Pumps
.(http://www.gouldspumps.com/download_files/PSS_instructions/pss_instructions.stm);
Analise:
- a(s) bomba(s) selecionada(s) para os dois métodos e comente sobre os dados das
mesmas.
Dados: Usar tubos tipo IPS, C=100, conjunto moto-bomba com 60Hz e rotações do motor de
2500 rpm à 3750 rpm.
Os valores da vazão Q, X , Y, Z, T e altitude H, foram enviados em anexo.
Matrícula: 28698

Acessórios:
Sucção
1 válvula de pé e crivo
3 válvulas gaveta/registro abertas
1 entrada comum
4 cotovelo/joelho de raio médio
1 redução brusca ¾

3
Recalque
1 válvula globo aberta
2 registros/valvulas gaveta abertas
2 válvula de retenção
2 registros/valvulas gaveta ½ abertas
5 cotovelos 90º ( 2 longos e 3 curtos)
2 Tês- saída bilateral
1 saída de canalização
1 entrada de borda

4
 Especificar o tipo e o diâmetro das tubulações de sucção e recalque:
𝒎³
𝑄 = 6 𝐿/𝑠 = 𝟎, 𝟎𝟎𝟔
𝒔

 RECALQUE

“De acordo com a tabela de velocidade econômica, segundo Remi e Telles, a velocidade
𝑚
de descarga da água deve estar entre 1,5 𝑎 3,0 “
𝑠

1,5 + 3,0 𝒎
𝑉𝑒𝑐𝑜𝑛ô𝑚𝑖𝑐𝑎 𝑑𝑒 𝑅𝑒𝑚𝑖 𝑒 𝑇𝑒𝑙𝑙𝑒𝑠 = = 𝟐, 𝟐𝟓
2 𝒔

 Diâmetro de recalque

𝑸 = 𝑽. 𝑨
𝜋 ∗ 𝐷2
0,006 = 2,25 ∗
4
100 𝑐𝑚 1 𝑖𝑛
𝑫𝒓 = 0,05827 𝑚 ∗ ∗ 2,54 𝑐𝑚 = 𝟐, 𝟑 𝒊𝒏
1𝑚

∗ 𝑬𝒔𝒑𝒆𝒄𝒊𝒇𝒊𝒄𝒂𝒏𝒅𝒐:
- Material: Aço comercial IPS
- Schedule: 40
- 𝑫𝒏𝒐𝒎𝒊𝒏𝒂𝒍 = 𝟐𝟏/𝟐 𝒊𝒏
-𝑫𝒊𝒏𝒕𝒆𝒓𝒏𝒐 = 𝟐, 𝟒𝟔𝟗 𝒊𝒏 = 𝟎, 𝟎𝟔𝟐𝟕 𝒎 (valor adotado mais próximo a 2,3 𝑖𝑛)

 Calculo da nova velocidade de recalque

𝑸 0,006 𝒎
𝑽𝒓 = = 2 = 𝟏, 𝟗𝟒
𝑨 𝜋 ∗ (0,0627) 𝒔
4

5
 SUCÇÃO
 Diâmetro de Sucção

- Especifica-se uma bitola acima do diâmetro de recalque conforme o método da


velocidade econômica:
- Material: Aço comercial
- Schedule: 40
𝑫𝒏𝒐𝒎𝒊𝒏𝒂𝒍 = 𝟑 𝒊𝒏
𝑫𝒊𝒏𝒕𝒆𝒓𝒏𝒐 = 𝟑, 𝟎𝟔𝟖 𝒊𝒏 = 𝟎, 𝟎𝟕𝟕𝟗 𝒎

 Calculo da velocidade na sucção

𝑚
 𝑉𝑒𝑐𝑜𝑛ô𝑚𝑖𝑐𝑎 𝑑𝑒 𝑅𝑒𝑚𝑖 𝑒 𝑇𝑒𝑙𝑙𝑒𝑠 = 1,0 𝑎 2,5 𝑠
𝑸 0,006 𝒎
𝑽𝒔𝒖𝒄çã𝒐 = = 2 = 𝟏, 𝟐𝟔
𝑨 𝜋 ∗ (0,0779) 𝒔
4

 Calcular a perda de carga pela equação de Hazen-Willians e pela fórmula


universal:

∗ 𝑭ó𝒓𝒎𝒖𝒍𝒂 𝒖𝒏𝒊𝒗𝒆𝒓𝒔𝒂𝒍 𝒅𝒂 𝒑𝒆𝒓𝒅𝒂 𝒅𝒆 𝒄𝒂𝒓𝒈𝒂:


𝑳 𝑽𝟐
𝒉𝒍 = 𝒇𝒅 ∗ 𝑫 ∗ 𝟐

 SUCÇÃO
𝑫𝒊𝒏𝒕𝒆𝒓𝒏𝒐 = 3 𝑖𝑛 = 0,0779 𝑚
𝑳 = 4,5 𝑚

Interpolação linear simples para temperatura de 35 ºC


20 1,006 ∗ 10−6
= 𝛾
35
40 0,658 ∗ 10−6

6
15 𝛾 − 1,006 ∗ 10−6
=
20 0,658 ∗ 10−6 − 1,006 ∗ 10−6
𝜸 = 𝟎, 𝟕𝟒𝟓 ∗ 𝟏𝟎−𝟔

 Cálculo do número de Reynolds:


𝑫∗𝑽
𝑹𝒆 =
𝜸
𝟎, 𝟎𝟕𝟕𝟗 ∗ 𝟏, 𝟐𝟔
𝑹𝒆 =
𝟎, 𝟕𝟒𝟓 ∗ 𝟏𝟎−𝟔
𝑹𝒆 = 𝟏, 𝟑𝟏𝟕 ∗ 𝟏𝟎𝟓 (𝑓𝑙𝑢𝑥𝑜 𝑡𝑢𝑟𝑏𝑢𝑙𝑒𝑛𝑡𝑜)

Acessórios da Sucção:

Quant Acessório Sucção 𝑳 𝑳 = 𝑳𝑫 ∗ 𝑫𝒊𝒏𝒕𝒆𝒓𝒏𝒐 𝒅𝒆 𝒔𝒖𝒄çã𝒐


𝑫
1 𝑉á𝑙𝑣𝑢𝑙𝑎 𝑑𝑒 𝑝é 𝑒 𝑐𝑟𝑖𝑣𝑜 250 𝐿 = 250 ∗ 0,0779 = 19,475 𝑚
3 𝑉á𝑙𝑣𝑢𝑙𝑎 𝐺𝑎𝑣𝑒𝑡𝑎 𝐴𝑏𝑒𝑟𝑡𝑎 7 𝐿 = (7 ∗ 0,0779) ∗ 3 = 1,6359 𝑚
1 𝐸𝑛𝑡𝑟𝑎𝑑𝑎 𝐶𝑜𝑚𝑢𝑚 𝐴𝑏𝑎𝑐𝑜 𝐿 = 1,37 𝑚
4 𝐶𝑜𝑡𝑜𝑣𝑒𝑙𝑜 𝑅𝑎𝑖𝑜 𝑀é𝑑𝑖𝑜 𝐴𝑏𝑎𝑐𝑜 𝐿 = 2,43 ∗ 4 = 9,72 𝑚
1 𝑅𝑒𝑑𝑢çã𝑜 𝐵𝑟𝑢𝑠𝑐𝑎 3/4 𝐴𝑏𝑎𝑐𝑜 𝐿 = 0,55 𝑚
∑ 𝐿 𝑡𝑜𝑡𝑎𝑙 𝑑𝑜𝑠 𝑎𝑐𝑒𝑠𝑠ó𝑟𝑖𝑜𝑠 = 𝟑𝟐, 𝟕𝟓𝟎𝟗 𝒎

𝑳𝒆𝒒 = 𝑳𝑻𝒖𝒃𝒖𝒍𝒂çã𝒐 + 𝑳𝑻𝒐𝒕𝒂𝒍 𝒅𝒐𝒔 𝑨𝒄𝒆𝒔𝒔ó𝒓𝒊𝒐𝒔

𝑳𝒆𝒒 = 4,5 + 32,7509


𝑳𝒆𝒒 = 𝟑𝟕, 𝟐𝟓𝟎𝟗 𝒎

 Cálculo da rugosidade relativa:

𝒆 = 𝟎, 𝟎𝟒𝟓𝟕 ∴ 𝑡𝑎𝑏𝑒𝑙𝑎 𝑑𝑜𝑠 𝑣𝑎𝑙𝑜𝑟𝑒𝑠 𝑑𝑒 𝑟𝑢𝑔𝑜𝑠𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑝𝑎𝑟𝑎 𝑜 𝑎ç𝑜 𝑐𝑜𝑚𝑒𝑟𝑐𝑖𝑎𝑙

𝒆 0,0457 ∗ 10−3 𝑚
= = 𝟎, 𝟎𝟎𝟎𝟓𝟖𝟕
𝑫 0,0779 𝑚

7
𝑮𝒓á𝒇𝒊𝒄𝒐 𝒅𝒆 𝑴𝒐𝒐𝒅𝒚

𝒇𝒅 = 𝟎, 𝟎𝟐𝟎 ∴ 𝑣𝑎𝑙𝑜𝑟 𝑒𝑛𝑐𝑜𝑛𝑡𝑟𝑎𝑑𝑜 𝑛𝑜 𝑔𝑟á𝑓𝑖𝑐𝑜 𝑑𝑒 𝑀𝑜𝑜𝑑𝑦

 Cálculo da perda de carga na tubulação de sucção pela fórmula universal:


𝑳 𝑽𝟐
𝒉𝒍 = 𝒇𝒅 ∗ ∗
𝑫 𝟐
37,2509 (1,26)2 𝒎𝟐 𝑚2
𝒉𝑳 𝒔𝒖𝒄çã𝒐 = 0,020 ∗ ∗ = (𝟕, 𝟓𝟗𝟐 𝟐 ) ÷ (9,81 2 ) = 𝟎, 𝟕𝟕𝟒 𝒎. 𝒄. 𝒂
0,0799 2 𝒔 𝑠

 RECALQUE

𝑫𝒊𝒏𝒕𝒆𝒓𝒏𝒐 = 2,469 𝑖𝑛 = 0,0,0627 𝑚


𝑳 = 146,5 𝑚

 Cálculo do número de Reynolds:

𝑫∗𝑽
𝑹𝒆 =
𝜸
0,0627 ∗ 1,94
𝑹𝒆 = = 𝟏, 𝟔𝟑𝟑 ∗ 𝟏𝟎𝟓 (𝑓𝑙𝑢𝑥𝑜 𝑡𝑢𝑟𝑏𝑢𝑙𝑒𝑛𝑡𝑜)
0,745 ∗ 10−6

Acessórios do Recalque:

Quant Acessório Recalque 𝑳 𝑳 = 𝑳𝑫 ∗ 𝑫𝒊𝒏𝒕𝒆𝒓𝒏𝒐 𝒅𝒆 𝒓𝒆𝒄𝒂𝒍𝒒𝒖𝒆


𝑫
1 𝑉á𝑙𝑣𝑢𝑙𝑎 𝐺𝑙𝑜𝑏𝑜 𝐴𝑏𝑒𝑟𝑡𝑎 350 𝐿 = 350 ∗ 0,0627 = 21,975 𝑚
2 𝑅𝑒𝑔𝑖𝑠𝑡𝑟𝑜 𝐺𝑎𝑣𝑒𝑡𝑎 𝐴𝑏𝑒𝑟𝑡𝑜 7 𝐿 = (7 ∗ 0,0667) ∗ 2 = 0,8778 𝑚
2 𝑉á𝑙𝑣𝑢𝑙𝑎 𝑑𝑒 𝑅𝑒𝑡𝑒𝑛çã𝑜 100 𝐿 = (100 ∗ 0,0667) ∗ 2 = 12,54 𝑚
2 𝑅𝑒𝑔𝑖𝑠𝑡𝑟𝑜 𝐺𝑎𝑣𝑒𝑡𝑎 1⁄2 𝐴𝑏𝑒𝑟𝑡𝑜 200 𝐿 = (200 ∗ 0,0667) ∗ 2 = 25,08 𝑚

2 𝐶𝑜𝑡𝑜𝑣𝑒𝑙𝑜 90 𝐿𝑜𝑛𝑔𝑜 20 𝐿 = (20 ∗ 0,0667) ∗ 2 = 2,508 𝑚


3 𝐶𝑜𝑡𝑜𝑣𝑒𝑙𝑜 90 𝐶𝑢𝑟𝑡𝑜 41 𝐿 = (41 ∗ 0,0667) ∗ 3 = 7,7121 𝑚
2 𝑇ê 𝑆𝑎𝑖𝑑𝑎 𝐵𝑖𝑙𝑎𝑡𝑒𝑟𝑎𝑙 65 𝐿 = (65 ∗ 0,0667) ∗ 2 = 8,151 𝑚
1 𝑆𝑎𝑖𝑑𝑎 𝑑𝑒 𝐶𝑎𝑛𝑎𝑙𝑖𝑧𝑎çã𝑜 32 𝐿 = 32 ∗ 0,0627 = 2,0064 𝑚

8
1 𝐸𝑛𝑡𝑟𝑎𝑑𝑎 𝑑𝑒 𝐵𝑟𝑜𝑑𝑎 17 𝐿 = 17 ∗ 0,0627 = 1,0659 𝑚
∑ 𝐿 𝑡𝑜𝑡𝑎𝑙 𝑑𝑜𝑠 𝑎𝑐𝑒𝑠𝑠ó𝑟𝑖𝑜𝑠 = 𝟖𝟏, 𝟗𝟏𝟔𝟐 𝒎

𝑳𝒆𝒒 = 𝑳𝑻𝒖𝒃𝒖𝒍𝒂çã𝒐 + 𝑳𝑻𝒐𝒕𝒂𝒍 𝒅𝒐𝒔 𝑨𝒄𝒆𝒔𝒔ó𝒓𝒊𝒐𝒔

𝑳𝒆𝒒 = 146,5 + 81,9162


𝑳𝒆𝒒 = 𝟐𝟐𝟖, 𝟒𝟏𝟔𝟐 𝒎

 Cálculo da rugosidade relativa:

𝒆 = 𝟎, 𝟎𝟒𝟓𝟕 ∴ 𝑡𝑎𝑏𝑒𝑙𝑎 𝑑𝑜𝑠 𝑣𝑎𝑙𝑜𝑟𝑒𝑠 𝑑𝑒 𝑟𝑢𝑔𝑜𝑠𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑝𝑎𝑟𝑎 𝑜 𝑎ç𝑜 𝑐𝑜𝑚𝑒𝑟𝑐𝑖𝑎𝑙

𝒆 0,0457 ∗ 10−3 𝑚
= = 𝟎, 𝟎𝟎𝟎𝟕𝟐𝟗
𝑫 0,0627 𝑚

𝑮𝒓á𝒇𝒊𝒄𝒐 𝒅𝒆 𝑴𝒐𝒐𝒅𝒚

𝒇𝒅 = 𝟎, 𝟎𝟐𝟎𝟐 ∴ 𝑣𝑎𝑙𝑜𝑟 𝑒𝑛𝑐𝑜𝑛𝑡𝑟𝑎𝑑𝑜 𝑛𝑜 𝑔𝑟á𝑓𝑖𝑐𝑜 𝑑𝑒 𝑀𝑜𝑜𝑑𝑦

 Cálculo da perda de carga na tubulação de recalque pela fórmula universal:


𝑳 𝑽𝟐
𝒉𝒍 = 𝒇𝒅 ∗ ∗
𝑫 𝟐
228,3862 1,942 𝒎𝟐 𝑚2
𝒉𝑳 𝒓𝒆𝒄𝒂𝒍𝒒𝒖𝒆 = 0,0202 ∗ ∗ = (𝟏𝟑𝟖, 𝟐𝟗 𝟐 ) ÷ (9,81 2 ) = 𝟏𝟒, 𝟎𝟗 𝒎. 𝒄. 𝒂
0,0627 2 𝒔 𝑠

 Cálculo da perda de carga na tubulação pela fórmula de Hazen-Williams:

 SUCÇÃO

10,643 𝑄1,85
ℎ𝐿 𝑠𝑢𝑐çã𝑜 = (𝐿𝑒𝑞 ) ∙ ∙
𝑐 1,85 𝐷4,87
10,643 0,0061,85 𝒎𝟐
ℎ𝐿 𝑠𝑢𝑐çã𝑜 = (37,2509) ∙ ∙ = 𝟏, 𝟓𝟑𝟓 𝒎. 𝒄. 𝒂 𝑜𝑢 𝟏𝟓, 𝟎𝟗
1001,85 0,07794,87 𝒔𝟐

9
 RECALQUE

10,643 𝑄1,85
ℎ𝐿 𝑟𝑒𝑐𝑎𝑙𝑞𝑢𝑒 = (𝐿𝑒𝑞 ) ∙ ∙
𝑐1,85 𝐷4,87
10,643 0,0061,85 𝒎𝟐
ℎ𝐿 𝑟𝑒𝑐𝑎𝑙𝑞𝑢𝑒 = (228,4162) ∙ ∙ = 𝟐𝟕, 𝟎𝟖 𝒎. 𝒄. 𝒂 𝑜𝑢 𝟐𝟔𝟓, 𝟔𝟒
1001,85 0,06274,87 𝒔𝟐

 Calcular a altura manométrica total:

* Interpolação linear simples para H de 350 m


300 9,96
= 𝑥
350
600 9,59
300 0,37
=
350 𝑥 − 9,96
𝑥 = 9,898 𝑚. 𝑐. 𝑎

 Fórmula universal:
𝑣22 − 𝑣12 𝑃2 − 𝑃1
𝐻= + 𝑔 ∗ (𝑦2 − 𝑦1 ) + ℎ𝐿𝑟𝑒𝑐𝑎𝑙𝑞𝑢𝑒 + ℎ𝐿𝑠𝑢𝑐çã𝑜 +
2 𝜌

𝐻 = 9,81 ∗ (41 − 0) + 7,592 + 138,29

𝒎𝟐 𝑚
𝐻𝑢𝑛𝑖𝑣𝑒𝑟𝑠𝑎𝑙 = 𝟓𝟒𝟖, 𝟎𝟗 𝟐
÷ 9,81 2 = 𝟓𝟓, 𝟖𝟕 𝒎. 𝒄. 𝒂
𝒔 𝑠

 Fórmula de Hazen-Williams:

𝑣22 − 𝑣12 𝑃2 − 𝑃1
𝐻= + 𝑔 ∗ (𝑦2 − 𝑦1 ) + ℎ𝐿𝑟𝑒𝑐𝑎𝑙𝑞𝑢𝑒 + ℎ𝐿𝑠𝑢𝑐çã𝑜 +
2 𝜌
𝐻 = 9,81 ∗ (41 − 0) + 15,09 + 265,64
𝒎𝟐 𝑚
𝐻 = 𝟔𝟖𝟐, 𝟗𝟒 𝟐 ÷ 9,81 2 = 𝟔𝟗, 𝟔𝟐 𝒎. 𝒄. 𝒂
𝒔 𝑠

10
 Calcular a potência da bomba por dois métodos: Hazen-Willians e a
fórmula universal.

Interpolação linear simples para 𝝆


20 1000,51
= 𝜌
35
40 994,59
20 5,92
=
35 𝜌 − 994,59
𝑘𝑔
𝝆 = 996,07
𝑚³

 Fórmula de Hazen-Willians
𝑣22 − 𝑣12 𝑃2 − 𝑃1
|𝑃𝑜𝑡| = + 𝑔 ∗ (𝑦2 − 𝑦1 ) + ℎ𝐿𝑟𝑒𝑐𝑎𝑙𝑞𝑢𝑒 + ℎ𝐿𝑠𝑢𝑐çã𝑜 +
2 𝜌
ou
|𝑃𝑜𝑡| = 𝐻 ∙ 𝜌 ∙ 𝑄
|𝑃𝑜𝑡| = (682,94) ∙ 996,07 ∙ 0,006
|𝑃𝑜𝑡| = 𝟒𝟎𝟖𝟏, 𝟓𝟒 𝒘 𝑜𝑢 𝟓, 𝟒𝟕 𝒉𝒑
|𝑃𝑜𝑡| = 5,47 ℎ𝑝 + 20% = 𝟔, 𝟓𝟔 𝒉𝒑 = 𝟔, 𝟔𝟓 𝒄𝒗

* O motor adotado deve ser o de potência disponível no mercado, logo acima


do valor calculado acrescido de um dos seguintes valores: 50% para as bombas de
até 2HP, 30% para as bombas 2 a 5HP, 20% para as bombas de 5 a 10HP, 15%
para as bombas de 10 a 20HP e 10% para as bombas acima de 20HP.

 Formula universal.
𝑣22 − 𝑣12 𝑃2 − 𝑃1
|𝑃𝑜𝑡| = + 𝑔 ∗ (𝑦2 − 𝑦1 ) + ℎ𝐿𝑟𝑒𝑐𝑎𝑙𝑞𝑢𝑒 + ℎ𝐿𝑠𝑢𝑐çã𝑜 +
2 𝜌
ou
|𝑃𝑜𝑡| = 𝐻 ∙ 𝜌 ∙ 𝑄
|𝑃𝑜𝑡| = (548,09) ∙ 996,07 ∙ 0,006
|𝑃𝑜𝑡| = 𝟑𝟐𝟕𝟓, 𝟔𝟐 𝒘 𝑜𝑢 𝟒, 𝟑𝟗 𝒉𝒑
|𝑃𝑜𝑡| = 4,39 ℎ𝑝 + 30% = 𝟓, 𝟕𝟎𝟕 𝒉𝒑 = 𝟓, 𝟕𝟗 𝒄𝒗

11
* O motor adotado deve ser o de potência disponível no mercado, logo acima
do valor calculado acrescido de um dos seguintes valores: 50% para as bombas de
até 2HP, 30% para as bombas 2 a 5HP, 20% para as bombas de 5 a 10HP, 15%
para as bombas de 10 a 20HP e 10% para as bombas acima de 20HP.

 Bombas mais indicadas – Fabricante Schneider Eletric

De acordo com o catálogo de bombas da Schneider página 25 e 26 e de acordo com a


altura manométrica foi escolhido as seguintes bombas:

*As características da primeira bomba (com altura manométrica calculada utilizando as


perdas de carga da formula universal):

Modelo: BC-22 R 1.1/2”


Potência: 12,5 cv
Vazão: 31,8 m³/h
Altura Manométrica: 56 m.c.a

*As características da primeira bomba (com altura manométrica calculada utilizando as


perdas de carga da Hazen-Willians):

Modelo: BC-23 R 1 1/4


Potência: 15 cv
Vazão: 25,9 m³/h
Altura Manométrica: 70 m.c.a

A bomba centrifuga mais adequada para o projeto proposto foi a do método da Fórmula
Universal, que é será a melhor opção e a mais econômica de acordo com o catálogo do
fabricante Schneider.

12
 Especificações das Bombas Indicadas – Schneider Motobombas

As bombas a seguir foram consultadas através do catálogo eletrônico da empresa Schneider

* Fórmula Universal - BC-22 R 1 1/2


Modelo: BC-22 R 1 1/2
Potência: 12,5 cv
Rendimento: 57%
Vazão: 31,8 m³/h
Altura Manométrica: 56 m.c.a
∅ da sucção 2 polegadas
∅ do recalque 1 1/2 polegadas
Pressão máxima sem vazão: 60
m.c.a
Altura máxima de Sucção: 8 m.c.a
∅ do rotor: 175 mm
RPM: 3500 RPM

13
Curvas BC-22 R 1 1/2

14
* Hazen-Willians - BC-23 R 1 1/4
Modelo: BC-23 R 1 1/4
Potência: 15 cv
Vazão: 25,9 m³/h
Rendimento: 46,9%
Altura Manométrica: 70 m.c.a
∅ da sucção 2 polegadas
∅ do recalque 11/4 polegadas
Pressão máxima sem vazão: 81
m.c.a
Altura máxima de Sucção: 8 m.c.a
∅ do rotor: 208 mm
RPM: 3500 RPM

15
Curvas - BC-23 R 1 1/4

16
 Bombas mais indicadas – Fabricante Goulds Pumps

De acordo com o software de dimensionamento de bomba Goulds Pumps, e de acordo


com a altura manométrica foi escolhido as seguintes bombas:

*As características da primeira bomba (com altura manométrica calculada utilizando as


perdas de carga da formula universal):

Modelo: 3655 / 2X2.5/9


Potência: 9,87 kw = 13,24 hp
Rendimento: 47,5%
Vazão: 21,6 m³/h
Altura Manométrica: 79,9 m.c.a

17
Curvas - 3655 / 2X2.5-9

18
*As características da primeira bomba (com altura manométrica calculada utilizando as
perdas de carga da Hazen-Willians):

Modelo: 3655 / 1.5X2-9


Potência: 10,16 kw = 13,62 hp
Rendimento: 49,5%
Vazão: 21,6 m³/h
Altura Manométrica: 69,62 m.c.a

19
Curvas - 3655 / 1.5X2-9

20
 Análise dos resultados: Escolhendo Fabricante Schneider Motobombas

 Fórmula Universal:

Nos cálculos a altura manométrica para o sistema é de 55,87m.c.a e a potência da bomba foi de
5,79 cv, e a melhor bomba escolhida no catálogo do fabricante Schneider foi a BC-22 R 1 1/2,
que possui uma potência de 12,5 cv. Aplicando esta bomba a uma altura manométrica de 56
m.c.a, ela fornece uma vazão de 31,8 m³/h, atendendo todo o sistema, que solicita 21,6 m3/h.

 Fórmula Hazen-Willians:

Nos cálculos a altura manométrica para o sistema é de 69,62 m.c.a e a potência da bomba foi de
6,66 cv, e a melhor bomba escolhida no catálogo do fabricante Schneider foi a BC-23 R 1 1/4,
que possui uma potência de 15 cv. Aplicando esta bomba a uma altura manométrica de 70
m.c.a, ela fornece uma vazão de 25,9 m³/h, sendo bem próxima a vazão solicitada pelo sistema
que é de 21,6 m3/h. Porém está bomba não é a ideal, pois pelo método universal uma bomba de
12,5 cv já atende o sistema, resultando assim em economia.

21
 Análise dos resultados: Escolhendo Fabricante Gould Pumps

 Fórmula Universal:

Nos cálculos a altura manométrica para o sistema é de 55,87 m.c.a e a potência da bomba foi de
5,79 cv, e a melhor bomba escolhida no catálogo do fabricante Goulds Pumps foi a 3655 /
2X2.5-9, que possui uma potência nominal de 13,24 hp. Aplicando esta bomba a uma vazão de
21,6 m³/h, ela atende uma altura manométrica de 79,9 m.c.a, atendendo todo o sistema.

 Fórmula Hazen-Willians:

Nos cálculos a altura manométrica para o sistema é de 69,62 m.c.a e a potência da bomba foi de
6,66 cv, e a melhor bomba escolhida no catálogo do fabricante Goulds Pumps foi a 3655 /
1.5X2-9, que possui uma potência nominal de 13,62 hp. Aplicando esta bomba a uma vazão de
21,6 m³/h, ela atende uma altura manométrica de 85,6 m.c.a, atendendo todo o sistema.
Porém está bomba não é a ideal, pois pelo método universal uma bomba de 13,24 hp já atende o
sistema, resultando assim em economia.

22
 Conclusão

Após realização de todos os cálculos para o dimensionamento da bomba centrífuga para o


sistema apresentado, e analisado as bombas disponíveis pelos fabricantes Schneider
Motobombas e Goulds Pumps, foi concluído que a bomba BC-22 R 1 ½ do fabricante
Schneider Motobombas, com potência de 12,5 cv é a bomba mais indicada para o sistema, por
possuir a menor potência entre todas as bombas calculadas, apresentando assim economia para
todo o sistema.

23