Você está na página 1de 5

Caderno de Exercícios de Economia (II)

Sector de Economia, Gestão e Sociologia Industrial


DCSA, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa

2o Semestre, 2015/16
Produção, Custos e Concorrência Perfeita
1. Considere que na produção de trigo se utilizam, no curto prazo, um factor …xo (terra)
e um factor variável (trabalho). Admita que as unidades de trigo, terra e trabalho são
consideradas homogéneas e que a respectiva função de produção de curto prazo é dada
pela seguinte tabela:
Terra 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1
Trabalho 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9
Trigo 0 2 5 9 12 14 15 15 14 12

(a) Determine a produtividade média e a produtividade marginal do trabalho;


(b) Faça os grá…cos das curvas do produto total, produtividade média e produtividade
marginal
(c) Determine os três estádios de produção para o trabalho e caracterize-os.

2. Suponha que o custo total para uma empresa perfeitamente concorrencial é dado por:
Q 0 1 2 3 4 5
CT (Q) 40 60 90 130 180 240

(a) Se o preço for 50, qual é o nível de produção que a empresa deve escolher?
(b) Qual o efeito sobre o nível de produção escolhido se os custos totais sofrerem um
aumento de 30 para qualquer Q? E se o preço passasse a 60? E a 70?
(c) Que aspecto terão os custos marginais depois deste aumento relativamente a antes
deste aumento? Explique.

3. Um planeador de uma economia centralizada sabe que precisará de obter 2 milhões


de toneladas de carvão a um custo total o mais baixo possível. Existem três minas
(uma nova, uma antiga e outra muito antiga) cujos custos marginais estão abaixo
representados:

4 4 4
Cmg Cmg Cmg
3 3 3
2 2 2
1 1 1
0 0 0
0.0 0.2 0.4 0.6 0.8 1.0 0.0 0.2 0.4 0.6 0.8 1.0 0.0 0.2 0.4 0.6 0.8 1.0
q q q

Que regra deveria o planeador seguir na determinação de quanto extrair de cada mina?
Dada a sua resposta, descreva como os mercados concorrenciais fornece sempre uma
determinada quantidade a um custo total mínimo.

4. A produção de sandálias de praia, produto tradicional do País à Beira-Mar Plantado,


apresenta os seguintes valores:
Os custos …xos de produção são 50 u.m.;
Os níveis de produção de 10 e 12 minimizam, respectivamente, os custos variáveis
médios e os custos médios totais;

1
O custo total, avaliado na quantidade que minimiza o custo variável médio, é de 150
u.m.;
O custo total, avaliado na quantidade que minimiza o custo total médio, é de 174 u.m.;
O preço das sandálias de praia é igual a 12;
O sector funciona em concorrência perfeita.

(a) Determine se o sinal do lucro de uma empresa que opere neste sector é positivo
ou negativo e explique.
(b) Consegue prever qual será o preço que vigorará no longo prazo neste mercado?

5. Considere a seguinte função custos totais para uma empresa a operar numa estrutura
de mercado de concorrência perfeita, no mercado de um determinado bem:

CT = Q2 + 2Q + 1

(a) Determine a função custo total médio, custo variável médio, custo …xo médio e
custo marginal.
(b) Formalize o problema da empresa, explicitando as hipóteses relacionadas com a
estrutura de mercado existente.
(c) Determine a curva de oferta da empresa neste mercado. Represente gra…camente.
(d) Assuma ainda que neste mercado existem 10 empresas idênticas à anterior e que
a curva de procura neste mercado é dada pela seguinte expressão:

P = 13 Q=10

Determine a curva de oferta agregada neste mercado.


(e) Calcule o equilíbrio de mercado. Represente gra…camente.
(f) Determine o lucro de uma empresa representativa. Será este um equilíbrio de
longo prazo? Porquê?

6. O mercado do leite em determinada economia é perfeitamente concorrencial. As em-


presas produtoras de leite enfrentam todas a mesma tecnologia de produção, dada
pelas seguintes funções custo total e custo marginal:

CT = 144 + Q2

A procura de leite neste mercado é dada pela seguinte expressão:

Q = 480 10P

(a) Represente gra…camente as curvas de custo marginal, custo médio total e custo
médio variável.
(b) Assumindo que existe livre entrada e saída de empresas no mercado, determine
a quantidade que irá ser produzida de leite neste mercado, bem como o preço a
que irá ser vendida. Quantas empresas produtoras de leite existirão no mercado?
(c) Considere que nesta economia se veri…cou um acréscimo de rendimento disponível,
que provocou uma alteração na procura de leite para

Q = 600 10P

Se no curto prazo o número de empresas se mantiver, qual o lucro de cada em-


presa. Represente esta situação no grá…co da alínea a).

2
Monopólio
1. “O monopólio é mau para os consumidores mas bom para os produtores. Assim,
balanceando os dois aspectos, podemos estar certos que o monopólio não é responsável
por qualquer perda de e…ciência.”Comente.

2. Considere uma pequena vila portuguesa que possui apenas uma sala de cinema, com
uma única sessão diária. O número de pessoas que frequenta este cinema diariamente
varia inversamente com o preço do bilhete, de acordo com a seguinte relação:

P = 1000 4Q

Existem custos …xos associados a cada sessão no valor de 30.000 u.m., mas durante
uma sessão a entrada de um cliente adicional não representa qualquer acréscimo de
custos. Assuma que o cinema tem capacidade para 300 lugares.

(a) Poderá haver a possibilidade de esgotar os bilhetes em determinada sessão?


Porquê?
(b) Qual o preço óptimo que a bilheteira do cinema desejaria cobrar a cada cliente
para assistir à sessão? Qual o lucro diário desta sala de cinema?
(c) Por forma a melhorar o serviço prestado, o dono deste cinema está a pensar
contratar os serviços de um “arrumador” que será pago consoante o número de
frequentadores de cada sessão – 24 u.m. por cada cliente. Este tipo de investi-
mento permitir-lhe-ia realizar uma redução nos custos …xos por sessão (por apagar
as luzes mais cedo) no valor de 3.000 u.m. Acha que o proprietário do cinema
devia adoptar esta estratégia? Justi…que.

3. Na sequência de uma intensa actividade de investigação a empresa Medical desenvolveu


um novo produto farmacêutico, que será provavelmente uma das grandes descobertas
dos próximos anos. À administração da empresa cabe decidir se vai explorar a patente,
caso em que …ca na posição de monopolista ou, em alternativa, se vai ceder essa patente
a uma outra empresa mediante uma renda anual.A procura anual deste remédio é dada
por:
1
P = 100 Q
2
Admita que a empresa opta pela produção deste fármaco. Sabendo que a função de
custo total é dada por:
CT (Q) = 100 + 10Q + Q2

(a) Faça a representação grá…ca da situação e determine a quantidade que a Medical


decide colocar no mercado. Qual o preço que vai cobrar?
(b) Quanto é que a outra empresa teria de oferecer à Medical, como renda anual,
para que esta cedesse a licença de fabrico?

4. Um monopolista com procura dada por P = 200 4Q está a maximizar o seu lucro
quando produz Q = 20 unidades.

(a) Determine o incremento nos custos resultante de aumentar marginalmente a sua


produção.
(b) Determine o valor da elasticidade da procura no ponto indicado e classi…que a
procura quanto à sua elasticidade.

3
(c) Admita agora que o monopolista está a produzir e vender 30 unidades. Apesar de
não conhecer os seus custos de produção, o que pode dizer acerca da optimalidade
desta decisão?