Você está na página 1de 24

UNIVERSIDADE SALVADOR – CAMPUS FEIRA DE SANTANA

ENGENHARIA CIVIL

DAIARA DE FREITAS BRANDÃO GOMES

DANILO RODRIGUES DE CERQUEIRA ALVES

DEISIANE DOS SANTOS LIMA

LETÍCIA SUANNY DE OLIVEIRA LIMA

MARIANA PEREIRA KRUSCHEWSKY DE MIRANDA

DIMENSIONAMENTO DE ESTRUTURAS HÍBRIDAS


GALPÃO

FEIRA DE SANTANA – BA

2017
UNIVERSIDADE SALVADOR – CAMPUS FEIRA DE SANTANA

ENGENHARIA CIVIL

DAIARA DE FREITAS BRANDÃO GOMES

DANILO RODRIGUES DE CERQUEIRA ALVES

DEISIANE DOS SANTOS LIMA

LETÍCIA SUANNY DE OLIVEIRA LIMA

MARIANA PEREIRA KRUSCHEWSKY DE MIRANDA

DIMENSIONAMENTO DE ESTRUTURAS HÍBRIDAS


GALPÃO

Trabalho apresentado a disciplina de Estruturas


de Concreto avançado com o objetivo de obter a
nota integral da II unidade sobre orientação do
docente Grécio Lima Vieira.

FEIRA DE SANTANA – BA

2017
 Dimensionamento de um galpão de concreto armado e estrutura metálica.

o Concreto utilizado: C30


o Cobrimento: 3mm
o Aço CA-50
o Seção do pilar (50x50)

Deve conter:

o Cálculo das ações


o Estrutura metálica
o Locação de pilares e fundações
o Planta de cobertura
o Detalhes da sapata e dos pilares
o Detalhes da estrutura metálica
o Quadro de resumo

 Dados geométricos

DESIGNAÇÃO DESCRIÇÃO UNIDADE VALORES


Espaçamento
d entre pórticos m 5,8
Vão livre do
b pórtico m 28
Altura do
h pórtico m 9
Quantidadede
Qtd pórticos Unidade 7
Ângulo de
β inclinação Graus 5,71
Esse galpão possui portão de acesso com abertura de (10 x 50) m e estes portões são
localizados na frente e no fundo do galpão.

 Ações atuantes na estrutura:


(NBR 8800:2008 – 4.7 – página 15)
UNIDADE
AÇÕES (KN/m²)

Telhas 0,1

Contraventamentos 0,05

Terças e tirantes 0,1

Vigas e colunas 0,2

Total 0,45

 O carregamento distribuído linearmente sobre um pórtico é dado por:


o 0,45KN/m² x 5,8m = 2,61 KN/m

 Ação acidental devido a sobrecarga:


o Segundo a NBR 8800 a ação acidental mínima em telhados é 0,25 KN/m².
Logo, o carregamento linearmente distribuído sobre o pórtico será:
0,25KN/m² x 5,8m = 1,45 KN/m.
 Ação variável devido a ação do vento:
(NBR6123:1988 – Forças devidas ao vento em edificações)
Conforma a figura 1 – Isopletas de velocidade básica Vo (m/s) – página 6 da
NBR6123 será adotado para este caso a velocidade básica do vento de 30 m/s, por
conta da região e estado (Bahia) em que se localiza esse galpão.

 Fator topográfico (S1):


(Item 5.2 – página 5)

o O fator topográfico leva em consideração as variações do relevo do terreno,


neste caso considera-se que o galpão será construído em um terreno plano,
logo: S1 = 1,00.

 Fator de rugosidade (S2):


(Item 5.3 – página 8)

o Esse fator considera a rugosidade do terreno, que pode ser determinada


através da categoria e da classe que esse terreno pode ser classificado. Nesse
caso teremos: Categoria III e Classe B. Então:

( )

Parâmetros retirados da Tabela 2 da NBR6123/88 que relaciona Categoria e


Classe:

b = 0,94
Fr = 0,98
p = 0,10

( )
 Fator Estático (S3):
(Item 5.4 – página 10)

o Esse fator é baseado em conceitos estatísticos, e considera o grau de


segurança requerido e a vida útil da edificação. Como este galpão está
inserido no Grupo 3 – Edificações e instalações industriais com baixo fator
de ocupação (depósitos, etc.). Então: S3 = 0,95.

 Velocidade característica de vento:


(Item 4.2 b) – página 4)

Logo, pressão dinâmica:

 Coeficiente de pressão externa (Cpc) para as paredes:


(Tabela 4 – página 14)

o Vento 0°
o Vento 90°
o O Cpe para as paredes é dado pelo menor valor entre h e 0,2 x b, então médio
Cpe = - 0,90.

 Coeficiente de pressão externa (Cpc) para o telhado:

o Vento 0°

o Vento 90°
 Coeficiente de pressão interna (Cpi):
(Item 6.2 – página 12)

Cpi 1 = - 0,70

Cpi 2 = - 0,70

 Esforços Resultantes

o Vento 0° - Cpi = - 0,70


 Vento 0° - Cpi = - 0,70

 Vento 90° - Cpi = -0,70

 Vento 90° - Cpi = -0,70


 Combinações para Estados Limites Últimos
(NBR 8800:2008 – item 4.7.7.2.1 – página 19 – Tabela 1: página 18 e Tabela 2:
página 19)

∑ ∑

o Como o vento atua somente na sucção, possuirá mais duas combinações,


uma de cada caso, essas forças também deverão ser decompostas:

 Para vento 0º:

( )
( )
( )

 Para vento 90º:

( )

( )

( )
 Diagrama:

o Diagrama do esforço axial – combinação de carga Fd1


o Diagrama de esforço cortante – combinação de carga Fd1

o Diagrama de momentos fletores – combinação de carga Fd1

 Dimensionamento e verificações para as vigas:


Msd = 337,4 KN.cm

 Deve-se está atento para os comprimentos de Flambagem para o perfil em


questão:

Eixo x = 1487 cm
Eixo y = 248 cm

 Pré-dimensionamento

 Critério de flecha
(tabela C. – página 117 - NBR 8800)

Para viga de cobertura:


( )

 Escolha do perfil
(Tabela de perfis)

Com base no resultado encontrado para Ix, teremos um parâmetro para escolha do
perfil:
o Escolhemos o perfil de série W 250 x 115, onde seu Ix = 18920cm

 Propriedades do perfil escolhido:


 Estados Limites Últimos (ELU)
(Anexo G - Tabela G.1 - página 134)

o Flambagem Lateral com Torção (FLT)

√ √

, então

, então foi aprovado pelo FLT!

o Flambagem Local da Mesa comprimida (FLM)


(Anexo G - página 134)

√ √

, então

, então foi aprovado pelo FLM!


o Flambagem Local da Alma (FLA)

√ √

, então

, então foi aprovado pelo FLA!

 Estados Limites de Utilização (ELU)

Aprovado!
 Dimensionamento dos pilares:
(Realizados com base na NBR 6118:2014)

 Propriedades do pilar:

CA30
Fy=250
A36

 Índice de esbeltez:

( √ ) √

( )

( )

( )

Considerando que a NBR 6118: 2003 indica 35 ≤ ≤ 90


Aplicar efeito de segunda ordem, pois seu índice deu maior que 35.

 Momento mínimo
( ) ( )

 Excentricidade mínima:

 Excentricidade acidental:
o Excentricidade mínima acidental:

√ √

Então será usado

 Cálculo das excentricidades de segunda ordem


(Concreto C30; aço CA-50)

o Força normal reduzida


o Cálculo das armaduras

o Verificando no ábaco de Venturini

 Área de aço

1,15 fator redutor do aço


Então,

 Detalhamento do Pilar

o Escolhe a qualidade de barras e o diâmetro p/ o pilar

 Diâmetro do estribo

{ = 5 mm

 Espaçamento

{ = 20 mm

Espaçamento de 5 mm c/ 20 cm.

 Proteção contra flambagem das barras: